Blog de viagem: você ainda vai ter um

                blogando351.jpg

Este texto foi originalmente escrito para a filial deste blog no ViajeAqui. Mas como o permalink não funciona mais, aqui vai a transcrição integral.

Há mais ou menos uns dez anos (ops, é a segunda semana consecutiva em que eu conto uma historinha de dez anos atrás), eu estava na casa do meu irmão, quando o meu sobrinho, que então tinha uns 7 ou 8 anos, atende o telefone.

Dali a pouquinho ele grita para o meu irmão:

- PAI! O FELIPE QUER SABER SE A GENTE TEM PROJETOR DE SLIDE!

Meu irmão diz que não. O garoto passa a notícia adiante, desliga o telefone, e então grita lá de longe:

- PAI, O QUE QUE É PROJETOR DE SLIDE?

Os adultos caíram na gargalhada, e acho que ninguém deu uma resposta. Pois hoje eu sei que eu perdi uma oportunidade de dar uma pequena aula de história:

- Projetor de slide era um instrumento de tortura muito usado nas décadas de 70 e 80, operado por pessoas que voltavam de férias e aproveitavam jantares ou festinhas para fazer reféns entre parentes e amigos.

Assim como outros instrumentos de tortura, o projetor de slides saiu de circulação mais ou menos lá pelo fim do regime militar – não por causa da chegada da democracia, mas pela invenção da câmera de vídeo (inicialmente conhecida no submundo da muamba como “camcorder”).

Como ninguém nunca aprendeu direito a editar as fitas, parentes e amigos viram-se repentinamente livres de assistir às intermináveis reconstituições audiovisuais das viagens à Disney de seus entes queridos.

Durante mais ou menos duas décadas, portanto, a arte de registrar uma viagem para o público externo ficou limitada a um único, digamos, suporte: o álbum de fotografias.

Na virada do século, a disseminação da fotografia digital veio bagunçar esse esquema. Primeiro, porque todo mundo começou a fotografar dez vezes mais do que antes: em vez de voltar de viagem com 4 ou 5 filmes de 36 poses (lembra? “poses”!!!), passamos a encher cartões de memória de 500 mega, 1 giga.

Com a banda larga (e a familiaridade com programinhas de edição tipo Photoshop e quetais), passamos a mandar fotos por e-mail, botar no Orkut, subir tudo para o Flickr ou fazer Powerpoints e entupir a caixa postal dos amigos. Ops! Entupir a caixa postal dos amigos, não!

Aceita uma sugestão? Faça um blog.

Não, não estou falando de um blog comum, que você precisa atualizar todo dia, cuidar, alimentar, podar e dar banho, como se fosse um Tamagochi. (Sim, hoje eu estou nostálgico, ou velho, o que dá no mesmo.)

O que eu estou sugerindo é que você tire proveito das excelentes ferramentas oferecidas (na maior parte das vezes, gratuitamente) pelos portais de blogs, como Blogger ou Wordpress, para confeccionar maneiríssimos cyber-álbuns das suas viagens.

Misturando texto e foto (e, se você tiver a manha, vídeo, com telinha do YouTube), você conta sua viagem de um jeito muito mais completo do que simplesmente mandando fotos por e-mail. O leitor escolhe o que quer absorver do conteúdo simplesmente rolando a página (não tem aquela chateação de quinhentos mil cliques do Flickr). E você só precisa mandar o link do endereço para os amigos, sem entupir a caixa postal de ninguém.

Se bem que todos esses benefícios ficam pequenos perto do prazer de viajar de novo que esse negócio proporciona.

Como é que eu sei disso? Nesse ano está havendo uma epidemia de abertura de blogs de viagem entre os leitores (ou tripulantes, que é como eu chamo) lá do meu outro blog. E chega um momento em que todos falam: blogar uma viagem que passou é como continuar viajando.

Quer dar uma passeada por aí nos blogs da minha tripulação? O do Arnaldo é o mais antigo (o blog, Arnaldo! O blog!), e traz relatos extraordinariamente fotografados de viagens ao redor do mundo. A Carla montou o dela faz pouco, e está fazendo uso dele para não terminar nunca uma viagem ao Uruguai e à Argentina. Já o Jorge está relembrando viagens à Provence, a Nova York, à Chapada Diamantina… Enquanto isso, o Arthur, que começou por Noronha, resolveu mostrar sua aldeia, Niterói. E o JB, que já tinha feito um blog sobre uma viagem ao Peru, abriu um novo blog para contar sua expedição pela América Central. Até uma leitora espanhola, a Carmen, se animou a postar sobre suas andanças pelo litoral brasileiro.

Nenhum deles é fotógrafo profissional, jornalista ou blogueiro contumaz. Mas todos arranjaram um jeito de registrar suas viagens e deixar à disposição dos amigos e dos freqüentadores da blogosfera.

E você? Quando começa o seu?

43 comentários para “Blog de viagem: você ainda vai ter um”

  1. Já comentei lá e valeu o merchã!

  2. Aproveito o momento para fazer jabá do meu blog coletivo de viagens, que está perenemente aceitando inscrições de gente disposta a participar. Já somos 15 autores e aumentando.

    Ricardo, obrigado pelo link na barra lateral :)

  3. Hahaha, foto infita sempre dá medo.

  4. Ops, infinita.

  5. Muito legal, cada vez mais viagens na net.

    Abs!

  6. Oi Ricardo, tudo bom?

    Acompanho as publicações e acho muito bacana a maneira como você trabalha nele (no blog).

    Trabalho com hotelaria e gastronomia (assessoro algumas pousadas e restaurantes sofisticados) e gostaria de saber como participar, sugerindo dicas de viagens e boa gastronomia, roteiros…….coisas assim.

    Obrigada pela atenção e um grande abraço,

    Maria Rita Fava
    Rogler Comunicação
    Tel. (11) 3891-0080
    mariarita@rogler.com.br

  7. O fenômeno dos blogs já atinge todas as áreas da informação, mas sobre viagens em especial causa um fascínio a parte, pois a maioria é ilustrado por belas fotografias, escrito numa narrativa de descobertas e sensações, fazendo o internauta viajar junto com o autor. Abraços!

  8. Ricardo, eu tenho dito para todo mundo também a mesma coisa: “faça o seu, faça o seu”. Mais uma vez, obrigado pelo apoio. Estou adorando meu hobby novo. Tremenda influência positiva.

  9. :D “Influência maligna” foi ótimo… Mas a gente faz o mesmo. Outro dia mesmo eu estava enchendo o saco da Sylvia dizendo que ela devia fazer um blog pra compartilhar esses milhões de dicas que ela tem na cabeça… ;-)

  10. Riq, não sei como agradecer, e retribuir. Logo eu, que fiz um blog de viagens por “inveja” do seu, por admiração ao seu jeito de escrever e relatar viagens, pela maneira com que conseguiu fazer o melhor guia do litoral brasileiro jamais escrito, pelo modo como nos acjuda, nos responde, nos recebe e nos trata aqui, pela forma com que se dá ao trbalho de trabalhar para aqueles que pedem dicas e sugestões, mesmo até desconhecidos…é realmente um prêmio, uma satisfação e um orgulho ser não apenas citado por você aqui e lá, como também ser carinhosamente destacado. MUITO grato, reconhecido mesmo.

  11. Riq,
    Jah estou “arquitetando” o meu blog tb…Claro por sua influencia, comando e depois desta cronica, entao…Quem sabe depois de Barcelona e Paris???? (nao vejo a hora desta viagem chegar)…
    Aproveito pra parabenizar a tripulacao pelos excelentes blogs citados e estimular alguns outros como a Sylvia e Paula Bicudo pra fazerem tb, pelas dicas maravilhosas…

  12. Já viu essa RIQ?

    Câmara filma 24 horas um parque na Àfrica. Com sorte dá para ver algum animal passando, ou dormir ao som de grilos.

    http://www.wavelit.com/popup/playerAfricam.asp

  13. Ricardo e demais, desculpem o off-topic, mas no blog da Carla
    http://idasevindas.wordpress.com/2007/03/31/as-legitimas/#comment-267
    começamos a traçar o 1º encontro do VNV e eu sugeri o Belmonte, aqui no Flamengo. Vejam o que acham.

  14. Arnaldo :
    Adorei o “desconhecidos” , já que eu ” me arvoro ” ( como dizia meu avô)
    em me intitular amiga de infancia da casa VnV.

  15. Arthur, você foi mais rápido no gatilho que eu… Eu estava vindo justamente avisar ao povo sobre as nossas negociações pra ver se sai esse encontro! ;-)

  16. Buáaaaaaa
    só esqueceu do meuuuuu :(
    hhehehehehe

  17. Sylvia, desconhecidos no bom sentido…aqueles que não são tripulantes,os anônimos que vez por outra comparecem e deixam uma mensagem….Nenhum desmérito.

  18. Pois é, euestava pensando que Belmonte era em Minas Gerais… Por acaso é um boteco no Flamngo? Mas, por mim pode ser no Rio, tranquilo. Só pergnto para a galera se não é melhor esperar um pouco para ver se o apagão aéreo não se resolve?

  19. Riq, demais, demais demais!!!!!!!

  20. Arnaldo, entendi, entendi perfeitamente por isto
    fiz o comentário; eu tb leio e penso: quem será esta
    pessoa??

  21. Criaturas, esse boteco cheio de gente bacana que visita mas não comenta. Eles são de casa quanto o pessoal bacana que comenta — a diferença é que ainda não pediram o cartãozinho de milhagem :-)

  22. Entro no blog todos os dias, mas não tenho muito o que falar, pois minhas experiências de viagens ainda são muito poucas. A galera aqui é expert em viagens……
    Esse blog é muito show! Aprendo muito aqui…..
    Um grande abraço a todos!

    Eduardo de Nict

  23. Claudio, eu já tenho o meu. É o BigTrip, que está na contagem regressiva pra Espanha.Inclusive tem umas diquinhas bacanas de Barcelona e de Paris lá. Dá uma olhada. Ele tá listado no blogroll e se vc clicar com meu nome, ele aparece.
    Bjos

  24. Riq, entrei com outro e-mail, mas os meus comentários não estão aparecendo. Será que deu um algum problema parecido com o da Mônica?

  25. Teste…

  26. Meus comentários não estavam aparecendo, então tirei o blog do website e eles voltaram a aparecer.

  27. Ih Paula, o sistema é bom mas às vezes exagera. Vou tirar de lá antes que o seu blog entre pro índex :-)

  28. Claudio,
    Eu já tenho um blog chamado BigTrip, listado no Blogroll aqui do VNV. Está na contagem regressiva pra Espanha e tem dicas bacaninhas de Barcelona e Paris. Dá uma olhadinha lá.
    http://bigtrip.zip.net/

  29. Riq, obrigada!

  30. Riq, hoje tá difícel de me fazer entender
    “… quem será esta pessoa ?
    significa
    onde vive? qual a idade? profissão?
    o que gosta de fazer ?
    é só uma curiosidade feminina

  31. Sobre blogs, tem um site muito interessante e de nome bem sugestivo: http://www.getjealous.com. O legal é que ele é exclusivo sobre viagens.

    Os espaço é meio limitado, mas é bem interessante para viagens curtas – você pode colocar as datas em que vai estar em cada destino e os visitantes do blog acompanham de onde você veio e pra onde você vai, pelo mapa… e pode colocar fotos e videos, também, como a maioria dos blogs.

    Eu o utilizei em outubro, nas minhas últimas férias (BsAs e Mendoza) quando era possível colocar até 40 fotos. Hoje, ele já passou por um ‘upgrade’… comecei a febre de blogs aí! Depois disso, não deu pra parar mais!

  32. Paula,

    Tive o privilegio de vc mandar as dicas de Barcelona e Paris pro meu e-mail…Valeu, novamente!!!!

  33. Ricardo, obrigada por a deferência. Tchau!!!

  34. Ricardo
    E antes de você falar isso coloquei o meu “blog de viagem” no ar, sobre a viagem pra Shanghai e tudo que eu achar na web sobre a cidade. Vai lá: http://shanghaidoiszero.wordpress.com/

    []s

    Henrique

  35. Ricardo,

    Agradeço por me mostrar o motivo da exitência do meu blog logo após o nascimento. Se não fosse esse post o coitadinho estaria no céu dos blogs, ou melhor, ia pro cache do Google.

    Sei que você nem vai passar por lá. Mas também não me interessa muito pq vc me mostrou o quão egoísta eu posso ser como o meu blog sem me interessar por quem acessa. É meu e ninguém tasca. Mas vá lá:

    http://brenob.wordpress.com/

    Abraços e novamente obrigado,

    Breno B.

  36. Sobre o encontro: será que não é melhor marcar num lugar menos cheio que o Belmonte não? Ou pelo menos um em que desse pra reservar mesa?

  37. Pessoal
    Aqui estou eu pedindo dicas novamente.
    Dorizol Pipa, recomendam?

    Obrigado!!

  38. Julio, se os preços estiverem como estavam no fim do ano passado, o Dorisol oferece a melhor relação infra x benefício em Pipa. Os únicos senões: não tem acesso direto à praia (é preciso andar pela estradinha uns cinco minutos, e então pegar o mesmo acesso usado pelo pessoal do flat Pipa Resort) e fica a uns dez minutinhos de caminhada da muvuca do centrinho. (Mas pelo menos o barulho não chega lá de jeito nenhum.)

    Como o lugar foi projetado originalmente para ser um time-share, há vários apartamentos com cozinhas equipadas; se você for com criança pequena, vale a pena.

  39. Ricardo

    Obrigado como sempre.

  40. Julio,
    Deixa eu fazer uma propagandinha básica: meu pai tem uma pousada na Pipa que é bem legal, e fica de frente pro mar, coisa rara na Pipa.
    A primeira vez que fui a Pipa, fazem 16 anos e havia apenas telefone no Posto telefônico e a única televisão de Pipa era pública e ficava na Praça, dentro de uma caixa trancada com cadeado de dia. De noite, passava o jornal Nacional e a novela e era ponto de encontro dos moradores. Aí, meu pai se apaixonou pelo lugar e comprou um terreno, que hoje é a pousada Marlin’s.
    Segue o site:
    http://www.pousadamarlins.com.br/

  41. Embarque no Blog de Bordo

    Bem-vindo ao Blog de Bordo!
    Quem não gosta de viajar e contar para todo mundo como foi sua viagem? Mostrar slides, fotos, filmes, cardápios roubados…
    Quem não gosta de dar dicas de viagem para os amigos? Os melhores lugares para ficar, os melh…

  42. que fiz para lenções com meu amor lá é um eterno pasaiso

  43. [...] de que quem sabe faz, quem nao sabe tira onda, meu muso cybernetico Riq Freire jah previu em 2007: Blog, um dia voce tambem tera um! Posted in Blog, [...]

ATENÇÃO:
Desculpe, mas esta caixa está inativa e seu comentário não aparecerá. Estamos aprontando um novo Viaje na Viagem. No novo site a caixa de comentários voltará a funcionar. Obrigado pela compreensão!