Vila Velha (PR): como chegar de transporte público

vilavelha

O Márcio e a Cláudia do Recife vão passar a Páscoa em Curitiba. Ficaram com vontade de dar um pulinho no parque estadual de Vila Velha e perguntaram se existe um jeito de visitar o parque sem alugar carro.

Nas minhas primeiras pesquisas, ontem, não achei nada; o site do turismo do Paraná é incompleto e bem difícil de navegar, e o site da prefeitura de Ponta Grossa não estava carregando direito na minha conexão.

Hoje, no entanto, fiz uma última tentativa e achei (eu acho que ontem eu estava googlando “parque nacional” em vez de “parque estadual”). A resposta estava no site da prefeitura e eu não tinha visto.

O parque é servido pela linha 153 – Vila Velha via Panorâmico, que sai do Terminal de Oficinas.

De segunda a sábado, os ônibus partem às 7h15, 13h e 17h10, e voltam às 8h10, 13h40 e 17h55. 

Aos domingos, as saídas são às  7h15, 11h, 15h30 e 17h10, voltando às 8h10, 11h50, 16h20 e 18h.

A cia. que faz a linha Curitiba-Ponta Grossa é a Princesa dos Campos; a viagem leva entre 1h45min e 2h20min, e custa pouco menos de 23 reais. Os horários estão aqui.

Como (1) o parque está a 80 km de Curitiba; (2) Ponta Grossa fica 20 km adiante; (3) há um limite de 813 visitantes por dia no parque; e (4) o ônibus não é tão barato assim, acredito que em duas pessoas seja muito mais negócio alugar um carro.

Mas para quem vai sozinho, com tempo e fora de feriado, fica aí o caminho das pedras. E que pedras :lol:

11 comentários para “Vila Velha (PR): como chegar de transporte público”

  1. Para quem vai fazer as contas, considere na opção “carro” um pedágio de 13 reais na ida e na volta.

  2. Eu realmente alugaria um carro, até porque a estrada é super boa, sem problema nenhum!!! Quando estiverem por lá não deixem de visitar a Lagoa Dourada, e me intrometendo um pouquinho, em Curitiba é imperdível fazer o passeio de trem até Morretes, para saber preços e como é, eu olharia o blog da Silvia, o Matraqueando – http://matraqueando.blogspot.com. Ela ensina até como voltar de ônibus de Morretes!

  3. Obrigado pelo post, Riq. :)

    Luís, obrigado por nos alertar do pedágio. Apesar dele, acho que vamos de carro, mesmo.

    Patrícia, eu já tinha lido sobre a Lagoa Dourada, quer dizer que vale à pena? Bom saber. Quanto ao passeio de trem para Morretes, este nós já fizemos, da última vez que fomos a Curitiba. De qualquer forma, obrigado pela dica.

    1. Marcio, a lagoa já esteve mais impressionante, mas o local é muito bonito, com um montão de araucárias ao fundo! Vocês já foram para a Lapa?

  4. Se for ´so para ir no parque, dispense o carro, pois ´lá voce obrigatoriamente vai andar no onibus do parque. Mas, há opções bacanas em Castro e no Canion do GGuarelá, que tornam o carro uma boa opção, com pernoite em Castro, ou Ponta Grossa.

  5. Oi, Patricia!
    Não, nunca fomos à Lapa – pelo menos, não sabendo que estávamos indo lá.

    1. É uma cidade histórica bem conservada, e o Canyon do Guartela que o Ernesto comentou, também é legal, e para o mesmo lado da Vila Velha! Mas para aproveitar é legal dormir ao menos uma noite na região, por exemplo em TIbagi.

  6. Puxa… meu marido é doido para conhecer esse parque :)
    Muito legal a dica Riq.
    Amanha eu embarco para Islandia… estou super contente e rezando para o tempo não ser muito ruim com a gente eheheh
    abs

  7. Posso falar uma coisa…eu não tinha idéia que isso existia!!!

  8. Cheguei a um minuto em minha casinha. E já estou aqui…hehehe.
    Passamos três dias em Curitiba e a intenção ao sair em direção a Foz era conhecer Furnas, um antigo poço lindíssimo (na minha opinião) que agora faz parte do Parque de Vila Velha. A estrada até lá está excelente e pelo que vi por fora a organização tb. Apesar do horário e do cansaço da viagem, não posso deixar de dizer para quem vai para Curitiba de irem a Familia Fadaneli (na Santa Felicidade). Todos os pratos que experimentei estavam excelentes, mas o cordeiro estava indefectível, maravilhoso, explêndido!!! O hotel? Como sempre o Tulip Inn que fica…em frente ao Fadaneli.rsrs.
    bjs, agora, depois de um dia inteiro de viagem, vou dormir. bjs,

    1. Que legal Sandra! Daqui a alguns dias vou começar a postar sobre Curitiba, e vou incluir o Familia Fadanelli porque como você disse é boa escolha garantida! Uma pergunta, não é meio ruim (estrategicamente) dormir em Santa Felicidade?
      Beijos

ATENÇÃO:
Antes de perguntar, veja se a dúvida já não está respondida no texto. Perguntas redundantes e comentários em maiúsculas serão apagados. Obrigado!