Fotoblog: Rojo Tango

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

rojotango14

Existem coisas que começo recomendando porque me parecem interessantes. Algumas dessas coisas são testadas por intrépidos trips, que depois contam até onde a minha intuição estava certa, ou não. O engraçado é que, quando a minha recomendação acaba testada e aprovada, eu não considero o dever cumprido; aí sim é que me bate uma vontade irremovível de experimentar a coisa na primeira pessoa.

rojotango10

Aconteceu com o Rojo Tango, o espetáculo de tango para turista do über-starckizito hotel Faena. Eu comecei a indicar o show por conta (1) da beleza do site; (2) da minha pavorosa experiência no ultrabrega Viejo Almacén (onde os dançarinos fazem ora ginástica, ora acrobacia, e há um bloco interminável dedicado à música... andina), que me botou uma pulga argentina atrás da orelha com relação a shows de tango tradicionais; e (3) do fato de nem todo mundo curtir a minha outra indicação, o show intimista do pequenino Bar Sur, que eu adoro mas que (sempre aviso!) não oferece aquela produção de encher os olhos.

rojotango19

A recomendação ficou mais quente quando o entusiasmado do Breno B. foi conferir e gostou tanto que acabou dormindo aquela noite no hotel. (Um ano depois ele voltou e repetiu a dose, feliz da vida.)

rojotango12

Pois bem: fui. Vi. Adorei adorei adorei.

rojotango17

É pra turista, claro. Mas tem um bom-gosto que duvido que se ache em outro show de tango. O espetáculo é classudo do início ao fim. É de graaaande beleza e exuda sensualidade o tempo todo, sem nunca partir para a apelação. Os bailarinos dançam -- não fazem acrobacia nem ginástica olímpica. A acústica é perfeita, e a banda -- superjovem -- brilha, especialmente na execução de "Adios Nonino", o clássico de Piazzola, quando os holofotes se voltam para os músicos (e ninguém sente falta dos bailarinos).

rojotango18

Se é para pôr defeito, aí vai: o palco é baixo, e da platéia a gente não vê as pernas dos dançarinos -- e com isso acaba perdendo um pouco do tango. Se você jantar, peça para ficar na primeira fila -- ou, se já o gargarejo já estiver ocupado, nas mesas mais altas ao fundo da sala. Quem vai só para ver o show não tem essa possibilidade de escolha.

rojotango13

Ao fim do show, estávamos em êxtase. Valeu cada centavo de dólar investido.

Não, não é barato. (Nenhum show de tango pra turista é.) Sem jantar (mas com champagne ou vinho tinto incluídos), sai US$ 140. Com jantar, US$ 200 por pessoa.

rojotango8

Mesmo sem jantar, um casal vai pagar para ver o show o mesmo que pagaria para dormir num apartamento standard do Faena. Mas quer saber? O show entrega a experiência Faena mais redondinha, e sem nenhum risco de decepção (já quem se hospeda nem sempre curte as starkizitices do apartamento).

Para uma, ahn, degustação mais completa do hotel, sugiro que você marque o jantar no El Mercado, o restaurante prêt-à-porter do Faena, que é lindo, tem comida razoável e não é caro. O show é às 22h; você pode marcar o seu jantar para as 20h ou a meia-noite.

(Caso façam com você o que tentaram fazer comigo -- empurrar para o Bistró, o restaurante gastronômico do hotel --, recuse. O Bistró é starckizitíssimo e a comida não vale a conta.)

171 comentários

Atenção: perguntas que já estejam respondidas no texto e comentários ofensivos ou em maiúsculas serão deletados.

Cancelar
Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

Oi, Bóia, a ideia de jantar no El Mercado, após o show, dia 17, sábado, é ótima. Vou fazer isso. Minha dúvida é o que fazer com esta turma dia 16, sexta-feira wink
Obrigado,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Hola, Ssemaría! Disculpe eekops:

Para a sexta, una buena idea pode ser organizar uma noitada Fuudis! Eles podem montar uma caminhada gastronômica (com entrada, prato e sobremesa em restaurantes diferentes) ou uma degustação num restaurante bacana.

http://fuudis.com/pt/

Outra idéia é ir ao Bar Sur, que é pequeno e tem interação com a platéia. Um grupo grande acaba tomando conta do lugar....

Zé Maria
Zé MariaPermalinkResponder

Vou reservar o Bar Sur então. Se tiver outra ideia, jogue aqui que eu sou obediente smile

Carlos César Moreira

Prezado Ricardo, sou seu antigo seguidor, desde o 1º livro e artigos, antes da popularidade da internet, agora acompanho e me esclareço pelo site e rádio, tudo muito útil nas viagens pela Europa e Brasil. Vou pela 1ª vez para Buenos Aires e surgiu uma dúvida: qual a roupa adequada para o Tango no Faena (Rojo Tango) e no Bar Sur?
Boa sorte sempre e muito obrigado pelas ótimas dicas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carlos! Aqui quem responde é A Bóia. Não tem um traje específico. Você pode usar camisa social, jeans e um sapato mais arrumadinho, como se fosse jantar em um restaurante.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Vamos para BsAs em fevereiro e estamos muito na dúvida de qual tango assistir. O Rojo Tango com jantar está U$270 - impraticável. Li que o Viejo Almacén é hiper tradicional, mas desanimei com alguns comentários antigos (2010) aqui. Será que melhorou? O jantar também é ruim ou só a dança que não gostaram?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Nossas dicas de casas de tango estão no guia de Buenos Aires: http://www.viajenaviagem.com/destino/buenos-aires/o-que-fazer-buenos-aires

Veja também as dicas do Aquí me Quedo: http://aquimequedo.com.br/category/tango/shows-de-tango-tango/