Final feliz e papo-viajandão: no ar, Desempacotando NY, último episódio

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

E a websérie Desempacotando Nova York, protagonizada pelo Dudu Camargo e por mim para o Hotéis.com, chega ao final. (Aaaaaaaaaaaaahhhhhhhhh....) No último episódio o pobre do Dudu ganha um final feliz, e a gente fala bastante sobre a delícia de viajar por conta própria.

 

Caso você tenha perdido algum dos anteriores, aí estão, em ordem cronológica inversa:

E sempre lembrando da web-promoção: conte um mico de viagem pro pessoal do Hotéis.com e concorra a uma viagem a Nova York, com acompanhante, no hotel que você escolher, e com dicas minhas ainda por cima!

Gostou? Ficou com gostinho de quero mais? Quem sabe essa série continua...

Para ver todos os vídeos na ordem certa, a qualquer momento, visite www.suaviagemdevolta.com.br.

Leia também:

Por que estou com o Hotéis.com

105 comentários

Eduardo
EduardoPermalinkResponder

Como eu disse no twitter, essa websérie ficou melhor que a novela das 8, adorei acompanhar e estou indo pra NY no final do mês e já comecei a petiscar umas barbadas no site.

Roberto
RobertoPermalinkResponder

Muito bacana a série! Parabéns Ricardo. Informação e bom humor na medida! Se precisar de uma cobaia pros próximos, tamos aí. Abs

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Adorei!
Não conhecia o site, mas procurando informações sobre a europa, pra minha futura viagem, acabei achando esse site e não poderia estar mais feliz. Tem informações EXCELENTES, e adorei a série sobre NY. Confesso que fiquei com vontade de conhecer.
A única coisa que me deixa com receio de viajar pra fora, é porque eu iria só. Preciso ganhar coragem pra cair na estrada, apesar de ter ótimas referências de viagens sozinhas feitas por amigas.

É, quem sabe né? E você tá me ajudando muito, Riq (pode chamar assim?). Cada vez que eu "desempacoto" um novo país pela net, dá vontade de por a mochila nas costas e zarpar pro Velho Continente.

Por falar nele, que tal desempacotar um país de lá, hein? Boa idéia né?
Pensa nisso!

Sito
SitoPermalinkResponder

Oi Riq!

Dei uma procurada por aqui, mas não achei. Na sua opinião, qual a melhor opção em relação à celular em NY? Na sua mega viagem do ano passado lembro que vc comprava os chips na Europa, mas não lembro como se virou em NY nesse quesito "comunicabilidade"...
Ah, estava vendo todos os episódios de novo na sequência, mas está dando erro para ver o último...
Abração!

Ricardo Freire

Comprei um T-Mobile normal.

Estranho o vídeo dar problema. Aqui na minha máquina rola normal. Tente http://www.suaviagemdevolta.com.br e http://www.youtube.com/hoteispontocom

Sito
SitoPermalinkResponder

Obrigado, Riq!

Estranho mesmo. Agora funcionou! De qualquer forma aproveito para te parabenizar por essa série... demais!!!
Abs!

Lu
LuPermalinkResponder

Oi, comandante e trips,

Acabo de chegar de NYC, onde encontrei algumas vezes c/a Marcie, que, aliás, é uma pessoa encantadora, e tb c/o Ciro que almoçou conosco. Ela nos deu ótimas dicas, que me sinto na obrigação de compartilhar c/vcs. E já me fez botar na agenda a mega maratona VnV em abril no Rio!! Estarei lá!

Antes de mais nada, o htl, que ñ teve nada a ver c/a Marcie, foi dica da minha agente de viagens Mary, da Drift, c/quem viajei, foi um achado: Carvi Hotel, fica na 55, entre Lexington e 3rd Ave. O dono é português, e todas as manhãs está por lá, c/a barriga no balcão, o que nos deixa bem tranquilos ao saber que temos a quem reclamar. Por enqto está tudo novinho (recém inaugurado), e está tudo limpinho, os móveis novinhos. O htl é pequeno, tem room service 24hs, proveniente de uma coffee-shop que fica em frente, na qual os hóspedes do htl podem tomar café da manhã, c/desconto. O lobby é bem pequeno, c/2 poltronas, e o balcão. Tem um computador que ñ estava funcionando e é wi-fi, sem custo adicional. Os funcionários são mto simpáticos e a maioria fala português e/ou espanhol. O preço está na média dos 3*.

Vamos agora às dicas da Marcie:
- café Juan Valdez - 57 quase esq. de Lexington
- Brio - rest. italiano - 61 c/Lexington
- Pepolino - rest.italiano - West B'way c/Canal St
- L'Absynthe - rest.francês, chic, cheio de locais - 66 (ou 67??) entre 3a e 2a
- Shun Le Cafe - dim-sum, entre 5 e 10 da noite - 65, entre Columbus e West Central Park
- Gray's Papaya - o melhor cachorro quente de NYC (p/comer em pé) - 72 c/Amsterdam

Além disso, AMEI atravessar a Brooklyn Bridge num dia ensolarado. É mto lindo!!! Aliás, cheguei à conclusão que qq ida a NYC p/quem já foi lá, tem que ter 1 dia inteirinho dedicado ao Brooklyn, que, por sinal, é enoooorme. Lá tem os equivalentes a 5a avenida, LES, East Vilage, enfim, uma NYC que vai se expandindo p/lá!!

E tb adorei "me perder" pelo LES e East Village, que estavam fora do meu circuito de NYC. Aliás, uma das coisas bem interessantes de NY é, qdo a gente consegue se esquecer das compras, sobra tempo de "se perder" por lugares "nunca dantes navegados" e ir descobrindo mil novidades, seja arquitetonicas, seja culturais (Tenement Meuseum, p.ex.), ou barzinhos mto loucos e até lojinhas diferentes, além das diversas tribos que habitam cada lugar ... NYC é realmente um mundo à parte!!

O musical Bily Elliot é mto animado, c/músicas de Elton John, ao contrário do filme, que é meio prá baixo.

E o novo café do Daniel Bouloud, o DGBG, na Bowery, é bem interessante (tem um cachorro quente dos deuses ... e baratinho -US 9!!!). Mas, só tem um problema: como tudo que é novo e badalado em NYC, prá conseguir reserva é difícil. A saída é chegar lá e tentar um lugar no bar ou no café, que fica na parte da frente do restaurante, mas ñ tem uma lista de espera, vc tem que ficar de olho e, qdo vagar a mesa ou o banco do bar, voar em cima. Eu, particularmente, achei isso mto chato ... já passei da idade!! Mas valeu ter ido, até pq demos sorte e estávamos perto do bar qdo vagou.

Riq, mais um detalhe: qdo estava procurando este post por ser o mais recente sobre NYC, p/colocar o meu comentário, fui lá na listinha de destinos do lado direito da tela e cliquei em Nova York, mas só apareceu o 1o episódio de Desempacotando NY. Daí resolvi procurar nos destinos e achei desempacotando NY. Sugiro que todos os posts desempacotando NY tb tenham um tag p/Nova York, p/que quem for pesquisar NYC tb tenha acesso aos Desmpacotandos que estão mto bons e tb tem ótimas dicas de ñ entrar em furadas.

Bjs,
Lu

Ricardo Freire

Ótimo relato! E obrigado pela dica, vou taguear os vídeos com Nova York sim.

Isabel O., Portugal

Olá Lu
Obrigada pelas dicas.
Vamos a NY em Abril.
Estava mesmo a pensar ir ver esse musical. Ainda bem que alguém opinou.
Uma perguntinha - depois de passar a ponte, andou por Broklin a pé ou apanhou transporte?
Ainda não percebi bem se as partes com interesse estão acessíveis para quem vai da ponte a pé ou não.

jpsoares
jpsoaresPermalinkResponder

Isabel, eu achei a produção do musical Bily Elliot bem mais fraca que o filme. Mas ainda bem que há gostos para tudo! Eu não hesitaria em escolher o
"Hair"
http://www.hairbroadway.com/
ou o "South Pacific"
http://www.lct.org/showMain.htm?id=174

Lu
LuPermalinkResponder

Engraçado, jpsoares, eu tb vi South Pacific, e, apesar da voz do brasileiro ser mto boa, eu preferi milhões Billy Elliot. É como vc diz, tem gosto p/tudo.

Isabel O., outro musical que está mto bem cotado é o Wicked que conta uma estoria paralela ao Magico de Oz.

Qto ao Brooklyn, em 1o lugar, é preciso um mapa do Brooklyn (eu consegui na Grand Central) que tenha tb as linhas de metrô, depois ter as dicas certas (vou ver se consigo um tempinho p/resumir aqui o artigo que consegui antes de ir), pois os lugares de interesse são muitos. O Brooklyn ñ é tão bem servido de transporte como Manhattan. E, pelo que percebi, os lugares são distantes um do outro. Portanto há que estudar bem o mapa antes de ir. Além disso, se for num fimde, lembre-se que as linhas de metrô fazem suas manutenções e há várias linhas que fecham estações, e/ou ñ operam um determinado trecho. Respondendo à sua pergunta, fui da estação de metrô Brooklyn Bridge, final da linha 6, lado east de Manhattan, a pé até o outro lado, que chega a Dumbo - Down Under Manhattan and Brooklyn Bridge. É onde fica a tão famosa pizzaria que começa com G, e que tem sempre fila, e tem uma rua simpática - Water front, c/algumas pizzarias e ljs de doces, inclusive o Jacques Torres, chocolatier de NYC. Qdo pensei em ir dali prá algum lugar, já ñ dava + tempo e voltei. Só que, como era sábado, a linha que eu queria pegar que era um pouquinho mais distante ñ funcionava no sentido Manhattan naquele dia. Aí, voltei e peguei uma outra bem pertinho da ponte, fazendo uma conexão.

Bem, vou ver se pego a minha papelada do Brooklyn p/fazer um resumo. Como ainda falta um pouco p/a sua viagem, caso eu me esqueça, fique à vontade p/me lembrar via e-mail - lrgp@oi.com.br

Isabel O., Portugal

Obrigadíssima Lu (e tb JP pela opinião acima), foi super querido da sua parte responder-me com tanto pormenor e me dar o mail. Vou "copiar/colar" as suas informações num texto que tenho indo montando. É mais prático do que mais tarde andar à busca pelos imensos comentários que NY sempre provoca. Ainda por cima com o "Desempacotando..."
Quanto ao musical... pode ser que até lá mais gente vá dando um parecer para eu formar a minha opinião. Eu do filme gostei...

Ricardo Freire

Eu fui direto a Williamsburg e confesso que me decepcionei um pouquinho. Era o começo da tarde e não me situei direito. Me senti terrivelmente "uncool" porque minha antena não funcionava. Acho que precisava de um amigo que me guiasse; não tive aquela sensação que você descreveu tão bem de Manhattan, onde perder-se é achar-se. Ali eu me perdi e me senti perdido mesmo, hehe. (Mas a culpa é provavelmente minha, e não do Brooklyn.)

Daí fui a Dumbo e gostei um pouquinho mais. E adorei atravessar a ponte, claro. Mas o Brooklyn permanece uma grande nebulosa na minha cabeça.

Isabel O., Portugal

Obrigada.

let’s blogar » Desempacotando New York

[...] com pacotes prontos. O resultado é divertido e está muito bem feito, vale a pena assistir os 5 episódios dao Desempacotando New York. Abaixo vc pode conferir o primeiro episódio e os outros vc encontra neste post aonde o Ricardo [...]

Julia Seloti
Julia SelotiPermalinkResponder

Adorei a matéria!!!

Juliana
JulianaPermalinkResponder

Nossa, me identifiquei muito com o Dudu, só que em outro cenário: Europa. A melhor parte do pacote foi quando me perdi do grupo em Florença heheheheeheh

Quanto custa uma viagem para os Lençois Maranhenses? | Turomaquia

[...] em feriados. Optar por um pacote ou por uma viagem desempacotada (copiando o nome da série do Riq Freire) é uma questão de gosto, oportunidade e tempo. Para conhecer mais profundamente os Lençois, é [...]

Flaviana
FlavianaPermalinkResponder

Oi Ricardo, tudo bem?
Não consigo ver os vídeos do desempacotando NY, ainda estão disponíveis?

Obrigada,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Flaviana! O contrato do site com o Hoteis.com acabou, então a imagem do Ricardo Freire não pode mais ficar atrelada ao anunciante.

Flaviana
FlavianaPermalinkResponder

Entendo... Obrigada!!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar