África do Sul 2010: como vai ser a Copa do turista brasileiro

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Versão ampliada de um artigo originalmente publicado na minha página Turista Profissional do caderno Viagem & Aventura do Estadão.

[caption id="attachment_7037" align="aligncenter" width="448" caption="Cidade do Cabo:  o Brasil joga aqui em 29 de junho ou 6 de julho"]Cidade do Cabo: a torcida fica metade do tempo aqui; o Brasil só vem jogar no dia 29 de junho ou 6 de julho[/caption]

A Copa do torcedor todo mundo sabe como é: ansiedade, sofrimento, paixão e, se tudo der certo, festa. Quem viaja para ver a Copa ao vivo, porém, não é um torcedor comum. O investimento é muito alto. Mesmo que acabe não fazendo toda a festa que espera, o torcedor-viajante quer saber como vai aproveitar turisticamente a sua estada.

INDEPENDÊNCIA OU PACOTE?
A Copa da Alemanha foi a melhor dos últimos tempos para o turista independente. Havia um passe ilimitado de trem pela duração do campeonato, uma rede complementar de hospedagem em casas particulares e festas em todas as cidades-sede para os sem-ingresso.

Nada disso vale para a África do Sul. Por causa da extensão do país, a maior parte dos deslocamentos vai precisar ser feita de avião. A rede hoteleira estará absorvida pelos visitantes, digamos, oficiais. Os ingressos para os jogos do Brasil já estão esgotados; a maioria foi atrelada aos pacotes vendidos pelas operadoras oficiais brasileiras. (Quem quiser tentar a sorte pode tentar a loteria da Fifa; no fim deste post eu conto como.) Mesmo se você quiser ir à África do Sul para fazer turismo e descolar algum ingresso no câmbio negro, vai enfrentar preços altos e dificuldade de deslocamento. Em resumo: procure uma agência de viagens.

QUARTÉIS-GENERAIS
A estratégia das operadoras brazucas para 2010 é parecida com a que deu certo na Copa de 2006. Na Alemanha, a torcida oficial brasileira ficou hospedada numa cidade onde o Brasil não jogou nenhuma vez sequer: Colônia. A escolha foi feita devido à posição geográfica -- e ao fato da cidade ser bem mais animada que Frankfurt, que talvez fosse a escolha logística ideal. De Colônia a torcida ia em vagões fretados de trem às cidades dos jogos, nos dias das partidas.

Na África do Sul, os QGs brasileiros serão dois: a Cidade do Cabo, onde os oceanos Atlântico e Índico se encontram, e Durban, na costa leste. Desses dois pontos a torcida fará viagens bate-volta aos locais dos jogos. Serão vôos fretados, em aviões já contratados, que ficarão à disposição do pool brasileiro durante toda a duração do campeonato.

Os pacotes de dois jogos prevêem hospedagem ou na Cidade do Cabo ou em Durban. A partir de três jogos, porém, a hospedagem é dividida igualmente entre as duas cidades.

Apesar de ser apontada nos bastidores como barbada para sediar a Seleção (o que acabou se confirmando no sorteio), Johannesburgo foi descartada de cara pelo pool, por ser perigosa e pouco atraente. "Combinando Cidade do Cabo com Durban, o brasileiro terá a experiência mais completa da África do Sul", argumenta Douglas de Presto, diretor de Copa do Mundo da operadora Stella Barros.

Eu concordo. Na Cidade do Cabo o torcedor verá uma África do Sul européia e sofisticada. Aproveite a estada para visitar o bairro malaio de Bo Kaap, o Cabo da Boa Esperança e a região de vinhedos de Stellenbosch e Franschhoek. Vai estar muito frio para pegar praia, mas você vai fotografar pingüins em Boulders Beach.

Durban, ao contrário, tem invernos bem agradáveis: vai dar até para entrar no mar. Os hotéis ficam em Umhlanga (diga: "Umjanga"), um bairro praiano chique. A cidade abriga a maior população de origem indiana do país, mas a verdadeira África está ao lado. Você pode visitar um protótipo de aldeia zulu e fazer um safári: o parque de Hluhluwe fica a três horas de carro e permite avistar os famosos e cobiçados "cinco grandes": elefante, rinoceronte, búfalo, leão e leopardo.

ANTES E DEPOIS
É possível programar pequenas viagens entre os jogos, mas não há compensação pelas noites não dormidas nas bases. O melhor é programar esticadas antes ou depois da Copa. As paisagens desérticas da Namíbia, as Cataratas de Victoria e as praias paradisíacas de Moçambique, de Maurício e das Ilhas Seychelles estão a vôos curtos de distância (quer dizer: as Seychelles, nem tão curtos assim).

QUANTO CUSTA
Os pacotes começam em US$ 9 mil (para dois jogos) e vão até US$ 23 mil (a Copa inteira). Os ingressos são cobrados à parte (custam entre US$ 80 e US$ 400) e são vendidos pelas operadoras oficiais: Agaxtur, Ambiental, Marsans, Pallas, Stella Barros, TAM Viagens e nas agências de viagens.

POR CONTA PRÓPRIA (ESPECIAL PARA O BLOG)
Como eu disse no início deste texto, não acho uma idéia sensata ir para a Copa da África do Sul sem ingresso na mão e apoio logístico. No pior nos cenários, você pode gastar uma grana federal e dar com os burros n'água, vendo a Copa pela TV e ficando em hotéis onde Judas perdeu as botas pagando diária de cinco estrelas.

Quais são as chances de uma aventura independente dar certo? Bom. Em primeiro lugar você precisa torcer para surgir um mercado secundário confiável de ingressos para os jogos do Brasil. A fonte mais segura seriam os ingressos corporativos, distribuídos aos patrocinadores, e que nem sempre acabam utilizados -- sobretudo num evento num país distante. Comprar pela internet parece arriscado. Há muitas empresas que se oferecem para achar ingressos, como a World Ticket Shop -- mas basta dar uma googladinha para ficar arrepiado com o que tem de gente reclamando de trambique.

A outra possibilidade é tentar a sorte na Loteria de Ingressos da Fifa. Até o dia 22 de janeiro você pode se registrar e solicitar ingressos para os jogos do Brasil na primeira fase, e também para os jogos das oitavas, quartas, semifinais e finais (o problema aí é que não dá para saber quais serão os jogos do Brasil, pois depende da colocação na primeira fase). No dia 8 de dezembro, três dias depois de iniciada esta loteria, já havia 220.000 pedidos cadastrados. Todos os que se inscreverem até dia 22 de janeiro têm condições iguais. O sorteio vai ser feito dia 5 de fevereiro, quando os sorteados então terão que pagar pelos ingressos, ao preço oficial. O nome oficial, claro, não é "loteria" (e sim "terceira fase de vendas"), mas é bom que os participantes pensem nela como tal. Com tamanho número de participantes, não dá para considerar nenhum ingresso no papo.

Ainda dá para reservar vôos por preços não-extorsivos. O site metabuscador de vôos na África do Sul é o SA Flights, que traz também os vôos das cias. low-cost sul-africanas. Como o Brasil só vai jogar em cidades grandes (Johannesburgo, Durban, Cidade do Cabo -- talvez em Port Elizabeth), o bicho da logística não é tão feio assim. (Mas quando você adiciona viagens de turismo entre um jogo e outro, a coisa complica.)

No quesito hospedagem a situação é crítica. A grande hotelaria está toda bloqueada, e a única chance do torcedor independente é a Copa da África do Sul se tornar uma espécie de Réveillon do Milênio: as operadoras do mundo inteiro micarem com os pacotes e os quartos serem revertidos ao mercado. Se isso acontecer, porém, vai ser mais perto da Copa. Alguém aí se arrisca a comprar passagem sem ter hotel garantido?

Há lugares disponíveis nos meios alternativos de hospedagem -- pequenos hotéis, pousadas, bed & breakfasts, albergues, casas para alugar. Você pode pesquisar em sites como roomsforafrica.com, wheretostay.co.za e safarinow.com. Os preços também estão inflados: são comuns apartamentos de pousadas a 400 dólares. (No Booking eu achei uma cama em dormitório de albergue a 100 dólares.) Muito cuidado com a localização. Todos os sites estão alargando as sedes da Copa para englobar subúrbios e arredores nem tão próximos assim. Johannesburgo, particularmente, oferece um emaranhado de alternativas que eu não ousaria destrinchar sem a ajuda de alguém que conhecesse bem a cidade. Ao pesquisar "hotéis próximos ao Soccer City Stadium", tenha em mente de que este é o estádio de Johannesburgo que fica próximo a Soweto.

A TABELA DO BRASIL
Para você se orientar, esses são os dias e locais dos jogos do Brasil:

Primeira fase
15/junho - Johannesburgo (Coréia do Norte)
20/junho - Johannesburgo (Costa do Marfim)
25/junho - Durban (Portugal)

Se o Brasil ficar em primeiro lugar no grupo:
28/junho - Johannesburgo
2/julho - Port Elizabeth
6/julho - Cidade do Cabo
11/julho - Johannesburgo

Se o Brasil ficar em segundo lugar no grupo:
29/junho - Cidade do Cabo
3/julho - Johannesburgo
7/julho - Durban
11/julho - Johannesburgo

Para fazer seus cálculos: 1 dólar vale 7,50 rands; 1 real vale 4,25 rands.

49 comentários

Atenção: perguntas que já estejam respondidas no texto e comentários ofensivos ou em maiúsculas serão deletados.

Cancelar
Caroline®
Caroline®PermalinkResponder

Off-topic: Riq, gostaria de sugestões de hotéis e pousadas bem localizados em Floripa, pra quem quer boas praias e umas baladinhas...

Saudações!

Caroline®
Caroline®PermalinkResponder

PS: Vamos em meados de janeiro!

Tweets that mention África do Sul 2010: como vai ser a Copa do turista brasileiro « Viaje na Viagem -- Topsy.com

[...] This post was mentioned on Twitter by Ricardo Freire and De viaje a Brasil, Marilia Botelho. Marilia Botelho said: RT @riqfreire: África do Sul 2010: como vai ser a Copa do turista brasileiro http://migre.me/efSC [...]

Marília
MaríliaPermalinkResponder

Riq, resolvi me antecipar à Copa e vou passar o reveillon na Cidade do Cabo. Valem as dicas aí de cima?! Tks

Ricardo Freire

Claro. A Cidade do Cabo não tem segredo, tudo é bem fácil de descobrir. Se quiser ler a minha blogagem ao vivo em 2004, procure no menu ao lado.

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Oi Riq, oi pessoal!
Eu estava certa que essa seria minha primeira Copa... mas o trabalho novo só me permite tirar férias a partir de 01 de julho! sad

Mas tenho amigos que estarão por lá, e aí com certeza a discussão que virá daqui será beeem útil.

Luciana Bordallo Misura

Riq, arrisco dizer que deve ser mais jogo comprar um pacote com operadora americana, mesmo pra assistir jogos do Brasil. Numa pesquisinha rapida achei isso aqui: http://www.sportstraveler.net/pages/world_cup_team_brazil_travel_packages/2106.php
Isso e so parte terrestre, entao da pra comprar a parte aerea do Brasil pra Africa do Sul separado e pronto. Eles personalizam o pacote, entao daria pra adicionar mais jogos, ao que parece pelos precos desses pacotinhos prontos no site deve sair mais barato do que os 9 mil dolares iniciais das operadoras brasileiras. So nao sei se tem algum tipo de restricao - se eles podem vender pra pessoas morando fora dos EUA ou nao.

Ricardo Freire

Vasculhei o site e não vi restrições, não.

Mas é meio cheio de pegadinhas.

A primeira: cada pacote de hospedagem é atrelado a um ingresso. Para ver três jogos, é preciso comprar três pacotes. Há um hiato de datas entre os pacotes, que obriga o cliente a se virar para achar hotel naqueles dias. Mesmo o pacote de sete dias consecutivos só garante um ingresso. Não há possibilidade de acrescentar noites no site. A não ser que a tal da personalização seja isso.

O hotel é bastante modesto. Fica em Melrose North, que é um subúrbio de Sandton (que parece ser um lugar bacana), que por sua vez é um subúrbio de Johannesburgo. É possível comprar um upgrade para um "hotel superior" a 270 dólares por cada 3 noites em ocupação dupla.

O site expressamente lava as mãos com relação às acomodações. "You understand and agree that the accommodations in the package or tour have been provided to Us by third parties. We make no representation or warranty as to the hotel or the rooms or the location of the hotels to be provided or any restrictions placed on the use occupancy of the hotel or the rooms by either the providing hotel or applicable law. All reservations are subject to a hotel substitution to a hotel of an equal rating. You agree to abide by all hotel policies and laws and You agree to contact the hotel if You have any questions concerning the policies and laws prior to travel."

O site só vende até o "round of 16", ou as oitavas-de-final.

Os dois primeiros jogos, para ficar no hotel modesto, em ocupação dupla, saem US$ 2.525. Seria preciso comprar mais três noites de hotel à parte entre os dois jogos. Achei passagens no site da South African a US$ 2.600 (em algumas combinações de datas sai US$ 4.400, o que dá uma idéia para onde essa tarifa deve ir). Que esses três dias extras saiam mais US$ 400 por pessoa, daria US$ 5.500. (Se estes dias forem usados para fazer um safári -- o que seria inteligente, já que ficar num subúrbio em Johannesburgo não deve ser das coisas mais emocionantes -- a conta sobe mais.) É uma economia considerável, mas pelo lado do custo x benefício me parece tão caro quanto o pacote brazuca...

A possibilidade de gastar uma grana preta num pacote pra Copa (mesmo esse americano é caro) e não ficar num lugar garantidamente animado é preocupante.

Sei por experiência própria: assisti à final da Copa de 94 em Los Angeles. Me conseguiram um ingresso, e o único hotel que achei foi um xexelento num ponto bem ruim do Wilshire Boulevard. Fui pro estádio de carona com o Jarbas Agnelli, que estava também num hotel avulso em Santa Monica. Ficamos em lugares separados no estádio, sem brasileiros por perto. Na saída, Brasil tetra, fomos para Santa Monica, achando que a festa seria por lá. Não era. A torcida tinha ficado em Pasadena mesmo. Foi o momento mais espetacularmente frustrante da minha vida.

Na Alemanha tinha trem, tinha metrô, tinha gente de toda parte do mundo confraternizando nas ruas. Na África do Sul, e acredito que mais ainda em Johannesburgo -- espalhada, suburbana e motorizada -- vai ser como em Los Angeles: ou você está no lugar certo, ou você não está em lugar nenhum.

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Só uma correção: os ingressos para jogos do Brasil NÃO estão esgotados. Esgotaram-se os ingressos "team-specific" do Brasil, que são os pacotes que seguem uma seleção específica pela Copa. Tem os ingressos de agências de turismo e patrocinadores, e há ainda ingressos avulsos pra todos os jogos disponíveis via site oficial da FIFA - http://fifacom.lbwa.verio.net/worldcup/organisation/ticketing/index.html (É a terceira fase de vendas, de 5 de dezembro até o fim de janeiro.) Para os jogos em que a procura pelos ingressos superar a quantidade de ingressos disponivel, a FIFA fará um sorteio ao fim dessa fase de vendas.

Vou tentar comprar pra alguns jogos da seleção, mas vou comprar tb para Paraguai x Nova Zelândia que não deve ter uma procura assim muto grande...

Ricardo Freire

Valeu, vou acrescentar. Mas a loteria de ingressos é uma... loteria smile O resultado sai só dia 5 de fevereiro. Acho que quem participa tem que entrar com espírito de loteria, mesmo. Não dá pra ir comprando a passagem por conta disso.

MIGUEL ANGELO GOMES

Rick, existe algo que você não saiba em se tratando de viagens?

Bem Wikpedia das viagens estou com um pequeno grupo de pessoas interessadas na copa da af.sul, mas esse lance dos ingressos tem preocupado bastante, os voos internos principalmente a operadora (uma das citadas no texto) está deixando muito a desejar nas informações, não passa segurança, falta treinamento.

Com certeza suas dicas estão ajudando bastante e seu blog está sendo super recomendado para meus clientes e amigos.

Parabéns!

Ricardo Freire

Assim como se diz que quem devia bater pênalti é o presidente do clube, para vender esses pacotes tinha que ser alguém no mínimo da diretoria...

Robi
RobiPermalinkResponder

Acho que o jogo do Brasil é dia 25/06, em Durban e não 24/06.

Ricardo Freire

Obrigado, corrigi.

Thiago Parente

Não vou dizer desta água não beberei...até pq em 2014 poderemos beber na fonte. Mas tem coisa melhor do que o clima no Brasil em época de copa?

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Paquerei bastante com a Copa da África do Sul em 2010. Muito. Mas, à medida em que as notícias iam chegando, fui desistindo. Cara e com logística ruim. Decidi incluir a África do Sul como um destino possível para viagens de novembro a fevereiro (pelo que li - pouco, ainda - esses parecem ser bons meses), já aproveitando a eventual infraestrutura surgida em decorrência da Copa (não me parece que vá ser muita, principalmente em matéria de transportes). Ao mesmo tempo, transferi minha paquera para http://www.london-2012.co.uk/ Lá, o único problema vai ser o preço das coisas. Logística de transporte eles têm e se eu não conseguir ingresso para nada é porque as ruas estarão menos cheias para eu passear. A Copa da África do Sul em 2010, portanto, vai ser em casa mesmo.

P.S.: alguns amigos meus estão indo no esquema do http://www.homeexchange.com/ Segundo eles, conseguiram casas ótimas e bem localizadas, oferecendo em troca a casa de praia da família.

Leandro BMacedo

Sem dúvida. Aproveitando o momento Copa-2014 e pleiteando um momento de responsabilidade fiscal, aqui vai o site para fiscalizar as obras da Copa-2014 (publiquei até no meu twitter já) www.senado.gov.br/fiscaliza2014.

E que o Brasil seja HEPTA! Rs

Tiago
TiagoPermalinkResponder

esse negócio de decidir ir pra copa é realmente meio doido... a gente realmente está indo PRA COPA! não é uma viagem ao país onde ela está sendo feito.
mas enfim, saí do dilema e me inscrevi de uma vez pro BrasilxPortugal!

Raimundo
RaimundoPermalinkResponder

Sem querer ser chato (mas já sendo) vai uma correção esportiva: o Brasil joga contra a Coréia do Norte e não contra a Coréia do Sul...

Ricardo Freire

Corrigido. Aproveitei também pra botar uns acentos nas suas Coréias (este blog é pelo #desacordo ortográfico) mrgreen

Andre Rosa
Andre RosaPermalinkResponder

OI, estou planejando ir a copa com a cara e a coragem e estou interessada em outras pessoas e grupos q estejam planejando ir no mesmo esquema (11 78617583)

Ronaldo Santos

Prezados irmaos copeiros,

Eu adquiri ingressos para os jogos do Brasil na primeira e segunda fases (TST-4) atraves do site da FIFA. Eu moro nos Estados Unidos e estarei indo para Sao Paulo em Junho para me encontrar com meu pai. De la nos seguiremos para a Africa do Sul. Nos nao estamos atrelados a nenhum pacote, mas estamos tendo dificuldades enormes em encontrar passagens aereas a precos razoaveis. Por exemplo, o voo Sao Paulo - JNB (direto, sem escalas) esta na faixa dos USD$ 2600, enquanto que os voos com conexoes estao girando em torno de USD$ 2200. Eu gostaria de saber quais empresas Brasileiras estarao operando voos fretados para a Africa do Sul e quanto essas empresas estao cobrando (em media). Outra coisa, seria possivel comprar a parte aerea com essas empresas sem a parte terrestre ou vc teria a obrigatoriedade de adquirir o pacote inteiro?

Ricardo Freire

Acredito que só vendam o pacote inteiro. As operadoras que comercializam estão todas listadas no texto do post, em azul. É só clicar.

Carlos Constantinov Junior

Tenho uma agência de viagens e um cliente me quebrando a cabeça para tentar montar um pacote "alternativo" para ele ir a Copa e esse post ficou perfeito, vou imprimir e entregar na mão dele , quem sabe ele não desiste da idéia. Obviamente não quero perder meu cliente então estou atrás das mesmas informações de hotéis e passagens para não parecer preguiçoso mas quem não quer comprar o pacote oficial é só esperar mais 4 anos que 2014 tá logo aí!!!!

Obrigado pelo post vai me ajuda muito a convencê-lo de que não é uma boa idéia.

Cesar
CesarPermalinkResponder

Gostaria de te dar os parabens pela coluna , pois apos meses de pesquisa vc foi a unica q me deu uma boa nocao de como as coisas serao na copa, e isso me ajudou bastante , mudando algumas ideias q tinah em mente. Mas ainda tenho muitas duvidas.. e gostaria muita da sua ajuda.
Agora ja tahy sem jeito, vou avulso mesmo, estou com passagem comprada , alguns ingressos aleatorios q fui sorteado na fiifa... e vamos em 3 irmaos.
Primeiro... no caso dos ingressos, q tenho algumns jogos de oitavas e qaurtas de final q nao serao do brasil. La na africa da pra trocar ou vender esses ingressos por jogos do brasil?
Segundo .... esses sites q vc colocou no texto sobre a acomadacao... fiquei surpreso pq consegui algumas acomadacoes no rommsafrica... eh seguro?... tipo ..nao vao me dar cano? pagar e chegar na hora nao ter hotel nenhum?
terceiro .... vc indicaria alguma outra companhia aerea local , q nao seje a SAA?

Grato pela a atencao

Ricardo Freire

Certamente vai haver um mercadão de compra, venda e troca de ingressos. Como vai funcionar? Não sei... Mas eu não contaria em achar fácil (ou barato) ingressos pra jogos do Brasil em fases importantes, não.

Na sua situação, eu arriscaria esses sites de acomodação, sim.

Para ver as outras cias. aéreas sul-africanas, clique naquele SA Flights que está no corpo do texto.

marco antonio
marco antonioPermalinkResponder

Cesar,

vou tambem sem pacote, tambem comprei ingressos no site da FIFA, consegui 3, vou viajar dia 25;06 e volto dia 04 de julho, reservei hotel no site booking,com,

quandi voces vao,

sou de Sao Paulo, podemos ver se montamos um grupo

Ricardo Freire

Se vocês quiserem/puderem mandar notícias durante a Copa, para contar como será a experiência -- de repente pode ser tudo bem mais fácil do que o previsto; a função da gente é alerta para o cenário mais complicado --, por favor mandem!

Cesar
CesarPermalinkResponder

Cara nos chegamos dia 25 em joanes.... e pretendemos pegar um voo no mesmo dia pra durban q tem brasil e portugal. Vamo voltar so dia 13 de Julho depois da final!! vvc reservou hotel aonde???

marco antonio
marco antonioPermalinkResponder

RESERVEI HOTEL PELO SITE BOOKING.COM VOU FICAR EM PRETORIA

Alexandro Soares

oi pessoal
eu e + um colega estamos querendo ir pra copa...só que estamos atrás de algum grupo que ainda tenha vaga, por agência ou independente
se algume souber de algo e puder ajudar...agradeço desde já
abração
Alexandro
Santos/SP
alexandrosoares@yahoo.com.br

Tiago
TiagoPermalinkResponder

Riq, estou numa dúvida tremenda.
Fuçando muito (muito mesmo), achei quartos a preços razoáveis em Durban para o dia do jogo do Brasil no site roomsforafrica.com.
Mas nunca fiz reservas por lá. Sabe se é confiável?
Valeu,

Abraço!

Tiago
TiagoPermalinkResponder

Opa, dei uma lida melhor no post e achei minha resposta =D
Vou reservar já!

Irina Mayra Cremildo

Oi pessoal,

Meu nome é Irina Mayra Cremildo, operadora turística Moçambicana. Do Brasil para África do Sul não vos posso ajudar muito mas dentro da África do sul e de lá para Moçambique (para quem esteja interessado em visitar-nos, garantindo desde já que não se arrependerá) posso ser de grandessissima ajudar. Os interessados podem contactar-me via e-mail ou Facebook irinamayra@hotmail.com.

Zé
PermalinkResponder

cool

Ricardo Freire

Qualquer hora eu apareço.... cool

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Acabei conseguindo na Loteria FIFA os sete jogos que tentei comprar lá. Incluindo dois do Brasil, e o Paraguai x Nova Zelândia smile

Tentando reservar hotéis/albergues, achei boas opções para as cidades menores (Bloemfontein, Nelspruit e Polokwane, que estão esgotadas no bookings.com e nem constam do hostelworld) no www.sleeping-out.co.za - só não sei o quanto posso confiar nesse site. Alguém já usou?

Ricardo Freire

Parabéns!

Jogando "sleeping-out.co.za" e "complaint" no Google achei só um item relevante:
http://www.hellopeter.com/sleeping-out-complaint-%5B384046%5D

E mesmo assim com resposta do site, o que eu achei bem positivo.

Acho que eles não teriam coragem de usar o slogan "South Africa's favourite acommodation guide" à toa...

Pra ter certeza, dá uma busca no Thorn Tree Forum do Lonely Planet, se rolar alguma baixaria deve estar lá.

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

O sistema de reserva do Sleeping Out é meio complicado: o site mostra as vagas disponíveis e as tarifas básicas, mas o hotel tem que mandar uma mensagem confirmando a disponiblidade e o valor - e os preços são sempre mais altos que o que aparece no Sleeping Out, talvez por ser período de Copa do Mundo. Enfim, o Sleeping Out intermedia sua negociação com o hotel/B&B, não é um "faça a reserva em dois cliques".

Mas consegui reservar B&B's aparentemente bons por preços dentro do que esperava pagar. (Centro de Bleomfontein, em dia de jogo, quarto individual, cerca de 120 reais.)

Ricardo Freire

Cara, você é o nosso homem na Copa! mrgreen

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Sobre a busca de acomodação pela web:

- Albergues do Hostelworld.com estão enfiando a faca nos preços, conforme esperado. E cobrando pagamento 100% adiantado, sem devolução em caso de cancelamento.
- Sleeping-out.co.za tem vários hoteis/B&Bs cobrando preços bem acima do anunciados, mas ainda assim é a melhor opção para as cidades menores (Polokwane, Nelspruit, Bloemfontein e mesmo Pretória).
- Safarinow.com é bem semelhante ao Sleeping-out
- No site da FIFA ainda restam hotéis a preços interessantes, mas é preciso atenção extra à localização
- Achei, para Johanesburg, um hotel da rede City Lodge (tipo uma Accor sul-africana, www.citylodge.co.za) bem em conta, em Randburg.

Ricardo Freire

Valeu pelo boletim!

Rubys
RubysPermalinkResponder

Riq,
Vou passar 22 dias na África durante a Copa. Pelo pacote 6 dias em Durban e o restante em Cape Town. Pergunta: Vale a pena eu separar uns 2 dias de Durban para visitar o Hluhluwe-Imfolozi ou é melhor passar uns 3 ou 4 dias no Kruger. Em resumo minha dúvida é a seguinte:O quanto o Kruger é "tão" mais legal que os outros? A diferença é grande?
Abraço
Rubys

Ricardo Freire

Hmmm... palpite de quem não foi a nenhum dos dois: se você tem esses quatro dias entre jogos do Brasil, vá ao Kruger. (Intuição, apenas.)

Rubys
RubysPermalinkResponder

hehe.. Também estou com essa intuição !!
Obrigado

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Tô na Copa, enfim, e criei um blog pra tentar narrar a jornada: www.aozambezi.com

Até agora, me encantei com a Cidade do Cabo, tive dias bons e ruins em Joanesburgo, estou adorando Polokwane, e Bloemfontein é um grande nada. (E depois das quartas-de-final trocarei o futebol por uns dias em Jeffrey's Bay e depois um safari em Botsuana e Victoria Falls.)

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Vou para África agora em janeiro....vou para Johanesburg e pretendo ir també à Cape Town, gostaria de saber se fato vale a pena ir para Cape Town ou desencana.....!! Outra coisa, me falaram que o Kruger Park é um dos melhores para Safari....é verdade? Parabéns pelo artigo

renata
renataPermalinkResponder

Olá Ricardo, acabei caindo no seu post durante uma pesquisa e fiquei com uma dúvida (espero que depois de tanto tempo ainda dê para lembrar! rsrs!): esses pacotes que variavam de U$9 a 23mil, incluíam tb a parte aérea? Ou só terrestre? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Renata! Quem responde é A Bóia. Incluíam toda a parte aérea.