Manual de sobrevivência em Ciudad del Este, pelo PêEsse

Foto do blog http://indiada.wordpress.com

O PêEsse pôs esse comentário num post sobre Foz e eu achei tão bom que estou transformando em post. A foto foi gentilmente surrupiada do divertidíssimo blog Indiada.

Por questões de falta de segurança em Ciudad del Leste e por conta de o trânsito lá ser uma bagunça (aliás, não só o trânsito), nas duas vezes em que fui ao Paraguai deixei o carro no Estacionamento Silva (Rua Olavo Bilac, 214, Vila Portes, Foz do Iguaçu – tel. 45/3528-6631 begin_of_the_skype_highlighting              45/3528-6631      end_of_the_skype_highlighting), com várias vagas na sombra, atendimento ótimo e ambiente seguro. Custava, em dezembro de 2009, R$ 15, independentemente do tempo que você usar o estacionamento. De lá, fui a pé até a Ponte da Amizade e a Ciudad del Leste.

Uns três minutos depois que você termina de atravessar a ponte indo para Ciudad del Leste, você vê uma casinha vermelhinha do seu lado direito. Ali é a “imigração”. Passa e pára lá quem quer. Quem não estiver a fim, basta ir direto, não entrar, mudar de calçada, passar assoviando olhando para cima. Ninguém vai nem lhe olhar atravessado. 99% das pessoas fazem isso.

Como eu queria o carimbo oficial no passaporte, parei lá. A única pergunta que o atendente fez foi se Machu Picchu era realmente bacana como diziam. De posse do meu carimbo, segui em frente.

Dois minutos depois começa o monte de lojas, camelôs, motos, pessoas com caixas na cabeça, táxis, caminhões descarregando mercadorias, enfim, Ciudad del Leste propriamente dita. Eu já tinha lojas certas para ir, então fiquei em Ciudad del Leste umas duas horas apenas. Na volta, por conta do calor, eu só queria chegar no carro e ligar o ar condicionado. Não peguei nenhum carimbo de saída, portanto.

No meu terceiro dia em Foz, contudo, eu me arrependi de uma compra não-feita e voltei a Ciudad del Leste (agora devidamente vestido para o calor: camiseta branca, bermuda e chinelo). Na entrada, peguei meu carimbo de saída que tinha ficado faltando (bacana foi que no meio tempo entre um carimbo e outro houve uma ida e volta da Argentina).

Falando de compras, para câmeras, lentes, cartões de memória e todos os tipos de equipamentos fotográficos recomendo a Monte Carlo. Os produtos são originais, o atendimento é muito bom, a compra é registrada com nota fiscal. De acordo com os empregados da loja, o site está desatualizado porque em breve será lançado um novo. Por isso na loja há diversos produtos que não constam no site. Para informações e cotações de preços basta entrar em contato pelo MSN com Zanete (zanete.montecarlo@hotmail.com).

Para GPS, a Pirâmide é imbatível. Quantidade, diversidade e um atendimento bem esclarecedor. Produtos originais e vendas com nota fiscal. Para equipamentos de informática em geral, recomendo a loja Nova Advance. Bastante diversidade. Produtos originais e vendas com nota fiscal.

Para compras em geral (perfumes, roupas, vinhos franceses de procedência), passe na Monalisa. Inclusive, se for comer em Ciudad del Leste, nem pesquise e vá direto no restaurante da Monalisa. Excelente e confiável comida.

Gracias, Don PêEsse!

140 comentários para “Manual de sobrevivência em Ciudad del Este, pelo PêEsse”

  1. Oi gente, vi vocês falando sobre o ônibus que sai de Foz do Iguaçu para Ciudad del Este… vocês sabem qual é o nome desse ônibus na ida e na volta?

    tô com receio de pegar o bus errado, hehehe

    Ricardo, parabens pelo site, estou seguindo todas as suas dicas!!

    Abs,

    1. Olá, Ci! Basta confirmar ao subir no ônibus, não tem erro! O motorista fala português!

      1. Olá amigo poderia me dar dicas por favor sobre comprar na cidad del lest, mais sobre quais lojas vendem mais barato e passeios em foz?

  2. atencao: nao e recomendável entrar em vans paraguais. Para voltar para o Brasil é melhor vc voltar a pé, ônibus ou taxi brasileiro.

  3. Olá, tenho uma dúvida:

    Posso entrar e sair do paraguai quantas vezes eu quiser?

    Eu li que a aduana registra todos que passam por lá e ninguém pode retornar em menos de 30 dias. Como funciona isso?

    E outra, se eu compro algum eletrônico custando menos de $300, preciso passar na aduana e registrar o item? Ou apenas quem quiser que registra?

    Obrigada! :)

    1. Olá, Luana! O Comandante colocou a sua dúvida no Perguntódromo. Vamos ver se algum tripulante conhece essas regrinhas para te ajudar!

    2. Oi Luana como sou de Foz do Iguaçu posso te ajudar com essas suas duvidas,então vamos la.
      1- entrar e sair quando quiser,nao é bem assim agora a policia federal esta fazendo um cadastro das pessoas que atravessam a ponte a pé,mas como é muita gente e fica impossivel fazer esse controle,as pessoas que atravessam de carro,moto taxi,taxi e onibus náo estao fazendo este cadastro portanto até 30 km depois de passar para o lado paraguaio vc pode ir livremente sem fazer nenhuma entrada ao pais,se for mais adiante tem que fazer entrada ao pais.
      2. questão de retornar depois de 30 dias,vc deve cadastrar as mercadorias que compra em ciudad del este mesmo se for abaixo de 300 dolares.
      até 300 dolares vc esta isento de pagar imposto,passando de 300 dolares vc paga 50% de imposto. por ex: suas compras ficaram no valor de 500,oo dolares vc vai pagar 50% sobre o valor a mais ou seja sobre 200,00 dolares.como vc vai registrar essa comprar vc só podera fazer novas compras após 30 dias,caso querira vir a ciudad del este novamente e nao levar nenhum produto pode sim,somente o cadastro é com vencimento de 30 dias.
      muita gente compra mesmo assim só que corre o risco de perder suas mercadorias para a fiscalização,na estrada de volta a sua cidade ou mesmo na ponte da amizade.
      Bem acho que respondi suas perguntas.
      Seja bem vinda a Foz do Iguaçu e Ciudad del Este e boas compras.

      1. amiga, tem como voc~^e me da dica de lojas baratas e de qualidade para compras na fronteira? na argentina ou paraguaia? vou me hospedar em foz do dia 20 ao dia 27 de julho e gostaria de saber também sobre passeios que compnsam em foz. obeigada

  4. Luciana

    O retorno PESSOAL é livre e ilimitado.

    O retorno para compras, teoricamnte é anotado. Da ultima vez que fui o controle estava bem rigoroso.

    Muita atenção: Não passe na ponte da Amizade a pé, pois há risco de roubos e assaltos.

  5. Et… E ao retorno para compras, há o prazo de 30 dias.

  6. Luana, esse prazo de 30 dias só é válido se a PF registrar seu RG no sistema deles, caso contrário, você pode atravessar a fronteira 400 vezes por dia e ninguém vai saber que esteve lá.
    Quanto a cota, você simplesmente passa pela aduana com o seu DBA e eles (pelo menos a última vez que fiz isso) só anotam a hora que passou, não se mudou, pois nas últimas vezes que fui não parei na aduana, sempre passo com táxi paraguaio e eles me deixam no estacionamento, R$ 20,00 bem pagos.
    E, quanto ao passar a ponte à pé, se você for pela manhã, não vejo problema nenhum, sempre faço isso quando vou ao Paraguai, existem muitos brasileiros que trabalham lá e atravessam somente à pé, de preferência não deixe sua bolsa e sacolas dando sopa, porque se houver chance, eles te roubam mesmo… espero que tenha ajudado. Abraços.

  7. Adorei o blog;
    O ônibus é o “Urbano Internacional”, é meio Bege (Branco, mas bege de poeira eu acho rsrs) tem três faixas coloridas na lateral e nos pontos a placa também tem três faixas.
    Van ou taxi na fronteira jamais!

  8. Olá pessoal. Só para ajudar aos estrangeiros, hehe, como moro aqui perto e gosto de realizar comprar no PY, vai umas dicas:
    Pode atravessar a pé (grátis), de carro, de taxi (mais que 20 reais é roubo), de van (5 reais por pessoa) ou de ônibus (2,75 e parada obrigatória na aduana). Só não vá muito bem vestido nem cheio de jóias. Isso chama a atenção. Faz muito tempo que não ouço falar de assaltos, mas é sempre bom cuidar sacolas no Paraguai. Já perdi um monitor lá num piscar de olhos. Pegue a van sempre na saída, para sair mais barato. quanto a DBA, deve ser preenchida e agora a relação de mercadorias fica para a Receita. Agora funciona. Se você mora longe e vai passar por outros postos da Polícia Rodoviária, é melhor declarar. Do contrário, pode pular essa parte e passar de taxi ou van sem declarar. Outra dica importante: lado direito = turistas (mais caro); lado esquerdo – preço mais baixo e produtos com a mesma qualidade. Espero ter ajudado. Abraço.

    1. Alexandre.

      Achei muito interessante suas colocações, mas fiquei curiosa sobre o lado mais barato e o mais caro. A questão de direita e esquerda você leva em relação a ponte?? rsrs
      Faz tempo que fui e estou com intenção de ir logo e gostaria de ter solucionado essa dúvida.

      Grata, Silvia.

  9. Só complementando, 20 reais por taxi e não por passageiro, At.

  10. Olá amigos.

    Senti-me na “obrigação” de deixar meu relato sobre a viagem à Foz. Digo obrigação porque recebi muita ajuda de diversos blogs sobre essa viagem.

    A primeira coisa que aprendi é que quanto mais se pesquisa, mas confuso se pode ficar.
    Não costumava fazer este tipo de pesquisa sobre os locais que vou conhecer, mas como essa era uma viagem diferente, três países em três dias, achei que seria útil. Realmente foi, mas o excesso de informação acabou me deixando confuso em várias situações.

    Fomos em um grupo de 15 pessoas, (muita gente acabou alterando todos os nossos planos e roteiros). Nos concentramos então nas visitas ao Paraguai e as Cataratas Brasileiras. Deixando assim uma brecha para voltar o mais rápido possível – Cataratas Argentinas.

    Concentro então aqui minhas dicas no Paraguai, porque o resto foi tudo excelente, e pesquisando aqui nesse mesmo site, vai achar relatos que vão te deixar 100% informado sobre as Cataratas e Puerto Iguazu

    Já no primeiro dia fomos ao Paraguai. Li várias versões sobre como atravessar, quais lojas comprar e como pagar. Vou resumir aqui o que fiz de certo (depois de alguns erros), e que pode te ajudar.

    A travessia:
    Vá cedo, saia do hotel até as 6h30 e assim não perde mais de uma hora na travessia da ponte. A travessia a pé é bem tranqüila, mas é bom poupar suas forças, vai ter muito o que andar quando chegar ao Paraguai. Optamos mesmo por alugar uma van. A motorista que nos acompanhou, foi super prestativa e pontual. ( Kacia Mozer – telefones 045 8819-4229 e 9119-9788. Pode dizer que foi indicação do Rodrigo de Brasília, quem sabe tem um desconto. Rsrsrs.) Cobrou R$ 20,00 por pessoa para ida e volta. Nos pegou no hotel e nos deixou novamente no final do dia, ou na hora marcada. Ficamos com ela durante toda nossa estada em Foz e foi a melhor opção sem sombra de dúvidas. A volta com a van na aduana é sempre mais tranqüila. Em todas as travessias não fomos parados nem uma vez. A Kácia além de dirigir pode ainda fazer o serviço de acompanhamento às melhores lojas do Paraguai

    Chegando ao Paraguai tive a impressão de estar no… Melhor nem mencionar onde. Aquilo é uma loucura das 7h às 17h. Claro que essa opinião é minha e dentro do grupo vi várias visões diferentes sobre o local. Para quem já esteve nos EUA e fez compras, fatalmente não vai achar o Paraguai o melhor lugar do mundo. Preço mais alto, muita confusão, e falta de garantia de originalidade são algumas das diferenças. Já quem nunca esteve fora do Brasil vai curtir bastante e achar tudo realmente muito barato. E como já estávamos lá, sem exceção, compramos muita coisa e curtimos muito toda essa confusão, e olha que fui com dois filhos pequenos, que apesar de cansados acabaram curtindo também as compras. Deixo aqui algumas dicas, as mais importantes que tirei de toda a minha pesquisa e que pus em prática na viagem.

    - Saiba o que vai comprar e aonde antes de ir (principalmente itens mais caros). Chegando lá, você vai se deslumbrar com milhões de coisas que nem imaginava existir e não vai ter tempo para as mais importantes.

    - Se não conhece a fundo o produto que esta comprando tenha CUIDADO. Vi muitas réplicas (para não dizer falsificação), em muitos itens, cremes, perfumes, relógios, óculos. E tudo isso dentro de lojas. Sendo assim procure mirar nas lojas mais caras, maiores e de renome. Assim tem mais tranquilidade de comprar coisas boas. Não estou aqui difamando as pequenas lojas, mas para muita gente que não conhece o que esta comprando é realmente muito arriscado.

    - Eletrônicos: Muita gente do grupo comprou em várias lojas. Concentrei minhas compras na Mega Eletrônicos e Grupo BO.

    - Perfumes e cremes: Nesse quesito as mulheres também partiram para o principio da segurança. Shopping Monalisa, Shopping Hill, SAX e Shopping China, além do Dutyfree argentino onde além dos perfumes concentramos a compra de bebidas.

    - Se você tem tempo (mais de dois dias para o Paraguai) pode fazer suas compras com tranqüilidade, caso contrário pode correr e focar no que já tinha planejado. São milhares de lojas e produtos que deixam qualquer brasileiro doido, e tudo isso faz você perder tempo. Um exemplo é que tínhamos planejado apenas uma ida ao Paraguai e fomos três.

    - Roupas, tênis, bolsas, óculos e relógios: Achei tudo muito caro, claro que sempre acabo comparando com Miami, e por isso acabei nem prestando muita atenção nesses produtos. Mas se garimpar pode achar sim ótimas coisas com excelentes preços comparados com o Brasil.

    - Pagamento: Sem sombra de dúvidas a melhor opção é o real. A compra de Dólar não te garante nem o desconto nem a melhor cotação. Com exceção do saque no posto do Banco do Brasil localizado no Paraguai, onde com uma taxa única de R$ 20,00 você saca dólar com um excelente câmbio e/ou de lojas grandes que não cobram taxa para utilizar o cartão de crédito, mesmo caso do DutyFree na argentina.

    - Na chegada é normal sempre concentrar as compras do lado direito, Shopping Americanas, Shopping China, Sax e outros, mas tem excelentes lojas do lado esquerdo. No lado esquerdo tive a impressão de ser mais bagunçado, mas é só impressão. Lá se concentram as lojas mais antigas, e é melhor para eletrônicos e informática. A verdade é que temos mesmo muita opção e procurar não é fácil.

    - Compras na rua: Só pare na rua depois de fazer todas as suas compras. Na rua só vai achar produtos básicos. Nunca compre nada mais sofisticado. E nunca dê atenção para os que te param na rua.

    - Itens de pesca: Minha preferência nas compras. Temos várias opções de lojas para esses itens. Achei todas ótimas e com excelentes preços. Não é muito fácil localizá-las por isso pesquise antes e as marque no seu mapa. (Mapa que por sinal é item indispensável).

    - Travessia na volta: Não se preocupe. Se não estiver trazendo produtos para venda, não precisa se preocupar. Eles focam mesmo é no contrabando e eletrônicos acima de U$ 300,00 (notebooks por exemplo). Acabam parando mesmo só quem chama muito a atenção, quem tem grande volume de malas ou caixas muito grandes. Tudo isso vale para a aduana na ponte e para o aeroporto (onde todas as malas e bagagem de mão passam pelo raio-x). Deixo claro que não estou propagando a ilegalidade, apenas relatando como acontece a travessia. Outra coisa, como é muito comun passar pela aduana sem ser parado, é interessante que você peça para parar e faça sua declaração. Assim quando questionado no aeroporto ou nos postos de fiscalização rodoviários vai estar com sua mercadoria legalizada.

    Galera isso é o básico, pois cada viajante tem sua particularidade. Qualquer dúvida pode perguntar.

    Abraços

    Rodrigo

    1. Rodrigo,
      Vai ser minha primeira viagem a Foz(paraguai) na verdade, pois vou apenas para comprar, não tenho muito interesse em conhecer as cataratas, so pra se ter idéia vou na terça anoite, saindo de BH-MG e volto na Quinta pela manhã, ou seja, so terei a quarta-feira, que farei as compras.
      Já tenho o meu foco no que quero comprar, apenas roupas, boas e baratas e perfumes, pra mim e minha esposa e cremes, talves tenis e oculos pra mim(apesar de você ter me desanimado, srsr).
      E estou pensando em comprar um PS3 que custa cerca de U$ 400,00, ouse seja pretendo gastar cerca de 1000 dolares.
      O que faria se fosse você?
      E realmente é melhor comprar em real????
      E por último, da uma dica ai de hotel barato e confortável e que fique próximo para atravessar a ponte a pé.
      Abraço e desde já muito obrigado pela ajuda.

  11. Para almoço, lanche ou expresso : direto na Mona Lisa.
    Para reduzir o surto, ignore os ambulantes e barracas ao longo das calçadas;
    Para coisas-de-luluzinha ,relogios e óculos falsos entre nas duas ou tres galerias entre a Americana e a Casa China;
    Para eletro eletronicos duvidosos vá nas galerias do lado esquerdo;
    Vá de manhã ( quanto mais cedo melhor) e saia de lá antes das 14,30h.
    Quase tudo fecha as 15h e a partir das 14,30h o movimento é intenso ( ou infernal ) na ponte.

  12. Boa Noite,

    Primeiro queria parabenizar o site que é demais por fim deixar minhas considerações da viagem que acabo de fazer.

    Hotel: Bella Italia. Gostei muito. Quartos confortaveis e fica bem proximo a um shopping Mufato (acho que é esse o nome).

    Transporte: Usamos uma van que cobrava 25 o dia. Ela nos pegava no hotel e nos deixava no shopping del leste. ficava conosco o dia todo e podiamos guardar as comprar dentro dela ao longo do dia. Estavamos em um grupo grande (22 pessoas)portanto alugamos duas vans, facilitou a negociação. Os achamos em uma agencia de turismo dentro do aeroporto… Muito bom. Ah, durante a noite o hotel oferece trasporte gratuito para o Dutyfree argentino… sai as 18:30 e fica lá por uma hora a contar da chegada.

    Dinheiro ou cartão: Lá eles reconhecem os Brasileiros e falam bem o protugues (vale pra argentina e para o paraguai). Os preços costumam estar em dolares, mas voce pode pagar em reais se quiser. Cada loja tem sua própria cotação que costuma estar bem proxima ao dolar turismo. Que quando fui girava em torno de 1,75. Você pode pagar em cartão ou em dinheiro. Algumas lojas cobram um acréscimo de 10% para pagamento no cartão como é o caso da nave (eletronicos e outros no paraguai), outros não como é o caso do freeshop na argentina e do shopping del est no paraguai). Eu andaa com a grana na bolsa e não vi nenhum movimento estranho. Na frente de muitas lojas tem seguranças fortemente armados acho que isso inibe o crime, a impressão que tive é que sé deixar de bobeira uma sacola vc a perde, mas ninguem te toma a força(eu fui la 2 dias, não sei se serve de parametro) enfim andava com muita grana e n tive problemas nem sustos. Ir com dinheiro regrado é sinonimo de passar vontarde… Aquilo é o paraiso e vc tem que se segurar pra n comprar tudo que ve pela frente já que costuma ser bem mais barato do que no Brasil.

    Paraguai: As vans eram de empresa de turismo então foi muito tranquilo entar e sair do Paraguai. O motorista preenchia uma lista com o nome dos passageiros e a apresentava na entrada e na saida… Nem nossas identidades ele pegava. Ninguem declarava nada e nem fomos revistados.
    No último dia o grupo se dividiu e alguns quiseram voltar o paraguai, escolheram ir de taxi, tambem foi tanquilo, mas na volta tomaram um “bacu” da polícia federal

    Eletrônicos: Recomendo a Nave, fica próximo ao Shopping Del Leste, emite nota fiscal e diz que da garantia de 3 meses e assistencia de 9 meses. As coisas são mais baratas que no shopping del leste, e mais caras que na galeria americana, inspira tanta confiança quanto o shopping.Coprei meus eletronicos lá. Exemplos: camera canon D-10 292 dolares, nas galerias americanas tava 260 dolares e no del leste tava 320… Comprei um GPS 5″ por 102 dolares e um HD externo de 1 tera da sansung por 135 dolares.

    Outras opções de compras: Shopping Monalisa – é referencia de qualidade e por isso foi o lugar em que as coisas estavam mais caras. Shopping jevai(fala assim, mas n sei como escreve) tem muito eletronico e relogios tbm. fica proximo ao monalisa, mas não tive tempo para explorá-lo. Shoppin del leste ten coisas caras e baratas, meu irmão comprou uma maleta de poker grande por 70 reais. Acho que aqui é uns 300 ou 400 reais.

    Argentina: É mais chato pra entrar. Eles conferem as identidades. Menor desacompanhado de um dos pais e que não tenha autorização é barrado, certidão de nascimento não vale e nem carteira funcional, no paraguai é bem mais tranquilo. A cidade tem uma avenida chamada Brasil com barzinhos bem arrumadinhos, mas de resto parece uma cidade do interior. Bem na entrada tem um Free shop que é o que há de bom… Tem muita coisa ate mais barata que no Paraguai. Comprei um nike shoks(escreve assim?) pra mams que me custou 129 dolares, sendo que no del leste ele estava por 160 dolares e aqui no Brasil gira em torno de 500 a 700 reais. Lvc encontra itens de perfumaria, oculos, tenis nike, bebidas, bolsa de viagem…

    Alfajors – Particularmente não curto muto, mas pra quem gosta vai a dica, na nave o HAVANA é mais barato do que no dutyfree argentino… Mas eu gostei mesmo de um chocolatinho da caixa vermelha chamado Rama.

  13. Gostaria de saber se é bom entrar em Ciudad del este com dólar ou real? E se tenho q declarar as compras, visto que estarei em foz e tenho receio de ser parado no aeroporto. Obrigado.

  14. Mais uma vítima de malandragem que orienta a so entrar em loja grande com investimento em publicidade e reputação:
    Cuidado com os brasileiros vendedores, boa parte deles são malandros profissionais que trabalham nas lojinhas para ganharem a confiança de brasileiros incautos e darem um golpe.
    Um brasileiro que trabalha numa lojinha de eletronicos no terreo do predio da Sax deu o tombo em mim e na minha esposa. A loja fica no fundo do andar à direita de quem entra e o vendedor brasileiro é um gordo monstruoso, pro qual a gente deu conversa mais de dó do q qualquer outra coisa. Ele engabelou a gente na venda de uma máquina fotográfica, apresentando diversos produtos e num deles, no qual ele deu mais enfase, ele dobrou o preço praticado no mercado e foi dando varios brindes e na insistencia conseguiu vender. Logo depois, a gente viu o preço na loja do lado, e viu o golpe. Eu sei que foi inocencia mas a gente nao espera isso do proximo, ate pq eu perguntei pra ele se ele nao estava enrolando a gente no preco e se eu precisava conferir o preco nas lojas vizinhas (”nao, nao, eu garanto o preço”). Enfim, brasileiros sinistros nas lojinhas, desconfiem, é malandro!

    1. Desculpe a franqueza, mas inocência é pouco, né! Malandro existe em tudo em que é lugar.

  15. Ola gostaria de saber como são as compras em dias de semana comparando com os sabados, tem diferença de movimento. E na aduana para declarar, tem que levar os produtos junto, tem que levar as notas ou só a dba e podemos deixar as compras na van? Como é essa história de banco do brasil no paraguai, tem um ponto de atendimento com caixa eletronico? O saque sai em dolar? Onde fica? Os taxistas brasileiros deixam os passageiros nas lojas ou apenas no outro lado da ponte? Valeu pelas dicas

    1. nos dias de semana e muito mais tranquilo, no sabado o movimento e muito intenso, na aduana vc tem que levar o produto junto com vc, leve as notas fiscais preencha a DBA se estiver menos de 300 dolares nao precisa especificar o produto apesar dos precos eles (receita federal)conferem por site de lojas, por isso nao altere o valor das notas se nao vc pode levar multa de 50% do valor correto. quanto ao banco do brasil tem posto de atendimento com caixa eletronico na receita federal (ponte) evite saques no paraguai pois tem taxas e ninguem faz isso, compre dolar na casas de cambio (alberdi, cambios chaco, golden cambios) essas sao as melhores. para vc atravessar procure ir de onibus coletivo R$ 2,75 ou taxi brasileiro R$ 30,00 taxi paraguaio somente para voltar R$ 20,00 para ate 4 pessoas nunca atravesse a pé e muito perigoso assaltos e vans paraguaias pois tem muito bandido disfarcado de perueiro. quanto as lojas procure no shopping jebai center casa B.O eletronicos e dien perfumes para informatica e no shopping LAI LAI (master10, icompy, flytec,nave informatica. para almocar va ao shopping vendome tem macdonalds e comida brasileira de otimo padrao.

  16. Olá. Irei ao Paraguai entre os dias 16 e 18/5,e gostaria de saber onde encontrar lojas de acessórios para motos e, o que eu posso trazer e o que não posso, referentes a esses quesitos.

    1. Olá, Gilberto!
      Neste post há um link para o site da Receita com perguntas e respostas sobre o que pode e o que não pode:
      http://www.viajenaviagem.com/2010/10/novas-regras-da-pra-trazer-camera-de-miami-mas-nao-do-paraguai/

    2. pecas para moto vc vai encontrar na pyramide motos ao lado do shopping vendome ou na joya motors uma quadra abaixo do vendome, pecas de motos nao pode trazer,somente acessorios.

  17. bom dia, irei a foz passear e ja sei qual onibus pegar do ttu para itaipu, cataratas brasileiras e outros pontos na cidade de fiz.
    mas nao consigo saber qual onibus me deixa na ponte ou dentro do paraguai e se vale a pena ir do lado argentino. gostaria de saber se tem onibos que deixa em frete a ponte ou dentro do paraguai saido perto do ttu em foz grato pela resposta

    1. Olá, Pedrosa!
      Leia este post, incluindo os comentários:
      http://www.viajenaviagem.com/2010/05/foz-do-iguacu-carro-alugado-taxi-ou-onibus/

  18. Olá Pessoal!

    Gostumo fazer compras em Pedro Juan, porem estou pretendo ir a Ciudad Del Este e me hospedar em Foz do Iguaçu, me interesse é em fazer compras de perfumes e cosmeticos originais e de confiança, alguem pode me enviar dicas de lojas certas para este tipo de compra e onde se hospedar na chegada a Foz.

    Desde ja agradeço pelas dicas.

    Abraço.

    1. Olá, Henrique! Sobre compras, leia o texto e os comentários anteriores.

      Sobre Foz, consulte a nossa página-guia:
      http://www.viajenaviagem.com/brasil/foz-do-iguacu-ricardo-freire

  19. Ricardo, nem preciso falar que sempre que vou pra qualquer lugar olho seu blog primeiro.

    Ciudad del Este não achei nada!!! E fui na loucura…pretendo ir novamente, mas infelizmente não tive tempo pra fazer um post no blog. Mas queria te adiantar que vale muito a pena fazer algo mais “premium” em CDE…

    Ficamos no Hotel Casino Acaray – R$ 250,00 / dia mas o hotel é BEEEM legal, achei que ia ser um lixo por já conhecer CDE.

    Além da Monalisa, um outro lugar sensacional pra compras é a NaveNET, tem tudo, pouca coisa mais cara, mas vc fica mais tranquilo de não levar gato por lebre. Enfim, prometo fazer um post mais completo no Blog, pois tem muito mito e muito “terrorismo” em torno da segurança lá, e etc. Abraços e parabéns pelo belíssimo trabalho.

    1. André existem lugares maravilhosos em CDE, infelizmente a maioria dos brasileiros acredita que CDE se resume ao microcentro (onde são feitas as compras). Quanto aos hotéis você pode também conhecer o Las Ventanas (www.lasventanas.com.py) e o Casablanca. Caso não deseje ir tão longe, existem três bons hotéis bem próximos ao microcentro: Münich (extremamente seguro e familiar, Hotel Áustria (muito tradicional) http://www.hotelaustria.com.py e o Hotel Convair (www.hotelconvair.com).

      A Nave Shop realmente tem várias coisas boas, mas acredito que o local mais sofisticado é a SAX (www.sax.com.py).

      Com relação à segurança em CDE, nada que um paulistano não consiga superar, afinal a 25 de março parece ter se inspirado em CDE. No mais, também sugiro excelentes restaurantes e boates para quem deseja conhecer verdadeiramente Ciudad del Este:

      1) Nine Lounge & Bar
      2) Coyote
      3) Patu’s bar
      4) Toscana restaurante

      E precisando de um motorista de táxi de segurança, é só avisar.

      1. Andréa muito obrigada por suas preciosas dicas. Vc pode me passar via e mail o telefone do seu taxista de confiança ?
        Grata Rose

  20. Ola Andrea, estou indo na pxm semana, poderia me passar o tel do taxi?

  21. [...] muita gente aproveita para fazer compras em Ciudad del Este, no Paraguai. Para não ter erro, veja neste post do site Viaje na Viagem algumas dicas de lojas em Ciudad del [...]

  22. Estou indo essa semana ver a chuva e sentir o frio de foz, hehe, e pesquisando aqui na net encontrei um site muuuito bacana de compras de maquiagem, cremes e afins, td que nos mulheres amamos, anotem http://www.paraguaipink.com.br

  23. òtimas dicas! E quanto ao clima de Foz e Paraguai durante o mês de setembro? Estarei indo e estas dicas certamente foram 100% válidas! =)

    1. Olá, Paula! Não há época ruim para ir a Foz, a paisagem é linda de tudo quanto é jeito. Fique atenta apenas a notícias de secas extremas e prolongadas. Em setembro o pior do frio já terá passado.

  24. AMEI essa site!Obrigada,de coração,á TODOS vocês,me ajudaram muito!Fiquei apenas com uma dúvida:”O Hotel Munick é próximo á rodoviária?
    Muito Obrigada pela ajuda!

    1. Olá, Elizabelle! A rodoviária de Ciudad del Este não fica no centro. Você vai precisar tomar um táxi para qualquer hotel do centro da cidade, como o Munich.

  25. Olá, estou indo pro paraguai, comprar apenas cosmeticos, para revender,tipo R$ 2500,00.
    Não quero declarar, ( ou pelo menos declarar apenas a cota liberada)é possível????
    Não vou levar malas, apenas 2 bolsas pequenas, para não chamar aatenção.

    1. Olá, Joseane! Desculpe, não temos experiência nesta área! :D

  26. Ola pessoal,

    Gostaria de saber se no Paraguai é interessante e confiável comprar eletronicos da APLLE ?? Os produtos sao originais ??? Em qual loja vcs me recomendam comprar esses eltronicos da APLLE (IPAD, IPHONE E ETC)

  27. Paraguai tem ótimas lojas e produtos de qualidade e há muito tempo vem mudando a questão de atendimento ao cliente.
    A Compubras http://www.compubras.com é revendedor autorizado Apple. Fica no Shopping Vendome. Pode comprar sem medo.

  28. Bela iniciativa deste site, me ajudou bastante. Uma dúvida, vou chegar no aeroporto em foz as 13h e terei só mais o dia seguinte para fazer as compras, então queria saber se é viável sair do aeroporto às 13h e ir direto para Ciudad del Leste. Já sei onde ir e o que comprar, só preciso saber qt tempo levo do aeroporto à ponte da amizade

    1. Olá, Tiago! Em coisa de 40 minutos no máximo você estará na ponte!

      1. Valeu pela ajuda, só mais uma pergunta, que ônibus eu pego do TTU para Ciudad del Este? Parece que tem alguns em que se desce antes da ponte e outros que atravessam até o PY, é isso mesmo?

  29. Muito jóia as informações do site …. mas preciso de mais algumas

    - produtos para bebê (carrinhos, roupas, bebê conforto, etc) sabe onde posso encontrar?
    - onde posso conseguir VAN mais barata, pois estarei em três pessoas e já achei cotação de $ 40 …. fica caro este valor.
    - o taxi brasileiro atravessa a ponte para deixar o pessoal do outro lado?
    Grato,

    1. Olá, Iandré!

      Além do relato do PêEsse, leia também as dicas dos leitores que estão na primeira página de comentários:
      http://www.viajenaviagem.com/2010/01/manual-de-sobrevivencia-em-ciudad-del-este-pelo-peesse/comment-page-1/#comments

  30. Olá meu amigo, tudo bem?

    Gostei muito do post, está de parabéns.

    Gostaria de fazer uma pergunta e ver se você , ou qualquer outra pessoa, poderia me dar uma ajudinha.
    Moro em Ponta Porã, divisa com, a cidade do Paraguay, Pedro Juan Caballero. Faço uma viajem mensal para São Paulo, o que me custa uma grana considerável.
    Gostaria de saber se tem algum ônibus que faz essa viagem por um preço bom, não precisando ser de linha, direto do Paraguay.
    Sei que da CDE tem um que faz a viagem por um preço muito bom. Não sai da rodoviária, mas mesmo assim vale a pena pelo preço.

    Se você ou alguém poder me ajudar, ficarei muito grato.

  31. Olá meu amigo, tudo bem?

    Muito obrigado pela resposta, me ajudou muito por ter alguns telefones.
    Mas na verdade o que eu gostaria de saber é se tem, como para CDE, alguma empresa alternativa para fazer a viagem direto para SP, com um preço bem em conta.
    Fiquei sabendo de uma empresa que não fica na rodoviária de CDE, e tem um preço muito bom, mas a propaganda dela e bem no boca a boca, por isso tenho essa dúvida, pois gostaria de saber de alguma, por alguém, que faz essa viagem para Pedro Juan.

    Muito obrigado. ^^

    1. Olá, Arthur! O que existe aqui em São Paulo são excursões de compras feitas por companhias meio piratas… não sei se é isso que você procura…

  32. Olá meu amigo, tudo bem?

    Meio pirata, talvez é o que eu procure. ^^
    Se for apenas para comprar, talvez tenha só para CDE? Quem sabe não tenha para Pedro Juan.

    De qualquer forma, se você souber de algumas dessas, que faz a viagem de SP/PJC e PJC/SP, gostaria muito de entrar em contato e fazer algumas perguntas com a companhia.

    Se você não souber, fica o meu muito obrigado. E espero que alguém possa me ajudar. ^^

    Abraço.

  33. Olá,

    Pretendo visitar Foz do Iguaçu em Outubro, quero conhecer as cataratas brasileiras e argentinas, itaipú, e fazer umas comprinhas no free shop.
    Ainda gostaria de comprar algumas coisinhas em Ciudad del este. Esta é a melhor cidade para comprar? Quantos dias vocês acham que preciso? 5 dias é o suficiente?

    Abraços.

    1. Olá, Deise! A partir da página-guia de Foz de Iguaçu você encontra todas as informações:
      http://www.viajenaviagem.com/brasil/foz-do-iguacu-ricardo-freire/

    2. Cinco dias é mais do que suficiente. E se vc alugar carro, aí é que vai ter tempo de sobra mesmo.
      Uma dica: o melhor lado para visitar as cataratas é o argentino, não deixe de ir.
      Ciudad Del Leste também é muito legal. Pense numa muvuca.

      1. Olá Mendonça,

        Então é melhor hospedar-me na argentina? é isso?

    3. Eu e minha esposa, tb ieremos em outubro e ficaremos no hotel carima e tb quero dicas de compras e se vale a apena alugar um carro.
      quando vc vai?

  34. Olá, obrigado pelo site. Realmente tem muitas digas interessantes e uteis.
    Eu vou a Foz nod ia 30/08 e volto dia 1/07, portanto 3 dias. Vopu chegar as 13hrs entao gostaria de saber se vale a pena ir nesse dia ao paraguai ainda pois as dicas me dizem pra sair de lá até 14;30. Oura coisa, a alfandega no Brasil tem horario de funcionamento?

    desde ja agradeço

  35. Para quem mora no MS a dica é ir por sete quedas, vc deixa o carro la no posto de combustivel paga 5R$ e sai 05:00hs da manha, não passa pela ponte! gasta 50 reias de passagem IDA e VOLTA. quando chegar la para no troncal 4 (acho que escreve assim) pega taxi ou onibus, ai é so alegria e dinheiro, ai volta em troncal 4 as 15horas de lá! e pega o onibus de volta pra sete quedas. mais atenção: nao va quando tiver chovendo!

  36. Sou visitante assiduo de Ciudad del este, geralmente todo ano vou 2 x lá… meu esquema é passar com meu carro para lado paraguaio, fico num hotel bom e seguro, os hoteis lá são mais baratos que do lado brasileiro, faço compras na loja americana, casa da china e monalisa… que são totalmente confiáveis… e alguns eletronicos em diversas lojas …
    tb achei restaurante bons com preços pela metade do preço do Brasil e até restaurante de comida japonesa…
    ahh outra dica que vale a pena é comprar pneus…é no mínimo a metade do preço ..
    boa viagem e boas compras…

    ahh passar na ponte é tranquila….

  37. Ola a todos, se algum de vcs gostaria de um guia turistico em Ciudad del Este, pra conhecer cataratas, saltos, movida noturna, gastronomia, restaurantes bons, lagos e rios, eventos e teatros. Eu me ofereco como guia, nasci aqui em CDE.. E só por gosto faría (de graca), pq daqui a um ano quero abrir uma agencia de turismo interno, e que melhor que praticar.. ;)

    http://www.facebook.com/velerodeleste

  38. Olá

    Gostaria de comprar a camera Sony HX9 ou a canon S230 no Paraguai e estou indo agora no início do mês de setembro, queria saber quais são as lojas mais confiaveis…

    Podem me ajudar?!

    Obrigada…

    1. Alô, Ana! Veja as dicas no post acima e nos comentários anteriores!

  39. GOSTARIA DE TROCAR OS PNEUS DO MEU CARRO , COMO FAÇO? É PERIGOSO ?

  40. TENHO QUE PASSAR COM O MEU CARRO PARA O LADo DE LÁ ? E A FISCALIZAÇÃO NA VOLTA?