Foz do Iguaçu: carro alugado, táxi ou ônibus?

O trenzinho do lado argentino

Três cidades, dois parques, uma usina hidrelétrica, duas fronteiras, uma ponte: à primeira vista, não é fácil equacionar a questão do transporte em Foz do Iguaçu.

Como em toda cidade que vive do turismo, porém, não é por falta de transporte que você vai deixar de fazer nada. Todos os passeios do menu são oferecidos em tour organizados que passam no seu hotel para pegar e deixar você.

Querendo fazer por conta própria, como é a preferência dos trips, aí vão as suas opções comentadas:

Carro alugado

É a melhor alternativa para quem quer total autonomia. Há algumas pegadinhas a considerar, porém.

Não se deve atravessar com o carro para o Paraguai. As locadoras vão dizer que não é permitido; os relatos de quem passa (mesmo com seu próprio carro) são unânimes em desaconselhar a experiência. Se você alugar carro e quiser dar um pulinho em Ciudad del Este, faça com o PêEsse, que seguiu o conselho da locadora e deixou o carro num estacionamento próximo à Ponte da Amizade, de onde se pode atravessar a pé (há quem diga que é inseguro), van ou táxi (seguros).

Quanto à passagem para a Argentina: por telefone ou email as locadoras vão embaçar, dizendo que não há carros disponíveis. No guichê do aeroporto de Foz, porém, funcionários da Avis e da Hertz dizem que é possível atravessar, sim. A fonte da controvérsia está no fato de que, pela lei argentina, todo carro estrangeiro que circular por lá precisa ter seguro internacional válido no Cone Sul e alguns equipamentos obrigatórios, como segundo triângulo, cambão (cabo de aço pequeno para reboque) e estojo de primeiros socorros. Nos 30 km imediatos à fronteira, porém, essas exigências são relevadas. Ou seja: só precisariam cumprir a lei os carros que seguissem pela Argentina depois de Puerto Iguazú. O que não se sabe, porém — e quem levantou essa bola foi o André Lot — é o que aconteceria em caso de acidente ou roubo durante a permanência do carro em Puerto Iguazú; será que a seguradora honraria a palavra do funcionário do guichê? O ideal, portanto, é alugar um carro apto, com contrato onde conste explicitamente que é possível circular na Argentina. Senão, é possível contratar o seguro e adquirir os itens extras antes de atravessar a fronteira.

Carros não podem circular dentro dos parques (exceção feita para os hóspedes dos hotéis localizados dentro dos parques — o Hotel das Cataratas no Brasil e o Sheraton na Argentina). Você estaciona do lado de fora e pega um ônibus no Brasil e um trenzinho na Argentina.

Táxi

Em dezembro de 2009, um táxi do aeroporto de Foz ao centro da cidade saía menos de R$ 40 (do centro ao parque é a mesma distância). A Puerto Iguazu, R$ 60. (No sentido contrário, os táxis argentinos cobravam 90 pesos – R$ 45.)

[Atenção: preços de 2010]

Os taxistas estão habituados a negociar passeios sem taxímetro. Segundo a Sylvia, o melhor lugar para negociar um táxi é no Parque das Aves (que fica ao lado da entrada do parque, e em frente ao passeio de helicóptero).

Se você tiver combinado passeios de táxi recentemente, por favor nos conte quanto pagou, para a gente ter uma base.

Ônibus

Existe um ônibus de linha entre o centro de Foz, o aeroporto e o parque nacional. Sai do Terminal de Transportes Urbanos e faz várias paradas ao longo da Rodovia das Cataratas. Em dezembro custava R$ 2,20.

A linha Foz do Iguaçu-Puerto Iguazú, operada pela Crucero del Norte, une as duas rodoviárias (atenção: passa por fora do Terminal de Transportes Urbanos de Foz) e em dezembro custava R$ 3. Uma boa parada para pegar o ônibus no Brasil é em frente ao hotel Bourbon (do outro lado da estrada).

Na Argentina, o ônibus El Práctico faz o trajeto entre a rodoviária de Puerto Iguazu e o parque argentino a cada meia hora. Em dezembro a viagem ida e volta custava 10 pesos (R$ 5).

Dica da Karina: à noite existe um ônibus grátis do Cassino Iguazú que passa nos principais hotéis brasileiros. Do cassino dá para pegar um táxi barato para o centrinho de Puerto Iguazú.

Leia também:

Todas de Foz do Iguaçu no Viaje na Viagem

181 comentários para “Foz do Iguaçu: carro alugado, táxi ou ônibus?”

  1. Olá,preciso saber quanto custa um táxi do aeroporto de Foz do Iguaçu a rodoviária para 4 pessoas. Obrigada!

    1. Olá, Livia! Estava 40 reais na época do post, em 2010; pode estar 50/55 hoje.