Santiago: onde comer

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Astrid y Gastón, Santiago

Sair para comer é um dos pontos altos de qualquer visita a Santiago. A matéria-prima é excelente -- sobretudo os frutos do mar e os legumes. Além da cozinha local, encontra-se facilmente na cidade ótimos representantes da culinária que está mais acontecendo: a peruana. Santiago também é um ótimo lugar para se aventurar na mesa mais contemporânea, por preços menos salgados que no Brasil.


Visualizar Santiago: onde sair em um mapa maior

Centro: Lastarria (marcadores azuis-escuros)

O Centro da cidade tem dois focos de vida noturna e gastronomia. O mais charmoso é o barrio Lastarria, assim conhecido por ter como eixo principal a rua José Victorino Lastarria. Outros nomes pelos quais o bairro conhecido: florestal (por causa do parque ao longo do rio Mapocho) e Bellas Artes (por causa do museu, que também fica por ali).

A três quadras da Lastarria, perto do metrô Bellas Artes, fica o bar mais original de Santiago: o The Clinic (Monjitas 578, tel. 2/2639-9548). É um bar ligado a um semanário satírico-político de grande sucesso, uma mistura de Pasquim com Casseta à chilena. O nome do bar (e do jornal) é inspirado na clínica em o general Pinochet ficou preso em Londres.

A calle Lastarria vai da Merced até a avenida Libertador Bernardo O'Higgins (onde fica a estação mais próxima, Universidad Católica). Suas três quadras são pontilhadas de restaurantes simpáticos, ótimos para escolher na hora. De dia, de quinta a domingo é realizada uma feira de livros na quadra de cima (praça Mulato Gil de Castro), em frente ao Museu de Artes Visuais. Dos restaurantes da rua, experimentei o bom peruano Tambo (Lastarria 65, tel. 2/2633-0842) e o aconchegante bar Victorino, que serve comida sul-americana (Lastarria 138, tel. 2/2639-5263).

Centro: Bellavista (marcadores azuis-claros)

Galindo, Santiago

A pouco mais de dez minutos de caminhada, do outro lado do Mapocho, fica o foco mais animado da boemia do Centro: o barrio Bellavista. O grosso da muvuca se divide em duas ruas. Uma, a Pio Nono, concentra a bagaceira: um sujinho do lado do outro, com mesas de plástico na calçada, onde a garotada toma cerveja de litrão. A paralela parece outro universo: na calle Constitución os bares e restaurantes são no mínimo mais bem-apessoados; alguns chegam a fazer o gênero mauricinho. Entre as duas ruas, na quadra de baixo, fica o Patio Bellavista, uma espécie de shopping só de bares e restaurantes. É um lugar bastante simpático.

Tanto o Patio quanto a calle Constitución são perfeitos para o esporte da escolha do restaurante na hora. O Galindo (Constitución esquina Dardignac, tel. 2/2777-0116), botequim que serve especialidades chilenas -- é um ótimo lugar para pedir um bife a lo pobre, o bife a um só tempo acebolado e a cavalo que é típico do país. Para peixes e frutos do mar o Azul Profundo é super-recomendado (Constitución 111, tel. 2/2738-0288). O peruano mais concorrido da região é o Banandiaran, no Patio Bellavista (tel. 2/2737-0725), que tem bons preços. Já o Como Agua para Chocolate (Constitución 88, tel. 2/2777-8740) virou atração turística e tem opiniões bem divididas.

O bairro tem muitos outros restaurantes em ruas menos movimentadas, como Purísima, Dardignac, Antonia López de Bello, Bombero Núñez (que é o epicentro de uma discreta cena GLS) e Loreto.

Providencia (marcadores verdes)

Liguria, SantiagoLiguria, SantiagoLiguria, Santiago

Um lugar incontornável é o tradicionalérrimo bar-restaurante Liguria, que tem três filiais, todas por Providencia. O maiorzito fica perto da estação Manuel Montt (Providencia 1373, tel. 2/2235-7914). É um ótimo lugar para provar os sanduíches ("sánguches") chilenos, como o Barros Jarpa (misto quente) e o Barros Lupo (com rosbife no lugar do presunto), acmopanhado de um chope ("schopp") ou vinho em taça.

Ainda no bairro, duas quadras separam as duas maiores grifes gastronômicas da cidade: o Astrid y Gastón, que foi a primeira filial no exterior do império de Gastón Acurio, embaixador da nova culinária peruana (Antonio Bellet 201,  tel. 2/2650-9125), e o Aquí Está Coco, do chef nativo Jorge "Coco" Pacheco, estrela maior da cozinha chilena (La Concepción 236, tel. 2/2410-6200).

El Golf (marcadores amarelos)

Avenida mais chique de Santiago, a Isidora Goyenechea tem muitos restaurantes em toda a sua extensão. O trecho mais metido começa à altura do hotel W (Isidora Goyenechea 3000, tel. 2/2770-0000), onde há três restaurantes (o nipo-peruano Osaka (tel. 2/2770-0081), o francês NoSo (tel. 2/2770-0000) e o chileno Terraza, (tel. 2/2770-0000), além do bar Red2One, na cobertura, e o nightclub Whiskey Blue. No térreo -- e sem ligação com o hotel -- há uma deli muito simpática, que serve pratos leves, sanduíches e saladas, a Coquinaria (tel. 2/2245-1958).

Mais adiante você encontra (na outra calçada) um dos endereços favoritos da burguesia santiaguina, o Tiramisú (Isidora Goyenechea 3141, tel. 2/2519-4900), que serve pizzas e massas tadicionais. Ainda na mesma avenida, o Nolita prepara pratos italianos com um approach nova-iorquino (Isidora Goyenechea 3456, tel. 2/2232-6114).

Vitacura (marcadores roxos)

Puerto Fuy, Santiago

A avenida Nueva Costanera é o mais novo pólo gastrô da cidade. Há mais restaurantes chiques na rua do que você terá tempo de experimentar durante a sua estada. Todos estão a cinco minutinhos de táxi da região de El Golf (ou quinze minutos de Providencia, se o trânsito estiver pesado). Entre eles estão o Boragó, expoente maior da cozinha de vanguarda (Nueva Costanera 3467, tel. 2/2953-8893), o Puerto Fuy, onde comi o côngrio com espuma e bolinho de caranguejo da foto (Nueva Costanera 3969, tel. 2/208-8908) e a Cebichería La Mar, endereço prêt-à-porter da cozinha de Gastón Acurio (Nueva Costanera 4076, tel. 2/2206-7839).

Na avenida paralela, junto a um parque, fica um restaurante bastante recomendado nos comentários: o Mestizo, que tem vista para o bosque de dia e tem DJ à noite (Bicentenario 4050, tel. 9-7477-6093).

Praças de restaurantes (marcadores vermelhos)

Bem pra lá de Vitacura, à beira-rio, existe um complexo de restaurantes apropriadamente chamado BordeRío, onde dá para escolher onde comer na hora.

Finalmente, o shopping Parque Arauco tem uma praça de restaurantes ao ar livre, o Boulevard del Parque. É um dos lugares mais movimentados da cidade nas tardes de domingo.

E o Mercado Central?

Não considero programa gastronômico; considero lerê -- e falo dele neste post. Minha dica: escape dos garçons pegajosos do onipresente Donde Augusto e entre na primeira portinha onde não haja ninguém agarrando clientes a unha. Peça qualquer coisa de mariscos (de preferência na forma de "paila" ou "chupe", os ensopados à chilena).

Leia mais:

332 comentários

Adri Lima
Adri LimaPermalinkResponder

Hummmm, adotou - e bem adotada - a dica dos Marvilas sobre o uso do Googlemaps, né! Ficou muito legal!

O post está uma belezura, Riq, mas você não falou do famoso Giratorio. Não curtiu? Fiquei curiosa...

Bjs e boa semana!

Ricardo Freire

Não fui... essas coisas não me pegam, não... eekops:

Carla
CarlaPermalinkResponder

Hahaha... Também fugi do Giratorio! wink

Felipe
FelipePermalinkResponder

Fizeram muito bem!!!

Carmem
CarmemPermalinkResponder

Eu fui ao Giratório no século passado e não gostei. Comida e serviço ruins. Eles apostavam apenas nas voltas que a "coisa" dá, mas nem isso foi tão interessante.

Vera Lúcia
Vera LúciaPermalinkResponder

Carmem, também estive lá no século passado, em março de 1990 e achei tudo muito ruim.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Estou AMANDO esses mapinhas!!!

E fiquei feliz de saber que o Aqui Está Coco realmente já está funcionando de novo - qualquer hora dessas eu volto! wink

Lili-CE
Lili-CEPermalinkResponder

Riq, me ajuda com uma dúvida-curiosidade? Estive em 2004 e lembro que o melhor restaurante da viagem inteira havia sido um peruano que ficava em frente ao Aqui Está Coco. Só que esse último se mudou após um incêndio... Eu não lembro do nome de jeito nenhum! (Acho que essa vai p/ o perguntódromo, hehe...)

Ricardo Freire

O Aqui Está Coco não se mudou, não; foi reconstruído no mesmo endereço.

O restaurante em frente é o Mare Nostrum: http://www.mare-nostrum.cl/

Sabrina
SabrinaPermalinkResponder

Quando fui, lembro que comi no Azul profundo, aonde tomei o melhor pisco da viagem; no Aqui está o coco, que era perto do meu hotel, aonde comi um canelone de carne de carangueijo delicioso;no Como água para chocolate, o restaurante é uma graça, não aproveitei muito pois foi no mesmo dia que roubaram meu celular ao pé do cerro Santa Lucia e também pq pedi salmão, que não sou assim uma fã. Nem perguntem pq pedi...rs. Bom, tanto o giratório, quanto o Donde Augusto me pegaram...rs. Confesso que as duas experiências foram muito agradáveis. Mas pra concluir, vamos combinar: como é CARO comer em Santiago! Achei muito caro mesmo. Mas realmente é excelente experiência gastronômica!

Alessandro A.
Alessandro A.PermalinkResponder

O Riq está ficando craque nos mapinhas do Google, hein!!! smile

Eu adorei a gastronomia de Santiago e agora já tenho um bando de dica nova para voltar. Mais um excelente post e já devidamente guardado.

Lenita
LenitaPermalinkResponder

Tb gostei bastante. O que não faltam são bons restaurantes! Para todos os gostos e bolsos. No dia do meu aniversário de casamento jantei no BICE, dentro do hotel que fiquei e foi ótimo. Atendimento nota 10.

Fabi
FabiPermalinkResponder

hahahaha amei "essas coisas nao me pegam"... sou assim tb! mas ja ouvi milhares de pessoas dizendo que foram no giratorio... to mais para Osaka... que eu amo! conheço o de buenos, lima e santiago no chiquerrimo w hotel... reserva imprescindivel em todos eles! Conheço o Astrid y gaston de buenos aires... sensacional tb.

Juliana Fernandes

E o Como Agua para Chocolate? O que acham? Já fui uma vez lá e gostei. Alguem conhece melhor?

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Fui duas vezes ao Como água para chocolate, em dezembro de 2006, então não sei como está hoje, mas na época adorei (só que sou suspeita porque eu já adorava o filme e gostei bastante do livro da Laura Esquivel que dá os tons do lugar).

O Pátio Bellavista eu lembro com saudades, mais pelo movimento e pelo colorido que pela comida em si (pelo que lembro provei comida peruana, mas havia um pouco de tudo, bem no estilo praça de alimentação mesmo).

Achei o Mercado Municipal meio assustador, mas não consegui não provar a centolla lá mesmo. smile

Renato Mechica

Fui no Como Água para chocolate no feriado de Corpus Christi desse ano. Foi excelente!!
Comemos um pequeno fondue de camarões de entrada e depois minha esposa foi no congrio "de sempre" e eu comi corvina ao fuego. Meu prato foi bem normalzinho, mais impacto visual que saboroso. Já o fondue e o congrio eram incríveis, deliciosos!

Na minha opinião, continua um restaurante excelente e merece entrar na lista do post.

Andreza
AndrezaPermalinkResponder

Confesso que li o post esperando uma menção ao Como Água para Chocolate. Na minha ida a Santiago em setembro/2009 foi o restaurante que mais marcou. Álias, ainda acho que foi o melhor jantar fora de casa da minha vida...

Ricardo Freire

Tem gente que ama, gente que acha uma bobagem. Não me senti tentado nem fico à vontade para recomendar.

Carla Hirsch
Carla HirschPermalinkResponder

Vou dar minha contribução, pois estive em Santiago e jantei no Aqui está o Côco. Posso garantir que foi o restaurante mais bacana que frequentei. Desde o valor da comida quanto ao saboroso cardápio. Sem contar que a decoração é linda e agradável. Adorei!
Quanto ao giratório a vista é linda...a única coisa que vale a pena porque a comida não gostei.
Parabéns pelo blog Ricardo...acompanho e acho ótimo.

Jackie
JackiePermalinkResponder

Ri, minha contribuição: o Zully! Mravilhoso. Ambiente e comida impecaveis. E o Adra, restaurante do Ritz. Foram nosso preferidos. Fomos ao Giratorio, vale a experiencia, a comida é apenas boa, anda extraordinario. Tomamos um bom vinho lá. E o Como agua pra Chocolatew tb nao merece a nota mais alta, mas é interessante. Curti os drinques e as sobremesas. Alia,s no giratorio as sobremesas tb foram mt boas.
beijos,

Lucas
LucasPermalinkResponder

Olá pessoal,

preciso de dicas de pousadas em Porto de galinhas, mas não achei nada no blog. Alguém tem alguma dica pra compartilhar?

Viaje na Viagem

Se você quer que eu suba esta pergunta para o Perguntódromo, repita a pergunta nesta página http://www.viajenaviagem.com/brasil/brasil-a-z

Este post é sobre restaurantes em Santiago.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Lucas, coloca a sua pergunta aqui: http://www.viajenaviagem.com/2010/09/perguntodromo-procuram-se-respostas/

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Rosa, no link que você indica não tem espaço para comentários - é de propósito, para o perguntódromo vão as perguntas interessantes feitas em lugares apropriados, como o Riq já explicou. A pergunta tem que ser feita num post que tenha relação com ela, como o indicado aí pela bóia vermelha.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Entendido, Ana Carolina. Thanks.

Thais
ThaisPermalinkResponder

Os melhores são Como Agua para Chocolate e Sukalde, que é gourmet...

Ambos valem MUITO!!!!!!!!!!!!!

Ana Karenina
Ana KareninaPermalinkResponder

Como queria marcar outra viagem a Santiago só pela culinária...
O Aqui está Coco, embora seja altamente turístico, mantém o bom atendimento e a comida maravilhosa. O Pisco Sour e o ceviche são imperdíveis!!!
Riq, amo mapas! Estou adorando essa sua didática!!!

Ana Karenina
Ana KareninaPermalinkResponder

O Mercado Central é um lerê que só vale a pena para dizer depois que não vale a pena voltar lá! Pelo menos para comer...

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Em Santiago ten muitos outros lugares onde vcs encontraram restaurantes do primeiro nível, como aqueles que ficam em "borde rio" e aqueles da rua "nova costanera e alonso de cordova".

O giratorio ja era, so foi um bom restaurante nos anos 80, nao recomendo.

Ricardo Freire

Tanto o Borde Río quanto Nueva Costanera estão anotadas no mapa e descritas, no texto, como pólos gastronômicos. Favor ler com atenção antes de criticar.

André Galvão

Ricardo e demais tripulantes,
considerando que em novembro próximo visitarei Santiago com a minha esposa (totalmente influenciado pelas dicas daqui) quanto custam (em média) as refeições nestes restaurantes indicados?

Ricardo Freire

Considere sempre pagar um pouco menos (20 a 30%) do que você pagaria por um restaurante do mesmo nível em São Paulo.

André Galvão

Obrigado, Riq, sempre prestativo.

Júlio Pacheco

Estive no BordeRío no início do mês e jantamos no Zanzibar, que é do mesmo dono do Lamu Lounge. Pedi um salmão muito bom, mas o aviso aos navigantes é que a comida lá é basicamente picante. Se não aprecia, melhor procurar outro restaurante.

Luis Fernando
Luis FernandoPermalinkResponder

Nobres amigos,

Alguem poreria me indicar um bom restaurante argentino em Santiago?? Com aquela carne bem sangrenta, eheheh.

Abracos.

Ricardo Freire

Tierra Noble, na Nueva Costanera.

http://www.tierranoble.cl/

marluce
marlucePermalinkResponder

Estou indo a Santiago em 20.10.2010 passar 4 dias e gostaria de sugestões para compra de lembranças do artesanato local.Alguma dica em especial?

Viaje na Viagem

Há muito pouco artesanato realmente chileno, muita coisa vem do Peru e da Bolívia. Dê uma olhadinha no mercado Dominicos, ao lado da estação Dominicos do metrô.

Lenita
LenitaPermalinkResponder

Marluce, sei pela data que vc já foi há algum tempo, mas fica aqui a dica para quem ainda vai... comprei várias coisas de artesanato no Centro Cultural Palácio La Moneda (http://www.ccplm.cl/), gostei bastante de lá. Vale dar uma conferida.
Para quem tem criança lá é interessante pq tem várias opções para a criançada brincar.

Carlitos
CarlitosPermalinkResponder

Fui ao PASTA e BASTA no Shopping Arauco. M-A-R-A-V-I-L-H-A.

Eduardo Machado

Olá Ricardo. Já imprimi todas as dicas de Santiago para a viagem que farei no mês que vem com a minha esposa. Será o aniversário dela no dia 9 e queria jantar num lugar especial. O Pasta e Vino é a melhor opção? Muito obrigado, Eduardo.

Ricardo Freire

Não jantei lá não, Eduardo. Li boas recomendações sobre a chef, que tem um restaurante badalado em Valparaíso, mas não sei se em Santiago ela está bombando do jeito que está no porto.

Para esta noite superespecial eu cacifaria o Boragó ou Puerto Fuy ou Aquí Está Coco ou Astrid y Gastón.

juliana amorim

Umas frutinhas ou um sanduichinho rapido no Boutique del Campo vale a pena http://www.boutiquedelcampo.com/
Napoleón 3144, Las Condes
Super saudavel

patricia
patriciaPermalinkResponder

Ola Ricardo
Vou para Santiago em dezembro , dia 23, com minha familia,8 pessoas! O que vc me recomenda de restaurantes com bom custo -beneficio? (leia-se nao mto caro)..Obrigada

Ricardo Freire

Use o bom senso, Patricia. É só não ir nos restaurantes da moda nas zonas caras. Bellavista, Lastarria e shoppings estão valendo. Releia o post com atenção, por favor.

Eduardo machado

Caro Ricardo, seguindo suas dicas fui ao Aqui está Coco para comemorar o aniversario da minha esposa. Foi simplesmente perfeito. Atendimento, ambiente e, sobretudo, que comida! Recomendo a todos. Ainda tivemos o prazer de conhecer o restaurante ciceroneados pelo próprio Coco Pacheco, valeu!

Ricardo Freire

Normalmente é nesta página aqui: http://www.band.com.br/entretenimento/colunista.asp?ID=140

Mas de vez em quando eles esquecem de subir o podcast, e aconteceu com este...

O esquema era: Curitiba - Serra da Graciosa - barreado em Morretes - dormir em Paranaguá. Dia seguinte, bate-volta à Ilha do Mel (recomendei Encantadas para a moça que ia com a filha pequena, mas gosto mais de Nova Brasília/Farol), dormir no continente (Matinhos/Caiobá). Daí a Penha/Beto Carrero, via balsa de Guaratuba, com opção de base em Balneário Camboriú. Na volta, entrada em São Francisco do Sul para ver o Museu Nacional do Mar, com dormida em Joinville.

Jose Antonio
Jose AntonioPermalinkResponder

Estou indo para o Chile em janeiro com minha esposa e meus 2 filhos adolescentes, estamos fechando com uma agência.´`A princípio ficaríamos 5 noites em Santiago e 2 noites em Viña, mas minha esposa está achando pouco tempo para conhecer o litoral, o que vcs acham? Tem tb um pacote ficando 3 noites em Santiago e 3 noites em Puerto Varas ou Puerto Montt para visitar os lagos. É pouco tempo? O que seria melhor fazer em Janeiro - verão?

Obrigado, José Antonio

Ricardo Freire

Os lagos são mais interessantes do que o litoral, José Antonio. O Brasil é fraco de lagos mas tem praias infinitamente superiores. Note que é alta estação na região dos lagos. Puerto Varas é mais interessante do que Puerto Montt.

http://www.viajenaviagem.com/category/lagos-andinos/

Lenita
LenitaPermalinkResponder

Acho que a região dos lagos (Chile/Argentina) merece uma viagem à parte. É tudo lindo demais! Nada deve ser corrido por lá pq vc não conhecerá realmente, só terá uma visão muito geral da região.

Jose Antonio
Jose AntonioPermalinkResponder

A operadora está me oferencendo um pacote com 3 noites em Santiago e 3 noites em Puerto Varas, só que para passear em Santiago eu só teria 2 dias. No 3º dia seria aeroporto – Puerto Montt.
4º dia: City tour em Puerto Varas, visita ao balneário de Frutillar Baixo, localizado às margens do Lago Llanquihue.
5º dia: excursão ao Lago Llanquihue até Ensenada. Saltos do rio Petrohue, Parque Nacional Vicente Perez Rosales. Lagos Todos Los Santos(Lago Esmeralda).
6 dia: Retorno à Santiago e Rio.
O que vc acha? muito corrido?

Obrigada pela atenção,
José Antonio

Ricardo Freire

Corrido é, mas se estiver tudo previamente organizado, é possível. Não faz o meu estilo, mas funciona para muita gente.

Lenita
LenitaPermalinkResponder

Concordo com o Ricardo. Fiz esses passeios todos (e vários outros) por conta própria e no meu tempo. Foi bom demais!

Jose Antonio
Jose AntonioPermalinkResponder

Ricardo, já ouviu falar do hotel Marina Del Rey em Viña? Sabe se fica num lugar legal? Pode me indicar um hotel em Viña ou em Valparaíso para ficar?

Ats, José Antonio.

Vanilza
VanilzaPermalinkResponder

José Antonio,
Vou para Vina del Mar em 30 de dezembro e ficarei hospedada em Renaca, que, segundo relatos é bem badalada. Quando fizemos a cotação de hotéis pelo tripadvisor, em Vina del Mar só havia o Marina Del Rey disponível. Achamos longe da praia e dos principais pontos turísticos (pelo google maps dá prá ver). Conversei com um atendendo do hoteis.com (em agosto) e ele disse que havia poucos hotéis disponíveis no período porque a maioria não havia mandado tarifário. Decidi entrar em contato diretamente com o hotel escolhido e não tivemos problemas com vagas (além da diária ter ficado em conta: U$115,00) de 30 a 2 de janeiro, de frente para a praia.

Ricardo Freire

Mal fui a Viña. Adorei Valparaíso.
http://www.viajenaviagem.com/2010/04/valparaiso-surpreendente/ Tem dica de hotel.

Por favor, clique em tudo, leia tudo antes de perguntar mais. Obrigado.

http://www.viajenaviagem.com/americas/santiago-ricardo-freire

Lenita
LenitaPermalinkResponder

Realmente suas fotos estão maravilhosas, mas acho que vc foi depois de mim.... eu detestei Valparaíso (o único lugar que não gostei nessa região toda). Muito sujo, dezenas de animais abandonados pelas ruas... eram vários grupos de 10/15 cães maltratados nas ruas, as casas estavam todas sem pintura, velhas, descascadas, o trânsito um caos (havia alguma coisa na cidade, uma greve, sei lá), elevadores com defeito, velhos... uma grande decepção para mim... agora, o que vi não condiz com suas fotos, pode ser que tenham acordado do caos.
A cidade muito pobre me lembrou as favelas do Rio.

Eduardo Rosendo

Um dos restaurantes que mais gostei em Santiago foi o peruano Barandiaran (2 vezes no Patio Bellavista e outra na Manuel Montt,315 na Providencia). O da Manuel Montt é maravilhoso, tem vários ambientes e a comida é sensacional. Lá ainda conheci o dono do restaurante (Marco Barandiaran) que é uma pessoa super simpática e nos tratou maravilhosamente bem e nos apresentou todo o restaurante pessoalmente. O site do restaurante é www.barandiaran.cl

Recomendo a todos!

Obrigado Ricardo pelas dicas, não deixo de ler seus posts antes de qualquer viagem!

Rê Antunes
Rê AntunesPermalinkResponder

Oi Ricardo,

To indo com a familia dia 26, ficamos 3 dias em Santiago e 5 em Viña descansando e pra virada do ano. Depois temos 2 em aberto ainda que não sabemos se vamos a Mendoza ou Portillo, qual vc optaria?
E obrigada pelas dicas gastronomicas só de ler esse post me deu agua na boca, hheheh... só não sei se vou ter tempo de experimentar tudo que gostaria! smile

Abçs.

Renata.

Ricardo Freire

Dois dias pra ir a Mendoza e voltar é pouco. Portillo no verão?

Rê Antunes
Rê AntunesPermalinkResponder

Ricardooo, esqueci de perguntar se vc tem alguma sugestão de noite mais animada, algum lugar mais especifico, tipo pra dançar ou lounge. Vi que vc falou do bairro Bellavista de um modo geral, que tinha mais animação e do Mestizo Restaurante. Se tiver mais alguma sugestão wink

silvia
silviaPermalinkResponder

Em Santiago, para os loucos por empanadas de mariscos, como eu, vá ao mercado providencia no bairro da providencia. Trata-se de um mercado tipo municipal, mas de bairro, isto é, bem menor , com barracas otimas de peixes e frutas e com um box onde são servidas " in loco " ( algumas mesinhas somente ) empanadas de varios sabores. A de mariscos é imbativel, excelente! As empanadas chilenas são bem maiores que as argentinas e portanto 2 empanadas chilenas equivalem a um almoço , podendo inclusive, ser exagerada a quantidade .
Unica desvantagem : não servem nem cerveja nem vinho, só há uma geladeira de refrigerantes e agua.
A fila imensa que se forma no local, e´constituida por chilenos levando bandejas enormes de empanadas para o lanche em casa .Era sabado a tarde.( novembro 2010)
Local recomendado ( para empanadas de mariscos ) pelo taxista que faz os translados personalizados do hotel villa franca, a 2 quadras do mercado , cuja indicação obtive aqui no blog num dos comentarios sobre Santiago. Hotel pequeno tipo B&B , com 8 quartos , numa casa estilo provençal , muito bom e charmoso, sem luxos, e com excelente atendimento pela propria dona . Tarifa para duplo na faixa de 100 dolares .

Onde comer em Santiago | A Janela Laranja - Viagem, dicas de Viagem, turismo e fotografia

[...] indicação desse post, Vitacura é o bairro certo para escolher onde comer em Santiago. No site do Riq tem mais opções e nos Destemperados [...]

Rê Antunes
Rê AntunesPermalinkResponder

Oi Ricardo, apesar de ser verão, li muito a respeito do visual dos Andes queria ver de perto sabe smile aí tb vi a sugestão e fotos da Dri (do blog Dri everywhere) que fez esse passeio e casou com uma visita a uma vinicola que produz vinho artesanalmente, perto do Aconcagua, achei o maximo as fotos! E seria menos corrido do que ir pra Mendoza. Vc teria outra sugestão?
Obrigadaa!!

Abçs.

Ricardo Freire

Ops, entrei no site de Portillo http://www.skiportillo.com e vi que o lugar está aberto a visitas no verão e há neves eternas que podem ser vistas do lago. Parece um passeio interessante, sim. O caracol, a parte mais impressionante da paisagem, está no lado chileno da estrada.

Thiago campos
Thiago camposPermalinkResponder

Ricardo, parabéns! Espetacular o blog, muito informativo e com uma linguagem que embala, realmente é viajar na viagem. Novamente parabéns!

Débora Cruz
Débora CruzPermalinkResponder

Estive em Santiago em Set2010 e fui ao Giratório. COmida e atendimento excelentes.
Mas vale mais a pena de dia, pois pode-se apreciar a vista das montanhas ao invés das luzes da cidade que são difíceis de ver com o vidro do restaurante refletindo.
E quanto a parte do "giro": é tão lento que nem se nota. Muito agradável!

Rê Antunes
Rê AntunesPermalinkResponder

Ricardo,

Queria agradecer as dicas de restaurante, testei algumas e foram aprovadissimas! Vou colocar no meu blog depois, com o link pra cá, obrigdão!
E acabei nem indo em Portillo sad
Simplesmente fui furtada em Viña del Mar, bolsa com todos os documentos, cartão de credito, etc, dentro de um restaurante, acreditas?! sad Aí tive que ficar em Santiago e perder um dia inteiro com policia internacional e embaixada, arrasada!

Abçs.

Renata.

Mateus Maranhão

Estive em Santiago em 2005 e o que me marcou foram os restaurantes que escolhi. E para minha decepção ninguém comentou sobre eles! Das duas uma: ou minha avaliação foi totalmente errada ou fecharam. Ou vai ver ainda que na época eles eram bons. Vamos ver se alguem acaba com minha "angustia" e me conta algo sobre eles. Vai lá: aqua ou acqua (restaurante contemporaneo)e Guernica (comi um lula na tinta maravilhosa!)

adriany
adrianyPermalinkResponder

Olá!Estou teclando direto de Santiago.Viemos passar o fim de semana e estivemos em alguns dos retaurantes comentados.
O Aqui está COCO é imperdível. Tudo impecável do começo ao fim.Astrid e Gaston também foi uma excelente pedida, além de ficar próximo ao Meridiano Sur ( onde estamos hospedados) o Pisco Sour é divino e o Maitre nao perde um piscar de olhos nas mesas.
Sobre as empanadas de mariscos do Mercado da Providencia ( na rua do Hotel) infelizmente nao conseguimos experimentar ( qdo abriram as 10h00 só tinha de queijo e um pouco antes de fechar às 15h30 só tinha de pollo). Vai ficar para a próxima.
Depois de muito pensar e de ler a diversas criticas sobre o Como Agua para Chocolate , eu e Luigi decidimos arriscar um almoço, com baixa expectativa.Nos surpreendemos com o atendimento da Renata ( brasileira que nos atendeu).Extremamente solicita e honesta nos guiou nos pedidos e saimos super satisfeitos.Acho que para este restaurante o ideal é o almoço despretencioso. Nao espere grandes jantares românticos....Se for este o caso cacife o Astrid ou o Aqui esta COCO.

Fabio
FabioPermalinkResponder

Acabo de voltar de Santiago e assim como todos que gostam de uma boa gastronomia, estive no Aqui Está Coco. Excepcional... jantei na parte da cava de vinhos.... Excelente pratos e uma entrada que era uma empanada de mariscos. Agora é bom sempre fazer reserva, porque costuma lotar.
Indico também almoçar no Gatopardo na Calle Lastarria, um menu fixo com entrada, prato principal, sobremesa, pisco sour e Vinho (uma taça) por 8000 pesos chilenos e também almoçar no menu fixo do Coquinaria (http://www.coquinaria.cl/), entrada ou sobremesa, prato principal, bebida e café por 9000 pesos chilenos. Excelente... ainda tem um mercadinho para comprar peté, geleia, azeite, queijo e vinhos.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Fui ao Azul Profundo na véspera de meu retorno ao Brasil. Tanto eu como meu marido tivemos intoxicação alimentar e voltamos passando mal no vôo. Nunquinha mais eu volto nesse lugar!!!!

claudio
claudioPermalinkResponder

Ricardo, boa tarde.

Em Santiago, existem restaurantes que servem comida sem ser baseada em frutos do mar. Estou planejando ir a Santiago, mas minha esposa não come de jeito nenhum frutos do mar, e isso está contribuindo para ela desistir da viagem.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cláudio! Come-se muita carne em Santiago também. Evite apenas restaurantes ESPECIALIZADOS em frutos do mar. Não são muitos.

claudio
claudioPermalinkResponder

Valeu Ricardo, muito obrigado.

Juliano MS
Juliano MSPermalinkResponder

Minha esposa e eu estivemos em Santiago de 19 a 24/04, segue abaixo nossa avaliação pessoal dos restaurantes que almoçamos e jantamos:

- Aqui está Coco: achamos bom, ótimo atendimento, nada excepcional como muitos dizem, comemos empanadas de mariscos e um TURBOT MEDITERRÂNEO acompanhado de vinho Sauvignon Gris. De sobremesa um creme brulee de LÚCUMA. Caro, mas vale a experiência!

- Galindo: PASTEL DE CHOCLO: horrível, imagine misturar pamonha doce com frango, carne bovina cozida, ovo e azeitona, se ao contrário essa combinação lhe deu água na boca, vá em frente! LOMO A LO POBRE: Bom, batatas e ovos fritos com um mignon acebolado, a carne estava normal, um pouco "nervosa", fomos almoçar e bebemos cerveza chilena Kunstmann . Aperetivos e outros pratos pareciam ser melhores. Barato!

- Liguria: comemos um filet de tilápia e legumes refogados com vinho chardonay. Simples, saboroso, gostoso e barato!

- Como Água para Chocolate: ótimo jantar, excelente atmosfera e bom atendimento. Consume de Mariscos e LO MERO MACHO acompanhados de vinho carmeneire. De Sobremesa COMO AGUA PARA CHOCOLATE: chocolates com molho de framboesa, adoramos!

- Nolita: excelente combinação ítalo-americana! Diversas massas com vários molhos para todos os gostos! Os pães do couvert são fabricados pelo restaurante! Super indicado!

Abraço para todos!

Pedro Nogueira

Ricardo, uma dica para os brasileiros que gostam de uma boa carne em Santiago é o Cuerovaca, em Vitacura, perto da Av. Vitacura com a Alonso de Córdova.

Karla
KarlaPermalinkResponder

Olá pra todos,
Como não achei um lugar específico sobre vinícolas vou perguntar aqui mesmo, duas dúvidas: vou visitar a Concha y Toro, alguém sabe se é realmente necessário fazer reserva pelo site? Quero ir a outra vinícola e me indicaram a Cousiño Macul, mas não acho o site deles, alguém sabe onde posso obter informações sobre ela? Outras dicas sobre esse assunto também serão bem vindas... smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karla! Alguns tripulantes foram na Cousiño Macul e é bico de chegar lá:
http://www.viajenaviagem.com/2010/09/caindo-a-ficha-santiago/comment-page-2/#comment-126802
http://www.viajenaviagem.com/2010/09/caindo-a-ficha-santiago/comment-page-1/#comment-105115

O site oficial (http://www.cousinomacul.cl/) está fora do ar mesmo. Cheque novamente daqui a alguns dias para ver como reservar o passeio!

Angela Bruno
Angela BrunoPermalinkResponder

Karla,

Já fui duas vezes à Concha y Toro sem reservar...

Sil
SilPermalinkResponder

Oi Ricardo, acabei de chegar de Santiago. Suas dicas foram bem uteis. Fomos no Aqui esta coco- lindo!! adorei o lugar. O ceviche estava maravilhoso. Minha comida - arroz coco nao estava bom. Mas apesar disso, recomendo pelo visual e pelo vinho e o ceviche.

O restaurante girat´rio- um visual legal no por do sol. Comida e preço não tão bons assim.

Coquinaria e Terra Nobre em El Golf, especial!!!

O visual la de cima de Bela Vista- nada demais pra quem conhece o p~~ao de açucar.
bela vista a noite- bem legal!
compras na cidade- muito bom.

adoramos!! Santiago vale a pena.

Karla
KarlaPermalinkResponder

Gente, obrigada pelas dicas, pra quem interessar achei o site correto da Cousiño Macul: http://www.cousinomacul.com/

Roberta
RobertaPermalinkResponder

Genteeee!!!! O Astrid e Gaston é um sucesso!!!!! Foi o melhor disparado de Santiago... Gostei também do "Como Água para Chocolate".... lá a comida não é tão boa qto o Astrid, mas vem uma quantidade enorme.... O Giratório tb foi satisfatório... Ah, o Agui está Coco tb é sansacional.... mas ainda sou mais o Astrid e Gaston!!!!!

Madá
MadáPermalinkResponder

Oi Ric, consegui ir a alguns dos locais sugeridos e adorei! Valeu mesmo! Concordei com os elogios daqui e Destemperados. Em Vitacura, adorei o Boragó, uma surpresa deliciosa, muito diferente, estilo BCN, mas só provei itens exóticos dos Andes. Em El Golfe, fiquei no Plaza El Bosque (recomendo! A visao das cordilheiras ja com um pouco de neve era indo la do ultimo andar- cafe da manha). Acabei indo várias vezes à Coquinaria. O peixe do Nolita estava o máximo! No centro, Lastarria, também gostei do peruano Tombo. A Cebichería La Mar também imperdível. Como todos disseram, os preços estão ótimos se comparado ao Rio, por exemplo. Visitei a Almaviva, lindo local e perto.

Duarte
DuartePermalinkResponder

Pessoal, alguém aí conhece o Bali Hai? Estou planejando ir a vários restaurantes, mas nenhum que tenha um show, apresentação ou algo parecido. Nesse lugar tem, será que é legal?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Duarte! Esse show é pega-turistão! Não gaste seu dinheiro à toa! grin

Duarte
DuartePermalinkResponder

Obrigado bóia! Eu ia justamente postar que vi no Yahoo Travel péssimas referências. Vou voltar pra minha programação normal hehehhe. Tentarei ir na maioria desses: Celtika, Giratório (pelo visual), Azul Profundo, Como água para chocolate, Boulevard Lavaud (to ansioso pra ir nesse, parece ser muito louco), Santeria, Liguria, Aqui está coco, Galindo e o restaurante de Portillo. O que acham? Não sou chegado em vinho, gosto muito de cerveja. Alguma sugestão bacana de barzinho pra beber várias cervejas diferentes? Obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Duarte! Não perca os bares Liguria, em Providencia, e The Clinic, perto do barrio Lastarria.

As indicações de restaurante do Ricardo Freire são as que estão no post grin

Pedro
PedroPermalinkResponder

Estou indo para o Chile no final de julho e gostaria de saber alguns restaurantes com o clima romântico para fazer uma surpresa para minha namorada! Alguma sugestão?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Pedro! Seria em Santiago? Sua pergunta foi para o Perguntódromo, mas "Chile" é abrangente smile
O Comandante recomenda o Pasta e Vino no texto acima.

Jackie
JackiePermalinkResponder

Pedro, se for em Santiago recomendo o Zully! Maravilhoso. Também achei romantico e deve impressionar sua namorada o Adra, que fica no hotel Ritz. Em ambos a comida e muito muito boa.
Abs,

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

http://www.comoaguaparachocolate.cl/
Confira o livro e/ou o filme mexicano que inspiraram este restaurante de comida afrodisíaca.

Andrea Battoni

Também recomendo o Como água para chocolate. Além da comida afrodisíaca, o ambiente é original e super romântico... wink

Carla
CarlaPermalinkResponder

O Como Água para Chocolate é mesmo uma excelente pedida, mas eu também consideraria o Astrid y Gastón e/ou o Aqui Está Coco... Se vocês gostarem de comidas mais exóticas, uma ótima idéia seria o Zanzibar, no Borde Río.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar