Santiago: onde comer

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Astrid y Gastón, Santiago

Sair para comer é um dos pontos altos de qualquer visita a Santiago. A matéria-prima é excelente -- sobretudo os frutos do mar e os legumes. Além da cozinha local, encontra-se facilmente na cidade ótimos representantes da culinária que está mais acontecendo: a peruana. Santiago também é um ótimo lugar para se aventurar na mesa mais contemporânea, por preços menos salgados que no Brasil.


Visualizar Santiago: onde sair em um mapa maior

Centro: Lastarria (marcadores azuis-escuros)

O Centro da cidade tem dois focos de vida noturna e gastronomia. O mais charmoso é o barrio Lastarria, assim conhecido por ter como eixo principal a rua José Victorino Lastarria. Outros nomes pelos quais o bairro conhecido: florestal (por causa do parque ao longo do rio Mapocho) e Bellas Artes (por causa do museu, que também fica por ali).

A três quadras da Lastarria, perto do metrô Bellas Artes, fica o bar mais original de Santiago: o The Clinic (Monjitas 578, tel. 2/2639-9548). É um bar ligado a um semanário satírico-político de grande sucesso, uma mistura de Pasquim com Casseta à chilena. O nome do bar (e do jornal) é inspirado na clínica em o general Pinochet ficou preso em Londres.

A calle Lastarria vai da Merced até a avenida Libertador Bernardo O'Higgins (onde fica a estação mais próxima, Universidad Católica). Suas três quadras são pontilhadas de restaurantes simpáticos, ótimos para escolher na hora. De dia, de quinta a domingo é realizada uma feira de livros na quadra de cima (praça Mulato Gil de Castro), em frente ao Museu de Artes Visuais. Dos restaurantes da rua, experimentei o bom peruano Tambo (Lastarria 65, tel. 2/2633-0842) e o aconchegante bar Victorino, que serve comida sul-americana (Lastarria 138, tel. 2/2639-5263).

Centro: Bellavista (marcadores azuis-claros)

Galindo, Santiago

A pouco mais de dez minutos de caminhada, do outro lado do Mapocho, fica o foco mais animado da boemia do Centro: o barrio Bellavista. O grosso da muvuca se divide em duas ruas. Uma, a Pio Nono, concentra a bagaceira: um sujinho do lado do outro, com mesas de plástico na calçada, onde a garotada toma cerveja de litrão. A paralela parece outro universo: na calle Constitución os bares e restaurantes são no mínimo mais bem-apessoados; alguns chegam a fazer o gênero mauricinho. Entre as duas ruas, na quadra de baixo, fica o Patio Bellavista, uma espécie de shopping só de bares e restaurantes. É um lugar bastante simpático.

Tanto o Patio quanto a calle Constitución são perfeitos para o esporte da escolha do restaurante na hora. O Galindo (Constitución esquina Dardignac, tel. 2/2777-0116), botequim que serve especialidades chilenas -- é um ótimo lugar para pedir um bife a lo pobre, o bife a um só tempo acebolado e a cavalo que é típico do país. Para peixes e frutos do mar o Azul Profundo é super-recomendado (Constitución 111, tel. 2/2738-0288). O peruano mais concorrido da região é o Banandiaran, no Patio Bellavista (tel. 2/2737-0725), que tem bons preços. Já o Como Agua para Chocolate (Constitución 88, tel. 2/2777-8740) virou atração turística e tem opiniões bem divididas.

O bairro tem muitos outros restaurantes em ruas menos movimentadas, como Purísima, Dardignac, Antonia López de Bello, Bombero Núñez (que é o epicentro de uma discreta cena GLS) e Loreto.

Providencia (marcadores verdes)

Liguria, SantiagoLiguria, SantiagoLiguria, Santiago

Um lugar incontornável é o tradicionalérrimo bar-restaurante Liguria, que tem três filiais, todas por Providencia. O maiorzito fica perto da estação Manuel Montt (Providencia 1373, tel. 2/2235-7914). É um ótimo lugar para provar os sanduíches ("sánguches") chilenos, como o Barros Jarpa (misto quente) e o Barros Lupo (com rosbife no lugar do presunto), acmopanhado de um chope ("schopp") ou vinho em taça.

Ainda no bairro, duas quadras separam as duas maiores grifes gastronômicas da cidade: o Astrid y Gastón, que foi a primeira filial no exterior do império de Gastón Acurio, embaixador da nova culinária peruana (Antonio Bellet 201,  tel. 2/2650-9125), e o Aquí Está Coco, do chef nativo Jorge "Coco" Pacheco, estrela maior da cozinha chilena (La Concepción 236, tel. 2/2410-6200).

El Golf (marcadores amarelos)

Avenida mais chique de Santiago, a Isidora Goyenechea tem muitos restaurantes em toda a sua extensão. O trecho mais metido começa à altura do hotel W (Isidora Goyenechea 3000, tel. 2/2770-0000), onde há três restaurantes (o nipo-peruano Osaka (tel. 2/2770-0081), o francês NoSo (tel. 2/2770-0000) e o chileno Terraza, (tel. 2/2770-0000), além do bar Red2One, na cobertura, e o nightclub Whiskey Blue. No térreo -- e sem ligação com o hotel -- há uma deli muito simpática, que serve pratos leves, sanduíches e saladas, a Coquinaria (tel. 2/2245-1958).

Mais adiante você encontra (na outra calçada) um dos endereços favoritos da burguesia santiaguina, o Tiramisú (Isidora Goyenechea 3141, tel. 2/2519-4900), que serve pizzas e massas tadicionais. Ainda na mesma avenida, o Nolita prepara pratos italianos com um approach nova-iorquino (Isidora Goyenechea 3456, tel. 2/2232-6114).

Vitacura (marcadores roxos)

Puerto Fuy, Santiago

A avenida Nueva Costanera é o mais novo pólo gastrô da cidade. Há mais restaurantes chiques na rua do que você terá tempo de experimentar durante a sua estada. Todos estão a cinco minutinhos de táxi da região de El Golf (ou quinze minutos de Providencia, se o trânsito estiver pesado). Entre eles estão o Boragó, expoente maior da cozinha de vanguarda (Nueva Costanera 3467, tel. 2/2953-8893), o Puerto Fuy, onde comi o côngrio com espuma e bolinho de caranguejo da foto (Nueva Costanera 3969, tel. 2/208-8908) e a Cebichería La Mar, endereço prêt-à-porter da cozinha de Gastón Acurio (Nueva Costanera 4076, tel. 2/2206-7839).

Na avenida paralela, junto a um parque, fica um restaurante bastante recomendado nos comentários: o Mestizo, que tem vista para o bosque de dia e tem DJ à noite (Bicentenario 4050, tel. 9-7477-6093).

Praças de restaurantes (marcadores vermelhos)

Bem pra lá de Vitacura, à beira-rio, existe um complexo de restaurantes apropriadamente chamado BordeRío, onde dá para escolher onde comer na hora.

Finalmente, o shopping Parque Arauco tem uma praça de restaurantes ao ar livre, o Boulevard del Parque. É um dos lugares mais movimentados da cidade nas tardes de domingo.

E o Mercado Central?

Não considero programa gastronômico; considero lerê -- e falo dele neste post. Minha dica: escape dos garçons pegajosos do onipresente Donde Augusto e entre na primeira portinha onde não haja ninguém agarrando clientes a unha. Peça qualquer coisa de mariscos (de preferência na forma de "paila" ou "chupe", os ensopados à chilena).

Leia mais:

332 comentários

Gustavo
GustavoPermalinkResponder

Duarte, vá no Boulevard Lavaud. Vale mais a pena do que o Como Água para Chocolate, especialmente pelo ambiente.

A partir da entrada para o restaurante, na rua Compañia de Jesús, pode-se ver, à esquerda, um cabeleireiro em ação, e, à direita, as mesas postas, cercadas de objetos e acessórios alusivos ao trabalho dos peluqueiros franceses do século 19. Cada mesa conta com seu ambiente específico. Em uma, cortinas caem do teto para conferir ar exclusivo à refeição. Em outra, come-se ao lado de instrumentos e mobiliários que recriam o visual daquela época, como tesouras, pias, cadeiras estofadas e secadores. Nas paredes, estão quadros pintados a óleo, pôsteres e cartazes.
No primeiro andar, o banheiro feminino é uma surpresa. Enquanto o masculino identifica-se por um bonequinho de um menino, o das mulheres não se revela tão facilmente. Sem a ajuda de uma das garçonetes simpáticas do local, dificilmente seria encontrado. O segredo está em um grande espelho. Em vez de dar acesso ao que se imagina um armário, ela possibilita a entrada ao toalete das damas.

Valéria
ValériaPermalinkResponder

Vou para Santiago no próximo dia 10 e me hospedarei no Crowne Plaza. Quais os melhores restaurantes perto do hotel?

Andre  Soares
Andre SoaresPermalinkResponder

O como agua para chocolate é bem romântico, com ótima comida e um preço em conta.
Se o orçamento for maior, tem a opção do Astrid Y Gaston que foi eleito o 7º melhor restaurante do mundo e apesar de mais caro não assusta tanto (jantar com vinho e sobremesa para 2 por R$ 200,00 em média).

Carol
CarolPermalinkResponder

Puerto Fuy!!!!!!!! Com certeza!!!! Fui jantar com meu marido duas noites lá, o atendimento é EXCELENTE. Intimista, comida maravilhosa!!!!

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Olá,

li, certa vez, que o bar "Ricon de los Canallas" era bem tradicional. Alguem já esteve lá? Vale a pena conferir?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana!

O Pablo em 2007 publicou esse comentário sobre o Rincón de los Canallas:
http://www.viajenaviagem.com/2007/06/enquete-da-semana-musicas/comment-page-1/#comment-16722

Hugo Loureiro
Hugo LoureiroPermalinkResponder

Não sei direiro onde colocar está dica, acho que aqui é o melhor lugar. Pois bem, estes dias vasculhando a net descobri um site que vende ingresso para teatro, cinema, atrações turisticas, para o turistik tudo com desconto. Mas o que achei legal é que no site você pode pesquisar os restaurantes de Santiago por diversos filtros e até num mapa e melhor reservar uma mesa e ainda com desconto. Segue o site:

http://www.atrapalo.cl

Arlene
ArlenePermalinkResponder

Luciana, eu fui num grupo de 4 pessoas e todas odiaram! Nada contra lugares depojados, mas comida era ruim mesmo - pelo menos aquele fam oso porco, com a pele rosadinha, parecia ainda vivo, um horror. Qdo o garçon perguntou o que achávamos do prato, só podemos responder rindo "muy esquisito..." Eu não voltaria. Ao invés, vá no Donde Augusto, no mercadão, e coma aqueles carangueijos gigantes que vale a pena.

Maria Lecticia

Ricardo, Bóia,

Estou indo para Santiago agora em julho e gostaria de saber onde vejo a programação cultural (teatro, shows, cinemas), não consegui encontrar na internet...

Obrigada.
Lecticia.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Alô, Maria Lecticia! Googlando palavras como cine, teatro, guía a partir do Google.cl você encontra sites com a programação cultural. Eu achei esse: http://www.laguiadesantiago.cl/

Celia Plothow
Celia PlothowPermalinkResponder

Acabo de retornar de Santiago.. Estive hospedada no Novotel Vitacura (dica do Ricardo, obrigada) - ecelente Hotel/ café/ custo X benefício.. Descendo a Vitacura á duas quadras há um pequeno centro gastronomico onde brilha o CUEROVACA.. Churrascaria chilena/ argentina. Para quem quiser provar o Kobe beef sem pagar os preços astronomicos de sao paulo...
Abçs

CRISTIANO
CRISTIANOPermalinkResponder

Ricardo, estive em 2009 em Santiago e gostei muito do Como Agua para Chocolate, imitando uma hacienda mexicana. Conheces?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cristiano! Aqui quem responde é A Bóia. Não sei se o Comandante foi lá, mas é dos restaurantes de Santiago mais recomendados pelos leitores do site grin

alan
alanPermalinkResponder

Acabei de chegar de Santiago, e deixou uma dica para quem for no mercado Central. a boa pedida e com preços razoaveis é o restaurante La Joya del Pacifico, chegando lá procure pelo garçon Vitinho ele é muito simpatico, atencioso e adora brasileiros. experimente a empanada de gambas(camarão) é divina, e claro não deixe de comer a centolla,paguei em uma para 04 pessoas o equivalente a 180,00 reais. a carne é saborosissima sem contar no ritual de abri-lá que o garçom mais parece um cirurgião. Mesmo porque vc somente vai encontrar este caranguejo em duas partes do mundo.(chile/punta arenas e Alasca).

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Ola Bóia!!!
Por favor, como faço para reservar no restaurante Giratório em santiago!!???Não consigo achar um site que de acesso a reserva...
Ja fiz a reserva no Como agua para chocolate...Tem outras dicas boas!!??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! O restaurante Giratório não está aceitando reservas por email, é preciso ligar;
http://www.restaurantgiratorio.cl/reservas.asp

Meu chefinho Ricardo Freire não recomenda este restaurante e também não é fã do Como água para chocolate. Ambos são pega-turistão.

Os restaurantes que ele indica estão no post.

Vânia
VâniaPermalinkResponder

OI, Bóia!

Vamos, meu marido e eu, agora em outubro a Santiago visitar nosso filho que está trabalhando lá recentemente e ainda não deu tempo de conhecer nada, nem por perto. Gostaria que nos informasse os restaurantes mais em conta nas imediações da Av. Pdte Riesco com San Sebastián e Carmencita, pois não estávamos preparados para viajar e a grana no momento está curta.
Desde já agradeço sua atenção em nos ajudar.

Abçs,

Vânia.

carol
carolPermalinkResponder

Ola, estou indo pra Santiago e gostaria de dicas de restaurantes que servem massas. Gostaria tb de dicas pra tomar cafe da manha, ja q o hotel nao fornece. obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! Assim como na Argentina, você vai encontrar massas no cardápio de quase todos os restaurantes. Para massas recomendadas, vá ao Tiramisú e ao Nolita, que estão no post.

Normalmente sempre há algum lugar para tomar café da manhã, seja no hotel, seja nas redondezas. Na recepção do seu hotel informarão.

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Riq, boias e trips, chego em Santiago sexta-feira, 14out, quase meia noite com o maridòn e gostaria de uma dica de lugar legal para comer. Pode ser restaurante, bar, mercado, whatever (mas não quero balada, quero comer). Li as resenhas sobre restaurantes e entrei no site de varios deles, mas as reservas geralmente são até 21h30 e não achei nenhum que indicasse funcionamento após às 23h. E agora? Alguém se habilita a me indicar algo? Vou me hospedar em Las Condes, mas aceito pegar taxi para qualquee lugar... rs
Já agradecida, Ana Luisa

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Luisa! O bar Liguria deve funcionar até o início da madrugada.

Confirme pelo telefone 56 2 253 7914 . O email do gerente é mcicali@liguria.cl

http://www.liguria.cl/ingles/portada.html

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Thanks, boia.
Vou ligar hoje.

Paula Pfeifer
Paula PfeiferPermalinkResponder

Boa tarde gente!
O restaurante NoSo, que fica dentro do badalado W Hotel em Las Condes.

http://sweetestpersonblog.com/2011/09/15/santiago-do-chile-noso-no-w-hotel/

** é maravilhoso e vc ainda pode ir pro Whiskey Blue ou W Lounge depois!
wink

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Olá! Chegamos à Santiago no dia 13/09 perto de meia-noite e fomos ao hotel fazer check-in. Qual foi minha surpresa saber que não havia nenhum restaurante aberto (nem o do hotel), nem se quer um disque-pizza. Conclusão: dormimos com fome! Minha dica: neste horário, coma no aeoroporto!

Ana Luisa
Ana LuisaPermalinkResponder

Valeu, Lucia, pela informação.
Este é o meu receio (sou uma esfomeada)!

Paula Pfeifer
Paula PfeiferPermalinkResponder

Boa tarde gente!

Como me abasteço de dicas aqui no Viaje na Viagem a cada trip, estou passando de novo pra deixar mais uma dica de Santiago do Chile!
O restaurante NoSo, que fica dentro do badalado W Hotel em Las Condes.

http://sweetestpersonblog.com/2011/09/15/santiago-do-chile-noso-no-w-hotel/

Abraços em todos!

Rice
RicePermalinkResponder

Olá! Cheguei esta semana de Santiago e as dicas que tive deste site, foram maravilhosas e me serviram bastante em todos os sentidos. Quero também deixar minha colaboração dando uma dica muito boa de um restaurante que fica na Av.Providencia,1984, próximo ao metrô Pedro de Valdivia, chamado GATSBY. Está tendo uma promoção em que o acompanhante não paga. O jantar é a partir das 20:30 horas, de segunda a quinta-feira. A comida é variada, (saladas, grelhados de carnes e peixes, massas, etc) e a sobremesa (pudins,doces em calda, tortas, sorvetes,etc), também está incluída no valor $7.400 (sete mil e quatrocentos pesos). Pode comer a vontade.

Wilma S. Belo
Wilma S. BeloPermalinkResponder

Estive em Santiago em junho e fomos jantar em muitos lugares interessantes e entre eles o restaurante Aqui Está Coco. O restaurante é um deslumbre! A comida excelente, o atendimento excepcional, o preço dentro do esperado. Recomendo ele para quem gostar de lugar elegante e comida de excelente bom gosto. Também estive no Mercado Central e almocei no Donde Augusto e paguei muito caro para o local, que não oferece nehum conforto e beleza. A conta foi carissima. Não recomendo. Fui também ao Azul Profundo e achei o ambiente lindo, comida ótima e atendimento também muito bom. Vale a pena ir até lá.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Conheci um casal que pagou o equivalente a R$ 440 reais no Donde Augusto eek

Thyago Portela

Fui (contra minha vontade) ao Donde Augusto e achei péssimo e caríssimo. Pediram uma Centolla e achei horrível... totalmente sem gosto e caro (quase R$ 400,00 só ele)! Prefiro mil vezes um caranguejo daqui.

CH
CHPermalinkResponder

Fui no Donde Augusto e comi uma excelente raneta, um peixe do Pacifico, com molho de mariscos e paguei pouco mais de 100 reais com vinho. O caro lá é a tal centolla, que provei porque um casal amigo pediu, mas que não vale a pena, a nao ser pela curiosidade.

Jose barci
Jose barciPermalinkResponder

No mercado comi num pequeno restaurante uma mariscada 1/2 vinho e água por 11.000 pesos. Agora vou para lasteria jantar provavelmente no Patagônia. Santiago esta com uma temperatura ótima hoje.

Paula Pfeifer
Paula PfeiferPermalinkResponder

Olá pessoal,

Segue um link com post sobre o W Lounge no W de Santiago, lugar DELICIOSO pra ir e imperdível

http://sweetestpersonblog.com/2011/10/19/santiago-w-lounge-no-w-hotel/

Abraços,

Giani
GianiPermalinkResponder

Olá.
Estive em Santiago com meu marido no início de novembro. Jantamos no restaurante Giratório sem reservar. Como o pessoal do hotel não conseguiu fazer a reserva, resolvemos arriscar. Chegamos ao restaurante por volta das 21h30 do domingo (fomos de metrô, é bem fácil, pois o restaurante fica ao lado da estação Los Leones). Não precisamos aguardar mesa, tinha algumas desocupadas. A comida é ótima, o preço é razoável (paga-se por volta de 200 reais por casal, a refeição com vinho), e o atendimento também é muito bom. Sem falar na vista, lindíssima. Gostamos muio também do Pátio Bela Vista e entorno.

Scheila
ScheilaPermalinkResponder

Olá, eu e meu marido viajaremos para Punta Cana em 12/01/2012 e ficaremos em Santiago por 9 horas. A previsão de chegada no aeroporto é 20h15. Gostaria de saber o que fazer durante esse período? Não queria ficar em hotel para dormir pouco tempo. Mas como estou lendo nos comentários, não tem muitos restaurantes abertos tarde da noite. O que vcs sugerem?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Scheila! Santiago não é uma cidade notívaga. Desencane de passar a noite em claro, você vai começar pessimamente as suas férias. Lembre-se que você só terá acesso ao seu quarto em Punta Cana depois das 15h ou 16h locais.

Pegue um hotel no aeroporto. Há um Holiday Inn em frente ao desembarque e um Diego de Velázquez perto.

O Ricardo Freire sempre diz: noite é pra dormir!!!!

Paula Pfeifer
Paula PfeiferPermalinkResponder

Dica de restaurante em Providencia, o bistro francês Baco y Vino

http://sweetestpersonblog.com/2011/11/18/dica-de-restaurante-em-santiago-baco-vino-y-bistro/

Abraços!

Rose David
Rose DavidPermalinkResponder

Para lua de mel em Santiago, o que vocês me indicam? Não conheço a cidade, aceito referências. Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rose! A partir destas páginas você terá toda a idéia que precisa de Santiago para aproveitar muito:

http://www.viajenaviagem.com/americas/santiago-ricardo-freire

Gi
GiPermalinkResponder

Olá pessoal,

Acabei de chegar de Santiago, foi uma ótima viagem, a cidade é muito bonita e estava muito quente. lá se come muito bem, na maioria peixe (adoooro). Para quem quer comer bem vá até ao patio Bellavista, é muito bom, tem varios restaurantes, comi no Montana e tbm uma pizza no Siciliano (deliciosa)que fica do lado de fora do patio, vc gasta numa média de R$ 40,00 a R$ 50,00 por pessoa. Vale a pena ir no Giratorio, é lindo!! A comida tbm é boa, chegamos por volta das 20h40m e estava bem cheio, mas depois das 22h tinha bastante mesa vazia. Os chileneos são bem receptivos e pelo menos comigo foram bem gentis. Só tomem cuidado com os taxis procure pedir pelo hotel ou restaurante.
Acho que vale essas dicas...

maria
mariaPermalinkResponder

Desculpa! Desculpa! Eu tentei desafiar este blog e me aventurar no Como Água para Chocolate... e só tenho uma coisa a dizer... bem feito para mim! Foi uma péssima experiência!!! Prometo nunca mais sair do Roteiro do VnV!!!

Agora... falando das coisas boas! Segui as sugestões do VnV também! rsrs... O Astrid & Gaston foi fantástico! Provavelmente uma das melhores experiências gastronômicas que já tive! Um pouco caro... mas vale cada centavo! Minha meta agora é conhecer todas as filiais do Astrid & Gaston rsrs... O Aqui está Coco tem uma decoração bastante exótica, mas não tivemos sorte, a comida não emocionou, e como possui faixa de preço similar ao Astrid & Gaston, não hesitaria em priorizar o peruano!!! Fomos à Coquinarina também, os pratos são muito bons e a delicatessen um charme!!!

Thyago Portela

Maria... o que houve que vc não gostou do Como Água para Chocolate? Fui em agosto e acertei em todos os pedidos. Gostei demais!

CH
CHPermalinkResponder

Também tive uma ótima experiência no Como Água Para Chocolate. Agradável e excelente comida. Comi um côngrio inesquecível indicado pelo garçom e fiquei próximo a cozinha, vendo passar pratos belíssimos, de dar água na boca.

helenice de castro

Acabo de chegar do Chile, também segui o roteiro VnV e fui muito feliz... No Hotel W (Terraza)pude experimentar o salmão chileno. Imperdível. A Coquinaria é descontraída, charmosa e com pratos deliciosos. A melhor parte da experiência gastronômica foi em Valparaiso no Pasta & Vino. Os vinhos sempre maravilhosos. Todas essas contas ficaram em torno de R$ 200,00 para o casal. Com exceção do peruano Banandiaran (Pátio Bella Vista): comida pesada, péssima carta de vinhos e caro. Outro mico, na minha opinião, foi a visita a Concha y Toro. Pega turista. Muito caro para degustar Casillero del Diablo...

Quiche de Macaxeira » Archive » O que comi no Chile, Parte 4

[...] sobre o Chile, do Edu Luz Santiago para Gourmets, da Luciana Betenson O Centro de Santiago Onde comer em Santiago Restaurantes em Santiago Chile, no Destemperados (function() { var po = [...]

CH
CHPermalinkResponder

Tive uma ótima experiência no Como Água Para Chocolate, comi um côngrio espetacular, gratinado com parmesão e alho, magico!

Também gostei do Donde Augusto no mercado, dando todo o desconto do esquema turistao. Comi outro peixe incrível!

Outro esquema turistao que arrisquei e aprovei foi o Giratório, menos pela comida. O visual vale a visita e fomos no almoço e repetimos no jantar de despedida de Santiago, com música ao vivo, as luzes da cidade, emocionante.

Imperdível é o Mestizo, boa comida, excelente ambiente!

Agora, comida por comida, comemos muito bem no italiano Due Torri, no simpático BordeRio.

CH
CHPermalinkResponder

Esqueci de mencionar o Tiramisu, ótima dica! Uma pizza respeitável num ambiente super gostoso.

CH
CHPermalinkResponder

Em Vina del Mar, encaramos o Tierra del Fuego, com toda a pinta de pega-turista! A experiência foi excelente, tomando um bom vinho com um côngrio com molho de frutos do mar, com a vista do Pacifico, num lugar bonito e bem acompanhados.

Liguria em Santiago: imperdível com ou sem crianças | Destemperadinhos

[...] Fomos no horário do almoço. Não tenho certeza se à noite o Liguria combina com crianças. São três filiais na cidade, todas por Providencia. Fui no da Av. Luis Thayer Ojeda e recomendo esse endereço. Até o Rei das viagens, Ricardo Freire, classificou o bar-restaurante, recentemente, como incontornável e tradicionalérrimo (ver post aqui) [...]

Maria Clara Bringel

Gostaria de saber uma dica de restaurante de carne em Santiago. Santa Brasa seria um? Se tiver quero saber de outros tb.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Clara! Sugerimos o Patagonia. Não temos informação sobre o Santa Brasa, se você for conte pra nós na volta.

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Se ainda tiver tempo, em 2009 fiquei 2 meses em Santiago e lembro-me que o OX (um pouco caro na época e proximo ao La Mar) e o Don Carlos na Isidora Goyenechea foram 2 que gostei muito.

Outra dica é o Pinpilinpausha (que significa borboleta em Basco) onde eu comi algumas vezes Churros com chocolate no final da tarde e tem ótima comida espanhola.

katia
katiaPermalinkResponder

Estive ontem dia 22/2/12 no restaurante Le Fournil-Patio Bella Vista - Santiago, os pratos são bons, porém vale ficar atento aos arredores de sua mesa, pois tive minha mochila furtada enquanto almoçava, ficando sem leite e fraldas para as duas crianças…foi o que me levaram. Eta ladrãozinho burro!!...a polícia local chegou, mas nem bloco para registro de denúncia tinham!!

geraldo silva
geraldo silvaPermalinkResponder

Olá todos aka!!
a)Qual o horário de funcionamento dos restôs (almoço/jantar) em Santiago; b) qual o percentual das gorjetas a serem dadas aos garçons et é costume o valor da taxa (%) vir inclusa no valor total das despesas ou fica a critério do freguês/consumidor.
antecipo meus agradecimentos,
geraldo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gerardo! O horário é bem mais restrito do que em Buenos Aires: os restaurantes abrem e fecham mais cedo, e quase nunca permanecem abertos entre o almoço e o jantar. Procure fazer reservas, sempre é uma garantia.

A gorjeta é 10%, não vem incluída, é esperada.

DEBORA BESSA
DEBORA BESSAPermalinkResponder

Gracias!

Maria do Carmo

Falei sobre o hotel Neruda, agora falarei sobre os restaurantes que visitei e que mais me decepcionaram do que me alegraram, vamos lá (minha viagem foi de 19 a 26/02/2012):
Le Fournil (Pátio Bellavista): atendimento lento, ruim, apesar de não estar muito cheio. Comida razoável. Caro.
Eládio: mesmo prédio que o Giratório, fica no quinto andar. Comida excelente, bem como o atendimento. Restuarante bonito, preço justo para uma ótima comida. Lá , o vinho que custa 6.600 pessos, no Astrid e Gaston custa 16.400 pessos.
Por falar no Astrid e Gaston, pra mim lá só tem fama: comida simples em talheres finos. Garçons com atendimento bom, mas local feio, casa velha, não tinha música, nada. Não voltaria e não recomendo. Não estava cheio e o preço é absurdo.
Giratório: Atendimento médio, comida mediana também. Mas valeu pelo visual e pela música ao vivo. Voltaria.
Como Água para Chocolate: estava lotado. Atendimento bom, comida razoável, preço médio. Voltaria pela animação do local e pela ótima música italiana ao vivo.
El Galeon no mercado muncipal: comida ruim, garçons apressados, local grande porém colocam muitas mesas e fica apertado. Caro. Não voltaria. Se voltar a Santiago, vou ficar longe do mercado.
No mais, almoçamos em shoppings. Ah...ia me esquecendo de falsr que almoçamos no Liguria da Av. Pedro de Valdivia, perto do hotel, excelente comida, atendimento, local muito bem decorado. Adorei.

DEBORA BESSA
DEBORA BESSAPermalinkResponder

Quanto custa em média uma refeição básica no Chile (sem vinho)? Pode-se dizer em torno de USD 100 (2 pax)? É que estou indo a trabalho e preciso saber quando levar aproxim. Bjs!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Débora! Os restaurantes custam um pouquinho menos do que em São Paulo. E como em São Paulo, você acha restaurante de toda faixa de preço.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2011/03/quanto-vou-gastar-em-alimentacao/

Maria Inês Vargas

Olá Riq e Bóia !!!
Então !! Será que os restaurantes "Azul Profundo" e "Como água para chocolate", são do tipo kids friendly ??!! Tens algum para indicar !!
Valeu e Forte Abraço !!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Inês! Seus filhos serão bem-vindos, mas entre nos sites dos restaurantes para ver se os cardápios agradariam a eles. Outras dicas no blog "Chile para crianças": http://chileparacriancas.blogspot.com/

Mara
MaraPermalinkResponder

Olá a todos!Fui no Como Àgua para Chocolate e provei o Congrio Almendrado que estava divino!Para mim valeu!!

Vinicius
ViniciusPermalinkResponder

Bóia, queremos provar a centolla mas não queremos pagar R$ 400,00 o casal no Donde Augusto...

É possível? O que fazemos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vinicius! Centolla é cara, não é a gente que determina o preço grin

Vinícius
ViníciusPermalinkResponder

Eu sei Bóia, acho que não me expressei direito. Queria saber se não tem algum restaurante (com a referência de alguém que foi) que venda este prato mais em conta, ou a média de preço é essa mesma?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vinicius! Vamos pôr a sua pergunta no Perguntódromo.

Marcela
MarcelaPermalinkResponder

Vinícius,

acho que em qualquer restaurante do mercado central o preço será esse.
Eu confesso que não achei muita graça no sabor... é claro que toda a forma de servir cria uma aura interessante, mas no fundo, no fundo, é um mega caranguejo, cozinho na agua com sal e temperado com uns molhinhos à base de maionese... achei que a experiencia valeu, mas se for pesar no seu bolso saiba que não estará perdendo nada demais...

Jackie
JackiePermalinkResponder

Vinícius, eu fui em 2010, tem tempo já, mas não pagamos isso td não. O donde Augusto é no terreo, maior, os garçons te abordam logo que vc entra no mercado. Na época, se eu não me engano era 200 lá. Mas comemos no andar de cima, só nao anotei o nome, e foi cerca de 100. Era no mercado mesmo, ali no meiozinho, mas no segundo andar.
Não posso tr garantir que foi exatamente 100 reais, mas foi por volta disso e bem mais barato que no Donde, porque já faz tempo e não anotei o preço na época. Até já tentei ler o nome do restaurante nas fotos (porque estavamos com uns babadores laranja com o nome do restaurante) mas não funcionou rsrs
abs,

Thyago Portela

Definição perfeita! Fui no Donde Augusto (a contra gosto) e achei totalmente sem graça e cara. Pagamos R$ 400,00 (agosto/2011) por algo sem gosto algum, pelo menos p/ quem gosta do nosso caranguejo.

Sem falar que não achei nem um pouco interessante o tal Mercado Central... o Chile tem locais bem mais agradáveis/aconchegantes/requintados para fazer uma excelente refeição por esse preço.

Voltarai em junho próximo e pretendo passar a kms de distância do mercado

Família Recomenda

Todas as vezes que fomos ao Chile comemos centolla. É questão de gosto, mas para nós é uma delícia e faz parte da viagem saborear os pratos locais. Se você não quiser comer a centolla inteira, que é mais cara, pode optar por pratos feitos com a carne dela. São igualmente deliciosos e mais em conta. Centolla com pil-pil é o nosso favorito!

O Donde Augusto é bom, mas todos os outros restaurantes do mercado municipal também são - alguns ficam do lado de fora, nos estandes que circundam o mercado. Nunca fomos nos outros, mas todo mundo diz que é igual, só que mais barato.

Fora esses, Santiago tem vários restaurantes especializados em frutos do mar. Não vão sair baratinho, mas o ambiente e a comida são mais requintados que no mercado. Por exemplo, Aqui Está Coco (Providencia) e Azul Profundo (Bella Vista).

Vinícius
ViníciusPermalinkResponder

Pessoal, obrigado pelas elucidações... : )

Vamos em maio e estamos decidindo o que fazer...

Meire
MeirePermalinkResponder

Vinicius,
Acabei de ler em outra página, uma leitora disse ter ido ao restaurante La Joya del Pacifico, no Mercado Central, em 04, pediram o tal centolla e pagaram o equivalente a R$ 180,00.

Sonia Barreto
Sonia BarretoPermalinkResponder

Estive no Donde Augusto no Mercado há 4 anos e pedimos a centolla sem olhar o cardápio. Depois do pedido foi que olhamos o preço. 100.000 pesos. Naquele momento, em reais, 375,00 (o salário mínimo brasileiro). Já tínhamos pedido tivemos que comer e pagar. Mas não vale.

Rosália
RosáliaPermalinkResponder

Bóia (acho tão engraçado falar assim, mas já que todo mundo fala... rsrs), o restaurante "de carne" que você indica acima tem algum outro complemento no nome ou é só "Patagônia" mesmo? Não estou encontrando na web. Abraço!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosália! O site do Patagonia Restobar está fora do ar...

Rosália
RosáliaPermalinkResponder

Pena... Obrigada pela resposta!

petter
petterPermalinkResponder

Em Santiago fui praticamente em todos os restaurantes da turistada e mais alguns mais inusitados... euheuheuhe... Recomendo! Do mais caro para o menos caro:
- Boragó
- Aqui está coco
- Como água para chocolate
- Giratório

Achei os dois primeiros bem carinhos, mas como eu já sabia mais ou menos quanto ia gastar, não tive pena na hora de tirar o $$ do bolso... euheuheuhe

Ainda fui no Azul Profundo só para uma bebericagem e no Pátio Bellavista... o Azul Profundo tem um ambiente curioso e lá comi o melhor carpaccio de polvo da vida. Em compensação, o atendimento não foi 100%.

Não provei nada no Mercado, pois os caras são muito insistentes!!

Ah, vou deixar aqui o link do review estendido de alguns desses restaurantes---> http://euvou.blog.com/2011/08/aqui-esta-coco-esta-aqui/ http://euvou.blog.com/2011/05/bora-no-borago/

Valeu!

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Voltamos agora de Santiago, e tivemos ótimas experiências gastronomicas, Comemos Centolla no Mercado, foi no Rei do Marisco, gostei deu pra 6 pessoas com sobra, Fomos ao Restaurante Peruano no Patio Bellavista, foi a comida mais barata e uma das melhores, comi congrio com camaroes, Azul Profundo, dispensa comentários, o melhor da viagem, Como Agua para Chocolate, estava muito bom, O Filé a Lo Pobre do Galindo é ótimo, e vai muito bem com uma cerveja artesanal. Gastamos em média R$ 100,00/casal por refeição. E não deixem de experimentar um sorvete de Tumbo e um de Chirimoya, na sorveteria na saída do Patio Bellavista, sai baratinho e é muito melhor que as sobremesas dos restaurantes.

rose
rosePermalinkResponder

costumo viajar sozinha em ferias pois sempre tiro fora temporada,e desta vez irie sem agencia de turismo.. para vcs que tem experiencia em Santiago, é um lugar perigoso? consigo aproveitar os passeios mesmo sem falar a lingua deles? é só estes detalhes que estão me deixando em duvida quanto a ir

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rose! Há vários passeios conduzidos em português pelas agências de receptivo locais.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Diego / Blog Meus Roteiros de Viagem

Os três restaurantes que eu mais recomendo em Santiago são:
Restobar KY (Peru 631 - Recoleta)
Como Agua para Chocolate (Constitución 30 - Bellavista)
Le Fournil (Patio Bellavista)

A minha opinião sobre eles, fotos e preços dos pratos, além de outras indicações podem ser encontrados no post:
http://www.meusroteirosdeviagem.com/2012/04/onde-comer-sair-santiago-chile.html

Abs,
Diego

Patricia
PatriciaPermalinkResponder

Ola, alguma dica de churrascaria ou rodizio de carnes em Santiago?
Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patricia! Não há rodízio em Santiago. Churrascarias recomendadas são a Patagonia no barrio Lastarria e a Tierra Noble em Vitacura.

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 2 de outubro de 2017. Obrigado pela compreensão!
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar