Santiago: onde comer

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Astrid y Gastón, Santiago

Sair para comer é um dos pontos altos de qualquer visita a Santiago. A matéria-prima é excelente -- sobretudo os frutos do mar e os legumes. Além da cozinha local, encontra-se facilmente na cidade ótimos representantes da culinária que está mais acontecendo: a peruana. Santiago também é um ótimo lugar para se aventurar na mesa mais contemporânea, por preços menos salgados que no Brasil.


Visualizar Santiago: onde sair em um mapa maior

Centro: Lastarria (marcadores azuis-escuros)

O Centro da cidade tem dois focos de vida noturna e gastronomia. O mais charmoso é o barrio Lastarria, assim conhecido por ter como eixo principal a rua José Victorino Lastarria. Outros nomes pelos quais o bairro conhecido: florestal (por causa do parque ao longo do rio Mapocho) e Bellas Artes (por causa do museu, que também fica por ali).

A três quadras da Lastarria, perto do metrô Bellas Artes, fica o bar mais original de Santiago: o The Clinic (Monjitas 578, tel. 2/2639-9548). É um bar ligado a um semanário satírico-político de grande sucesso, uma mistura de Pasquim com Casseta à chilena. O nome do bar (e do jornal) é inspirado na clínica em o general Pinochet ficou preso em Londres.

A calle Lastarria vai da Merced até a avenida Libertador Bernardo O'Higgins (onde fica a estação mais próxima, Universidad Católica). Suas três quadras são pontilhadas de restaurantes simpáticos, ótimos para escolher na hora. De dia, de quinta a domingo é realizada uma feira de livros na quadra de cima (praça Mulato Gil de Castro), em frente ao Museu de Artes Visuais. Dos restaurantes da rua, experimentei o bom peruano Tambo (Lastarria 65, tel. 2/2633-0842) e o aconchegante bar Victorino, que serve comida sul-americana (Lastarria 138, tel. 2/2639-5263).

Centro: Bellavista (marcadores azuis-claros)

Galindo, Santiago

A pouco mais de dez minutos de caminhada, do outro lado do Mapocho, fica o foco mais animado da boemia do Centro: o barrio Bellavista. O grosso da muvuca se divide em duas ruas. Uma, a Pio Nono, concentra a bagaceira: um sujinho do lado do outro, com mesas de plástico na calçada, onde a garotada toma cerveja de litrão. A paralela parece outro universo: na calle Constitución os bares e restaurantes são no mínimo mais bem-apessoados; alguns chegam a fazer o gênero mauricinho. Entre as duas ruas, na quadra de baixo, fica o Patio Bellavista, uma espécie de shopping só de bares e restaurantes. É um lugar bastante simpático.

Tanto o Patio quanto a calle Constitución são perfeitos para o esporte da escolha do restaurante na hora. O Galindo (Constitución esquina Dardignac, tel. 2/2777-0116), botequim que serve especialidades chilenas -- é um ótimo lugar para pedir um bife a lo pobre, o bife a um só tempo acebolado e a cavalo que é típico do país. Para peixes e frutos do mar o Azul Profundo é super-recomendado (Constitución 111, tel. 2/2738-0288). O peruano mais concorrido da região é o Banandiaran, no Patio Bellavista (tel. 2/2737-0725), que tem bons preços. Já o Como Agua para Chocolate (Constitución 88, tel. 2/2777-8740) virou atração turística e tem opiniões bem divididas.

O bairro tem muitos outros restaurantes em ruas menos movimentadas, como Purísima, Dardignac, Antonia López de Bello, Bombero Núñez (que é o epicentro de uma discreta cena GLS) e Loreto.

Providencia (marcadores verdes)

Liguria, SantiagoLiguria, SantiagoLiguria, Santiago

Um lugar incontornável é o tradicionalérrimo bar-restaurante Liguria, que tem três filiais, todas por Providencia. O maiorzito fica perto da estação Manuel Montt (Providencia 1373, tel. 2/2235-7914). É um ótimo lugar para provar os sanduíches ("sánguches") chilenos, como o Barros Jarpa (misto quente) e o Barros Lupo (com rosbife no lugar do presunto), acmopanhado de um chope ("schopp") ou vinho em taça.

Ainda no bairro, duas quadras separam as duas maiores grifes gastronômicas da cidade: o Astrid y Gastón, que foi a primeira filial no exterior do império de Gastón Acurio, embaixador da nova culinária peruana (Antonio Bellet 201,  tel. 2/2650-9125), e o Aquí Está Coco, do chef nativo Jorge "Coco" Pacheco, estrela maior da cozinha chilena (La Concepción 236, tel. 2/2410-6200).

El Golf (marcadores amarelos)

Avenida mais chique de Santiago, a Isidora Goyenechea tem muitos restaurantes em toda a sua extensão. O trecho mais metido começa à altura do hotel W (Isidora Goyenechea 3000, tel. 2/2770-0000), onde há três restaurantes (o nipo-peruano Osaka (tel. 2/2770-0081), o francês NoSo (tel. 2/2770-0000) e o chileno Terraza, (tel. 2/2770-0000), além do bar Red2One, na cobertura, e o nightclub Whiskey Blue. No térreo -- e sem ligação com o hotel -- há uma deli muito simpática, que serve pratos leves, sanduíches e saladas, a Coquinaria (tel. 2/2245-1958).

Mais adiante você encontra (na outra calçada) um dos endereços favoritos da burguesia santiaguina, o Tiramisú (Isidora Goyenechea 3141, tel. 2/2519-4900), que serve pizzas e massas tadicionais. Ainda na mesma avenida, o Nolita prepara pratos italianos com um approach nova-iorquino (Isidora Goyenechea 3456, tel. 2/2232-6114).

Vitacura (marcadores roxos)

Puerto Fuy, Santiago

A avenida Nueva Costanera é o mais novo pólo gastrô da cidade. Há mais restaurantes chiques na rua do que você terá tempo de experimentar durante a sua estada. Todos estão a cinco minutinhos de táxi da região de El Golf (ou quinze minutos de Providencia, se o trânsito estiver pesado). Entre eles estão o Boragó, expoente maior da cozinha de vanguarda (Nueva Costanera 3467, tel. 2/2953-8893), o Puerto Fuy, onde comi o côngrio com espuma e bolinho de caranguejo da foto (Nueva Costanera 3969, tel. 2/208-8908) e a Cebichería La Mar, endereço prêt-à-porter da cozinha de Gastón Acurio (Nueva Costanera 4076, tel. 2/2206-7839).

Na avenida paralela, junto a um parque, fica um restaurante bastante recomendado nos comentários: o Mestizo, que tem vista para o bosque de dia e tem DJ à noite (Bicentenario 4050, tel. 9-7477-6093).

Praças de restaurantes (marcadores vermelhos)

Bem pra lá de Vitacura, à beira-rio, existe um complexo de restaurantes apropriadamente chamado BordeRío, onde dá para escolher onde comer na hora.

Finalmente, o shopping Parque Arauco tem uma praça de restaurantes ao ar livre, o Boulevard del Parque. É um dos lugares mais movimentados da cidade nas tardes de domingo.

E o Mercado Central?

Não considero programa gastronômico; considero lerê -- e falo dele neste post. Minha dica: escape dos garçons pegajosos do onipresente Donde Augusto e entre na primeira portinha onde não haja ninguém agarrando clientes a unha. Peça qualquer coisa de mariscos (de preferência na forma de "paila" ou "chupe", os ensopados à chilena).

Leia mais:

332 comentários

Maria Leonor
Maria LeonorPermalinkResponder

Bóia, por favor me ajude! To indo pra Santiago pela segunda vez, só que agora vou com um casal que simplesmente não passa sem arroz e feijão...O que eu faço? Onde encontro o bom e velho feijãozinho com caldo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Leonor! Trata-se de um prato que não se acha no exterior fora de restaurantes típicos brasileiros. Não conhecemos nenhum em Santiago.

Aproveite suas viagens ao exterior para expandir seus limites gastronômicos.

Jean
JeanPermalinkResponder

Em Santiago, na Av vicuña mackenna, próximo a estação de metro Baquedano, existe o Restaurante Paulistano. A comida é muito boa e com o tempero totalmente brasileiro. Quem faz o feijão é o próprio dono (que é brasileiro).

Julia (Cotia-SP)

Santiago é uma cidade bastante acolhedora e o povo bastante cordial e humilde, gostamos muito! Fomos almoçar no Viver a Vida, do lado de fora do Pátio Bella Vista, local agradável e comida boa e preço honesto. Para os turistas menos avisados, um alerta, no Mercado Central fuja dos restaurantes que te caçam e vá aos pequenos e simples, é lá que voce irá comer a típica comida chilena. Observe onde os chilenos comem. Não querendo fazer marketing, conhecemos o Mares do Chile,simples porém ótimo! A cozinheira sai da cozinha e pega a matéria-prima (peixes) na peixaria em frente e prepara o seu prato. Fomos ao El Galeon também e lá passamos por uma experiência não muito agradável, quase fomos embromados na hora de pagar com o cartão de crédito, o garçom bem mal intencionado, estava cobrando o que consumimos mais a propina (que são os 10% deles), mas ao invés dos 10% ele cobrava 100%. Se tivéssemos assinado o comprovante emitido pela maquininha sem conferir ... adeus! Nesse restaurante não voltamos mais e eles te caçam lá fora (pega-turistão!)

Cristiano Rocha

Prezados Viajantes,

Acabei de chegar de uma viagem com minha namorada para Santiago e Mendoza.

A viagem ao Chile acabou um pouco prejudicada em razão do clima chuvoso que insistia em não dar trégua.

Então, acabamos investindo num programa gastronômico forte, já que fomos somente em ótimos restaurantes:

Banandiaran: cevicheria simpática localizada no Patio Bellavista.

Como água para chocolate: almoçamos nele, na descida do Cerro San Cristóbal. Ótimas carnes.

NoSo: é o restaurante francês do Hotel W. Fomos no Hotel para conhecer e jantar no Japonês, mas estava lotado (tem que fazer reserva). Então acabamos descolando uma mesa no NoSo, que apesar de caro, é uma experiência muito bacana, pelo ambiente, pelo visual dos pratos e pelo atendimento. Nota 1.000!

Astrid Y Gastón: Comida e atendimentos excelentes! Peçam alguma carne. Façam uma reserva.

Aqui esta Coco: almoçamos neste restaurante em que o forte são os frutos do mar e não nos arrependemos: muito bom! Recomendado reservar.

Del Cocinero: pequeno restaurante de massas, ao lado do do Bar Liguria. Ravioli excelente!

Espero que aproveitem as dicas e tenham a oportunidade de conhecer esses excelentes restaurantes em Santiago!

Bruno Gobbato
Bruno GobbatoPermalinkResponder

Riq,
Amo e sigo suas dicas não é de hoje!! Tenho a certeza que os restos e bares indicados são ótimos, mas como estarei fazendo uma viagem mais econômica, para logo em seguida ir para Arraial (dica sua tb), fica complicado imaginar o quanto esperar gastar nestes restaurantes...Quero dizer, tem uma média estimada meu amigo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruno! Aqui quem responde é A Bóia. Na lista há restaurantes para todos os bolsos. Em Bellavista encontrará os mais econômicos.

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2011/03/quanto-vou-gastar-em-alimentacao/

Fabi
FabiPermalinkResponder

Indico muito o restaurante Gatsby na avenida providência, almocei la essa semana com meu esposo muito bom, pagamos $7.990 comida liberada para todos os gostos, de salada a massas. A noite eles estão com uma promoção o acompanhante não paga.

Thyago Portela

Riq...

Quando você foi no Victorino havia espaço interno para não fumantes??? Tentei ficar por lá na semana passada, mas o cheiro de cigarro estava insuportável. Apenas as mesas da calçada estavam livres desse mal, mas aí eu congelaria. Sou totalmente contra essa mistura cigarro e comida.

Fora isso,tenho a relatar:

Melhor comida, ambiente e atendimento: Osaka (W Hotel) e Mestizo.
No Osaka, fizemos um festival de pedidos e todos foram excelentes: Carpassion, Ostiones a la parmesana, Passion shrimp, Miso truffel Angus beef, salmão com purê de papa amarilla e lúcuma e tiras de lomo com arroz thai.
No Mestizo, beliscamos empanadas, tábua de ceviche em boa parrilla, tudo regado a chopp Stela Artois e um vinho tinto pra finalizar smile

Menção honrosa:Como Água para Chocolate.
Fui ano passado e resolvi repetir. Afinal, não se mexe em time que está ganhando. O Congrio com creme de espinafre é lamber o prato, o beiço.... Ahhh foi onde comi o melhor ceviche da viagem.

Decepção: Aqui Está Coco.
Apesar do ambiente ser bem interessante, a comida deixou a desejar. Os pedidos foram: Gratinado de Ostiones à parmegiana (não chegou aos pés do Osaka), Gambas inteiras do Atlântico à chapa quente (nota 5), Nosso Congrio Clássico Mai Mai (o do Como Água é infinitamente melhor) e Merluza do Barcelonesa (um pacote de batata chips ao lado de um peixe mais que normal). Não voltaria.

maxsuel pereira da cruz

E o preço do NoSo, vc se lembra?

Thamy
ThamyPermalinkResponder

Acabei de voltar do Chile, não tivemos tempo de comer em todos os restaurantes indicados, mais adoramos o Aqui esta coco, fomos no Fukai um japa muitonbom no pátio Bella vista, conhecemos o intrigante Borago, e comemos pizza no disputado Tiramissu, e cometemos a burrada de comer no mercado publico e como água para chocolate, que foi uma grande decepção! Já para quem tem mais tempo em todos os sentidos, vale a pena cada centavo passar uma noite no hotel da vinícola casa Lapostole, a comida é excelente, o lugar indescritível.... Se precisarem de informações estou a disposição! Thamycorrea@hotmail.com e boa viagem!

Salvador Stefanelli

Prezado Ricardo,

Antes de mais nada, parabéns pela esclarecedora forma com que redige as dicas de uma viagem ao Chile. Poucos têm essa habilidade.
O negócio é o seguinte: eu e minha esposa somos dois sessentões e vamos de primeira viagem à Santiago de 20 a 25/8/12. Grana controlada, você deve saber como é vida de aposentado. Gostaria da sua ajuda para nos indicar 2 coisas: um bom hotel - melhor custoxbenefício possível(e que não seja de rede). E um passeio agradável (de 1 dia) fora de Santiago (que não seja a vinícolas, Viña e Valparaíso). Seria possível?
Continue nesse seu belíssimo e útil trabalho!
Muitíssimo grato,
Saudações,

Salvador

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Salvador! Aqui quem responde é A Bóia! Nesse post o Ricardo Freire indica hotéis para vários bolsos:
http://www.viajenaviagem.com/2010/09/20-hoteis-em-santiago/
Nossos leitores comentam sobre outros aqui:
http://www.viajenaviagem.com/2011/06/hoteis-em-santiago-os-relatos-dos-leitores/

Aqui você encontra todas as dicas de passeio nos arredores da cidade: http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Paola
PaolaPermalinkResponder

Por favor gostaria de saber onde como a melhor centolla de Santiago, estou louca pra experimentar!!!! Obrigada.

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Olá.......
Vou na próxima semana com meu marido para Santiago.
Gostaria de saber se já devo sair do Brasil com o transfer do aeroporto para o hotel fechado com alguma agência ou se isso é mais fácil e mais barato chegando em Santiago?
Outra duvida.......devo ir a Vina del Mar e Valparaiso, com agências ou é melhor ir com o transporte local?
Qual a melhor maneira de ir a Farellones?
E por fim.......gostaria de ir a uma vinícola, em um passeio menos comercial. A visita a Cosina Macul é recomendada?
Muito obrigada e parabéns

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! Todas as duas dúvidas estão respondidas neste post: http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Maíra
MaíraPermalinkResponder

O que seria de nós sem o Viaje na Viagem??? Não vou mais a lugar nenhum sem passar por aqui para anotar tudinho...
Fui com meu namorado e um casal de amigos para Santiago na semana passada e são estas as minhas contribuições:
- Como Água para Chocolate: As entradas estavam excelentes, o que nos fez criar grandes expectativas para os pratos principais. Estranhamente, os pratos com peixes não foram aprovados. O único que estava bom (muito bom) foi um filet mignon com verduras.
- La Mar Cebicheria: Sensacional! Pra quem gosta de ceviche, é o paraíso. Além da boa comida, o staff é muito atencioso. Fomos os últimos a deixar o restaurante, numa noite que chovia muito. Santiago é espetacular mas morre depois da meia-noite e não havia um táxi na rua. Acreditam que o garçom do La Mar que nos atendeu foi nos levar no Hotel e não cobrou nada por isso? Uma simpatia!
- NoSo: Tentamos ir ao Osaka (que também fica no W Hotel), sem reservas. Não nos deixaram nem esperar por uma mesa (ou seja, se quiserem ir, reservem!) e nos encaminharam ao Noso (ao lado) e... que grata surpresa! Garçons educados e comida excelente! Alguém perguntou quanto, em média, fica a conta no Noso... Para 4 pessoas, 95000 pesos. Foram 2 entradas, 2 pratos principais (que foram "compartidos"), 2 garrafas de vinho, 1 pisco.
- Patagonia Sur (antigo Patagonia Restobar): Emende com uma visita ao Cerro Santa Lucia (dá pra ir andando) ou qualquer hora que você for a Calle Lastarria, que me pareceu uma rua bem animada. A comida é excelente (fui de cordeiro patagônico) e o foundue de chocolate para sobremesa um sucesso.
- Le Due Torri: Fomos na do BordeRio mas tem em outros lugares na cidade. Um italiano bem internacional. Muito bom!
Saudações a todos! Espero contribuir!

Ariston
AristonPermalinkResponder

Algumas sugestões (bem pessoais, claro)de quem está neste momento em Santiago, até como forma de agradecimento aos posts muito úteis de todos:

- Câmbio - como o bóia já falou, o negócio é sacar no "Cajero Automático" do aeroporto. A tal da Afex, quando eu cheguei aqui, dia 28 de junho, tava fazendo câmbio de Real por 202 pesos chilenos. Saquei 200 mil pesos chilenos no meu cartão Ourocard do BB, saiu a um custo total de 887 reais (12 reais para o BB de cobrança por saque, 3000 pesos para o banco chileno e o câmbio usado pelo BB), o que dá uns 225 pesos por real.
- Mendoza - lindíssima cidade, com ótimos preços de roupas. Fui e voltei de ônibus da Andesmar. Mas só aconselho para quem tem paciência de Jó. Na ida, saí as 9:30 e cheguei meia-noite. Foram 4 horas na imigração e 3 horas parados por conta de uma batida na estrada, além de muitas pequenas paradas por conta de caminhoneiros parados na estrada. Na volta foi um pouco melhor, saí as 10 e cheguei as 20, mas com 4 horas e meia na imigração. Vale pela beleza da Cordilheira. Comprei as poltronas 7 e 8 pela internet e fiz a viagem toda na "cara do gol".
- Taxi do aeroporto para providência, pago com cartão de crédito, 18000 pesos. Táxi da providência para rodoviária, 8000 pesos no táxi sem taxímetro (pedido no hotel) e 5600 pesos no táxi normal (com taxímetro).
Continuo o post tão logo tenha oportunidade.

Karen
KarenPermalinkResponder

Olá!!
Alguém teria sugestões de lugares para experimentar a centolla??

Willian
WillianPermalinkResponder

Alguém que foi a Santiago tem sugestões gastronômicas ao estilo Anthony Bourdain, ou seja, comida de rua?

nedjma
nedjmaPermalinkResponder

Fui a antiago em 2008, só fiz os lerÊs básicos e estuou ansisíssima preparando a viagem pra agosto de 2012, com ajuda do site e de todo.

quanto a restaurantes, direi o que não indico:

- não vá ao Donde Augusto a não ser que vc seja louco por centolla como eu, e espere pagar em torno de 90 dolares por pessoa (uma entrada de machas gratinadas, centolla média e duas cervejas: 180 dolares). pra quem já cobhece, ou comeu a preço de banana em Ushuaia, não vale mesmo.

- não vá ao restaurante giratório. Girar é engraçadinho, mas pelo preço cobrado vc pode ir num restaurante muito melhor. è "romântico", e mesmo eu estando com uma amiga, toda hora vinham nos oferecer rosas pra comprar, hahahah, morremos de rir.

- não gostei do "centro gastronômico" Borderío. Só dá pra ir de táxi (pois estava em Providencia). Não gostei do ambiente metido a besta mas parecido com uma praça de shopping aberto, de restaurantes carísismos e qualidade duvidosa. Se está a fim de bancar um jantar chique, escolheria o Astrid Y Gastón, ou o Mestizo,ou o Osaka, há tantos

volto com dicas atualizadas.

Jordan Fraïberg

Olá,
Irei no dia 5 de setembro para Santiago e aproveitarei o feriado daqui para curtir lá. Volto no domingo, dia 9.
Vou com um grupo de amigos, total de seis comigo. Ficaremos hospedados no The Princesa Insolente hostel.
Eu agradeço se puderem me dar dicas de passeios, assim como aproveitar em grupo, principalmente a noite.
Valeu

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jordan!

Leia tudo sobre Santiago a partir deste post:
http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Joyce
JoycePermalinkResponder

Bem, vou dar duas dicas aqui.

Restaurante Giratório (Providência): Tem algumas críticas aqui a este Restaurante mas Eu recomendo este Restaurante muito mais por uma questão turística. Possui uma linda vista de Santiago e das Cordilheiras. O fato de ficar girando também é algo diferencial que a gente não encontra em qualquer lugar, logo, turísticamente falando vale a pena sim. Pode ter até um preço mais salgado mas a comida foi ótima. Comi uma truta a plancha com arroz silveste e estava divino. Pórém, não vá para ter uma experiência gastronômica, vá pelo lado turístico.

La Tabla (Complexo Gastronômico Borderío - Vitacura): O fato de só se conseguir chegar de Taxi e ser um pouquinho longe do Centro é algo chato (gastei 14000 pesos com ida e volta de taxi para o Centro), porém o que me atraiu no local foi o Restaurante La Tabla, especialista em carnes nobres e cortes argentinos. Fui lá para provar o que é considerada a carne mais nobre, cara e macia do Mundo, o Bife de Wagyu. Paguei em torno dos 60 reais por um pedaço generoso da iguaria,ou seja, infinitamete mais barato que no Brasil, e não me arrependi. Ótimo atendimento e Sabor diferenciado mesmo. Esse vale a pena pela experiência gastronômica.

João Alberto
João AlbertoPermalinkResponder

Olá Joyce! Precisou fazer reserva no Giratório? Vou com meu pai essa semana pra Santiago e ele não é muito fã de "aventuras gastronômicas", então seria mais pelo lado turístico mesmo. Outra coisa, tem uma idéia de quanto gastou por lá? Ou quanto se gasta em uma entrada, mais carne, mais uma garrafa de um vinho médio?
Grato, João.

Joyce
JoycePermalinkResponder

Olá João Alberto!
Eu não fiz reserva não. Eu fui num sábado e cheguei no Giratório por volta das 14:30h.Estava um pouco cheio mas tinham mesas disponíveis então eu nem precisei esperar. Sobre a conta eu e meu marido pagamos em torno dos 35mil pesos por um suco, uma garrafa pequena de vinho, e dois pratos bem servidos: Uma truta na plancha com guarnição de arroz silveste e um fetuccine ao pesto com camarões. Ambos os pratos estavam deliciosos. Recomendo.
Dica: Na verdade o giratório fica no 18° andar, mas o elevador do prédio vai até o 16°. Quando chegar no 16° tem um outro restaurante mas não é o Giratório. Neste mesmo andar tem um outro elevador que você sobe mais 2 andares pra chegar no Giratório.

Lorena
LorenaPermalinkResponder

Olá... eu emeu esposo estaremos indo pra Santiago na segunda semana de setembro e gostaria de saber de alguma churrascaria que sirva rodízio... alguem sabe me dizer??
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lorena! Isso não existe em Santiago.

Raquel
RaquelPermalinkResponder

Meu marido e eu vamos a Santiago comemorar nossas bodas de prata e gostaria de saber se ainda faz frio em novembro (estaremos lá de 21 a 28/11). Há algum endereço p/ comprar casacos de couro por lá (a bom preço)? Obrigada por todas as dicas q já vi aqui.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Frio, frio só fará se houver uma frente fria extemporânea.

Leia sobre compras neste post:
http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Raquel
RaquelPermalinkResponder

Obrigada pela resposta. Eu gostaria de ter uma idéia da temperatura nessa época, pois a única informaçao q encontrei foi que a média seria de 8 a 9 graus, a mínima e 25 a 26 a máxima. Estou completamente perdida qto ao que colocar na mala...É isso mesmo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Raquel! Significa que de noite a temperatura cai pela baixa umidade, de manhã cedo estará bem frio, daí se houver sol o dia vai esquentando. Leve um casaco e use roupa leve por baixo.

Raquel
RaquelPermalinkResponder

ok, muito obrigada!

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Boia,

adorei todas as dicas de roteiro, os passeios, restaurantes, esta tudo anotado para nossa viagem em outubro(eu e meu namorado). Porém, querida uma dica a respeito dos restaurantes, o como água para chocolate é mais indicado para um almoco ou jantar? e o Astrid y gaston? estes dois precisam de reserva né?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! O Astrid y Gastón é um dos favoritos dos leitores para jantar em Santiago. Leitores já relataram ter gostado de almoçar no Como Agua para Chocolate, mas outros escolheram para jantar também.

Lucelia
LuceliaPermalinkResponder

Boa noite! Estamos indo em outubro para Santiago e aproveitando sua boa vontade em responder, gostaria de saber onde é legal comprar camisas e ternos das grifes famosas. Muito obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lucelia! Leia sobre compras aqui:
http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

O que comi no Chile, Parte 4 | Quiche de Macaxeira

[...] sobre o Chile, do Edu Luz Santiago para Gourmets, da Luciana Betenson O Centro de Santiago Onde comer em Santiago Restaurantes em Santiago Chile, no Destemperados Gostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar disso. [...]

Nilda
NildaPermalinkResponder

Irei a Santiago de 4 a 10 de fevereiro, gostaria de saber se faz frio. Moro no Nordeste do Brasil...então, não estou acostumada a frio.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nilda! É verão, fará calor.

Paula
PaulaPermalinkResponder

Olá,

Eu e meu marido faremos uma viagem para o Chile para comemorar nosso aniversário de casamento.

Gostaria de alguma indicação de restaurante, com um clima mais romântico.

Qual vc me indica?

Obrigada!

Tati
TatiPermalinkResponder

Olá Gentemmm, penso em fazer reserva no restaurante giratório muito mais pra conhecer o ambiente do que pra realmente matar a fome pois o único horario que consegui no meu roteiro foi por volta das 16 a 18h. Vi no site deles que esta hora é "hora de té", aí veio a dúvida... Alguém sabe o que é servido neste horário e o que posso pedir que não seja tão caro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tati! O menu é fixo: um sanduíche, acompanhado por chá ou café, uma taça de espumante e sobremesa. Comunique-se com o hotel para saber o preço atualizado.

Tati
TatiPermalinkResponder

Valeu Bóia, vc é mais que 10! Só tenho outra dúvida, desta vez com relaçãoa visita ao parque metropolitano, pensei em entrar pela pedro de valdivia, visitar o parque das esculturas, jardim japones, mirador, virgem e descer de funicular. A subida por esse roteiro é muito íngreme, mais ou menos quanto de distancia até o cerro? Obrigada, obrigada mesmo... Eu não sei o que faria sem vcs!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tati! Perguntei ao Ricardo Freire, ele não fez esse caminho, então não pode dizer. Tente dar uma checada no Google Maps para ver a distância. Que será íngreme, não há dúvida.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

A subida é muito difícil e longa porque ela circunda diversas vezes o cerro....muita gente, mais preparada, sobe a pé e de bicicleta. Melhor subir de taxi coletivo e descer a pé se quiser curtir o visual...a entrada do Cerro deve ficar a uns 40 minutos a pé do parque das esculturas. Abs

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Oi Ricardo! Otimas dicas de Santiago...estamos aqui e aproveito para deixar uma indicacao: ao lado do Liguria em Providencia, há um otimo restaurante de carnes, o La Biferia, bons precos e boa comida. fomos no astrid y garzon, otimo servico e excelentes pratos, o meu atum estava medio, mas o salteado de mar maravilhoso...só bem caro (espere gastar 350 a 400 reais, com entrada, prato principal e vinho para dois). Abs

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Ah, o funicular do cerro san cristobal esta fechado...a dica e pegar (em frente) um taxi coletivo que cobra mil pesos por pessoa mas te leva ate o topo...o parque das esculturas reabre amanha, dia 15/1. Abs aos viajantes!

Lana
LanaPermalinkResponder

Fazendo uma correção no nome do hotel . Nao e rival pacifica .ocorreto e Regal pacifico. Obrigada

mel
melPermalinkResponder

Olá,vou a Santiago dia 07/02 com uma criança de 3 anos,me disseram para pegar o funicular,e descer no meio do caminho que tem um zoológico legal.Isso procede?Voce já foi ou ouviu falar?

Obrigada Mel

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mel! Leia sobre o zoológico no Chile para crianças:

http://chileparacriancas.blogspot.com.br/2011/10/santiago-zoologico-com-vista-incrivel.html

Juliana Tkatch

Estive hoje no Baco, mas o serviço deixou a desejar. A comida e boa, mas demorou muito e veio para a mesa fria! Não recomendo... Daqui a alguns dias coloco as fotos no meu blog www.viajandocomsabor.blogspot.com

Natalia
NataliaPermalinkResponder

Pessoal, boa tarde!

Por favor, vocês teriam uma noção de valor pra me passar dos restaurantes Osaka, Noso e Whiskey Blue?

Uma média de quanto sairia um jantar....

Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natalia! Dê uma googlada que você encontra. Às vezes os restaurantes têm os preços nos sites oficiais. No blog Sweetest Person, a Paula comentou o valor da conta:
http://sweetestpersonblog.com/2011/09/15/santiago-do-chile-noso-no-w-hotel/

Leia também: http://www.viajenaviagem.com/2011/03/quanto-vou-gastar-em-alimentacao/

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Olá, vou passa no mês de março 2 dias em Santiago e gostaria de saber nesse curto período o que seria legal para fazer. Gosto de fazer compras,de visitar lugares bonitos e gostaria de indicações para almoço e jantar com preços justos mais bons. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! 2 dias é tão pouquinho! Veja dicas aqui: http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Juliana Tkatch

Acabo de voltar de Santiago e fomos conhecer novos restaurantes, Baco, Tanino... E voltamos a alguns clásicos:Como água para chocolate, Donde Agusto! Mais detalhes vejam as descrições e fotos no meu blog http://www.viajandocomsabor.blogspot.com.br/search/label/chile

Rodrigo Araujo

Bom dia. Vou somente pernoitar em SCL, pois estaremos em conexão.
Seremos 4 adultos e duas crianças (3 e 6 anos). Pretendemos ficar em um Ibis, Estacion Central ou Providencia. Qual o indicado com restaurantes mais próximos?
Pois só teremos tempo de sair pra jantar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rodrigo! O Ibis Providencia!O Estación Central fica distante de tudo.

Erika Barreto
Erika BarretoPermalinkResponder

Oi, queria saber se existe algum restaurante em santiago(chile) que tenha playground ou que seja divertido para crianças. obg

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Erika! Não conhecemos... mas dê uma olhadinha no Chile para crianças, que de repente você acha:

http://chileparacriancas.blogspot.com.br/2013/02/nosso-mini-guia-de-restaurantes-santiago.html

Luciana pires
Luciana piresPermalinkResponder

Olá, irei em maio (04 a 12), sabem dizer se faz muito frio nessa época? Que temperatura chega?
Obrigada!!

Adoro as dicas daqui, sempre leio!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Clique em "Temperatura e chuvas mês a mês" nesta página:

http://www.viajenaviagem.com/americas/santiago-ricardo-freire/santiago-links-e-posts

Leia também:
http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Claudio Andrino

Dia 17 de abril saio da minha cidade com destino a Santiago, e penso em dar uma passeada pelas famosas cidades litorâneas. Minha dúvida é sobre a possibilidade de fazer esse passei em um único dia, visitando a vinícola casas del bosque pela manhã e conhecendo vinha e valparaíso à tarde, é possível? Aceitos sugestões dos visitantes do site. Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Claudio! Melhor separar os passeios, para não fazer nada com pressa. Veja todas as dicas aqui: http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Maria
MariaPermalinkResponder

olá, iremos em agosto (13 a 18) gostaria de saber se criança de 6 anos paga igual a um adulto nos passeios de vans e entradas nos parques, vinícolas e Cordilheira dos Andes...

OBRIGADA

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! Neste post você encontra contatos das agências de turismo receptivo:

http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

Maria do Carmo Ducco

Onde comer uma ótima centolla gigante sem ser nos circuitos mais turísticos, logo com preços proibitivos.

Agradeceria a resposta. Vou a Sntiago no começo d junho 2013.

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria do Carmo! Trata-se de uma iguaria cara, infelizmente. Fora do circuito turístico, você vai encontrar em restaurantes como o Puerto Fuy (mas não será barato).

Clarissa Tanaka

Oie! Gostaria de saber o valor em media estes restaurantes, aqui esta coco, como agua para chocolate, astrid y gaston, gostaria de uma ideia de preço para saber quanto irei usar nestes restaurantes.Estarei indo com meu esposo dia 06/06/13.
Parabpens pelo site, tirei inumeras ideias do roteiro por aqui!

Obrigada - Clarissa =0)

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Clarissa! Tente achar os menus online ou comentários em sites como Trip Advisor.

Carol
CarolPermalinkResponder

Bom dia!

Eu e meu marido vamos ficar 1 dia em Santiago, no Hotel TORREMAYOR, que fica no bairro PROVIDENCIA. Queremos aproveitar para conhecer um bom restaurante. Há algum restaurante nesse bairro que vocês indicam? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! Dicas no texto wink

Carol
CarolPermalinkResponder

O que são marcadores verdes, amarelos e vermelhos?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carol! Os restaurantes estão indicados no mapa, no início do post, com alfinetinhos coloridos. Viu? Chamamos os alfinetes de marcadores wink Os marcadores verdes são de restaurantes em Providencia.

Carol
CarolPermalinkResponder

Ah tá, valeu!!!

Cecilia Medeiros

A bóia me dê uma sugestão de lugares para experimentar a centolla wm Santiago??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cecilia! O melhor restaurante de peixes é o Porto Fuy, mas ligue antes para confirmar se há centolla. O Aquí está Coco costuma ter centolla. O Azul Profundo, no barrio Bellavista, tem um chupe (ensopado) de centolla. No Mercado Central você encontrará em vários restaurantes. Não será barato em lugar nenhum.

Fábio
FábioPermalinkResponder

Olá Ricardo, bom dia ! Mais uma vez, parabenizo pelo site. Nota 10. Tenho algumas duvidas sobre restaurantes. Ficarei próximo a estação Bellas Artes e não como frutos do mar. Estou procurando por restaurantes que não sejam longe dali para almoçar ou jantar (principalmente) que sirvam arroz branco com batatas fritas com uma carne (frango ou carne vermelha), hamburguerias (caseiras ou de rede), casas de massas e pizzarias. No entorno englobando este bairro e Providência, existe algo neste sentido ? Se puder me ajudar, agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fábio! Quem responde é A Bóia. A não ser que você vá a restaurantes especializados em frutos do mar, como o Porto Fuy e o Azul Profundo, você sempre encontrará pratos de carne, massas e batatas. Ocasionalmente encontrará também arroz branco.

Eugenio Benito Jr

Suas dicas sobre o Chile são espetaculares. Bem redigidas, claras e utilíssimas. Procurei no texto uma dica sobre onde comer um excelente congrio e não achei. Vi o congrio com espuma, mas queria saber, se possível, onde posso encontrar um congrio bem feito, clássico, desses que um chileno costuma sair da casa para ir comer. Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eugenio! Tente o Azul Profundo, em Bellavista.

Jean Prado
Jean PradoPermalinkResponder

Ahh, Cebicheria La Mar! Quanta saudade de ti!

Vinicius Corrêa

Olá Pessoal, estou em Santiago, frio tolerável, neve razoável até Farellones, possivelmente melhor no Vale Nevado, a Centolla anda cara no Mercado Central (Donde Augusto) 49, 69 ou 89 mil pesos, conforme tamanho P-M-G, alguns colegas relataram que conseguiram valor bem menor "chorando", mas, provavelmente "diminuiriam" o tamanho do bicho...não existe milagre, eu ainda não consegui comer...a cotação atual do peso é aproximadamente R$225,00, (é o que veio ontem na minha fatura do BB)na casa de câmbio em Brasília me cobraram R$185,00. A Julia relatou aqui há bastante tempo e aconteceu comigo, na hora da "propina" o cara veio com uma conversa de 10.000 mil pesos de gorjeta, que dava mais de 20% da conta de 48 mil pesos, quase paguei...e não me apresentou a conta detalhada isso só aconteceu em botecos...achei má fé, acabei pagando, constrangido 55 mil pesos, ou seja, pouco mais dos 10% que seria o correto...barato por aqui, só achei os Vinhos e o táxi tem compensado...abraços Vinicius

Jorge Valle
Jorge VallePermalinkResponder

Estou indo agora em Agosto com a esposa e desejamos comer uma Centolla decente a preço justo. Já li muito na respeito e não consigo achar o melhor local! Qual seria? Já li que no Mercado é muito caro, os garçons são "malas" e tem malandragem engana-turista. Onde vcs recomendam?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jorge! Tente o Azul Profundo, em Bellavista. Tenha em mente, porém, que centolla é caro por definição. Prato barato que levar centolla levará pouca centolla.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar