Belém: city-tour no tucupi (crônica antiga no Guia do Estadão)

Mercado Ver-o-Peso, Belém  do Pará

Você sabe que se tornou dependente químico de internet quando chega a uma cidade que nunca visitou e cogita não sair do quarto só porque a conexão wireless do hotel é espetacular e você quer tirar o atraso de dois dias offline.

Aconteceu comigo outro dia em Belém, durante uma escala não-programada. No fundo, talvez eu quisesse ficar no hotel para não estragar minhas expectativas: Belém ocupava o topo da minha lista de lacunas imperdoáveis, e eu sabia que uma tarde seria muito pouco para dar conta da cidade.

Forte do Presépio, Belém

A mesma internet que me prendia ao computador, contudo, acabou por me levar à rua. “Já chegaste?”, perguntou o Lafayette, leitor das antigas do meu blog, e a quem eu ainda não conhecia pessoalmente. “Daqui a cinco minutos passo aí pra te apanhar”.

Mercado Ver-o-Peso, Belém do Pará

Como todo mercado que se preza, às duas da tarde a parte de peixes do Ver-o-Peso não estava mais funcionando. Mas ainda havia alguns feirantes e quase todas as barraquinhas de perfumes e poções amazônicas. Estavam lá a andiroba, a priprioca e todo um mundo de substâncias que ainda não passaram no vestibular para produtos da Natura.

Belém: açaí à moda paraense

“Já almoçaste?” Passando pela ala das botequinhos de açaí, aquilo não era uma pergunta: era um desafio. Sim, um açaizinho não ia mal. “Mas aqui não tem essa de granola nem banana, viste?”. E mandei ver à moda local: com um pouco de açúcar, farinha grossa de mandioca e… peixe frito. Quem precisa de Tailândia quando o Pará está logo ali?

Catedral de BelémBelémBelém

Mesmo precisando voltar ao hotel para trabalhar, o Lafa não deu o city-tour por completo antes de me mostrar todos os espaços públicos que foram restaurados e transformados de forma espetacular nos últimos anos. Todo mundo já ouviu falar da Estação das Docas, o Puerto Madero belenense, mas há muitos outros exemplos – de um hangar que virou centro de convenções a uma penitenciária que se tornou pólo joalheiro.

Belém: Estação das Docas

Quase todos os projetos têm o dedo de Paulo Chaves, um arquiteto que é assim um Jaime Lerner paraense, e realizou as obras com um padrão de qualidade que dificilmente se vê em espaços públicos brasileiros.

À noite, traçando um pato ao tucupi (de novo: olha só, Tailândia!) com o Lafa mais a sua doce Aluísia, eu fiquei pensando como seria fantástico ter um Paulo Chaves para transformar alguns espaços de São Paulo.

Senhores candidatos: alguém se habilita a importar o homem?

Originalmente publicado em outubro de 2008. Trazida de volta a pedido do Fabio H.

Belém do Pará

Leia dicas de Belém:

Dicas de Belém do Wesley

Dicas de Belém da Eliane Rego

Dicas de Belém da Luca

Dicas de Belém da Silvia

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire


22 comentários para “Belém: city-tour no tucupi (crônica antiga no Guia do Estadão)”

  1. Coincidência banal, mas que (acho) vale a menção. Estou lendo o livro Fordlândia — Ascensão e Queda da Cidade Esquecida de Henry Ford na Selva e hoje de manhã, no trem da CPTM, eu estava justamente na parte em que dois enviados de Ford chegaram a Belém e passaram pelo Ver-o-Peso, tudo isso nos anos 1920.

  2. Eu adore Belém… e Salinópolis.
    O “porém” fica por conta do saneamento básico (quase inexistente), as ruas são muito sujas, os esgotos correndo pelos cantos. Pra onde vai o dinheiro público??? E o PAC???
    Tanto encanto, uma cidade carente de cuidados.

  3. Belem é uma cidade muito bonita. pena que não podemos caminhar tranquilamente pelo centro histórico já que a probabilidade de ser assaltado é grande. Mas . . .

    Veja no meu blog alguns posts relacionados:

    http://aviagemoficial.wordpress.com/2009/09/02/estacao-das-docas-%E2%80%93-belem-%E2%80%93-pa-2/

    http://aviagemoficial.wordpress.com/2009/08/28/estacao-das-docas-belem-pa-2/

    http://aviagemoficial.wordpress.com/2009/08/28/estacao-das-docas-belem-pa/

  4. Passei por Belém em Ago/2010 e fiquei encantado com td isso q vc mencionou, moro no Nordeste, mas tenho raízes fortes lá, ouço falar desde criança nos costumes paraenses, e conferi e aproveitei td de perto. Realmente, é um encanto! Vale a pena… Saudades…

  5. Olha Riq, tenho que confessar, vc é incrível!
    Lembra que te disse (pelo twitter)que estou inventando um blog de causos? pois este Fabio H, meu amigo de longa data, é o meu cúmplice na maluquice. ;-) ele é reservadíssimo, se eu não aparecer mais no comentário é porque ele me trucidou neste meio tempo.Brincadeirinha!!!!! Belem vai ser a priemira viagem on the road do blog!
    Mas estou mega feliz mesmo por tudo está conspirando para a nossa diversão.
    Como te disse antes, vc é um dos culpados desse desejo incontrolável de contar coisas. Se alguém vai ler? Eu vou ler as do Fabio e ele as minhas! rsrsrs
    valeu mais um vez

    1. Hahaha… esta é a minha amiga Juliana. Com certeza continuará a aparecer nos comentários, fique tranquila.
      Está sendo divertidíssimo montar o blog. Ainda está bem no começo, mas quem quiser conhecer:
      http://portodososlados.wordpress.com/

      1. :-)

  6. Riq, muito obrigado pelas dicas!! :)
    Quando digo para alguns amigos que estou indo para Belém no carnaval, a reação é uma cara de espanto seguida pela pergunta: “fazer o que lá?!”. rs… As pessoas em geral conhecem muito pouco a região.
    Tenho certeza que a viagem será ótima!
    Depois volto para contar como foi.

  7. Tem este post com dicas de Belém no meu blog: http://naestrada.wordpress.com/2010/08/12/belem-do-para

  8. [...] de viajar pedi uma ajuda para o Riq Freire, que publicou no Viaje na Viagem um post especial sobre Belém. Obrigado ao Riq e todos os trips que deram suas valiosas [...]

  9. Olá. Vou para Belém entre os dias 18 e 21 de agosto e gostaria de uma dica de bom hotel (que não seja tão caro) e qual o melhor bairro pra hospedagem! Gostei muito das fotos de um chamado Portas da Amazônia. Muito charmoso e com preço ótimo, mas fica localizado na Cidade Velha. Me disseram que não é muito bom ficar por lá. Isso procede? Abraços!

    1. Olá, Joice! Deve ser uma novidade, não está nem no Guia 4 Rodas. É do mesmo grupo de uma pousada charmosa do centro histórico de São Luís. A localização é excelente. Jogamos a sua pergunta no Perguntódromo.

    2. Olá Joice, moro em Belém e posso te dizer que eu nunca tinha ouvido falar desse hotel. Busquei no Google e ele parece realmente ser bem simpático. Quanto à localização, de fato a Cidade Velha não seria um bom lugar para se hospedar. Mas o hotel fica numa praça que tem bastante movimento (e isso pode se tornar um problema dependendo do seu gosto). Ao redor da praça tem a Catedral Metropolitana, o Museu de Arte Sacra, o Forte do Presépio, um píer onde fazem muitos eventos (shows) gratuitos e a Casa das Onze Janelas, onde funciona uma das melhores baladas/bares/restaurantes da cidade (o Boteco das Onze). Como são todos pontos turísticos, tem uma relativa vigilância, e você faz tudo a pé. Então, dependendo do valor da hospedagem (e se o hotel for realmente bom), eu ficaria lá sim. Uma opção em conta é o Soft Inn Hotel – estilo Ibis, que fica em Batista Campos. Mais caros, mas com promoções no fds (talvez não na Internet, só ligando), os Tulip Inn Batista Campos e Nazaré. Uma opção mais ecológica seria a Ecopousada Miriti. Essa fica numa rua abandonada. Mas uma dica. Em Belém, sem trânsito, nada é longe. Então você pode se deslocar à vontade de táxi sem gastar tanto.

      1. gostei dessa ecopousada Miriti, mas vi que vc falou q fica numa rua “abandonada”?? significa que é uma rua perigosa? sinceramente, estou tendo dificuldade em achar uma pousada bacana em Belem. alguma sugestão? obrigada

  10. Joice
    Eu não ficaria no centro hitorico . Minha filha foi assaltada lá, mas tipo bate carteira sem violencia, ela nem percebeu . Eles chamam lá esses assaltantes de descuidistas …. fique cuidista então !!
    Das 3 vezes que fui a Belem fiquei hospedada no Hilton enfrente ao Teatro que fica na Praça da Republica. Vc consegue boas tarifas no site edreams por exemplo, que embora seja espanhol tem todos os hoteis possiveis e imaginaveis. Tambem no site clickhoteis onde vc até ganha milhas smiles, há parcelamento em 3 vezes para reservas nacionais. Acho que vale a pena pelo bom ar condicionado necessario, segurança , localização e acomodações . Não é um Hilton chic e sofisticado como pode parecer pelo nome da rede, e´um Hilton bem mais simples e vc pode fazer tudo a pe´, ir as Docas, mercado ver o peso e tomar taxi na porta do hotel com segurança para outros passeios . Acho que vale a pena a pesquisa de tarifa para avaliar o custo beneficio. O resturante do hotel tambem é bom e não é caro. Serve sempre comidas regionais .A tripulação das cias aereas pelo que observei fica hospedada lá . Embora não seja uma opção ecologica , amazonica e tal , é bem segura e garantida. As vezes vale a pena um custo um pouco mais alto do que imaginavamos inicialmente gastar ….avalie . Dividindo as despesas tambem ajuda.

  11. Oi Joice, sou de Belém é posso te garantir que a localização do hotel é otima, pois o centro historico de Belém é grande, e realmente tem uma parte mais afastada que não é movimentada onde tem assaltos, mas não é o caso da localizaçao do hotel, eu ficaria lá com certeza, o hotel é novo e como tem esse complexo turistico em volta tem bastante policiamento.
    Na mesma rua estreita vc vai encontrar “A Portinha” onde vende muitos Quitutes…Hum…
    Hiii…Agora que vi Hj ja é dia 20 e vc ja deve está em Belem…Rsss
    Depois conte para a gente onde você se hospedou, ok?

    Rick adorei o post…principalmente você enfatizando a fala do Lafayete…Chegaste? Viste? Vou te apanhar!! Rssss

    “Quem vai a Pará, Parou… Tomou açai Ficou!!!

  12. gostei dessa ecopousada Miriti, mas, sinceramente, estou tendo dificuldade em achar uma pousada bacana em Belem. alguma sugestão? obrigada

    1. Olá, Dodó! Belém é uma metrópole, não é uma cidade que tenha muitas pousadas. Tente a Pousada Portas da Amazônia.

  13. Boa tarde,

    Tem algum post – procurei e não achei – sobre hotéis de Belém recomendados pelos leitores? Obrigada,
    Anna Francisca

    1. Anna Francisca, estive em Belém no início de julho de 2012 por uma semana. Fiquei hospedada no Radisson Hotel, Av. Comandante Bras de Aguiar, 321, Nazare, Belém. Foi uma excelente escolha. A localização é ótima e o hotel muito bom. O bairro é residencial e de fácil acesso a muitas atrações turísticas a pé. Veja opiniões recentes no Tripadvisor.

    2. Olá, Anna! Ainda não temos este post.

      O Ricardo Freire me soprou o seguinte, numa pergunta em outro post: o Radisson, mais central, e o Golden Tulip , mais perto do foco de vida noturna do Umbuzeiro, são os melhores hotéis da cidade.

      Para economizar, escolha entre o Tulip Inn Nazaré, o Tulip Inn Batista Campos e o Soft Inn (um intermediário entre o Ibis e Ibis Budget).

      O Hilton está envelhecido. O Comandante não visitou o Crowne Plaza.

  14. Maria das Graças e Bóia,

    Obrigada. Vou dar uma olhada no preço do Radisson.

ATENÇÃO:
Antes de perguntar, veja se a dúvida já não está respondida no texto. Perguntas redundantes e comentários em maiúsculas serão apagados. Obrigado!