Neve no Chile: uma Bóia em Valle Nevado

Valle Nevado

Texto e fotos | A Bóia Paulista

E eu já tinha dado por encerrada a minha temporada de neve desse ano, guardado o casaco no armário e colocado as Havaianas nos pés, quando o Ricardo Freire me pediu para conferir as novidades de Valle Nevado. Ao chegar lá encontrei uma estação funcionando a todo vapor.

Valle Nevado

Valle Nevado segue o mesmo esquemão de resort de neve que Portillo, mas se em Portillo você encontra a Laguna del Inca e um ambiente mais sossegado, em Valle Nevado você vai encontrar eventos de marketing de grandes empresas divulgando seus produtos para os chilenos e o agito dos brasileiros que invadem em busca de aulas de esqui e bonecos de neve.

Valle Nevado

Localização

Valle Nevado fica a pouco mais de uma hora de Santiago, mas nos fins de semana durante o inverno, esse trajeto pode demorar mais, por conta do fluxo de veículos que sobem até a estação. Muita gente aproveita a proximidade da estação para passar o dia.

Valle Nevado

Não é à toa que a estrada até Valle Nevado é conhecida como a estrada das 60 curvas. São 40 curvas até a entrada de Farellones e El Colorado e mais 20 até Valle Nevado. Essa estrada exige o máximo de atenção do motorista por conta dessas curvas, das condições do asfalto e da possibilidade de encontrá-la coberta com uma fina camada de gelo. Por isso não se recomenda a forasteiros que cheguem de carro alugado, e sim que usem os serviços de trâsnfer. Às vezes fico me perguntando se esse tipo de estrada não é patrocinada pelo laboratório que fabrica o Dramin o.0

Valle Nevado

Infra-estrutura

Hoje o complexo possui três hotéis: o Três Puntas, mais simples de todos; o Puerta del Sol, intermediário, e o hotel Valle Nevado que é considerado o melhor dos três. Valle Nevado também conta com alguns apartamentos que podem ser alugados durante a temporada de frio.

Valle Nevado

Em 2011, foi inaugurado um estacionamento na curva 17 que ajudou a desafogar o trânsito na chegada dos hotéis. Para a temporada de 2012 eles pretendem inaugurar um teleférico fechado que vai sair desse estacionamento e seguir até o restaurante Bajo Zero, que fica no meio da montanha.

Valle Nevado

O projeto de expansão da região não pára por aí. Até 2020, Valle Nevado quer se transformar num povoado de montanha e, para isso, a cada novo ano os empreendedores inauguram um prédio de apartamentos. Eles também pretendem construir um pequeno mall e melhorar a infra-estrutura do local para atrair cada vez mais turistas.

Gastronomia e Entretenimento

O hotel Valle Nevado, onde fiquei hospedada, possui dois restaurantes — um francês e outro italiano — e um lounge bar onde o pessoal se encontra para o happy hour.

Valle Nevado

Os outros hotéis também possuem restaurantes próprios e, próximo das pistas, há um restaurante estilo fast-food, para quem não quer perder nem um minutinho da programação de esqui.

Para os baladeiros de plantão, o hotel Três Puntas tem uma balada que agita a madrugada da galera que tem pique para esquiar durante o dia todo e ainda quer balançar o esqueleto a noite.

(Nota da Bóia: não acredito que coloquei “tem pique” e “balançar o esqueleto” na mesma frase.)

As atividades extras programadas pela equipe de entretenimento do hotel são divulgadas diariamente nos elevadores e na recepção do hotel. Essa programação sempre conta com atividades para os pequenos, sessões de cinema, aula de ioga, bingo, jogos e aulas especiais na academia do hotel.

Valle Nevado

Reservas

Na alta temporada é possível apenas reservar o pacote de sete dias com direito a meia-pensão. No final da temporada você pode conseguir reservar um número menor de diárias. Fique atento às promoções de Valle Nevado, pois às vezes são oferecidos descontos para clientes de determinados bancos no aluguel dos equipamentos se a reserva for feita com antecedência.

Valle Nevado

Valle NevadoValle NevadoValle Nevado

Caso você opte pelo hotel Valle Nevado, evite ficar no primeiro andar, pois a calefação não é tão forte quanto nos outros andares.

Esportes na Neve

A 3 mil metros de altitude, Valle Nevado conta com 39 pistas de esqui e snowboard num total de 40 km de extensão, mas apenas 10% dessa area são para os iniciantes. Quatorze teleféricos possibilitam o acesso para todas as pistas do complexo e o preço médio dos tickets é de 35 mil pesos chilenos (70 dólares). Mas se você é como esta Bóia, praticamente integrante da seleção brasileira de esqui, pode cruzar Valle Nevado e ir até El Colorado esquiando e depois voltar de teleférico, se o seu ticket assim permitir (é preciso comprar o ticket especial La Parva por 58 mil pesos na alta temporada).

Valle Nevado

Para os mais radicais, Valle Nevado também oferece a oportunidade de se praticar heliski: um helicóptero leva você até os pontos mais altos e explorar trechos das cordilheiras ainda intocados. Para a galera do snowboard, a estação também tem uma área chamada Snowpark, aquela região onde o pessoal sem juízo realiza manobras malucas, cujos tombos sempre rendem vídeos no Youtube.

Valle Nevado

Cheguei em Valle Nevado acreditando que já estava pronta para as Olimpíadas de Inverno. Ao final da aula parecia que meu plano estava caminhando para o sucesso, até o momento em que precisei subir num teleférico com meus esquis para retornar ao hotel.

Agora acompanhem comigo a cena: uma bóia, um teleférico e um par de esquis.

Opção 1: a Bóia saiu lindamente dando um duplo twist carpado.

Opção 2: a Bóia, apesar de ser uma bóia, conseguiu sair discretamente do teleférico e seguiu esquiando como uma pluma.

Opção 3: a Bóia se cayó e se enrolou em seus seus esquis, seu volume, sua câmera e fez até o teleférico parar numa cena bem a lá Diário de Bridget Jones.

[Nota do Comandante: aposto na Opção 3.]

O hotel respira esportes de inverno, e embora outras atividades também sejam oferecidas, o objetivo da região é realmente oferecer uma boa infra-estrutura para prática de esqui e snowboard. Quem sabe daqui alguns anos eu não consiga descer a pista dos iniciantes sem atropelar ninguém?

Valle NevadoValle NevadoValle Nevado

Querendo dar um tempo do esqui ou do snowboard com uma atividade menos exigente na neve, você pode optar por um passeio de raquetes — um tipo de esqui que lembra uma raquete de plástico que é fixado a uma bota bem grande e que facilita a caminhada pela neve. (Esse passeio custa 28 mil pesos, ou 55 dólares; é o da foto da direita, acima.)

Aluguel de equipamentos e roupas Especiais

O aluguel de equipamentos em Valle Nevado custa em média, 27 mil pesos (55 dólares) por todo o conjunto: botas, bastões, esqui ou prancha de snowboard. Você também pode alugar as roupas adequadas quando chegar na estação, mas se não quiser correr o risco de chegar e não encontrar nada do seu tamanho, traga tudo de Santiago.

Valle Nevado

Visitantes por um dia

Se você pretende apenas passar o dia esquiando, sem se hospedar, evite ir aos finais de semana, quando a estação fica bem concorrida. Durante a semana as pistas ficam mais tranqüilas e os funcionários podem ser mais atenciosos. Ao chegar lá você pode comprar os tickets para os teleféricos, alugar os equipamentos e contratar uma aula particular ou em grupo, caso ache necessário.

Algumas empresas que oferecem esse tipo de trânsfer até Valle Nevado são (clique para ir ao site):

Ski Total

Ski Van

Ski Ahorro

Kl Adventure

(Existem outras, mas essas são as cadastradas na prefeitura e recomendadas pelo escritório de informações da Sernatur, o órgão de turismo do Chile.)

Valle Nevado no Verão

No verão os hotéis de Valle Nevado tiram férias, mas ainda assim é possível aproveitar algumas atrações da região como: trekking, passeios a cavalo, rapel e observação de condor. Não deixe de entrar em contato e fazer sua reserva antes de chegar a Valle Nevado para confirmar o que está sendo oferecido.

Valle Nevado

Leia Também:

Página-guia de Santiago no Viaje na Viagem por Ricardo Freire

Santiago com neve: um dia entre Valle Nevado e Farellones por Ricardo Freire

Valle Nevado com criança, parte 1: Santiago por Ricardo Freire

Valle Nevado com criança, parte 2: à neve por Ricardo Freire

Valle Nevado com criança, parte 2: à neve por Ricardo Freire

Neve em Santiago: dicas para principiantes por Ricardo Freire

Das neves (no Divirta-se) por Ricardo Freire

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email
Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem


100 comentários para “Neve no Chile: uma Bóia em Valle Nevado”

  1. A dica de que não vale a pena querer conhecer todas estações de esqui em um único passeio é valiosíssima. Fica muito corrido e extremamente cansativo. Acaba-se aproveitando pouco de cada lugar. Se quer apenas brincar, não sabe esquiar e deseja apenas conhecer neve, Farellones é o mais indicado. Estive no Chile final de Junho na Skitotal não havia os passeios para estações individuais pois a temporada ainda não estava aberta oficialmente e as áreas de esqui e diversões permanecem fechadas. Acabamos fazendo um passeio que vai a quatro estações de esqui, mas do meio pro final vc já está de saco cheio e cansado. Deve-se alugar roupas impermeáveis na loja (pelo menos uma bota, luva e calça). Alugue jaqueta só se for deitar na neve. Vale a pena passar no Shopping Costanera (recém inaugurado) antes de subir e comprar um casaco corta vento impermeável (serve pra usar no BR pois não esquenta tanto). Achei um Oakley com preço excelente. Pelo amor de Deus, não subam sem touca de lã grossa ou um esquentador de orelhas. Quase morri quando cheguei no Valle e, por falta de experiência, não levei touca. Fiquei quatro dias sem sentir minha orelha). Aos que enjoam fácil em ônibus, anti-emético pra subir e outro pra descer (é muita curva – umas 60). Se estiver chovendo no início da subida, quando começar a ver neve pela janela, peça imediatamente ao motorista para colocar as correntes nas rodas. Se ele não quiser insista. Eles evitam ao máximo ter este trabalho e tentam subir sem elas pois acham um saco colocá-las, mas é muito perigoso. Nossa Van perdeu o atrito com o chão e escorregou na pista uns 5 metros para trás faltando quatro curvas para chegar em Valle. Isso parece ser bastante comum, mas as pessoas ficaram um tanto quanto apavoradas, pois era abismo pra todo lado. Após instalar as benditas correntes não derrapou mais. Tirando esse “medinho”, o passeio no geral é muito bom.

  2. Boa tarde!
    Estou indo para Santiago no dia 07-10. Vi que as estações de esqui estarão abertas até dia 09-10. Queria saber se isso significa que poderei esquiar ou se há chance de não ter neve suficiente.
    Outra coisa, não quero esquiar o dia inteiro. Gostaria de conhecer Vale Nevado e curtir em Farellones.
    O que é melhor:
    1- Visitar esse 2 lugares em um único dia?
    2- Conhecer Vale Nevado em um dia, dormir em Farellone e conhecer Farellone no dia seguinte?
    Obrigada!

  3. OLá Ricardo,

    Sempre que viajo leio seu Blog, mas nunca tinha parado para ler todos os post comofiz agora no caso do passeio no Chile em Valle Nevado. Sinceramente, epero que não apague, achei você muito grosso em várias respostas. ” A lei chilena permite que viaje sem precisar ir nas montanhas??”.

    Abraços,

    Jamille Souza

  4. Entao, estarei hospedado em Farellones nos dias 30 e 31 de julho próximos. Fiquei sabendo que ta muito fraco de neve, mas em el colorado, la parva e valle nevado da p esquiar numa boa. Será que vai dar mesmo? E que ficamos um pouco tristes por aqui com a noticia de pouca neve. ah! As suas dicas sao muito legais. Marcio

  5. Irei para Santiago no próximo dia 6 com retorno no dia 11. Teremos um dia para a neve. Estou em dúvida sobre Valle Nevado e Farellones em função dos relatos de pouca neve em Farellones e de ser cansativo visitar os dois locais no mesmo dia. Não sei esquiar; pretendo conhecer e “brincar” na neve.

  6. A agente de turismo de minha cidade insiste em que já compremos todos os passeios por aqui, antes da viagem. Diz que ao chegarmos em Santiago já estarão lotados! Será? Como estou em dúvida sobre qual estação de esqui visitar, gostaria de definir ao chegar mas temo não conseguir lugar.

    1. Olá, Jovana! A sua agente quer receber comissão de todos esses passeios. Todos os passeios podem ser comprados de véspera, decidindo de acordo com a previsão da meteorologia. Evite subir à montanha no fim de semana.

      Por favor leia este post:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/02/roteiro-santiago/

  7. Ola Bóia! Viajo para Santiago dia 31/07 e gostaria de saber se já tem neve suficiente para se divertir em Farellones, pois meus filhos são adolescentes e querem esquiar e brincar na neve. Gostaria de saber também , qual a melhor estacão para eles curtirem. Desde já obrigado pelas dicas.

    1. Olá, Cristina! Pode-se esquiar em El Colorado e em Valle Nevado. Farellones parece que ainda não conseguiu abrir.

      Acompanhe notícias de Farellones no Facebook e no Twitter:
      http://www.facebook.com/ElColorado
      http://www.twitter.com/elcoloradofare

      Leia depoimentos recentes sobre El Colorado e Valle Nevado:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/07/valle-nevado-com-crianca/
      http://www.viajenaviagem.com/2012/07/farellones-e-valle-nevado-dicas-para-principiantes/

    2. Oi, Claudia. Eu deixei umas dicas nos links abaixo (VN para principiantes), assim posso tentar ajudar vc e a Claudia. Ta meio grande mas acho que ajuda. Boa viagem.

  8. Ola.estive em Farellones ontem,28 de julho.la esta parecendo o sertão nordestino,sem exagero.nao há nada de neve,feio demais.deprimente a comida do único hotel q esta aberto.fuja de lá.el colorado e vale nevado tem gelo,nada de “neve focinha”para crianças.tb detestei o pessoal da estação.ao contrario de todos os chilenos,sempre amáveis,eles são chatos e cheios de “nao pode isso, nao pode aquilo….”