Onde ficar em Las Vegas: os hotéis da Strip

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

strip-visao-geral-las-vegas-skyline

Atualização | Heloisa Dall'Antonia

Fotos | Natalie Soares e Divulgação

Escolher onde ficar em Las Vegas não é nenhum quebra-cabeça.

Simplificando bastante, dá para dizer que Las Vegas é uma cidade-de-uma-rua-só -- a mais importante cidade-de-uma-rua-só do planeta. Essa rua, conhecida como Strip, é bastante longa: na zona urbana, do shopping a céu aberto Town Square até a Fremont St., em Downtown Vegas, são quase 13 km. No entanto, quase tudo acontece no trecho de 5 km compreendido entre os complexos Mandalay Bay e Wynn/Encore at Wynn. (Ou, melhor ainda, nos 2,5 km entre o Planet Hollywood e o Wynn/Encore at Wynn.)

Hotéis em outros pontos da Strip (Circus Circus, Stratosphere) são servidos por ônibus. Mas fora da Strip você vai depender de táxi ou carro.

Então, você se pergunta, se as diferenças de localização -- desde que o freguês se atenha ao trecho recomendado -- são irrelevantes, como escolher o hotel?

Pelo melhor custo x benefício, ora! Pesquise que hotel do trecho fervido da Strip oferece o preço mais atraente na época da sua hospedagem, e mande brasa. Las Vegas tem uma rede hoteleira superdimensionada, e se a sua viagem não acontecer entre o Natal e o Réveillon, nem coincidir com feriadões ou convenções, é certo que você vai encontrar superbarbadas.

Tem outra. Um contra-senso peculiar de Las Vegas é que, ainda que todos os grandes hotéis sejam completamente auto-suficientes (você pode jogar, comprar e fazer cada refeição num lugar diferente durante dias e dias sem pôr o pé fora do seu hotel), nada prende você ao hotel em que está hospedado. Você vai poder jogar, tomar café da manhã (que quase nunca vem incluído na diária), fazer compras, assistir a shows, freqüentar buffets e restaurantes de qualquer hotel da cidade. Certifique-se apenas de que os quartos e a piscina do hotel que você escolheu sejam do seu agrado grin

A propósito, visitar outros hotéis -- seja para aproveitar, seja só para xeretar -- é um dos programas mais populares do pedaço. Em Las Vegas os hotéis fazem o papel de monumentos e museus. Pense na Strip como um desfile de carnaval estacionado, em que cada hotel funciona como um carro alegórico -- cada um com seu próprio enredo, mas todos querendo brilhar na avenida.

O que nos traz mais dois critérios para ajudar na decisão: você pode escolher um hotel pela vizinhança (levando em consideração os outros hotéis que você tem mais curiosidade de freqüentar) e também pelo, digamos assim, nível de tematização: você quer um hotel espetaculoso ou discreto?

Aqui vai um resuminho do que esperar dos maiores hotéis da Strip, atualizado em março de 2016.

Mandalay Bay | Delano Las Vegas at Mandala Bay | Four Seasons

Delano-Night-las-vegas

O complexo fica na ponta sul da zona quente da Strip, perto do aeroporto. Apesar do nome exótico (que evoca um lugar que não existe, uma baía na cidade interiorana de Mandalay, na Birmânia) e da profusão de vegetação nos ambientes sociais, o tema aqui claramente é o luxo. Muito -- mas muito -- dourado, de alguma forma suavizado pela convivência com beges, marrons e madeiras.

O prédio principal concentra todas as atividades sociais. O Delano ocupa uma torre separada, mas esteticamente não lembra em nada a matriz de South Beach. O núcleo Four Seasons funciona como a ala mais exclusiva do complexo.

Mandalay_Bay_Shark_Reef_Aquarium_Tunnel-las-vegas

Os destaques do complexo são a Mandalay Bay Beach, uma praia produzida com toneladas de areia à beira de uma mega-piscina de ondas, o Aquário de Tubarões e a filial de Vegas da rede House of Blues, que acaba funcionando como a casa de espetáculos do Mandalay Bay -- todas as três abertas também a não-hóspedes (no caso da MB Beach, apenas para quem faz reservas para as Cabanas, de segunda a quinta). Entre as franquias de restaurantes estão o nova-iorquino Aureole e a trattoria Lupo, de Wolfgang Puck (o Sergio Arno da Califórnia). O show residente do Cirque du Soleil é Michael Jackson ONE. A galeria de lojas (The Shoppes) se localiza na passagem entre o Mandalay Bay e o Luxor. Há uma Nike Golf e uma Swarovski.

smooth-criminal-cirque-du-soleil-las-vegas

No quesito logística, este é o trecho menos conveniente para se hospedar na zona quente da Strip. As calçadas não têm vida (tudo está enclausurado nos hotéis) e o monotrilho (gratuito) que liga o Mandalay Bay ao Luxor e ao Excalibur só funciona até as 22h30. Caso você vá se divertir à noite mais à frente na Strip vai ter que voltar de ônibus ou táxi. Pesquise a menor diária: Mandalay Bay | Delano | Four Seasons.

Luxor

Luxor_Exterior_NightShot-las-vegas

O Luxor faz parte do time dos hotéis-tematizados-com-preços-camaradas. Aspira simplesmente a ser um hotel divertido. Os apartamentos podem ficar na pirâmide ou na torre anexa (onde são mais espaçosos).

Luxor_Titanic_The_Artifact_Exhibit_The_Big_Piece-las-vegas

No Atrium Theater funcionam as exposições Corpos e Artefatos do Titanic. O show residente do Cirque du Soleil é Criss Angel Believe. A discoteca é a LAX. Na gastronomia, só há grifes na praça de alimentação (Starbucks e Nathan's Famous Hot Dogs).

cris-angel-cirque-du-soleil-las-vegas

Um monotrilho gratuito liga o Luxor ao Mandalay Bay e ao Excalibur, mas pára de funcionar às 22h30. Se você for se divertir à noite mais longe na Strip, vai precisar voltar de ônibus ou táxi. Pesquise a menor diária: Luxor.

Excalibur

Excalibur_Exterior-las-vegas

Voltando àquela imagem dos hotéis da Strip como escolas de samba estacionadas na avenida, o Excalibur seria a Porto da Pedra ou Acadêmicos de Santa Cruz, sempre na iminência de cair para o segundo grupo. Seu tema é um tanto infeliz para adultos -- quem curtiria se hospedar num castelo medieval? -- mas funciona com crianças. Os apartamentos são um pouco antigos. Pelo preço, porém, não dá para reclamar.

As atrações do hotel são o jantar-show Torneio de Reis (em que há a encenação de um duelo a cavalo) e um Tributo aos Bee Gees. Para crianças há o parquinho de diversões indoor Fun Dungeon. No departamento gastronomia, a proposta mais original é o Dick's Last Resort, onde os garçons são engraçadinhos e os pratos vêm com babador.

Um monotrilho gratuito liga o Excalibur aos seus vizinhos de calçada -- Mandalay Bay e Luxor -- mas só funciona até às 22h30. Passarelas levam ao New York New York, na quadra seguinte, e ao Tropicana, do outro lado da Strip (de onde você pode atravessar por outra passarela ao MGM Grand e pegar o monotrilho de Vegas). Pesquise a menor diária: Excalibur

Tropicana

tropicana-exterior-las-vegas

Um dos clássicos de Las Vegas, este hotel foi totalmente renovado no início da década, com inspiração em South Beach, mas sem exageros cenográficos. É um oásis na Strip para quem prefere ambientes claros e arejados (o branco predomina!), com presença de luz natural. Compete na faixa intermediária de preço.

A ala de restaurantes é capitaneada pelo charmoso Bacio (cujo ambiente lembra o Carlota de São Paulo). Na programação de entretenimento, o destaque vai para o show de mágica Illusions. A azaração rola no clube de praia Sky e no Tropicana Lounge.

O Tropicana é ligado por uma passarela ao MGM Grand, na quadra seguinte, onde há uma estação do monotrilho de Las Vegas. Uma outra passarela atravessa a Strip ao Excalibur, onde se pode pegar um monotrilho gratuito aos hotéis Luxor e Mandalay Bay (até às 22h30). Pesquise a menor diária: Tropicana.

New York New York

Statue-of-Liberty-green-Tom-Donaghue-new-york-new-york-las-vegas

Entre os hotéis tematizados, este é para mim o mais bem-sucedido. Por fora entrega um skyline de Nova York de história em quadrinhos. Por dentro, oferece no lobby uma cidade cenográfica bastante aceitável -- mais ou menos como um cenário de peça da Broadway, só que com bares, restaurantes e lojas funcionando. A faixa de preço é intermediária.

New-York-New-York_The-Roller-Coaster-Loop-las-vegas

A cereja do cheese-cake é a montanha-russa que funciona de verdade, abraçando o hotel. O show residente do Cirque du Soleil é o Zumanity. Na alimentação não há grifes (a maior é o Nathan's Famous Hot Dogs); mas tudo tem aquele padrão bonitinho de restaurante de shopping. A melhor proposta é a do America, que oferece pratos de todas as regiões dos Estados Unidos.

Zumanity_cirque-du-soleil-las-vegas

O New York New York é ligado por passarelas ao Excalibur, na quadra de baixo (de onde um monotrilho gratuito leva ao Luxor e ao Mandalay Bay, até as 22h30) e ao MGM Grand, na calçada oposta da Strip (onde há uma estação do monotrilho de Vegas). The Park, uma área verde e plena Strip vai ligar o New York New York ao Monte Carlo e ao T-Mobile Arena. Pesquise a menor diária: New York New York.

MGM Grand

MGM-Grand-Exterior-las-vegas

Durante anos foi o maior hotel do mundo, e ainda hoje é o mais emblemático dos hotéis de Vegas. É enoooorme e um tanto confuso -- mas seus fãs consideram isso uma qualidade; acham que se perder por ali é divertido. É o hotel-âncora da rede MGM Resorts (que engloba os hotéis Bellagio, Mandalay Bay, Aria, Vdara, Delano, Mirage, New York New York, Luxor, Excalibur, Monte Carlo e Circus Circus). Dos hotéis com atrações top e restaurantes estrelados, é provavelmente o que ofereça as melhores tarifas.

O MGM é o hotel em que David Copperfield se apresenta em várias temporadas ao longo do ano; já a Grand Garden Arena é palco de shows e lutas. O Cirque du Soleil está presente com . O clube Hakkasan tem Tiësto como um dos DJs residentes. O portfólio de restaurantes também impressiona. O überchef francês Joël Robuchon mantém franquias do seu 3 estrelas Joël Robuchon Restaurant e também do prêt-à-porter L'Atelier de Joël Robuchon. Wolfgang Puck assina um restaurante de cozinha californiana, o Wolfgang Puck Bar & Grill. Tom Colicchio, do reality show Top Chef, tem uma casa especializada em carnes, a Craftsteak.

KA_cirque-du-soleil-las-vegas_

O MGM Grand é servido por uma estação do monotrilho de Vegas. Há também passarelas para passar para o Tropicana, na quadra de baixo da Strip, e para o New York New York, em frente. Uma outra passarela atravessa para a quadra de cima na Strip, onde estão os cinemas UA 8 Showcase e o Hard Rock Café. Pesquise a menor diária: MGM Grand, The Signature at MGM Grand.

Monte Carlo

Monte-Carlo_Night-Exterior-las-vegas

Um hotel temático cujo tema é... o jogo! A construção tenta passar a idéia de que poderia estar em Mônaco. Pelo menos na fachada, consegue: por fora o hotel tem um ar elegante. A grife entre os restaurantes é o (caro) francês André's, que é original de Downtown. A praça de alimentação tem McDonald's, Starbucks, Subway e Sbarro's. Na Street of Dreams, a galeria comercial, você encontra a loja oficial da Harley-Davidson em Las Vegas. The Park, uma área verde e plena Strip vai ligar o New York New York ao Monte Carlo e ao T-Mobile Arena.

O Monte Carlo é servido por um monotrilho gratuito que leva ao City Center e ao Bellagio. Pesquise a menor diária: Monte Carlo.

ARIA | Vdara | Cosmopolitan | Mandarin Oriental

ARIA_Exterior_las-vegas

Esses quatro hotéis, junto com o shopping Crystals, compõem um dos complexos da Strip, o City Center. A tematização aqui é zero: as linhas contemporâneas não deixam espaço para nenhuma carnavalização cenográfica. Trata-se de um pedaço de Vegas que poderia muito bem estar em Dubai (onde, diga-se o que quiser, a arquitetura é impecável). É o ponto da Strip que tem mais chance de agradar a perfis mais modernos e/ou sofisticados.

O Aria é o mais convencional da turma: é o mesmo hotelão de Las Vegas, repaginado por fora. O Cirque du Soleil hospeda o Zarkana aqui. Entre os restaurantes há o BarMasa, um japonês afiliado ao chiquérrimo Masa de Nova York, e a Steakhouse do franco-nova-iorquino Jean-Georges Vongerichten. O portfólio de restaurantes "casuais" também é interessante. O clube Jewel é novidade para 2016.

Marquee_cosmopolitan-las-vegas

Ambiente do Marquee, no Cosmopolitan

cosmopolitan-interior-bolhas

O mais moderno do pedaço é o Cosmopolitan: a vibe aqui é definitivamente mais jovem e sensual. O bar Chandelier é um delírio pós-starckiano, totalmente envolto por cortinas de contas de vidro. O clube Marquee é dos mais badalados da cidade. O elenco de restaurantes é criativo, encabeçado pelo grego Estiatorio Milos, o sino-mexicano China Poblano e o bar de tapas Jaleo.

las-vegas-restaurant-twist

Dos quatro, disparado o mais requintado é o Mandarin Oriental, que promete um respiro zen entre uma saída e outra à Strip. O hotel não tem cassino. Seus pontos fortíssimos são o spa, que carrega o know-how internacional da rede, e o Twist, o único restaurante do venerado chef francês Pierre Gagnaire nos Estados Unidos.

Já o Vdara é um meio-termo interessante: todos os apartamentos são suítes, não há cassino e o spa tem destaque. Para entretenimento e gastronomia há os vizinhos.

Crystals-shopping-Exterior-las-vegas

Finalmente, o shopping Crystals é o grifódromo por excelência: Hermès, Balenciaga, Dolce & Gabanna, Versace, Donna Karan, Fendi, Paul Smith, Tom Ford, Miu Miu, Cartier, Vuitton... nem na rua 57 em Nova York essas marcas estão tão perto umas das outras.

Os hotéis do City Center são ligados ao Bellagio e ao Monte Carlo por um monotrilho gratuito. Pesquise a menor diária: Aria | Cosmopolitan | Vdara | Mandarin Oriental.

Planet Hollywood

planet-hollywood-onde-ficar-las-vegas

jennifer-lopez-planet-hollywood-las-vegas

Antigo hotel Aladdin, teve suas feições árabes originais modificadas para encarnar a filial da rede de tema hollywoodiano. Todos os apartamentos do prédio principal têm pelo menos um item salvo do cenário ou do figurino de algum filme famoso. Os preços costumam ser razoáveis. O buffet Spice Market oferece uma das melhores relações qualidade x preço da Strip. No BurGR, os hambúrgueres são assinados por Gordon Ramsay. À noite as artistas residentes são as estrelas pop Britney Spears e Jennifer Lopez.

O hotel tem um shopping próprio, o Miracle Mile Shops, com Guess, Victoria Secrets e Sephora (mas a maioria é de marcas não muito conhecidas).

O Planet Hollywood é vizinho do Paris, onde existe uma estação do monotrilho de Vegas. Pesquise a menor diária: Planet Hollywood.

Bellagio

Bellagio-Exterior-las-vegas

Como eu já tinha dito neste post, para mim o Bellagio está para um hotel superluxo assim como a Torre Eiffel do hotel Paris está para a Torre Eiffel de Paris. Mas se a tarifa estiver boa, a brincadeira vale a pena.

bellagio-vista-lateral-onde-ficar-las-vegas

bellagio-recepcao

As atrações perenes do hotel são as Fontes do Bellagio, de águas dançantes (com sessões gratuitas a cada meia hora à tarde e a cada 15 minutos à noite), o floridíssimo jardim botânico (que vai mudando de tema ao longo do ano) e o espetáculo O do Cirque du Soleil. O plantel de restaurantes inclui uma filial do nova-iorquino Le Cirque (tente uma mesa com vista para a fonte) e o mediterrâneo Olives, de Todd English. O favorito dos visitantes, porém, é a pâtisserie Jean-Philippe, com sua fonte de chocolate.

Conservatory_South_Garden-las-vegas

A área de piscinas é bastante elegante -- e a galeria de lojas ostenta nomes como Fendi, Bottega Veneta e Prada.

bellagio-dentro-cassino

O Bellagio é conectado ao City Center (Aria, Vdara, Cosmopolitan, Mandarin Oriental e shopping Crystals) por um monotrilho gratuito. Na direção oposta, o shopping praticamente conecta o hotel com o Caesar's Palace.

Paris

Paris-fachada-hotel-las-vegas

Graças à sua posição central na Strip, a Torre Eiffel do Paris é um carro aleg..., digo, um símbolo bem mais marcante do que a esfinge do Luxor. Olhando de perto, você reconhece pedacinhos das fachadas de outros monumentos parisienses, como o Louvre e a Ópera -- ei, e um mini Arco do Triunfo! Mesmo que você não esteja hospedado, pode subir na torre e apreciar Las Vegas do alto.

balao-paris-vista-noturna

paris-paris-visao-noturna-las-vegas-onde-ficar

O tema Paris continua dentro do hotel, onde você encontra crêperie, boulangerie, brasseries e cafés. Os restaurantes top são o Gordon Ramsay Steak (sorry, uma interferência londrina) e o Eiffel Tower Restaurant, instalado na torre, com vista para a fonte do Bellagio. A maior atração noturna é o musical Jersey Boys, em cartaz no Paris Theater.

Se você ficou com vontade de se hospedar no Epcot, essa é a sua chance grin

O Paris divide com o Bally's uma parada do monotrilho de Vegas. Atravessando a rua você dá no Bellagio e continua ao Caesars Palace. Pesquise a menor diária: Paris Las Vegas

Bally's | Flamingo - The Linq | Harrah's

vista-noturna-flamingo-onde-ficar-las-vegas

Harrah's, Las Vegas

Esses quatro vizinhos da calçada leste da Strip (direita de quem olha na direção de Downtown) proporcionam a melhor relação custo x localização da cidade. São hotéis mais básicos, que oferecem tudo o que um jogador pode querer (bons cassinos, shows ao gosto americano, comida em conta) -- e que podem muito bem ser aproveitados por quem não vai para jogar, mas quer ficar no ponto mais conveniente da Strip e se divertir nos hotéis em frente (Caesar's Palace, Mirage) ou perto (Bellagio, Venetian, Wynn).

No complexo, o que foi renovado mais recentemente é o The Linq, associado à roda-gigante de observação de Vegas.

linq-piscina-las-vegas

Uma das piscinas do Linq

las-vegas-eye-vista-roda-gigante

O monotrilho de Vegas serve todos os hotéis. O Bally's divide uma parada com o Paris; o Flamingo tem uma parada própria (chamada Flamingo-Caesars Palace), e o The Linq e o Harrah's dividem uma terceira parada. Pesquise a menor diária: Flamingo | The Linq | Bally's | Harrah's.

Caesars Palace

ceasers-palace-fachada

ceasers-palace-recepcao

Estrela maior do grupo que inclui, entre outros, Harrah's, Paris, Planet Hollywood, Bally's, Flamingo, The Linq e Rio, o Caesars Palace acaba funcionando como âncora para boa parte dos hotéis do grupo, situados na calçada oposta da Strip. É um colosso que vem se expandindo desde a inauguração, há 50 anos.

Seus hóspedes mais famosos são Céline Dion, Elton John, Rod Stewart, Mariah Carey e Jerry Seinfeld -- que volta e meia fazem temporadas no Colosseum, o Coliseu estilizado que é o maior teatro de Vegas. A cenografia domina todos os ambientes públicos. A piscina -- chamada Oásis Jardim dos Deuses -- leva direto à Roma antiga. Querendo dar um pulinho no Egito, tome um drink no lounge Cleopatra's Barge, que simula uma barcaça da rainha que conquistou Marco Antônio. Na hora de dormir, fique tranqüilo: os apartamentos são americanos, mesmo.

A grande excentricidade do complexo, contudo, está no Forum Shops, um shopping cenografado como se estivesse a céu aberto numa cidade romana, com todas as fontes e estátuas a que tem direito. O mix de lojas é eclético -- você encontra de Fendi a Abercrombie & Fitch, de Gap a Vuitton, de Marc Jacobs a Nike, de MAC a Apple Store.

Entre os restaurantes, os mais tchans são, no hotel, a franquia do três-estrelas parisiense Guy Savoy, o regional americano Mesa Grill e o top japa Nobu; no Forum, Spago e Il Mulino.

Há uma passarela que conecta com o Bellagio, na quadra de baixo. Na outra direção, o Forum Shops desemboca no Mirage. Atravessando a rua dá para pegar o monotrilho de Vegas nos fundos do hotel Flamingo's. Pesquise a menor diária: Caesars Palace.

Mirage

mirage-fachada-onde-ficar-las-vegas

É um hotel redondinho: tem localização perfeita (dos hotéis importantes, só MGM e Mandalay Bay não estão a distância caminhável), apartamentos confortáveis, costuma oferecer bons preços e, last but not etc., não ostenta nenhuma bizarrice (fora o "vulcão" que entra em erupção várias vezes durante a noite, mas você só vai se lembrar disso na hora de entrar e sair do hotel).

love-beatles-cirque-du-soleil-las-vegas

O show permanente, Love do Cirque do Soleil, emociona até quem não é beatlemaníaco (presente!). E a estética do espetáculo acabou definindo a personalidade de vários ambientes do hotel, como a ala de restaurantes casuais (onde estão o BLT Burger e a Carnegie Delicatessen, dois ícones nova-iorquinos).

O Mirage é ligado ao Treasure Island por um monotrilho gratuito. Atravessando a rua você pode pegar o monotrilho de Vegas nos fundos do hotel Harrah's. Pesquise a menor diária: Mirage.

Treasure Island

treasure-island-onde-ficar-las-vegas

Criado originalmente como uma espécie de "Piratas do Caribe" aberto a hóspedes, o Treasure Island abandonou o tema disneyano para se tornar um hotel mais convencional, dirigido a um público mais adulto, em busca de uma boa relação custo x benefício. Está na faixa mais nobre da Strip e tem acomodações atualizadas. Foi o primeiro hotel a receber um show do Cirque du Soleil -- o Mystère, em cartaz ali desde 1993. Já o elenco de restaurantes não tem grifes -- a ponto de a primeira filial de Vegas do Señor Frog's ser saudada como uma grande adição.

mystere-cirque-du-soleil-las-vegas

O Treasure Island é ligado por um monotrilho gratuito ao Mirage; uma passarela leva ao shopping Fashion Show. Atravessando a rua você chega ao Venetian e pode caminhar até o Wynn. Pesquise a menor diária: Treasure Island.

The Venetian | The Palazzo

venetian-palazzo-exterior-las-vegas

Com mais de oito mil suítes, Venetian e Palazzo formam um dos maiores complexos hoteleiros do mundo. O conjunto concorre fácil também ao posto de hotel mais extravagante do planeta. Impossível ficar indiferente às réplicas bastante realistas do Palácio Ducal, do campanário da Piazza San Marco e da Ponte Rialto na fachada. Ou ao canal veneziano que segue hotel adentro, com direito a gôndolas motorizadas onde se pode dar uma voltinha (a US$ 21 por cabeça -- ou US$ 84 por uma voltinha a dois --, é quase uma pechincha). É kitsch no último, mas é para isso que existe Vegas, lembra?

A Veneza do Venetian não tem o mau cheiro da original, mas é ainda mais claustrofóbica, com teto baixo e uma poluição visual que começa já no campanário da Piazza San Marco e no Palácio Ducal, que servem como plataforma para outdoors. A filial de Vegas do museu de cera Madame Tussaud também fica no Venetian.

Os hotéis têm lobbies separados -- e os apartamentos do Palazzo são ligeiramente maiores. Entre os restaurantes do complexo estão filiais do bistrô Bouchon de Thomas Keller, do B & B de Mario Batali, e do CUT do onipresente Wolfgang Puck. As reservas mais disputadas são para o asiático Tao, que no fim da noite vira balada (e quem já está no restaurante evita pegar a fila descomunal para entrar). A grande grife do Venetian está no spa, administrado pelo Canyon Ranch do Arizona.

canais-the-venetian-interna-onde-ficar-las-vegas

Loja também é o que não falta. Venetian e Palazzo dividem o Grand Canal Shoppes, que tem Burberry, Christian Louboutin e Jimmy Choo, entre várias outras.

Se não forem suficientes, basta atravessar a rua para explorar o Fashion Show Mall (que não pertence ao complexo), que tem lojas de departamentos como Macy's, Neiman Marcus, Saks e lojas de Abercrombie & Fitch, Banana Republic e Forever 21, entre outras.

A estação do monotrilho de Vegas mais próxima é a que serve aos hotéis vizinhos Harrah's e The Linq. Pesquise a menor diária: Venetian | Palazzo.

Wynn & Encore

wynn-encore-vista-panoramica-onde-ficar-las-vegas

Wynn, Las Vegas

Steve Wynn é o sujeito que reinventou a Strip. Primeiro com as atrações da calçada (foi ele que criou o vulcão do Mirage, o show de piratas -- hoje de sereias -- do Treasure Island, a fonte do Bellagio), depois trazendo o Cirque du Soleil a Vegas (o Mystère, no Treasure Island) e finalmente ousando implantar o luxo do Bellagio. Hoje, depois de vender os três hotéis, ele tem seu nome na fachada do Wynn (o anexo, Encore, significa "Bis").

O interior sugere um Bellagio mais arejado, com mais flores e mais luz natural. Não há nenhuma atração na calçada; o equivalente da fonte é a cortina d'água no Lago dos Sonhos, mas o espetáculo só é visível para quem consome nos bares do hotel. Além do luxo dos apartamentos, o complexo usa seu campo de golfe como chamariz para americanos endinheirados.

A grande inovação de Wynn no hotel que leva o seu nome é a ausência de grifes de aluguel. Em vez de trazer o Cirque du Soleil, o hotel tem um espetáculo próprio (bastante inspirado em O, porém mais enxuto e sensual), o Le Rêve. Os restaurantes não pagam royalties a nenhum chef de Nova York ou da Califórnia. A estrela do elenco é o chinês Wing Lei, que tem uma estrela no guia Michelin. Entre os nightclubes, o mais opulento é o XS, que segue o tema aquático do Le Rêve. As lojas são só de marcas top do top (pense em Chanel, Rolex, Dior…).

A estação do monotrilho de Vegas mais próxima fica entre os hotéis Harrah's e The Linq. Pesquise a menor diária: Wynn | Encore

Circus Circus | Stratosphere

stratosphere-exterior-noite-las-vegas

Fora da área mais nobre da avenida, esses dois hotéis costumam ser os mais baratos da Strip.

O Circus Circus tem quartos espartanos para os padrões de Vegas, mas ao menos os da Casino Tower e da Skyrise Tower foram recentemente renovados. O hotel como um todo, porém, é antigo e cansado, e as diárias em conta se refletem no atendimento e no público. Se você não se importar com isso, pode curtir o tema do hotel, que é divertido: o cassino funciona em meio a um circo de verdade, com apresentações gratuitas de artistas ao longo do dia. O caminho por dentro do cassino, a Midway, é pontilhado de barracas inspiradas nas que você encontra em parque de diversões e quermesses. O hotel também tem um parque de diversões indoor, o Adventuredome, com montanhas-russas e outros brinquedos radicais. Pesquise a menor diária: Circus Circus.

O Stratosphere fica mais longe, porém tem quartos mais bonitinhos (isto é, desde que você pegue um Stratosphere Select, renovado em novo padrão). Mesmo não estando hospedado, é provável que você dê uma passadinha para subir na Torre (a subida é gratuita para hóspedes e paga para visitantes). Lá você contempla a Strip de uma altura de 100 andares -- e pode se pendurar lá de cima em brinquedos como o Skyjump ou o Insanity. Nas áreas sociais do térreo e na piscina, no entanto, o ambiente é levemente deprê. Pesquise a menor diária: Stratosphere

Para se locomover entre esses hotéis e o núcleo duro da Strip você vai precisar de táxi ou ônibus.

Leia mais:

262 comentários

Márcio
MárcioPermalinkResponder

iiiiiiiiiiiiiii! Ja vi que o tal do Skywalk não fica no "bizu" do grand Canyon! Nao to afim de dirigir 3h pra entrar numa reserva de índios pra subir numa plataforma de vidro e não poder tirar fotos, afinal o pessoal da sky não permite que os turistas adentrem a mesma portando maquina fotografica, nem celulares!
De todo modo podem esquecer a pergunta anterior! Fica a dica de quem não foi! FURADA esse tal de SkyWalk! rsrsrsrsrs

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Olá Mariana,
Estou em Las Vegas neste momento e posso dizer para você que traga bastante protetor solar! Está muito calor e faz muito sol durante o dia. As máximas passam de 30 graus C.

Boa viagem!

mariana eing
mariana eingPermalinkResponder

Marcio obrigada pela dica !!!
vc fica até q dia para ir me informando sobre clima ??
a noite faz frio??
entao vc acha q aproveitaremos bastante as piscinas do Mandalay com nosso filho??
obrigada e otima viagem para vcs !

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Boa noite, fechei féria em março em Vegas com amigas, estamos na dúvida do Hotel MGM e o New York, o segundo está um pouco mais barato, mas nada absurdo, bjs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiana! Estão na mesma região da Strip.

Renata
RenataPermalinkResponder

Comandante e Bóia,

Acabei de voltar de Vegas e queria dividir com todos a minha experiência.
Inspirada pelo Comandante, dividi minha estada de duas semanas em três hoteis, até pq nos intervalos entre os hotéis fui passear em outras bandas smile.
O primeiro que fiquei foi o Circus Circus: super basicão, e bastante movimentado. Não tive problemas com os quartos, todos impecavelmente limpos e arrumados. Fica distante da muvuca, mas dá pra ir a pé ao meu shopping preferido: Fashion Show Mall
Depois fiquei no New York New York: também bastante movimentado e frequentado pela garotada. Tive problemas com os quartos. Tanto o meu como o da minha mãe não tinham sido adequadamente limpos. Imediatamente entramos em contato com a recepção e nos foi oferecido um up grade. Solução ótima.
O ultimo foi o The Signature @ MGM: um luxo!!! O quarto tinha uma pequena cozinha super equipada, no banheiro tem hidromassagem. Atendimento show de bola. Ainda tem um Starbucks e uma delicatessen que só os hóspedes usam. Ponto negativo: a distancia pra chegar na Strip. Tem que andar por todo o corredor que o liga com o MGM (mesmo com esteiras rolantes é uma boa caminhada) e depois atravessar o MGM...

Como já está esfriando em Las Vegas, não conseguimos aproveitar as piscinas. Calor mesmo só nos primeiros dias e mesmo assim próximo do meio-dia.

Abs,
Renata

Maiza
MaizaPermalinkResponder

Boa tarde colegas viajantes!
Estou indo para L.A. e Vegas em Janeiro com meu namorado... Vejo que ninguém aqui foi no inverno... Tendo que vista que minhas férias são só em Janeiro, acham que não vou aproveitar?

Las Vegas – A cidade do pecado | Doug pelo mundo

[...] Achei um blog que fala muito sobre os hoteis de Las Vegas e detalha a grande maioria deles, se quiserem acessar é o: http://www.viajenaviagem.com/2012/02/las-vegas-onde-ficar-strip/ [...]

Jessica
JessicaPermalinkResponder

Boa noite!!Pretendo ir p Vegas no ano que vem e estou pesquisando hotéis e achei boa a relação custo beneficio do hotel Flamingo.Gostaria de saber mais algumas coisas que não foram mencionadas acima, como em relação a gastronomia, tem algum restaurante famoso tipo Subway, Starbucks, Mac donalds? E ele ficando na parte leste da strip poderei fazer o trajeto a pé para o Mirage, Paris, New York new york e Planet Hollywood??

Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jessica! Você tropeçará nesse tipo de lanchonete por todo canto em Las Vegas. Percorrer a Strip a pé depende do preparo físico, da disposição, da temperatura... Mas até hoje não sabemos de ninguém que tenha ficado num hotel e não tenha visitado outros só porque não quis ir caminhando.

Carla Tissiani

Boa tarde.
Iremos passar o réveillon em Vegas, e estaremos hospedados no Mandalay bay. Ja estamos com vários shows já agendados e comprados, inclusive a luta do UFC dia 28 de dezembro no Mgm e a noite do dia 31 no hotel Paris. Minha pergunta é:, é fácil taxis depois dos eventos? Pois nao pretendemos alugar um carro. Fico no aguardo de sua ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Vamos compartilhar sua dúvida no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

Dri
DriPermalinkResponder

Mesmo com o frio, é perfeitamente possível caminhar do Paris até o Mandalay. Idem para o MGM (ainda mais perto). De qualquer forma, pegando na recepção dos hotéis (mesmo local onde vc entregaria o carro para o valet), costuma ser bem simples, mesmo depois de grandes eventos. Las Vegas é preparada para grandes eventos e o Reveillon nem é o maior deles.

henrique m
henrique mPermalinkResponder

é uma caminhada curta, mas vai estar frio. se quiser arriscar um táxi no ano novo, dez/quinze minutos depois da meia noite a Strip já está vazia e é mais tranquilo achar transporte.

Day
DayPermalinkResponder

Na noite do dia 31 a strip é totalmente fechada para veículos até de madrugada, ou seja, impossível pegar taxi antes e depois da virada. A única forma é indo a pé mesmo.
Já para o trajeto do MGM ao Mandalay é bobagem pegar taxi. É muito perto, dá pra ir a pé e é extremamente seguro, mas se vc não quiser, dá pra fazer boa parte desse caminho de Monorail (que nesse trecho é gratuito) que vai do Excalibur até o Mandalay. Vc não vai precisar nem andar pela rua, já que para chegar do MGM ao Excalibur, vc vai atravessar as passarelas até o NY NY ou até o Tropicana.

Alba
AlbaPermalinkResponder

Olá!
Vou à Las Vegas em abril e ainda não decidi sobre hotel, o único que achei que não cobra taxa de resort foi o Best Western Plus Cassino Royale, alguém já se hospedou neste hotel? É uma boa opção?
Agradeço a ajuda de vocês!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alba! Clique e leia o que dizem deste hotel no Booking.

Restringir seu leque de possibilidades aos hotéis que não cobram resort tax não parece inteligente. Analise o custo x benefício. Os hotéis que cobram esses 20 dólares de resort tax normalmente valem a diferença.

Alba
AlbaPermalinkResponder

Olá Bóia!
Pois é, minha maior dúvida é esta mesmo: será que vale a pena investir neste tipo de hotel? Será que terei tempo para desfrutar o que um hotel maior tem a oferecer? Pensei no Best Western por ser hotel de rede, ter boa localização e boa avaliação (8,2) no Booking e no Tripadvisor.
Também lendo seus posts fico pensando que pode ser o lugar ideal para investir em hotel 5 estrelas e ser paparicada pelo menos por alguns dias...
Achei que seria o lugar mais fácil para escolher hotel, mas está sendo o mais difícil... já pensei no Paris, no New York New York e no Mirage. Vou reavaliar custo x benefício e tentar me decidir.
Grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alba! Você também pode usar os depoimentos dos leitores do Viaje na Viagem para ajudar na decisão: http://www.viajenaviagem.com/2012/11/roteiro-las-vegas-60-dicas/

Andre Pires
Andre PiresPermalinkResponder

Paris, New York e Miragem foram as mesmas opções que tive escolher na última viagem. Optei pelo Mirage e ao chegar lá descobri que o Paris também não teria sido uma má escolha, dado a estrar de frente para o Bellagio.
Conheci um quarto do Paris e então achei que o Mirage oferece mais conforto. Não vi nada de especial no NY, só a montanha russa mesmo para quem gosta de fortes emoções.
Outra comodidade do Mirage é que você pode pelo site pagar por early check in, late check out, e até mesmo quarto próximo ao elevador (eu fiquei no penúltimo do corredor, era de sofrer toda aquela caminhada). Eu paguei por early e late, não usei o late e fui ressarcido. Hóspedes possuem desconto para assistir Love Beatles, imperdível, e ainda ganhamos cupom para o brunch com espumante no Cravings Buffet, 2 por 1!
Do quarto já avistava a belíssima High Roller The Linq em construção e que está prestes a inaugurar.
Este ano retornarei, mas não vale repetir o mesmo hotel pois seria bobagem com tantas opções, mas recomendo fortemente aos que não conhecem.

Diego Costa
Diego CostaPermalinkResponder

Ola a todos!! Meu nome eh Diego e vivo nos EUA ha 9 anos, desses 4 em Las Vegas, onde moro atualmente. Aos que se interessarem eu trabalho com turismo receptivo e traducoes em feiras, shows, reunioes, etc. Caso tenham interesse em conhecer Vegas ou saibam de alguem com interesse por favor entrem em contato. Hoteis, shows, passeios, transfers, ajuda em compras.
Claro q tambem estou a disposicao para responder qualquer pergunta e dar informacoes uteis que somente quem vive no local eh capaz de saber.
Abraco

Luciana Aparecida

Boa tarde ! Diego tudo bem.
Por gentileza eu gostaria de saber referente a lingua entende se um pouco português ou espanhol ou seria somente o inglês nos restaurantes, fechar passeios e como faço para comprar passeios a venda seria nos hotéis. Muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Não é garantido que você vá encontrar quem fale Português, mas é possível que encontre alguém que fale espanhol. Que passeios você pretende comprar? Veja todas as dicas de Las Vegas no nosso guia: http://www.viajenaviagem.com/destino/las-vegas

Natasha
NatashaPermalinkResponder

Olá,
Irei a Vegas em Abril, e gostaria de saber se alguem indica alguma empresa que faça o passeio ate o grand canyon!!
Agradeço a atenção????

Grata.

Natasha
NatashaPermalinkResponder

* agradeço a atencao !

Marcelo (Álbum de Viagens)

Natasha,

Você não mencionou se deseja fazer o passeio por terra ou por ar. Acho o passeio por terra cansativo. Em outubro fiz o passeio de helicóptero a partir de Las Vegas pela Papillon e gostei - o helicóptero pousou no fundo do desfiladeiro, junto ao rio Colorado. Contei em detalhes como foi o passeio no post do blog Álbum de Viagens:

http://albumdeviagens.blogspot.com.br/2013/11/passeio-de-helicoptero-ao-grand-canyon.html

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Natasha! Leia sobre o Grand Canyon a partir de Las Vegas:
http://www.viajenaviagem.com/2011/07/vai-por-mim-grand-canyon/

Henrique
HenriquePermalinkResponder

Boa noite Boia! Eu e minha esposa iremos para LAs Vegas nos dias 6-14 de agosto, e ainda nao escolhemos o hotel. Estamos na duvida entre o Cosmopolitan e o Venetian. Vc ou mais alguem tem algum comentario sobre esses 2 hoteis?
Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Henrique! Eles são hotéis com estilos bem diferentes. Os dois estão resenhados pelo Ricardo Freire neste mesmo post.

Se você também quiser saber a opinião dos nossos leitores sobre esses hotéis, dê uma olhada aqui: http://www.viajenaviagem.com/2012/08/las-vegas-42-hoteis-recomendados/

Marcus Andrade

Olá, estou indo pra Las Vegas com minha esposa e um amigo. Vocês saberiam me dizer se tem algum hotel da strip que ofereça quarto pra três adultos porém com ambientes separados? Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcus! O Hilton Vacation Club at the Flamingo fica na Strip e tem apartamentos de um dormitório com sofá-cama na sala.

Paulo Roberto Fausto

Gostaria de saber se existem excursões rodoviárias para Los Angeles,indo e voltando no mesmo dia,incluindo um tour pela cidade.Em caso positivo favor indicar a empresa.Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Los Angeles está longe demais para um bate-volta. Só se você fosse de avião...

SILVANA
SILVANAPermalinkResponder

Bom dia!
Eu e meu marido vamos a Las Vegas em setembro e estou em duvida entre o Vdara Hotel e o Elara Hilton Grand Vacations Hotel.
Voces teriam alguma dica de vantagem entre um e outro? Em qual dos dois teriamos mais facilidade para chegar na Strip?
Obrigada

Silvana

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Silvana! O Vdara fica na Strip; o Elara fica próximo. Uma leitora se hospedou no Elara e comentou sobre isso:
http://www.viajenaviagem.com/americas/las-vegas-ricardo-freire/comment-page-1/#comment-296684

Nenhum dos dois hotéis têm cassino.

Compare resenhas de ex-hóspedes e serviços oferecidos pelo Vdara e pelo Elara no Booking.

Paulo Roberto Fausto

Sabem me dizer se no Paris L.Vegas Hotel tem algum guichê para Locação de Veiculos ? Se não tiver me indiquem algum local próximo ao Hotel. Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paulo! Existe um guichê da Hertz no Paris: https://japan.hertz.com/rentacar/location/nearby/LASC48

Fernando Armani

Vou ficar de 21 a 28 Maio 2014 , em Las Vegas gostaria de saber quais são os shows programados para esta semana....me parece que vai ter o da Cher ,,,seria melhor comprar no Brasil ou lá ? e preços...Grato Bola

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernando! Os ingressos de shows lá fora costumam esgotar com meses de antecedência. Pesquise os shows que deseja assistir e veja se ainda têm ingressos em sites como o Ticketmaster:
http://www.ticketmaster.com/lasvegas

Fernando Armani

ops Boia....desculpe foii mal rss

Ana
AnaPermalinkResponder

Por favor gostaria de saber se nas diárias de hotéis de Las Vegas e da Califórnia, não está incluído o Wi-fi. É necessário pagar a parte para ter acesso à internet? Pois não menciona acesso à internet.
Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana! Alguns hotéis oferecem wi-fi para os seus hóspedes e outros cobram por isso. Varia de hotel para hotel. Se os hotéis que você quer se hospedar não mencionam o wi-fi, uma dica é mandar um email para eles perguntando se é cortesia ou cobrado.

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Olá, tudo bem?! gostaria de saber sobre o hotel Hard Rock, se está bem localizado, se é bom? vale a pena?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Ele não fica na Strip, onde está concentrada a grande maioria dos hotéis de Vegas e onde o Ricardo Freire recomenda ficar. Mas o nosso leitor Francisco, ficou lá e comentou sobre o hotel. Veja aqui: http://www.viajenaviagem.com/2012/01/hoteis-las-vegas/comment-page-1/#comment-189043

Para saber mais, leia a resenha dos ex-hóspedes do Hard Rock Cafe Hotel, no Booking.

Fabiana
FabianaPermalinkResponder

Estou indo a LV em julho (com marido e filhos - 3 e 9 anos) e estou em dúvida na escolha do hotel. Procuro um hotel que aceite crianças, confortável, preço bom... Alguma dica?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fabiana! Até onde sabemos, todos os hotéis em Vegas aceitam crianças. wink

Para dicas de hotéis, veja as indicações no post acima. Você também pode procurar por mais hotéis no Booking.

Mais dicas:
http://www.viajenaviagem.com/2012/08/las-vegas-com-criancas/

Leonardo-Aus
Leonardo-AusPermalinkResponder

Olá, tenho uma dúvida e não consegui esclarecer em lugar algum... É possível usar a piscina de hotéis no qual não estaremos hospedados? digo isso pois teremos um longo período em Las Vegas e nosso hotel é o Planet Hollywood, a área da piscina é uma vergonha... então, seria possível pagar apenas a taxa de resort e utilizar os espaços de outros hotéis???

VALEU!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Leonardo! Algumas piscinas atendem não-hóspedes, sim; sobretudo as que têm bares ou festas. Tropicana, Mandalay Bay e Wynn estão entre esses hotéis.

Andrea
AndreaPermalinkResponder

Olá!estou indo no fim de agosto pará Los angeles e depois para Las Vegas ,gostaria de saber se tenho como sair do Brasil com as atrações dos hoteis já pago ,como a montanha russa do hotel N Y ,o passeio de gôndola do Venetian,os brinquedos radicais da Stratosphere pois estamos indo em 6 pessoas para pagar tudo vai ficar pesado se puder já sair daqui pago seria o ideal.muito obrigada e aguardo respostas.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! É possível comprar ingressos para a High Roller:
http://www.caesars.com/thelinq/high-roller.html#BuyTickets

(Mas não sabemos se é mesmo necessário.)

Para as demais atrações, compre nos locais.

Hello Gringos | A famosa Strip de Las Vegas

[...] http://www.viajenaviagem.com/2012/02/las-vegas-onde-ficar-strip/ Tags:hotel, Las vegas, strip Previous articleGrand Canyon About Author Gabrielle Garcia Ou simplesmente Gabi, mais fácil, mais rápido, como eu, descomplicada, prática, didática, exigente, mas não perfeccionista. 34, corpinho de 28, metade cearense metade paulista, coordenadora de eventos na Agência Incentivare. Viajante profissional, fã de Marisa Monte, spaghetti ao pesto, chocólatra, adoro uma cervejinha com os amigos e um bom vinho com meu amor ao som de Dave Mathews. Libriana decidida e dedicada. Apaixonada pela vida e pelas pessoas. Focada, planejada e com vontade de compartilhar tudo que vê pelo mundo afora. [...]

Maria Eduarda Lopes

Já fui 2x para Vegas. A primeira fiquei no Monte Carlo. Hotel ok, velho, cheiro de cigarro como a maioria dos hotéis em Vegas. Valeu pela praça de alimentação e localização. Na segunda vez fiquei no Elara e amei!!! Hotel da rede hilton grudado no plantel hollywood. Aconselho e indico de olhos fechados!! Hotel novo, s casino, totalmente não fumante. A entrada de carro é por uma rua lateral, mas a entrada de pedestres é dentro do miracle mile... Perfeito.

Maria Eduarda Lopes

Ah, outro diferencial do Elara! Frigobar, cozinha e máquina de lavar/passar nos quartos. Não preciso falar mais nada né?

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Olá Bóia,
vou a Las Vegas em dezembro. Li os comentários sobre compra de ingressos para os shows mas restou uma dúvida: seria melhora comprar ingressos ainda no Brasil ou será que dixo para compra-los em Vegas nos quiosques. (quero assistir ao espetáculo One do Cirque du Soleil.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Quanto antes você comprar, melhor. Os shows são disputados e se esperar para comprar lá, você corre um grande risco de não conseguir.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Ok! Obrigada!

Cristiane
CristianePermalinkResponder

Queria deixar meu comentário aqui sobre o Circus Circus. Estive agora no final de setembro, claro que foi uma super promição por um destes sites de viagem. Para mim foi super compensador, pois eu só queria mesmo era um quarto limpo, grande, com ar condicionado, boa tv e estacionamento fácil. Tive tudo isso e ainda fiquei sozinha no quarto e recebi dois vouchers cortesia de café da manhã por dia, o que já foi uma grande economia. É um hotel antigo, mas é como um hotel europeu ou de New York, nada especial, mas o básico para dormir bem e tomar um bom banho após um dia exaustivo de passeios e compras.

Rogério Braga de Figueiredo

Boa tarde, Ricardo!

Em se tratando de Las Vegas, o seu blog é, indiscutivelmente, o melhor que li até agora. Parabéns!
Pretendo conhecer LV em maio de 2015, com a família e, com base nesta matéria, optar por um dos hotéis da Strip.
Gostaria, no entanto, de sua indicação de hotéis que abriguem até cinco adultos de uma mesma família.

Atenciosamente,

Rogério

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rogério! A melhor opção que encontramos de hotel com suíte para 5 adultos é o Elara, que fica próximo à Strip. Outros hotéis podem ter quartos com portas comunicantes. Consulte.

Josilene Amaro

Ola!
Eu e meu marido estamos indo para Vegas em março e estamos em dúvida sobre qual hotel ficarmos, entre New York New Yorl, Paris - Las Vegas ou Planet Hollywood, gostaria de uma opinião.
Obrigada!
Josilene

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Josilene! Ao clicar nos links (nomes dos hotéis em azul) no texto você é levada à página do hotel no Booking, onde verá avaliações recentes de centenas de viajantes.

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Bóia, vou para Vegas em Abril, 18 dias e com isso pretendo conhecer LA e San Francisco.
Mas falando especificamente de Las Vegas, analisando os hotéis no booking, percebi uma enorme diferença entre os grandes e famosos hotéis, como Bellagio, Venetian, Caesars, Mandalay, etc... todos com diárias a mais de 600 REAIS. Está certo isso??? Só eu fiquei espantado? Acho que sou muito pobre mesmo.

Enquanto isso, há outros hotéis mais simples, desconhecidos com diárias a menos de 100 reais. Claro que devem ser bem simples, e não vi as localizações deles, mas ainda assim parecem bem arrumadinhos.
O que me dizem? Tem como conseguir preços melhores, tipo por uns 300 reais nesses famosos?

Outra pergunta, recomenda conhecer Vancouver, por uns 4 ou 5 dias? Ou não vale a pena?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! É recomendável ficar na Strip. Veja acima algumas opções; você pode encontrar diárias mais palatáveis.

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Ok. Obrigado.
Mas está certo então esses valores de cerca de 500 reais? Não sou eu que pesquisei errado?

E quanto à outra pergunta? Vale a pena colocar Vancouver na rota sendo que tenho 18 dias de viagem e quero conhecer LA e SF?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriel! Em momentos de baixa procura, reservando em cima da hora, você pode achar tarifas bem em conta em hotéis 5 estrelas, em torno de 150 dólares. 600 reais não é nenhum valor absurdo: são 250 dólares ao câmbio de hoje.

Leia sobre permanências recomendadas na Califórnia neste post:
http://www.viajenaviagem.com/2012/03/california-las-vegas-yosemite-grand-canyon/comment-page-6/#comment-454107

Gabriel
GabrielPermalinkResponder

Ok bóia, muito obrigado. Lerei esse link e vou pesquisar melhor os preços.

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Olá. Vou para Vegas no inicio de Abril. Estou lendo muito sobre qual hotel ficar mas quanto mais leio, mais fico em duvida. Já vi que não se pode mexer no frigobar e que o Wi-fi é caro e algumas vezes ruim. Estamos em duvida entre o MGM, Flamingo, Mirage e New York. Vamos alugar um carro.
Gostaria muito da sua opinião pessoal.
Como é nossa primeira vez, não me importo em pagar até 300 dolares a diária, mas minha preocupação maior é ter uma boa estadia, com custo x beneficio, bom atendimento e facilidades para poder aproveita o máximo de Vegas no tempo que vou ficar.
Pode me ajudar?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ricardo! Desculpe, não podemos escolher pelos leitores. O Ricardo Freire comenta os principais hotéis da Strip no post acima. Leia as dicas, consulte resenhas e escolha o que combinar mais com vocês smile

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Corrigindo na minha publicação: não é 300 dolares, mas até 300 reais.
Desculpe o erro!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ricardo! Recomendamos pesquisar suas datas no Booking e escolher o hotel da Strip que tenha a melhor pontuação na faixa de preço que você deseja. Note que 300 reais hoje são praticamente 100 dólares, para pegar um bom hotel será preciso que não haja nenhum evento na cidade.

Bernardo
BernardoPermalinkResponder

boa tarde.

estou indo no começo de Junho/15, e estou com duvidas de qual hotel hospedar.

estamos em 3 homens e queremos conhecer principalmente as balada e pool party.

qual hotel é recomendado?? após conhecer e fazer as compras, pretendemos conhecer a costa.

obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bernardo!

Dê uma conferida nas pool parties a partir deste post do Vegas Chatter:
http://www.vegaschatter.com/story/2015/1/12/15427/4806/vegas-travel/Vegas+Is+Gearing+Up+For+Pool+Season+Again

Veja como fazer a costa da Califórnia:
http://www.viajenaviagem.com/2011/06/vai-por-mim-san-francisco-a-los-angeles-de-carro

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Olá
Vou ficar hospedada com meu marido no Encore agora final de fevereiro e fiquei na dúvida depois que reservei quanto ao café da manhã. Existem cafeterias perto deste hotel? Tipo Starbucks?Por que tomar o café neste hotel acredito que seja bem caro.Tem mercado perto deste hotel? Ele fica muito longe de tudo?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gabriela! Todos os hotéis têm galerias com lojas em que certamente haverá uma cafeteria.

Erika
ErikaPermalinkResponder

Olá!
Estive em Las Vegas hospedada no hotel Flamingo em set/2013, e na ocasião não se cobrava resort fee. Agora que estava pretendendo voltar, ouvi dizer que passou a ser cobrado um resort fee de 28 dólares. A informação procede? Agradeço a atenção!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Erika! Sim, é cobrada uma taxa de resort de 12%. Veja detalhes no Booking.

Erika
ErikaPermalinkResponder

Obrigada, Boia!

Andrea Rosenthal

Olá Bóia!
Não consigo comprar ingressos para o Cirque Du Soleil pelo site oficial.
Você sabe se há algum problema com o site? Ou se há alguma outra alternativa mantendo os preços oficiais?
Abraços,
Andrea.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Mantendo os preços oficiais infelizmente não conhecemos.

Andrea Rosenthal

Existe alguma alternativa segura para conseguir os ingressos? Em outro site?
Porque eu acho que o site oficial está com problemas...
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andrea! Tente o Vegas.com:
http://www.vegas.com/shows/

Isabela Blanco

Atualizando o post: o Flamingo cobra resort fee, 25 dólares por dia, e agora tem uma das piscinas mais movimentadas.
Ganhamos um upgrade e ficamos no quarto king vom vista pra highroller, o quarto é muito espaçoso" renovado recentemente. Recomendo pelo custo beneficio.

vera frias
vera friasPermalinkResponder

EXCALIBUR !!!! nunca mais.Fui roubada de todo meu dinheiro no quarto 9171 deste hotel na noite do dia 24 de dezembro.EU ESTAVA DORMINDO>Como não fumo e não bebo,suponho que fui dopada.Minha amiga-irmã estava no cassino.Acho que é uma prática neste hotel pois li em outro site de viagem que isso ocorreu na mesma noite e no mesmo hotel com alguem que teve seu passaporte roubado da mesma forma.

MARCUS BARROCAS

Já fiquei em 4 hoteis em Las Vegas, todos "meia boca" e vai aqui o que achei de cada um
- Riviera - Em frente ao Circus Circus é bem antigo mas tinha uma tarifa excelente quando fui: Em torno de 35 dolares num fim de semana. Tem um buffet da café da manhã excelente por cerca de 10 dolares, os quartos são amplos e tem que andar bastante se quiser ir pra muvuca da Strip. Se pegar o bus SDX fica mole.
- Hooters - Fica atrás do Tropicana, fora da Strip, também paguei cerca de 40 dolares a diária. Estava de carro, por isso não senti a má localização. Quartos do mesmo nível do Riviera. Não aconselho se estiver a pé.
- Circus Circus - Fica na Strip ,mas longe dos "points", desta vez paguei US$ 60. É muito frequantado por brasileiros com pouco dinheiro. A fila no check-in era imensa. Achei os quartos bons. Melhor custo/benefício dos 4 que fiquei. Tem bastante entretenimento dentro do hotel.
- Rodeoway Inn- O mais caído de todos. Paguei US$ 60, porque as cotações neste dia estavam altas. Só fiquei nele porque tinha um ponto de ônibus em frente e eu queria ver como era andar de Vegas de ônibus comum. O ônibus 109 sai do aeroporto e deixa em frente. Pra voltar a mesma coisa. Não tem casino, não tem nada. Só o quarto e nada mais. Não vale a pena.
mais detalhes em http://marcusbarrocas:1234/lasvegas.htm

Anna Carolina
Anna CarolinaPermalinkResponder

Uma recomendação para alguém que detesta cigarro (como eu): o Trump. Ele fica em frente shopping fashion mall, tem transfer para o César e o Winn/Encore. É um hotel muito bom, que pegamos em promoção, então não foi mais caro que os hotéis da strip. Não tem cassino, por isso não fede a cigarros. Recomendadissimo!!!

TEDI PEREIRA
TEDI PEREIRAPermalinkResponder

A minha dica para quem quer ficar BEM em Las Vegas é o hotel Jockey Club, bem na região central da Strip, espremido entre o Belagio e o Cosmopolitan . É um apart hotel, todo montado em cozinha (e até lavadora de roupa), Se der sorte de ficar em apto de frente voce terá simplesmente a melhora vista da fonte do Belagio e a torre Eifel do Paris.

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 2 de outubro de 2017. Obrigado pela compreensão!
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar