Consulado americano em SP pode ter perdido 700 passaportes

Jornal da BóiaPublicamos no início da semana a história do EduLuz, que foi renovar o visto para os Estados Unidos e não conseguia obter informações sobre o paradeiro de seu passaporte nem junto à transportadora DHL, nem através do consulado americano de São Paulo. Duas remarcações de passagem e muita dor de cabeça depois, o problema do Edu se resolveu. Mas não o de outras tantas pessoas, uma vez que, segundo o site do Estadão, agentes da Polícia Federal estimam que cerca de 700 passaportes tenham sido extraviados.

O consulado preferiu não comentar sobre o atraso, afirmando que a maioria das entregas é feita no prazo de 15 dias, e que o número de solicitantes aguardando os documentos não ultrapassaria 400. A DHL também não se pronunciou.

Você também está aguardando a chegada do visto? Conte pra gente aqui.

Leia mais:

Visto americano: quem tá esperando chegar de DHL levanta a mão por Ricardo Freire

Visto americano: site novo, novos postos de atendimento, novos perrengues para quem não mora em cidade com consulado por Ricardo Freire

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


36 comentários para “Consulado americano em SP pode ter perdido 700 passaportes”

  1. Já tinha contado no outro post da minha aflição, mas hoje finalmente fui buscar os passaportes na DHL da Bela Cintra. Fica a dica, na hora de solicitar o visto coloquem a opção de retirar na loja. Pelo menos é um stress a menos.

    1. ótima dica, Luciana! que bom que os seus não estavam no rolo…que sufoco!

    2. Qto tempo demorou pra vc pegar seu passaporte?

  2. Brasileiro reclama de demora, burocracia e custos para obter visto americano. Enfrenta tudo isso e viaja pra lá para injetar dinheiro na economia deles, comprando como se não houvesse amanhã. Se tivessemos um pouco de amor próprio e orgulho, boicotariamos os Estados Unidos e em pouco tempo eles estariam implorando a nossa visita.Alem do mais o mundo esta cheio de lugares belíssimos e ainda pouco visitados pelos brasileiros. Exigir que o passaport fique no consulado pode até ser LEGAL mas é IMORAL. Se SUBMETER a todas as exigências dos americanos, muitas delas ABSUSRDAS, é passar recibo de PROVINCIANISMO.

    1. Concordo com o Viajante Oficial, inclusive vou fazer um curso no final do ano para aprimorar o meu inglês e troquei o Canadá pela Irlanda. O fator decisivo foram os vistos canadense e americano (apenas para conexão!!!), além dos custos ainda tem a viagem pra São Paulo (sou do interior do PR) e a não concordância em se submeter a isso.

    2. Muitos países retém o passaporte para processar o visto, sinceramente, não consigo ver isso como exigência absurda, tampouco provincianismo de quem se submete. Afinal, pagamos por um passado recente, e ainda de certa forma presente, de um sem número de imigrantes ilegais em busca do ’sonho americano’.

      1. Concordo com o OFS e com o roberto cardoso, abaixo; não vejo isso como uma regra absurda, tampouco imoral.
        Regras existem e devem ser cumpridas.
        Se quero visitar um local, devo me submeter às regras desse local, não só para obtenção de visto, mas, também, de costumes, leis, etc.
        Hoje, o Brasil está conquistando um status que não tinha há alguns anos e, quem sabe, daqui um tempo não teremos a necessidade de visto. Mas, como bem ponderaram em um dos posts, ainda pagamos pelas centenas de milhares de imigrantes ilegais que lotam os EUA.

    3. quando vou tirar meu passaporte brasileiro no consulado brasileiro eles retem meus documentos tambem e mandam pelo correio. ja’ foram extraviados uma certidao de nascimento e passaporte do meu filho pelo consulado brasileiro de los angeles…

      1. Exatamente, ja tive problema com o consulado portugues em Sao Paulo, e, tive varios problemas no consulado brasileiro em Lisboa quando morava lá, que inclusive é uma experiencia ainda mais absurda que o consulado dos EUA em Sao Paulo, pois tive que um dia simplesmente ficar a noite toda na fila pois nao agendavam horario.

        Quem pensa que isto acontece apenas por se tratar do consulado dos EUA esta enganado. Desculpem-me os funcionarios publicos, mas a ineficiencia dos seus servicoes é notavel em praticamente todos os paises.

        Recentemente estive no consulado brasileiro em NY para renovar meu passaporte, e disseram que eu poderia receber os passaportes em casa pelo correio para eviat uma visita extra ao consulado, e claro que eu recusei e fui ao consulado busca-lo ja que davam esta alternativa.

        1. Problemas em consulados sempre irao existir. Fui ao consulado brasileiro em NY semana passada para retirar o passaporte do meu marido e para a minha surpresa o consulado estava em greve por tempo indeterminado. Nao estavam aceitando nenhum tipo de solicitacao. Como eu tinha solicitado o visto dele na semana anterior pude receber o passaporte, mas muitos brasileiros que estavam tentando obter autorizacoes de viagens ou procuracoes deram com a cara na porta. As pessoas estavam revoltadas pq foi colocado um comunicado no site do consulado no dia anterior a noite e muitas pessoas vieram de longe com criancas e tudo mais.
          A cara dos americanos lendo o memorando da greve foi impagavel. Eu fiquei imaginando se o consulado americano entrasse em greve no Brasil.

    4. Eu nao vejo nenhuma humilhação , humilhação e precisar passar o dia na fila do Sus , pois todo o dinheiro injetado em nossa economia nao se reverte em estradas impecáveis , segurança ,entre outras coisas que me enchem de vontade de voltar aos EUA , inclusive para fazer compras , mas quem se sente humilhado pode escolher todos os países sem exigências.

      1. Concordo totalmente com a Fabiana e discordo do Viajante Oficial. Que papo é esse de “se tivéssemos amor próprio e orgulho (…)”? Eu tenho amor próprio e orgulho, e isso não me impede de ir aos EUA. Aliás, além de amor próprio e orgulho, também dou valor ao meu dinheiro, que eu ganho com trabalho duro. Nunca fui aos EUA só para compras, mas nunca deixei passar a oportunidade, estando lá. Já trouxe netbook que custava três vezes mais aqui; já trouxe Playstation que custava quatro vezes mais aqui. Movimento a economia deles? Com certeza, mas faço isso economizando o meu dinheiro, que de outra maneira iria para um ralo sem fundo de impostos que, como sabemos, vão parar é nos mensalões e Deltas da vida, não na escola e no hospital perto de casa.

        1. adoro ser humilhada, então! provincianismo é esse recalque com os EUA #prontofalei

        2. é isso ai marco antonio, se tivesse aqui o bortão curtir eu curtiria!

    5. Viajante Oficial, onde assino???

      Quero que os EUA se explodam (não literalmente). Só visito aquela terra o dia que não for exigido visto.

      Chamar isso de humilhação é até pouco, mas tem geste que gosta, o que fazer?!?!

      Uma coisa é cumprir burocracias de seu próprio país (o nosso), pois não temos opção, infelizmente. Outra coisa é se subter à humilhação imposta por americanos tendo um mundo (literalmente) de opções.

      1. Há cerca de 200 paises no nosso planeta azul. O Brasil nao requer visto para 53 destes.

        Por reciprocidade, nao espere ter um mundo (literalmente) de opcoes sem precisar de visto, voce precisara de visto para mais lugares do que imagina, claro que para alguns lugares sao vistos no aeroporto (apesar do Brasil nao fazer o mesmo), mas ainda assim pode ter certeza que para explorar este mundao, será necessario ir em varios outros consulados ou mandar seu querido passaporte pelo correio. Australia, Angola, Cabo Verde, Cuba, China, Japao, Mocambique, Ucrania, Jordania, Belize, India, sao alguns exemplos que me vem rapidamente, e repare nos PALOP.

        1. Blá Blá Blá Blá

          E todos esses países perguntam a cor da cueca que vc usou no seu primeiro dia de colégio?

          O que os EUA fazem é humilhação (já foi pior, mas continua sendo humilhante).

          Eu respeito quem aceite se humilhar. Tem gosto pra tudo.

          E olha, eu nem sou tão orgulhoso assim, acho aceitável um país exigir visto de turista, o que é inaceitável são os absurdos que os EUA ainda exigem.

          Enviar ou receber o passaporte pelo correio é o menor dos problemas, ou melhor, nem acho isso um problema.

          1. “E todos esses países perguntam a cor da cueca que vc usou no seu primeiro dia de colégio?”

            Fabio, quando fui tirar meu visto B1/B2, a entrevista foi mais ou menos nos seguintes termos:

            “O que você vai fazer nos Estados Unidos?”
            “Vou para uma conferência em Denver”
            “OK. Vai lá não sei aonde, paga a taxa, seu passaporte vai ser enviado pelo correio, blablabla”

            Nem precisei mostrar cartas-convites, holerite, o que for. Se bobear, demorei mais tempo na imigração em Dublin, quando fui pra Irlanda (que não pede visto), que na entrevista do consulado americano. Humilhação? Nem por um segundo. Burocracia, talvez. Pagar taxas, pegar um avião até São Paulo, pegar fila. Mas humilhação mesmo, como já disseram aqui, é fila de posto de saúde, não de visto americano.

  3. Eu particularmente concordo. Recuso-me a passar todo esse perrengue sabendo que tem tantos outros lugares mais incriveis que nao vao me requerer tanta humilhacao. Alem do mais, nunca viajo especificamente para compras.

    1. Concordo com voce: É HUMILHANTE.

  4. Se serve de consolo, eles tb. sofrem para tirar visto ao Brasil. E mesmo não tendo visto em muitos países podemos não passar do aeroporto. O visto é o menor dos problemas. O maior, no fundo, é etnico, o visto é apenas uma desculpa para excluir grupos não desejados.

  5. Como gostaria que não fosse necessario visto para os EUA e em nosso país comprar fosse tão barato como lá, só para poder ir para a América do Norte e não precisar passar perrengue aqui para tirar visto e lá gastar meu tempo precioso dentro de malls e outles, para somente aproveitar a beleza exuberante da natureza nos parques nacionais e as belas cidades dos EUA, Canada e Mexico.

  6. Não considero uma humilhação, mas também não me agrada ter de deixar meu passaporte assim, “livre, leve e solto” nas mãos de autoridade consular de outro país para ser entregue via transportadora ou correio. É questão minha mesmo. E esse é apenas um dos fatores para eu não ter interesse no visto americano no momento. Enquanto for essa burocracia, retenção do meu passaporte e gasto extra (especialmente para quem não mora em cidade dotada de consulado), eu não faço requerimento de visto americano.

    Ok, os gringos tem o mesmo problema que eu, se sentem desestimulados a turistar no Brasil pela nossa burocracia e por terem de gastar para tirar visto brasileiro… Bem, eu digo o mesmo em relação aos EUA! Nem os preços ridiculamente mais baratos de certos produtos me atrai para lá (mesmo sendo um pouco consumista, esse nunca é o foco das minhas viagens).

    Está mais do que caindo de maduro que tanto os EUA quanto o Brasil tem de sentar na mesa e resolver essa questão… Isso se os EUA quiserem, claro. Porque só o Brasil querendo não adianta nada! Se os EUA não tiverem interesse em mudar, não vejo o porquê do Brasil ter de mudar também (na minha opinião, é mais do que quetsão de soberania… é uma questão de tratamento igual tanto para cidadãos brasileiros como para norte-americanos).

    E apenas para dar um exemplo de como eu NÃO GOSTO de deixar meu passaporte na mão de outras pessoas: é claro que eu sempre levei em conta a dica dada aqui nesse blog que uma viagem de trem noturno de Veneza a Paris é super desconfortável, mas esse não foi o único motivo que me fez decidir a fazer esse trecho de avião ano passado. Também pesou MUITO o fato de eu ter lido que os fiscais do tal trem noturno retem os passaportes dos passageiros durante a viagem, sob a alegação de “segurança”. Não quis isso, não!! (além de não querer ter de dormir sacolejando…rs)

    1. Cris, a questão é que o Brasil não quer…Hoje não é bem visto por setores da economia a liberação do visto. Pois sabe-se da desvantagem que o Brasil levaria no caso de uma possível liberação do visto.

  7. É realmente muita confusão viajar aos Estados Unidos.

    Sugiro então… hmmm…. a Alemanha! Por que não?

    P.S.: esse comentário é um merchã bem descarado, muito mal disfarçado…

  8. Bóia, preciso de dicas de Houston…. compras, lugares para visitar. Procurei no site e não achei. beijão ! Nunca viajo sem antes passar por aqui. Certa de sua ajuda !

    1. Olá, Jojo! Para esse tipo de destino o melhor é começar pelas indicações do New York Times.

      Dá uma olhada:
      http://travel.nytimes.com/travel/guides/north-america/united-states/texas/houston/overview.html

  9. já devem saber,mas talvez ajude alguém: foi divulgado hoje um email de contato: entrega@usvisa-info.com

    1. Este é bom. Prepare-se pra respostas automáticas maravilhosas!

  10. Bóia
    Queria tirar meu visto para os EUA, mas estou com viagem marcada para setembro para Europa. Você acha prudente tirar agora, fiquei preocupada com o risco de extravio.

    1. Olá, Rê! Não temos base para estimar os riscos.

  11. Para renovar meu visto fiquei estressada aa toa. (já estava com passagem comprada e hospedagem reservada). O agente perguntou qd foi a ultima vez que eu tinha estado lá, respondi 1998 ou 2000, não tinha certeza, ele disse: Ok? Aprovado.

  12. O passaporte da minha filha foi deixado no posto de atendimento para renovação de visto em 06/05/12, e até agora nenhuma resposta concreta, só evasivas, pelo consulado…alguém tem algum conselho útil? agradeço bastante!

  13. Gente, pelo amor de DEUS!
    As filas no consulado são super rápidas, vc nem fica parado!
    As pessoas que complicam em tirar o visto, ficam nervosas, anciosas, etc
    Não tem humilhação nemhuma, eles apenas fazem algumas perguntas e pronto se vc não tem o que temer, problema nenhum.
    Parem de procurar problemas onde não tem e vão ver onde estão realmente, nosso país que é uma verdadeira bagunça se tivesse mais organização não estaríamos passando por tantas ‘humilhações’.
    Desculpem!

    1. Concordo com vc Luciene. Somadas as duas idas (CASV e Consulado) eu não fiquei mais que uma hora e meia esperando. A entrevista durou dois minutos e quatro dias depois o passaporte estava de volta na minha casa. Para comparar: para renovar minha Habilitação eu fiquei 8 horas no Poupatempo, sendo vítima de todo tipo de descaso por parte dos funcionários, isso sim poderia chamar de humilhação.

  14. Celio, entao voce entregou a papelada e marcaram entrevista; depois da entrevista é que chegou em 4 dias?
    E qdo a gente nao precisa ser entrevistado, em qtos dias chega? estou numa ansiedade danada porque a passagem é pra dia 23 de outubro, e eles nao me entregaram ainda. Hoje é 16, dei entrada dia 11/10, e nao preciso entrevista – somente renovação para turismo; entreguei no CASV de Pinheiros. Enfim, concretamente – QTO TEMPO ESTAO DEMORANDO PRA ENTREGAR EM CASA?

ATENÇÃO:
Antes de perguntar, veja se a dúvida já não está respondida no texto. Perguntas redundantes e comentários em maiúsculas serão apagados. Obrigado!