High Line e Meatpacking District: as dicas do Philipp

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

High Line Park, Nova York

O Philipp, que mora em Nova York, é presença assídua nas caixas de comentário do VnV. Ontem ele aproveitou o post sobre o High Line para deixar mais um presentão pra gente: dicas para esticar a visita tarde afora, ou noite adentro, no Meatpacking District. Vai pelo Philipp:

Biergarten at The Standard, para tomar uma cerveja e comer uns bratwursts à moda alemã. Ótimo para um final de tarde quente. No mesmo local está o Standard Grill.

Outros restaurantes badalados na região: Abe & Arthur’s, Pastis, Spice Market (um dos meus favoritos na cidade).

Na rua 16 está o Highline Ballroom, uma casa de shows que vale muito a pena ir se tiver um concerto com alguém que goste. É um local pequeno, assim fica-se próximo aos artistas. Chegando antes, pode-se jantar e assistir ao concerto sentado, bebendo drinks.

Próximo ao Highline Ballroom, na 9th ave, está o famoso (por conta do Sex and the City) restaurante Buddakan.


Subindo um pouco mais, na 24 com a 9th ave está a pizzaria Co. (pronuncia-se Company), por enquanto a minha favorita de NYC.

Na 27, está o The McKittrick Hotel, onde está em cartaz o Sleep No More, que é uma experiência teatral única. Macbeth em uma perspectiva alucinante e fenomenal. Próximo estão o Ovest e o Hôtel Americano, onde pode-se tomar drinks e/ou comer.

São algumas das possibilidades para combinar uma visita ao High Line no meio/final da tarde com um “early dinner” ou uma peça/concerto.

Adoramos, Philipp!

Leia também:

Siamo Arrivati, o blog do Philipp

Onde comer em Lisboa: as dicas do Philipp por Ricardo Freire

High Line, o jardim suspenso de Nova York por Ricardo Freire

Nova York: um passeio por Chealsea, Meatpacking e West Village por Ricardo Freire

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


20 comentários

Atenção: perguntas que já estejam respondidas no texto e comentários ofensivos ou em maiúsculas serão deletados.

Cancelar
Philipp
PhilippPermalinkResponder

Wow, obrigado, foi apenas um comentário com algumas das possibilidades. NY é uma cidade grande demais para conhecermos tudo, não?

Engraçado que hoje ao sair do meu trabalho, encontrei o Comandante e a Márcia na rua em NY!

Quando tiver tempo pretendo fazer uma lista como a de Lisboa wink

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Ops Marcie.

Ana Amelia
Ana AmeliaPermalinkResponder

Boa noite pessoal, obrigada pelas ótimas dicas Philipp!

Eu já tinha lido um post do Ricardo Freire sobre o Spice Market e indiquei para uma amiga que esteve em NY agora no começo de junho.

Ela esteve lá com o namorado, eles pediram os pratos menos apimentados do cardápio (segundo a atendente) e ela me disse que era simplesmente impossível comer (ela curte comida apimentada, mas fizeram esse pedido porque ele não curte muito). Eles notaram que outras mesas estavam na mesma situação.

Como estou indo para NY no segundo semestre e já havia incluído este restaurante na minha "listinha" gostaria de ouvir outras opiniões sobre o assunto.

Obrigada, abraço,

Mel

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Ana Amelia

Eu já me acostumei com comidas picantes, mas minha esposa não, assim sempre temos que pedir coisas não picantes. O Spice Market tem sim opções não menos picantes, o problema que depende da sensibilidade da pessoa e claro da mão do cozinheiro. Se outras pessoas não estavam aguentando na situação em que voce descreveu, pode ser que neste dia o cozinheiro errou a mão (dificil num restaurante deste tipo). Mas pelo preço que se paga lá, se vc perguntou bem para o garçon, eu devolveria e pediria outro prato.

Aqui esta o Menu:
http://www.spicemarketnewyork.com/file/1980/Spice_NYC_Dinner%20Menu_04.18.12.pdf
Evite - claro - tudo que estiver com spicy.

Se vc for realmente sensível a pratos picantes, talvez seja melhor conhecer outros restaurantes como os bistros (Pastis, Rue 57, Balthazar, etc), italianos, Steak Houses, etc. E possivelmente terá que evitar os asiaticos e mexicanos.

Mas reforço que se no pedido você deixar claro que é muito sensível a picante (spicy, hot) eles te ajudarão na escolha.

Uma opção de um restaurante que é também do Jean-Georges Vongerichten é o Mercer Kitchen em Soho.

Ana Amelia
Ana AmeliaPermalinkResponder

Obrigada Philipp! Ótimas dicas, acho que vou me arriscar, depois conto para vocês! Abraço.

Costa
CostaPermalinkResponder

Já que você mencionou o restaurant do Mercer, o que você acha do hotel em si? Tenho reservas para o próximo final de semana, tanto nele quanto no Gramercy Park Hotel. Ambos são caros (o Gramercy até mais barato), mas com propostas diversas. Temo que o Gramercy fique em uma area sossegada demais, mais distante do Soho. Por outro lado, não sei se o Mercer vale quanto cobra. O que você poderia me dizer?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Costa! Por favor não repita as mesmas perguntas em todos os posts. Respondemos no outro.

Eunice
EunicePermalinkResponder

Adorei as dicas, já já vou aproveitá-las.Phillip, se a listinha ampliada sair, vai ser uma mão na roda...eek)

Eunice
EunicePermalinkResponder

Philipp, digo...

Julio Cesar Corrêa

Ric, vc ainda está em NY? Aproveite para dar uma espiada em Governor Island. A ilhota onde o governador do estado trabalha e que só é aberta no verão para o público (junho a setembro). É um oasis a poucos minutos do Marco Zero. Pega-se o barco - gratuito - ao lado do embarque para a Estátua da Liberdade. A maioria dos turistas brasileiros que vão a NY desconhecem essa maravilha, ótimo para se passar uma boa parte do dia. Amanhã, sexta, o aluguel de bikes é gratuito.
abração

Renata Queiroga

Wow!!!Dicas mais que hypadas de NY!!! Só tem coisa boa!!! Standard Grill, Pastis, Spice Market etc! Já estive com o meu Tempere sua Viagem em slguns deles e amooooo!

Fabiana Santos

Cheguei ontem de NY e pena que as dicas só vieram agora...
Já guardei todas para a próxima.
Só fiquei muitoooo decepcionada com a "máfia" dos taxis no aeroporto. Chegamos tarde da noite e fomos surpreendidos por um oriental super mal educado, que orientava as filas aos gritos e sem nenhuma paciência para que informássemos o endereço de nosso hotel. Colocou-nos em um taxi e o motorista só falou o preço da corrida, quando chegamos ao pé de um viaduto e queria cobras 98USD + pedágio para nos levar a Jersey City.
Ainda bem que já tinhamos feito a "lição de casa" e sabíamos da conexão do trem PATH com o metrô.
Demoramos, mas chegamos, apenas com o preço das passagens de metrô+PATH.
Vale o aviso para quem está indo e não vai se hospedar em Manhattan.
Abraços.

Renata Queiroga

Acrescentaria a essa lista, muito embora não sejam no meatpacking, on Minetta Tavern, o Spice Market e o Balthazar!!!

M. Angela Veneziano

Olá!

Vou p/ Washington no começo de agosto (de 02 a 18 de agosto) e gostaria de saber o que vale a pena conhecer nas imediações (Baltimore, Filadelfia...).Tenho interesse na história americana e tambem em conhecer uma comunidade Amish.Não quero ir a New York
Quanto tempo ficar em cada lugar?
Obrigadinha!
Angela

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Angela! Vale a pena sim se aventurar pela região.

Leia sobre Washington e arredores nos blogs do Oscar e da Claudia Beatriz:

http://www.mauoscar.com

http://www.aprendizdeviajante.com

Leia o que temos sobre o assunto:

http://www.viajenaviagem.com/category/filadelfia

http://www.viajenaviagem.com/category/washington

http://www.viajenaviagem.com/category/maryland

Evelin Forte Grey Costa Morais

Obg Phillip!
Gostaria de mais dicas de bares e se estes restaurtantes é melhor fazer reserva. Dá pra reservar antes? Conhece algum pub legal? Obg

Philipp
PhilippPermalinkResponder

Evelin

Para os restaurantes acima em geral e' fundamental fazer reserva. A pizzaria Co. nao aceita reservas no entanto. Eu sempre recomendo reservas aqui em New York.

Ha varios Pubs em NYC, mas o Meatpacking nao e' o lugar forte para isto nao. Considero o Biergarten do Standard a melhor opcao la'.

Se quiser ir no mais antigo daqui, va ao McSorley's Old Ale House que fica no Lower East Side. Mas a cerveja nao eh grande coisa nao, vale mais pelo ambiente. Da uma olhada nos reviews do tripadvisor:
http://www.tripadvisor.com/Restaurant_Review-g60763-d502665-Reviews-McSorleys_Old_Ale_House-New_York_City_New_York.html

Inclusive, acredito que no post sobre o Lower East Side (LES), recomendei o Spitzer's Corner e o Schiller's, tambem no LES.

Tem muita coisa aqui, em praticamente todos cantos da cidade!

Teresa
TeresaPermalinkResponder

Evelyn,
Viajando, acho mais bacana entrar onde a cara do lugar parece boa que procurar grandes indicações. Descendo do High Line pela escada da 23nd St, achamos esse pub
http://www.thehalfking.com/layout/hk8.htm
onde almoçamos e foi bem agradável, super despretensioso e nada turístico, pratos típicos de pub, inúmeras marcas de cervejas e até um quintalzinho no fundo.

It Babies em NY: 2º dia (parte II) | It Babies

[...] Nós fizemos o High Line de ponta a ponta. Por lá há também alguns restaurantes badalados e outros locais para refeições rápidas. Querem saber mais detalhes sobre o High Line? Podem dar uma lida nestes dois posts do Viaje na Viagem: AQUI e AQUI! [...]