2x Cajón del Maipo: de ônibus de linha e em tour organizado

  • 0
Mariana Amaral
por Mariana Amaral

cajon-de-maipo-abre2

Trilha no El Morado

A Luiza e a Benahia passaram o dia em Cajón del Maipo, mas fizeram passeios bem diferentes -- e viram paisagens distintas, também. A Luiza foi de ônibus de linha e se aventurou pelas trilhas do cânion El Morado. A Benahia contratou um tour para curtir, sem pressa, as águas termais de Baños Colina.

Vai por elas:

El Morado

O passeio econômico da Luiza: trekking por conta própria

Estou em Santiago desde 6 de janeiro, e como estou na casa de uma amiga, ela tem me orientado para os passeios de forma que eu consiga fazer tudo de modo muito mais econômico. Fiz o passeio de El Morado, por conta própria, de ônibus. Pesquisei passeios guiados, tudo muito caro, entre 50.000 e 80.000 pesos chilenos. Levando em consideração que a entrada para o parque custa 2.000 pesos (mais ou menos R$ 8), considerei desnecessário gastar tanto. Como eu só queria fazer o passeio no Monumento El Morado, descartei a hipótese de pernoitar por lá. Para ir de ônibus é bem simples.

Chegada em Baños Morales

Chegada em Baños Morales

Entrada do parque

Entrada do parque

A linha de ônibus comuns Turmaipo reserva um ônibus para o destino Baños Morales (onde fica El Morado, as águas termais e o vulcão). De outubro a 1 de janeiro, só tem ônibus aos sábados, domingos e feriados. A partir de primeiro de janeiro e até 15 de março, sai um ônibus todos os dias. A saída é no Terminal de Metrobuses Bellavista de la Florida (penúltima estação da linha 5 do metrô). O valor de ida e volta das passagens é 8.000 pesos. A saída do ônibus do terminal é às 7h30, pontualmente (só sai um ônibus com esse destino por dia). No fim da tarde, esse mesmo ônibus volta de Baños Morales às 18h. Quem preferir pegar o ônibus em Puente Alto, nas proximidades da estação de metrô Las Mercedes, o ônibus passa às 7h50, aproximadamente. Por San José de Maipo passa mais ou menos às 8h30 e chega a Baños Morales aproximadamente às 10h. Mas não vá esperando por um ônibus de viagem... É um ônibus urbano comum, dos pequenos (micro), azul e branco, escrito “Metrobus”, e o número dele é MB-72. Caso a pessoa queira chegar ao Terminal de Buses ou a Puente Alto utilizando o metrô, basta ver a localização do hotel em relação à linha do metrô, e simular o trajeto no site.

Trilha em El Morado

Trilha em El Morado

A vista da trilha

Para fazer o trekking em El Morado, use roupas leves, boné, leve muita água, um lanche leve, frutas, e não deixe de usar bloqueador solar fator 50. Pense que vai caminhar por, pelo menos, 4 horas, num lugar árido e sem nenhuma árvore onde possa se proteger do sol. Mesmo utilizando bloqueador solar, fiquei com a marca da camiseta no braço. Na volta ventava muito, e um hidratante labial também vai muito bem. Minha filha de 13 anos foi comigo, e a recomendação do guarda, na entrada, é de que não andássemos além do lago, que fica a 6 km.

Rio de degelo

Rio de degelo da neve

A subida não é fácil para quem é sedentário, e tem ainda os efeitos da altitude.

Acho que essas informações são ideais para quem gosta de caminhar e gastar pouco. Este é, de fato, o “caminho das pedras”.

Baños Colina

O passeio relax da Benahia: banhos termais em tour organizado

Também fui para Santiago agora em janeiro e faltando uns dias para viagem descobri Cajón del Maipo. Queria muito ir a Baños Colina e achei um anúncio de excursão com a Manzur Expediciones . Resolvi arriscar e reservei as vagas por e-mail. Valeu muito a pena! E pelo que li no comentário da Luiza, acho que o preço que paguei foi bem abaixo das outras excursões.

Em Santiago, fiquei no Ibis Providencia, e o local de encontro com o Manzur era em frente à Plaza Italia, no metrô Baquedano. Super perto do hotel, eu e meu namorado fomos caminhando na ida e na volta até o ponto de encontro.

Trajeto a Baños Colina

Baños ColinaBaños ColinaBaños ColinaTrajeto a Baños Colina

Eles estavam lá no horário marcado. Fiquei com medo de ser uma van velha ou algo do tipo, mas a van era nova, confortável, deu para dormir na volta (na ida tem que ir acordado, pois a paisagem vale a pena e até encontramos uma llama no meio do caminho, já no parque).

Baños Colina

A van nos deixou lá nas piscinas termais às 11h e voltou às 16h. O lugar é lindo, as piscinas estavam bem cheias pois era um domingo e estava muito sol. Aliás, não tem sombra no local, nenhuma, igual a Luiza falou, nem uma árvore, então tem que levar protetor, chapéu, camisa, tudo que puder proteger para não queimar muito. Lá em Baños Colina tem banheiro e ducha, para quem quiser trocar de roupa depois. O banheiro não é dos mais limpos, mas ajuda.

Baños Colina

Muita gente passando lama na cara, relaxando nas águas, foi um passeio bem diferente do restante da viagem em Santiago, Viña e Valparaíso. Gostei muito e recomendo o Manzur Expediciones. Paguei 16.000 pesos por pessoa (a entrada nas piscinas custa 8.000 pesos e já está no pacote).

Um grupo de americanos que estava na mesma van foi para fazer trekking. Eles pagaram $4.000 a menos ($12.000 no total) porque não entraram na área de Baños Colina. A van deixou o grupo deles um pouco antes da entrada das piscinas. Um outro grupo que estava com a Manzur, mas em outra van, levou bicicleta e também ficou um pouco antes da entrada, pagando menos.

Paramos no caminho em uma casinha bem típica para ir ao banheiro e comer, era uma espécie de bar. O caminho é realmente bonito de apreciar.

Bom, é isso. Saímos 8h da Plaza Itália e chegamos por volta das 19h. Baños Colina é bem no alto, então fica a 3 horas de Santiago. Acho que é uma ótima dica para quem ficar em Santiago.

Adoramos os passeios, Benahia e Luiza!

Em Cajón del Maipo também está a represa Embalse El Yeso e há outras muitas atividades para escolher, como rafting e cavalgadas. Pode valer, inclusive, o pernoite, como relatou por aqui a Joana. Quem preferir, pode ir até lá dirigindo. Mais informações no site oficial.

Leia mais:

65 comentários

DeniseKN
DeniseKNPermalinkResponder

Pessoal, deixando o meu pitaco sobre Cajón del Maipo:

Em abril/2012, fui com uma amiga minha até a região. Não tínhamos muito tempo disponível (só um dia) e queríamos fazer alguma atividade externa.

Como procuramos as informações um pouco em cima da hora, não foi possível que fizéssemos o passeio até El Morado com uma empresa de turismo (a que encontramos não poderia fazer o passeio no dia).

Por fim, acabamos por conta: Pegamos um ônibus até a região, no metrô Bellavista (se não me engano, o ponto inicial onde saem). Depois de quase duas horas de viagem (!!!), com esse ônibus passando por várias estações de metrô ¬¬ , descemos num lugar chamado Cascata de las Animas (www.cascada.net - um hotel fazenda que também disponibiliza caminhadas e atividades aquáticas para visitantes). Esse lugar fica na estradinha na direção do parque, mas bem antes deste.

O pessoal do lugar foi bem atencioso. Fizemos a Caminhada "Meseta", guiada, que tem duração média de 2h:30 - http://www.cascada.net/index_ing/trekking.php . A vista do ponto mais alto é linda - foi possível ver neve nos picos das montanhas do outro lado do rio, que parecem pertinho. Eles tem outras duas possibilidades de caminhada.

Pena que tínhamos muito pouco tempo em Santiago, mas eu gostaria de voltar à região - ir para El Morado, Embalse El Yeso e tudo o mais.

Só acho que, comparando com as fotos da Luiza, ir ao El Morado e fazer a caminhada deve ser tão ou mais bonito que o lugar que fui smile Pelo menos dá pra ter o gostinho de Cajón del Maipo! Hiper recomendo a região!

Kênia
KêniaPermalinkResponder

Boa dica!
Só não fomos até o Cajón del Maipo ano passado, durante uma viagem a Santiago, porque não sabíamos como chegar até lá. Nem o pessoal do centro de informações turísticas na Providência não soube nos orientar!!!!
Confesso que preferíamos o passeio guiado, pois queríamos fazer trekking nos Andes, mas tínhamos um pouco de receio em relação à segurança do lugar (éramos 3 mulheres). Como não encontramos uma empresa para contratar o passeio, acabamos desistindo.
Agora vou guardar estas dicas para uma próxima vez no Chile.
Valeu! ;o)

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Muito legal o post, Mariana!
Obrigada por organizar nossas informações e nos dar espaço para compartilharmos nossa experiência... De fato, não é fácil conseguir informações sobre passeios a Cajón del Maipo. Pesquisei por uns três dias até conseguir o necessário para fazer o passeio sem gastar muito. Agora as dicas vão ajudar muitos que pretendem fazer esse passeio imperdível. wink
Abração!

Anita
AnitaPermalinkResponder

Que ótimo ter mais informações sobre essa região!

Pretendo visitá-la em abril. Minha idéia é ir de carro e retornar a Santiago no mesmo dia. Será que é possível conciliar Embalse El Yeso e Baños Colinas na mesma visita? Alguém já fez isso? Pelo mapa disponível no site (www.cajondelmaipo.com) vi que esses dois lugares ficam em estradinhas diferentes.

Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anita! Pernoitando na região, ou achando uma operadora que faça esse passeio, você consegue conciliar.

Leia mais sobre Cajón:

http://www.viajenaviagem.com/category/cajon-del-maipo

Anita
AnitaPermalinkResponder

Obrigada, Bóia!

Silvia Andrade

Estive no Cajon del Maipo em 2 ocasiões. Uma vez no inverno e só fizemos um passeio de carro com amigos chilenos para almoçar por lá. Fiquei encantada com a neve cobrindo os cerros tão perto de Santiago. Prometi voltar e o fiz alguns anos depois no final do verão. Alugamos 1 carro e a viagem pelos subúrbios de Santiago me pareceu uma eternidade. Ao subir a serra, mesmo sem neve, existem muitos atrativos como rios, despenhadeiros e muita flores. Paramos para almoçar no Santuario del Rio - restaurante muito bom e possui uma pousada com piscina e espaços lindos para uma festa. Já até escolhemos a cabana que vamos ficar num futuro retorno. Indispensável a lareira já que no inverno fica cercada de neve. Tá na nossa lista.

Proxima Trip - Erika

na próxima vez que estiver em Santiago, quero fazer as trilhas da região!

excelentes relatos e dicas!

André Luiz Freitas

estive em 2012 (março) no chile, fui de metrô até puente alto, depois de micro até o cajón de maipo (san josé de maipo). lá contratei, através da secretaria de turismo, um auto de turismo para conhecer o EMBALSE DEL YESO, que é uma gbarragem de água incrivelmente azul no meio da cordilheira e visitamos também um vulcão que se vê a partir da base do conhecido CERRO CATEDRAL. custo razoável (não lembro exato, cerca de r$200 para 2 pessoas)

Maíra Silveira

Oi André!
Por acaso voce lembra qual agencia de turismo usou ou poderia dar mais detalhes desse seu passeio. Estou tentando organizar o meu neses moldes aí, pois não estou tão interessada na caminhada bruta, mas tenho encontrado dificuldades nas pesquisas na net. Obrigada!

Cinara Farias
Cinara FariasPermalinkResponder

Compensa ir a Cajon del Maipo no inverno?
Achei um arquivo em pdf e vários passeios constam que não estão disponíveis no inverno.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cinara! Pois é, no inverno as atividades por lá ficam limitadas.

Magda
MagdaPermalinkResponder

Oi bóia, estarei no chile em agosto, será que os banhos termais serão possíveis? será que esses ônibus mesmo no inverno vão até lá? Ou será que alugar um carro é melhor? em que lugar se pode pernoitar por lá? Obrigada

alice coutinho

Tambem estarei em Agosto e estou muito na dúvida se vale a pena ir nesta epoca a Cajon. nao consigo encontrar respostas por aqui...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alice! Provavelmente haverá neve.

Tati
TatiPermalinkResponder

Olá gente, li tudinho como me indicou Bóia, comecei a organizar meu tour para ir a cajon por conta, porém, quando entrei no site da turmaipo para ver horários, não compreendi se no período do inverno eles fazem os trajetos até san jose del maipo.
Alguém pode me ajudar? Desejo ir a san josé del maipo e de lá pegar um taxi para conhecer embalse e el vulcan.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tati! O melhor mesmo é mandar um email à operadora. A resposta vem mais rápida e é mais garantida.

Se você for, na volta conta pra gente? As informações que temos de Cajón vêm todas de leitores que já fizeram o passeio. Na internet é bastante difícil pescar informações seguras. Obrigada!

Rebecca
RebeccaPermalinkResponder

Olá,gente!! tb vou em agosto e estou super interessada em conhecer a regiao de San José de Maipo, principalmente Embalse El Yeso e El Morado. os baños nao me atraem tanto, porém só consigo informações precisas sobre passeios para Banos Morales, Banos Colinas, El Plomo, etc.
pretendo ir de metro e onibus até San josé de Maipo e, lá mesmo, contratar taxista, ou van, ou guia, nao sei o que, para os lugares q quero ir.
na resposta acima, vi que, para obter estas informaçoes, existe a opçao de se enviar email para "a operadora", mas que operadora? nao encontrei informaçao nenhuma a respeito. seria o site oficial cajon del maipo? atraves deste site, deixei email e nao obtive resposta. alguem poderia me informar o endereço desta operadora ou algum contato direto com guias da região? nao pretendo contratar o passeio a partir de Santiago, mas, sim, a partir do centro de San José de Maipo, pois acredito que seja muito mais economico.
obrigada, desde já.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rebecca! As informações que temos coletado sobre Cajón são todas, todas, todas trazidas por leitores que resolveram fazer o passeio a despeito da falta de informações. O que tem acontecido é: a gente publica um post, daí outros leitores perguntam coisas que não estão relatadas, então a gente põe a pergunta no Perguntódromo, mas daí ninguém responde. Então mais adiante a pessoa que perguntou volta para dizer como foi que fez.

Você pode procurar nos posts anteriores e nos comentários os nomes de agências que operam passeios para lá e pedir informações. Ou pode deixar para ver isso quando chegar em Santiago, o que não será tão problemático assim. (E se fizer, por favor volte para contar!!!)

http://www.viajenaviagem.com/2011/08/cajon-del-maipo-quem-da-o-caminho-das-pedras/

http://www.viajenaviagem.com/2013/01/cajon-del-maipo-por-conta-propria-ou-em-tour-organizado/

Santiago do Chile – planejando a viagem .: O mundo aos meus pés

[...] Cajón del Maipo: Destino de ecoturismo localizado a 60Km de Santiago. lá se pode fazer o trekking no Parque Nacional El Morado, além de desfrutar de águas termais e ver vulcões. O difícil é achar o caminho das pedras sem pagar uma fortuna nas excursões. Por falar nelas, uma empresa que oferece os passeios para lá é a Jorge Excursiones. Tem mais dicas no Mochileiros.com e neste post aqui do Viaje na Viagem. [...]

LUIZA DI SESSA _

Sobre Cajón del Maipo em agosto: acredito que não seja possível fazer o passeio ao monumento El Morado, porque há muita neve, e a região não é para praticar esportes de inverno, como Farellones ou Valle Nevado... É para trekking mesmo. A subida do monumento é muito íngreme, no verão a pessoa escorrega nas pedras, o que dirá no inverno, com neve. Acredito que seja quase impossível andar por ali. Por isso, no site da Turmaipo, durante o inverno não há ônibus para Banos Morales, somente até San Jose del Maipo. Minha amiga chilena fez o passeio com uns amigos brasileiros no mês de setembro, com um carro alugado. Ainda assim, nessa época há um pouco de neve, mas já é possível fazer o passeio. A recomendação é levar muita água sempre, mesmo que não esteja calor. Esta minha amiga me disse que uma dificuldade pela qual ela passou e de que não se esquece é de ter levado pouca água. Se não conseguir informações sobre transporte no site da Turmaipo, estando em Santiago, vale a pena ir até o Terminal de ônibus na estação Bellavista do metrô. É fácil andar de metrô em Santiago, e é deste terminal que saem os ônibus para a região de Cajón del Maipo. De San Jose del Maipo a Banos Morales é mais ou menos 1 hora e meia, sendo que boa parte do trecho é difícil até para dirigir. Talvez valha a pena alugar um carro, se o passeio for feito por um grupo de pessoas.

stella maria sousa carvalho

Hoje estava pesquisando sobre Cajón de Maipo e descobri uma agência chilena que faz este passeio: a Ecochile Travel (http://ecochile.travel/). Eles oferecem dois passeios para a região:
- Glaciares e Termas: Quente e frio se misturam neste tour com duração de um dia, no qual faremos uma caminhada rumo ao Valle Las Arenas, onde está localizado o Glacial El Morado. Ao final (3000m altitud), você poderá relaxar nas águas acolhedoras das termas Baños Colina. Viajaremos de Santiago a San José de Maipo, um povo situado no Vale de Maipo, onde poderemos comprar petiscos para nosso piquenique de almoço. Em seguida, partimos para El Morado, onde uma caminhada exuberante e as admiráveis geleiras nos aguardam. Seu guia irá explicar tudo sobre a história e geografia da região durante a jornada de quatro horas, que culminará com um almoço junto ao glaciar. Após a descida da montanha, você poderá relaxar nas termas Baños Colina, localizadas aos pés do vulcão San Jose. (5856m altitud).U$145,00
- Através dos Andes: Descubra asexuberantes montanhasda Cordilheira dos Andescomesta caminhada, que irá levá-loatravés de umvale com belas paisagenseum antigo glaciar no Monumento Nacional ElMorado. Sairemos de Santiago em direção aosudesteaté a região de CajondelMaipo. Faremos uma parada no povoado de SanJosé de Maipo, onde você poderá se preparar para a caminhada que está por vir comprando comida no adorável comércio local. A próxima parada é o vilarejo de montanha chamado BañosMorales, onde iniciaremos a caminhada pelos Andes.Seu guia irálhe explicar tudo sobre a flora e fauna alpina sen quanto você caminhada pelo vale glacial, passando pela Laguna San Francisco e, eventualmente, ao pé do glaciar San Francisco antes de retornar a Santiago. U$125,00

Alguém conhece esta empresa??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Stella!

Já forçamos bastante este assunto aqui no Viaje na Viagem, e tudo o que conseguimos está acumulado nas caixas de comentários destes posts:

http://www.viajenaviagem.com/2011/08/cajon-del-maipo-quem-da-o-caminho-das-pedras/

http://www.viajenaviagem.com/2011/11/charada-da-6a-azul-da-cor-do-lago/

http://www.viajenaviagem.com/2011/08/cajon-del-maipo-quem-da-o-caminho-das-pedras/comment-page-1/#comment-237775

Veja como pesquisar a reputação de empresas na internet:

http://www.viajenaviagem.com/2012/08/5-passos-viagens-sem-roubadas/

Alex Melo
Alex MeloPermalinkResponder

Boa Noite,

Eu e a minha esposa vamos para o Cajón del Maipo em 21 de maio de 2013 (terça-feira) pela Jorge Excursiones, já confirmamos através do site da empresa. Porém, até o momento, só foram cadastrados pra essa viagem apenas nós dois, precisamos de no mínimo 6 pessoas, ou seja, pelo menos mais 4, se caso alguém estiver interessado em ir pra lá é só se inscrever no link http://www.jorgeexcursiones.cl/inscripcion.php?excursion=termas_plomo&dia=15&mes=4&ano=2013, é fácil e logo após o Jorge entra em contato por e-mail para confirmar a reserva. Abraços!

Tati
TatiPermalinkResponder

Olá gente, eu ia para Cajon por conta própria, mas achei uma excursão bem em conta, porém, como na mensagem acima, só dá pra ir se tiver no mínimo 5 pessoas. Alguém topa conhecer embalse del yeso no dia 23.06? Acessem... http://www.jorgeexcursiones.cl/excursiones.php?excursion=termas_plomo

silvio
silvioPermalinkResponder

Oi tati. A excursão me interessa (eu e a minha esposa) e já preenchi o cadastro da empresa. Caso consiga confirmar, favor avisar.
silvio

Larissa Lima
Larissa LimaPermalinkResponder

Tati e Silvio, vocês fizeram o passeio com essa empresa? Deu tudo certo? Obrigada!

Flávio Correia Lima

Visitamos o Cajón del Maipo por conta própria! Conhecemos o Embalse el Yeso, Baños Morales e Baños Colinas. Vale a pena. O lugar é lindo e a paz da natureza é sentida em todos os lugares! Fiz um relato no meu blog pra ajudar quem quiser conhecer o Cajón: http://flaviocorreialima.com/2012/12/22/viagem-ao-chile-o-cajon-del-maipo/ e http://flaviocorreialima.com/tag/chile/

vinicius
viniciusPermalinkResponder

Gostaria de saber se em Abril há disponibilidade de onibus já que foi dito que diariamente só sai inibus atá Março. Se o passeio é possível e seguro fazê-lo sem guia. Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vinicius! Infelizmente não sabemos. Todo o nosso conhecimento sobre Cajón del Maipo é por contribuição generosa dos leitores. É muito difícil achar informações na net.

luis oscar
luis oscarPermalinkResponder

2 Formas BARATAS de chegar ate´ Cajon del Maipo:

- 1* De metro pegue a linha 5(verde) e va´ ate´ a estação "Bella de La Florida", onde e´tambem uma estação de ônibus, pegue o "microbus" MB72 que vai te levar direto para o Cajon del Maipo (custos Metro($610 pesos) + microbus($950pesos)). Esse trajeto e´ muito seguro e barato, so´ que vai levar aproximadamente 2horas o percurso total entre metro + microbus.
- 2* De metro pegue a linha 4(roxa) e va´ ate´ a estação "Plaza de armas", desda estaçao há duas formas de prosseguir, de táxi ou de microbus; de táxi: são taxis pretos que fazem corridas até o Cajon del Maipo e a vinicula Concha y Toro ou de Microbus: também pegar o numero MB72. Custos dessa segunda opção metro $610 + $1500pesos de taxi ou $800 pesos de microbus.

Segunda opção pode ser mais rápida...

Bom passeio e good luck!!

Simone Lobo
Simone LoboPermalinkResponder

O Ricardo Freire abriu um post em agosto/2011 para mim (olha que chique) pois, na época, não tinha muita informação de como chegar em Cajon del Maipo por conta própria.
Voltei a Santiago em agosto/2013 e finalmente consegui realizar meu sonho. Me sinto na obrigação de dar algumas dicas e dividir minha experiência com vocês.
Bóia, tentei comentar no post de Cajón - Quem dá o caminho das pedras - mas não consegui, por isso me perdoe desde já caso esse comentário vá para o local inadequado.
Cajón fica a aproximadamente 60KM de Santiago. Alugamos um carro e fomos com GPS, é bem sinalizado. Em menos de 1 hora chegamos na cidade.
Decidimos conhecer Embalse el Yeso depois de ver algumas imagens e relatos por aqui. Mas, como fomos no auge do inverno, algumas dicas são importantes.
Chegando em Cajón del Maipo, seguimos o "Caminho Al Volcan" e nem precisamos parar para perguntar. Há placas por todos os lados.
A estrada é sinuosa e linda, você não vai se cansar de tirar várias fotos.
Quando entramos na estrada que vai para o Embalse, começa a parte mais linda. Parecia que estávamos subindo o Valle Nevado. A paisagem é belíssima, se prepare para cruzar com cavalos selvagens, raposas e cabras no meio dos Andes.
Como a estrada é de terra e marca 29KM para chegar ao Embalse, demora cerca de 1 hora, indo devagar e curtindo a paisagem. Mas não adianta ter pressa, o caminho é incrível.
Chegando lá é que é a questão. Eu havia visto uma foto com o chão de terra. Fui de bota comum, com solado de couro e, ao chegar, tivemos que estacionar o carro um pouco antes da represa e andar pelo menos 1KM na neve. O gelo estava cobrindo toda a estradinha.
Neve de um lado, ribanceira de outro.
Então, uma dica: caso vá no inverno, use botas de neve para não correr o risco de se machucar.
Bom, a dificuldade vale a pena porque eu nunca tinha visto um lugar tão lindo em toda a vida. Silêncio, lago azul turquesa cristalino com montanha de neve por todos os lados.
Vale o passeio mil vezes.
Se estiver em Santiago, programe 1 dia inteiro para fazer esse passeio, mas eu acho que Cajón vale uma esticada maior, pois tem muita coisa a oferecer. Tem estação de esqui, glaciar, vulcão, enfim, eu ficaria pelo menos uns 3 dias por lá.
Espero ter ajudado smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Obrigada, Simone!

Luísa
LuísaPermalinkResponder

Simone,
Estou indo para Santiago em Setembro/2014. Como relatou, você foi em agosto/2013. Minha dúvida: Será que conseguimos fazer o caminho tranquilamente de carro de passeio alugado? Tenho medo da neve estar muito intensa e termos que voltar no meio do caminho... Se alguém conseguir me responder, ficarei grata!!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luísa! O relato da Simone virou post. Veja as dicas dela sobre ir pra Cajón del Maipo no inverno aqui: http://www.viajenaviagem.com/2013/11/cajon-del-maipo-inverno-carro-alugado/

Karina Kato
Karina KatoPermalinkResponder

Fui ao Atacama no ano de 2012. Ficamos em Santiago e depois fomos ao Atacama. Durante o tempo em que estivemos em Santiago, fomos dois dias por conta própria ao Cajón del Maipo, mas fomos de carro (alugamos um). Fomos ao Baños Colinas e a represa (ou reservatório) do rio Yeso, que é uma represa que contém 253 milhões de metros cúbicos de água, e que fica a uma altitude de 3000 metros. É um lugar fascinante. Como não vi comentários sobre esse lugar, resolvi escrever para saber se alguém conhece. A represa possui água de um azul turquesa que eu nunca vi. O caminho para chegar lá é bem difícil, estrada curta e bem perto a um precipício. Mas a vista ao chegar vale qualquer risco. Levamos sanduíches e lanchamos por lá. Foi um dia inesquecível.

Chris
ChrisPermalinkResponder

Fiz o tour pela Manzur e foi sensacional! O Bano Colina foi uma das experiencias mais incriveis que ja estive. As montanhas ainda estavam salpicadas de gelo e até nevou. A agua é sensacional e a lama dizem que é boa e vc ve muita gente passando no rosto e no corpo.

O custo-beneficio é ótimo, ja que no valor já esta incluso a entrada nas termas.

Nair Modolo
Nair ModoloPermalinkResponder

O Blog de vocês é maravilhoso... segui vários roteiros para o Chile e deu tudo certinho...

Parabéns ao grupo!

#sigovocessempre

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Obrigadíssima pelo feedback, Nair! grin

Gisela Ares
Gisela AresPermalinkResponder

Eu fiz o trekking e recomendo!
Não é fácil, pelo menos para mim não foi, devido a altitude. Fizemos 6km em quase 5hs de caminhada, o que costumo fazer em 1h todos os dias.
Para chegar ao local fechamos com um motorista que faz transfer em Santiago, como estávamos em dois casais não saiu caro e a melhor parte - ele ficou nos esperando no lugar. Assim que terminamos a caminhada pudemos ir embora imediatamente, o que foi ótimo pois a caminhada é super cansativa, por causa da altitude.

Eloiza aparecida Chagas

Bom dia estive lendo algo sobre Cajon del Maipo me pareceu que não é aberto no período de inverno (pretendo ir em Julho isso procede?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eloiza! A Simone visitou Cajón del Maipo no inverno. Veja o relato: http://www.viajenaviagem.com/2013/11/cajon-del-maipo-inverno-carro-alugado

Eloiza A Chagas

Boa tarde
Gostaria de saber se ha possibilidade de visitar Cajon del Maipo em Julho alto inverno e o que poderemos fz? ou que encontraremos neste lugar? Obrigada

symone
symonePermalinkResponder

Olá Boía.
Quando estava decidindo visitar Cajón del Maipo foi muito bom tudo que li aqui. Minha intenção não era bate volta, então procurei muito para ver onde era melhor e hospedar. Aí encontrei o Lodge Andino. Foi maravilhosa minha hospedagem por lá. Por isso vim aqui deixar o link http://viajandocomsy.com.br/lodge-andino-cajon-del-maipo-chile/ . Ficando por lá fiz vários os passeios :El Morado, El Yeso, Banõs da Colina. Ainda não postei os passeios, mas quem quiser tirar as duvidas pode perguntar. Em breve vai estar tudo pronto. Recomendo muito este lugar. Foi lindo!! Fiz em setembro de 2014. Ainda peguei muita neve em El Morado.
Obrigada por tudo!

Vanessa Huback

Olá Ricardo. Gostaria de fazer um post sobre o Cajón del Maipo no seu blog. Acabei de ir lá no período do natal. É um passeio imperdível
Abraços

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Recebemos relatos no endereço redacao arroba viajenaviagem ponto com smile

Gabriel Miranda

Olá estou no em Santiago a 7 dias, e decidi ir a cânon del maipo. Entrei em contato com a MANZUR EXPEDICIONES, combinei com eles com dois dias de antecedência, até ai tudo bem, fui no local marcado as 8 horas, havia muitos brasileiros já esperando, conversamos e as 8 e 30 chegou o motorista da van. Quando o grupo chegou até a van percecebemos que não caberia todo mundo. O motorista vez alguns telefonemas e encheu a van, sobraram 11 pessoas do lado de fora, ele nos disse que viria uma outra van em dez minutos nos buscar. Ficamos uma hora esperando e nada de van. PORTANTO NÃO RECOMENDO A MANZUR EXCURCIONES, mas deu errado para 11 e deu certo para os que embarquaram.

Viviane
VivianePermalinkResponder

Bom dia, gostaria de uma informação: gostaria de arriscar e ir de ônibus convencional para o passeio de Cajón del Maipo, mas como só pretendo ir para as termas, queria saber se o ônibus para na entrada e precisamos fazer o caminho a pé que foi comentado de aproximadamente 4 horas até chegar nas termas, ou tem outro acesso sem precisar fazer a parte do trekking?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Viviane! Infelizmente dependemos dos leitores que fizeram este passeio para responder. O ideal é tentar repetir os roteiros exatamente como foram descritos.

Viviane
VivianePermalinkResponder

Obrigada! Tentei entrar em contato com a MANZUR EXPEDICIONES, mas não tive resposta, então preferi arriscar ir por conta própria, mas como só gostaria de ir nas termas, não sei se vale a pena ir de transporte público.

Evelize
EvelizePermalinkResponder

Olá, Viviane. Se você quer mesmo ir só nas termas, não há transporte público. Este vai só até Bños Morales, local em que, segundo informações que tive por lá, as águas nas piscinas naturais estão frias. Para banhar-se em águas quentes e muito agradáveis, você deve ir até Baños Colinas. Fui com um brasileiro que vive em Santiago: Henrique, whatsapp +569 78280988. Conforme comentário da Simone, é bom se planejar com antecedência para não perder a oportunidade de curtir momentos incríveis.

Débora Regina

Ótimo site, está me ajudando muito!! Simone Lobo suas dicas serão muito úteis, pois irei em Julho pra lá... Muito obrigada Bóia e demais grin

Simone vaitkunas

Acabei de chegar se Santiago em 15.03.15, havia visto o post falando de Cajon de Maipo e resolvemos pegar o ônibus sugerido. As 7:00 da manhã do dia 13.03 estávamos na estação de metrô La Florida e não havia nenhum ônibus direto da Turmaipo como informado pela Luiza... O ônibus existe, mas funciona somente de sábado e domingo...como era sexta e não iamos ter os outros dias disponíveis resolvemos pegar o ônibus de linha comum até São José de Maipo e lá tentar achar algum guia ou passeio... Depois de 1:30 chegamos na cidadezinha onde todos foram simpáticos, mas não havia nenhuma empresa/guia... Sugeriram que fôssemos até a próxima cidade São Gabriel, mas também não havia nada...voltamos pra Santiago sem conseguir chegar nas termas. Minha sugestão para os que lerem este comentário é de tentar achar uma excursão paga com antecedência se não podem acabar não conseguindo nada. Abraços

Bruno Luiz
Bruno LuizPermalinkResponder

Em janeiro conheci esse lugar. Realmente é maravilhoso, o lugar mais bonito que já vi até hoje. Esse post realmente ajudou bastante, porém eu não fui nem de ônibus nem de agência turística. Resolvi alugar um carro e ir sozinho. Fiz um post no meu blog https://semprenaviagem.wordpress.com/2015/06/09/monumento-natural-el-morado-cajon-del-maipo/

Obrigado.
Bruno.

fatima marques

Bem, em fevereiro fui ao Chile e resolvi ir até Cajon Del Maipo. Contatamos uma agência que encontramos no Facebook e nos post aqui do viaje na viagem a Manzur expediciones. Mandei mensagem pelo Whats App número 569 93357800 e combinamos tudo... O lugar é bonito mas, na minha opinião, não vale a via crucis. A viagem é muito longa.
E o local nao tem NENHUMA INFRA-ESTRUTURA. Sem lanchonete, entao se quiser comer ou leva marmita, como os locais fazem, ou anda cerca de 30 minutos até uma biroska muito acanhada. O banheiro coletivo é surreal. As piscinas são quentes? Sim são. Mas a água é muito fedorenta a enxofre ou lama mesmo. Parece que vc está entrando em uma piscina de lama de esgoto. Eu só conseguia pensar nas maravilhosas águas limpas, quentes e cheirosas que temos por aqui em Caldas Novas. Espero que não se ofendam com esse post, já que todos falam tão bem. Mas é bom estar consciente do que vc vai encontrar.

Emanuele Vilela

o começo de 2015 estivemos no Chile. Aí na foto Embalse el Yeso, na região do Vale do Maipo. No post, conto nossa aventura pra chegar no lugar:
http://www.emanuelevilela.com/#!Cajón-Del-Maipo-Embalse-el-yeso/cmbz/55b535620cf286eab02cb998

Jefferson
JeffersonPermalinkResponder

Cajón Del Maipo é um lugar maravilhoso! E o melhor é aqui do lado do Brasil e muita gente nem faz ideia que existem paraísos assim tão perto! smile

Aline
AlinePermalinkResponder

Oi pessoal, para quem estiver pensando em ir para Cajon del Maipo em setembro, acabei de voltar de lá. De pesquisar bastante, e descobri que há poucas informações disponíveis pra gente. .. resolvi alugar um carro. Comprei a passagem de avião sem saber que dia 18 e 19.de setembro eram feriados nacionais ni Chile. Resolvi passar 18, 19 e 20 de setembro lá. Pesquisei aluguel de carro na rental car e era o dobro do preço que na Chilean (saiu 120.000 pesos 4 dias a nissan cabine dupla, eles passam 350.000.pesos no seu cartao de garantia e depois estornam qdo a gente devolve, deu tudo certo ), pois o dono da pousada "casa de Carlitos" onde ficamos (que amamos) recomendou alugar um carro alto. E por sorte a chilean era na esquina do meu hotel em bellavista (hotel boutique tremo, que fica tb na esquina do patio bellavista, gostei muito , com exceção do fato de querem me cobrar os 19% de imposto q são só para chilenos). O Waze funciona bem lá. .. vc pode comprar um chip (comprei da entel que esta com uma . promoção que nas terças e quintas vc paga uma entrada pra esquiar no vale nevado e ganha outra de graça) mas se vc usar o.wifi do hotel e.colocar o endereço o waze funciona..mesmo depois q perde a conexão. . So nao.pode desligar rs. Foram 50 min ate o a Casa de Carlitos..super tranquilo. Lá fomos no primeiro dia ao embalse e yeso..e foi lindo!!!! Tinha neve em todas as motanhas no caminho d no final 0a4a chegarmos ao lago precisamos caminhar 20 min a pé (estava de bota impermeavel, mas tinha gente de alstar e foi super tranquilo. No caminho brincamos na neve e a estrada a maioria é asfaltada e no final de terra... tipo visconde de maua mais ainda bem melhor. No segundo dia tentamos a caminhada ao el morado, mas primeiro que você nessa epoca so.pode iniciar a caminhada ate as 12:30 h , depois disso o guarda nao deixa mais... e nessa época q neve cobre a trilha..e eles só permitem 3km de caminhada (ate o glaciar são 9 km) e vc precisa estar com as botas de borracha de neve, e as raquetes que pod no.pe..e dai desistimos de voltar no dia seguinte... pois 3 km ia ser sofrimento pra nao ver nada...dai o guarda sugeriu seguir caminho em direção ao banho colinas (que sao as termas..e que tb está interditado o caminho devido a neve) e pararmos depois de uma ponte..15 min depois do banho.morales... e lá tinha uma area cheia de gente.. descemos de ski bunda caseiro..rsrsrs brincamos na neve..e a vista é lindaaa. E no terceiro dia fomos a lagunilhas ( estação de ski de cajon del maipo, mas esta fechada e sem neve), e dirigimos depois em direção ao maitenes, um vale ( mas esse passeio da pra cortar..fizemos pq era um dia q programei pra.ir a banho colinas..mas ja q estava fechado)... esse vale tb é muito bonito e ora quem faz trekking tem uma trilha de 5 dias, mas vc precisa acampar e avisar a guarda florestal 5 dias antes pra ganhar autorização- mas oelas cotos q vi nao é mais bonito donque torres del paine ) acho q nessa epoca 2 dias é suficiente ja que muitas atrações estão indisponiveis...mas o.local é lindo demais! No caminho de volta iamos passa na Santa Rita ( mas era segunda feira..e as viniculas mais famosas fecham nas segundas sad , eu nao sabia ).

Guilherme Oliveira

Olá pessoal.
Primeiramente quero agradecer a todas as dicas da bóia que me ajudaram muito a organizar a minha viagem ao Chile. Fiz um roteiro que no qual consegui conhecer tudo o que me chamava atenção.
Santiago é uma cidade fantástica, muito organizada, limpa e bonita. Só tivemos olho com os taxistas pois lemos vários comentários negativos contra.
Foi uma viagem familiar de 05 dias que priorizamos uma hospedagem mais "básica" (ficamos em um apart hotel no centro) e a possibilidade de conhecer e comer bem (vistamos vários restaurantes da região, tiro o chapéu para o peruano Sarita Colonia).
Depois de ler muito e mandar emails para várias agências terminei por fechar com a que me passou mais segurança, a Indo pro Chile (www.indoprochile.cl).
Fizemos 03 passeios com eles:
- Valle de Colchagua, Valle Nevado e Farellones e Cajón del Maipo.
Em cada passeio um guia com um estilo particular, todos muito profissionais, pontuais e bem-humorados.
Destaque ao passeio do Cajón del Maipo, onde fomos ao Embalse el Yeso e Termas del Plomo em um cômodo 4x4. O passeio foi acompanhado de café da manhã e churrasco nas termas com um visual impressionante.
Depois de muito pesquisar pelo medo de pegar uma das tantas empresas "pilantras" que existem em Santiago consideramos que fizemos a escolha certa, nota 1000 para a equipe da Indo pro Chile.
O nosso grupo familiar estava em 04 pessoas e de forma geral fomos muito bem atendidos pelos chilenos.
Nota ruim aos "vendedores de passeios" na rua e "garçons" do mercado central da cidade que não nos deixaram dar passos sem oferecer seus produtos. Consideramos que se é preciso "vender" assim é porque algo há de errado.
Visitamos o Chile em fevereiro de 2016.

Eder
EderPermalinkResponder

Muito obrigado pelas dicas. Fizemos o passeio Cajón del Maipo em Setembro e utlizamos as dicas daqui. Mas vale dizer que o metro de Santiago abre somente às 8:00 da manhã aos domingos, então se você for fazer o passeio até Banos Morales de ônibus, você terá que pegar um taxi até o ponto de saída do ônibus.

Renata Caixeta

O PASSEIO É LINDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!
O problema desse passeio se chama Manzur Expediciones!! Fui no dia 26/10 e pegamos um motorista chileno com uma cara de poucos amigos e zero palavras!! Andou o caminho inteiro conosco sem trocar uma palavra se quer, não nos disse nem que tinha um vulcão ali, se não tivesse pesquisado antes não saberia… Manzur Expediciones NÃO recomendo

Erika
ErikaPermalinkResponder

Fizemos o passeio com a empresa Chile Premium Tours (tem pagina no face), que tem representantes no Brasil e no centro de Santiago, então podemos pagar por depósito ou pay pal em reais, ou lá em pesos. A van busca a gente no hotel na hora marcada e guias super atenciosos, combinam tudo por whataspp. Fizemos a visita ao Embalse el Yeso e depois, parada nas Termas de Colina. No caminho, paramos numa padaria em San Jose del Maipo para lanchar e no fim do passeio, depois do banho de termas, eles montaram uns queijos e vinhos, com direito a vinho Concha y Toro! Excelente! recomendadíssimo!

Maíra
MaíraPermalinkResponder

Oi gente! Acabei de voltar de Santiago e como usei esse post pra me organizar no passeio até o Embalse, queria deixar meu pitaco tbm.
Fomos agora, no segundo final de semana de junho. Eu estava um pouco preocupada por já ter neve nos Andes e isso nos impedir de chegar até o Embalse e inclusive cheguei a olhar algumas companhias de turismo que já não faziam mais o passeio, mas como eu queria muito conhecer o lugar, resolvi que manteria a ideia de alugar um carro e ir por conta.
Pegamos o carro no Bellavista e até sair da locadora, eram 10h. Pedimos pra que nos ensinassem a colocar a corrente nos pneus caso fosse necessário.
Como era um sábado de manhã, seguimos sem trânsito praticamente todo o caminho e mesmo assim levamos 3h para chegar ao Embalse e não 2h, como eu havia pesquisando antes. O caminho até lá foi muito tranquilo mesmo, as avenidas de Santiago tem um desenho mais reto então foi tranquilo de seguir o mapa. Chegando a Cajon, vira uma trilha quase única que vai margeando o rio e realmente tem vistas lindíssimas a cada curva nova. As montanhas estavam bem cobertas de neve mas a estrada, não sei se porque pegamos um super dia de sol forte, estava bem seca ou apenas olhada em algum pontos.
Chegando lá, realmente, todo mundo para no mesmo ponto e nem tem como não perceber, vira um mini engarrafamento na montanha. A partir desse ponto todo mundo vai a pé ou alguns carros ainda seguem mais a frente e exatamente a partir desse ponto começou a ter neve na estrada.
O lugar é realmente bonito e muito fotogênico. Estava bem cheio (pra minha surpresa, que sei lá, achei que era mais vazio ou pouco procurado) e tinha vários ambulantes com barraquinhas vendendo empanadas, sucos e trenós para neve.
Na volta que foi o problema. Saímos do Embalse às 16h e pegamos um super trânsito na entrada de Santiago. Tanto que às 19h (hora da devolução do carro) ainda estávamos na Calle La Florida, perto de uns outlets. Perdemos a hora da devolução e isso acabou engasgando nosso passeio do dia seguinte, que era subir para passar o dia na estação de esqui.
Resumindo, achei muito tranquilo alugar um carro pra ir e recomendo. Saiu bem mais barato do que fazer o passeio com uma van mas fiquem espertos para o trânsito no retorno à cidade. Ou então não marquem nenhum passeio cedo no dia seguinte! smile

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Olá a todos visitantes desta pagina, quero compartilhar com vocês minha experiecia com a manzur, estive em santiago no mes de agosto de 2017. Entrei em contato com a manzur pelo telefone que esta na pagina e falei com uma moça chamada Gina, em primeiro lugar quero dizer que ela foi super atenciosa me dando informacões e dicas para minha viajem e sendo assim pela sua simpatia fechei 2 dias de passeios com eles. Cajon de maipo e baños morales e no outro dia farellone e vale do nevado. Otimos passeios. Chegaram para me pegar com uns 15 minutos de antecedencia, foram muitos atenciosos durante o passeio e o fizeram sem correria, tivemos tempo para conhecer os locais, até nos emprestaram botas e prancha para escorregar na neve, em cajon de maipo uma parada para uns petiscos com bebida . Queijos e salgadinhos. Muito bom. Em resumo tudo que combinei com a Gina por whats ela compriu, e com um preço bem melhor que os outros lugares, então oque posso dizer em resumo é que eu tive uma boa experiencia e super recomendo esse pessoal. Ok
Espero ter ajudado a quem estiver procurando uma ag. De turismo em santiago. No mais agraço ao pessoal da Manzur pelo bom atendimente que tive. Obrigado e até uma proxima vez.

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 2 de outubro de 2017. Obrigado pela compreensão!
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar