Passo a passo: como ir de Paris aos jardins de Monet em Giverny

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

post28-sup2016

Jardim das Águas de Monet

Jardim das Águas, de Monet

Muitas casas onde moraram artistas e personalidades foram transformadas em museus mundo afora. Poucas, no entanto, explicarão tanto sobre a obra do morador quanto a casa de Claude Monet em Giverny, a pouco mais de uma hora de viagem de Paris.

O grande mestre do Impressionismo morou e pintou nesta casa entre 1883 até sua morte, em 1936. No início a propriedade era alugada, mas em 1890 foi comprada pelo pintor. Ao longo desse tempo, Monet cultivou os jardins que apareceriam de maneira recorrente em sua obra. Ou seja: além de inventar um estilo, o sujeito ainda produziu o cenário que queria pintar.

A casa e os jardins estão abertos diariamente entre o início de abril e o fim de outubro; do início de novembro ao fim de março, estão fechados. A visita é mais bonita em maio, no auge da primavera, mas o passeio vale a pena durante toda a temporada de funcionamento. A Lina do Conexão Paris esteve no outono e achou lindo.

Vamos ao passo a passo para fazer este passeio por conta própria.

1. O trem

Intercités

O trem Intercités da linha entre Paris e Vernon

A primeira etapa da viagem é de trem e leva entre 45 e 50 minutos. Os trens saem da Gare St.-Lazare, no 9º arrondissement, servida por quatro linhas do metrô (3, 12, 13 e 14) e uma de RER (linha E).

Gare St.-Lazare

Gare St.-Lazare

É preciso comprar passagem até Vernon. O trem que serve a rota é um Intercités, que tem configuração de trem regional de alta velocidade, com vagões de dois andares. A passagem custa € 14,70 em cada sentido. Não há lugar marcado nem desconto para compras antecipadas (os preços do print são de uma viagem de 2013).

Bilheteria Grandes Lignes

Bilheteria Grandes Lignes na Gare St.-Lazare

Ainda assim, vale a pena comprar no site da SNCF, http://www.voyages-sncf.com, para não precisar comprar na hora, na estação; as máquinas são complicadas (no dia em que eu fui, estavam travando direto) e a fila na bilheteria "grandes lignes" são tão grandes quanto as linhas (perdi meia hora nela).

Borne libre service

Comprando online

As passagens desta rota, nesta tarifa, são válidas por dois meses a partir da data de compra. Ao comprar pela internet, selecione a opção de entrega "borne libre service". Ao chegar, basta passar na máquina de auto-serviço o cartão de crédito usado na operação, e a sua passagem será impressa.

Composter 1Composter 2Composter 3

Se não for e-ticket, valide a passagem antes subir no trem!

Antes de subir no trem, não esqueça de validar ("composter") o seu bilhete, inserindo a passagem na maquininha postada na entrada da plataforma, com o código de barras voltado para você. Sem o carimbo da máquina a sua passagem não estará válida, e você pagará multa se for pego pelo fiscal (sem choro nem vela). Mas atenção: o e-ticket não precisa ser validado.

Horários de ida

Horários de ida

Os trens partem de duas em duas horas. Os horários que permitem que você aproveite melhor a visita são os das 8h20, 10h20 e 12h20. O das 8h20 faz você pegar os jardins com menos gente para atrapalhar suas fotos.

Painel

Painel de partidas

Para achar sua plataforma, procure pelo destino Rouen, que é o ponto final da linha.

2. O ônibus

Saída da plataformaAluguel de bicicleta

Siga as placas para o ônibus -- ou alugue uma bicleta

Ao descer da plataforma em Vernon você já verá placas indicando o caminho para os ônibus a Giverny. Haverá vários estacionados a meia quadra da estação; basta seguir o fluxo. Os horários são coordenados com os trens que chegam de Paris. Se houver mais passageiros do que assentos, pode-se viajar em pé.

NavetteNavette

Ônibus estarão à sua espera

A passagem é comprada a bordo com o motorista; a ida e volta custa € 8. Giverny fica a apenas 7 km de Vernon. O ônibus faz o trajeto em menos de dez minutos. Quem preferir pode alugar uma bicicleta no bar em frente à estação. Cada magrela custa € 15; é preciso deixar um documento de identidade (pode ser seu RG mesmo).

3. A visita

A fila

Se não quiser pegar fila, compre online

A casa de Monet está a pouco mais de cinco minutos de caminhada do fim da linha do ônibus. Nos fins de semana e meses de verão, espere encontrar uma fila moderada. Se quiser furar fila, você pode comprar o ingresso com antecedência na bilheteria online da Fundação Monet. O ingresso custa € 9,50 para adultos e € 5,50 para crianças a partir de 7 anos.

Eu fui no trem das 10h20, mas hoje acho que vale a pena madrugar para pegar o trem das 8h20 e entrar na casa logo que abre, às 9h30. Por quê? Porque entrando primeiro você pode atravessar o primeiro jardim  e pegar a passagem subterrânea para o Jardim das Águas, antes que suas alamedas encham de gente e você não consiga fotografar a ponte japonesa de Monet sem a presença de colegas turistas.

Jardim das Águas

Jardim das Águas

(Caso os jardins já estejam lotados, minha sugestão é dar contornos impressionistas à suas imagens, usando o filtro de desfocagem do instagram...)

Depois de contemplar a paisagem aberta -- os chorões, as canoas, as pontes e as ninféias (flores de lótus) do lago -- é hora de atravessar de volta a passagem subterrânea e passear pelo jardim das flores, o Clos Normand. Aqui o conjunto é bonito, mas os detalhes são estonteantes. Sua câmera vai virar um beija-flor, pousando sobre cada nova florzinha da alameda.

Clos NormandClos Normand

Clos Normand

Clos NormandClos Normand

Clos Normand

Clos NormandClos Normand

Clos Normand

Eu deixaria a casa para o fim do passeio. Ao entrar, você vai saber que o dono da casa não é só aquele pintor famoso que você conhece de livros e museus -- mas o jardineiro espetacular cuja obra você acabou de ver ao vivo.

A casa

A casa

A casa é uma graça e, assim como os jardins, tem o seu momento grandioso e seus tesouros sutis. O grande "uau" se dá quando você entra no ateliê do pintor, de pé direito alto e janelas generosas, que deixam a luz banhar o ambiente; espalhadas displicentemente pelas paredes estão reproduções de obras-primas de Monet, algumas delas retratando os jardins que você acabou de visitar. Já o equivalente às florzinhas delicadas do jardim são as gravuras japonesas da coleção de Monet, que ocupam as paredes dos corredores e dos cômodos do andar superior. É como se fosse um jardim de gravuras...

(Pena que o interior da casa não possa ser fotografado. Mas você pode ver fotos no site oficial, aqui.)

Na saída, a lojinha é uma mina de ouro de presentinhos e souvenirs de bom-gosto mrgreen

4. Fome?

Almoço normandoAlmoçoAlmoço

Bon appétit!

Nos arredores do museu, no centrinho de Giverny e no caminho de volta para o ônibus você encontrará restaurantezinhos floridos servindo especialidades normandas. (A propósito, tinha esquecido de comentar: Giverny fica em território da Alta Normandia, na fronteira com a Île-de-France, que é o departamento de Paris. Tem também onde pedir sanduíches e tomar café.

5. A volta

Horários da volta

Horários do ônibus

No ponto final do ônibus Vernon-Givenchy você vai encontrar a tabela de horários de volta. Todos os ônibus são coordenados com as saídas do trem para Paris.

Horários do trem

Sempre há três ou quatro trens à tarde. (Os jardins fecham às 18h.) Os trens vêm de Rouen. Não esqueça de validar a sua passagem na maquininha.

6. O complemento

Museu Marmottan

O museu Marmottan

Para ficar pós-graduado em Monet, tire uma manhã ou uma tarde em Paris para complementar a sua experiência visitando o museu Marmottan. Funciona num elegantérrimo palacete do 16º arrondissement (metrô La Muette, linha 9) e abriga a maior coleção privada de Claude Monet -- incluindo inúmeros originais cujas réplicas você terá visto no ateliê de Giverny. Abre de 3ª a domingo, das 10h às 18h (5ª até as 21h). Custa € 11. O Paris Museum Pass não é válido. Sobre o Marmottan, leia o post da Majô no Filigrana.

Quando fui, em 2008, estava um dia lindo, e saímos caminhando de lá até o Trocadéro, na margem do Sena oposta à Torre Eiffel...

7. O resumo:

O bilhete

A passagem de trem

  • A casa e os jardins de Monet em Giverny abrem diariamente das 9h30 às 18h entre o início de abril e o fim de outubro. Fecham do início de novembro ao fim de março. O site oficial é este.
  • O ingresso custa € 9,50 e pode ser comprado online. No campo "mobile", para incluir o telefone do seu celular, ponha +55 e depois o código DDD sem o zero.
  • Compre passagem de trem da gare St. Lazare até Vernon. Custa € 14,70 em cada trecho e vale por dois meses a partir da data de compra. É preciso validar a passagem nas maquininhas antes de subir no trem. Não há lugar marcado. Em Vernon há ônibus coordenados com os horários dos trens. A passagem do ônibus é vendida a bordo, pelo motorista (€ 4).

Leia mais:

post28-rod2016-03

218 comentários

Maria Celina Abreu

Olá boa noite, fiz esta viagem com a ajuda do blog e foi perfeito . Tanto as dicas como as fotos me ajudaram muito. O lugar é mágico! So gostaria de complementar que se vc viajante for ao local no primeiro domingo do mês a entrada ao museu é gratuita. Muito obrigado

Cristiane Guilhem Yashiro

Muito obrigada pelas informações. Segui exatamente o seu roteiro e deu tudo certo. Fiz ótima viagem, sem problemas. Abraço.

Monika Tognollo

Olá!
Para ir a Giverny, agora há também o "Trem do Impressionismo", um pacote em trem especial, incluídos transfers de ônibus e a entrada para a Casa-museu.
https://www.ter.sncf.com/haute-normandie/loisirs/le-train-de-limpressionnisme/%5Btab%5Dletrain
Espero que ajude os viajantes!
Abraços!

Ana Teresa
Ana TeresaPermalinkResponder

Olá Monika! O único problema desse trem é que so funciona aos finais de semana e só tem uma opção de horário de ida e de volta...

Márcia Angelo

Olá....fizemos o seu roteiro. Porém pegamos o trem para Vernon com conexão em Mantes la Jolie, em função do horario escolhido. chegando em Vernon, nao havia onibus para Giverny e dividimos um taxi com outros brasileiros. A passagem está um pouco mais cara, se nao me engano 14,50 (nao sei se por conta da conexão). Mas valeu a pena caa minuto e cada centavo!!!

Ana Teresa
Ana TeresaPermalinkResponder

Muito boas as dicas para Giverny! Estive lá dia 16.07 e foi tudo perfeito!!! Saindo do trem em Vernon, existem pegadas no chão indicando a direção para o ônibus que sai para Giverny! Incluo ainda no passeio pela cidade, uma visita ao Museu do Impressionismo, onde havia uma exposição fantástica de E.Degas. Ainda na rua principal, uma igrejinha muito fofa, onde está enterrado Monet. Como diriam os franceses...incontournable!!!

Marilia
MariliaPermalinkResponder

Oi, Ana Teresa! Vc pegou o trem para Vernon em que horário( Gare de St Lazare)?

Ana Teresa
Ana TeresaPermalinkResponder

Eu segui as dicas do site, 8:20. Assim, chegamos em Giverny lá por 9:45. Mas o grande diferencial de todo o povo que desceu junto nos dois ônibus cheios, foi termos os tickets para entrar na casa do Monet. Incrivelmente, de umas 60 pessoas, somente eu e meu marido tínhamos comprado previamente, o que faz TODA a diferença na entrada!

Adélia Almeida

Estou tentando comprar bilhete para giverny para mim e outras duas amigaspara dia 09 de setembro, quando já estaremos em Paris desde 04.09 vindo da Croácia.
Existe um campo que que diz entre 26 e 59 anos. minhas amigas tem 59 e eu 60. Quando ponho meu nome entre os de 26 e 59 e dou enter para continuar aparece um aviso em vermelho que devo corrigir e preencher de forma correta as datas de nascimento, minha data é 25.05.1955 se ponho no campo de mais de 60 acontece a mesma coisa. Agora se altero meu ano para 1956 consigo seguir adiante. Que devo fazer se tenho 60 anos nem mais nem menos, seria um erro grave alterar minha data de nascimento.
Desde já, agradeço sua ajuda,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adélia! Compre o ingresso correspondente à sua idade, mesmo que você tenha que alterar a data. Se pedirem a sua identificação, verificarão que você comprou o ingresso certo e não está querendo enganar ninguém.

Maria Julia
Maria JuliaPermalinkResponder

Gostaria de saber se comprando a passagem de trem, ida e volta pela internet, é possível embarcar em trens de outros horários, especialmente na volta. Pergunto isso pois não sei quanto tempo ao certo gastaremos na visita. Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Julia! Sim, o bilhete desta rota, neste tipo trem, vale pelo dia inteiro para o qual tiver sido emitido.

Mani
ManiPermalinkResponder

Olá, gostaria de uma ajuda para comprar os tickets de entrada na Casa de Monet, pois eles não aceitam o numero que colocamos no item "mobile"... Estamos indo na segunda quinzena de outubro, enfrentaremos fila nesta época deixando para comprar lá?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mani! Preencha com +55 e o DDD sem o zero, seguido do número do seu celular.

Eliane
ElianePermalinkResponder

Quero muito agradecer ao Ricardo por este post, foi perfeito! Senti segurança nas informações pela consistência e também pelas imagens. Vi brasileiros que imprimiram para não errarem, o problema é que aqui na França o inglês é pouco falado, principalmente por funcionários da estacão, o que não ajuda muito, como na Holanda por exemplo. Gostaria de acrescentar uma novidade, ao chegarmos em Vernon, alem do ônibus, tem também um trenzinho muito charmoso e mais barato, ida e volta para Giverny fica em 10euros, ele demora um pouquinho mais e ainda segue mostrando a cidade com uma linda musica francesa ao fundo. Fiquem atentos aos horários, que também é combinado com o trem, mas, diferentes do ônibus. Obrigada Ricardo, vou te seguir pra sempre.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Olá,

O site esta servindo de bússola para eu montar o meu roteiro! Vocês estão de parabens, as informações são bem detalhadas! Achei muito interessante o lugar e estou pensando seriamente em incluí-lo no meu roteiro! Eu gostaria de saber se indo no trem de 8:20 e voltando no trem de 14:50 é possível aproveitar bem o local. Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Dá, sim!

debora
deboraPermalinkResponder

nossa, que demais seu post! são muitos detalhes! wink

Cleidiana
CleidianaPermalinkResponder

Muito bom o post!!!! Vou agora para Europa.
Quero ir em Giverny e também em Verssailes. Mas queria fazer os dois no mesmo dia. Será que da? Como faria isso?
Tenho 05 dias em Paris.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cleidiana! Só dá para fazer os dois juntos em passeio organizado, como este.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Olá! Eu também fiquei em dúvida para comprar a passagem ida-e-volta, pois pedem para preencher o horário, tanto da ida quanto da volta. Então, como assim vale para o dia inteiro? Será que é isso se eu comprar a tarifa mais cara?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alessandra! Tudo indica que as condições da passagem deste trem tenham mudado. Este trecho agora parece ter uma tarifa levemente descontada (Loisirs) e uma tarifa cheia (Normal). A Normal não chega a ser cara e pode ser remarcada até o horário da partida sem custos. Vamos investigar mais, mas por via das dúvidas compre nos horários definitivos.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Obrigada Boia! Mais uma dúvida: eu imprimo essa passagem em casa ou é preciso trocar por ticket na estação?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alessandra! Provavelmente basta imprimir em casa, mas depende do que estiver escrito no seu recibo.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Olá! Fiz esse roteiro exatamente como descrito aqui e foi tudo ótimo! Mais mastigado impossível ?
Só queria deixar uma resalva sobre os ônibus que saem da estação. Comprei os bilhetes de ida e volta logo quando cheguei na estação. A ida foi bem tranquila e rápida. O problema foi na volta. O onibus não passou no horário estabelecido na tabela, e para não perder o trem para Paris precisei pegar um taxi junto com outras pessoas que também estavam esperando. O valor de taxi ( que era uma mini van) com 6 pessoas deu o mesmo valor que paguei em uma perna do ônibus. Infelizmente acabei perdendo dinheiro. Sugiro comprarem a ida separada da volta para não passarem por esse perrengue também!

Kátia
KátiaPermalinkResponder

Adorei as dicas! Com a ajuda de vocês vou realizar um sonho!!!
Eu consegui comprar as passagens de trem, mas ao fazer meu cadastro no site da Fundação Monet para compra do ticket, recusam o código postal...
Por favor, me ajudem!
Obrigada. Abraço.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Gostaria de saber se nesta estação existe guarda-volumes?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Não existe não.

Liliane Canto
Liliane CantoPermalinkResponder

Não aconselho pegarem o Givernon Petit Train. Eu e meu amigo tivemos uma péssima experiência com o serviço deles. Quando os trens de Paris chegaram eles venderam tickets de ida e volta indiscriminadamente. No entanto, quando o último trem chegou às 05:15 da tarde, não teve espaço suficiente pra todo mundo. O condutor do petit train quis nos dar €1 pra cada pra gente pegar o ônibus regular que custa €4!!! Depois de muita discussão ele nos deu os €4 devidos. Odiei!!!!

Mauro
MauroPermalinkResponder

Acrescento apenas que a Gare Saint Lazare, em Paris, é enorme e eu tive um pouco de dificuldades para encontrar o local de venda dos bilhetes do trem para Vernon, valendo a pena acrescentar um tempinho extra para esse perrengue no planejamento do passeio. Da linha de metro que cheguei (não lembro qual) tive que subir uns cinco níveis de escada rolante para chegar à estação de trem. Outro detalhe, fui a pé de Vernon a Giverny, uma caminhada de cerca de uma hora e 15 min., adorável para quem curte natureza. Comprei o bilhete de ônibus apenas para a volta.

Mariana
MarianaPermalinkResponder

Olá, quero visitar a Ville Savoye, do arquiteto Le Corbusier no mesmo dia desse passeio. Esta casa fica em Poissy. Alguém sabe se há algum trem de Poissy para Vernon? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Tem que voltar a Paris e pegar um RER.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariana! Tem que voltar a Paris e pegar um RER.

Katia
KatiaPermalinkResponder

Olá, estou tentando comprar o bilhete para o trem que me leva ate Vernon, mas não consigo. Entro no site http://www.voyages-sncf.com, conforme indicado aqui, faço a marcação da data e destino, vou para a página seguinte e empaca.
Me ajuda, please?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Katia! Se você não consegue online, por algum motivo que daqui a gente não tem como saber qual é, compre na estação. O preço deste trecho não varia.

Katia
KatiaPermalinkResponder

Oi,
Verdade. Obrigada pelas dicas... smile

Paul
PaulPermalinkResponder

Passando só para agradecer! Consegui chegar facilmente aos jardins depois de ler o seu blog! Perfeito! Com todos os detalhes.

Sylvio Fernando

Muito legal as dicas, fotos e td mais , parabenizo pelo trabalho.

Nilma
NilmaPermalinkResponder

Maravilhoso. Quando a minha filha Giselly tinha 7 anos dei um livro de Money a ela. Como ela adorou combinamos de um dia irmos visitar. Esse dia está quase chegando. Estamos ansiosas por ele. Bjs

GELMINO LUIZ MARTINS FAZZIONI

Caro Ricardo.Preciso da sua ajuda!Estou tentando comprar o passe para a casa de Monet.Conforme vc falou, estou colocando o "+55 e o DDD sem o zero e o numero do meu celular.Que senha é esta que eles pedem?. A informação que volta é que o telefone não faz parte da relação deles??????
Agradeceria se vc pudesse me dar uma dica.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gelmino! Quem responde é A Bóia. A senha seria de uma conta criada. Mas esta página está claramente com problemas. Para mim aparece como não-segura. Se continuar assim, deixe para comprar na hora.

Erika Bastos
Erika BastosPermalinkResponder

Aparentemente o site não está seguro mesmo. Observei que é possível comprar pela FNAC também, embora o valor seja um pouco maior: http://www.fnacspectacles.com/place-spectacle/manifestation/Exposition-MAISON-ET-JARDINS-DE-CLAUDE-MONET-MONET.htm#/disponibilite/19039b77c0a8280b46b38e82d41d2f6b/normale

Ronald Barbosa Dantas

Ricardo, bom dia! Sempre atento ao blog pq é sem dúvidas um trabalho q merece reconhecimento. Parabéns mais uma vez!!! Seguinte: procede a informação q no primeiro domingo do mês a visita ao Jardim de Monet é gratuita? Abs e obg

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ronald! Quem responde é A Bóia. A gratuidade no primeiro domingo vale só para o Museu dos Impressionistas. A casa e jardim de Monet são sempre pagos.

Ronald Barbosa Dantas

Valeu!!!! Obrigadão!!!!

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Excelente post! Estou tentando comprar as passagens de trem e, para as datas que pesquiso, só aparece com a observação "sans placement". Isso significa que posso ter que ir em pé?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! Significa que é um trem local, que várias pessoas sem lugar marcado vão subir e vão descer a cada parada, e que se você der azar de fazer algum trecho de pé, pode ser que sente já no trecho seguinte.

Carolina Jorge

Boa tarde : Penso em ir aos Jardins de Monet, cedo, chegando lá na abertura, e depois de Vernon pegar o trem para Rouen. e fazer o final da tarde la´. É possivel, num mesmo dia ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carolina! É bem factível, sim. A viagem de Vernon-Giverny a Rouen Rive-Droite leva de 30 a 40 minutos, dependendo o trem. Há pelo menos dois trens a cada hora.

Edith Guimarães Dias

Bom dia!! Tentei comprar a passagem de trem Paris/ Vernon Giverny/ e foi necessário colocar a data e horário da ida e da volta, Além disso o valor cobrado é nove euros por trecho, mais barato que o valor indicado por vocês. Estou fazendo alguma coisa errada? Desde já agradeço muito a ajuda.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Edith! Veja as condições da tarifa. Você pode ter comprado num trem que não é TER e daí fica valendo o horário, mesmo. Tem assento marcado? (Se não tiver assento marcado automaticamenet, pode ser que seja válido para o dia inteiro.)

Edith Guimarães Dias

Bom dia Bóia, não aparece lugar marcado, entrei no site pelo link do blog

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Edith! Então provavelmente a passagem vale o dia inteiro. Mas vale a pena se confirmar a informação localmente se você quiser vir em outro horário.

Edith Guimarães Dias

Minha dúvida foi mais por conta do valor que ficou 9 euros por trecho!! Mas de qualquer forma muito obrigada! Vocês têm me ajudado muito no roteiro. Grande abraço.

Neuzete
NeuzetePermalinkResponder

Parabens ???muito útil

Sandra Oliveira

Vcs são ótimos, dicas excelentes!! Qto a ir até Giverny gostaria de tirar uma dúvida: li que o com cartão NAVIGO dá pra chegar até uma estação antes de Vermon. Dali deve-se comprar um ticket ( por volta de 2 euros) . Isto é verdadeiro?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sandra! O Navigo só dá direito a ir até Bonnières-sur-Seine, que é uma estação antes de Vernon. Você precisa comprar o trecho Bonnières-Vernon-Bonnière antes de embarcar, porque se descer em Bonnières para comprar a passagem, pode passar um trem duas horas depois. Custa 3 euros o trecho.

Marco
MarcoPermalinkResponder

Planejamos tudo direitinho, conforme suas dicas, chegamos cedo e havia uma fila gigantesca de... franceses! Não nos demos conta que haveria um feriado no dia 25/05 e que na sexta-feira 26/05, quando fomos, era emenda do feriado. Tinha uma imensa maioria de franceses dos arredores e de outras regiões visitando os jardins. Mesmo assim, depois de mais de uma hora de fila pra entrar, todo o estresse desaparece naquele lugar maravilhoso. Ficamos umas duas horas pelo jardim, tirei centenas de fotos de flores e, mesmo bem cheio de gente, foi um passeio muito proveitoso. Valeu pelas dicas, deu tudo certinho conforme vocês orientaram.

Henrique Moscovich

Fiz o passeio através de uma excursão que tinha uma guia gaúcha como eu ,Rsrsrs.Pegamos o ônibus perto do Louvre e nos deixou no mesmo local.Saimos ás 14.00 hrs é as 20.00 hrs estávamos de volta.Achei um passeio lindo e a tarde estava ensolarada.
Saímos do convencional!

Marice Galvão Meireles

Vou adorar ir lá! Foi mt bom a orientação

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar