Miami: um roteiro com 50 dicas selecionadas

South Beach, Miami

Lugar de ótimas compras, praias e  baladas, Miami se mantém firme e forte como um dos destinos de viagem favoritos dos brasileiros. Selecionamos 50 dicas de leitores para descomplicar a escolha da hospedagem, do aluguel de carro e dos passeios. E, claro, incluímos sugestões para comprar bem, barato e bastante. Aproveite as sugestões dos nossos especialistas, monte o seu roteiro e boa viagem!

–> ROTEIRO

Gabriel
Passei 7 dias em Orlando e depois dois dias em Miami, sem compras, só para relaxar e curtir a cidade. Em Orlando a taxa é mais barata, sendo mais vantagem para itens de maior valor. Relato completo aqui.

Amaro
Utilizei da seguinte estratégia: para não encarar as 4 horas de carro entre Miami e Orlando direto do aeroporto, almocei em Miami e segui no início da tarde para dormir em West Palm Beach. Deu super certo, lá tem um centrinho com lojas e restaurantes que dão um footing bem legal. No outro dia saí bem cedinho para o Legoland em Winter Haven com as energias renovadas, tendo cortado os primeiros 100 km. Em tempo: essas 4 horas para Orlando podem se estender um pouco mais com os eventuais engarrafamentos. Peguei um por causa de um acidente que esticou a viagem em meia hora pelo menos. Relato completo aqui.

Cintia
Ficamos alguns dias em Miami com compras, passeios, restaurantes e um cruzeiro pelo Caribe que incluiu Key West, cidade que estava louca para conhecer, mas sem fazer bate-volta e nem ficar hospedada. Somente depois de bem descansados é que pegamos o carro novamente, para ir de Miami a Orlando. A diferença nos valores das passagens para chegar por Miami e fazer o retorno por Orlando foi mínima e valeu muito a pena. Relato completo aqui.


Tatiana
Aproveitamos para fazer um cruzeiro da Norwegian Cruise Line que saía na sexta à tarde e voltava na segunda de manhã, e o roteiro eram ilhas das Bahamas. Simplesmente lindo! No sábado ele parava em Nassau durante o dia. No domingo a parada era em Great Stirrup Cay, uma ilha privativa onde só param os navios da NCL. Lá você tem alguns passeios pagos disponíveis, mas também tem de graça várias estruturas oferecidas pelo navio como cadeiras de praia, almoço, etc. O desembarque é na segunda cedo. O custo total em 2011 ficou em 280 dólares por pessoa. Relatos completos aqui e aqui.

Flavia
Passei o Réveillon de 2009/2010 em South Beach e adorei! Estava hospedada com a família em Coral Gables e fomos de carro até Miami Beach em torno de 21h30. Não havia trânsito. É bem difícil parar o carro, mas nada comparado ao caos nas praias brasileiras. Optamos por pagar 20 dólares e deixar no estacionamento fechado de um hotel na Collins. Jantamos num restaurante na Collins e fomos para a Ocean Drive, que encontrava-se fechada para carros. Os bares desta rua prolongaram suas áreas de mesas na calçada, ocupando-a por inteiro, e os pedestres utilizavam-se da rua para transitar. Cada bar tinha sua programação musical, ceia e etc. Como estávamos com criança, optamos por assistir apenas a queima de fogos, circular um pouquinho pela orla, tomar uns drinks e ir embora. Não sei dizer se estas festas valem a pena ou não, mas se estivesse sem criança, teria ido para conhecer. Os fogos são bem bonitos e como fui sem esperar quase nada, fiquei surpresa. Tudo muito organizado e seguro, cheio, mas sem muvuca. Lembrando: não é permitido beber na praia ou no calçadão, portanto nem pense em levar garrafa de champanhe para estourar à meia-noite. Pelo menos no trecho da praia que estávamos (perto da 10th Street) também não era permitido ir na areia por causa dos fogos, então nada de pular 7 ondas por ali também. Apesar destas diferenças, gostamos muito. Relato completo aqui.

Leia mais: De Orlando a Miami de carro

Leia mais: Orlando: um roteiro com 60 dicas selecionadas

Wynwood Arts District, Miami

–> ATRAÇÕES

Gleice
Uma dica que tenho é lugar uma bike e fazer um passeio por toda a extensão da praia, e depois dar uma passadinha na Lincoln Road para se refrescar com um belo sorvete. Relato completo aqui.

Erika
Adorei alugar bicicletas em Miami! Há varios pontos de retirada e devolução de bikes espalhadas por South Beach, e você pode explorar vários locais turísticos de bike. Para usar o sistema basta ter um cartão de crédito. O sistema de aluguel de bikes é o DecoBike. Relato completo aqui.

Marilia
No Wynwood Arts District, o segundo sábado do mês é a pedida: todas as galerias abrem, tem shows no meio da rua, food trucks gourmet estacionam em terrenos por ali, todos os bares ficam cheios, é uma beleza! Fui de dia para ver com calma os painéis e voltei à noite pra festa. Relato completo aqui.

Ana Paula
Muita gente fica espantada quando digo que fui a Miami basicamente para curtir a praia. As pessoas costumam associar a cidade às compras e não sabem o que estão perdendo. Achei a temperatura da água muito agradável. Relatos completos aqui e aqui.

Felipe
Um bom passeio é ir em Haulover Park, em North Miami Beach! Pros adeptos ou curiosos, lá tem uma praia (Haulover Beach) que tem um trecho da faixa de areia que é para a prática de naturismo. Acho muito legal essa praia, cujo nudismo não é obrigatório (apesar de a maioria ficar sem roupa) e é muito bem organizada. Tudo isso cravado em plena Miami. Vejo poucos brasileiros por lá! Relato completo aqui.

Leia mais: Miami além das compras (com mapa e vídeo!)

Hampton Inn, Miami

–> ONDE FICAR

–> Hotéis

Fabiana
Escolha a localização de acordo com as suas prioridades e se estará de carro. Ficar perto do aeroporto é mais barato, e você tem mais fácil acesso tanto a Miami Downtown quanto a Miami Beach. Em Downtown há boas promoções de hotéis executivos nos finais de semana. South Beach é mais caro, mas é bom para passear, andar a pé, e melhor se ficar hospedado perto da Lincoln Road. Mid Beach e North Beach têm preços mais econômicos que South Beach. Aqui estará mais longe dos outlets mas perto de boas compras no Aventura Mall, nas lojas da Lincoln, Collins etc. A hospedagem em Fort Lauderdale facilita tanto o embarque/desembarque de cruzeiros quanto o acesso ao Sawgrass. Relato completo aqui.

Guido
Eu fiquei no SpringHill Suites by Marriott Miami Airport South, o estacionamento é grátis, e bem próximo do aeroporto. Instalações muito boas. Como o propósito era um hotel próximo do MIA, foi um excelente achado! Relato completo aqui.

Anelise
Eu fiquei no Best Western Premier Miami International Airport, estacionamento grátis. Perto do aeroporto, hotel novo, recomendo. Escolhi pela proximidade ao aeroporto, mas acho uma boa pra tudo, a distância de South Beach é recompensada pelo preço, e estando de carro é tranqüilo. Relato completo aqui.

Cris
Fiquei hospedada no hotel Sofitel Miami. O estacionamento é gratuito e, apesar de não ser muito grande, não tive dificuldades para conseguir vaga. Além de ser próximo do aeroporto e oferecer mimos da L’Occitane. Relato completo aqui.

Roberta
Ficamos no Hyatt Place, na região do aeroporto, que eles chamam de Doral Area. Achei o hotel muito bom, o quarto bastante espaçoso, o colchão é excelente, assim como os travesseiros. Tem algo raro em Miami – café da manhã e estacionamento incluídos! O café da manhã é bastante razoável pra nós brasileiros que não curtimos muito aquele bacon and eggs já de manhã cedo. Tem de tudo: leite, café, descafeinado, vários tipos de suco, bagel, cream cheese, geléias, manteiga, 3 tipos de cereal, pão integral e branco, e algumas frutas. Pra quem quer se concentrar mais em compras e em descansar, e não badalar em South Beach, vale muito a pena a localização, pois não é longe do Sawgrass e do Aventura Mall. Relato completo aqui.

Wilson
Dividimos nossa viagem em duas partes: lazer em Miami Beach no hotel National (sem café da manhã, e US$ 35 a diária do estacionamento) e para compras ficamos 3 dias no Hampton Inn Miami/Dadeland, excelente custo/benefício: Incluído: estacionamento, café da manhã decente, transporte para os principais shoppings. Relato completo aqui.

Erika
Fiquei hospedada no Hilton Bentley em South Beach. O hotel é excelente, em frente à praia e ao lado do Nikki Beach. A praia é ótima para fazer caminhadas e descansar. Relato completo aqui.

Kely
Fiquei no South Beach Plaza Villas. O hotel é bem simples, tem um café da manhã básico, com cereal, iogurte, café suco, bagel, muffin e fruta. O quarto tinha 2 camas de casal king, uma no quarto e outra no quarto/sala, e um sofá-cama. A cozinha era completa, comprávamos comida no mercado para comer lá. O hotel fica na Collins Ave. com a 14th st, numa ótima localização e vai abrir uma Walgreens na frente. O valet custou US$ 25 por dia. Cheguei e minhas encomendas já estavam no hotel, que não cobrou para guardá-las, mas cobra se forem encomendas volumosas. O atendimento foi muito bom. Relato completo aqui.

Bruno
Fiquei no Grand Beach Hotel, em North Miami Beach: um hotelzão com praia quase privativa, com quartos excelentes, serviços e estrutura idem. Relato completo aqui.

Marcelo
Uma opção excelente para quem viaja com a família ou em grupos de até 6 pessoas: Eloquence On The Bay, em North Bay Village/North Miami Beach. Novo, espaçoso, com cozinha completa, máquina de lavar, etc. e com vagas de estacionamento cobertas sem custo adicional. Me hospedei lá com minha esposa e mais 3 amigos. Utilizamos 2 carros e ambos ficaram no estacionamento do hotel sem custo algum. Relato completo aqui.

Maria Célia
Consegui pelo Priceline um hotel em que nem nos meus sonhos mais loucos imaginei que poderia me hospedar. O nome dele é Mondrian, fica na West Avenue. A localização é boa, não a melhor, mas é boa. Com disposição, dá pra ir a pé à Lincon Road, à praia e outras coisas da região. O hotel é deslumbrante, extremamente confortável e o serviço é de primeira. O único porém é que quase nada está incluso no preço da diária, mas essa parece ser a prática em Miami. Café da manhã e estacionamento, por exemplo, são impraticáveis (US$ 37 por noite de estacionamento!), mas há ruas próximas em que o estacionamento é liberado, só não é tão fácil achar lugar. Para o café da manhã, há um Starbucks do outro lado da rua e algumas outras opções um pouco mais próximo do centrinho e da praia. O hotel não fica do lado da praia e sim da baía, mas os hóspedes podem utilizar o serviço de praia do Delano. Poder utilizar, porém, não significa que é de graça: US$ 20 por item, por pessoa, são cobrados direto da sua conta do hotel. Ficar hospedado no Mondrian é caro, mas é um luxo. Relato completo aqui.

Douglas
Fiquei no Albion e recomendo sempre para quem vai a Miami. Hotel bem localizado, dá para fazer muita coisa a pé, quarto bom, piscina legal, só não recomendo o café do hotel… caro e poucas variedades (recomendo ir na La Provence, quase na esquina da Collins, muito bom o café lá). Relato completo aqui.

Thiago
Fiquei no Sagamore agora em maio e recomendo. Vizinho ao Delano, é pé na areia, serviço ótimo. Muitas obras de arte por todo o hotel, ambiente bastante agradável, sofisticado, sem exageros. Durante a minha estadia, o público era tranqüilo, casais jovens, alguns poucos com filhos pequenos, nada de muito hóspede baladeiro e barulhento. Piscina bem legal também. Bons quartos, amplos, mobília nova, estilo contemporâneo, alguns com mini-cozinha. Serviço de praia também muito bom, com garçons ágeis (fiz um pacote chamado Sagamore plan que incluiu café da manha, cadeira e sombreiro na praia mais internet por US$ 18 por dia, por pessoa). O café da manhã é variado: pães, frios, ovos, bacon, salmão defumado, waffle, sucos naturais, cereais… Tem manobrista e estacionamento (custou US$ 37/dia, o que não é um absurdo pra South Beach). Concierge resolutivo. Relato completo aqui.

Carla
O Fontainebleau é um mega hotel com preço um pouco salgado pois tem uma proposta mais luxuosa. Pé na areia, com uma piscina sensacional e um restaurante na beira da praia muito agradável. A boate de lá é famosa pelas baladas. O hotel é mais afastado do agito e é para quem está de carro. Relato completo aqui.

Denise
Fiquei no SoBeYou em South Beach e gostei bastante. É um Bed and Breakfast cotadíssimo no Tripadvisor. Relato completo aqui.

Kah
Fiquei no Kent Hotel, em South Beach, na Collins Avenue. Em termos de localização, é ótimo: fica bem perto da praia, logo atrás da Ocean Drive, bem na altura de um ponto de aluguel de bicicletas – o DecoBike – que eu recomendo bastante. Dali dá pra ir caminhando até a Lincoln Road, tomar um café num daqueles restaurantes hiper charmosos. O próprio hotel tem um restaurante que é bom, na média dos demais restaurantes da região, tanto em preço quanto em qualidade. Não tem estacionamento, o que achei ruim, pois a maioria dos hóspedes aluga carro. Ao lado, havia um estacionamento pago com diária que achei alta: 30 dólares. Serviço e atendimento achei razoáveis, não há muitos luxos. Enfim, um hotel pra quem “só vai para dormir”. Em termos de custo x benefício, acho válido. Relato completo aqui.

Leia mais: 70 hotéis em Miami comentados pelos leitores (com mapas!)

–> Apartamentos

Flavia
Já aluguei apartamento em Miami em 3 ocasiões diferentes. A primeira vez em julho de 2011, pelo VRBO, um studio dentro do Hilton Bentley em South Beach, com meu marido e filho de 8 anos, na época. A unidade exata que fiquei foi vendida para o próprio Hilton, mas você pode encontrar outras no VRBO. Se encontrar, vale muito a pena ficar lá, pé na areia. A segunda vez aluguei um apartamento de 2 dormitórios na Ocean Drive, próxima da 12th, de frente para a praia. Muito bom e espaçoso. Fomos em 5 amigas em novembro de 2011, achei pelo HomeAway. E a terceira vez foi em janeiro de 2013, aluguei um de 1 quarto, enorme, em Sunny Isle, dentro do DoubleTree, pé na areia, tambem pelo HomeAway. Fui com meu marido e meu filho. Relato completo aqui.

Renata
Estive em Miami em maio de 2013. Aluguei um apartamento através do site FeelMiami e não me arrependi. Era para 4 pessoas, em Miami Beach. Muito bom. Recomendo a todos. No site tem um telefone do Brasil, mas o atendimento é feito em inglês. Relatos completos aqui e aqui.

Lorena
Uma boa opção para quem fica mais de 5 dias em Miami é alugar uma apartamento. Aluguei um na Meridian Ave., com estacionamento, e foi ótimo porque é bem caro e difícil estacionar em South Beach. Outra vantagem é facilitar café da manhã e lanchinhos. Aluguei pelo Vacation Home Rentals, que tem vários apartamentos. O que eu aluguei era o ID 26067. Relato completo aqui.

Carro alugado, Miami

–> DE CARRO OU SEM CARRO?

–> Sem carro

Ana Paula
Fiquei em South Beach e não aluguei carro. Usei ônibus um dia para ir ao Centro e em outro dia chuvoso para ir ao Aventura Mall. Valeu super a pena. Baratinho e eficiente. Usei táxi para ir/voltar do aeroporto e para conhecer o chiquérrimo shopping Bal Harbour. Relato completo aqui.

Alex
Minha carteira de motorista estava vencida, o que causou uma série de transtornos. Miami não é uma cidade para se ficar sem carro! Principalmente se você leva uma criança (no meu caso, minha filha de 1 ano). Os taxistas se recusam a levar a criança se você não tiver uma cadeirinha, o que dificulta tudo. Quase não conseguimos pegar um táxi no aeroporto. Nosso foco eram as compras, e ficamos no Residence Inn Aventura Mall. Por sorte o shopping já ficava ao lado, acessível a pé mesmo (coisa rara, pois se sair do quarteirão já não dá mais para seguir andando). Meu maior problema era conseguir um táxi para ir para o Sawgrass. Encontrei o site Miami Para Vips. É de uma brasileira, Helena Scaff, que mora por lá e faz tours privados pela cidade. Liguei para ela e marquei de nos levar ao Sawgrass. Ela nos buscou pontualmente no hotel, num carrão lindo e super confortável, com uma cadeirinha de bebê! Ela foi tão legal que ainda nos emprestou a cadeirinha (acabamos não usando, mas valeu a intenção). Dois dias depois, ela e o marido nos levaram para o aeroporto. O serviço foi excelente, por um preço justo (é um pouco mais caro que um táxi, mas vale a pena). Para quem não dirige, ou tem algum problema para alugar carro, é uma ótima dica, recomendo e vale a pena! Relato completo aqui.

Ana
Fiquei em um motel perto do aeroporto. Fui de ônibus até Miami Beach (3 ônibus), com um passe de transporte Easy Card: custa 7 dólares e você anda o quanto quiser o dia todo. Relato completo aqui.

Fabricio
Estive em Miami e não falo nada de inglês. Não tive problemas para fazer compras. O deslocamento também não achei complicado. Fiquei 6 dias, sendo que destes foram 3 dias de carro e 3 de ônibus. Os 3 de carro é imprescindível o uso de um GPS. Os 3 dias de bus foi um pouco mais complicado, mas não me impossibilitou de nada. Relato completo aqui.

–> De carro

Baran
Quando fizer a reserva do automóvel, compare o preço obtido pela internet com o preço que a locadora faz por telefone, aqui mesmo do Brasil. Comparei os preços da Hertz, Avis e Budget e nos três casos pelo telefone eu consegui tarifas bem mais baratas, além de poder falar em português com o atendente e tirar todas as minhas dúvidas. Recomendo fechar a reserva com todos os seguros e proteções que você achar necessários. No check-in eles vão tentar te empurrar todos os seguros “indispensáveis” no Estado da Flórida. Fuja disso. O vendedor faz isso não porque ele está preocupado com você, mas porque ganha comissão sobre o que te vende. Feche a reserva também com o modelo de carro que você acha que será mais adequado para você. Na hora do check-in eles tentam te empurrar um upgrade para uma categoria acima por um valor módico por dia. Fique à vontade para aceitar, mas eu recusei e o sistema me deu um upgrade para uma SUV gratuitamente (se tivesse ido na onda do vendedor teria gasto US$ 180). Acho que eles tentam empurrar o upgrade quando sabem que acabaram os carros da categoria que você reservou. No mais, alugar carro com GPS é bobagem, compra-se um aparelho por menos de US$ 100 hoje em dia. Relato completo aqui.

Alex
Levei um bom mapa para dirigir do aeroporto até o hotel – e, apesar do medo, correu tudo bem. Comprei um GPS pela Amazon uns dias antes de sair de casa. Lá chegando, o GPS me aguardava tranqüilamente na recepção! Relato completo aqui.

Rodrigo
Utilizei o TomTom no iPhone durante toda estada na Flórida. Havia a opção do áudio em português brasileiro. Só recomendo comprar um suporte para fixar o telefone no pára-brisa, e um adaptador veicular, pois a bateria é consumida muito rapidamente e nem todos os carros têm porta USB para carregar. Relato completo aqui.

André
No aeroporto de Miami há um prédio só de locadoras de carro. Siga as placas indicando Rental Car Center (RCC). Tem um VLT (metrô de superfície) que te leva até lá em 2 minutos. Todas as locadoras estão nesse prédio: é onde ficam as lojas e também a garagem. Após passar pelo guichê, mostrar sua reserva impressa e passar o cartão de crédito, eles te dão a autorização para pegar seu carro. Os carros ficam estacionados por categoria, lado a lado e destrancados. A chave já fica no contato e é só pegar e sair, não precisa falar com ninguém se você não quiser. Abra carro por carro, ligue o contato e veja o que está menos rodado. No meu caso, pego sempre carros novos, com 2-5 mil milhas rodadas, sendo que tem carro com 30-40 mil milhas ao lado (é muita diferença, vale a pena olhar um por um). Nunca saia de cara com o carro. Se ambiente com o veículo. Olhe todos os comandos, regule bancos e espelhos, ligue tudo e desligue (farol, seta, pisca-alerta, limpador de pára-brisa, etc.). Se tiver dúvidas, chame um funcionário e pergunte. Os carros costumam ser automáticos. Atenção com limites de velocidade, pois há radares em algumas cidades plantados pra todo lado. Em Bal Harbour, por exemplo, é aos montes. Nas estradas interestaduais não há radar fixo, apenas patrulheiros com radares móveis, encostados em algum local discreto. No caminho do aeroporto para a volta, pare num posto e encha o tanque. Sai bem mais barato que pagar a gasolina do locador. Relato completo aqui.

Joe's King Crab, Miami

–> RESTAURANTES

Ana Paula
Um dos meus lugares favoritos foi a animada Española Way, com destaque para o restaurante italiano Hosteria RomanaRelato completo aqui.

Leo
Na Lincoln Road tem uma filial do 5 Napkin, que tem o melhor hambúrguer que já comi. Peça com batata doce frita. Relato completo aqui.

Thiago
Jantei numa cantina chamada Fratelli La Bufala: fantástica! Só pra sentir o clima, a mussarela vem da Itália, três vezes por semana. Recomendo ainda o café Van Dyke na Lincoln Road e o restaurante do hotel Sagamore também é bem legal. Relato completo aqui.

Hugo
O que faço nas viagens para os EUA é escolher antes os restaurantes com base no Guia Michelin. Olho principalmente os estrelados e os bib gourmand (são aqueles com bom custo-benefício). E como 95% dos restaurantes tem site, vou lá e confiro os preços, assim não tenho nenhuma surpresa na hora de pagar. Já almocei em restaurantes 2 estrelas pagando 21 dólares por pessoa (entrada, prato principal e sobremesa). O mesmo restaurante na hora do jantar tem pratos principais em torno de 35/40 dólares. Relato completo aqui.

Eduardo
A grande dica pra não pegar fila no Joe’s Stone Crab é ir ao takeaway que é do lado dele. Você escolhe o que quer e come ali mesmo, sentado confortavelmente e sem as aparentes frescurites e filas do restaurante. Relato completo aqui.

Anna Carolina
Estive em Miami no início do ano e me hospedei no tradicional hotel Fontainebleau em South Beach. Ali tem o Hakkasan, uma filial deste renomado restaurante londrino que além de belíssimo, é super transado e tem um menu tão bom quanto o Mr. Chow. Relato completo aqui.

Roberta
Eu adoro os family restaurants americanos e sempre bato ponto nos meus favoritos: Red Lobster, Olive Garden, Cheesecake Factory, etc. Fui ao Versailles, de comida cubana, muito recomendado, e foi o máximo – comida cubana deliciosa, de qualidade e super barata, e o melhor mojito que já tomei! Também fomos ao Michael’s Genuine Food and Drink, no Design District, que na verdade fica em Downtown: lugar bacana, bonito, e ótima comida moderninha a preços razoáveis. Eles também têm vários tipos de cerveja, de alguns países.  Relato completo aqui.

Leia mais: Comer: 5 clássicos em Miami

Loja BrandsMart, Miami

–> COMPRAS

Rodrigo
Sabe onde é melhor comprar eletrônicos e câmeras? Na Amazon (requer alguma malícia já que algumas vezes te mostra um produto que está disponível por um preço menor dentro do mesmo site). Você estuda o que você quer em casa, compra com calma e manda entregar no hotel. Tem a vantagem de não pagar taxas locais. Serve também para o parente chato que quer que você traga alguma coisa. O trabalho vai ser só carregar. Na pior das hipóteses você faz uma busca nos sites das lojas sobre os produtos que te interessam, verifica a disponibilidade na loja mais próxima do seu hotel (a maioria permite isso), chega e compra o que precisa e põe um ponto final nessa busca que consome um tempo precioso da viagem. Relato completo aqui.

Elaine
Quanto a eletrônicos, não perca tempo: Miami tem Best Buy. Use o store pick-up (compre na internet e busque em até 7 dias seu produto na loja escolhida). Caso não apareça pra buscar a compra é cancelada automaticamente, pois a compra só é valida após você passar seu cartão de crédito na loja e assinar! Relato completo aqui.

Leticia
Minha experiência combinando Miami com Orlando é que é melhor deixar as compras para Orlando, pois os outlets são próximos e de fácil acesso, ao contrário de Miami. Relato completo aqui.

Anna
Já tive amigos roubados em Miami e Orlando, então fica a dica pros dois lugares: olho nas compras! O ideal é sair do outlet (ou da Best Buy) e ir deixar as compras no hotel antes de sair pela cidade pra jantar ou algo assim. Relato completo aqui.

Ana
Fui para Orlando e Miami. Minhas compras já tinham sido feitas no Premium Outlet em Orlando, mas se eu soubesse, teria deixado para fazer todas as compras em Miami. Achei coisas muito mais em conta. o Dolphin Mall tem muitas lojas que não me eram familiares, mas com roupas lindíssimas e muito, muito baratas. Tem Ross no Dolphin também, e dá para fazer ótimas compras garimpando por lá. Gostei muito mais de Miami do que de Orlando, porque em Orlando não se vê gente nas ruas, e Miami tem mais vida, e além do mais achei bem melhor de comprar. Relato completo aqui.

Daniel
O Dolphin Mall é meio que uma miniatura do Sawgrass. Tem a vantagem de ser perto do aeroporto. O Sawgrass fica a 1 hora de Miami mais ou menos. E é gigante, gigante mesmo. Os preços são bem parecidos, mas o Sawgrass tem mais cupons de desconto no site deles. Relato completo aqui.

Malu
O Dadeland Mall é muito fácil de ir, inclusive com monorail. Ao redor desse shopping tem várias lojas âncora como a Target, Best Buy, CVS, Toy”R”Us e bem no meio tem uma Macy’s especial com milhares de ofertas. Acho que é melhor que o Dolphin e não tão luxuoso como o Aventura. Eu gostei muito. Relato completo aqui.

Roberta
Target: amo, adoro, passo horas nele. Pra comprar roupa de cama, de super qualidade, é muito barato. Roupa e brinquedos pra crianças, também: é inacreditável a variedade e preço. Pijamas lindos e modernos pra mulher, artigos pra cozinha, enfim – tudo o que você puder imaginar. Há uns 4 ou 5 Target na cidade, mas os mais completos são o de Downtown e de Hilleah. Na JC Penney tem coisas lindas e baratérrimas, especialmente para os homens. Acho a Macy’s a melhor loja para as mulheres; se você procura bolsas, este é o lugar. Tanto na Macy’s quanto na Bloomingdale’s é só apresentar seu passaporte no ato do pagamento que você recebe um desconto de 10% (é o desconto para estrangeiros que eles dão). Relato completo aqui.

Leia mais: Compras, onde é melhor? Nova York, Miami ou Orlando?

Leia mais: Enxoval de bebê nos EUA: 90 produtos indicados pelo Hugo

South Beach

Siga o Viaje na Viagem no Twitter@viajenaviagem

Siga o Ricardo Freire no Twitter@riqfreire

Visite o VnV no FacebookViaje na Viagem

Assine o Viaje na Viagem por emailVnV por email


80 comentários para “Miami: um roteiro com 50 dicas selecionadas”

  1. Perfeito!

  2. Como dica de compra de eletronicos e coisas para casa, tem o brandsmart (que é o local da foto), com ótimos preços. Tem por toda região do sul da FL e no sawgrass.

  3. Como sugestão para quem vai a Flórida, o blog da gaúcha Renata, que mora em Fort Lauderdale
    http://flsunshinetravel.wordpress.com/

  4. Super resumo…Muito show!!!

    Bjs

  5. Pessoal, estou indo pra Punta Cana e Miami no inicio de 2014. Tenho visto muitas ofertas de hotel bem inferiores aos demais sites no http://www.otel.com. Nunca tinha ouvido falar. Conhecem? Ja tiveram problemas? Agradeço pois estou preocupado. Abs

  6. Só para não passar batido, Miami: http://devoltaoutravez.wordpress.com/category/viagem/eua/miami/ o mais ‘diferente’ foi 1 dia na região de Everglades, com passeio naqueles barcos movidos por hélices gigantescas…
    E Key West, onde ficamos 2 noites e acho que devia ter ficado mais… http://devoltaoutravez.wordpress.com/category/viagem/eua/key-west/

  7. Alguém sabe informar se para andar por Miami e arredores(nao irei a Orlando) é inevitável passar por pedágios , ou pelo menos se posso pagar a maior parte deles em Cash.

    1. Olá, Rodrigo! A resposta é não. São pouquíssimas as estradas que ainda permitem pagamento em cash. Ao alugar o carro vão lhe oferecer um plano automático, aceite.

    2. Rodrigo,

      Estive em Miami em março/2013 e andei bastante de carro e achei estranho não ter passado por cabines de pedágio até que reparei nas placas: PAY BY PLATE. Depois a locadora repassa pro seu cartão se não tiver feito o plano. Na maioria das highways que passei por lá foi assim. Mas sugiro você verificar com a locadora.
      PS: um dos passeios foi Miami – Key West

      Espero ter ajudado,
      Renata

  8. Ola pessoal! Estamos indo para Miami de 25/09 a 03/10. Estou pensando em alugar uma lancha pra passear na Byscaine Bay por quatro horas. Como a lancha acomoda 10 pessoas e estamos em quatro. Tenho 06 vagas a disposição. Se alguem interessar, pode me contactar arruda2000@msn.com. O valor e $ 50,00 por pessoa, incluso capitão, snakes e bebidas. Há , e a lancha e bem bacana.

    1. Olá, Maria! Vamos pôr seu convite no Perguntódromo. Esperamos que apareçam candidatos!

  9. Olá! Algum entendido de Miami já usou o serviço Amazon Locker pra receber compras? Meu hotel está cobrando pra receber compras e estou pensando em usar essa alternativa…
    Obrigada!

    1. Olá, Karol! Veja o que a Marcie diz do Amazon Locker:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/08/amazon-locker/

      Vamos compatilhar sua pergunta no Perguntódromo; havendo resposta, aparecerá aqui.

    2. Eu usei o Amazon Locker não em Miami, mas sim em Londres. Na verdade, o meu “locker” era não era exatamente um “locker” (um armário com uma trave com algum código para você destravar), mas sim um mercadinho que fazia o serviço de entrega de mercadorias para a Amazon, ao lado da estação de metrô Earl’s Court.

      Deu tudo certo e no meu primeiro dia útil em Londres, a compra já estava disponível para eu retirar. Eu fiz a compra no site da Amazon.uk um dia antes de embarcar do Brasil para Londres e escolhi o local de retirada, que era perto do meu hotel. Dois dias depois, quando eu cheguei em Londres, eu recebi um e-mail da Amazon dizendo que eu já podia retirar a compra, apresentando o e-mail (com o código da compra) e uma forma de identificação (obviamente o passaporte).

      No dia seguinte, eu fui no tal mercadinho, e nem precisei imprimir o e-mail: mostrei o e-mail na tela do iPhone e meu passaporte e o senhor do caixa me entregou o pacote. Tudo muito rápido e sem nenhum problema.

      Abs,

      Cris

    3. Usei em Nova York e São Francisco. É ótimo e funciona perfeitamente. Você recebe um email ou torpedo (se tiver um celular ativo) quando sua encomenda chega no Locker e tem, se não me engano, 72 horas para retirar. Recomendo, especialmente para não ficar refém de recepcionista e taxas de recebimento de hotéis. Só não sei se já há Amazon Lockers em Miami. Em abril não havia. Boa sorte.

  10. Karol,

    Eu já usei por duas vezes o serviço porém o fiz em NY. Muito eficiente e seguro. Eu recomendo.

    Espero ter ajudado.

    Renata

  11. Obrigada, Cris, acho que vou usar o locker sim!

    1. Que eu saiba a Amazon não entrega em lockers na Flórida.

  12. Pessoal,
    Estou indo para Miami nesta semana. Alguém conhece um bar de Jazz ou de Blues (bacanas) para visitar?
    Abraços e obrigado,
    Jorge

    1. Olá, Jorge! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

    2. Jorge,

      Da uma olhada nesta lista aqui:
      http://www.timeout.com/miami/search/tag/960/jazz

      Mas lembre-se que Miami nao e’ um destino notorio por Jazz ou Blues.

      1. Obrigado, Philipp!! Sabemos que Miami não é dos melhores destinos de Jazz ou Blues, mas alguma coisa deve haver. Depois aviso vocês sobre o resultado. Abs!

  13. Olá! Tenho problema de coluna sério e não consigo dormir em colchão macio… Alguém tem alguma dica de hotel com colchão bem firme? Não precisa ser duro igual tábua não, basta que seja firme, equiparado aos nossos colchões brasileiros de densidade D-28 a D-33….
    OBRIGADA. ELAINE

  14. EM MIAMI…

    1. Olá, Elaine! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

  15. Mais uma dica pra parte de compras: quem quiser games, vá numa Gamestop, eles têm uma seção de usados gigante e com preços bons. Só precisa conferir, em alguns casos, se o jogo não tem algum tipo de código pra jogar online. Nestes, vale comparar o quanto você gastaria com o jogo usado + passe (costuma custar uns dez dólares) e o preço do novo. Eles também vendem consoles novos e seminovos.

    Não curti Walmart e afins nessa seção, a variedade é menor e os preços são sempre os de tabela. E claro que sempre vale conferir a Amazon – mas olho nos prazos de entrega.

  16. Pessoal,
    Uma ferramenta legal para quem está viajando para Miami é o aplicativo do PONTO MIAMI, para iPhones e Android. O Ponto Miami é um website / fan page dedicado a fornecer dicas de passeios, compras, hotéis, restaurantes e balada em todo o Sul da Flórida. É em português e agora está com esse aplicativo. Para mais informações, é só seguir esse link: http://pontomiami.com/aplicativo-do-ponto-miami-para-iphone-e-android/o-que-tem-em-miami .
    Um abraço!

  17. Caríssima Boia,
    Estou pesquisando hotéis em Miami, mas preciso de ajuda: existe algum hotel, de preferência próximo ao aeroporto, que tenha tarifas day use?
    Obrigado!

    1. Olá, Paulo! Googlando, eu encontrei referências a day use no Sheraton Miami Airport Hotel, no Miami International Airport Hotel e no Fairfield Inn & Suites Miami Airport South. Entre em contato com os hotéis para saber como funciona o sistema.

      1. Muito obrigado!

  18. Amigos e Querida Bóia!

    Estou indo para Miami no inicio do ano que vem e estou interessado em cruzeiros de um dia apenas. Sei que existem, mas não estou achando referencias.

    Alguem já fez ou conhece alguma empresa que ofereça?

    Mais uma vez, agradeço pelo salvamento.

    Abs,

  19. Estamos saindo de Orlando a caminho de Miami e o hotel está uma indecisão só. Estamos na dúvida se ficamos na Brickell no Hampton Inn Suites Miami Brickell ou se ficamos em Coconut Grove no Hampton inn Coconut Grove ou na área do aeroporto no Hampton Inn Suites Miami Airport. Esses hotéis oferecem um ótimo preço e são da rede Hilton de Hotéis, se nos hospedarmos num deles ainda acumulamos milhas. Não queremos gastar muito nem quero ficar num hotel ruim, você recomenda um desses hotéis?

    1. Olá, Carla! O Ricardo Freire já se hospedou no Hampton Inn & Suites Downtown Brickell e gostou bastante:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/06/um-hotel-bbb-surpreendente-no-centro-de-miami/

      Leitores deixaram resenhas sobre outros hotéis Hampton por aqui, incluindo os dois que você procura. Veja:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/08/70-hoteis-miami/

  20. Olá…estarei chegando em Miami às 4:30 da manhã. Após passar pela imigração, Car Rental Center, imagino que estejamos saindo do Aeroporto às 6 da manhã. Alguma sugestão do que fazer em Miami nesse horário, até umas 8 da manhã(vi que alguns locais que servem café da manhã abrem às 8 hs, e nosso check in no hotel será apenas às 15 horas. Muio obrigada!

    1. Olá, Larissa! O seu quarot estará liberado às 15h, mas você pode fazer o check-in ao chegar. Você deixa as malas no hotel e já se livra desse peso. Poderá tomar café da manhã no próprio hotel (pagando à parte, claro).

  21. Pessoal,

    Estou indo para Miami dia 01/10 e vou ficar na casa de amigos! É melhor fazer reserva em hotel ou dizer que vou ficar na casa deles?
    Alguém tem uma dica de hotel baratinho que pague depois?
    Grato,

    1. Olá, Helionei! Basta ter visto válido e informar o endereço onde vai ficar. Nunca minta na imigração americana.

  22. Olá
    vou para Miami em março meu objetivo é conhecer a cidade e passear,deixando 1 dia para compras e não alugar carro.quantos dias no minimo?com 5 dias já consigo aproveitar bem?obrigada

  23. Olá estou indo em lua de mel p Miami..
    Tenho 3 duvidas

    Referente aluguel de carro… o que eh mais valido, alugar antecipadamente em algum site?, se sim qual mais indicado ou chegar no aeroporto e procurar? Se sim qual o melhor?

    Alguma cidade interessante proximo a Miami em um raio de 300 400 Km, tirando Orlando.

    Gostaria mto de visitar Los Angeles, qual companhia Aerea vcs indicam?? Será q ir de carro é loucura?

    Desde ja agradeço mtooooo bom o site

    1. Olá, Thiago! Nunca deixe para alugar ao chegar. Você só encontrará as tarifas mais caras, principalmente se for no aeroporto.

      A Rental Cars é um bom lugar para cotar a sua locação.

      Sim, é uma loucura total querer ir a Los Angeles de carro. Ponha seus trajetos no mapa antes de perguntar: http://maps.google.com .

      Veja como comprar passagens internacionais com múltiplos destinos:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/01/passagens-internacionais-como-evitar-o-erro-mais-comum/

      Leia sobre Key West:
      http://www.viajenaviagem.com/category/key-west

  24. Muito Obrg pelas dicas… Adorei a ideia da Key West, vai ser um otimo lugar para curtir Lua de Mel… tem mais alguma dica ? De algum lugar para conhecer?

    1. explore a regiao de Miami…Fort Lauderdale é legal tb. Curta onde estiver, não se aventure pra muitolonge não.

    2. Olá, Thiago! Veja tudo já publicado sobre Miami aqui: http://www.viajenaviagem.com/category/miami/

  25. Comprei um pacote pela internete para orlando, so que o aereo vai ate miami, tendo que completar a viagem de carro locado, ohotel fica em orlando, sera que durante a viagem a orlando se eu precisar de alguma ajuda sera facil de encontrar. Agradecida.

    1. Olá, Sandra! Encontra, mas vá com um GPS :)

  26. Olá, estamos indo pra Miami na próxima semana, gostaria de dicas sobre alugar carros esportivos, por um dia pelo menos rs, onde encontrar locadoras com esses modelos?
    Obrigado!

  27. quero ir a Miami em fevereiro com minha filha não queria alugar carro , vamos fazer compras qual é o melhor transporte para utilizar ?qual é o melhor lugar para hospedar?

    1. Olá, Joelma! Miami não é uma cidade fácil para quem está sem carro. Mas hospedando-se em South Beach você consegue transporte para o outlet Sawgrass Mills e para o shopping Aventura.

  28. Bóia,
    Chego em Miami com esposa e 2 filhos adolescentes no dia 13/12 e viajamos para Orlando na manhã do dia 17/12. Como compromissos já temos um jogo de basquete no dia 14 á noite (AA Arena) e um de futebol Americano no dia 15 á 1 da tarde (Sun Life Stadium). Gostaríamos também de ir no Seaquarium e no Sawgrass. Com o tempo restante, o que você sugere que façamos?
    Como estaremos com carro alugado e tendo 2 moleques que comem bem, uma sugestão de hotel com café da manhã e estacionamento gratis seria muito bem-vinda.
    Abraço.

  29. Para ajudar na resposta ao Fabio Marinelli…
    Existe um blog/website escrito por brasileiros que vivem em Miami, com dicas para quem visita o Sul Da Flórida, chama-se Ponto Miami, lá, na categoria “passeios” você pode encontrar algumas sugestões para complementar sua visita (http://pontomiami.com/guia-miami/0007). A outra dica é baixar o aplicativo gratuito para smartphones do mesmo Ponto Miami, é só digitar “Ponto Miami” no iTunes e/ou Google Play. Um abraço!

  30. Olá preciso de uma ajuda…como faco para ir do aeroporto para o Aventura Mall ou alguem sabe de algum transporte privado do proprio Mall ou sei la alguma dica? Ficarei hospedada perto do aeroporto!

    1. Olá, Ane! O shopping mais próximo de onde você estará é o Dolphin.

      Neste link você seria capaz de traçar rotas de transporte público (mas no momento parece estar fora do ar):
      http://www.miamidade.gov/transit/trip_planner.asp

  31. Uma das mais novas e mais belas atrações de Miami é o PÉREZ ART MUSEUM MIAMI, museu de arte contemporânea que foi inagurado quase ao lado da American Airlines Arena. Vale o passeio: além da coleção , o prédio é fantástico e as vistas incríveis. Mais detalhes no post do Ponto Miami : http://pontomiami.com/perez-art-museum-miami-pamm-dica-miami-dicas-guia/o-que-tem-em-miami
    Abs

  32. Me desculpem…

    Vi vários relatos sobre hotéis, etc…mas enfim. Qual o melhor local para se hospedar?????

    Meu perfil: somos um casal, sem filhos, estamos indo em lua de mel. O foco é fazer compras, mas também não queremos deixar de aproveitar um pouco a curtição (balada, não, mas um barzinho a noite…). Gostariamos de um hotel o mais próximo possível da praia (de preferência, “pé na areia”).

    Fiz uma “lista” no Booking, com algumas opções. As principais, por hora, são dois: um tal de Miami Beach Resort & Spa, na altura do 5000 da Collins; e um tal de Room Mate Waldorf, na Ocean, perto da badalação. Alguém os conhece? E sobre a localização, algum comentário a fazer?

    Ah, independete de qualquer coisa, alugaremos carro.

    Obrigado!

    1. Olá, Thiago! Este post provavelmente responde às suas dúvidas:

      http://www.viajenaviagem.com/2013/09/miami-orlando-hoteis-mais-reservados/

      1. Obrigado!

        Gostei do Surfcomber, que você indica! Um preço razoável, pela localização.

        Minha maior preocupação é…o álcool! Não queria um hotel muito longe pois teria que ir de carro para os lugares, ai ficaria impedido de tomar minha cervejinha…

        Este cumpre os requisitos que gostariamos: pé na areia, perto da região badalada (reitero nossa vontade de curtir um pouco e minha preocupação com o alcool. rsrsrs), e digo, perto, não exatamente naquele “fervo” infernal que imagino ser. Ótimo!!!

        Obrigado!

  33. Só uma atualização para o post Bóia: pegando os endereços dos restaurantes citados aqui soube que O Café Van Dycke que o Thiago recomendou fechou as portas depois de 20 anos no dia 26 do mês passado (Janeiro/2014). No site informam que agora no local há um restaurante com boa comida e música ao vivo do Sul da Flórida: Sokya.

  34. Boa noite! Estou programando uma viagem à Miami em maio, e gostaria de uma opinião. Como não alugarei carro (não tenho coragem de dirigir onde não conheço), estou pensando em pegar 2 hotéis. Meu roteiro será compras e um pouco de passeio também. Chegando ao aeroporto iria para o Doubletree by Hilton Sunrise, que possui shuttle para o Sawgrass e é super próximo. Ficaria 2 dias para explorar o Sawgrass. Depois disso, pesquisei e encontrei o Best Western Plus Miami Airport West inn e Suites, onde, pretendo ir ao Dolphin Mall, fazer um passeio aos pontos turísticos de Miami e ir um dia à Miami Beach. Para a praia iria de taxi, gostaria de saber se devo reservar o passeio aos pontos pela internet, ou se é possível reservar no hotel mesmo. Será que a maioria das empresas que fazem esses passeios atendem o Hotel Best Western?

    Meu roteiro está bom para o que desejo fazer?

    Muito obrigada pela atenção

    1. Olá, Angela! Ficar sem carro nesses hotéis na beira da estrada é masoquismo! Fique em South Beach. Há transporte para o Sawgrass e para o Aventura.

      Leia:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/04/miami-dicas-roteiro-south-beach/

      1. muito obrigada pela dicaaa!

  35. Olá pessoal, acabamos de voltar de Miami e postamos no nosso blog de viagens algumas dicas de hotéis, restaurantes e locais para compras em Miami. Acessem para conferir: http://www.embarqueportao5.com.br/america-norte/eua/miami/

    Ao Ricardo e equipe do Viaje na Viagem, fiquem a vontade para utilizar algumas de nossas dicas para enriquecer o conteúdo do post se julgarem necessário.

  36. Boa Noite !!!!
    Vou para Miami e não pretendo alugar carro, como faço para ir para o Sangrass e Dolphin, alguém me indica
    Vou me hospedar na Ocean Drive, é fácil me locomover por lá
    O Táxi em Miami é caro ?

    1. Olá, Andrea! O táxi em Miami é bastante caro. Estando em South Beach você conseguirá fácil vans para o Sawgrass Mills. Há também ônibus para o Aventura Mall.

      Leia mais:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/04/miami-dicas-roteiro-south-beach/

  37. Alguem me indica um transfer do aeroporto de Miami para Orlando. Obrigado

    1. Olá, Andreia!

      Use o Red Coach: http://www.redcoachusa.com/

  38. Gostaria de saber qual a melhor empresa de passeio turísticos em Miami.

    1. Olá, Priscilla! No seu hotel você encontrará panfletos de passeios. Vale a pena usar a recepção como intermediário; nenhum fornecedor quer se queimar com hotéis.

  39. Olá,
    viajo 2/abril e tive minha reserva cancelada por um vazamento no stúdio alugado e não consigo hospedagem de bom preço a tempo da viagem. alguem conhece o Aventura beach club na Collins 19201 – Sunny Isles…? ou uma recomendação de bons preços, com estacionamento free?

    1. Olá, Aloisio! Ainda não recebemos relatos de leitores sobre este condomínio. Veja os hotéis que os leitores já resenharam:
      http://www.viajenaviagem.com/2012/08/70-hoteis-miami/

      Veja os hotéis mais reservados em Miami pelos leitores do Viaje na Viagem:
      http://www.viajenaviagem.com/2013/09/miami-orlando-hoteis-mais-reservados/

  40. Vamos embarcar num cruzeiro p/ Brasil em 19/5 e ficaremos 4 dias em Miami. Onde ficar para fazer 2 dias de compras e 2 de passeios? Será necessário alugar carro? Queremos praticidade, sem correrias e bom preços, inclusive no deslocamento aeroporto/hotel/porto.

  41. BOM DIA, QUERIA SABER ALGUMS SITE PARA FAZER COMPRA ANTES DE CHEGAR NO MEU HOTEL EM MIAMI .
    ABÇ

  42. Oi Riq e amigos,
    Estivemos, novamente, em Miami e dessa vez ficamos no Springhill by Marriot, na área do aeroporto. Bom custo-benefício, café da manhã razoável, limpo e com quartos e camas confortáveis.
    Afora um pequeno dissabor que tivemos com o pessoal da recepção com relação ao pedido de vista para o lago, (sendo que nos prometeram nos mudar de quarto até o final do dia e qdo chegamos tarde da noite nossas malas estavam no mesmo quarto. Questionados, prometeram nos mudar, de novo, o que não ocorreu e não houve sequer um pedido de desculpas…)recomendaria este hotel.
    Claro, que sendo perto do aeroporto, o carro torna-se essencial.
    Destaco dois restaurantes bacanas e moderninhos com comida excelente: o Rosa Mexicano (comida, óbvio rsrsrs, mexicana em Downtown e Miami Beach) e o Yardbird ( em Miami Beach, de comida “sulista”, maravilhoso). Este ultimo, em especial, lota, então é essencial a reserva. Eu fiz pelo Open Table, que funciona muito bem.
    Da outa vez fomos ao SAWGRASS, mas desa vez ficamos pelo DOLPHIN Mall, que por sinal fica a 10 minutos do hotel. Quer saber? Não acho que valha a pena se debandar pro Sawgrass sendo que a maioria das lojas que a brasileirada procura se encontra tbm no Dophin, e os preços são realmente de outlet tbm…
    Bom acho que era isso!

  43. Prezados,
    Gostaria de saber se alguém já usou o app “mapfactor navigator free”, na Flórida.
    Este é um GPS que funciona offline (isso mesmo, sem internet) nos aparelhos com tecnologia Android. Testei aqui no meu Estado e funcionou redondinho, porém, não sei se é tão eficiente no exterior.
    Estou indo para Miami e pretendo utilizar este como guia. Já baixei o mapa da Flórida.
    Se alguém já usou em viagens e puder compartilhar a experiência, agradeço.

    1. Olá, Benrique! Vamos compartilhar sua pergunta no Perguntódromo. Havendo resposta, aparecerá aqui.

    2. Benrique, nunca ouvi falar dele, mas se aqui no Brasil você achou que funcionou bem, nos EUA deve funcionar ainda melhor :) Pelo menos foi assim com todos os GPS que eu já usei.

ATENÇÃO:
Antes de perguntar, veja se a dúvida já não está respondida no texto. Perguntas redundantes e comentários em maiúsculas serão apagados. Obrigado!