Compras em Berlim: saiba quando as lojas abrem aos domingos

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Bikini Berlim

Bikini Berlin

A tradição alemã é de comércio fechado aos domingos. As lojas podem abrir até as 8 da noite no sábado (antigamente precisavam fechar no início da tarde!), mas comprar aos domingos ainda é tabu.

Recentemente, porém, a legislação sobre horário de compras deixou de ser federal e foi transferida para o âmbito local. Agora as municipalidades podem legislar sobre o assunto.

No seu ímpeto de se apresentar como a mais internacional das cidades alemãs, Berlim é a metrópole que tem a política mais liberal de funcionamento do comércio aos domingos. Mas não se anime muito: são apenas 8 domingos por ano em que as lojas podem funcionar. Os domingos escolhidos geralmente estão em fins de semana em que a cidade promove outros eventos (ou então, perto do Natal).

Em 2014, cinco desses domingos ocorrem no segundo semestre: dias 7 de setembro, 5 de outubro, 9 de novembro, 7 e 21 de dezembro. Nesses domingos, as lojas de departamento e as lojas de rua abrem das 13h ou 14h às 20h. (Nos demais 44 domingos do ano, apenas supermercados, lojas de conveniência, postos de gasolina e lojas de souvenir estarão abertos.)

Quando soubermos as datas de 2015, postaremos aqui.

As principais áreas comerciais de Berlim

KaDeWe, KuDamm e Bikini

A mística de compras de Berlim está completamente ligada à KaDeWe (diga: cadevê), sigla para Kaufhaus des Westens ("loja do Ocidente"). Durante o tempo em que Berlim Ocidental foi uma ilha de capitalismo na Alemanha Oriental, a KaDeWe funcionava como um monumento ao consumo. Seu 6º andar sempre foi o mais visitado: é o andar da delicatessen/praça de alimentação, com comidas do mundo inteiro. Hoje, com a globalização, o andar não tem mais o mesmo apelo de antes, mas ainda funciona como um charmoso pit stop gastronômico depois de visitar a Igreja Memorial do Imperador Guilherme (Kaiser-Wilhelm-Gedächtniskirche) -- o simbolo-mor do lado ocidental de Berlim, com sua estrutura bombardeada que não foi reconstruída.

kadewe

A KaDeWe fica na Tauenzierstrasse 21. A rua desemboca na Kurfürstendamm, ou simplemente Ku'damm, que antes da queda do Muro era o vitrinódromo mais importante da cidade. Apesar de terem surgidos novos focos comerciais no leste da cidade, a avenida ainda cumpre seu papel de shopping a céu aberto.

A novidade da região, porém, é um pequeno shopping fechado -- o Bikini Berlin, na Budapester Strasse, um concept mall instalado num prédio anos 60 cujas lojas parecem containers envidraçados. O shopping tem cafés bacanas, mas a pausa-que-refresca imperdível é no Monkey Bar do terraço do vizinho 25 Hours Hotel Bikini, com vista para o Zôo.

Para KaDeWe, KuDamm e Bikini, desça nas estações Zoologischer Garten ou Kurfürstendamm.

Friederichstrasse

Depois da queda do Muro, Berlim Ocidental se mudou para o leste. A Ku'damm foi parar na Friedrichstrasse, que cumpria a função de rua de compras de Berlim antes da divisão da cidade. A estrela da rua, porém, não é alemã: é a filial berlinense da Galeries Lafayette (na esquina com a Französischer Strasse).

Um passeio pela Friedrischstrasse se encaixa bem entre turistagens pela Unter den Linden (Portão de Brandemburgo, Ilha dos Museus) e um café ou drink na praça mais bonita de Berlim, a Gendarmenplatz, que fica a uma quadra. Se for de metrô, desça em Französische Strasse ou Stadtmitte.

Alexanderplatz e Mitte

O espalhado bairro de Mitte (que a bem da verdade abrange também a Friederischstrasse citada acima) oferece a maior variedade de oportunidades de compra. A Alexanderplatz (metrô: Alexanderplatz) tem uma enorme loja de departamentos Galeria ao lado da Torre de TV. A região do Hackescher Markt (metrô: Alexanderplatz; S-Bahn: Hackescher Markt) tem comércio despretensioso de roupas e calçados. Algumas quadras para trás, a Münzstrasse (metrô: Weinmeisterstrasse)  tem lojas descoladas, e a Mulackstrasse (metrô: Weinmeisterstrasse ou Rosa-Luxemburg-Platz) é o reduto das grifes de vanguarda.

Kreuzberg e Neukölln

Para pequenas butiques (algumas delas, com cafés anexos), brechós e portinhas curiosas, dê um rolê nos bairros alternativos de Kreuzberg (o eixo é a Oranienstrasse; desça em Kottbusser Tor) e Neukölln (passeie pela Weserstrasse; metrô Hermannplatz).

Ricardo Freire viajou a convite do Turismo da Alemanha.

Leia mais:

9 comentários

Yuri Torres
Yuri TorresPermalinkResponder

Descobri da pior maneira a tradição do comércio alemão de fechar aos domingos: precisava urgentemente de um cachecol em janeiro de 2014 enquanto passeava pela cidade, e encontrei tudo fechado. Ainda que tenha me rendido uma gripe, valeu a pena andar pela Alexanderplatz e arredores sem multidões. A cidade parecia só minha razz

Tania Janin
Tania JaninPermalinkResponder

Estou em Berlim neste momento hospedada bem próximo a Galeries Lafayette e já rodei todo o comércio que o Ric cita no texto. O comércio e mto bom mas pra quem não tiver mto tempo disponível na cidade a dica e ficar pela Friedrichstrasse se o objetivo for lojas de grife. Se o objetivo são lojas mais populares o rumo e a Alexanderplatz onde estão a Tk Max, a Primart e a excelente mas não tão popular galeria Kaufhof e várias outras. A farmácia dermocosmetica DM com produtos de várias marcas conhecidas e os produtos de marca própria todos muito bons, além das miniaturas boas para levar na malinha ajudando a viajar leve. A Kadewe e excelente, tem tudo quanto e grife que a mulherada gosta mas e um pouco mais distante. Pra quem quiser ir no meio de um passeio a dica e pegar o bus 100, que e um transporte público , e descer na parada Breitscheidplatz. O bus 100 e a versão barata dos ônibus que fazem City tour pela cidade. Transporte público com percurso turístico. Praticamente vai da Kadewe a Alexanderplatz passando pela esquina da Friedrichstrasse e de quebra pela ilha dos museus( Museumsinsel ) para um banho de cultura entre uma comprimia e outra. Já que amanhã e domingo de comércio fechado o jeito e ir as feirinhas que rolam pela cidade .

bcbauer
bcbauerPermalinkResponder

Eu acrescentaria que, estando em Mitte ou Prezlauerberg pode-se ir diretamente à KaDeWe com a linha 2 (vermelha) do metrô (U-Bahn), descendo na estação Wittembergplatz, que fica bem em frente à loja. Aliás, meio que complementando o post do Ricardo, essa linha do metrô liga as áreas de compras citadas (Alexanderplatz, Friedrichstrasse e KaDeWe/Ku'damm), além de Prenzlauerberg (que pode ser considerada uma área de compras mais alternativas, como Kastanienalle e arredores) e Potsdamerplatz.

ane
anePermalinkResponder

Na principal estação de trem de Berlim há muitas lojas. E ficam abertas aos domingos. Excelente socorro para não passar frio nem fome.

Malu
MaluPermalinkResponder

Nesse link - em alemao, claro! - pode-se ver todos os "Verkaufsoffener-Sonntag" (domingos abertos para compras) em toda a Alemanha, alguns já em 2015.

http://www.verkaufsoffener-sonntag.com/

Aliás, como já estao definidas as datas para a Internationale Grüne Woche (16.1.-25.1.15), a „Semana Verde Internacional“ - http://www.gruenewoche.de/ - e também para a ITB (4.3.-8.3.2015 e 9.3.-13.3.2016) a „ Bolsa de Turismo Internacional - http://www.itb-berlin.de/ -, os domingos abertos para compras também já estao definidos nessas datas.

Gente, só a ITB vale uma viagem a Berlin. Para mim, da área de turismo, é a feira mais bonita e interessante que existe. É uma „volta ao mundo“ em 5 dias, para o pessoal da área, e em 2 dias para o público normal. Nao esqueca de levar sua malinha de mao com rodinhas, é muita coisa bonita para carregar. Mas lá dentro há um correio, especial para voce mandar todo o material pra casa sem ter que ficar carregando peso. Alemao pensa em tudo rsrsrs

Só acho uma grande pena que o governo brasileiro, através da sua representante legal, Embratur, nao use esse super mega show para „vender“ o Brasil. Lá só aparecem os apadrinhados que, na realidade, querem, eles mesmos, fazer turismo às custas dos pagadores de impostos brasileiros. Quando vou à ITB nem visito mais o stand brasileiro, há coisas mais bonitas e interessantes para ver-se e com profissionais bem mais capacitados.

Mais um link compacto para os eventos em Berlin 2014/2015

http://www.hiberlin.de/events.aspx

Rapha
RaphaPermalinkResponder

Estou indo para Alemanha dia 11/set/14.
Qual seria o melhor roteiro para se fazer com minha família, lembrando que irei levar meu filho de 2 anos ????
E outra duvida é de carro ou de trem????
Agradeço desde já.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rapha! Não fazemos roteiros personalizados. Monte o seu roteiro, com as cidades que deseja conhecer, o tempo que terá disponível para a viagem e depois podemos dar pitacos. smile

Para dicas, leia:
http://www.viajenaviagem.com/2011/12/como-montar-viagem-europa/
http://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/
http://www.viajenaviagem.com/destino/berlim

Jose barretto
Jose barrettoPermalinkResponder

Estou indo p Alemanha em outubro proximo com parada final em Berlin. Portanto deixarei as compras para esta cidade, alem das lojas citadas acima, existe algum outlet , mesmo que nos arredores de Berlin ? Obrigado

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Jose! Recebemos dicas de leitores para outlets em Berlim. Veja: http://www.viajenaviagem.com/2007/04/berlim-pra-mira/comment-page-3#comment-128611

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar