Costa do Dendê: como chegar e se deslocar (com mapas!)

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Lancha rápida a Boipeba

Lancha rápida Valença-Boipeba

Morro de São Paulo, Boipeba e Barra Grande/Península de Maraú formam a Costa do Dendê, entre Salvador e Itacaré. É um dos trechos mais bonitos da costa brasileira. A dificuldade de acesso é um fator decisivo para que toda essa beleza ainda esteja preservada. Ferry boat, teco-teco, catamarã em mar escarpado, estrada de chão ou até de areia: é praticamente impossível escapar de pelo menos um desses obstáculos no seu caminho.

A boa novidade é que está mais fácil contratar traslado em grupo; e para quem quer fazer tudo por conta própria, já existem vários trechos vendidos online.

Linhas nos mapas:
Azul: água | Laranja: aéreo | Preta: asfalto | Vermelha: terra |

Este post tem a pretensão de compilar todas as formas de deslocamento entre os destinos da Costa do Dendê.

Ao longo desta página você vai encontrar:

  • Qual aeroporto escolher: Salvador, Valença ou Ilhéus?
  • Como ir de Salvador a Morro de São Paulo, Boipeba e Barra Grande/Península de Maraú
  • Como ir do aeroporto de Valença a Morro de São Paulo, Boipeba e Barra Grande/Península de Maraú
  • Como ir do aeroporto de Ilhéus a Barra Grande e Boipeba
  • Como se deslocar entre Morro de São Paulo, Boipeba, Barra Grande/Península de Maraú e Itacaré
  • Que aeroporto escolher?

Antes de comprar passagens de ida e volta a Salvador, veja se Valença ou Ilhéus não são mais convenientes para o seu plano de viagem.

Aeroporto de Valença

A maioria das pessoas nem sabe que existe -- mas de fato, este pequeno aeroporto é o mais bem-localizado da Costa do Dendê. Voar a Valença tira praticamente todos os percalços do percurso a Morro de São Paulo, e facilita uma barbaridade a viagem a Boipeba. Também é o aeroporto mais conveniente para quem pensa em chegar a Barra Grande pegando lancha em Camamu.

O problema é que só há um vôo regular da Azul, aos sábados, na rota Belo Horizonte-Valença. Se você sair de Belo Horizonte e comprar com antecedência, pode achar bons preços; de outras praças, como São Paulo (Congonhas), Rio (Santos Dumont), Vitória, Brasília e Porto Alegre, a conta costuma ser bem salgada (e o tempo de conexão em BH na volta, muito longo).

De todo modo, se você está pensando em ir a Morro ou Boipeba e pode ficar uma semana, confira os preços com antecedência; como você pode ver mais adiante, a economia de perrengues é significativa.

Aeroporto de Ilhéus

Com vôos diretos de São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Campinas, Belo Horizonte, Brasília e Salvador, Ilhéus é injustamente esquecida como porta de entrada para a Costa do Dendê.

Para quem quer chegar a Barra Grande/Península de Maraú pela estrada, Ilhéus é o aeroporto mais conveniente. Se você vai de lancha via Camamu, Valença é um pouco melhor -- mas Ilhéus não fica muito atrás (e tem vôos diários).

Para chegar a Boipeba (pegando lancha em Torrinha), sair de Ilhéus é bem mais cômodo do que de Salvador.

Outra vantagem de Ilhéus é permitir combinar qualquer destino da Costa do Dendê com Itacaré, que está no caminho.

Aeroporto de Salvador

O aeroporto de Salvador acaba sendo escolhido por causa da maior fartura de vôos e pelos preços menos extorsivos do que os vôos a Valença ou Ilhéus. Mas sua localização é bastante inconveniente para chegar a qualquer um dos destinos da Costa do Dendê no mesmo dia (a não ser, claro, que você encare o teco-teco a Morro de São Paulo ou Boipeba).

No próximo tópico você vai ver detalhes da odisséia de sair do aeroporto e seguir viagem no mesmo dia. Desde já, deixo minha sugestão: para uma viagem tranqüila, sem stress e com menos perrengues, o melhor é dormir pelo menos uma noite em Salvador antes de seguir viagem.

  • Saindo de Salvador

Elevador Lacerda

Elevador Lacerda e Terminal Marítimo do Mercado Modelo

  • Do aeroporto a Morro de São Paulo e Boipeba

Do aeroporto de Salvador a Morro de São Paulo e Boipeba, de teco-teco

Se grana não é problema e você encara meia hora de vôo panorâmico num Navajo (8 lugares), Cessna (6 lugares) ou similar, voar a Morro ou Boipeba é a maneira mais civilizada de sair do aeroporto de Salvador.

Do aeroporto de Salvador a Morro de São Paulo de avião

O vôo de Salvador para Morro de São Paulo custa R$ 495 por trecho (dezembro/2016) e tem saídas regulares diárias. Há duas pistas de pouso: na Terceira Praia e na Quarta Praia. Se o pouso for na Quarta Praia, há transporte incluído até o 'Receptivo' da Segunda Praia (o último ponto acessível por carro, pela estrada interna da ilha).

O vôo de Salvador para Boipeba sai R$ 610 por trecho (dezembro/2016) mas só decola com um mínimo de passageiros confirmados. O pouso é na Fazenda Pontal, na ponta de baixo da ilha de Tinharé; os passageiros atravessam o rio de barquinho até o cais de Boipeba. Se não houver passageiros suficientes, a alternativa é voar a Morro de São Paulo e seguir viagem por terra, de jipe (R$ 90 por pessoa) até a mesma ponta da ilha, onde então é feita a travessia de barquinho.

As cias. que fazem a rota Salvador-Morro e Salvador-Boipeba são a Aerostar/RR Aviation e a Addey -- mas só atendem agentes de viagem. Viajantes avulsos podem comprar passagens por agências como a Bahia Terra.

Do aeroporto de Salvador ao Terminal Marítimo do Mercado Modelo (catamarã para Morro)

Avião à parte, o caminho mais curto de Salvador a Morro de São Paulo é pelos catamarãs que saem do Terminal Marítimo, nos fundos do Mercado Modelo. O último catamarã sai às 14h30 (veja detalhes no tópico "De Salvador a Morro de São Paulo, em seguida).

De táxi especial (compre nos guichês da Comtas e Comeetas) a corrida é tabelada e custa R$ 135. De táxi comum (saia do aeroporto e atravesse à ilha da segunda pista) a corrida vai pelo taxímetro (na bandeira 2) e deve sair pelo menos R$ 100. Pense em levar entre 60 e 90 minutos no trânsito. O horário-limite seguro para sair de táxi para o Terminal Marítimo do Mercado Modelo e pegar o último catamarã para Morro de São Paulo é meio-dia.

Ônibus executivo aeroporto Salvador

A melhor alternativa de transporte público é pegar o ônibus executivo S037 Aeroporto-Praça da Sé, que sai da rodoviariazinha atrás do estacionamento do aeroporto (R$ 5, dezembro/2016). O ônibus sai de meia em meia hora e leva entre duas horas e duas horas e meia até as proximidades da Praça da Sé. Você vai precisar caminhar duas quadras, descer o Elevador Lacerda (R$ 0,15), atravessar a avenida e andar mais duas quadras até o Terminal. O horário-limite seguro para sair de ônibus executivo para o Terminal Marítimo do Mercado Modelo e pegar o último catamarã para Morro de São Paulo é 11h.

Do aeroporto de Salvador para o Terminal São Joaquim (ferry-boat para Bom Despacho)

Para quem vai a Boipeba por conta própria, a saída de Salvador é pelo ferry-boat a Bom Despacho, em Itaparica. De lá você segue a Valença, onde pega a lancha a Boipeba (veja mais detalhes no tópico "De Salvador a Boipeba", logo abaixo). A última lancha Valença-Boipeba costuma sair às 16h.

O ferry-boat também é a solução para quem perdeu o último catamarã para Morro de São Paulo. A continuação da viagem também é por Valença, onde você pega uma lancha a Morro de São Paulo (veja mais detalhes no tópico "De Salvador a Morro de São Paulo", logo abaixo). A última lancha regular Valença-Morro costuma sair às 18h.

De táxi especial (compre nos guichês da Comtas e Comeetas) a corrida é tabelada e custa R$ 135. De táxi comum (saia do aeroporto e atravesse à ilha da segunda pista) a corrida vai pelo taxímetro (na bandeira 2) e deve sair pelo menos R$ 100. Pense em levar entre 60 e 90 minutos no trânsito. O horário-limite seguro para sair de táxi para o Terminal São Joaquim e chegar a Boipeba no mesmo dia é 10h (para Morro, 13h).

Ônibus aeroporto-ferry boat

A alternativa de transporte público é pegar o ônibus comum 1021 Aeroporto-São Joaquim, que sai da rodoviariazinha atrás do estacionamento do aeroporto (R$ 3,30, dezembro/2016). O ônibus sai em poucos horários (veja aqui) e leva entre duas horas e duas horas e meia até o ferry-boat. O horário-limite seguro para sair de ônibus para o Terminal São Joaquim e chegar no mesmo dia a Boipeba é 9h (para Morro, meio-dia).

Do aeroporto de Salvador a Morro de São Paulo e Boipeba, por transporte 'semi-terrestre'

O jeito menos estressante de desembarcar no aeroporto de Salvador e chegar a Morro de São Paulo ou Boipeba no mesmo dia é contratando um transporte semi-terrestre oferecido por agências especializadas locais.

O serviço é oferecido em horários fixos e envolve uma combinação de transportes (táxi ou van até o Terminal Marítimo, lancha a Mar Grande em Itaparica, van ou ônibus a Valença e finalmente lancha a Morro ou Boipeba), com assistência de guias (veja mais detalhes nos tópicos "De Salvador a Morro de São Paulo" e "De Salvador a Boipeba", logo abaixo).

A Dáttoli/Island Tour tem semi-terrestre do aeroporto de Salvador para Boipeba às 7h30 e 12h (R$ 200 ida; dezembro/2016). O semi-terrestre do aeroporto de Salvador para Morro de São Paulo sai às 7h30, 12h e 15h30 (R$ 115 ida; dezembro/2016). A compra do traslado é online, com confirmação imediata.

A Cassi Turismo é a maior operadora para Morro de São Paulo. Oferece semi-terrestre do aeroporto de Salvador para Morro de São Paulo sai às 5h30, 9h30, 11h30, 13h30 e 16h (R$ 130 ida; dezembro/2016). A reserva é feita por formulário no site, com confirmação posterior.

  • Como ir de Salvador a Morro de São Paulo

Direto de catamarã

catamara-morro-de-sao-paulo

Terminal Marítimo - Catamarã - Chegada em Morro

É o trajeto mais curto entre Salvador e Morro de São Paulo: a travessia leva duas horas e meia. A maior parte do trajeto, porém, é feita em mar aberto, o que pode causar enjôo. A passagem de ida custa R$ 95 (dezembro/2016).

O trajeto é feito por três cias.: a Biotur (saídas às 9h e 14h30; vende online, com confirmação imediata), a Ilha Bela (saídas às 8h30 e 10h30; vende online, com confirmação imediata) e a Farol do Morro (saída às 13h; tel. 71/3652-1036).

O ponto de embarque é conveniente: o Terminal Marítimo que fica atrás do Mercado Modelo. Vindo da Barra, você gastará R$ 25 de táxi; do Rio Vermelho, R$ 30. Se estiver hospedado no Pelourinho (hotel mais conveniente: Bahia Café), pode vir a pé, descendo pelo Elevador Lacerda (R$ 0,15).

Via ferry-boat e Valença

Este é trajeto mais em conta e ainda evita o catamarã. E também é o trajeto mais curto para quem está de carro.

Sem carro
Ferry boat + ônibus a Valença

Ferry boat - ônibus

Os ferry-boats da Internacional Travessias saem de hora em hora (veja os horários aqui). Pedestres pagam R$ 4,80 em dias úteis e 6,40 em fins de semana e feriados (dezembro/2016; veja preços atualizados aqui). Não há agendamento de hora marcada para pedestres. Em feriados, é comum haver fila; pode ser que você não consiga embarcar imediatamente.

A travessia leva 50 minutos e deixa você em Bom Despacho, na ilha de Itaparica. Dali você precisa seguir viagem a Valença. Há três maneiras de prosseguir:

  • De ônibus: junto ao terminal de ferry-boat existe uma rodoviária. Ali você pode comprar sua passagem a Valença nos guichês da Águia Branca, da Cidade Sol ou da Camarujipe. A passagem custa R$ 22 (dezembro/2016) e a viagem leva até duas horas. Infelizmente nenhuma das cias. vende esse trecho online. Em Valença, peça para descer no último ponto antes do cais; caso contrário, só vai conseguir descer na rodoviária, onde vai precisar pegar um táxi ao cais (R$ 15).
  • De táxi compartilhado>: entre o terminal do ferry e a rodoviária você vai encontrar táxis que fazem lotação a Valença; custa R$ 25 por passageiro (novembro/2016) e deixa você no cais. A viagem leva entre 1h30 e 2h (Caso você junte outros três passageiros para Morro de São Paulo, pode ser deixado no Atracadouro, que é um ponto de embarque a Morro mais conveniente do que o cais central de Valença.)
  • De van: é possível seguir viagem de van, mas normalmente essa alternativa envolve uma baldeação em Nazaré. Custa R$ 20 e, se houver baldeação, pode levar mais do que duas horas.

Cais de Valença

Cais de Valença (centro) e chegada em Morro

Chegando em Valença, você pega uma das lanchas rápidas que partem do cais central de meia em meia hora, e levam 30 minutos até Morro de São Paulo. Custam R$ 22 (novembro/2016). As lanchas que saem do Atracadouro, perto da praia de Guaibim, bem antes da cidade, levam 15 minutos até Morro e custam R$ 17 (novembro/2016).

De carro

Ferry boat Bom Despacho

Ferry boat

Os ferry-boats da Internacional Travessias saem de hora em hora (veja os horários aqui). Carros pequenos pagam R$ 42 em dias úteis e R$ 58 em fins de semana e feriados; os passageiros também pagam: R$ 4,80 em dias úteis e 6,40 em fins de semana e feriados (dezembro/2016; veja preços atualizados aqui). É recomendável usar o serviço de travessia com hora marcada, disponível para carros.

A travessia leva 50 minutos e deixa você em Bom Despacho, na ilha de Itaparica. Dali você precisa seguir viagem a Valença.

Atracadouro

Atracadouro Bom Jardim e chegada em Morro

O ponto de embarque mais próximo de Morro de São Paulo é o Atracadouro Bom Jardim, conhecido simplesmente como 'Atracadouro', próximo à praia de Guaibim. Fica a 115 km de Bom Despacho (1h30 de viagem). Dali partem lanchas rápidas até às 18h, levando 15 minutos para chegar a Morro de São Paulo. Há estacionamentos no Atracadouro, com diárias entre R$ 10 e R$ 20 (novembro/2016), dependendo da distância do cais. Vai por mim: se você está de carro, não entre em Valença não, vá pelo Atracadouro.

De carro: qual é a alternativa ao ferry-boat?

  • A alternativa é contornar o Recôncavo Baiano, saindo de Salvador pela BR 324 (para Feira de Santana), daí saindo da auto-estrada para pegar a estrada que passa por Santo Amaro da Purificação, Cachoeira, Cruz das Almas, Santo Antônio de Jesus e Nazaré. Em vez de rodar 115 km até o Atracadouro, você vai percorrer 250 km em estradas de baixa velocidade.
  • É uma alternativa a considerar apenas em feriados, quando você não conseguir marcar hora para atravessar pelo ferry. Ou então, para fazer um tour pelo Recôncavo, visitando Santo Amaro (a terra de Caetano e Bethânia) e dormindo na belíssima Cachoeira (aproveite para visitar a fábrica de charutos Danemann, em São Félix, na outra margem do rio Paraguaçu).

Lancha a Mar Grande + táxi a Valença

Este trajeto é mais curto, mais conveniente -- e, por isso, mais caro -- do que o do ferry-boat. Você vai até o Terminal Marítimo, nos fundos do Mercado Modelo (o mesmo lugar de onde saem os catamarãs) e pega a primeira '1ancha' para Mar Grande. Um táxi da Barra até o Terminal Marítimo sai R$ 25; do Rio Vermelho, R$ 30 (dezembro/2016). Dá para vir a pé do Pelourinho, pelo Elevador Lacerda (R$ 0,15) -- o hotel mais conveniente para isso é o Bahia Café.

Essas 'lanchas' são barcos grandes, de madeira, que fazem a travessia de passageiros a Itaparica em 45 minutos, com saídas de meia em meia hora, e constituem o meio de transporte preferido para pedestres entre Salvador e a 'Ilha'. A passagem custa R$ 5,30 nos dias úteis e R$ 7,10 sábado, domingo e feriado (dezembro/2016; veja tarifas atualizadas aqui).

Ao contrário de Bom Despacho, porém, em Mar Grande você não vai encontrar nem ônibus, nem vans nem táxis compartilhados a Valença. Mas vai poder pegar um táxi comum, que cobrará entre R$ 180 e R$ 200 (novembro/2016) até o Atracadouro, levando pouco mais de 1h30. No Atracadouro, pega uma lancha rápida que leva 15 minutos a Morro de São Paulo e custa R$ 17 (novembro/2016).

Atenção: nos fins de semana e em feriados, pode haver fila para pegar a lancha. No feriado de 15 de novembro, eu fiquei duas horas na fila antes de conseguir embarcar. Não há venda de passagens com hora marcada.

Trânsfer 'semi-terrestre' de Salvador a Morro de São Paulo

semi-terrestre-morro-de-sao-paulo

Lancha a Mar Grande, van ao Atracadouro, lancha a Morro

Para quem não quer cacifar o teco-teco, encarar o catamarã ou sair por conta própria em algum dos esquemas pinga-pinga descritos mais acima, existe a alternativa de contratar um trânsfer semi-terrestre via Mar Grande e Atracadouro com agências de receptivo local.

Essas agências conseguem embarque prioritário (sem fila) em horários fixos para a travessia de lancha do Terminal Marítimo a Mar Grande (45 minutos). Você já sai de Salvador com uma pulseirinha tipo resort identificando o seu trânsfer, e chegando em Mar Grande é embarcado numa van ou ônibus ao Atracadouro (1h30), onde também já tem lugar reservado numa lancha rápida a Morro de São Paulo (15 minutos).

A Dáttoli/Island Tour tem semi-terrestre do Terminal Marítimo para Morro de São Paulo às 7h30, 12h e 14h30 (R$ 85 ida; dezembro/2016). A compra do traslado é online, com confirmação imediata.

A Cassi Turismo é a maior operadora para Morro de São Paulo. Oferece semi-terrestre do aeroporto de Salvador para Morro de São Paulo sai às 7h30, 10h30, 12h30, 15h e 17h (R$ 95 ida; dezembro/2016). A reserva é feita por formulário no site, com confirmação posterior.

  • Como ir de Salvador a Boipeba

Via ferry-boat e Valença

Este é trajeto mais econômico e mais fluido para quem está fazendo o circuito por conta própria. E também é o trajeto mais curto para quem está de carro.

Sem carro
Ferry boat + ônibus a Valença

Ferry boat - ônibus

Os ferry-boats da Internacional Travessias saem de hora em hora (veja os horários aqui). Pedestres pagam R$ 4,80 em dias úteis e 6,40 em fins de semana e feriados (dezembro/2016; veja preços atualizados aqui). Não há agendamento de hora marcada para pedestres. Em feriados, é comum haver fila; pode ser que você não consiga embarcar imediatamente.

A travessia leva 50 minutos e deixa você em Bom Despacho, na ilha de Itaparica. Dali você precisa seguir viagem a Valença. Há três maneiras de prosseguir:

  • De ônibus: junto ao terminal de ferry-boat existe uma rodoviária. Ali você pode comprar sua passagem a Valença nos guichês da Águia Branca, da Cidade Sol ou da Camarujipe. A passagem custa R$ 22 (dezembro/2016) e a viagem leva até duas horas. Infelizmente nenhuma das cias. vende esse trecho online. Em Valença, peça para descer no último ponto antes do cais; caso contrário, só vai conseguir descer na rodoviária, onde vai precisar pegar um táxi ao cais (R$ 15).
  • De táxi compartilhado>: entre o terminal do ferry e a rodoviária você vai encontrar táxis que fazem lotação a Valença; custa R$ 25 por passageiro (novembro/2016) e deixa você no cais. A viagem leva entre 1h30 e 2h.
  • De van: é possível seguir viagem de van, mas normalmente essa alternativa envolve uma baldeação em Nazaré. Custa R$ 20 e, se houver baldeação, pode levar mais do que duas horas.

Cais de Valença

Cais de Valença (centro) e chegada em Boipeba

Chegando em Valença, você pega uma das lanchas rápidas que chegam a Boipeba em 60 minutos. As lanchas da Dáttoli/Island Tour custam R$ 44 ida (dezembro/2016) e podem ser compradas online, com confirmação na hora. A última costuma sair às 16h.

A opção low-cost entre Valença e Boipeba (e também a última chance se as outras lanchas estiverem lotadas) é o Expresso Boipeba (sem site; tel. 75/3653-6035). Suas lanchas não saem do cais de Valença, mas de dois pontos mais ao sul. A primeira etapa da viagem é feita de ônibus. A viagem via Graciosa (20 minutos de ônibus + 50 minutos de lancha) custa R$ 31. A viagem via Torrinha (60 minutos de ônibus + 30 minutos de lancha) custa R$ 26.

Atenção: não há saída de lanchas para Boipeba do cais do Atracadouro! Do Atracadouro só partem lanchas para Morro de São Paulo e outras localidades da ilha de Tinharé.

De carro

Os ferry-boats da Internacional Travessias saem de hora em hora (veja os horários aqui). Carros pequenos pagam R$ 42 em dias úteis e R$ 58 em fins de semana e feriados; os passageiros também pagam: R$ 4,80 em dias úteis e 6,40 em fins de semana e feriados (dezembro/2016; veja preços atualizados aqui). É recomendável usar o serviço de travessia com hora marcada, disponível para carros.

A travessia leva 50 minutos e deixa você em Bom Despacho, na ilha de Itaparica. Dali você precisa seguir viagem a Valença.

O cais central de Valença, de onde partem as lanchas para Boipeba, fica a 108 km de Bom Despacho (1h30 de viagem). A última lancha rápida costuma sair às 16h; compre com antecedência no site da Dáttoli/Island Tour. A passagem custa R$ 44/ida (dezembro/2016).

Há estacionamentos nas redondezas do cais. As diárias custam entre R$ 20 e R$ 30 (dezembro/2016).

Lancha a Mar Grande + táxi a Valença

Este trajeto é mais curto, mais conveniente -- e, por isso, mais caro -- do que o do ferry-boat. Você vai até o Terminal Marítimo, nos fundos do Mercado Modelo (o mesmo lugar de onde saem os catamarãs para Morro de São Paulo) e pega a primeira '1ancha' para Mar Grande. Um táxi da Barra até o Terminal Marítimo sai R$ 25; do Rio Vermelho, R$ 30 (dezembro/2016). Dá para vir a pé do Pelourinho, pelo Elevador Lacerda (R$ 0,15) -- o hotel mais conveniente para isso é o Bahia Café.

Essas 'lanchas' são barcos grandes, de madeira, que fazem a travessia de passageiros a Itaparica em 45 minutos, com saídas de meia em meia hora, e constituem o meio de transporte preferido para pedestres entre Salvador e a 'Ilha'. A passagem custa R$ 5,30 nos dias úteis e R$ 7,10 sábado, domingo e feriado (dezembro/2016; veja tarifas atualizadas aqui).

Ao contrário de Bom Despacho, porém, em Mar Grande você não vai encontrar nem ônibus, nem vans nem táxis compartilhados a Valença. Mas vai poder pegar um táxi comum, que cobrará entre R$ 180 e R$ 200 (novembro/2016) até cais central de Valença. Ali você pega uma das lanchas rápidas que chegam a Boipeba em 60 minutos. As lanchas da Dáttoli/Island Tour custam R$ 44 ida (dezembro/2016) e podem ser compradas online, com confirmação na hora. A última costuma sair às 16h.

Atenção: nos fins de semana e em feriados, pode haver fila para pegar a lancha. No feriado de 15 de novembro, eu fiquei duas horas na fila antes de conseguir embarcar. Não há venda de passagens com hora marcada.

De catamarã, via Morro de São Paulo

Este é o trajeto mais curto entre Salvador e Boipeba. A viagem é feita em três etapas.

Na primeira etapa, você vai de catamarã a Morro de São Paulo. São duas horas e meia de travessia, a maior parte por mar aberto, o que pode causar enjôo.

Chegando em Morro de São Paulo, você vai precisar caminhar 15 minutos (com uma ladeirona para subir) até o Receptivo da Segunda Praia -- uma espécie de rodoviariazinha no início da estrada interna da ilha. Ali você embarca num jipe, que vai pela estrada de chão até a ponta sul da ilha, a Fazenda Pontal, em 1 hora de viagem.

A última etapa é feita num barquinho que leva você à outra margem do rio do Inferno, onde está Boipeba.

Por causa do jipe até a ponta da ilha e da travessia de barco, este trajeto funciona melhor quando organizado por uma agência. A Bahia Terra oferece o trânsfer por R$ 190 por passageiro, ida (dezembro/2016).

O ponto de embarque em Salvador é o Terminal Marítimo que fica atrás do Mercado Modelo. Vindo da Barra, você gastará R$ 25 de táxi; do Rio Vermelho, R$ 30. Se estiver hospedado no Pelourinho (hotel mais conveniente: Bahia Café), pode vir a pé, descendo pelo Elevador Lacerda (R$ 0,15). Em Morro de São Paulo, é aconselhável contratar um 'táxi' para as malas -- um menino com carrinho de mão, que cobrará R$ 30 pelo transporte até o Receptivo da Segunda Praia.

Trânsfer 'semi-terrestre' de Salvador a Boipeba

Trânsfer semi-terrestre a Boipeba

Lancha a Mar Grande, van a Boipeba, lancha a Boipeba

Para quem não quer cacifar o teco-teco, encarar o catamarã ou sair por conta própria em algum dos esquemas pinga-pinga descritos mais acima, existe a alternativa de contratar um trânsfer semi-terrestre via Mar Grande e Valença com agências de receptivo local.

Essas agências conseguem embarque prioritário (sem fila) em horários fixos para a travessia de lancha do Terminal Marítimo a Mar Grande (45 minutos). Você já sai de Salvador com uma pulseirinha tipo resort identificando o seu trânsfer, e chegando em Mar Grande é embarcado numa van ou ônibus ao cais de Valença (1h30) -- às vezes com uma escala no Atracadouro para desembarcar os passageiros para Morro de São Paulo (acrescente mais 40 minutos). A última etapa é a lancha rápida de Valença para Boipeba, onde o seu lugar já estará reservado (1 hora).

A Dáttoli/Island Tour tem semi-terrestre do Terminal Marítimo para Boipeba às 7h30 e 12h (R$ 180 ida; dezembro/2016). A compra do traslado é online, com confirmação imediata.

  • Como ir de Salvador a Barra Grande/Península de Maraú

Ir a Barra Grande via Salvador só vale a pena caso você esteja pensando em passar uns dias na capital (ou se as passagens para Ilhéus estiverem realmente proibitivas). Ir por Ilhéus (veja mais abaixo) é bem menos complicado.

Sem carro

Via ferry-boat e Camamu

Os ferry-boats da Internacional Travessias saem de hora em hora (veja os horários aqui). Pedestres pagam R$ 4,80 em dias úteis e 6,40 em fins de semana e feriados (dezembro/2016; veja preços atualizados aqui). Não há agendamento de hora marcada para pedestres. Em feriados, é comum haver fila; pode ser que você não consiga embarcar imediatamente.

A travessia leva 50 minutos e deixa você em Bom Despacho, na ilha de Itaparica. Dali você precisa seguir viagem de ônibus a Camamu, a 180 km. A Águia Branca é a única viação que vende passagens online para o trecho. A passagem custa R$ 32 (dezembro/2016) e a viagem leva 3h45.

Como chegar a Barra Grande

Píers da Camamu Adventure, Associação Marítima e Barra Grande

O ponto de ônibus em Camamu fica exatamente em frente ao cais da Camamu Adventure, operadora de lanchas rápidas (com proteção contra chuva e vento) que fazem a travessia a Barra Grande em 35 minutos (R$ 30 por passageiro; novembro/2016). Veja horários regulares aqui.

Duas quadras para a direita você encontra o cais da Associação Marítima de Camamu, a cooperativa dos transportadores, que opera lanchas rápidas convencionais e cobra R$ 20 por passageiro (novembro/2016).

Lancha a Mar Grande + táxi a Camamu

Use as 'lanchas' (barcos grandes, de madeira) que fazem a travessia a Mar Grande, em Itaparica, saindo Terminal Marítimo, nos fundos do Mercado Modelo (o mesmo lugar de onde saem os catamarãs para Morro de São Paulo). A passagem custa R$ 5,30 nos dias úteis e R$ 7,10 sábado, domingo e feriado (dezembro/2016; veja tarifas atualizadas aqui). Um táxi da Barra até o Terminal Marítimo sai R$ 25; do Rio Vermelho, R$ 30 (dezembro/2016). Dá para vir a pé do Pelourinho, pelo Elevador Lacerda (R$ 0,15) -- o hotel mais conveniente para isso é o Bahia Café.

Negocie com um taxista da Península de Maraú para esperar você em Mar Grande. Pela tabela da Astab, associação dos taxistas de Barra Grande, a corrida de Itaparica até qualquer ponto da península sai R$ 650 para até 4 passageiros. A viagem é feita toda por via rodoviária, sem travessia de lancha. Até Barra Grande são 250 km -- 210 km pelo asfalto, 40 km em estrada de chão; pense em 4 horas e meia de viagem). Peça uma indicação de taxista à sua pousada. (Em Maraú eu usei os serviços do Adriano, whatsapp 73/981-171-730 e fui atendido com presteza.)

De carro

Saia de Salvador com um dos ferry-boats da Internacional Travessias que partem de hora em hora (veja os horários aqui). Carros pequenos pagam R$ 42 em dias úteis e R$ 58 em fins de semana e feriados; os passageiros também pagam: R$ 4,80 em dias úteis e 6,40 em fins de semana e feriados (dezembro/2016; veja preços atualizados aqui). É recomendável usar o serviço de travessia com hora marcada, disponível para carros.

A travessia leva 50 minutos e deixa você em Bom Despacho, na ilha de Itaparica. Dali você segue por estrada até seu destino na Península de Maraú. Os primeiros 210 km são asfaltados: você vai passar pelas cidades de Nazaré, Valença e Camamu. 35 km ao sul de Camamu, no entroncamento com a BR 030, você vira à esquerda e entra na Península de Maraú.

BR 030

BR 030

A partir daí a estrada é de chão. Os primeiros 35 km -- que passam pela sede, Maraú, e pelas praias de Algodões, Saquaíra e Cassange -- são de chão duro, e podem ser percorridos por carros comuns o ano inteiro.

Entre Taipu e Barra Grande

Trecho final entre Taipu de Fora e Barra Grande

Só os 10 km finais, da estradinha local que sai da BR, passa por Taipu de Fora e chega a Barra Grande, é que são chatinhos de percorrer, com areia, ondulações, buracos e velocidade média baixa. Esse trecho final pode ser difícil de transitar na época de chuvas -- por isso sempre é bom ligar antes para a pousada e perguntar a condição da estrada. Caso o trânsito não esteja recomendável, deixe seu carro num estacionamento em Camamu (R$ 20 a diária, novembro/2016) e atravesse de lancha.

  • Saindo do aeroporto de Valença

Aeroporto de Valença

Aeroporto de Valença e táxi

O aeroporto de Valença está a 8 km do Atracadouro Bom Jardim, ponto mais próximo para embarcar a Morro de São Paulo, a 15 km do cais central de Valença, o ponto mais próximo de embarque para Boipeba, e a 90 km de Camamu, o ponto de embarque a Barra Grande. Por via rodoviária, o aeroporto está a 170 km de Barra Grande.

Do aeroporto de Valença a Morro de São Paulo

Na calçada do aeroporto você pega um táxi que leva ao Atracadouro Bom Jardim por preço tabelado -- R$ 60 em novembro/2016. O trajeto leva pouco mais de 5 minutos.

Do Atracadouro, lanchas rápidas saem com freqüência e levam 15 minutos até o píer de Morro de São Paulo. A passagem custa R$ 17 (novembro/2016).

Do aeroporto de Valença a Boipeba

Na calçada do aeroporto você pega um táxi que leva ao cais central de Valença por preço tabelado -- R$ 70 em novembro/2016. A viagem leva 15 minutos.

De Valença, as lanchas rápidas da Dáttoli/Island Tour levam uma hora até Boipeba e custam R$ 44 ida (dezembro/2016). É recomendável comprar a passagem com antecedência online, com confirmação na hora. A última costuma sair às 16h.

MegaChic Valença

Mega Chic

(O vôo de Belo Horizonte chega às 13h; se não houver nenhuma atraso, dá tempo de pegar a lancha das 14h. Mas para não dar chabu, é mais seguro reservar a das 16h. Como você vai chegar com fome, recomendo um pit-stop no Mega Chic, um restaurante a quilo bastante decente que fica na outra margem do canal -- r. Maçônica, 11, tel. 75/3641-4704).

A alternativa entre Valença e Boipeba (e também a última chance se as outras lanchas estiverem lotadas) é o Expresso Boipeba (sem site; tel. 75/3653-6035). Suas lanchas não saem do cais de Valença, mas de dois pontos mais ao sul. A primeira etapa da viagem é feita de ônibus. A viagem via Graciosa (20 minutos de ônibus + 50 minutos de lancha) custa R$ 31. A viagem via Torrinha (60 minutos de ônibus + 30 minutos de lancha) custa R$ 26.

Do aeroporto de Valença a Barra Grande

Devido ao horário de chegada do avião, não é possível chegar a Barra Grande no mesmo dia por transporte público (táxi à Rodoviária, ônibus a Camamu e lancha a Barra Grande) -- você chegaria a Camamu às 17h, depois da última lancha regular partir (teria então que fretar uma lancha, o que reverteria toda a economia feita no ônibus).

Para chegar a Barra Grande no mesmo dia, o único jeito é contratar um trânsfer. Pela tabela da Astab, associação dos taxistas de Barra Grande, a corrida de Valença até qualquer ponto da península sai R$ 450 para até 4 passageiros (novembro/2016). A viagem é feita toda por via rodoviária, sem travessia de lancha; pense em 3 horas e meia de viagem. Peça uma indicação de taxista à sua pousada. (Em Maraú eu usei os serviços do Adriano, whatsapp 73/981-171-730 e fui atendido com presteza.)

  • Saindo do aeroporto de Ilhéus

O aeroporto de Ilhéus é o melhor ponto de acesso para Itacaré (75 km) e Península de Maraú (está a 130 km de Barra Grande). Fica também a 180 km de Torrinha, de onde se atravessa de lancha a Boipeba.

Do aeroporto de Ilhéus a Barra Grande/Península de Maraú

De carro alugado

Dos 130 km de distância entre o aeroporto de Ilhéus e a vila de Barra Grande, 85 km são asfaltados, até o entroncamento com a BR 030. Os últimos 45 km são de estrada de chão.

BR 030

BR 030

A partir daí a estrada é de chão. Os primeiros 35 km -- que passam pelas praias de Algodões, Saquaíra e Cassange -- são de chão duro, nivelado com freqüência, e podem ser percorridos por carros comuns o ano inteiro.

Entre Taipu e Barra Grande

Trecho final entre Taipu de Fora e Barra Grande

À altura de Taipu de Fora você sai dessa estrada durinha e pega um ramal local, que vai até Barra Grande. Este trecho pode apresentar alguma dificuldade, com areia, ondulações e buracos -- mas salvo depois de dias seguidos de chuvas fortes, também pode ser percorrido por carros convencionais. De todo modo, vale a pena ligar antes para a pousada e perguntar a condição da estrada. Caso o trânsito não esteja recomendável, deixe seu carro num estacionamento em Camamu (R$ 20 a diária, novembro/2016) e atravesse de lancha.

Com a estrada em boas condições, espere levar entre 2h30 e 3h do aeroporto a Barra Grande.

Vale a pena estar de carro na Península de Maraú?

  • Sempre estive entre os que não recomendavam ir de carro a Barra Grande/Maraú. Minha lembrança era a de um trecho de areião pavoroso logo na saída da balsa que, antes da ponte sobre o rio de Contas, constituía a única ligação entre Itacaré e Maraú.
  • Pois bem: a balsa não existe mais, e com ela desapareceu também a necessidade de percorrer o tal areião. A BR 030, cujo trevo de acesso fica 10 km ao norte da nova ponte, é uma estrada de chão com boa terraplenagem, igual a muitas outras que cansei de percorrer com carro comum. Quem já foi de carro a Caraíva, Corumbau ou Itaúnas não verá diferença.
  • Dado o custo do traslado de/para o aeroporto (R$ 350 o trecho) e a diária do aluguel de quadriciclo (R$ 100 a R$ 150 fora de temporada, podendo chegar a R$ 300 na virada do ano), alugar um carro em Ilhéus é um bom negócio -- sobretudo se você for se hospedar em Algodões, Saquaíra, Cassange ou Taipu de Fora, aonde chega a estrada de chão mais duro. Só no trecho Taipu-Barra Grande é que o sacolejo é inevitável.

De trânsfer

Pela tabela da Astab, associação dos taxistas de Barra Grande, a corrida do aeroporto de Ilhéus até qualquer ponto da península sai R$ 350 para até 4 passageiros (ida). A viagem leva entre 2h30 e 3h. Peça uma indicação de taxista à sua pousada. (Em Maraú eu usei os serviços do Adriano, whatsapp 73/981-171-730 e fui atendido com presteza.)

De ônibus e lancha

Um táxi do aeroporto de Ilhéus à rodoviária custa R$ 30 (novembro/2016) e leva 15 minutos.

A Águia Branca tem ônibus de Ilhéus a Camamu duas vezes por dia, às 8h e 14h20, por R$ 22 (dezembro/2016). O percurso leva 2h30.

Em Camamu você pega uma lancha da Camamu Adventure, que faz a travessia a Barra Grande em 35 minutos (R$ 30 por passageiro; novembro/2016), em horários regulares, ou uma lancha da Associação Marítima de Camamu, a cooperativa dos transportadores, que cobra R$ 20 por passageiro (novembro/2016).

Para ter certeza de chegar a Barra Grande no mesmo dia, porém, você vai precisar pegar o ônibus das 8h, já que os das 14h20 chega depois da partida da última lancha com horário regular. (Você teria que fretar uma lancha ou torcer para que houvesse lotação para uma lancha extra.)

Ou seja: é mais jogo você dormir uma noite em Ilhéus. Ou passar os primeiros dias em... Itacaré (veja a seguir).

Sem carro, com pernoite(s) em Itacaré

Se você quer ir de maneira econômica do aeroporto de Ilhéus a Barra Grande, o pulo do gato logístico é passar um ou mais dias em Itacaré, na ida.

Não importa o horário em que o seu vôo chegue em Ilhéus, sempre haverá um ônibus para Itacaré. O último ônibus da Rota sai às 20h40 e leva 1h50 (R$ 13, dezembro/2016).

Passe um ou mais dias em Itacaré, e então siga a Camamu no ônibus das 9h25 da Águia Branca, que chega a Camamu às 10h30 (R$ 10, dezembro/2016). Então é só pegar a primeira lancha da Camamu Adventure (R$ 30, novembro/2016) ou da Associação Marítima de Camamu (R$ 20, novembro/2016).

Caso você se disponha a gastar um bocadinho mais, pode se encaixar num dos passeios a Taipu de Fora que saem nas épocas de lua cheia ou nova, e custam R$ 90 por pessoa (novembro/2016). Peça para levar a mala e fique por lá.

Do aeroporto de Ilhéus a Boipeba

Ilhéus é também um ponto de acesso a se considerar para viagens com destino a Boipeba. O aeroporto está a 180 km de Torrinha, de onde lanchas rápidas fazem a travessia a Boipeba em meia hora.

Os primeiros 160 km são pela BA 001. Faltando 1 km para a cidadezinha de Nilo Peçanha, é preciso pegar a BA 884 na direção de Cairu. São 12 km de asfalto até a saída para Torrinha, quando então é preciso encarar 8 km de estrada de chão. De Torrinha saem as lanchas rápidas do Expresso Boipeba (sem site; tel. 75/3653-6035); a passagem custa R$ 26 (novembro/2016). Se já não houver mais lanchas no dia (a última deve sair por volta das 16h) será preciso fretar um lanchinha localmente.

Só vale a pena ir a Boipeba de carro alugado caso você esteja fazendo uma viagem de exploração pela Costa do Dendê, incluindo a Península de Maraú. Especificamente para Boipeba, só compensaria se o aluguel do carro fosse mais barato que o trânsfer de ida e volta -- inclua na conta gasolina e o custo do estacionamento (R$ 20 a diária, novembro/2016).

O melhor é pedir à sua pousada para organizar um trânsfer do aeroporto de Ilhéus até Torrinha, já encaixando com uma lancha regular do Expresso Boipeba ou fretada localmente. A parte rodoviária deve sair entre R$ 350 e R$ 400 (ida).

  • Como se deslocar entre Morro de São Paulo, Boipeba, Barra Grande/Península de Maraú e Itacaré

  • Saindo de Morro de São Paulo

Costa do Dendê: como chegar - Morro de São Paulo

Terceira Praia, Morro de São Paulo

Preços apurados em novembro/2016.

De Morro de São Paulo a Boipeba

  • Passeio de lancha a Boipeba (R$ 90); peça para levar a mala
  • Trânsfer de jipe (1h) + travessia de barquinho (R$ 190 para 2 pessoas)
  • Lancha a Valença (R$ 22, meia hora) + lancha a Boipeba (R$ 44, 1 hora, compre online)

De Morro de São Paulo a Barra Grande

  • Lancha a Valença (R$ 22, meia hora) + 155 km de carro
  • Lancha a Valença (R$ 22, meia hora) + ônibus a Camamu (R$ 13, 2 horas, compre online) + lancha a Barra Grande (R$ 20 a R$ 30, 40 minutos)

De Morro de São Paulo a Itacaré

  • Lancha a Valença (R$ 22, meia hora) + 130 km de carro
  • Lancha a Valença (R$ 22, meia hora) + ônibus a Itacaré (R$ 23, 3 a 4 horas, compre online)
  • Saindo de Boipeba

Costa do Dendê: como chegar - Boipeba

Boca da Barra, Boipeba

Preços apurados em novembro/2016.

De Boipeba a Morro de São Paulo

  • Travessia de barquinho (1h) + trânsfer de jipe (R$ 190 para 2 pessoas)
  • Lancha a Valença (R$ 44, 1 hora, compre online) + lancha a Morro de São Paulo (R$ 22, meia hora)

De Boipeba a Barra Grande

  • Lancha a Valença (R$ 44, 1 hora, compre online) + 155 km de carro
  • Lancha a Valença (R$ 44, 1 hora, compre online) + ônibus a Camamu (R$ 13, 2 horas, compre online) + lancha a Barra Grande (R$ 20 a R$ 30, 40 minutos)
  • Lancha a Torrinha (R$ 26, meia hora) + trânsfer de carro (145 km, R$ 400)
  • Lancha a Torrinha (R$ 26, meia hora) + trânsfer de carro a Camamu (62 km, R$ 250) + lancha a lancha a Barra Grande (R$ 20 a R$ 30, 40 minutos)

De Boipeba a Itacaré

  • Lancha a Valença (R$ 44, 1 hora, compre online) + 130 km de carro
  • Lancha a Valença (R$ 44, 1 hora, compre online) + ônibus a Itacaré (R$ 23, 3 a 4 horas, compre online)
  • Lancha a Torrinha (R$ 26, meia hora) + trânsfer de carro (120 km, R$ 370)
  • Saindo de Barra Grande

Costa do Dendê: como chegar - Algodões, Península de Maraú

Algodões, Península de Maraú

Preços apurados em novembro/2016.

De Barra Grande a Morro de São Paulo

  • 155 km de carro a Valença + lancha a Morro de São Paulo (R$ 22, meia hora) +
  • Lancha a Camamu (R$ 20 a R$ 30, 40 minutos) + ônibus a Valença (R$ 13, 2 horas, compre online) + lancha a Morro de São Paulo (R$ 22, meia hora)

De Barra Grande a Boipeba

  • 155 km de carro a Valença + lancha a Boipeba (R$ 44, 1 hora, compre online)
  • Lancha a Camamu (R$ 20 a R$ 30, 40 minutos) + ônibus a Valença (R$ 13, 2 horas, compre online) + lancha a Boipeba (R$ 44, 1 hora, compre online)
  • Trânsfer de carro a Torrinha (145 km, R$ 400) + lancha a Boipeba (R$ 26, meia hora) +
    • Lancha a Camamu (R$ 20 a R$ 30, 40 minutos) + trânsfer de carro a Torrinha (60 km, R$ 250) + lancha a Barra Grande (R$ 26, meia hora)

    De Barra Grande a Itacaré

    • 60 km de carro ou trânsfer (R$ 250)
    • Lancha a Camamu (R$ 20 a R$ 30, 40 minutos) + ônibus a Itacaré (R$ 10, 2 horas, compre online)
    • Saindo de Itacaré

    Costa do Dendê: como chegar - Itacaré

    Jeribucaçu, Itacaré

    Preços apurados em novembro/2016.

    De Itacaré a Morro de São Paulo

    • 130 km de carro a Valença + lancha a Morro de São Paulo (R$ 22, meia hora)
    • Ônibus a Valença (R$ 23, 3 horas, compre online) + lancha a Morro de São Paulo (R$ 22, meia hora)

    De Itacaré a Boipeba

    • Trânsfer de carro a Torrinha (120 km, R$ 370) + lancha a Boipeba (R$ 26, meia hora) +
    • 130 km de carro a Valença + lancha a Boipeba (R$ 44, 1 hora, compre online)
    • Ônibus a Valença (R$ 23, 3 horas, compre online) + lancha a Valença (R$ 44, 1 hora, compre online)

    De Itacaré a Barra Grande

    • 60 km de carro ou trânsfer (R$ 250)
    • Ônibus a Camamu (R$ 10, 2 horas, compre online) + lancha a Barra Grande (R$ 20 a R$ 30, 40 minutos)
    • Passeio a Taipu de Fora (R$ 90; peça para levar a mala)

    Leia mais:

    36 comentários

    Diego D.
    Diego D.PermalinkResponder

    Como dizemos aqui em Salvador: brocou. Excelente post.
    A Costa do Dendê deve ser o lugar com mais possibilidades de chegar no mundo. Agora, só não vem quem não quer!

    Andrea
    AndreaPermalinkResponder

    Ótimo post - como todos aqui. Com todas essas dicas, não tem desculpa para não ir. Como diz um dos slogans de Morro de São Paulo: "Difícil de chegar, difícil de deixar". E eu acrescentaria "difícil não voltar". Já fui por Ilhéus (looonge) e por Salvador (no semi terrestre), e já prometi que na próxima vou fazer uma economia para ir de teco-teco. Mas quero voltar logo, porque como também dizem por lá, "Morro de Saudades"...

    Ivana
    IvanaPermalinkResponder

    Obrigada. Esse post caiu como uma luva. Vamos para Boipeba em 22/09, e nada melhor do que encontrar um post com tudo mastigadinho. Mais uma vez o VNV ajudando a organizar minhas viagens.

    Guilherme
    GuilhermePermalinkResponder

    SENSACIONAL!
    Assim, em maiusculas mesmo.
    Destrinchou, explicadinho e ao mesmo tempo de uma maneira que qualquer um entenda, toda a logistica complicada de um lugar simplesmente maravilhoso!
    Um comentario: Qualquer uma das opções de chegar ate Morro é chata!
    Na minha opinião, a menos pior foi a que eu fiz: uma viagem

    Guilherme
    GuilhermePermalinkResponder

    Na minha opinião, a menos pior foi a que eu fiz.
    Ir de avião ate Ilheus, e combinar os 3 destinos na mesma viagem: alguns dias em Itacaré, por terra ate Marau para mais alguns dias, e finalizar indo de barco até Camamu e dai por estrada ate Valença , pegando a lancha rapida para os ultimos dias em Morro.
    So a volta até Salvador, depois de experimentar o enjoativo catamarã por interminaveis 2h30, que eu hoje em dia mudaria para o teco-teco de 25 minutos...

    Alison McGowan

    Muito obrigada Ricardo. Vou passar a informação para todos os seguidores brasileiros da Hidden Pousadas. A gente estava precisando mesmo destes detalhes. Excelente post como sempre!

    Henri Melo
    Henri MeloPermalinkResponder

    A última vez que estive em Morro foi em 2002. Fui de avião a partir de Salvador. Na época os preços não eram tão salgados. Para quem vai com criança é o recomendável, apesar de caro. Acredito que nenhuma criança queira passar 2h30 dentro de um catamarã balançando, por mais que o mar esteja calmo. Agora tento convencer minha mulher a enfrentar o teco-teco para Morro, pois ela tem paúra desse tipo de avião. Uma hora eu convenço.

    Adri Lima
    Adri LimaPermalinkResponder

    Geeeenteee! Como disse o conterrâneo Diego D. lá em cima, brocou! Dossiê mais que perfeito, completo em cada detalhe!

    Cristina
    CristinaPermalinkResponder

    Barra Grande e Itacare tão na minha wish liSt. O mar p BArra Grande é tão mexido quanto para Morro. Eu vendi a passagem de volta aerea de Morro e mareei no catamarã. Alguém já foi c um bebe de 1 ano e meio p la? Algum resort recomenda?

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Cristina! A lancha ou catamarã entre o Terminal Marítimo e Morro de São Paulo passam por mar aberto, por isso dão enjôo.

    A travessia de Salvador a Mar Grande ou Bom Despacho; as lanchas de Valença e Atracadouro para Morro; de Valença, Graciosa e Torrinha para Boipeba; e de Camamu para Barra Grande passam por águas protegidas e calmas. Nenhum desses trechos é encrespado.

    Morro de São Paulo tem o resort Patachocas; Barra Grande tem o Kiaroa.

    Veja outras indicações de pousadas e hotéis no nosso guia da região:
    http://www.viajenaviagem.com/2012/12/praias-bahia-itaparica-morro-sao-paulo-boipeba-barra-grande-marau-itacare-ilheus-una-comandatuba-canavieiras

    Cristina
    CristinaPermalinkResponder

    Bóia acabei de ver que você me respondeu, obrigada!!! Li todos os posts à época pensando vou voltar lá com o quase xará do comandante (pelo menos no apelido rsrs) e meu bebê, agora é realidade mas vou numa época de alta, vou ler tudo de novo, obrigada!

    Cristina
    CristinaPermalinkResponder

    No celular a mensagem ficou estranha, mas é a Cristina feliz de comentar logo após a Adri. Estou avaliando resorts para ir c o meu bebê que o Comandante e os trips conheceram mas morro de medo do mar mexido para esta região e queria ir a algum lugar novo para mim no Brasil. Não conheço Itacaré nem Ilhéus nem Barra Grande mas tenho trauma do teco-teco de Morro e do mar também para voltar de lá.

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Cristina! Esqueci de mencionar o Itacaré Eco Resort, que por sinal é ótimo.

    Cristina
    CristinaPermalinkResponder

    Achei ele agorinha no post que você recomendou. Valeu smile

    Aline
    AlinePermalinkResponder

    Excelente post!
    Gostaria de saber qual agência oferece o trânsfer semi-terrestre do aeroporto de Salvador a Morro de São Paulo por R$105 (não achei informação correspondente nos links citados).
    Obrigada!

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Aline! É na http://www.dattoli.tur.br . É preciso se cadastrar para acessar a área de compras. Clique em "compre aqui" e depois em "comprar". Selecione o produto. Só aparecerá preço nas datas em que houver vagas. É preciso comprar com pelo menos três dias de antecedência.

    Thaís
    ThaísPermalinkResponder

    Estou indo para Boipeba dia 4 de setembro chegando no aeroporto por volta das 10:20, consegui um taxi para levar a gente direito para Valença, quem estiver na rota e quiser rachar o taxi entra em contato comigo.

    Thaís
    ThaísPermalinkResponder

    Acabei de chegar de Boipeba, passei o feriado de 7 de setembro lá. Gente o lugar é maravilhoso, as praias são lindíssimas, sem muvuca, só tranquilidade. Pegamos o primeiro voo saindo de Vitória com destino a Salvador, li aqui que teríamos que chegar antes das onze para conseguir chegar em Boipeba no mesmo dia, nosso voo acabou adiantando e chegamos por volta das 10:30 o que foi ótimo, porque não pegamos muita fila no Ferry-Boat, e conseguimos chegar em Valença por volta das 15 horas. e isso porque deu tudo certo com os horários. Eu já tinha comprado a lancha da Dattoli pela net no último horário das 16:10, não consegui adiantar porque estavam lotadas, por isso é importante mesmo já comprar a lancha pela Net.
    Como estávamos com o horário apertado na ida, decidimos que ir de Taxi até Valença seria a melhor opção, por isso daqui de Vix agendei com um Taxista de Valença, ele buscou a gente no aeroporto e fez todo o percuso ferry-terrestre, deixando nos no porto marítimo para pegar a lancha até Boipeba, o preço dele foi ótimo menos de R$ 300,00 e é uma pessoa de muita confiança Sr. Djavan, ele faz toda a região da costa do Dendê tel (75) 8186-9152. Na volta como estávamos mais tranquilos de horário fizemos o percurso por nossa conta e economizamos por volta de R$ 100,00.

    Déborah Sisconetto

    Excelente matéria! Irei conhecer a Costa do Dendê no começo de 2016 e seguirei todas as dicas aqui postadas! Muito obrigada por compartilhar conosco!

    Amanda Borges
    Amanda BorgesPermalinkResponder

    Olá, gostaria de uma informação.
    Meu vôo esta previsto para pousar em Salvador as 06:55. Pretendo pegar o ônibus direto para o terminal São Joaquim. Pegar o ferry para Bom Despacho e um ônibus para Valença e de lá seguir de lancha para Boipeba. Qual seria um horário seguro para eu comprar um lugar na lancha para Boipeba? Considerando a alta temporada (08/01)

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Amanda! A partir das 14h.

    Marcelo
    MarceloPermalinkResponder

    Olá! Por favor um help. Vou alugar carro em Ilhéus e ficar com ele durante os dias que passarei em Itacaré. Os próximos destino são Barra Grande e Boipeba, portanto não precisarei mais do carro e estou com a dúvida do que fazer com ele depois de Itacaré. Qual a melhor estratégia? Voltar para Ilhéus para devolver o carro e seguir de ônibus para Camamu ou existe alguma locadora (eu não encontrei) que aceite devolver carro em Itacaré ou Camamu? Obrigado.

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Marcelo! O site itacare.com lista duas locadoras na cidade. Uma delas anuncia aluguel com ou sem motorista. Você pode negociar um trânsfer desde Ilhéus, permanecendo com o carro durante a sua temporada em Itacaré e devolvendo em Itacaré mesmo.

    http://www.itacare.com.br/itacare/transportes/locadora/

    Caio
    CaioPermalinkResponder

    Pessoal, dúvida: sei que existem passeios em Morro de São Paulo que, de lancha, passam o dia em Boipeba e até Moreré. Não é possível utilizá-los para um deslocamento entre esses vilarejos? De Morro de SP até Boipeba é mesmo preciso ter que voltar a Valença? Estou planejando 5 dias na região (3 em Morro e 2 em Boipeba). Um abraço!

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Caio! Depende do passeio. Se for de lancha pelo mar aberto, sua bagagem vai molhar (e você pode enjoar). Se for de jipe, você vai chacoalhar, mas vai cortar caminho. Se for pelo rio do Inferno, fará praticamente o mesmo caminho das lanchas regulares (economizará a entrada e saída de Valença). Note que passeios de Morro a Moreré se destinam às piscinas naturais de Moreré. Pergunte onde é a parada na ilha.

    Carolina
    CarolinaPermalinkResponder

    Olá, pessoal! Quero uma ajuda!
    Estou planejando (mais) uma viagem para essas belezas da Bahia e estou fazendo o trecho sentido sul-norte, chegando por Ilhéus e indo a Itacaré, Barra Grande, Boipeba, Morro de São Paulo e Salvador. Minha dúvida crucial é: existe uma forma (segura) de ir de Barra Grande até Boipeba (sem precisar voltar para Camamu e pegar estrada)? Não achei aqui se posso aproveitar um passeio que leva à Moreré ou Boipeba para atravessar pelo mar. O que vocês dizem?
    Aproveito para parabenizar pelo excelente post! smile
    Um abraço, Carol.

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Carolina! Muito eventualmente, no auge da temporada, você poderá encontrar algum passeio de Barra Grande a Boipeba. Mas não há transporte regular e, mesmo se houver o passeio, enfrentará mar aberto e provavelmente se arrependerá de não ter ido pelo caminho convencional. Se você quer explorar a Costa do Dendê, deixe a pressa em casa. Saiba que você vai perder, sim, bastante tempo entre um destino e outro. Se você não está preparada para isso, não vá.

    Victoria
    VictoriaPermalinkResponder

    Ola
    Estou indo em Março/2016. Vou ficar hospedada em Barra Grande e sei que para Taipu de Fora posso ir de jardineira. Como posso ir a Algodões sem carro ?

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Victoria! Fretando um jipe. Não sairá barato.

    Sérgio Araujo

    Obrigadíssimo, Ricardo! Acabei de voltar da Costa do Dendê, fazendo Barra Grande, Boipeba e Morro. Graças a este post, deu tudo certinho. É uma praia mais linda que a outra. O único problema foi realmente o catamarã de Morro a Salvador (para chegar a Morro peguei uma lancha de passeio em Boipeba, contratada através da nossa pousada), pois o mar estava bastante agitado e quase todo mundo passou muito mal, inclusive eu, coisa que nunca havia me acontecido no mar. Em compensação, tivemos a linda visita de uma baleia no meio do percurso. De fato a Costa do Dendê é um dos locais mais fantásticos do nosso litoral.

    Ingrid
    IngridPermalinkResponder

    Oi, pessoal!
    Estou com uma dúvida de logística por aqui.
    Vou para Boipeba, partindo de Salvador. Minha lancha Valença-Boipeba é a das 12h. A dúvida é: Pego o ferry-boat das 8h e aumento o tempo da minha viagem, ou arrisco o ferry das 9h?
    Considerando que farei Bom Despacho - Valença de ônibus.
    Abraços!!

    A Bóia
    A BóiaPermalinkResponder

    Olá, Ingrid! Vá no das 8!

    Reginaldo Malaquias Santos

    Excelentes dicas para os forasteiros; se ainda não foi à Boipeba, não sabe o que está perdendo !

    francolino
    francolinoPermalinkResponder

    Meu Deus!
    O Ricardo já é bom no faze esses roteiros, mas, mais mastigado do que esse da Costa do Dendê, só levando no colo.
    Sou da região e turistando já fiz quase todos esses caminhos apontados por ele.
    Ele foi preciso nas dicas.
    Parabéns a você, Ricardo, e à Bóia pela excelência no que fazem. Não dá para planejar viagem sem passar por aqui.
    Ah, ia me esquecendo... Ficar em Boipeba sem sinal de celular e comendo lagosta, não tem preço!!!

    Carmen
    CarmenPermalinkResponder

    Saudade!
    Um texto completo e profundo sobre a Costa do Dendê, melhor que a melhor guia de turismo.

    Claudia
    ClaudiaPermalinkResponder

    Uau.. explicação perfeita!!! Muito obrigada pelas dicas. Planejo ir a Barra Grande em breve e vou segui-las a risca. Blog já está nos meus favoritos =)

    Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
    Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
    Cancelar