Como comprar chip 3G na Holanda (já no aeroporto!)

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Chip 3G na Holanda: Amsterdã

Quando você chega de avião, é muito fácil ficar conectado com chip 3G na Holanda desde o primeiro momento. Não é preciso se embrenhar pelo aeroporto para procurar uma banca de jornal que venda chip, nem um guichezinho obscuro que trafique planos pré-pagos. A loja Airport Telecom está estrategicamente posicionada no seu caminho de saída entre o portão de desembarque e a estação de trem. Se você passar no Visitors Centre para comprar algum passe de transporte ou de atrações, já vai enxergar a loja, à sua esquerda.

Chip 3G na Holanda: aeroporto de Amsterdã

Chegando ao balcão, é só fazer a pergunta mágica "prepaid simcard?" e o moço já oferece as opções.

Chip 3G na Holanda: Lycamobile

As mais baratas custam 25 euros (certamente você conseguiria a mesma coisa por no máximo 15 euros no centro de Amsterdã, mas o conforto de fazer tudo isso no instante da chegada mais do que compensa o sobrepreço). Você pode optar entre não ter acesso à internet, mas ter 7,50 euros de crédito para ligações (não! não é isso que você quer); ou ter 1 giga (diga: guiga) de acesso à internet e 2,50 euros de crédito para ligações; ou, o que eu acho o melhor plano, 2 gigas de acesso à internet sem crédito nenhum para ligações. (Você vai ter giga até não poder mais para falar por Skype ou Whatsapp.) O cara faz tudo pra você: instala o chip e ativa a conta. Meu único trabalho foi pedir um pedacinho de durex (Scotch tape, please!!!! Fora do Brasil, durex é marca de camisinha) para colar o meu chip brasileiro na carteira.

Chip 3G na Holanda

Estar contectado desde o primeiro momento muda a sua viagem. Não é só uma questão de atualizar suas redes sociais, não.

Chip 3G na Holanda

Com internet no celular você tem mapas, sites de transporte e meteorologia, por exemplo, que ajudam barbaridade a fazer a sintonia fina dos seus programas e deslocamentos. Sem falar no professor Google, que estará sempre à mão para resolver dúvidas ou traduzir coisas escritas em idiomas bárbaros.

E antes que você pergunte: essa Lycamobile é uma operadora de segunda linha, voltada para o mercado de imigrantes, que sub-loca redes de grandes operadoras. Mas funcionou perfeitamente durante toda a minha estada; não tenho queixa nenhuma.

(P.S.: este post foi 'produzido' na Bélgica, por isso a operadora que aparece nas telas é a BASE, não a Lycamobile.)

E você, que chegou pela estação de trem? Onde comprou o seu chip/simcard? Conta pra gente!

Ricardo Freire voou à Holanda a convite da KLM

Leia mais:

40 comentários

Junior Medeiros

Oi Ricardo, bom dia!

Eu comprei meu chip na Orange por 5 euros com 2 gigas. Foi ótimo e funcionou perfeitamente. Recentemente comprei um da TIM para Itália. Recomendo que comprem da Vodaphone, porque tem wifi em toda Itália sendo cliente. O valor é de 20 euros para 3 gigas 4 G.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Junior! Quando e onde foi isso da Orange? A Orange não atua na Holanda.

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Depois do desembarque na estação de trem em Amsterdã tem um quiosque com um senhor muito bacana que vende chips da Layca mobile por 10 euros. Na verdade o chip é de graça e este valor é convetido em créditos para internet e ligações. Ele habilita e configura o chip no aparelho. Fácil , rápido e barato.

Ricardo Freire

Carlos, segundo a Wikia do pré-pago esse é exatamente o plano standard pré-pago da Lycamobile na Holanda. Simcard de graça, carga mínima de 10 euros que dá direito a 1G. Com 15 euros daria 2GB. Vou passar por Amsterdã ainda uma vez e então vou ver se acho esse quiosque (pena que vou chegar num domingo, tomara que esteja aberto ou pelo menos sinalizado).

http://prepaid-data-sim-card.wikia.com/wiki/Netherlands

Isabela Dowsley

Olá Ric e Bóia!

Como leitora e usuária também dou a dica da Lebara. Funciona muito bem!
Mesmo esquema da Lyca e mesmo preço, 10 euros por 1GB com chip de graça. Vende em muitos lugares na Holanda toda, só se ligar na plaquinha nas lojas. Inclusive distribuem de graça as vezes, nas estações de trem. Holandês costuma ser gente boa e configuram na hora para vc (de todo modo tem menu em inglês, fácil fácil!).

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

Tempo ensolarado para os próximos 5 dias em Amsterdam, chegando a 25° no sábado!? Fato raro em maio e em qualquer mês, parece que o Comandante não é só o mago das viagens, mas manda no tempo também!
Estive há 2 semanas, e estava bem mais frio, mas também dei sorte e não peguei chuva, e sim Keukenhof em pleno esplendor!!
Amsterdam é uma cidade linda, foi minha 5a visita e não me canso. Voltarei, mas depois de me desintoxicar de tanta cerveja, batata frita, croquetes e "otras cositas más"...Abraço!

Luiz Alberto
Luiz AlbertoPermalinkResponder

Riq, acabei de voltar de uma viagem de 20 dias na Holanda e na Belgica. Comprei SIM cards no aeroporto de Amsterdam, voz e 5 Gb de dados, por €20,00 cada, na Lebara (é um micro-stand, mas fácil de achar). Mais barato, e na volta pernoitei mais uma noite em Amsterdam e ainda tinha saldo. Abs

Rafael Machado

Comprei da Lebara no aeroporto de Amsterdam também, em um quiosque. Mesmos moldes, o atendente faz toda a troca e ativação. Não me recordo quanto paguei, mas acho que foi algo em torno de 20 euros. O sim card funcionou muito bem em Amsterdam, Haia e Roterdã, mas não rolou na Bélgica, nem em Bruxelas, tampouco em Bruges ou Antuérpia. Mas o atendente já tinha alertado.
OBS: a foto do alto, à direita, é do Hotel De Hallen comandante? Também fiquei hospedado lá. Ótimo hotel.

Neftalí
NeftalíPermalinkResponder

A União Européia já anunciou que vai terminar o roaming telefônico entre seus países membros. A primeira fase começou no dia 30 de abril passado, onde as tarifas de roaming passaram a ser controladas. E o prazo final do roaming europeu é 15 de junho de 2017. Ou seja, na teoria, a partir dessa data, o sim card comprado na Holanda (ou França, Itália, etc..) vai passar a funcionar na Bélgica ou qualquer país da UE.
Vai ficar bom para nós, turistas (apesar de eu só usar wifi). E melhor ainda para os europeus.

Ricardo Freire

Oba! Vai ser muito, muito bom. Tomara que as sub-locadoras de rede consigam continuar baratinhas...

Ricardo Freire

Vou passar de novo no aeroporto no fim de maio, vou ver se acho esse quiosque. Obrigado!

Ricardo Freire

A resposta é sim! Pulei de hotel em hotel, passei minha quarta noite na cidade lá. Gostei, também smile

(Vou procurar esse quiosque da Lebara na próxima passada pelo aeroporto, daqui a vinte dias)

val
valPermalinkResponder

voltei de Ams , Belgica e Paris na semana passada. ( usei o Lyca do aeroporto tb)
Pelo que li aqui quase dava pra ter feito uma mini conVnVenção wink

pedro paulo
pedro pauloPermalinkResponder

ola boia! vou viajar para amsterdan, costa amalfitana e croácia... esse chip funciona em diferentes países? ou preciso comprar 1 chip para cada pais?? pelo menos o mesmo funciona na italia e na holanda?? valeu

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Pedro Paulo! Existem chips que funcionam em vários países, mas não valem a pena economicamente.

Kaoara
KaoaraPermalinkResponder

Vou chegar por Praga e terminar a viagem em Amsterdã. Alguém sabe onde posso comprar o chip em Praga? O chip comprado lá vai funcionar na Alemanha, Bélgica e Holanda também? Agradeço muito quem souber me responder.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kaoara! Esses chips mais batatos funcionam apenas dentro do país em que foram comprados.

Dani S.
Dani S.PermalinkResponder

Uma pergunta estúpida: se eu comprar um chip novo no país, o WhatsApp continua funcionando? O meu celular não é dual chip não, então supostamente não vai estar com o chip "importado" cujo número obviamente não é o meu do Brasil. Como o smartphone já está configurado ele mantém o zap-zap funcionando no cadastro antigo??
(desculpa a ignorância, mas nunca comprei chip - só usei wi-fi gratuito até agora)

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Dani! Eu também não entendo a mágica, mas o Whatsapp continua funcionando (SMS não).

Hugo
HugoPermalinkResponder

Dani, depois de colocar o novo chip o WhatsApp vai perguntar se você quer vincular o aplicativo com o novo número (chip do exterior), ou se quer deixar atrelado ao número antigo (chip do Brasil).

Clique que quer continuar vinculado com o número antigo e tudo vai dar certo.

Dani S.
Dani S.PermalinkResponder

Obrigada, Bóia e Hugo!
Pode deixar que eu conto de volta se tudo deu certo (e o meu próximo telefone há de ser dual chip...)

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Lebara (outra operadora low-cost que subloca rede) vende seus Simcard, dentre outros lugares, em supermercados Albert Heijn. Só pedir a um caixa.

Adriana Diniz de Oliveira Genovesi

Fui em abril para a Itália e Amsterdam e comprei um sim card na Itália por 20 euros, na Vodaphone. Passei 9 dias entre os dois países e consegui usar o mesmo chip nos dois, sendo que o meu plano acabou no aeroporto no final da viagem.

Sandro Mancini

A Vodafone italiana tem um plano que funciona na Europa toda (Smart Passport). Muito bom porque você paga por DIA de uso. Acho que 3 euros por 1Gb diário (!!!). Infelizmente só pode ser comprado na Itália. Agora a Vodafone holandesa me PARECE que tem um plano chamado "Blox 1Gb" que permite o uso em diversos países, não lembro quanto custa, e acho que só cobre dados (você não tem um número no seu celular), mas posso estar enganado, estou pesquisando para minha viagem à Holanda e Itália em agosto (que começa pela Holanda). Seria ótimo se alguém que fosse à Holanda pudesse pesquisar esse plano em uma loja Vodafone.

Simone
SimonePermalinkResponder

Estou na Italia agora e há 5 dias atrás estava em Amsterdam. Comprei na Vodafone por 15 euros um chip que está funcionando nos dois países. Ele tem 1,5gb na Holanda e 1gb em outros países. Tudo funcionando perfeitamente.

Janine DAquino

Boa noite Ric!
Vou para a Holanda e Suiça. Vc sabe se esse Prepaid da Lycamobile funciona nos 2 paises? Se sim,será que terei q fazer uma outra configuração? Grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Janine! Quem responde é A Bóia. Normalmente esses chips baratos só funcionam dentro de um mesmo país. Confirme ao comprar.

Tania Janin
Tania JaninPermalinkResponder

A minha dúvida é, será que eu preciso comprar mesmo um chip? Vou passar apenas 26 horas em Amsterdã numa conexão longa ( pit stop) Será que não seria melhor comprar um que funcionasse os 24 dias de viagem na Itália que é meu real destino mas também funcionasse em Amsterdã ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tania! Os chips das operadoras mais caras já oferecem roaming europeu. Mas se não quiser procurar uma loja nessa sua estada tão curta, você pode simplesmente acionar o roaming internacional do seu telefone; os planos na Europa são de R$ 39 por dia.

(Nesse caso, poderá até comprar um Lycamobile ou Lebara baratinho na Itália)

Analdo
AnaldoPermalinkResponder

Olá pessoal!
Preciso de uma dica, minha viagem inicia por Amsterdã, alguém sabe se no Aeroporto tem algum quiosque da Vodafone, pois quero um Chip que funcione em vários países. Ou se podem me indicar algum Chip que funcione a contento, mas que cubra os países por onde vou passar. Agradeço se alguém puder ajudar.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Analdo! Para um chip da Vodafone você vai precisar ir até o centro de Amsterdã.

Eliana
ElianaPermalinkResponder

Olá pessoal!
Comprando o "prepaid simcard" na Holanda, consigo usar o mesmo em toda a Europa?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eliana! A partir de 15 de junho, o roaming internacional será obrigatório na União Européia. Estamos averiguando o que vai acontecer com os chips mais baratos, como Lebara e Lycamobile.

Filipe
FilipePermalinkResponder

Boa noite.

Acabei de chegar em Athenas, antes de chegar aqui fiz uma escala de 9h em Amsterdam e aproveitei para comprar no centro um chip da lycamobile por 5gb que o vendedor me garantiu que funciona na Europa toda.

Porém agora quando cheguei em Athenas, a meu celular até aparece conectado pela Vodafone, porém a internet nao funciona de jeito nenhum, agora neste momento estou no wifi, mas preciso descobrir como resolver isto até amanhã cedinho.

Alguém já passou por isso?

Obrigado

Filipe

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Filipe! Pelo que sabíamos, esses chips mais baratos só funcionavam nos seus países de origem. A partir de 15 de junho, pela nova legislação européia, os chips precisarão oferecer roaming internacional em todos os países da União Européia, e estamos de olho para ver se isso se estende também às cias. 'virtuais' como a Lycamobile.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Boia,

A Lycamobile aboliu os pacotes de dados e textos de qualquer roaming para evitar usar o sistema (http://www.lycamobile.nl/en/eu-roaming-is-changing). Roaming sem o pacote continuará funcionando mas aí serão € 0.19/MB, ou € 190 por GB, caríssimo.

A nova regra funciona assim: se houver oferta de roaming em um plano para um SIM Card, tem de ser nos mesmos preços e condições doméstico. As cias podem optar por abolir completamente o roaming, no entanto, de um plano ou outro.

Na prática, o mercado está se segmentando em dois: os ultra-baratos pré-pagos que estão virando apenas GSM domésticos, que só funcionarão para 112 fora do território de registro (pequena minoria), e todo o restante do mercado continuará oferecendo roaming, agora a preços fixos.

Recomendo quem viaja por esses próximos 2 meses a ficar atento, nào vai demorar a surgir uma operadora especializada no público internacional que viaja à Europa, usando essa facilidade de roaming pago, oferecendo cartão registrado em país como Chipre ou Malta e enviado por correio antes da viagem.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Excelente, André! Obrigada!

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Ainda no mesmo assunto, um exemplo: a Vodafone holandesa oferece GSM pré pago, € 20 com 3GB inclusos + €5 pelo SIM card. Roaming na União Europeia, Noruega e Islândia incluso.

A vantagem desses chips pré-pagos de operadoras mais convencionais e não "budget" é que eles funcionam em 4G... e assim será em roaming. Então uma estratégia boa é comprar um desses no primeiro país, já carregar GB (ou minutos se for o caso) suficientes para toda a viagem, e esquecer que se está em roaming.

Apenas chamo a atenção que a Suíça NÃO está incluída nesse acordo.

Irapuan Lemos Costa

Olá Ricardo! Sempre estou ouvindo/seguindo seus valiosos comentários na Band News FM... obviamente, sou mais que viaja na viagem. Em 2013 fiz o Caminho Francês: de San Jean Pied de Port (França)... atravessei os Pirineus... e comtinuei caminhando até Santiago de Compostela. Foram 820 kms em 26 dias. em Pamplona comprei um chip da Vodaphone por algo em torno de 15 euros. Optei usar apenas um chip com dados (internet) e utilizei satisfatória o whatsapp, facebook... Final de 2017 (novembro) segurei para Holanda, Alemanha, República Tcheca, Áustria e Hungria. Então, vou ter que comprar chip em cada país visitado? Desde já grato pela atenção e pela orientações de sempre.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Irapuan! Quem responde é A Bóia.

Desde junho deste ano os chips das grandes operadoras já funcionam na Europa inteira. (Esse aí da Lycamobile, não.)

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/2017/06/celular-na-europa-roaming-sem-custo

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar