Jericoacoara: novo vôo (via Recife) e trânsfer compartilhado a Barra Grande e Lençóis

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Jericoacoara de avião

Jericoacoara de avião, e de lá a Barra Grande do Piauí e Lençóis Maranhenses de microônibus: tem novidades no transporte pela Rota das Emoções.

  • Jericoacoara de avião: o novo vôo da Azul

Esta semana a Azul anunciou que pediu autorização à Anac para voar a Jericoacoara a partir de 7 de abril. Mas não, os vôos não partirão de Fortaleza: assim como acontece com Parnaíba, o destino que a cia. já atende na Rota das Emoções, os vôos a Jericoacoara partirão do Recife, o hub nordestino da Azul.

Na baixa temporada serão quatro vôos Recife-Jericoacoara por semana -- toda 4ª, 6ª, sábado e domingo. Nas férias de julho está previsto um quinto vôo, na 2ª feira. O equipamento a ser usado é um jato Embraer 195.

O vôo deve decolar do Recife às 13h, chegando a Jericoacoara às 14h35. Na volta, o avião parte de Jericoacoara às 15h e chega ao Recife às 16h40. No release de lançamento da rota, a Azul assegurou que haverá conexões imediatas desde São Paulo (Guarulhos), Campinas e Belo Horizonte. Os preços, porém, só serão anunciados depois que a rota for aprovada.

Aeroporto? Em Jericoacoara?

Concluído no final de 2014, o aeroporto (internacional!) de Jericoacoara até hoje só recebeu vôos privados ou fretados. Fica em território do município vizinho de Cruz, a 14 km do centrinho de Jijoca e 22 km da praia do Preá, os dois últimos pontos aonde se chega de carro comum com segurança.

Ainda não se sabe qual será o esquema de transporte entre o aeroporto e Jeri, mas acredito que os mesmos operadores que fazem o traslado entre a rodoviária de Jijoca e Jeri passem a atuar também no aeroporto.

  • Rota das Emoções sem perrengue: Rota Combo

Até ano passado, só havia duas maneiras de se locomover entre os Lençóis Maranhenses, o Delta do Parnaíba e Jericoacoara: ou num esquema supervip (em jipes fretados com motorista) ou num esquema super-roots, numa combinação de 'carros de linha' (jipes Toyota Bandeirantes adaptados para funcionar como jardineiras), vans, ônibus locais e táxis compartilhados. Há anos eu investigo e atualizo as informações para quem quer fazer esses deslocamentos (você encontra o périplo completo neste post).

Pois bem: em julho de 2016, quando passei pela região pela vez mais recente, fui surpreendido pelo calçamento da estrada entre Barreirinhas e Paulino Neves -- até então, um areião que impossibilitava a passagem de carros convencionais. Naquele momento, cantei a bola: "é superprovável que, depois do calçamento, as jardineiras virem vans -- de repente, fazendo a rota completa até Tutóia", eu escrevi.

Bidu: alguns meses depois, já apareceu o primeiro serviço de transporte pensado para turistas: a Rota Combo, que passou a oferecer trânsfers compartilhados em micro-ônibus com ar condicionado entre a maioria dos destinos da Rota das Emoções. Quem opera os traslados é a EcoAdventure, agência de Parnaíba que há 18 anos faz roteiros privativos pela região -- e agora aplica essa experiência aos trânsfers compartilhados.

Três trechos que até há pouco só podiam ser percorridos no modo vip ou no modo roots agora podem ser feitos em micro-ônibus com ar: Jericoacoara-Barra Grande do Piauí (2ª, 4ª e 6ª; 3 horas de percurso; R$ 85), Barra Grande do Piauí-Parnaíba (2ª, 4ª e 6ª; 1 hora de percurso; R$ 65) e Parnaíba-Barreirinhas (3ª, 5ª e sábado; 4 horas de percurso; R$ 90). Os trechos podem ser reservados online.

(Os deslocamentos dentro dos Lençóis, porém -- a Santo Amaro e Atins -- ainda não contam com essa opção.)

  • Vôos a Parnaíba continuam

Delta do Parnaíba

O outro aeroporto da Rota das Emoções fica em Parnaíba, a meio caminho entre os Lençóis Maranhenses e Jericoacoara.

A Azul voa para lá também, partindo do mesmo hub de Recife. O vôo é semanal, operado aos sábados: sai do Recife às 13h e chega em Parnaíba às 14h30; decola de Parnaíba às 15h e chega ao Recife às 16h30. O vôo é operado por jatos Embraer 190.

Se você estava pensando numa viagem a Jericoacoara mas tinha vontade de esticar até Parnaíba, agora vai poder fazer um roteiro bem-bolado sem dificuldades: pode comprar o vôo de ida a Jeri, o trânsfer regular a Barra Grande e o vôo de volta desde Parnaíba.

  • Rota das Emoções: quando ir

Lençóis Maranhenses: o que fazer - Circuito Lagoa Azul

Lençóis Maranhenses: quando ir (e quando não ir)

A época para ir aos Lençóis Maranhenses é entre fim de junho e início de setembro, quando as lagoas estão cheias e o tempo está firme. Quanto mais cedo na temporada você vai, mais cheias estarão as lagoas -- que começam a secar tão logo a temporada de chuvas acaba.

(Em meados de setembro algumas lagoas já estarão secas, e em outubro pouquíssimas ainda terão água. A partir de janeiro começa a chover. Lá por maio as lagoas deverão estar cheias de novo, mas o tempo só vai ficar firme em meados de junho. É preciso tempo bom para revelar toda a beleza das lagoas -- e você não vai querer estar no meio de uma caminhada entre lagoas durante uma tempestade de raios.)

Jeri, Barra Grande, Parnaíba

Já para Jericoacoara, Barra Grande do Piauí e Parnaíba, a única época desaconselhável é entre março e maio, que é a época das chuvas mais intensas. (Ou seja: os vôos a Jericoacoara vão começar no meio da estação chuvosa.)

De julho a dezembro praticamente não chove, e os ventos sopram com constância, atraindo kitesurfistas e windsurfistas -- é a alta temporada na região. Em janeiro e fevereiro já pode começar a chover um pouco, mas normalmente não chega a atrapalhar.

Leia mais:

5 comentários

Angelo Pavan
Angelo PavanPermalinkResponder

Aiai... que saudade de Jeri...Fui há 16 anos (eek) e existia um voo entre Fortaleza e Jijoca num pequeno avião de no máximo 40 lugares (se me lembro bem). Levou 40 minutos e balançou bastante mas compensou (principalmente porque não caiu! grin) por eu não precisar fazer o trajeto rodoviário de 6 horas.

Quanto ao voo da Azul, só espero que não contribua ainda mais para a aceleração da "urbanização" (depredação?) que muitos apontam naquele paraíso.

Cláudia Moreira Dias

Adorei compartilhar da página de vocês. Mande mais!!!!!!

Izabella Zava
Izabella ZavaPermalinkResponder

Agora eu volto em Jericoacoara!!!! Fui em 2010 e amei! Mas acabei não voltando por causa do perrengue que era chegar lá. Claro, que muitos vão dizer que assim o lugar vai ficar cheio e perder a graça, mas é só saber escolher a época. Búzios é facinho de chegar e sabendo escolher a época é vazio e uma delícia.

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Que boa noticia. Minha 3a vez e a 1a com meus amores (incluso o mascotinho VnV 10 anos rs) se torna mais viável.

Odenir Antonio

Linda viagem, mas fiz a rota `a moda antiga, ou seja tudo da maneira mais difícil (e gostosa) possível, não sei se facilitando o acesso manterá o charme.Torço apenas para não aumentar demais a demanda, prejudicando o meio ambiente de uma região ainda bem preservada.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Comentar novamente

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 1º de fevereiro de 2017. Obrigado pela compreensão.

Cancelar