Rio como escala de cruzeiro: roteiro (testado) para um city-tour por conta própria

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Rio como escala de cruzeiro

Desafiado por perguntas nas caixas de comentários, decidi criar e testar na prática um roteiro para um city-tour por conta própria pelo Rio de Janeiro, para quem vai passar só algumas horas no Rio como escala de cruzeiro.

Dá para visitar o Boulevard Olímpico, subir no Pão de Açúcar, dar uma olhadinha em Ipanema e Copacabana e ainda dar um pulinho no Cristo Redentor num dia só? Dá. Mas vou avisando: para cumprir o roteiro, é preciso disciplina, sobretudo nos primeiros atrativos visitados -- o seu relógio vai precisar ser tão implacável quanto os guias dos passeios guiados.

(E por falar em passeios guiados, se depois de ler o city-tour self-service você preferir contratar um guia para um passeio privativo, recomendo muitíssimo a Meilin Mares Guia da Turismares -- dê uma olhadinha nas resenhas dela no TripAdvisor.)

  • City-tour por conta própria: o que providenciar antes

Rio como escala de cruzeiro

É preciso comprar dois ingressos antecipadamente pela internet. O do Pão de Açúcar, que tem dia marcado mas pode usado em qualquer horário (compre aqui), e o do Trem do Corcovado, que tem dia e hora marcados (compre aqui).

Se você precisar reembarcar às 17h, compre a passagem do trenzinho (que inclui ingresso ao Cristo Redentor) para as 13h20. Se o seu reembarque for mais tarde, pode atrasar também a sua subida (a luz inclusive fica mais favorável mais para o meio da tarde).

Já foi ao Cristo e ao Pão de Açúcar?
Museu do Amanhã 2017

Se não é a sua primeira vez no Rio de Janeiro e você já tiver ticado os cartões-postais tradicionais da cidade, então aproveite sua escala para destrinchar o novo Boulevard Olímpico, que mudou a cara do Centro da cidade, atraindo novas atrações de primeira grandeza e criando atalhos para visitar ícones esquecidos. Clique e conheça 5 roteiros prontos para você visitar as atrações do Boulevard Olímpico.

Garanta seu passeio ao Cristo Redentor com Santa Teresa, Arcos da Lapa e Escadaria Selarón com a Desbravo (inclui trânsfer do hotel, guia e ingresso para o Cristo)

  • Rio como escala de cruzeiro: city-tour por conta própria

A maioria dos cruzeiros que aportam no Rio de Janeiro fica no Píer Mauá entre 7h e 18h. Este city-tour está planejado para ser realizado entre 8h30 e 16h30.

Use roupas leves e não esqueça do filtro solar. Para desencargo de consciência, não use correntinha nem relógio. Nos deslocamentos a pé, não use o celular na calçada -- entre em lojas ou botecos para googlar ou checar mensagens.

8h30 - Parada dos Navios

Rio como escala de cruzeiro: Parada dos Navios

Até dois anos atrás, os passageiros de cruzeiro desembarcavam num dos lugares menos aprazíveis do Rio de Janeiro. No mapa, o ponto de desembarque continua no mesmo local. Só que os arredores mudaram completamente: hoje você já desembarca na atração turística mais procurada da atualidade, o Boulevard Olímpico.

De fato, um dos ícones do Boulevard -- o mural 'Etnias', de Eduardo Kobra -- está justamente na área de desembarque, à altura da estação do VLT Parada dos Navios. Coincidentemente, a melhor hora para fotografar os personagens representativos dos 5 continentes é de manhã, quando o sol incide no painel (à tarde, quando a região enche de visitantes, as caras estão contra a luz).

Às 8h45, entre na estação do VLT e procure a maquininha para comprar seu cartão RioCard. Será necessário um para cada pessoa do seu grupo. O plástico custa R$ 3 e você precisa carregar com créditos para usar o VLT e o metrô. Serão duas viagens de VLT (R$ 3,80 x 2 = R$ 7,60) e uma viagem de metrô (R$ 4,10). Você vai precisar carregar R$ 11,70 em créditos. No total (R$ 3 + R$ 11,70) você vai gastar R$ 14,70. A maquininha não dá troco e só emite um cartão por compra. Insira R$ 15 ou use o cartão de débito.

Rio como escala de cruzeiro

Estação Cinelândia do VLT; Theatro Municipal

Pegue o primeiro VLT sentido Santos Dumont. Não esqueça de validar o seu cartão num dos totens junto à porta. Desça na estação Cinelândia. Pelas minhas contas, o relógio vai apontar 9h. À sua direita, na praça, você vai ver o Theatro Municipal.

Caminhe na direção oposta, para a esquerda, até a Rua do Passeio, onde há um ponto de táxi na esquina. Antes de entrar no táxi, pergunte ao taxista se ele pode pegar o Aterro (ele vai ter que fazer uma manobrinha para pegar a faixa da direita abruptamente). Claro que ele vai topar (não é ilegal nem nada) -- a pergunta serve para ele não dar um perdido à esquerda (que seria a direção natural daquela faixa). Dentro do táxi, diga que você quer ir para a 'Praia Vermelha, pelo Aterro' (o Pão de Açúcar fica exatamente na Praia Vermelha). Pronto. O Aterro do Flamengo e, mais adiante, a Enseada de Botafogo vão desfilar na janela da esquerda, fazendo de uma simples corrida de táxi um glorioso passeio panorâmico. Você vai estar no contrafluxo do trânsito; eu levei 10 minutos neste trajeto. A corrida me custou R$ 24.

9h20: Pão de Açúcar

Rio como escala de cruzeiro: Pão de Açúcar

O seu ingresso previamente comprado vai servir para poupar você de uma escala na bilheteria. Não é que haja fila: assim cedinho, o Pão de Açúcar ainda vai estar vazio (os guias e os turistas preferem ir primeiro no Cristo). Cheguei às 9h20, e às 9h25 eu já estava dentro do bondinho.

A subida ao Pão de Açúcar se dá em duas etapas: o primeiro bondinho leva ao Morro da Urca, e um segundo bondinho sobe até o Pão de Açúcar propriamente dito. Com tempo sobrando, dá pra ficar um tempão curtindo a vista do primeiro mirante, para só depois subir ao topo. Num city-tour pelo Rio como escala de cruzeiro, porém, trate o Morro da Urca com aquela passada protocolar de uma ala secundária de museu, e dirija-se logo à estação do segundo bondinho.

Eu sou fã do Pão de Açúcar: acho um passeio praticamente sem perrengues, aproveitável do início ao fim: só viagens dentro do Bondinho já valeriam o ingresso -- e a vista lá do alto do Pão de Açúcar é um absurdo de linda. Há quem recomende subir ao pôr do sol, para esperar o lusco-fusco e ver as luzes se acendendo no Rio. Mas para ver Copacabana, o Aterro do Flamengo, o Centro e as montanhas com nitidez, o melhor momento é de manhã mesmo, com o sol, subindo no leste, iluminando a cidade.

Se não bobear (pergunte nas estações os horários da próxima subida ou descida), dá para fazer a visita em uma hora (sim, é express. Mas a culpa não é minha, é do seu cruzeiro). Eu fiz em 50 minutos.

Na saída, pegue um táxi e diga para o taxista "Ipanema, Joaquim Nabuco esquina Vieira Souto. Pode ir pela praia".

10h40: Ipanema e Arpoador

Rio como escala de cruzeiro: Ipanema e Arpoador

Entre 15 e 20 minutos depois (pra mim foram 15 minutos e de novo R$ 24) você estará na beira-mar de Ipanema (com direito a passar em revista quase toda orla de Copacabana). Quando você descer do táxi, à sua direita, verá que está do ladinho do mítico hotel Fasano Rio (que, de perto, é bem normal).

Atravesse a rua. Chegando ao calçadão (repare no desenho das pedras portuguesas: é diferente do de Copa), olhe para a direita: ao fundo você vai ver os Dois Irmãos. Entre você e a montanha estão as praias de Ipanema e Leblon. Olhe para a esquerda: a praia termina na Pedra do Arpoador. Vá caminhando para lá.

O Arpoador é única praia da Zona Sul sem uma avenida entre a areia e os prédios. É também o trecho onde é mais provável encontrar mar caribenho (clarinho e transparente) no Rio. Vá até o fim do calçadão e suba na Pedra. Nos fins de tarde de verão, este é o camarote para ver o pôr do sol mais aplaudido (sim, aplaudem...) da cidade. Mesmo com sol alto, porém, a vista é sensacional.

11h30: Forte de Copacabana

Rio como escala de cruzeiro: Forte de Copacabana

Às 11h20 o mais tardar (caso queira almoçar; senão, pode ficar mais...), volte pelo calçadão do Arpoador até a servidão vizinha de muro com o Parque Garota de Ipanema. A servidão dá na rua Francisco Otaviano, que liga o Arpoador a Copacabana. Siga pela direita. Rapidinho você vai passar pela carismática Galeria River, só de lojas identificadas com a cultura surf (tem também a hamburgueria de Thomas Troisgros, a TT Burger. Mas só abre ao meio-dia...).

Ao fim da rua, você terá chegado à avenida Atlântica e à praia de Copacabana -- mais exatamente, ao Posto 6, o canto direito da orla, de onde se tem a vista mais bonita da curva completa de Copa, com o Pão de Açúcar ao fundo. Entre 3ª e domingo, o melhor lugar para apreciar o ângulo mais fotogênico de Copacabana é da mureta do Forte de Copacabana. Você paga para entrar (R$ 6 inteira, R$ 3 meia) e, se quiser, pode usar seu tempo para visitar o Museu Histórico do Exército e caminhar até a ponta, onde está a Cúpula dos Canhões. Mas no seu lugar eu usaria essa parada para um almoço civilizado, à sombra, com vista para o mar de Copa e o Pão de Açúcar. Dica: passe ao largo filial da Confeitaria Colombo do Forte, que sempre tem fila, e caminhe mais três minutos até o Café 18 do Forte, que tem um ótimo menu de pratos rápidos.

(Na 2ª feira o Forte fecha, então o seu lanche com vista para Copa vai precisar ser feito num dos quiosques da orla.)

Às 12h20, saia do Forte. Você vai finalmente caminhar pelo calçadão de mosaicos em forma de ondas que Burle Marx adaptou das calçadas de Lisboa e se tornou um dos símbolos do Rio. Mas atravesse a rua já à altura da primeira transversal, a Joaquim Nabuco. Ali tem um ponto de táxi. Entre no táxi e seja bem específico nas instruções: "Trenzinho do Corcovado, pela Lagoa e Rebouças".

13h20: Trem do Corcovado

Assim como a corrida pelo Aterro até o Pão de Açúcar, o táxi para o Trem do Corcovado também vai ser panorâmico: lá pelas tantas, na janela esquerda você vai poder apreciar a Lagoa Rodrigo de Freitas, outro cartãozaço postal carioca. Depois da Lagoa, o táxi vai entrar no Túnel Rebouças e, num trecho descoberto entre dois túneis, vai pegar uma saída à direita que vai dar já na rua Cosme Velho, onde fica a estação do trenzinho. O trajeto vai levar entre 25 e 35 minutos. Eu paguei R$ 29.

Rio como escala de cruzeiro: Trem do Corcovado

Com o ingresso previamente comprado para as 13h20, você passa na bilheteria para trocar o seu print da internet por um ingresso de verdade. (Este horário está calculado para quem precisa reembarcar até as 17h. Caso o reembarque do seu navio seja mais tarde, você pode atrasar esse passeio e gastar mais tempo nas etapas anteriores.)

Rio como escala de cruzeiro: Cristo Redentor

O trenzinho leva 20 minutos para subir e outros 20 minutos para descer. Acho difícil fazer o circuito na estátua em menos de meia hora (ao contrário do Pão de Açúcar, é gente demais para pouco espaço). Se você conseguir visitar em trinta minutos e der para pegar o primeiro trem ao fim da visita, seu passeio vai durar 1h20 (e você chegará à estação de volta às 14h40). Caso haja muita fila para voltar e você perca esse trem, a visita vai durar 1h40 (e você vai chegar lá embaixo às 15h). Eu consegui fazer o circuito em 1h20.

15h15: Confeitaria Colombo

Rio como escala de cruzeiro: Confeitaria Colombo
Hora de voltar para o Centro. Nossa próxima parada é a Confeitaria Colombo (Gonçalves Dias, 32).

Se preferir, você pode pegar um táxi até lá (o caminho mais livre é pelo Túnel Santa Bárbara, a corrida deve dar uns R$ 30), mas eu prefiro não chegar ao Centro de carro. No meu teste, peguei um táxi até a estação Largo do Machado do metrô (8 minutos, R$ 13) e segui de metrô (Linha 1 direção Uruguai ou Linha 2 direção Pavuna), descendo na estação Carioca (usei o RioCard). Na estação Carioca, peguei a saída A (Rio Branco) e virei à esquerda. Na terceira rua (Sete de Setembro) virei à esquerda; na esquina seguinte à direita, voltada para a Gonçalves Dias, está a Confeitaria.

Aqui você decide: se ainda quiser mais aventuras (as do próximo tópico), pode se contentar em sorver rapidamente a opulência belle-époque do cenário e comer um docinho no balcão. Mas se já estiver cansado de bater perna e resolver dar o mais digno dos finais a seu périplo, entre na fila e aguarde a sua vez de sentar numa das mesinhas de mármore com vista para os espelhos belgas e pedir o brigadeiro mais chique da sua vida.

15h45: Boulevard Olímpico -- ou 16h15: direto para o navio

Rio como escala de cruzeiro: VLT

Caso você tenha optado pela visita expressa à Confeitaria (ou tenha mais tempo para gastar até o reembarque), ainda dá tempo para percorrer o Boulevard Olímpico.

Volte à rua Sete de Setembro e pegue o VLT Linha 2 (direção Praça XV) e desça no fim da linha (que já é a estação seguinte). Você vai desembarcar ao lado da Estação das Barcas. Siga pela esquerda (de quem olha para o mar): você vai passar por uma área que até ano passado estava fechada aos cariocas.

Pouco mais de cinco minutos adiante, você se verá em frente à Pira Olímpica (que está apagada mas é movimentada pelo vento) e à Igreja da Candelária. Siga adiante, pela área que a Marinha insiste em proteger com muretas metálicas, e dali a pouco você avistará o Museu do Amanhã de um ângulo pouco mostrado. Aproveite que a luz está incidindo no letreiro RIO TE AMO para fazer a sua foto. Estamos chegando! Eu fiz o percurso Praça da XV-Parada dos Navios, parando um bom tempinho na Pira e no letreiro, em 40 minutos. Caso você não disponha desse tempo ao sair da Confeitaria, use o plano B do próximo parágrafo.

Rio como escala de cruzeiro: Rio Te Amo

Se você resolveu viver a experiência completa na Confeitaria Colombo, ou se atrasou nas etapas anteriores e corre o risco de chegar atrasado ao navio, aborte a caminhada pelo Boulevard. Na av. Rio Branco, vá até a parada Sete de Setembro do VLT e tome a linha 1 (direção Rodoviária, Praia Formosa ou Parada dos Navios). Desça na Parada dos Museus. Aproveite que a luz está incidindo no letreiro RIO TE AMO para fazer a sua foto. Pronto. Você já está na área do Píer Mauá e já pode subir ao seu navio.

Leia mais:

5 comentários

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

Grande roteiro: Super otimização do tempo para aproveitar o que o Rio tem de melhor hoje em dia!

Lilian cysne
Lilian cysnePermalinkResponder

Parabéns pelo post detalhadissimo!

ARAY GRACIA
ARAY GRACIAPermalinkResponder

Adorei o roteiro, mas não estou encontrando cruzeiros com parada no Rio de Janeiro! Você indica algum em especial? Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aray! MSC Precioza, MSC Orchestra, Costa Pacifica e Costa Fascinosa são alguns dos navios que passam um dia no Rio.

Divaneide Carvalho de Araujo

Sou louca para conhecer o Rio e também para fazer um cruzeiro mas preciso saber de tudo direitinho.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Comentar novamente

Atenção: Bóia de férias! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 1º de fevereiro de 2017. Obrigado pela compreensão.

Cancelar