Panamá agora exige vacina contra febre amarela; mais países da América Latina devem passar a exigir o certificado

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Vacina contra febre amarela para viagem

Vai ao Panamá? Saiba que:

  • Desde 6 de fevereiro de 2017 o certificado internacional de vacinação contra febre amarela é exigido para quem vai desembarcar no Panamá
  • A vacina não é necessária para quem apenas fizer conexão sem sair do aeroporto

Ué, mas não exigiam a vacina antes?

Não exigiam, não. Apesar de muitos sites (alguns até oficiais, incluindo o da Anvisa) informarem que a vacina contra febre amarela é obrigatória para inúmeros destinos latino-americanos, as cias. aéreas e agentes de imigração de países como México e Peru não requerem a vacina. O Panamá também não pedia, apenas recomendava -- mas vai começar a exigir a vacina agora dia 6 de fevereiro (repetindo: só para quem sair do aeroporto; quem só fizer conexão não vai precisar, a não ser que vá para um país que exija o certificado.) Colômbia, Cuba e República Dominicana também começaram a exigir apenas recentemente.

(A Costa Rica sempre exigiu a vacina. Barbados também exige. Uma leitora informou que Honduras exige.)

Atualização: a leitora Carolina informa que foi exigida vacina para ir a Cuba via Bogotá (veja aqui).

A tendência é que outros países da América Latina também passem a exigir

Veja bem: se você fosse autoridade sanitária de um país tropical livre de febre amarela, não exigiria que visitantes provenientes de um país com surto da doença fossem devidamente vacinados?

Pois então. Eu acredito que seja uma questão de tempo para que todos os países dos trópicos exijam que os visitantes brasileiros apresentem o certificado de vacinação contra febre amarela.

ATENÇÃO: NÃO É NEM NUNCA SERÁ NECESSÁRIA VACINA CONTRA FEBRE AMAERLA PARA VIAJAR À EUROPA

Não dá pra tomar na última hora: só vale depois de 10 dias

O problema dessa incerteza (vão exigir ou não vão exigir?) é que a vacina só tem validade 10 dias depois de tomada. No momento em que as cias. aéreas (ou os países) anunciarem que brasileiros precisam da vacina para embarcar ou entrar no destino x ou y, os passageiros precisariam ser informados com pelo menos 10 dias de antecedência (e teriam que sair correndo para se vacinar imediatamente).

Esse não é o caso, por exemplo, de quem ficar sabendo hoje, dia 3, que precisa de vacina válida para passar pela imigração do Panamá no dia 6, daqui a três dias. (Se esse for o seu caso, ligue já para a cia. aérea para ver o que pode ser feito.)

Vacina contra febre amarela para viagem: tome já

Se está nos seus planos viajar para algum país da América do Sul, América Central e Caribe, consulte seu médico. Se você não estiver entre as pessoas que não devem tomar a vacina, o melhor a fazer é vacinar-se.

Primeiro, porque a vacina será útil na grande maioria do território nacional, para sua proteção.

E depois, porque o país que você pretende visitar pode anunciar a exigência da vacina de uma hora pra outra -- sem que você tenha tempo hábil de se vacinar e esperar pelos 10 dias necessários até que a vacina tenha efeito e seja reconhecida como válida no check-in da cia. aérea e pelos agentes de imigração. A vacina agora vale para a vida toda.

Se você vai viajar, não adianta apenas vacinar-se. É preciso solicitar o certificado internacional. Veja como.

Se não puder tomar a vacina por motivos de saúde ou idade, providencie seu certificado internacional de isenção. O modelo pode ser baixado nesta página do site da Anvisa e deve ser preenchido pelo seu médico.

REPITO: NÃO É NEM SERÁ NECESSÁRIA VACINA CONTRA FEBRE AMARELA PARA VIAJAR À EUROPA

Resumindo

Hoje, dia 15 de fevereiro de 2017, temos a seguinte situação:

  • Não precisa vacina contra febre amarela para fazer conexão no Panamá
  • Não precisa vacina contra febre amarela para fazer conexão na Colômbia
  • Não precisa vacina contra febre amarela para o Peru
  • Não precisa vacina contra febre amarela para o México
  • Não precisa vacina contra febre amarela para a Argentina
  • Não precisa vacina contra febre amarela para o Chile
  • Não precisa vacina contra febre amarela para o Uruguai
  • Não precisa vacina contra febre amarela para os Estados Unidos
  • Não precisa vacina contra febre amarela para país nenhum da Europa
  • Precisa vacina contra febre amarela para República Dominicana/Punta Cana (desde 2/4/2017)
  • Precisa vacina contra febre amarela para Colômbia (desde 30/3/2017)
  • Precisa vacina contra febre amarela para desembarcar (sair do aeroporto) no Panamá (desde 6/2/2017)
  • Precisa vacina contra febre amarela para Cuba (desde 7/2/2017)
  • Precisa vacina contra febre amarela para Barbados
  • Precisa vacina contra febre amarela para as Bahamas
  • Pode ser preciso vacina contra febre amarela para a Bolívia
  • Precisa vacina contra febre amarela para a Costa Rica
  • Precisa vacina contra febre amarela para a Nicarágua
  • Precisa vacina contra febre amarela para a África
  • Precisa vacina contra febre amarela para a Ásia tropical
  • Precisa vacina contra febre amarela para a Austrália

Leia mais:

80 comentários

Paulo
PauloPermalinkResponder

Oi Ricardo, precisa atualizar o post sobre como tomar a vacina de febre amarela, mas não consegui avisar por la. A seção "Terceiro passo: despreocupar-se" não é mais necessária já que a vacina passou a valer pra vida toda, não é? Abraços!

Monica Guimaraes

Saberia me informar se quem está vindo do EUA em direção ao Brasil também será exigido? Acredito que a conexão será de 7 horas. Obrigada desde já.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Monica! Provavelmente não vão encrencar, mas informe-se com a cia. aérea.

Beto
BetoPermalinkResponder

Olá, uma pequena correção para o texto.
O surto, no momento, não é "na faixa litorânea do Sudeste", mas sim essencialmente no interior de MG, com alguns poucos casos no interior do ES e SP. mas nenhum caso contraído no "litoral" até agora.
Esse mapa mostra os municípios onde as pessoas contraíram febre amarela:
http://ecdc.europa.eu/en/healthtopics/yellow_fever/current-transmission/Pages/yellow-fever-map.aspx

inclusive, grande parte do "litoral do Sudeste" continua fora da área de vacinação recomendada, como, por exemplo, todo o litoral de SP e muito do RJ (só é recomendada para os municípios no extremo norte do estado do RJ).

Hélio Jr
Hélio JrPermalinkResponder

Tenho contra-indicação à vacinação para a febre amarela. O que fazer? Desistir de conhecer os países que exigem o certificado?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Hélio! Clique no post da isenção da vacina, está linkado ao pé do texto.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Alguém sabe informar se para bebê de 6 meses é exigido o certificado? No Brasil a vacina só é aplicada a partir de 9 meses. Estou tentando contato com a Copa…

Adriana
AdrianaPermalinkResponder

Alguém sabe informar se estão exigindo a vacina na República Dominicana. Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adriana! Hoje, 6 de fevereiro de 2017, não estão. Isso pode mudar, mas hoje a vacina não é exigida (nem nunca foi antes).

Cynara
CynaraPermalinkResponder

Ola Ricardo, minha mãe vem me visitar e a conexão do Brasil pra ca passa no Panama por 2 horas, ela pode ficar tranquila sem o comprovante da vacina? Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cynara! Sim.

Cynara
CynaraPermalinkResponder

Vc sabe me dizer q vale pra vida toda a que tomarmos agora ou as q tomamos ha 10 anos tbm vale??

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cynara! Teoricamente, a vacina que já tomamos vale para a vida inteira. Mas o ideal é tentar tirar uma segunda via do certificado internacional, assim já estará assinalado o "para a vida toda" (for life).

LUIZ MARCELO DINIZ DA COSTA

Alguém sabe me dizer se é preciso tomar a vacina para ir `a Quito?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiz Marcelo! Não temos depoimentos de leitores a exigência de vacina no Equador. Comunique-se com a sua cia. aérea, que é quem faz o primeiro controle, e não deixa embarcar quem não atende às exigências do país de destino. Na dúvida, se houver tempo hábil, vacine-se.

Ananda Malheiros

Bom dia Bóia,
Estou no meio de um tratamento e não poderei tomar a vacina da febre amarela. Viajo dia 01/03 para os EUA e depois para o Caribe (Turks e Caicos). Pelo que li, eles ainda não estão pedindo o certificado em TC, mas estou um pouco preocupada com isso. Imprimi o formulário disponível no site da Anvisa e a minha médica preencheu direitinho. Liguei no 0800 da Anvisa e me falaram que eu teria que ir até um centro do viajante com este atestado em mãos. Aí liguei no aeroporto de Congonhas, que possui um destes centros, e então me informaram que não tem nada disso, que este atestado preenchido pelo médico já é o meu certificado. Que é só anexar ao passaporte. Você tem esta mesma informação?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ananda! Tente também no do Emílio Ribas. Se confirmarem essa informação, por precaução faça uma tradução juramentada do atestado. Não temos relatos de viajantes que usaram dispensa de vacinação.

Ananda Malheiros

Obrigada Ricardo! O formulário foi preenchido em inglês, mas estou rezando para que não me peçam nada.

kelia pereira
kelia pereiraPermalinkResponder

Olá, boa noite. Viajo para os Estados Unidos dia 19/02, com a entrada do Trump e o surto de febre amarela aqui no Brasil você acha que será preciso fazer a carteira internacional de vacinação?? Já tomei as vacinas, mas estou preocupada com a questão da carteira, pois minha viagem já está em cima e posto mais próximo da anvisa fica muito distante da minha cidade. Estou com medo de ser “Barada” na imigração, rs

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kelia! Apenas países localizados em regiões tropicais exigem a vacina. Não é o caso dos Estados Unidos. Existem vários motivos para se vacinar, mas viagem aos Estados Unidos não é um deles.

Rosana Matos
Rosana MatosPermalinkResponder

Viajarei para a Europa (França e Bélgica) daqui a duas semanas. Saberia informar se é necessário tomar a vacina da febre amarela?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosana! A vacina só é exigida por países TROPICAIS. A Europa não pede, nunca pediu, nunca pedirá esta vacina.

Milton
MiltonPermalinkResponder

Boa noite, estou indo para punta cana(República dominicana) dia 20 de fevereiro com conexão em Bogotá(colombia) e Lima(Peru), vou ficar 5h no aeroporto de um vôo para o outro. Saberia me dizer se eu preciso de alguma vacina para entrar nos países, como febre amarela ou outras?

Desde já agradeço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Milton! Hoje, 10 de fevereiro de 2017, às 19h22, as informações do texto continuam válidas. Não é preciso vacina para escala ou desembarque em nenhum desses destinos.

Caso ocorra alguma novidade, atualizaremos.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Olá, Ricardo.
Desde o último dia 09/02 precisa de vacina para febre amarela para quem vai para Cuba. Descobri isso ao chegar an minha escala em Bogotá e perder o voo por conta disso. A cia aérea em momento algum relatou isso, me vacinaram no aeroporto mesmo, emitiram o certificado internacional e me alocaram em outro voo.
Vale ficar atento. Infelizmente aconteceu isso....
Abraços!

Antonio Pedro
Antonio PedroPermalinkResponder

Olá. Desde o dia 7/02 passou a ser obrigatório o certificado de vacinação para brasileiros que desembarcam em Cuba.

Eu encontrei a informação aqui:

http://www.portalconsular.itamaraty.gov.br/alertas/exigencia-de-vacina-de-febre-amarela-do-governo-cubano-para-viajantes-procedentes-do-brasil

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Ricardo e Bóia, estão exigindo pro Chile? Passarei carnaval lá.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Nunca foi exigido para o Chile. Provavelmente nunca será. O Chile é um país temperado, não é um país tropical.

Rodrigo Carlan

Tomem muito cuidado com isso. Cheguei em Cuba no dia 8/2 sem certificado de vacina, e me deixaram entrar após horas retido no aeroporto com o aviso de que apresentando sintomas deveria me apresentar a um hospital. Três dias depois fui obrigado a me internar num hospital, sendo que tive de fazer uma correria absurdamente tensa pra conseguir remarcar minha passagem e voltar ao Brasil no dia seguinte, tendo sido até mesmo perseguido por autoridades cubanas. Quem quiser o relato completo postei na minha página de facebook:https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10211557439028580&set=a.1646704124474.2092199.1143035499&type=3&theater

patrick delman

Boia desculpe minha ignorancia... estou indo pra miami.. em 06/16...a duvida e a seguinte....os Eua nao exigem ( ainda) o certificado de vacinaçao p febre amarela)...
sendo assim independentemente se vou num voo direto , ou se faço escala em bogota ou panama...o fato dos Eua , nao exigirem , nao me obriga a tomar a vacina indo direto , ou com escalas..é isso?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Patrick! O Panamá não exige a vacina para escalas. A Colômbia não exige a vacina para desembarque ou escala.

Kaio Montenegro

Bóia, boa noite!
Ratifico apenas a pergunta do colega acima, estamos de viagem marcada para os EUA dia 23.03 (a data está em cima) - estamos tentando tomar a vacina contra a febre amarela, inclusive em redes particulares, porém aqui no Ceará, tal vacina está em falta, então quer dizer que as autoridades americanas ou mesmo a empresa área -NÃO estão cobrando tal cartão de vacinação internacional???
Agradeço desde já pela informação.
Grato

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Kaio! Se houvesse necessidade para se vacinar contra febre amarela para ir aos Estados Unidos, você já teria sabido pelo Jornal Nacional, pelo Fantástico, pelo O Povo, pela rádio, pelo Facebook, pelo Instagram, pelo seu vizinho, pelo porteiro do seu prédio. Os Estados Unidos não pedem a vacina.

NADIA PRADO SILVA

Bom dia!
Poderia confirmar se para Guatemala está sendo obrigatório o certificado internacional? Verifiquei no site da Copa Airlines, mas fiquei um pouco confusa.
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Nadia! Segundo o site da Anvisa, a Guatemala exige a vacina, sim. Ligue para o atendimento telefônico da Copa, eles informam. (Você nos conta a resposta por favor? Obrigada!)

Camila
CamilaPermalinkResponder

Oi Ricardo,
Não sei se você pode me ajudar a tirar essa dúvida: moro em Bogotá e viajarei amanhã para São Paulo, mas tenho uma escala de 15 horas no Panamá... Será que terei problema para sair do aeroporto lá, por conta da vacina que ainda não tomei, já que são muitas horas de espera?
Super obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Quem responde é A Bóia. Precisa ligar para a Copa para saber. Pela lógica, se você não sair do aeroporto, não deve haver problema. Tem que ver até onde esse tal limite de 6 horas é seguido à risca.

Karen
KarenPermalinkResponder

Bom dia, caso tenha alguma alteração na exigência da vacina com relação aos EUA ficamos sabendo com alguma antecedência ou é tipo "mudou tá valendo" ?? Grata

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karen! É remotíssima a possibilidade de os Estados Unidos virem a pedir a vacina. Mas se algum país, qualquer país, resolver passar a exigir, provavelmente será de um dia para o outro, sim.

karen
karenPermalinkResponder

Então, pra quem gosta de viajar, o negócio é tomar a vacina, muito grata.

Claudia Reis
Claudia ReisPermalinkResponder

Estou voltando dos USA e permaneceria uma noite aqui no Panamá, mas minha entrada foi impossibilitada por não ter tomado a vacina!! Fiquem atentos, não estão deixando entrar no país sem cartão de vacinação!! Nova lei foi aprovada dia 13/02/2017

Clewer Abilhoa

Minha família e eu iremos fazer uma conexão longa em Panama.
Já tomamos a vacina...
É somente levar as carteirinhas de vacinação ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Clewer! Se vocês forem sair do aeroporto, precisarão do certificado internacional, que é emitido em postos Anvisa. Só a carteirinha de vacinação não serve. Tem que levar a carteirinha de vacinação ao posto da Anvisa mais próximo de você e fazer o certificado internacional.

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

Boa tarde.
Voltei de viagem no domingo e deu tudo certo: consegui entrar em Havana e não tive reação à vacina. Ufa!
Pediram o cartão de vacinação na entrada e tive que preencher um documento autodeclaratório informando que não tive sintomas suspeitos nos últimos dias. Recomendo vivamente que tomem a vacina antes de viajar (para dat tempo dos 10 dias para começar a valer). Foi tenso passar por isso e minha viagem poderia ter sido comprometida.
Beijos!

Felipe
FelipePermalinkResponder

Viajo em junho para Aruba com conexão de menos de 4 horas no Panamá. Fiquei confuso com o post da Claudia Reis dia 18/02. É necessário o certificado internacional ou não da vacina contra febre amarela para conexão no Panamá e desembarque em Aruba?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe! Ela PERMANECERIA UMA NOITE no Panamá. Não pôde sair do aeroporto porque não tem a vacina. Você vai ter uma conexão. Não sairá do aeroporto. O Panamá não pede vacina para conexão, está superclaro no texto e repetido em várias respostas. Aruba não exige a vacina.

Camila
CamilaPermalinkResponder

Você pode me informar o telefone da COPA? já tentei ligar em varios que achei no google e fala que não existe.
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Camila! Nesse caso a gente entra no site da cia. e pega o telefone. É 0800-886-2672

Adayr Alves Franco

Tenho restrição à vacina,mais de 60 anos.Viajo para Cartagena com conexão na cidade do Panamá. Tenho que ter documento de vacinação?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Adayr! O texto é bem claro. Não é necessária vacina para conexões no Panamá. Por favor, leia com atenção.

MURILLO FELINTO DE CARVALHO

Estou indo ao Panamá e vai no meu grupo algumas pessoas com mais de 60 anos, existe uma recomendação de que pessoas com mais de 60 anos não devem tomar esta vacina.
Os postos de saúde não aplicam esta vacina para pessoas com mais de 60 anos.
Como devo proceder?
Grato
Murillo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Murilo! Faça o certificado de isenção. Há um link para o post.

Luiza
LuizaPermalinkResponder

Olá Boia, tenho uma dúvida: turistas estrangeiros podem tomar a vacina no Brasil e tirar o certificado internacional? Pergunto isso pois, em países como o Canadá, a vacina custa em média CAD130.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luiza! Nâo sabemos.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Olá Boia! Tenho uma dúvida referente a validade da vacina. Dei uma pesquisada, mas continuei com dúvida. Meu certificado internacional de febre amarela tem escrito que a validade é 2015. Li em alguns lugares que a vacina agora é para vida toda e que, portanto, não seria necessário tomar outra dose. O certificado fica automaticamente revalidado ou é necessário trocá-lo? E caso não seja necessário trocá-lo, você sabe se pode dar algum problema com algum fiscal desavisado da nova regra?
Grato!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tiago! Peça uma segunda via e já virá com validade Life.

Vinicius
ViniciusPermalinkResponder

Ótimo texto. Só fiquei curioso pra saber pq não é nem nunca será necessário tomar vacina contra febre amarela pra entrar na Europa. Viajo pra lá em junho e fiquei com a pulga atrás da orelha depois deste surto

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vinicius! Febre amarela só é trasmitida por mosquitos que vivem exclusivamente em zonas tropicais. A Europa não está nos trópicos. Se você chegar na Europa doente de febre amarela e morder um morador da Europa, você não transmitirá febre amarela para ele. Mas se você chegar no Panamá doente de febre amarela e for mordido por um mosquito transmissor da doença, esse mosquito infectará outras pessoas.

(O que será que as pessoas fazem na escola? É inacreditável que um blog de viagem precise dar reforço escolar básico a tanta gente.)

Eularino de Andrade

Amigos,

Acabaram de atualizar a regra para a República Dominicana. Como vou pra lá em maio, resolvi procurar sobre o tema e parece que a partir de ontem passaram a exigir o certificado internacional de vacina contra a febre amarela, de acordo com o site da Isto É em matéria publicada em 02/04/17. Pessoal da Bóia, fica a dica para atualizar os posts sobre Punta Cana, sempre tão valiosos e completos para os viajantes.

Link da matéria: http://istoe.com.br/republica-dominicana-exige-vacinacao-da-febre-amarela-a-viajantes-do-brasil/

Grande abraço!

Wander
WanderPermalinkResponder

Olá pessoal. Vou fazer conexão no Panamá em direção à Flórida. Depois, pegar um Cruzeiro com desembarque no Haiti, Jamaica e México. Tenho o certificado internacional que atesta que tomei vacina de febre amarela. O problema é que meu certificado é antigo e tem data de validade por dez anos, ou seja, diz que vale de 2005 a 2010. Alguém sabe informar se devo ir buscar uma segunda via com validade pra toda vida? Ou o fato de já ter tomado já é suficiente, mesmo meu certificado tendo data determinada?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Wander! A OMS já declarou que nenhuma vacina já tomada é 'vencida'. Mas se você tiver chance de tirar a segunda via, é garantia de zero perrengue em qualquer destino.

Thiago
ThiagoPermalinkResponder

Olá, boa noite. Alguém pode me ajudar, tenho uma conexão (troca de avião) na Colômbia, vou ficar 3 horas aguardando no aeroporto. E depois vou para Cancun. Nesse caso, só por ficar 3 horas dentro do aeroporto preciso da vacina e do certificado também? Muito obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Para conexão, não precisa vacina.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Recebi um e-mail da Avianca dizendo que não preciso de vacina em casos de conexão em Bogotá no dia 11 a noite (por via das dúvidas fui tomar dia 12 e me explicaram sobre a validade a partir de 10 dias). Alguém comentou comigo que para conexões maiores q 12 horas preciso da vacina sim...
e agora? Minha viagem é terça feira, dia 18/04

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Se você não vai sair do aeroporto, não passará pela imigração e portanto não precisará mostrar o seu certificado. Se a cia. aérea, que é quem vai decidir se você pode embarcar ainda no Brasil, já avisou que você não precisa da vacina, por que ouvir "alguém que comentou comigo"?

PRISCILLA
PRISCILLAPermalinkResponder

Viajo para Orlando em Maio/17. Liguei na Copa ontem e os dois atendentes me passaram informações diferentes sobre a conexão no Panamá, um disse que preciso do certificado internacional pra fazer conexão (que terá menos de 3 horas) e o outro disse que não preciso por ser menos de 6 horas, pra tirar a duvida liguei na embaixada mas não passam essa informação. Sabe me dizer se agora realmente ainda não é necessário?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Não precisa vacina para conexão. Por favor, não pergunte coisas que estão escritas no texto e confirmadas em várias perguntas anteriores.

Evelise
EvelisePermalinkResponder

Estou confusa! Tenho viagem matcada para Punta Cana, já tenho a vacina da febre amarela, no entanto não tenho o certificado internacional de vacinação, somente a carteirinha de vacinação emitida pelo centro de saúde local, Vale?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Evelise! No exterior só é válido o certificado internacional. É preciso levar a sua carteirinha a um posto da Anvisa que emita o certificado.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Se eu for para a Colômbia e não tiver tomado a vacina, o que acontece? Eu não saio do aeroporto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Se o seu destino final for a Colômbia, você não embarca no Brasil, tem check-in negado.

marcus faria
marcus fariaPermalinkResponder

galera, eu nao posso tomar a vacina e irei com um certificado de isençao dado pelo meu medico. vcs sabe se terei que passar por algum procedimento especial? obrigado!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcus! Até hoje ninguém que usou o certificado de isenção voltou para contar sua história. Em princípio, ou eles aceitam, ou não aceitam. Pelo jeito, aceitam, porque ainda não apareceu ninguém para dizer que foi barrado com ele.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Por favor, como os comentários acima datam de mais de um mês, indago se ainda é válida sua informação sobre a desnecessidade de vacina para conexão no Panamá, viajando com destino a Cancun pela COPA. As informações do consulado e da Copa totalmente desencontradas. Uma lástima !!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alessandra! Numa conexão você em momento nenhum vai passar por autoridades da imigração do Panamá: ao desembarcar no aeroporto do Panamá, ficará na área de trânsito e embarcará no próximo vôo. Você só mostrará seu passaporte para funcionários da Copa. Quem decide o seu embarque é a Copa. Vale a informação da Copa, de que não é preciso vacina para conexões curtas. Apenas em conexões que exijam a sua saída do aeroporto você precisará da vacina para embarcar, porque para sair do aeroporto você precisa passar pela imgração. Se esta informação estivesse errada já teriam aparecido aqui inúmeras reclamações.

Agora: se você tem tempo, vacine-se e tire essa preocupação de todas as suas viagens pelo resto da vida. A gente fala isso há anos, mesmo antes de tantos países passarem a exigir a vacina.

Alessandra
AlessandraPermalinkResponder

Muito obrigada pela resposta e pela rapidez ! abç

Mari
MariPermalinkResponder

Olá. Gostaria de relatar minha experiência. No início de maio fui para Orlando, fiz conexão no Peru e na Colômbia. Não saí do aeroporto e nem passei por nenhuma imigração, somente em Orlando, mas ao embarcar no Peru para Colômbia, os funcionários da Avianca me pediram o certificado internacional de febre amarela, por precaução eu tinha tomado e tinha o certificado, sendo que minha cidade não estava com surto e nenhum funcionário da avianca tinha me informado que seria obrigatório, já que eu não sairia do aeroporto.

Maria
MariaPermalinkResponder

Olá, gostaria de saber se pessoas com mais de sessenta anos precisam tomar vacina da febre amarela? Caso não precisem , como pedir a isenção? Basta só preencher o formulário, ou ele ainda precisa de alguma aval da Anvisa?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria! Está tudo explicado o post que fala da isenção, e que está linkado no texto.

Coloco o link de novo aqui para você:

http://www.viajenaviagem.com/2013/01/vacina-contra-febre-amarela-certificado-de-isencao

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar