Enquete | Do que você menos gosta de fazer na hora de viajar?

  • 0
Natalie Soares
por Natalie Soares

Heathrow Express

(Heathrow Express)

Filas, check-in, raio-x, imigração, esteira de bagagens, taxista malandro. Nem tudo são flores quando saímos de férias.

Entre a porta da nossa casa e aquela água de coco na praia, algumas pedras podem rolar e trazer aventuras não muito agradáveis.

Ao chegar no aeroporto e pensar na fila do raio-x, eu já era acometida imediatamente pelo fantasma do Grinch e ficava mal-humorada, mas, ao voltar da minha última viagem, a etapa de desfazer as malas foi uma verdadeira novela digna de Janete Clair.

E para você? O que você menos gosta de fazer na hora de viajar? Arrumar as malas? Ir do aeroporto até o hotel? Passar pela imigração? Organizar os passeios? Encarar as filas intermináveis em grandes atrações? Temperaturas extremas? Ou pagar o cartão de crédito?

Vamos nos unir e montar um grupo de apoio para esquecer dessa parte menos emocionante da viagem.

Aos comentários, pufavô!

Mais enquetes:

208 comentários

Naiara
NaiaraPermalinkResponder

Como eu tenho muito medo de andar de avião essa é a pior parte e depois a imigração e o transporte do aeroporto até o hotel... O resto é tranquilo...

Ana Valéria Pontes

A pior tarefa é fazer malas sempre. Detesto. Em segundo lugar vem toda a romaria do aeroporto. Com criança potencialize isso e quase não se sai de férias.

Eliana
ElianaPermalinkResponder

De que eu menos gosto são as conexões longas, jet lag e a tensão durante a imigração.

Bia Botelho
Bia BotelhoPermalinkResponder

Passar pelo raio x não é bom. Acho um desrespeito esse negócio de tirar até os sapatos. A expectativa de esperar a mala aparecer na esteira também não é boa. Vê-la é uma alegria que só não é completa quando a polícia arrebenta o seu cadeado, remexe tudo e ainda deixa um bilhetinho dizendo que a sua mala foi sorteada randomicamente para a vistoria e isso tudo para a minha própria segurança. Devo agradecer, então? Inclusive quando sinto falta de alguma coisa como uma latinha de pimenta que trouxe do México (julho/17)? Me poupe, né? Os aeroportos estão ficando muito desagradáveis. Fico pensando que ainda podem piorar se nos proibirem de viajar com laptops e câmeras na bagagem de mão, como já está acontecendo para determinados países, não é? Vou ter que alugar uma câmera no meu destino? Colocá-la dentro da mala é uma opção que não existe para mim.

Ramiro Neto
Ramiro NetoPermalinkResponder

Fila longa de check-in e imigração.

Luiz Eduardo
Luiz EduardoPermalinkResponder

Ia aeroporto hotel e volta hotel aeroporto.

Viviane
VivianePermalinkResponder

tudo q envolve as demoras do aeroporto (ida, permanencia, volta, etc)... e deslocamentos na chegada.

Jéssica
JéssicaPermalinkResponder

O que me deixa muito aflita é o momento da esteira, tenho pavor de perder a mala. Medo também de perder documentos, cartão, dinheiro...

Simone Alvarenga de Carvalho

Viagens longas na classe econômica. Ninguém merece.

Fernanda Teixeira

Odeio as muitas horas de voo em classe econômica, a agonia na imigração, a ansiedade ao esperar a mala chegar, quarto de hotel pequeno, cama e travesseiro ruins, box que você não cabe.

Fabiana Santos

Não gosto de arrumar as malas para voltar da viagem. Para ir é tudo de bom, mas a volta sempre me deixa mal humorada. E ter que deixar o hotel muito antes do embarque sad

Hugo
HugoPermalinkResponder

O que menos gosto é o trajeto até o destino, principalmente quando envolve conexões.

Não tenho medo de voar, mas a tensão das malas não chegares, de perder o avião, de não dar tempo de chegar no aeroporto, etc. me deixam bem estressado.

Maíra S.
Maíra S.PermalinkResponder

Só de pensar nos preparativos para uma viagem eu já fico animada! Gosto de quase tudo, até de comida de avião wink Mas tenho uma tensão fora do normal para passar pela imigração, especialmente dos Estados Unidos. Tenho vários carimbos no passaporte, visto de outros países, nunca fiquei além do tempo autorizado e, no entanto, morro de medo de me barrarem! Sempre levo documentos que comprovem minha ligação para o Brasil, mas claro que nunca precisei mostrar. O pior é que quanto mais tento disfarçar a tensão, mas cara de quem está escondendo alguma coisa eu devo fazer.

Silvia Go
Silvia GoPermalinkResponder

Tenho horror a demora nos check in de aeroporto, imigração com filas longas demais e claro esperar na esteira as malas que sempre demoram a aparecer.
Muito estresse para viajar ida e volta....

sandra alvares marcarian

arrumar as malas ! odeio !!

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

A pior parte são as horas de voo.

Helena
HelenaPermalinkResponder

arrumar malas é sempre uma batalha interminável! Todo o processo nos aeroportos. Turbulências me deixam apavorada! Jet Lag

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

O frio na barriga se instala no momento de passar pela imigração!!!!

Alexandre Breveglieri

Viajar de econômica. Eu não tenho o menor medo de voar, mas a pior parte pra mim é ficar 8, 10 ou 12 horas sentado numa cadeira apertada e desconfortável até chegar no destino (ou na volta, que é pior ainda).

Quem sabe quando eu puder viajar de executiva a coisa melhore, mas essa tem sido a pior parte de qualquer viagem pra mim

Giuliane
GiulianePermalinkResponder

Desfazer as malas!!!
Fico naquela euforia de como foi boa a viagem e me deparo com aquela mala... quero morrer!!!

Kel
KelPermalinkResponder

Não gosto de observar a INJUSTIÇA que ocorre nas filas de embarque.
Na fila para embarque dos aeroportos, as companhias fazem a seguinte divisão de filas (p.exemplo):

- lado esquerdo -> prioridades

- fila do meio -> donos de cartão chique "com nome de pedra preciosa" milhas etc

- fila da direita -> fileiras 1 a 20 e 21 a 32 (diz a placa), mas a moça grita "primeiramente fileira de 21 a 32 e pedimos que aguardem sentados os de fileira 1 a 20, que chamaremos depois"

E é aí que mora o problema, e já vi varias brigas entre passageiros por isso: não há uma conferência seria dos atendentes, e várias pessoas da 1 a 20 entram na fila do momento das pessoas de 21 a 32 mesmo assim (às vezes por chegarem ao portão atrasados e não terem ouvido os gritos da moça; às vezes por safadeza msm, pra garantir q terão lugar pra colocar a mala), passando na frente dos educados 1 a 20 que ficaram sentados.

E isso gera uma sensação enorme de injustiça, pois quem chegou antes e esperou a galera da 21 a 32 passar acaba ficando sem lugar p por a mala.

Gostaria de sugerir que;
a) ou cria uma fila/placa de 1 a 20 separada da fila/placa de 21 a 32
b) ou deixa todo mundo entrar na mesma fila 1 a 32, por ordem de chegada na fila mesmo.

Por favor, se as companhias aéreas lerem esse relato, modifiquem essa questão

Sheila Domingues

Fiquei lendo e relendo e percebi que sou bem de boa com coisas gerais de viagem. No entanto, o que não suporto nem em casa e nem viajando é gente que tenta passar a perna em turista: TAXISTAS, vendedores, gente na rua... Isso sim me tira do sério!

Antonio Carlos

O que mais me chateia é esperar as malas. Até hoje todas chegaram, felizmente. Mas que é meio angustiante, isto é.

Claudia
ClaudiaPermalinkResponder

São tantas as coisas que eu não gosto quando viajo: fazer e desfazer malas, fazer câmbio, todas as esperas no aeroporto (chegar 3 horas antes, voos atrasados, check-in, esteira de raio X, embarque, imigração, a espera pela bagagem...), o transporte do aeroporto até o hotel e vice versa, os taxistas trapaceiros, a expectativa sobre a viagem (que tudo funcione e dê certo), etc. Gosto muito de viajar mas, às vezes, tudo isso me dá uma tremenda preguiça!

Jacqueline Paes

Lido bem com tudo numa viagem. é o preço para se desfrutar o destino. Mas o que dá cada vez mais preguiça de viajar é o momento aeroporto! Tudo que o envolve. Chegar 3 horas antes, tira sapato, enfrenta filas gigantes de imigração e revista, aquele estresse de raio x (especialmente nos EUA). Cada vez tenho menos saco pra isso. Os horarios de check in e out dos hoteis tb é outra baita safadeza! É absurdo vc ter q deixar um hotel ao meio dia para voar às 23h. Se alugou apartamento entao, faz o que com a bagagem?! Esses horarios deveriam mudar e serem mais casados. Por essa questão, até evito alugar apartamentos quando viajo.

Eduardo Barros Leal

Sempre o maldito Raio X, a última experiencia foi phooodda !
Voltando de Dubai para São Paulo, com conexão para Fortaleza, a p..... do apito do RAIO X tocou 5 vezes, e eu me desfazendo de tudo, voltando para passar novamente pelo Rio X, e a p..... apitando e o funcionário falando (de sacanagem em árabe), eu preocupado com o vôo e respondendo em inglês, o problema é que vesti duas calças jeans, que não cabiam mais na mala, a calça de baixo tinha um logo do D&G em aço e acionava o alarme, só lembrei quando já estava há dez minutos para a entrada na aeronave, então consegui embarcar, e após mais 14 horas de vôo, cheguei em São Paulo, e ao fazer a conexão para Fortaleza, começou tudo de novo, o problema desta calça acontecia sempre depois de tirar as botas fivelas metálicas, cinto com fivela metálica, mochila, celular, casaco, enfim, sempre é a pior parte da viagem.

Valéria M. Meirelles

Imigração e Raio X, sempre!

mayra moraes
mayra moraesPermalinkResponder

bem todas as dificuldades fazem parte...o duro mesmo é voltar para casa e cair na real!!!!

Kami
KamiPermalinkResponder

Acho que todo o "processo de aeroporto" é um transtorno enorme e tem que ser repensado:

- ter que chegar 3 horas antes (mesmo com check-in online, a fila para só despachar a mala demora do mesmo jeito), ou seja, sair de casa 4 horas antes (se vc mora em São Paulo, dependendo do horário, é melhor sair até antes pra garantir)
- 400 pessoas entrando por apenas uma portinha minúscula e passando por corredores apertados. Sem contar os bagageiros que não tem espaço para todas as bagagens de mão (fora os volumes acima do tamanho permitido que as companhias deixam passar mesmo assim)
- classe econômica (que costumo chamar de curral), sem espaço pra sequer respirar
- 400 pessoas saindo por uma portinha minúscula
- fila da imigração
- esperar uma eternidade na esteira de bagagem
- táxi pro hotel

É, a pior parte de uma viagem é sem dúvida a ida e a volta. O bom mesmo é só quando já estamos lá...

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Fazer as malas e o primeiro transporte no destino entre o aeroporto e o local de hospedagem, principalmente quando a viagem é internacional para um local que ainda não conheço. Esse primeiro contato é quase sempre muito estressante. Se a viagem é longa, nas demais cidades normalmente as coisas já acontecem mais naturalmente.

Cris
CrisPermalinkResponder

- Temperaturas extremas, especialmente o calor (passou dos 26-28C, eu já não me sinto bem);

- Ansiedade na imigração (apesar de nunca ter tido problemas, e nem ter razão para ter problemas quanto a isso, já tendo passado até mostrando apenas o passaporte e sem dizer nada, ultimamente eu tenho sido bombardeada com perguntas e na mais recente passagem pela imigração em Frankfurt precisei mostrar todas as reservas de hotéis e meios de transportes - coisa que nunca me pediram - e ainda me perguntaram se eu ia para a Turquia, mesmo eu já tendo dito todo meu itinerário, que nem de longe passava pelo tal país);

- Não ter finger disponível na hora do desembarque e ficar aquele tempo todo esperando alguém liberar um bendito ponto de desembarque ou decidir mandar o ônibus (não é drama, pelo menos duas vezes já fiquei nessa situação por mais de 30 minutos);

- O desespero das pessoas para sair do avião, mesmo que tenha finger disponível imediato. Aquela gente que levanta do assento assim que o avião aterrisa e não espera nem o taxiamento (fora esses detalhes, eu adoro aeroportos, LOL!);

- Multidões em locais turísticos. Se tem gente demais, eu não consigo nem raciocinar! Minha pior experiência quanto a isso foi tentar chegar perto (e sair) da Fontana di Trevi bem na semana em que ela foi reaberta ao público em 2015 depois de dois anos de restauração. Bateu uma agorafobia desagradável! sad

- Me irrita profundamente ter de autorizar bloqueio no cartão de crédito ou deixar depósito no momento do check-in do hotel, especialmente porque minha política é sempre pagar toda a estadia, incluindo extras solicitados (tipo café da manhã) na hora do check-in e não no check-out.

Ao contrário de muitos, eu a-do-ro fazer as malas, hehe!! Até já desenvolvi uma boa tática para fazer a dita cuja na volta, sem socar tudo bagunçado dentro dela! rsrs

Eu tolero perfeitamente uma viagem de 10-12 horas na classe econômica, especialmente se for em aviões com configuração 2 - 4 - 2 (pois sempre vou na janela, então, ter apenas uma pessoa para "pular por cima" na hora de ir ao banheiro já faz uma grande diferença). Mas tendo a mínima possibilidade de ir na executiva, aceito até a parte do meio sem janela, huahua (já aconteceu comigo, num upgrade gratuito totalmente inesperado na porta de embarque com a LH - a viagem de 12 horas ficou até curta demais, kkk).

Sílvia
SílviaPermalinkResponder

Longas esperas,pagar a conta do cartão de crédito e a sensação de fim de férias.

sandra
sandraPermalinkResponder

Só não gosto de voltar mesmo! O resto tudo eu gosto, até fila do raio x!

Pedro R.
Pedro R.PermalinkResponder

Minha birra é com taxistas. Não gosto de chegar num lugar e ter que depender de táxis por não ter transporte público. Prefiro passar por perrengues aprendendo a usar o ônibus lento do aeroporto à cidade do que ter que lidar com taxistas querendo te fazer de trouxa. Recentemente, no Vietnã, peguei um Grab (a versão local do Uber) fui para o hotel. Fiquei de cara quando o motorista descaradamente deu uma volta enorme e eu vendo tudo pelo GPS. Chegando no hotel, parei tirei minha mala do bagageiro e, quando fui pagar, paguei bem menos do que o que ele pedia, mostrei o GPS e saí andando sem olhar pra trás.

Elizabeth Dissat

Não gosto de voar. Sei que avião é um dos transportes mais seguros, mas não gosto. Não sou apavorada com isso, mas é a parte que menos me agrada nas viagens.

Isabelle
IsabellePermalinkResponder

Acho que você disse tudo na primeira frase rs raio-x, imigração, esteira de bagagens, taxista malandro. Pra mim são as piores partes. O resto a gente se adapta, por exemplo, não gosto de calor, então vou pra Europa em Fevereiro/Março, assim escapo um pouco do calor daqui e aproveito um pouco de frio lá. Arrumar malas é chato na volta só, já que dificilmente cabe tudo que foi. Pode ser um pouco de preconceito, mas me irritam muito os Chineses nos lugares turísticos, são mal educados, parecem pombos estão sempre em bando, cheiram mal, empurram e te atropelam pra tirar uma foto feia com a Mona Lisa. Tenho grande problema com eles, costumam me deixar de mau humor kkkk.

Maria Lucia
Maria LuciaPermalinkResponder

Vôo longo na classe econômica, e medo das malas ? sumiram da esteira, e vc ficar sem suas roupas (sempre levo uma uma de roupa na mala de mão)
Demais, é tudo alegria

Paula
PaulaPermalinkResponder

White people problems... rsrsrs

Mariana G.
Mariana G.PermalinkResponder

Hahahaha.. exato!!!

Cirlene
CirlenePermalinkResponder

O que eu menos gosto de fazer é arrumar as malas para viagem.

Luciana Longo
Luciana LongoPermalinkResponder

Fácil responder: as malas! Resolver o que levar, organizar, guardar e fazer caber nas malas! Odeio!

Francisco Souza

Vôos longos na classe econômica, passar pela migração no Brasil, esperar pela mala e se ela vai vir na esteira ( já tive este problema em Viena).

Fran P
Fran PPermalinkResponder

Eu não gosto do delay dos horários de chegada ao destino X check in no hotel e check out x hora em que devo estar no aeroporto para ir embora. Às vezes você chega às 7 da manhã em algum país e seu check in é às 14hs ( sim pq estão cada vez mais tarde) e mesmo que fiquem com suas bagagens tudo o que vc quer é tomar um banho e descansar antes de sair de novo. E na hora de sair, o check out é às 10 hs da manhã ( sim pq estão cada vez mais cedo) e seu vôo é às 22 horas, um horror!. Essa é a parte mais chata na minha opinião.. E nem sempre vc tem grana sobrando para pagar duas diárias extras pq muitos hotéis não fazem early check in ou late check out.

Cecilia Lucia Bastos

Ola,

Odeio aeroporto e passar pela imigraçao! A policia da imigraçao é horrivel em qqer lugar! Ja tive experiencias desagradaveis em Toronto, Lisboa, Frankfurt, Roma, Dallas, New Orleans; enfim, é sempre muito stress. Eles nos tratam com total descaso, mau humor e arrogancia. Eu nunca sei qual a melhor forma de me postar! É muito desagradavel!

LUIZ ALBERTO MORIS

O que menos gosto é planejar a viagem desde o inicio e deixar toda engessada, tipo reservar hotel, reservar carro, deixar tudo planejado, de forma que tem que ficar aquele tempo que planejou. Gostaria de comprar a passagem e ir viajando, ficando o tempo nos lugares que a alma manda, mas tem consequências viajar livre, leve e solto. No fundo, gosto de ter surpresas viajando, talvez me permita mais.

Lucia
LuciaPermalinkResponder

Sem sombra de duvida arrumar a mala.
Viajo no Outuno e sou friorenta, entao tome roupa quente e depois tenho que comprar algo mais leve.
Nao gosto tb das filas para embarcar.

Mariana G.
Mariana G.PermalinkResponder

A pior parte pra mim é a compra das passagens!! Especialmente em uma época como essa em que achar uma bendita passagem pra qualquer lugar da Europa não tá saindo por menos de R$3.200 (a não ser de Alitalia.. mas vai saber, né?). Até pq, pra mim, todo o resto acaba sendo sempre um grande prazer.. depois da compra da passagem, amo tudo que envolve viajar!!

monica drumond

Eu detesto viajar de avião. E não importa o tamanho da aeronave ou a companhia aérea. Suo frio em frente ao computador, tenho crises de ansiedade efetuando a compra e já paguei mais caro porque não conseguia concluir a compra por semanas ,de puro nervoso. Todo o restante eu levo de bom humor.

denise
denisePermalinkResponder

Arrumar a mala é horrível mesmo! Dá um trabalho pensar no que levar, e ver se cabe tudo e o excesso de peso... A volta é quase pior, a mala engorda na viagem e que suadouro pra fechar o zíper!
Revista no raio x tb é ruim, pessoas mal educadas me chateiam

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar