Lençóis Maranhenses

Ciclo das águas

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

É lindo. É único. É o ecossistema mais original do Brasil.

Mas de "deserto", os Lençóis Maranhenses só têm mesmo a areia. Chove bastante no primeiro semestre, que é quando as lagoas enchem. Tão logo as chuvas cessam, lá por junho, e o sol passa a brilhar todos os dias, as lagoas começam a secar. Em meados de outubro, a maior parte estará vazia.

Quando ir | Como chegar | Onde ficar | Onde comer | O que fazer

Lençóis Maranhenses: Barreirinhas

Barreirinhas: a 'capital' dos Lençóis

"Em qualquer lugar do mundo este lugar seria visitado só pelas dunas, mesmo se não houvesse lagoas", me disse uma vez um pousadeiro gringo. Ele tem razão. Mas a beleza das lagoas é tamanha, que é difícil viajar até tão longe numa época em que não elas estejam em cartaz.

Roteiros São Luís + Lençóis | 3 noites | 4 noites | 5 noites | 7 noites

Roteiros só Lençóis Maranhenses | 2 noites | 3 noites | 4 noites | 5 noites

Roteiros Rota das Emoções | Melhor sentido | 7 noites | 14 noites

Santo Amaro

Santo Amaro: uma vilinha do interior

De todo modo, nem só de lagoas entre dunas são feitos os Lençóis Maranhenses. O Rio Preguiças é caudaloso o ano inteiro -- e proporciona passeios de voadeira, atividades aquáticas e banhos gostosos.

Quando ir | Como chegar | Onde ficar | Onde comer | O que fazer

Lençóis Maranhenses: novos acessos e seus impactos

Em 2016, dois acessos foram terraplenados: a ligação entre a BR 402 e o povoado de Santo Amaro (que foi parcialmente asfaltada), e a estrada entre Barreirinhas e Paulino Neves. Em 2017, já é perceptível o aumento de visitação às dunas próximas a Santo Amaro, com maior presença de veículos (credenciados) nas rotas autorizadas. Barreirinhas, por sua vez, soube disciplinar o fluxo às áreas do parque nacional -- e apesar de você dividir as dunas e lagoas com muita gente, os veículos ficam escondidos.

Lençóis Maranhenses: Atins

Atins: ruas de areia e gringos

Atins continua a mesma: mais remota, com ruas ainda de areia, atraindo kitesurfistas (entre agosto e dezembro) e sendo o ponto de partida para a travessia guiada do parque a pé.

Quando ir | Como chegar | Onde ficar | Onde comer | O que fazer

Lençóis Maranhenses: quando as lagoa estão cheias?

154 comentários

Lisiane Kleinick

Olá, iremos para os Lençois Maranhenses em setembro/2016, estou pesquisando os passeios, ainda não definimos bem qual fazer, o tempo lá será curto, 3 noites e 2 dias apenas então como estaremos em 5 adultos e 4 crianças pensamos em fazer lagoa azul ( no turno da tarde) e no outro dia o passeio do rio preguiça, essas seriam as melhores opções para fazer com criança?
Outra duvida, a pousada já está reservada, é necessário reservar os passeios também com antecedência?

Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lisiane! Se você puder, deixe essa viagem para o ano que vem. Este ano choveu pouco e as lagoas devem secar ainda em agosto.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Como este site me ajudou bastante, gostaria de deixar minha contribuição.

Bom... essa história de ir aos lençóis só quando as lagoas estão cheias é pura bobagem. Aquele lugar é lindo com lagoa cheia ou seca. Deve-se apenas evitar o período das chuvas. Além disso, há lagoas que nunca secam.

Santo Amaro: esse é o lugar!!! Simplesmente deslumbrante!!! Não se pode deixar de fazer Espigão (caminhando pelo rio) até Betânia (e lá ver o por do sol). Agora... lagoas da sonda, das pedras, das cabras, das emendadas, bela e murici... são indescritíveis! Você verá algumas das paisagens mais belas desse nosso planetinha azul!

Barreirinhas: Depois de Santo Amaro realmente perde um pouco a graça. Vale muito a pena fazer o passeio pelo rio Preguiça (Caburé e Vassouras). Uma dica: peça para o barqueiro avançar até o encontro das águas do rio com o mar (ao lado de Atins), pois a paisagem é fantástica.

Atins: Muito bonito e paisagens rústicas, mas não sei se vale a pena ficar mais do que um dia lá. Comi o tal camarão (seu Antonio) e não achei maravilhoso como dizem e ainda me fez mal.

Infelizmente (ou felizmente para alguns) esse ano será o último de sossego em Santo Amaro, pois a estrada já está prestes a ser asfaltada. Uma pena! Diferentemente de Barreirinhas, SA ainda é um paraíso pouco explorado pelas hordas de turistas. Tive oportunidade de estar diante de cenários lindíssimos e completamente desertos. Sem exagero, senti que estava no paraíso (e realmente estava).
Sobre SA quero deixar as seguintes dicas:
quem puder vá ainda este ano;
faça os passeios pela cooperativa (fale com a Débora - ela é muito atenciosa - pelo nº 9888617358);
para fazer as dunas procurem pelo Tourinho (conhece tudo daquele lugar).
abraços e boas viagens a todos!

DANIELE
DANIELEPermalinkResponder

Alexandre, mas como já diz no inicio do post, vc sai de tão longe pra não ver as lagoas é ruim, por mais que seja lindo de qualquer forma, acho que uma viagem deve ser feita sim na melhor época e aproveitar td.

Aline Mayworm
Aline MaywormPermalinkResponder

Antes das minhas viagens sempre entro aqui para ler sobre os locais. Este ano resolvi conhecer os Lençóos, fui para Barreirinhas no período de 13/09 até o dia 17/09/16, adorei realmente uma beleza indescritível, mesmo lendo que não seria um bom período resolvi arriscar. As lagoas que encontrei cheia depois de muita caminhada valeu muito. Assisti ao por do sol nas dunas, fiz o passeio da voadeira pelo Rio Preguiça, flutuação na Cardosa e fui Atins.
Um bom local para se conhecer.

Jefferson
JeffersonPermalinkResponder

Estive lá com minha namorada na primeira semana de setembro (2016) e realmente boa parte das lagoas já estavam secas, mesmo assim o lugar é maravilhoso. Recomendo em Santo amaro ir até a Betânia, andorinha tb.
Em relação ao transporte, tivemos um contratempo com o Carlos (Transfer Malheiros telefone 98-98826-5232, que nos levaria de são luiz até santo amaro)) prometeu nos buscar na madrugada (2h30) e o motorista simplesmente furou e não avisou. Td isso pq eu tinha passado o endereço do hotel e ligado pra ele diretamente as 19h do dia anterior. Perdemos um dia de viagem pq os transportes só saem em horários específicos e sendo assim só fomos pra lá as 12h. Portanto, não recomendo.

SILVANA
SILVANAPermalinkResponder

Não deixem construir estrada de asfalto de sangue a Santo Amaro, vai acabar o sossego...Santo Amaro é uma magia e nao pode acabar o encanto deste lugar...Lençois Maranhense acho que nunca estive em um lugar tão lindo.

Priscila
PriscilaPermalinkResponder

Buscando informações sobre o nível das lagoas, vi que o próprio site oficial do parque atualiza mensalmente o estado atual do nível das águas no link: https://parquelencois.com.br/lencois-maranhenses-lagoas/
Talvez seja de alguma ajuda aos que têm dúvidas sobre a condição do parque em uma data próxima à da visita!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Priscila! Não é um site oficial, é de uma agência de turismo receptivo, mas parece ser confiável.

Estamos acompanhando a situação das chuvas, está chovendo bastante desde o início do ano! A temporada de 2017 promete.

Carla Tolosa
Carla TolosaPermalinkResponder

Esse post e o post de "como chegar" estão incríveis!!!! (Não esperava menos ?)

julio
julioPermalinkResponder

Ola estou pretendendo ir agora em junho no feriado dia 15 gostaria de saber se e uma boa epoca e se tem chovido bem na regiao

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Julio! Esse ano tem chovido, sim. As perspectivas são boas.

Maria Antonia
Maria AntoniaPermalinkResponder

Olá! Estou com viagem marcado para os Lençois e descobri que estou grávida. Agora estou em dúvida se vou ou não, pq os passeios envolvem muita caminhada nas dunas né? Enfim, nao tenho muito ideia... o que acha? É uma viagem recomendada para uma grávida? Abraço.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Maria Antonia! Converse com seu médico. Blogueiros de viagem e internautas leigos não são bons consultores de assuntos de saúde.

Mariely
MarielyPermalinkResponder

Olá! Ótimos os posts sobre Lençóis!! Estou na mesma situação, grávida e querendo ir para lençóis nas primeira quinzena de junho (estarei de 18 semanas). Minha médica liberou caminhadas e praia, então o que estou pesquisando é sobre o quanto de socos posso ter nos trajetos, já que isso seria desconfortável. O último trecho para chegar a Santo Amaro que não está terraplenado, como é a qualidade? É areia, por isso precisa de 4x4, ou é estrada ruim cheia de buracos? A opção que vocês falam no outro post: São Luís-Santo Amaro de van + carro de linha, iria possível fazer van + transporte fretado 4x4? Ou para transporte fretado 4x4 (que me parece mais confortável que jardineira) somente saindo desde São Luiz? Sobre Atins estou desistindo já que a opção é fazer o passeio do rio preguiças e depois pedir para a pousada esperar com quadriciclo, o quadriciclo não me parece uma boa ideia. Então pensei em fazer só Barreirinhas e Santo Amaro mesmo (a não ser que os 10min finais de SA sejam muito roots), fazendo o passeio do Rio Preguiças sem ir a Atins. Mais uma dúvida: existe algum motivo especial para vocês recomendarem Lençóis depois Jeri? Estou pensando em fazer o sentido contrário (usando a Rota Combo), já que minhas férias são nas duas primeiras semanas de junho, final do período chuvoso, pelo que eu vi Jericoacora tem menos precipitação histórica que Barreirinhas então pensamos em fazer primeiro Jeri para tentar reduzir o risco de chuva nos Lençois... Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mariely! Não tem nenhuma contra-indicação em fazer o roteiro no sentido contrário. Os últimos 10 km de Santo Amaro são na areia. O nível de solavanco vai depender da velocidade do motorista. Se ele estiver exagerando, reclame.

Aldo Luiz Cordeiro

Também tô indo em 15/06 com 2 amigos mas pretendemos fazer a travessia dos lençóis a pé... Se souber guias com preços em conta avisa... Pq alguns estão cobrando absurdos...
Qualquer coisa e não achar guia vamos fazer sozinhos com GPS...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Aldo! Atravessar um deserto sem guia não é algo que pessoas sensatas fariam. Sua vida vale menos que a diária de um guia?

Andressa
AndressaPermalinkResponder

Bom dia,
Estou analisando de viajar no final do ano com a minha família nos Lençóis Maranhenses.
O que me sugerem de passeio?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Andressa! Sugiro que você dê um passeio até a página Quando ir, onde verá que no fim do ano você perderá a viagem porque as lagoas estão secas.

Regina Gorges
Regina GorgesPermalinkResponder

Boa tarde irei para os lençóis no dia 09/09, estou com dúvidas de onde ficar, não quero gastar muito e não sou apegada a acomodações super incríveis, gostaria de um local acessível e que pudesse vivenciar mais a cultura do local, por isso pensei em Atina e Santo Amaro (isso?)... Voxe recomenda algum hostel nesses locais, iremos em 5 pessoas... Obrigada pelas dicas estão sendo muito úteis!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Regina! Esta é apenas a introdução do capítulo. Sobre hospedagem, veja:

http://www.viajenaviagem.com/destino/lencois-maranhenses/onde-ficar-lencois-maranhenses

Karen
KarenPermalinkResponder

Olá, estarei em Lençóis em julho e pretendo ir à Santo Amaro. Vcs tem informação se ainda precisaremos parar em Sangue e seguir em outro veículo? Como está a construção da estrada? Minha última estadia será em Atins antes de partir para Parnaíba. Tenho realmente que voltar para Barreirinhas ou tenho como ir direto? Obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Karen! Pelo que ouvimos (vamos conferir agora no fim de junho), a estrada para Santo Amaro está terminada e há um estacionamento antes da vila, onde o carro deve ser deixado. Não há como chegar de carro comum a Atins, nem há planos para que isso aconteça.

Felipe
FelipePermalinkResponder

Olá, boa tarde! Eu irei para os lençois em julho e dividi meu roteiro assim:
-03 a 05/07 - Barreirinhas
-05 a 08/07 - Atins
-08 a 10/07 - Santo Amaro
No entanto estou tendo algumas dificuldades logisticas para a movimentação. Na sua opinião qual seria a melhor forma de me locomover entre esses lugares?
Estaremos em cinco pessoas. De Barreirinhas a Atins é possível aproveitar o passeio pelo Rio Preguiças já levando as mochilas pra ficar em Atins? Para ir de Atins a Santo Amaro eu tenho que retornar de barco até Barreirinhas para pegar um translado ou é possível ir direto? Esse translado de barreirinhas a Santo Amaro tem horário fixo ou consigo contratar um transporte particular? é possível alugar um 4x4 em Barreirinhas e devolver em Sangue ou São Luis?Obrigado!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe!

Leia:
http://www.viajenaviagem.com/destino/como-chegar-lencois-maranhenses

A única modificação é que não há mais necessidade de baldeação em Sangue, a estrada vai até o estacionamento de Santo Amaro, a 10 minutos de jardineria da cidade. Mas os trajetos possíveis estão todos listados. Por favor leia o nosso conteúdo antes de perguntar.

anderson carvalho machado

Olá, esse estacionamento é pago? se for qual o valor?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anderson! Não sabemos ainda.

Ana Carolina
Ana CarolinaPermalinkResponder

Saudações!
Irei para os Lençóis em julho, passarei 10 noites que estou estudando em como dividir, consultando agências, traslados etc...
As dicas do VNV são sempre preciosas para mim! Foi seguindo as dicas que eu incluí Cayo Largo na minha ida a Cuba (que é incrivelmente melhor que Varadero) e troquei Morro por Boipeba.

Minhas maiores dúvidas para montar o roteiro a Lençóis giram em torno de segurança (sou gata escaldada, já fui assaltada fazendo trilha na Bahia, com guia e tudo, já contei aqui, então eu e marido sempre nos perguntamos sobre a segurança depois daquilo - e além disso, nos acompanhará nosso filho de 5 anos). As questões:

1) chegando no aeroporto em São Luís 3:30 da madruga é seguro contratar um transporte e encarar a estrada ou é melhor esperar as vans da manhã?
2) posso comprar os passeios diretamente nos lugares (principalmente se resolver ficar em Atins e/ou Santo Amaro) ou é melhor sair com tudo reservado com agência? *as reservas de hospedagem eu farei antes.
3) de maneira geral os Lençóis são seguros ou é necessário algum cuidado especial?

e uma dúvida que não tem nada a ver com os Lençóis, mas sim com expedições em que se dorme picado e se carrega a vida na mochila: como carregar dinheiro e documentos (ainda mais considerando que: a) pousadas não costumam ter cofre; b) em certos lugares só é aceito dinheiro em espécie)?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ana Carolina! O acesso à área do parque é supercontrolado, o ambiente é inóspito para ladrões a pé. Os passeios a partir de Atins ou Santo Amaro podem ser arranjados pelas pousadas. Sinalize que você está disposta a compartilhar o passeio, para que a pousada possa dividir com outros hóspedes se aparecerem. (Normalmente é mais fácil conseguir mais passageiros para o seu passeio in loco, quando você conhecer pessoas.) Você também pode ligar para a Santo Amaro Coop (o telefone está na seção O que fazer) e tentar se encaixar num passeio em grupo, mas na vida real essas coisas só são definidas de última hora, ninguém por lá é tão organizado assim. Indo com tempo, tudo se arranja. Os passeios de Barreirinhas saem diariamente por vários operadores e podem ser reservados de véspera (e às vezes, no dia). Se você dispuser de tempo, dormir uma ou duas noites em São Luís vai te deixar mais descansada para começar a viagem do que emendar uma noite no avião com um diretão a Santo Amaro ou Barreirinhas (reserve a noite anterior à madrugada da sua chegada, para chegar no hotel ou pousada e já subir ao quarto). A diferença entre sair às 3h30 num táxi ou trãnsfer exclusivo ou às 7h numa van é mais o preço, mesmo. Você perderá a noite das duas maneiras.

Guilherme
GuilhermePermalinkResponder

eu concordo com a Boia:
Como voce tem 10 noites, aproveite para passar 1 dia em São Luis, e só vá para os Lençois no dia seguinte ao da tua viagem.

Paula Ferreira

Estou pesquisando para ir conhecer lençóis no meio de setembro, quero saber como foi a época de chuva, se as lagoas estão cheias?? Se compensa ir nesta época?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Paula! Aparentemente choveu bem esse ano. O Ricardo Freire vai para lá semana que vem e trará informações frescas.

Viviane Couto
Viviane CoutoPermalinkResponder

Boa noite. Este ano choveu bastante? Pretendemos ir final de Setembro deste ano, será q as lagoas estarão cheias?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Viviane! Parece que choveu bem. Mas mesmo assim, no fim de setembro, privilegie Santo Amaro.

Anderson VS
Anderson VSPermalinkResponder

Olá, bom dia!

Estou com viagem programada pra o início de setembro (06 a 11/09/2017) para os Lençóis Maranhenses. sabe informar como estão os níveis das lagoas e se há perspectiva de nessa época encontra-las cheias?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Anderson! Este ano choveu bem. Em setembro as lagoas de Santo Amaro devem ter mais volume que as de Barreirinhas.

Vanessa
VanessaPermalinkResponder

Olá, vi uma promoção para ir aos lençóis maranhenses em 17/11/17 e gostaria de saber se nessa época as lagoas estarão secas, não estou achando muita informação sobre os níveis de chuvas este ano. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Vanessa! Falamos sobre os níveis de chuva deste ano em vários posts recentes. Talvez você não ache porque você não presta muito atenção no que está lendo. Por exemplo, nesta página há dois links para uma página com o título explícito LENÇÓIS MARANHENSES: QUANDO IR. Se você tivesse tido a curiosidade de clicar e, depois de clicar, se desse ao trabalho de ler o que está escrito nela, veria que novembro não é indicado para ir aos Lençóis Maranhenses mesmo nos anos em que tiver chovido de maneira mais abundante.

Sandra
SandraPermalinkResponder

RIcardo de Alcântara o melhor é voltar a São Luís ou ir para Santo Amaro ou Barreirinhas direto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sandra! Quem responde é A Bóia. A não ser que você vá de carro ou frete um transporte, você não consegue voltar de Alcântara e seguir aos Lençóis no mesmo dia. Durma em São Luís e siga viagem de manhãzinha.

Veja roteiros:

http://www.viajenaviagem.com/destino/lencois-maranhenses/como-chegar-lencois-maranhenses#slz-lma

Klenize Favero

Sandra, acabei de voltar dos Lençóis e fiz o seguinte: saí de Alcântara de manhã com o FERRY (van até o ferry), atravessei para São Luís e de lá peguei uma van à tarde, pré-contratada, para ir a Barreirinhas. Saí às 9h da pousada em Alcântara e cheguei às 21h na pousada em Barreirinhas. Foi cansativo, mas dá para fazer.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Klenize! É importante avisar os leitores que o terminal de ferry-boat que serve a Alcântara está a 60 km da cidade, e que a chegada em São Luís é num porto afastado do centro, a 10 km do centro histórico e a 20 km do aeroporto. Essas informações são importantes para tomar a decisão de enfrentar esse périplo para ganhar uma noite.

É uma alternativa, mas continuamos acreditando que a viagem é menos estressante pegando o barco de tarde em Alcântara e dormindo em São Luís para seguir de van na manhã seguinte a Barreirinhas.

Klenize Favero

Acabei de voltar dos Lençóis e é lindo demais!!!. Como sempre me inspiro neste site, vou contar um pouco da minha experiência. Cheguei em São Luís sexta à noite. Sábado fiz o tour pelo centro histórico da capital, gostei muito. Domingo de manhã fui para Alcântara de barco. Lá, fiz o tour pelo centro histórico e, à tarde, fiz o passeio de barco à Ilha do Livramento, onde há fósseis, e Ilha do Cajual, onde os pássaros guará fazem ninho. Foi muito bonito, ainda mais com o pôr do sol. Alcântara é linda também à noite. E é imperdível experimentar o "doce de espécie" local, uma espécie de doce de coco tipo "queijadinha". Segunda de manhã voltei para São Luís de FERRY (peguei van até o Ferry), pois o horário do barco era muito ruim. Em São Luís, peguei van até Barreirinhas, chegando lá à noite. Optei por fazer base em Barreirinhas e não me arrependo. O local tem toda a estrutura necessária: restaurantes, farmácia, mercado, agências de turismo... e até hospital, que foi importante por causa de uma infecção de garganta. Na terça, fiz Lagoa Azul de manhã e Lagoa Bonita à tarde. O trajeto é de 4x4 passando por estradas de terra, areia e dunas. No local, é necessário subir e descer muitas dunas. É uma atividade de intensidade moderada. Acho que seria desconfortável para alguém mais idoso, para quem tem problema de coluna e joelho, crianças muito pequenas (menos de 5 anos) e grávidas. Em relação ao local, não preciso nem dizer, né? O paraíso na terra! É um lugar incrível, as fotos não fazem jus à beleza do lugar! Inesquecível! No dia seguinte, fiz o passeio de lancha pelo Rio Preguiças até Caburé, passando por Vassouras e Mandacaru. Esse passeio é simplesmente *imperdível*! Em Vassouras há uma lagoa linda, em Mandacaru subimos no farol para ter uma visão inesquecível do local e em Caburé existe a possibilidade de se banhar no rio ou no mar (praia maravilhosa), além do almoço. Na quinta-feira, fiz bate-e-volta a Atins. O passeio foi lindíssimo, mas não me arrependo de ter feito bate-e-volta, pois Atins não tem estrutura (o que pode ser uma vantagem para alguns, é claro). Na sexta, fiz bate-e-volta a Santo Amaro. É muito bonito, também com lagoa, rio e mar, mas foi um pouco cansativo, pois é mais longe de Barreirinhas. Ah, e o camarão é uma delícia! Sábado fiz a flutuação no Rio Cardosa e foi o passeio que achei mais chatinho, totalmente dispensável. O rio quase não tem correnteza, não teve muita graça. À tarde retornei para São Luís, chegando lá à noite. Domingo passeei pelo centro histórico, aproveitando a feirinha na praça da igreja (parece que tem todos os domingos) e a apresentação linda do Boi! Lugares maravilhosos, pessoas simpáticas, comida deliciosa, o Maranhão vai deixar saudades! Se alguém tiver interesse, seguem as pousadas e serviços utilizados: em SÃO LUÍS, recomendo a Pousada Portas da Amazônia, no centro histórico. Em Alcântara, a Pousada La Maison du Baron, no centro histórico. Em Barreirinhas, a Pousada D'Areia, no centrinho. A maior parte dos traslados e passeios eu fechei com a Ponto a Ponto Turismo (Pedro Afonso - 98 98821-6449), excelente! Atins eu fiz com o Marquinhos (as pousadas de Barreirinhas o conhecem) e Santo Amaro com a São Paulo Turismo, a maior agência de turismo de lá. Também conheci a Valfa e a Azul. Em Alcântara, procurar o guia Danilo, da Pousada Bela Vista.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar