Lisboa

Quando ir

  • 0
Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Não há época desaconselhável para ir a Lisboa. Seus invernos são amenos em comparação ao norte da Europa: pense em temperaturas mínimas de 8ºC, com máximas chegando eventualmente a 15ºC, em dezembro, janeiro e fevereiro. O inverno também é menos chuvoso do que o do norte de Portugal: enquanto no inverno a precipitação é de mais de 200 mm mensais no Porto, em Lisboa as chuvas e chuvisqueiros, apesar de constantes, atingem 100 mm.

Junho, julho, agosto e setembro são quentes, mas nada que você nunca tenha vivido num verão brasileiro: máximas próximas a 30ºC (em junho e setembro) e acima disso (em julho e agosto), com mínimas no entorno dos 20ºC. A vantagem é que quase não chove no meio do ano.

Abril e outubro têm temperaturas entre 15ªC e 20ºC e chuvas moderadas. Maio já tem pouca chuva e máximas pra lá dos 20ºC. Março e novembro podem ter mínimas próximas de 10ºC, com máximas não muito acima dos 15ºC. Novembro é um mês bastante cinza, com chuvisqueiro.

A época mais animada para visitar Lisboa é junho, mês dos santos padroeiros. (Sim, é de lá que vieram as nossas festas juninas!) A programação das Festas de Lisboa vai de 1º a 30 de junho, acompanhe aqui.

Calendário de preço de passagem aérea: Lisboa (fonte: Viajanet)

2 comentários

Angela oliveira

Lisboa tá muito quente e parece a torre de babel. A Euopa inteira tá aqui, impressionante!!! A cidade tá sendo restaurada como uma rapidez invejável. Tá muito linda e os brazucas estão vindo em bando. Vim estudar aqui e não quero mais voltar. Aos 63 anos quero curtir muito ainda. Cansei de esperar de o Brasil mudar. Angela

Daniela
DanielaPermalinkResponder

Tá certinha Ângela. Concordo Plenamente.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar