Porto Alegre

Beira-lago

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Por dois séculos e meio Porto Alegre acreditou ser banhada pelas águas do Rio Guaíba. Um dia os porto-alegrenses acordaram com a notícia de que o seu rio é, na verdade, um lago (e que isso mudaria também as regras de ocupação das margens). A nova denominação ainda causa controvérsia – e é um ótimo assunto para puxar quando você não quiser falar de futebol.

O rio que virou lago não é a única novidade. Nos últimos tempos Porto Alegre vem ganhando ares cada vez mais cosmopolitas. A carne continua sagrada, mas a cena gastronômica vai muito além das churrascarias. A programação cultural é intensa e diversificada.

Para descobrir uma das mais surpreendentes capitais brasileiras, basta aproveitar as folgas de uma viagem a trabalho e seguir a agenda dos porto-alegrenses. Ou dar-se ao luxo de uma escala mais demorada antes de subir a Serra.

Quando ir

A umidade é intensa tanto no inverno quanto no verão, acentuando as sensações de frio e calor.

O outono é a estação mais seca, com dias quentes e noites frescas. A época mais bonita do ano, no entanto, é a primavera, enfeitada por uma profusão de jacarandás floridos.

Porto Alegre fica ainda mais interessante na época de eventos culturais.

O maior deles é a Feira do Livro, sempre na primeira quinzena de novembro, e que em 2014 completa 60 anos na Praça da Alfândega. E em setembro há o Porto Alegre Em Cena, um festival internacional de teatro.

Como chegar

O aeroporto de Porto Alegre localiza-se ainda dentro dos limites da cidade.

É possível chegar com vôos diretos desde São Paulo (Congonhas e Cumbica), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), Florianópolis, Curitiba, Campinas, Belo Horizonte, Foz do Iguaçu e Brasília. Há vôos diretos também para Buenos Aires, Montevidéu, Lima, Cidade do Panamá, Miami e Lisboa.

As cidades turísticas da Serra estão a duas horas de viagem.

Gramado fica a 130 km; Bento Gonçalves e o Vale dos Vinhedos, a 125 km.

Onde ficar

O elegante bairro dos Moinhos de Vento tem tudo: localização central, hotéis, restaurantes, cafés, lojas de rua, shopping e um pequeno parque de nome superlativo, o Parcão. Por ali, o Sheraton está na boca do gol: em frente à rua dos restaurantes (a Padre Chagas e suas transversais), ao lado de um pequeno shopping (o Moinhos) e a uma quadra do Parcão. Com diárias mais em conta (mas uma pequena ladeira no caminho), o novo Master Premium Cosmpolitan está na mesma rua, algumas quadras abaixo (abaixo mesmo: conte com um belo aclive para chegar à região da Padre Chagas). Outros hotéis que deixam você perto da badalação são o Lagheto Viverone Moinhos, o Mercure Manhattan, o Adagio Moinhos de Vento e o Ibis Porto Alegre Moinhos de Vento. Há um bom hotel na borda do parque: o Quality Porto Alegre. Ainda nos Moinhos de Vento, mas talvez fora de mão para ir caminhando até a região da Padre Chagas, considere o Master Express Moinhos de Vento e o Swan Molinos Business.

O Centro da cidade fica ermo à noite; há muitos hotéis (e com diárias em conta), mas eu não me hospedaria por lá não. A não ser que fosse para ficar no Everest, que está junto à Praça da Matriz (onde fica o Theatro São Pedro) e na beira da linda escadaria do viaduto histórico da Borges de Medeiros.

Para curtir a noite mais animada do pedaço, fique no bairro (central) da Cidade Baixa. O Master Express Cidade Baixa está no meio da muvuca. Ficando no Comfort Porto Alegre ou Master Express Perimetral você vai precisar atravessar uma avenidona (a Perimetral).

O novo pólo empresarial da cidade na avenida Carlos Gomes, entre os bairros de Auxiliadora e Três Figueiras. Bons hotéis da região: Holiday Inn Porto Alegre, Novotel Três Figueiras e Swan Tower Porto Alegre.

Caso o seu trabalho leve você à Zona Sul da cidade, hospede-se no caminho: no InterCity Premium Porto Alegre ou no Blue Tree Towers Millenium (este, perto do shopping Praia de Belas e o mais próximo que há do estádio Beira-Rio).

O pólo de hotéis junto ao aerporto serve aos apressados e aos que vão apenas pernoitar para seguir viagem à Serra de manhã seguinte. Por ali escolha entre o Express Aeroporto, o InterCity Express, o Novotel Porto Alegre Aeroporto, o Deville Porto Alegre Aerporto e o Ibis Porto Alegre Aeroporto.

O que fazer

Tire uma tarde para fazer o circuito clássico do Centro, com visitas ao MARGS (o Museu de Arte estadual), à Casa de Cultura Mario Quintana e ao Theatro São Pedro, com um pit stop no Mercado Público para tomar uma salada de frutas com nata na Banca 40.

O rio-lago pode ser navegado em passeios com o barco Cisne Branco – e contemplado das janelas da nova atração da cidade, a Fundação Iberê Camargo.

À noite, escolha entre a badalação dos Moinhos de Vento (ruas Padre Chagas e Fernando Gomes) e a cena alternativa da Cidade Baixa (entre as ruas Lima e Silva e José do Patrocínio).

Porto Alegre no Viaje na Viagem

18 comentários

Paula
PaulaPermalinkResponder

Pessoal, para quem quiser conhecer mais sobre os arredores de Porto Alegre, visite o Comer, Dormir e Viajar. smile
http://comerdormireviajar.wordpress.com

Lúbia
LúbiaPermalinkResponder

Para o leitor Elimar, que solicitou dicas da Romênia, eu indico as seguintes cidades: Bucarest, Brasov, Bran (Castelo de Drácula), Targu Neamt, Piatra Neamt, Suceava e Sighisoara.

Edna M. Scatena

Boa noite, gostaria de visitar Porto Alegre e as Serras Gauchas no mês de janeiro de 2015, porém , por conta do clima estou receosa pois é uma época de muitas chuvas o que poderá atrapalhar nossos passeios.Podem me ajudar?

Grata.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Edna! É uma época um pouco chuvosa, sim. A chuva normalmente cai do meio para o fim da tarde.

Maneco Dias
Maneco DiasPermalinkResponder

Estivemos em Porto Alegre na semana de 11 a 17 de novembro de 2014 para a Feira do Livro. Queremos deixar duas dicas: o passeio pela Zona Sul é imperdível, sai duas vezes por dia, às 10:30 e as 15:30 da Secretaria de Turismo, custa R$30,00, o melhor horário é 10:30. Outra dica, pra quem em está com pouco e fazer Gramado e Canela no mesmo dia. Fizemos esse passeio com o Guia Fernando Rosa, pessoa extremamente atenciosa e competente, saímos do Centro de Porto Alegre às 09:00 e retornamos ás 22:00. Visitamos todos os pontos turísticos nos horários certos, Gramado, Canela, Lago Negro, Fábricas de chocolates etc. Dá para fazer esse bate e volta tranquilo. Os tels. do Guia Fernando Rosa são (51) 97616988 - 82031825 e 93287442. Maneco

Mercia
MerciaPermalinkResponder

gostaria de saber se devo levar agasalho ,pois vou em fevereiro para gramado e porto alegre. ainda não reservei hotel em POA .alguma indicação?
obgda

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mercia! Veja dicas na seção "Onde ficar" deste guia. Faz calor no verão, mas é sempre bom ter um casaquinho smile

George
GeorgePermalinkResponder

Pessoal, como os feriados variam de estado pra estado, e cada município tem suas próprias datas comemorativas e feriados, sugiro que use o www.calendario.com.br/2015 . Tem os calendários municipais das cidades do Brasil todo. Dessa forma, dá pra aproveitar melhor os dias de folga. Confiram lá!

Pedro Longhi
Pedro LonghiPermalinkResponder

Há também um belo passeio de catamarã saindo do porto de Porto Alegre e indo até a cidade de Guaíba, uma travessia de 15 minutos (agora em janeiro 2015 está abrindo um novo terminal, ao lado da Fundação Iberê Camargo onde dará para fazer um passeio único visitando estas duas atrações). Lá em Guaíba há alguns bons restaurantes para almoçar com vista para Porto Alegre (um bom exemplo é o Caisinho, com uma excelente cartas de vinho e que serve excelentes peixes).

Lais
LaisPermalinkResponder

E o Jardim Botânico!? É super bonito, mas super esquecido também... Conheço vários portoalegrenses que nunca foram, mas acho que vale a pena...

Mercia
MerciaPermalinkResponder

Está programado para irmos dia 4 de fevereiro para as serras e dia 09 ao dia 12 para POA. Essa data é muito chuvosa?

Mercia
MerciaPermalinkResponder

boia por favor dê umas dicas de onde ir em POA e qdo é a colheita da uva. Obgda

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mercia! O verão pode ser chuvoso no sul. A Festa da Vindima em Flores da Cunha acontece a partir de 9 de fevereiro. Para restaurantes em Porto Alegre, consulte http://www.destemperados.com.br .

http://www.fenavindima.com.br/

Sérgio
SérgioPermalinkResponder

Porto Alegre é uma cidade pra ver em dois dias. Mas se quer aproveitar mesmo, chegue, alugue um carro (ou vá com o seu) e vá até Bento Gonçalves fazer a rota das vinícolas. Depois vá à Gramado e Canela e simplesmente respire aquelas cidades (você vai sair dizendo:"voltarei o mais rápido que puder"!. A capital tem no bairro Moinhos e na Zona Sul os passeios clássicos. Mas nada demais. PoA está velha, suja e muito insegura. Você raramente vai ver policial na rua. Fique muito atenta(o) se for andar no centro, especialmente na rua dos Andradas. Centro à noite só se for comprar drogas. Não se arrisque. Se quiser hotéis mais em conta fuja do Moinhos. Ali você vai deixar o rim. Opte pelo Intercity ao lado do aeroporto que tem preço business e está próximo de tudo. E você vai agradecer quando tiver que ir pro aeroporto. Outro local bom é a avenida Protásio Alves. Local estratégico e com hotéis de muito com gosto, com ótimo custo/benefício. Ah, e não deixe de tomar o metro ou de carro mesmo e ir até Novo Hamburgo. Procure pelo Outlet Platinum e encontre preços interessantes. Local seguro, grande e com muita variedade. Se puder coma na galeteria que tem na praça. Um pouco cara, mas espetacular !

Sérgio
SérgioPermalinkResponder

Não vá ao mercado municipal. A menos que queira ser assaltado. O local é feio, sujo, muito sujo e mega fedorento. As peixarias são pequenas, o pessoal fica gritando no seu ouvido e não tem nada de especial. Tudo o que tem ali você compra na rua e mais barato e mais saudável. Nem o peixe que falam ali nos restaurantes é interessante. Você vai pagar caro e ficar com a sensação de "é só isso!?"... Quer peixe ? Vá à Tramandai ou Osório. 100km pela linda Free Way. Mas mercado municipal (ou mercado público) não dá. Fuja de lá !

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Não concordo com o Sérgio sobre o Mercado Público. O lugar é lindo, come-se muito bem lá e se encontra frutas frescas, especiarias, o famoso sorvete com nata, o melhor café da cidade, moído na hora. Você não vai comprar peixe quando está hospedado num hotel, vai? Quanto à segurança, seja no Mercado ou no Centro, é igual a qualquer grande cidade do Brasil: não dá para facilitar mesmo. Quanto a cidade estar velha e suja, cara, a cidade é lindaaaaaa. Parques belíssimos, avenidas estão sendo ampliadas, o Centro histórico com arquitetura preservada, teatros, museus, galerias, cafés. Ao lado do Mercado Público existe o famoso Chalé da Praça XV que foi recentemente reformulado e é excelente sugestão para almoço ou happy hour. Há uma feira de artesanato e antiguidades, o Brique da redenção, todo domingo no Parque Farroupilha, uma enorme área verde no coração da cidade. A praia de Ipanema na Zona Sul, passando pelas marinas, o Jardim Botânico, o Parque Japonês, enfim, há muita coisa para se fazer.

Amanda
AmandaPermalinkResponder

Oie,
Eu e meu namorado visitaremos Porto Alegre no início de Julho, gostaria de saber se é muito frio? também pensamos em fazer um "bate-volta" num sábado em Gramado e Canela, fica muito cansativo?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amanda! Não precisa repetir a pergunta. Nós respondemos todas. Veja a sua resposta aqui:
http://painel.viajenaviagem.com/2010/04/porto-alegre-pra-ana-claudia-f/comment-page-2/#comment-466491

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Comentar novamente

Cancelar