10 coisas para NÃO fazer em Nova York, segundo o Concierge.com

onibusny

Eu assino a newsletter do Concierge, o braço online da Condé Nast Traveler americana. Vira e mexe eles mandam uma listinha divertida qualquer — as 10 praias mais sexy do mundo, os 10 destinos quentes do Réveillon, os 13 lugares para pedir alguém em casamento (ops, esse eu acho que inventei agora). Nada sério, tudo meio cozinhado por alguém que fuça na internet mais do que propriamente viaja. (Ops número 2 — nós também!)

Anteontem, porém, chegou uma listinha mais interessante do que a média. Nela estão reunidos os 10 lugares que o pessoal da redação do site (que fica em Nova York) considera roubadas. E para não ficar só na pentelhação, para cada um deles há a indicação de uma alternativa aprovada.

Eles já vão avisando que sabem do teor polêmico da lista, mas não poupam alguns programas imexíveis da agenda de todo turista de primeira (ou quinta) viagem.

Dê um desconto para o esnobismo e aproveite o que quiser :mrgreen:

10 coisas para NÃO fazer em Nova York, segundo o Concierge.com:

1. Comer no Tavern on the Green, no meio do Central Park, sem vista nenhuma (prefira torrar sua grana no River Café, no Brooklyn)

2. Pegar um velotáxi, o riquixá de branco (em vez disso, vá de metrô, é muito mais nova-iorquino)

3. Comer hot-dog de carrinho (guarde seu paladar para um cachorro-quente de delicatessen, como o da Katz’s)

4. Subir no Empire State; a vista é linda, mas quando chegar lá em cima você já vai ter passado por tantas filas que não vai estar no clima (em vez disso, vá tomar um drink no Rainbow Room ou, se não quiser beber, suba alguns andares até o Top of the Rock)

5. Comer uma cupcake na Magnolia da Bleecker Sreet, que ficou insuportavelmente cheia depois de “Sex and the City” (ande mais um pouquinho e experimente o cannoli da Rocco’s Pastry Shop, na mesma rua)

6. Andar de charrete ao pôr-do-sol no Central Park (é mais gostoso acordar cedo e atravessar o Central Park de manhã antes de todos chegarem)

7. Comer num restaurante em Times Square; são todos insossos (caminhe até a Nona Avenida, em Hell’s Kitchen; na rua 49 e na Nona há restaurantes bons, autênticos e em conta)

8. Assistir a um número de comédia stand-up no Times Square Comedy Show (se você gosta de stand-up, vá direto ao Upright Citizens Brigade, em Chelsea)

9. Fazer compras na Macy’s; a Herald Square é um circo! (dirija-se à Lord & Taylor, na 5a. Avenida com rua 38)

10. Não faça sua noitada  no Meatpacking District; vá de dia, pelas lojas (à noite saia no Lower East Side, que está bombando)

Antes de dar novamente o link, preciso dizer que discordo bastante da número 10 — acho que o Meatpacking ainda é mais atraente a olhos forasteiros do que o LES.

Para ver fotos de muitas dessas coisas, links de tudo e de outras sugestões que eu não pirateei junto, clique aqui.

60 comentários

Oie, aproveitando o posto sobre NY, vou incomodar com mais uma perguntinha…rsrs…alguém sabe a diferença entre New York Pass e City Pass? Pretendo escolher um (já que é a primeira ida) e não sei se há diferenças relevantes entre eles.

    Yara, fui googlar críticas comparativas e só achei um fórum do TripAdvisor em que o cara recomendava um terceiro passe, o New York Explorer! Confesso que nunca estudei esses passes… Eu tenho um pouco de medo (tá bom: preconceito) de passes em que o forte são as chamadas “atrações” e não o combo transporte + museus. Para escolher entre eles, veja quais atrações você quer ir, e quem oferece mais delas, por menos, ou com mais comodidade.

    Eu iria de olhos fechados no que a Marcie recomenda: http://abrindoobico.com/2009/06/02/venha-a-new-york-e-pass-bem/ (daqui a pouco ela esclarece se é o NY Pass ou NY City Pass)

    Resolvida a dúvida: o que a Marcie recomenda é o NY Pass!

Ric, a dica do site é bem legal, MAS, aqui no Brazil eles só recomendam o Rio? Tá certo que é a cidade maravilhosa, e etc. Porém, acredito que temos tantas outras boas opções.

O que eu fiz para comer o cupcake da Magnolia foi meio questão de sorte: passei em frente umas 11 da manhã, não tinha 4 pessoas, pedi pra viagem e comi de sobremesa após o almoço. Agora, tem uma coisa q não está aqui e eu não gostei de jeito nenhum: Carnegie Deli, comida muuuito carregada, não muito gostosa, alto índice de obesidade mórbida se espremendo nas cadeiras, tudo enorme e meio enjoativo. Lembrou-me o sanduíche do mercado de SP, q é gostoso, mas vc não aguenta comer uma metade.

Adorei esse post e os comentários! Tô só de olho! NY tá bombando na minha listinha de lugares desejados (pois é, eu NÃO conheço, ainda). Com as dicas do que não fazer, fica muito mais fácil e economizamos tempo e paciência. 🙂
E por falar em o que não fazer…Riq e Sylvia…obrigadíssimo por me ajudarem a tirar do roteiro do marido a Eurodisney. Foi muito melhor, e de quebra, conheci o Palácio de Varsailles! Foi ótimo! Obrigado por todas as dicas! bjo 🙂

Eu não consegui resistir ao cachorro quente de rua. Era um clássico que lembrava minha infância. Tive que provar. Mas não consegui provar o outro cachorro quente que a Marcie indicou perto do teatro do NYC Ballet. Quanto ao Empire States, acredito que a melhor opção seja mesmo o Top of the Rock. Compramos os tickets pelo site e não pegamos nenhuma fila. Super tranquilo.

Estou com a CarlaZ.
É bom saber que existe esta lista feita por americanos, mas é melhor ver se dentro desta lista não tem um montão de coisas que você simplesmente … gosta!
Por exemplo, eu gosto de cachorro quente então é claro que eu vou provar um cachorro quente com pedigree, ou seja na rua .
Quem gosta de Sex and the City não vai trocar em hipótese alguma o cupcake da Magnolia pelo cannoli da Rocco’s. Eu sei porque a Re gosta !
Vale como lista, mas é mais uma !

Uau, passei quase intacta pela lista (subi no Empire State, e pra ser sincera, não lembro de nada – ah sim, do hot dog na fila (juro); mas tb não lembro de ter ficado hoooras na fila não…bom, pode ser que eu tivesse bebido também…

E não preciso dizer que sou a mala do contra que adora dizer que NÃO foi onde todo mundo acha que vc tem que ir né?

Almocei no River Café uma vez, e apesar de saber que o lugar é clichézaço, eu curti (e nunca me esqueço do comentátio do Zagat, dizendo que lá é um “place to propose – aliás, esta é uma das palavras em inglês que não tem em português com a mesma graça, verve e significado né?)

Das 10 coisas, o que eu NÃO pretendo fazer na 1ªvez em NYC:
1. Comer no Tavern on the Green
2. Pegar um velotáxi, o riquixá de branco (parece brega)
5. Comer uma cupcake na Magnolia da Bleecker Sreet (certamente deve se abarrotado e não tenho tempo para perder). Agradeço a sugestão do Rocco’s Pastry Shop.
6. Andar de charrete ao pôr-do-sol no Central Park (brega demais, sorry)
7. Comer num restaurante em Times Square (nem tinha considerado isso)
8. Assistir a um número de comédia stand-up no Times Square Comedy Show
10. Não faça sua noitada no Meatpacking District; vá de dia, pelas lojas (sim, eu programei uma vista diária ao Meatpacking)

Agora, comer cachorro quente ou outras coisinhas na rua, provavelmente o farei e compras na Macy’s, não devo escapar. Quanto a supir no Empire States, só se eu comprar o City Pass e sair da fila.
Depois eu conto.

    Caso você queira mesmo um cupcake da Magnolia Bakery o enderêço deles de Uptown, 200 Columbus Avenue não é tão lotado, até pelo fato de ser maior. Eu não como doces mas quem come diz que é de lamber os beiços…

    Eu AMEI o cupcake do Magnolia Cafe, não pelo bolo, mas pelo creminho/cobertura de cima… e por incrivel que pareça não peguei fila (coisa do Santo Inverno, né?!).
    bjs

Pois eu concordo com quase tudo dessa lista. Excecão feita à Macy’s. Que, sim, é cheia, caótica, por vezes suja, mas se vc conseguir chegar logo que abre não tem outro lugar para encontrar absolutamente tudo debaixo do mesmo teto. E sempre com promocões.

O cachorro quente do Katz é mesmo imbatível. E o próprio ambiente é legal: nada mudou desde sua fundação. Eles só foram acrescentando fotos de clientes ilustres nas paredes. E a mesa onde se passou aquela famosa cena do orgasmo no filme “When Harry met Sally” é marcada com um cartazinho.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.