10 dias no Peru, vindo da Bolívia: a receita da Carla Portilho

Palácio Arcebispal, LimaJaneiro viu o desfecho de uma novela latino-americana que estava em suspenso desde meados de 2008. Finalmente a nossa Carla Portilho, do Idas & Vindas, pôs o esperadíssimo ponto final na narração de sua viagem pela Bolívia e Peru. Nesse meio tempo, muita coisa aconteceu — a Carla terminou o doutorado, o blog ganhou domínio próprio, a estrada de ferro a Machu Picchu ficou interditada (mas deve voltar a funcionar nos próximos meses) e eu comecei a escrever Cusco com s (não me perguntem por quê). Não tem problema: o que importa é que já temos a receita perfeita para fazer Bolívia e Peru na mesma viagem, testada por uma viajante feríssima. Aqui vão todos os links para os posts do Peru; no final há um link para a parte boliviana da viagem. Brava, Carla!

Por Carla Portilho, no Idas & Vindas:


Leia mais:

48 comentários

O Perú é uma dos países que tem mais diversidades na América Latina, mais não são os palácios no centro de Lima as coisas mais históricas é lindas.

As treia regiãos do Peru são completamente distintas mas ainda tem uma coisa em comum : a beleza dos paisajes.

Mas se você é uma pessoa que gosta da gastronomia e também de um café da manhã perfeito, você tem que ir à província de Chanchamayo; que fica no departamento de Junin.

Na provincia de chanchamayo, perto à Amazônia peruana, mora o “coatí”, é uns dos animais que produzem o café mais caro do mundo. Com um preço de $1.400, por kg, quase 5836,60 reais.

O mais interessante e peculiar é que os granos do café pasam pelo intestino do coatí, para ser tostados depois.
Se você quer disfrutar de um bom café, precisa visitar a província de chanchamayo.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.