Operação Cidade Limpa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

                       cityclean500.jpg

"Mantenha limpa nossa ilha", diz o letreiro fixo no pequeno outdoor de Punda (!), em Curaçao, provavelmente dirigido às mentes sujas expostas ao conteúdo do cartaz.

9 comentários

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Pôxa, mas justamente com o meu nome! (risos)
(não que eu não quisesse estar com o corpo definidíssimo da moça em questão...)

Patrícia
PatríciaPermalinkResponder

Oi, Ricardo,

Estou indo para a Bahia em março e pretendo me hospedar em um dos dois resorts novos do Litoral Norte: o Vila Galé Marés ou o Iberostar (os preços destes estão muito bons). Gostaria muito de ouvir a sua opinião: qual dos dois tem a melhor praia e a melhor comida? Pelas fotos da internet, achei o Vila Galé Marés mais bonito (mas é mais longe da Praia do Forte e tem menos opções de restaurante). O que você acha? E, por fim, no comparativo desstes dois com o Praia do Forte Ecoresort, vale a pena pagar consideravelmente mais por este último? Se não for abuso da sua boa-vontade, seus comentários podem ser decisivos. Obrigada e um abraço, Patrícia

Ricardo Freire

Patrícia, semana que vem eu devo fazer um post mais completo sobre os hotéis da "Costa dos Resorts", como acho que ainda vai ser conhecida essa região. Mas, adiantando -- eu me hospedei no Iberostar (com o hotel quase cheio) mas apenas visitei o Vila Galé (com o hotel quase vazio, e antes de se tornar all-inclusive), então não posso comparar a comida. Eu digo na matéria da "Viagem" que o Iberostar é um genérico de Club Med com Breezes, e que isso deve ser tomado como um elogio (o hotel tem muitas atividades e muita comida, por um preço ótimo, e tudo funcionando muito bem). Os senões do Iberostar, para mim: os destilados não são de primeira linha e a praia está mais para Sauípe do que para Praia do Forte. A proposta do Vila Galé é mais classuda: a decoração é moderna e a piscina é linda. A praia também é bem mais apetitosa que a do Iberostar. Ou seja: pelo ambiente, eu sou mais Vila Galé. Mas preciso dizer que fiquei muitíssimo bem impressionado com a competência do Iberostar. Já o EcoResort é um clássico -- é o mais charmoso dos grandes resortões brasileiros (para quem acredita que "charme" e "resortão" podem dividir uma mesma frase). Assim como o Transamérica de Comantatuba, trata-se um resort com alta taxa de retorno -- muita gente que vai para lá não consegue gostar de nenhum outro resortão; talvez por isso, por enquanto está agüentando firme a concorrência sem mexer nos preços. Na região ainda é o meu preferido. Mas a 3.500 por pessoa já dá para considerar ir para o Caribe ou para um hotel ou pousada de superbangalôs (Txai, Kiaroa, Toque...)

Patrícia
PatríciaPermalinkResponder

Muito obrigada. Vamos em março e depois dou o retorno. Se der, uma última pergunta, já abusando: entre o Mercure e o Vila Galé Salvador, na mesma faixa de preço, qual o melhor? (o Guia Brasil 4 rodas elogia o Vila Galé como um dos melhores e mais modernos quartos da cidade, mas você não o incluiu na sua lista de 10 do Especial da VT e, por isso, a minha pulga atrás da orelha). Se der para responder ótimo, se não tudo bem, o comentário acima já foi dez. Abraço, Patrícia

Patrícia
PatríciaPermalinkResponder

Muito obrigada. Vamos em março e depois dou o retorno. Se der, uma última pergunta, já abusando: entre o Mercure e o Vila Galé Salvador, na mesma faixa de preço, qual o melhor? (o Guia Brasil 4 rodas elogia o Vila Galé como um dos melhores e mais modernos quartos da cidade, mas você não o incluiu na sua lista de 10 do Especial da VT e, por isso, a minha pulga atrás da orelha). Se der para responder ótimo, senão tudo bem, o comentário acima já foi dez. Abraço, Patrícia

Ricardo Freire

Eu acho o Mercure mais simpático como um todo -- mas o Vila Galé tem quartos mais confortáveis, sim. Gosto também da localização do Mercure -- na porta da muvuca do Rio Vermelho.

Cecilia
CeciliaPermalinkResponder

Patrícia, seguindo a sugestão do Ricardo, tenho ficado no Mercure e acho muito boa a relação custo/benefício, sem falar na localização que é ótima: o Rio Vermelho é um bairro muito charmoso! Sempre fiquei no Catharina Paraguaçu, que ainda recomendo, se for só o casal e ficando nos quartos bacanas do sótão. Agora,com filho, os quartos maiores me decepcionaram!. Estou indo domingo para lá e passarei depois uma semana no Vila Galé de Guarajuba. Na volta posso lhe passar minhas impressões, ok?

Patrícia
PatríciaPermalinkResponder

Obrigadíssima aos dois, Ricardo e Cecília. Se na volta, Cecília, você puder me passar as suas impressões, seria ótimo. Vou no ínicio de março e estou fazendo as reservas por agora e, provavelmente, no mesmo formato, Salvador e depois Resort, com criança pequena (e minha tendência também é pelo Vila Galé, faltando apenas consultar as bases lá em casa).

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

divertidissimo!
dei gargalhadas ao ler a chamada do outdoor em Punda, me lembrando
que estava a procura de um agasalho em Praga , e me disseram que
o que eu desejava era uma BUNDA !
é sério: jaqueta/casaco em tcheco é "bunda", e se escreve exatamente
assim

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar