Charada da sexta: templo pé-na-areia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

charadatemplo217.jpg charadatemplo218.jpg

Esta religião parece ter sido feita para mim: pelo menos neste templo, o chão é todinho de areia.

charadatemplo215.jpg charadatemplo216.jpg

Você sabe onde fica? E por que o chão é assim fofinho?

charadatemplo219.jpg charadatemplo220.jpg

15 comentários

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Esta é facil... Sinagoga de Curaçao, que é assim por uma tradição religiosa....mas eu não vou mais estragar suas charadas logo de cara...

Ricardo Freire

Hmmm... muito vago, Ernesto smile

Alessandro
AlessandroPermalinkResponder

Oi, Riq! É a Sinagoga Mikve Israel-Emanuel, em Willemstad, a capital de Curaçao. Foi construida em 1732, a mais antiga do Ocidente ainda em uso.
O chao é fofinho, porque a areia simboliza o deserto onde os israelitas acamparam ea caminho da liberdade e também representam o hábito adotado por judeus espanhóis e portugueses de rezar na areia, durante a Inquisição, evitando-se assim que fossem ouvidos nos templos.
Acertei, Riq? wink

Ricardo Freire

Ahn, Alessandro, digamos assim... quase smile

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Riq, eu não sei a resposta da charada, mas te digo que achei o Alessandro bem convincente e nada vago... eu apostaria nele !!!

Ricardo Freire

Digamos que a fonte do Alessandro está 90% certa -- eu só corrigiria alguns detalhes...

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Eu ia completar, mas o /Alessandro já matou tudo....

Alessandro
AlessandroPermalinkResponder

Hmmm...eu poderia acrescentar ainda, que a areia serve para relembrar a promessa de Deus a Abraao: "sejam seus descendentes incontáveis como a areia do mar"...

Ricardo Freire

Alessandro, você já está sabendo de coisas que nem eu desconfiava smile

Agora, sério -- a minha única correção lá na sua primeira descrição da Sinagoga Mikvé Israel-Emanuel de Curaçao é que ela é a mais antiga das Américas em contínuo funcionamento (a do Recife é mais antiga do que ela, mas parou de funcionar por séculos).

A areia realmente tem esses dois significados -- representar a areia do deserto em que os judeus erraram no Egito, e também relembrar a areia que era usada como isolamento acústico para as preces judaicas na época da Inquisição.

Muitos dos judeus que se estabeleceram em Curaçao vieram do Brasil; muitos eram portugueses. O papiamento, a língua dessas bandas das Antilhas holandesas, deriva principalmente do patuá do português usado pelos escravos de diversas origens africanas que foram levados do Brasil para Curaçao por seus senhores holandeses e/ou judeus portugueses.

Alessandro
AlessandroPermalinkResponder

Entendi...Minha fonte googliana deve estar desatualizada... wink

CONCEIÇÃO  FREITAS

Ola, você e o Alessandro, estão dando umas aulinhas?
Blog também é cultura e conhecimento
Abraços

Onde você está no momento?

Ricardo Freire

São Paulo, Conceição...

Lena
LenaPermalinkResponder

Igreja com areinha dentro! Nunca iria descobrir.... Ainda mais assim sofisticada!! Pensei: Caraíva, não pode ser!! (não cheguei a entrar, porque estava de biquini smile ) Acho que Curaçao está mesmo na minha lista de pendências... Hoje comprei a Viagem e Turismo do Caribe (não vejo a hora de abrir!!).

Jorge Bernardes

Estou impressionadíssimo. Já estava contando as horas para poder entrar no blog e me deliciar com a charada da semana... ver os chutes de todos, dar o meu... e quando chego vejo que a charada já está postada e o primeiro post já acertou e o segundo mandou logo toda o background do lugar. Incrível. Parabéns Alessandro e Ernesto! A galera aqui é feríssima.

Malu
MaluPermalinkResponder

Sou assinante da Viagem e Turismo e qdo vi a capa pensei:
"-Já li sobre essa viagem do Riq, antes de todos, no VIAJENAVIAGEM. Qual não foi minha surpresa quando, depois de ler tudo, notei que o Riq tinha conseguido contar a mesma viagem num texto maravilhoso com fotos lindas. Cada dia sou mais admiradora do nosso piloto. Leiam, está muito legal.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar