Ao vivo da Cordilheira

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

A Adriana Setti, da Viagem & Turismo, acaba de viajar de carro de Mendoza a Santiago pela mais perigosa das estradas que atravessam a Cordilheira dos Andes.

O relato, divertidíssimo, está no portal ViajeAqui. Recomendo.

19 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Fernando Sevá
Fernando SeváPermalink

Grande Riq,

Tudo beleza? Eu fiz essa travessia em 2005 no invernão mesmo (e eh linda, mais é light) , porém já tinha feito a travessia dos andes em alguns pontos aqui próximos, e existe uma estrada que liga La Paz a Coroico cujo desnivel é de 3800 m de altitude (de 4900 hasta 1100) , passando pelos Yungas, que é chamada a Estrada da Morte pois é cercada de cruzes o tempo todo. e grande parte eh da largura de um carro e em cascalho, e inclusive eh muito famosa pra quem faz de bike.... by the way é muito lindo e arriscado atravessar os andes em qualquer lugar !! Abraços !

Regina Almeida
Regina AlmeidaPermalink

Oi Riq! Fiz essa viagem de buzuca..Meu Deus...o que nao fazemos quando somos jovens e sem "tempo$$$$$"? Viajei pela Aviaçao PLUMA Rio-Santiago, 3 dias...o que eu tinha pouco perdi pelo caminho de tanto estar sentada. Fiz essa viagem 2vezes, uma sem stress..somente a emoçao de ver as cordilheiras e a segunda em um mes de setembro, quando fecharam "o passo" e tivemos que passar a noite no onibus e o motorista nao sabia se seguiriamos no dia seguinte ou teriamos que viajar 24 horas mais por dar a volta por bariloche (acho que era assim a historia). E o senhor do barzinho, dizia: nao se preocupem...amanha o ceu estará completamente "despejado" e assim foi depois de uma tormenta de neve, na manha seguinte: o ceu mais azul que eu tinha visto, a cordilheira super nevada....QUE LINDO! QUE SENSAÇAO DE "NOSA NOS NAO SOMOS NADA DIANTE DE TANTA MAJESTUOSIDADE"!!!!Foi realmente uma experiencia, alem claro da adrenalina de passar por uma estrada que estavam limpando e descer os "caracoles" nessas condiçoes é de segurar o folego. Que legal é recordar!!!!E comer "unos locos chilenos" está de morte!!!!!"LOCO" - tipo de marisco...para os mal pensados!!!!

Carla
CarlaPermalink

Eu li o relato dela ontem e fiquei fascinada... Aliás, é engraçado como nós, que compartilhamos esse imenso prazer de viajar, muitas vezes nos fascinamos com coisas que deixariam a maioria dos mortais horrorizada... wink Às vezes até bate a consciência de que tem um quê de loucura nessa nossa paixão - mas dá pra resistir?!?

Hugo
HugoPermalink

Isso é que é aventura, mas apesar dos riscos existentes, parece que a viagem vale a pena o sacrifício.

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Essa é verdadeiramente uma AVENTURA. O resto é desenho animado.

Arthur
ArthurPermalink

Pois é, lá fora as estradas da morte são criadas e ditadas pela natureza e seus elementos. Já aqui no Brasil, elas também existem, só que devido ao descaso e falta de investimentos...

Sylvia Lemos
Sylvia LemosPermalink

Viagem boa de verdade é a que tem pelo menos uma
GRANDE AVENTURA , algo de dê um frio na barriga ,
uma taquicardia , uns 100% de desconhecido .

Analice
AnalicePermalink

Fernando,
Também fiz essa descida de bike de La Paz a Coroico e recomendo a todos! A Bolívia é um país muito pobre, é verdade, mas incrivelmente belo também. Para os aventureiros de plantão, é um prato cheio. Várias agências fazem este "tour pela estrada da morte de bike", mas recomendo a Gravity Bolivia e a Downhill Madness.

Daniela Siqueira
Daniela SiqueiraPermalink

Só podiam colocar mais fotinhas... Eu fui até a fronteira, em um passeio a partir de Mendoza, e fiquei com uma vontade de seguir em frente...

Jussara
JussaraPermalink

Minhas duas últimas viagens foram de avião e posso dizer que dei sorte.
A primeira em 10/11/2006 para Buenos Aires foi pela GOL e atrasou quase duas horas mas fomos premiados com um lanchinho grátis numa lanchonete bacaninha do aeroporto. Achei simpático por parte da Cia aérea. O inconveniente é que cheguei de madrugada em Buenos Aires. A volta, também pela GOL, no feriado de 15/11/06 foi tranqüila.
Em 25/01/2007, viajei para Miami pela American Airlines que foi pontual na ida e na volta.
As duas viagens foram por Guarulhos.
Ah! Um detalhe importante e que perdi a chance de incluir no comentário do post sobre surpresas boas. Nesse vôo da Gol, COMI UM SANDUICHE.
Acho que sou uma mulher de sorte....

Salete
SaletePermalink

Bem lembrado, Ric!
A aventura da Adriana merece nossa atenção, principalmente a minha, pois pretendo andar por aqueles lados.
Ela não gostou de Santiago, mas eu já estive lá, duas vezes, e acho a cidade simpaticíssima, rodeada de montanhas (por isso é poluída, o ar não circula). O mercado é uma maravilha em cores e descobertas de peixes e frutos do mar tão diferentes, oriundos do Pacífico.
Fico imaginando sua máquina fotográfica clicando aquela profusão de cores e espécies. Essa é a lembrança marcante do mercado de Santiago. (comida nem tanto). Além disso, os chilenos são ótimos, companheiros, prestativos.
Não consigo me lembrar de nada de que não tivesse gostado. (bom, pra falar a verdade, lembro sim: fui até Vina del Mar e o cassino é uma porcaria)
Agora, eu gostaria de voltar, mas para beber... desgustar o vinho que brota daquelas vinícolas. Será que vou me arrepender?
Um grande abraço, Salete

Jussara
JussaraPermalink

Desculpe, isso que dá querer comentar no horário de serviço.
Ando mesmo viajando....

Mô Gribel
Mô GribelPermalink

Salete,

Cuidado com o Mercado de Santiago.
No Carnaval escutei de 2 brasileiras que levaram a bolsa e a máquina fotográfica delas lá...infelizmente.
Fora isso, adorei a cidade, mas estranhei muito porque escutei umas 4 vezes para tomar cuidado pois eu estava andando sozinha pelo Centro.
Detalhe: de dia, em dia útil. Disseram que ficam de olho.
Fiquei grilada e chateada, pois sempre viajo sozinha e acabei me sentindo insegura lá o que acabou fazendo com que eu evitasse as caminhadas que tanto gosto.
Outra coisa de Santiago que não é legal: os motoristas de taxi são completamente loucos, correm absurdamente. Passei alguns sustos com eles.

Mô Gribel
Mô GribelPermalink

Jussara, você não foi a única! rs
Quem comeu, inclusive eu, achou que era uma alucinação. Depois descobrimos que este é o sensacional cardápio dos vôos internacionais da Gol.

Salete
SaletePermalink

Mô,
Como eu sou de "Sum Paulo", já estou acostumada com essas coisas.
Abração, Salete

Sylvia Lemos
Sylvia LemosPermalink

Mô & Salete :
Interessante esta história do mercado, pois eu não senti
nada disto;estive lá sózinha, fui e voltei de metro , almoçei
qualquer coisa, foi super tranquilo .
__________________________________________________
Que luxo este sanduba hem? Só se fala disto nos aeroportos.
Minha avó contava uma estória que terminava assim:
vc está achando ruim ? coloque um camelo no seu quarto,
dois dias depois tire-o de lá e o quarto vai ficar enooorme !!!

Dri Setti
Dri SettiPermalink

Riq, querido mestre,
só agora, de volta a Barcelona e devorando seus últimos posts, vi a propaganda que você fez da minha trip pela América do Sul!!! Ganhei o dia! Suuuuper mega obrigada! É um orgulho tê-lo como leitor.
Beijos, Dri.

malu farrenberg
malu farrenbergPermalink

alguem ficou hospedado na vinicola salentein? alguma outra sugestão de vinicola com hospedagem e de preferencia com vista da cordilheira.há algum hotel próximo ao Parque Provincial Aconcagua? o caminho até o Aconcagua é suficiente para ter uma ideia das belezas da estrada Santiago - Mendoza??Gostaria de ficar o mais proximo possivel da Cordilheira.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Malu! A cordilheira fica a 90 minutos de viagem da cidade. Para visitar o parque do Aconcágua você faz um passeio chamado Alto Aconcagua.

Leia mais:
https://www.viajenaviagem.com/2011/08/hoteis-em-mendoza-os-relatos-dos-leitores/

https://www.viajenaviagem.com/2012/06/degustacoes-guias-mendoza/