Até tu, Cumbica?

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Era só o que faltava: o aeroporto que fez feio esse fim de semana foi o de Cumbica, que ficou sem o equipamento de auxilio a pousos e decolagens sob neblina.

Um detalhe curioso é que, na época da inauguração de Cumbica, o aeroporto foi criticadíssimo porque fechava praticamente diariamente por causa dos nevoeiros.

Esse era um dos motivos pelos quais algumas companhias estrangeiras adiaram ao máximo a transferência de seus vôos de Viracopos para Cumbica.

Cumbica fechar dois dias seguidos por nevoeiro em 2007 é totalmente Dia da Marmota.

14 comentários

Diogo
DiogoPermalinkResponder

Ate tu, Brutus?!
Hehehe...
Outro que fecha seguidamente por causa da neblina eh o de Caxias. Inclusive, sempre que tentei decolar ou pousar ali, NUNCA consegui. Ja desisti.
Na Europa, que tem muito mais neblina que aqui nas cidades altas, nao acontece isso, e deve ter algum motivo. Talvez fosse bom estudar mais porque la nao acontece e aqui sim...

Marcio Ito
Marcio ItoPermalinkResponder

Meu Deus, e agora?

O principal aeroporto internacional do Brasil, inoperante por causa da neblina?

Gente, e o povo que tá vindo do exterior, após horas de viagem? E o que os gringos irão pensar da gente?

Carla
CarlaPermalinkResponder

Falar em descaso é pouco... Se o tal equipamento apresentou defeito há 2 semanas, estavam esperando o quê, para providenciar conserto, teste, etc.? Só dá pra concluir que estavam esperando que acontecesse exatamente esse novo episódio do caos - isso tá ficando mais chato que novela mexicana...

Carla
CarlaPermalinkResponder

Diogo, você não fez a proposta?!? Pessoal, o Diogo deu uma idéia bem legal para um (entre os vários em gestação) encontro da tripulação! Está aqui:
http://idasevindas.wordpress.com/2007/03/23/cala-di-volpe/#comment-222

Giramundo com Jorge Bernardes

Isso tá com cara de sabotagem. Fiquei surpreso ao ser despertado hoje por um colega de trabalho que está tentando chegar de Londres e ligou de Campinas. "Hi Jorge, I'm in Virracopus". Por um segundo, achei que ele tinha descido do avião direto para o bar.

dandoumpitaco
dandoumpitacoPermalinkResponder

Olá Riq, você é sempre bem-vindo ao meu humilde espaço. Sou seu fã e me apresento no VnV como Igor. Abraços e venha nos visitar mais vezes.

Aliás, dou um pitaco sobre o assunto relacionado a este post lá no blog. Fique à vontade.

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Depois do trágico acidente da Gol, de repente descobrimos que está tudo errado também no sistema aeroportuário brasileiro...

Duda Quaresma
Duda QuaresmaPermalinkResponder

Bonjour!

Com a AirFrance eu chego???

Ah, será que vocês tem algumas dicas de hospedagem em Paris? E a Eurodisney, vale a pena conhecer?

Obrigado!

Miguel
MiguelPermalinkResponder

Diogo,

Hoje os aeroportos mais modernos do mundo possuem equipamentos de ILS (Instrument Landing System) que permiten que um avião pouse mesmo sem o chamado teto mínimo (visibilidade vertical da pista) e com visibilidade horizontal de meros 50m. Não são muitos os aeroportos que operam nessa categoria (CAT IIIb). Cumbica e Galeão, só vão até o CAT II, que estabele um teto mínimo de 100 pés (30 m) e visibilida horizontal de 1200 pés (356 m). Ou seja, se rolar uma neblina um pouco mais forte, o equipamento de CAT II vai ser imprescindível.
E pra mim é muito claro que a coisa tá descambando feio. O pessoal da aeronáutica não conseguiu nenhuma melhoria até agora e essas panes tão ficando muito frequentes...não dá pra não achar que tem alguma coisa cozinhando aí...

Diogo
DiogoPermalinkResponder

Boa ilustracao, Miguel!!!

Carlota, tu es a nossa RP oficial, portanto, so agilizar as datas e dizer quantos de nos virao, que eu me encarrego do resto...

Gramado nos espera, e prometo entrar em contato com Sao Pedro para que ele providencie um friozinho europeu!!!

Simone
SimonePermalinkResponder

No sábado demorei 2 horas p/ voltar de Bonito para São Paulo.Para quem conhece a pista de pouso de Bonito,já sabe o que isso significa...

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Confusão nos aeroportos e com controladores, Você acha que é só no Brasil e Argentina?

Nos EUA, um vôo da Americam solicitou um pouso rápido por pouco combustível. A torre conversou, conversou e mandaram dar a volta no aeroporto para pousar.... Agora está um jogo de empurra entre os controladores a agência que controla o tráfego por lá.

Link para quem entende Inglês: http://abcnews.go.com/Video/playerIndex?id=2893887

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Jorge,
Lembra daquela conversa sobre a TAP e a demanda de portugueses e brasileiros, saiu uma nota que diz que dos passageiros desembarcados pela TAP no Brasil : 39% são brasileiros, 23% portugueses, 10% italianos e 5% espanhóis.

Link: http://www.ambitur.pt/site/news.asp?news=8191

Ela está mesmo aproveitando a falta de vôos das cias brasileiras.

GiraMundo com Jorge Bernardes

Valeu Rodrigo, agora temos estatísticas! E parece que a TAP teve lucro pela primeira vez em vários anos, não é isso?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar