Dê-se ao luxo

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Na minha crônica desta semana na Época eu lembro que, se você pode, esta é a hora de cometer extravagâncias em moeda estrangeira.

Para muita gente, a valorização do real significa a possibilidade, enfim, de viajar ao exterior. Para uma minoria, porém, que não parou de viajar nem quando o dólar estava nas alturas, o real forte pode significar a oportunidade de cometer extravagâncias impensáveis até há pouco tempo. Dez anos depois do dólar de 1 real, o dólar de 2,10 oferece uma nova chance para quem quer aproveitar as férias para viver temporariamente acima de suas posses. A seguir, algumas idéias para grandes comemorações, segundas luas-de-mel ou para simplesmente chutar o balde:

Dê a volta ao mundo. A passagem custa menos do que você imagina – 3.000 dólares em qualquer uma das alianças internacionais de companhias aéreas. Monte um roteiro que não exija deslocamentos suplementares por terra, inclua paradas na Ásia (onde, com exceção do Japão, o real vale muito), e a diferença de preço com relação a uma viagem convencional não será tanta.

Viaje no Orient-Express. Leve roupa de festa. "Você nunca estará exageramente produzido no Orient-Express", diz o folheto que vem junto com a passagem do trem mais célebre do mundo. Mas não vale a pena passar mais do que uma noite – as cabines não têm cama de casal nem chuveiro. A viagem mais romântica é a que vai de Veneza a Praga, três vezes por ano (em 2007, dias 18 de abril, 23 de maio e 26 de setembro), a US$ 1.600 por pessoa.

orientexpress450.jpg

Durma numa palafita chic. Quer realizar o sonho de passar uma temporada num bangalô construído sobre o mar? Se você comparar com os preços dos pacotes de réveillon nos resorts brasileiros de primeiríssima linha, já dá para encarar. Em agosto – alta temporada no Taiti – uma palafita no Bora Bora Lagoon Resort sai 900 dólares a noite. Aqui pertinho, em Bocas del Toro, no Caribe panamenho, há bangalôs sobre a água por 300 dólares, no resort Punta Caracol.

Cacife um chef seis estrelas. Por exemplo: Thomas Keller. Depois de criar aquele que é tido como o melhor restaurante dos Estados Unidos, o French Laundry, no Vale de Napa, Keller abriu uma casa em Nova York, o Per Se, e tornou-se o único chef não-francês da cidade a receber três estrelas no Guia Michelin. Para confirmar uma reserva é preciso ligar exatamente com dois meses de antecedência. Seu menu de nove micropratos custa 250 dólares por pessoa. Você pode? Aproveite antes que o real vire abóbora.

Hospede-se num Amanresort. Esta rede de pequenos hotéis sofisticados, nascida no Sudeste Asiático, inventou há vinte anos o conceito de luxo despojado. O melhor hotel de praia do Nordeste, o Txai, é confessadamente inspirado nos seus princípios. Quer experimentar o original? Em Báli as diárias começam em 700 dólares.

Vá à ilha dos paparazzi. Hotéis pequenos, praias lindas (com ou sem serviço de bordo) e mais bons restaurantes do que você pode experimentar em uma semana fazem de Saint-Barthélemy (St.-Barth, para os íntimos, ou St. Bart's, para os americanos) a ilha mais badalada do Caribe. Com o dólar a 2,10, St.-Barth está só um pouquinho mais cara que Trancoso no réveillon. O hotel do momento: Le Séréno.

gustavia450.jpg

Volte à Inglaterra antes que seja tarde. Por mais valorizado que esteja, o real continua sem força para enfrentar a indômita libra esterlina. Se a Inglaterra se mantém proibitiva mesmo em tempos de super-real, o que será dos viajantes anglófilos depois que a maré do câmbio virar? Cometa essa extravagância enquanto é possível.

57 comentários

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Ai...Londres...quando será que poderei me dar a esse luxo?

Desculpe utilizar seu blog, mas como sou freqüentadora assídua, vou tomar a liberdade de pedir aos demais "viajantes" que votem na minha foto do Atacama no link:
http://viajeaqui.abril.com.br/participe/galeria_viajante.shtml
Obrigada a todos.

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Riq, qdo as pessoas vinham me dizer "Nossa, como vc ta 'rica', viajando pro exterior sempre.." O problema é que as pessoas nunca se deram o trabalho de pelo menos consultar qto custa uma viagem internacional... Eu morava em Manaus, pra sair de la pra outro lugar do Brasil era tão caro qto conhecr outro pais... eu comecei a dar preferência em conhecer o mundo. Até consegui convencer a minha mãe depois de um tempo. E o pior é que as pessoas até hj nao entendem de onde "tiramos dinheiro" pra viajar. (rs)

Beijao e bom dia, pq aqui a primavera chegou e esta um solzão lindo la fora !

Carla
CarlaPermalinkResponder

Agora você tocou no meu ponto fraco... Eu adoro a Inglaterra, mas estou sempre adiando voltar porque é muito caro, porque a libra é valorizada demais, etc... Mas a verdade é que chegou o momento da segunda "farra do real"! É a hora de se dar de presente uma bela extravagância... smile

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Sugestões excelentes, Riq. Eu não deixei de viajar com o dólar caro, mas passei a fazê-lo em freqüências menores e para destinos mais econômicos, ficando em lugares mais em conta e racionalizando naturalmente em tudo mais. Agora, de fato, você aponta pra algo que é uma realidade a se pensar e eu tenho me permitido a algumas "extravagâncias", como ficar num hotel melhor em pavimento executivo, ou com vista melhor. Agora mesmo, em 21 de março próximo, irei pela primeira vez a um destino de sonho desde a infância: fazer um safari fotográfico na melhor reserva particular da área do Kruger Park, na África do Sul, num "Game Reserve Logde" que está entre os mais interessantes de toda a área, o Mala Mala Mai Camp. Você sabe, porque esteve na África do Sul o ano passado e escreveu ótimos textos relatando aquela viagem, com igualmente muito boas fotografias, que a África do Sul é um país caro, ainda que extremamente interessante e "apetitoso" turística e culturalmente. Sempre que eu programava algo, desistia, porque achava os preços elevados e não convidativos (já que sempre comparava com outros destinos e optava por eles). Finalmente vou realizar um sonho de infãncia (por favor, acredite, de infãncia mesmo, época do filme Hatari, que assisti mil vezes...) e acho que vou virar freguês dos "game viewing" para encontrar os "big fave". Li seu texto e ele "bate" com o que pensei ao me decidir: "É chegada a hora!". Abraços a você e aos leitores e amigos.

Jurema
JuremaPermalinkResponder

Arnaldo:

Boa viagem (nada é comparável a realizar sonhos de infância!). E aguardamos ansiosamente os fatos e fotos da África do Sul!

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Puxa, Jurema, obrigado! ainda estarei aqui até o dia 20 próximo, ainda nos "veremos"...

Obrigado mesmo, mas parece que estou viajando pela primeira vez, é algo que não experimentava há muitos anos, aquela ansiedade deliciosa. Sei que isso pode ser ruim, gerar expectativas além da realidade, mas, não dá pra disfarçar algo assim. sabe, Jurema, eu era encantado com filmes e livros sobre os animais africanos. Sempre gostei muito de animais e do mato, das montanhas. Ainda que sejam tão poucos dias (3 noites em Cape Town e duas no Mala Mala), tenho a impressão que esta será uma viagem tão marcante e inesquecível quanto foram as minahs duas ao Marrocos. Indeléveis!

Ricardo Freire

Arnaldo, você vai ver que a Cidade do Cabo não é cara, não. Come-se mais barato do que no Brasil, e os vinhos são d-a-d-o-s.

A-go-ra: safáris chiques como o Mala Mala (e o Mala Mala foi quem inventou o conceito!) sempre foram caríssimos, e você faz muuuito bem em ir agora. Aproveite!

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Obrigado, Riq. Li seus textos, entre outras coisas que havia há tempo reunindo sobre a Cidade do Cabo e não tem mistério, me pareceu arrumada, interessante, não cara e com boas opções turísticas bem óbvias nas proximidades. Tudo o que li sobre ela foi muito favorável e acho que vou curtir bastante. mas o que estou mesmo ansioso é para ir para o Mala Mala game Reserve. mas também está tudo incluído, refeições e até lavanderia. Os lodges são pequenos (média de 20 chalés muito confortáveis e equipadíssimos com tudo, de banheiros duplos para ele/ela a ar-condicionado, toalhas aquecidas, piscina privativa na varanda que dá para a mata e decoração sofisticada, ainda que rústica. Eu diria que alguns são hotéis-design estilo sul-africanos). Cada grupo de seis hóspedes tem seu próprio ranger que se ocupa de tudo pra fazê-los se sentirem confortáveis e, durante os safaris de manhã cedo e à noite, dar-lhes todas as informações sobre a ecologia e a vida animal). de noite não se pode sair do chalé porque como não há qualquer tipo de cercas entre os animais da maior reserva sul-africana e os intrusos (nós), somente acompanhados pelos rangers "escudeiros" . Já li relatos de que é cimum elefantes virem beber água nas piscinas e felinos rondarem os chalés! legal, né? Bem, fora tomar remédio para malária e ter que levar bagagem em malas sotf e com no máximo 20 Kg, tudo o mais é normal a qualquer turista. O mais legal é que os lodges têm serviços e equipamentos de hotéis 5 estrelas, inclusive internet a rádio e telefone por satélite, não há TV (exceto para assistirem-se aos DVDs temáticos) e os celulares não pegam! Deve ser legal ficar confortavelmente instalado no meio do nada, cercado por milhares de animais sem nenhuma cerca que os impeça e, finalmente, comer nos "bomas", à noite, aqueles cercados tipicamente africanos, á luz do céu estreladíssimo da África do Sul e com comida assinada por reconhecidamente bons cozinheiros sul africanos e aproveitando os excelentes vinhos daquele país. Tou achando o máximo aquilo que pode parecer o maior mico para muitos!

M.Gribel
M.GribelPermalinkResponder

Arnaldo,
Não tem essa de mico. São sonhos e desejos e cada um tem o seu, não é?
Vou torcer para que goste tanto quanto a sua expectativa e se divirta mais do que imaginaria.
Ah, claro, e que traga boas histórias e lindas fotos.
É muito legal ler vc falando da viagem.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Arnaldo,
Eu achei Cape Town uma das cidades mais lindas que visitei, depois que cheguei no Brasil, descobri que é considerada a segunda cidade mais linda do mundo depois do RJ (em beleza natural/paisagem e tal). Sâo muito parecidas geograficamente, mas ainda assim, o Pão de Açucar é mais lindo que a Table Montain.
Quanto ao Safari, não fiz o Mala Mala, mas fiz um Safari fotográfico no Krueger, e vi 4 dos "big five" (faltou o leopardo, que é mais visto nos safaris nortunos) e foi sensacional.
Agora, pra mim, o mais lindo da Africa do Sul foi a Rota dos Jardins, uma via litorânea cheia de pequenos balneários inacreditavelmente charmosos (juro que não esperava).
Bjos e boa viagem!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Arnaldo, espero que você curta muito mesmo a sua viagem! E, quando voltar, que nos brinde com aquelas fotos maravilhosas e aqueles relatos que dão vontade de ir correndo fazer as malas... smile

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Riq, tá bem que
nós somos tripulantes fiéis e até fanáticos,
tá bem que a gente concorda com quase tudo,
tá bem que nós seguimos as dicas e ficamos felizes pq dá certo
mas tb não precisava apelar nesta última foto ai do post
colocando meu único sonho de consumo no ar, além de um
boarding pass : um smart !!
Mas...com 40 mil usd ( que é o que ele custa aqui) dá para realizar todas as dicas do post: fazer uma volta ao mundo e se hospedar em todos estes
musts.

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

JUREMA: muito obrigado, obrigado mesmo. Você deve ter compreendido o que significa realizar um sonho de infãncia (conhecer os animais de um parque natural sul africano). Veleu!

PAULA BICUDO, sempre que lia algo acerca da Cidade do Cabo vinham comparações daquela cidade com o Rio de Janeiro, tais como as que você citou. Ainda que sejam montanhas bastante diferentes geológicamente e no seu formato, mesmo levando ekm conta que Cape Town é muito menor do que o Rio, ambas de fato guardam semelhanças. E por tudo mais que li e vi, acho que deve ser mesmo uma bela cidade, das mais bonitas do mundo, é o que todos que a conheceram relatam (jamais li nada contrário). Sobre o safari, escolhi os Game Reserves fora do parque porque neles não há a rigidez do Kruger, que, por exemplo, fecha ao fim do dia. Li muito a respeito e creio que isso que farei é apenas a iniciação mesmo, porque há o norte da área do Kruger e outras áreas e parques naquele país com ótimo potencial turístico e de observação da vida animal. Acerca do restante, de fato a África do Sul tem uma variedade de paisagens e temas maravilhosos como a Rota Jardim, a Rota dos Vinhos, O Trem Azul, a Rovos Rail, enfim, muita coisa a se ver. De todo modo, agradeço o carinho e as dicas e, com prazer, gostarei de compartilhar com vocês todos e com o Riq lá no meu blog (quando eu acabar de escrever sobre Portugal).

M.GRIBEL, puxa!, que torcida bacana essa! Valeu, acho que vou até diminuir a expectativa pra acontecer o que você disse: ser AINDA melhor do que eu imagino!

CARLA, obrigado, será um prazer especial compartilhar com você as fotos e os relatos, ok?

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Ao ler sobre Amanresorts acabei me lembrando do... Butão, vi no site lá tem dois ou 3 hotéis da rede, deve ser um lugar fantástico, autêntico com nenhum outro destino no mundo, gostaria muito de saber mais sobre este lugar tão desconhecido e lindo que é um dos meus "destinos de sonho".

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Arnaldo, agurdamos ansiosamente o seu relato e suas fotos!

Marcio - http://ajanelalaranja.blogspot.com/

Ricardo, concordo com você. Essa é a hora mesmo.
Eu estou nessa também, no fim de semana vou para Dublin ver como é que é a verdadeira festa de St Patricks day e até o fim do mês vou enfrentar a Libra em Glasgow e Edimburgo.

Arnaldo, também estou na lista dos que vai esperar as fotos e dicas da Africa.

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Paula, não precisa ficar assim com tanta ansiedade não porque se for ruim, vai ser pra mim (que fis a viagem) e pros leitores, certo? De todo modo, o simples fato de eu descrever o safari e a região, suas características fundamentais, as opções de hospedagem e as dicas muito úteis como vacinação, malária, bagagem reduzida, o que levar, o que deixar, etc, sempre servirão para futuros viajantes. Abraços.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Arnaldo,
Você poderia matar a minha curiosidade e dizer qual é a sua profissão.
Assim eu tento descubrir o segredo de como viajar sempre e bem. Você chegou de Portugal agora, já vai para África do Sul e ainda tem n viagens programadas para 2007. Assim até o Riq vai ficar com inveja. Conta pra gente, vai...

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Bem, Rosa, não é pra colocar inveja a ninguém, de maneira alguma. E se for isso que eu estiver passando aqui, acho que é hora de me "recolher"....

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Arnaldo

E isto ai, boa viagem, e curta seu sonho!

Rosa
RosaPermalinkResponder

Desculpa Arnaldo, acho que não me expressei bem. Nada disso não Arnaldo, a inveja a que me refiro é em muito bom sentido, o de querer também fazer, de ter a mesma vontade, talvez eu devesse dizer admiração, é muito bom conseguir fazer um pouco daquilo que se gosta. Não vai nos privar de vivenciar suas deliciosas aventuras só porque ficamos com água na boca... Eu salvei todas as dicas de Portugal, que será a minha primeira opção no Velho Continente, como é que eu vou me virar sem isso? Se você se recolher, os órfãos farão greve.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Não é preciso se recolher não, Arnaldo
Mulheres são mesmo curiosas por natureza, e certamente o que
a Rosa gostaria de poder te perguntar é : " como arrumas tempo e
dinheiro para viajar tanto?"
E eu aqui, metendo o bedelho e colocando perguntas pela Rosa e
respostas pelo Arnaldo vou arriscar tópicos curtos e resumidos:
1- Profissão e ocupação não garantem tempo disponivel ou divisas monetarias
2- Sensibilidade, dedicação,honestidade de propósitos, muito trabalho,foco, teimosia e obstinação é que somadas permitem
atingir objetivos.
3- Importa mais o que vc guarda do que o que vc ganha
4- Saber o que quer e direcionar TUDO para atingir seus objetivos
é o que diferencia um humano de outro.
Estamos aqui, usando nosso tempo ( que é o bem mais importante que existe) para trocar experiencias, e creio que é isto que devemos continuar fazendo.
Se alguem achar que este é um espaço de exibicionismo , certamente
está no lugar errado.

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Arnaldo, creio que a imagem que você passa é de uma pessoa que leva a sério o planejamento de uma viagem e curte cada momento dela.

O termo inveja como consta no Aurélio tem realmente um significado pesado. Mas acredito que o termo inveja que a Rosa usou tem mais a ver com a tal inveja boa, ou em melhor português, aspirar a fazer o mesmo que você!

Eu gosto muito quando você viaja, pois de certa forma, você me carrega na mala, ou melhor no seu Blog!

Já estou me preparando para a África!
Um abraço.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Obrigada Silvia, obrigada Rodrigo. A intenção não foi jamais milindrar ou ofender qualquer um de vocês, comandante e tripulantes.
Uma palavrinha e olha a tempestade formada.
Se tiverem tempo e interesse, peço que leiam a crônica Melhor assim, de Celso Machado. Acontece muito comigo. Arnaldo, peço, mais uma vez, que me desculpe. Agora sou eu me recolho... Tudo de melhor para toddos vocês...

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Bem, Rosa, de jeito algum gostaria de provocar qualquer sensação ruim a quem quer que seja. eu trabalho desde a juventude e meu luxo ´pe viajar. Não sou fissurado (termo carioca) em carros importados (não é que não goste deles) e jamais trocaria, por exemplo, um carro de maior valor (de novo nada contra NADA de maior valor) por uma viagem. É claro que tenho uma posição que me permite viajar e algumas facilidades como agentes de viagens amigos de infãncia que não me cobram comissão nas passagens aéreas, entre outras coisas. É claro que não percebi nenhuma inveja ruim de vc, até porque vc já me demonstrou isso muitas vezes, mas é que mesmo me sinto mal quando percebo que o que comento pode deixar alguém que não pode viajar com aquela pontinha de invejinha boa...vc entende, né?

Sylvia, ao contrário, a opção 1 é a que me garante o tempo, a disponibilidade e os recursos. Já a 2 e a 4 são as que definem meu jeito de ser e agir.

Rodrigo, arrume as malas e vamos nós! Só que a mala spo pode ter 20 Kg!

Grande abraço a todos! Obrigado, Ernesto.

Diogo
DiogoPermalinkResponder

Riq, só uma coisa: DEMAIS!!!!!!!!!!

Amei as dicas, e já estou revendo algumas coisas pra viagem que estou programando para setembro, pra europa novamente!

Abraços.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Arnaldo, resumir quase sempre dá errado, então vamos lá:
Se vc for um professor universitario ou um corretor da bolsa de valores
ou um cientista especialista em fisica quantica ou um ufólogo , e com
a sua profissão/ocupação realizar seus sonhos , é possivel que muitos
achem que a sua profissão/ocupação é o máximo !
É obvio que todos os viajantes frequentes são donos dos seus narizes,
e não precisam ficar esperando as férias de 30 dias.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Eu acho que muitos dos que gosam de viajar, como eu o Arnaldo, e o Riq, o Rodrigo, a Paula, dentre outros, tem sim uma posição razoável, e com orgulho, pois todos trabalhamos duro e honestamente para isto ... Mas, a questão e priorizar o prazer de viajar na sua vida, e fazer escolhas, como não ter carros caros, fazer festas suntousas.... E, como ouvi uma vez que fui ao Rio : há uma diferença entre o pobre que desfila, e o turista que compra uma fantasia. Para o turista, é vestir, desfilar e acabou. Para o sambista,tem ensaio, planejar e as vezes costurar a fantasia, o grupo, a alegria da vitória, ou a perda da derrota... Acho que todos aqui curtem ivajar, se informam, trocam dicas e a viagem começa as vezes numa reportagem, as vezes num blog, vamos comprando os guias, se informando na internet... é isto que percebo por aqui.

Abraços a todos.

Marcio - http://ajanelalaranja.blogspot.com/

Ricardo, concordo que essa é a hora.
Vou para Dublin agora no fim de semana, ver como é o St Patricks day bem de perto e no fim do mês vou Edimburgo e Glasgow.

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Sylvia, sou dono do meu nariz...

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

BINGO, Ernesto!

Paula
PaulaPermalinkResponder

Ernesto, resumiu tudo. Eu vivo ouvindo de várias pessoas: "vai viajar por exterior de novo"? , com aquele pre-julgamento que vcs, que como eu, viajam bastante já devem ter sentido. Muitas pessoas acham que somos riquíssimos somente porque fazemos viajens legais, mas ninguém leva em conta as horas que passamos planejndo, estudando, pra fazer uma viagem bacana que caiba no nosso orçamento, e como o Riq disse no post acima, as vezes sai mais em conta do que uma viagem pelo Brasil. Estou indo para a Espanha agora em abril (Andaluzia e Madrid) de carro, e a viagem, toda planejada e comprada pela net por mim mesmo, saiu por um valor muito bom, até mesmo se comparado aos preços do Carnaval em Salvador esse ano.
Como eu sempre digo pro meu marido: "A vida é feita de escolhas e eu, SEMPRE escolho viajar"

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Acredito que cada viagem nasce de um sonho. Transformar um sonho em realidade depende das prioridades que você estabelece na sua vida, das escolhas que temos de tomar no decorrer dela, de organiação e de planejamento.

Alguns têm mais chances e/ou conhecimentos para transformar sonhos em relidade, outros se proibem de sonhar...

O importante é viver com intensidade cada viagem ou cada sonho, seja ele(a) qual for.

Acho que é o que tentamos fazer aqui. O Sonho de um alimenta o sonho do outro e olha o sonho virando realidade!

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Paula, já fiz duas vezes esse roteiro e foi uma das melhores viagens. Planejei bastante, como vc., e se ´precisar, será um rpazer lhe dar dicas bem úteis, tais como a visitação à alhambra, de Granada, que tem limitações de quantidade de pessoas e horários. Roteiros, mapas e tudo mais que estiver ao meu alcance será um rpazer compartilhar com vc.

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

BINGO 2, Rodrigo.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Paula

Aguardo o seu blog. Estive recentemente na Andaluzia, mas de trem, e um dia gostaria de conhecer o parque de Donana, que é o maior parque natural da Europa.... Voce vai gostar de Sevilha, mas um conselho: Alugue o carro DEPOIS de Madrid, a Cidade e bem servida de metro e onibus, e estacionar o carro é carro.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Ah, e a Paula está certo, é isto mesmo. Frequentemente uma viagem legal para o exterior sai por menos que um pacote de carnaval no Brasil.

Paula
PaulaPermalinkResponder

Arnaldo, muito obrigada.
Se tiver algum roteiro ou informaçõs interessantes e puder me mandar por e-mail, eu agradeceria muito. Alias, qualquer informação será muito útil, principalmente se vinda de vc! Eu estava agora mesmo olhando os links de viagem que vc listou no seu blog, e achei muita coisa interessante.
Meu e-mail é pcdrocha@terra.com.br

Ernesto: prometo atualizar sempre o blog no pré e pós viagem

Aliás, uma pergunta a todos:
Vcs sempre levam o laptop? Eu nunca levei numa viagem, mas por medo do meu marido de roubo nos hotéis e aeroportos. Como vcs fazem? E nos hotéis que o cofre é pequeno, por exemplo? Eu acabo sempre levando o roteiro impresso (compilado por mim) e lá atualizo a mão mesmo, pra depois passar pro computador quando volto (jeito meio português, né?)
Abraços

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Eu levo, coloco dentro da mala principal entre as roupas, fecho ela com cadeado, coloco roupas usadas e outras coisas por cima da mala disfarçando o cadeado (escondendo), coloco outra mala por cima e pronto, aí está minha segurança. Uma viagem sem meu lap top e sem minha câmera digital seria incompleta. Posso até admitir sem o lap, mas sem ca câmera...

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Vou lhe enviar o que tiver e vc seleciona o que lhe for útil, ok?

Ricardo Freire

Paula, eu viajo infalivelmente com laptop desde 1999 e nunca me aconteceu nada (toc, toc, toc).

Carrego o laptop numa mochila com compartimento para laptop, que não tem cara de bolsa de laptop, então não dá na vista no aeroporto.

E nos hotéis, nunca esquentei a cabeça. Quando fico com algum receio, escondo o laptop dentro da mala e fecho com o segredo. Mas é raro...

Paula
PaulaPermalinkResponder

Arnaldo, muito obrigada!

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Cheguei agora para a leitura diária dos comentários aqui e levei um susto.
Mas como o assunto mudou (ainda bem), vou deixar meus comentários de lado.
Mas, não sou rica, vivo de aluguel, meu carro é financiado, moro sozinha, trabalho pra burro e fiquei 10 anos sem poder tirar férias de verdade.
E nem por um dia sequer eu deixei de pesquisar, fazer planos e ter sonhos.
Pode crer que um dia a gente consegue. E com esforço, um pequeno endividamento e muitas horas de pesquisa, eu consegui!!!
Eu não levo o lap top quando viajo a passeio. Sabem por quê? Isso me obriga a ficar mais tempo na rua...rs
Mas levo sempre quando vou a trabalho. O que eu sempre faço, acho que para ter um pouco de tranquilidade, é sempre perguntar na recepção do hotel: eu trouxe meu computador, tem problema deixá-lo no apto?
Nunca aconteceu nada...e se acontecer, eu bato no recepcionista. rs
Mas uso muito os cofres do hotel e tomo muito cuidado nos aeroportos, inclusive dentro do avião. Neles, eu coloco a minha bagagem na parte de cima da fileira ao lado da minha, pois quando todos levantam na confusão do desembarque, eu fico de olho.

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

PS: claro que não uso o cofre pra guardar o lap top.
Outro PS: desculpem a quantidade de 'sempre' no comentário anterior. Ficou feio pacas!

Marcio - A Janela Laranja

Bom vou comentar aqui o que lí por aqui desde o começo do post e do dia.

Primeiro, Ricardo o post é um ótimo alerta. Concordo que devemos aproveitar o momento da moeda e estou fazendo isso e muita gente aqui também. Na próxima sexta-feira vou para Dublin ver de perto a festa de St Patricks e no fim do mês vou para Glasgow e Edimburgo.

Segundo, Arnaldo já ouvi muito esse negócio de "Vai viajar novamente? porque não compra um apartamento?" Simplesmente porque quero continuar viajando e não pagando prestação de apartamento. Cada um na sua. Outra coisa, tenho um amigo que sempre fala "Tem gente que gasta dinheiro com jogo, com mulheres, com carros, você gasta com viagem." Algo errado com isso? Não, né?
Abs!

Hugo
HugoPermalinkResponder

Arnaldo, boa viagem e curta bastante o passeio. Minha esposa é louca para conhecer a África do Sul e tenho certeza de que um dia iremos para lá também.

Você e o Riq, dentre outros, apesar de poderem viajar e conhecer novos lugares, acabam nos recompensando com dicas e sugestões extraordinárias e alertando para alguns programas que não valem a pena.

Ou seja, como diria o guia 4 rodas, vocês vão primeiro para que os outros possam ir melhor.

Bom descanso e volte com muitas informações detalhadas e fotos.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Gente, eu vim acompanhar os comentários e li tudo o que vocês escreveram com muita atenção - é incrível como passamos pelas mesmas coisas! Canso de ouvir que devo ser milionária, afinal, estou sempre viajando... É impressionante como as pessoas que dizem isso não percebem que eu não sou melhor nem (provavelmente) ganho mais do que elas - apenas faço escolhas diferentes... wink

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Hugo, simpáticos os seus comentários, os da Carla (como sempre, também). Eu acabo ficando aqui meio sem jeito de compartilhar e falar de viagens por conta dessas coisas que acabam saindo contrariamente ao meu objetivo. Sei lá, é meio esquisito isso, porque afinal não estou no meu blog, mas no do Riq, e devo ter o maior cuidado pra evitar ao máximo tanbto polêmicas quanto desentendimentos. Tá estranho isso...

Ricardo Freire

Magina, Arnaldo. Teve polêmica não... o que rolou foi uma ótima oportunidade para que todos refizéssemos uma profissão de fé na nossa religião -- que acaba priorizando viajar acima de quase tudo mais.

Você pode até ter sentido que a caixa de comentários tivesse descambado para uma discussão paralela, mas na verdade o que se falou tinha absolutamente tudo a ver com o assunto do post.

Olha só, todos fazemos questão do safári do Mala Mala nos mínimos detalhes smile

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Arnaldo! Arnaldo! Arnaldo! Tchum tchum tchum!
Somos fãs do Ricardo e de vc também.
Por isso desencana...nada a ver essa polêmica.
Além do mais, estamos quase tão ansiosos quanto vc por causa do seu passeio com os Big 5!
eek)

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar