Enquete da semana: além das expectativas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

É fácil a gente se decepcionar com algum lugar. Às vezes a gente joga as expectativas muito no alto. Outras vezes é uma simples questão de gosto pessoal. Pode ser também que você -- ou o lugar! -- esteja naqueles dias. Mas também pode ser um daqueles casos em que os santos, definitivamente, não batem.

mariachis450.jpg

Em compensação, não é o máximo quando você vai a um lugar sem esperar muito -- ou, melhor ainda: com uma forte intuição de que não vai gostar -- e acaba adorando?

centrodf450.jpg

Comigo já aconteceu várias vezes. A última foi na Cidade do México. Fiquei besta com a imponência da avenida principal, o Paseo de la Reforma -- e, ao mesmo tempo, com a escala humana da arquitetura, sem a selva de prédios das nossas metrópoles (sim, eu sei, é por causa dos terremotos). Andei muito de metrô e adorei bater perna em La Condesa, a Vila Madalena/Leblon deles.

florespolanco450.jpg

E com você? Que lugar (país, cidade, hotel, restaurante, companhia aérea, vale tudo) se revelou muito melhor do que a encomenda? (Não se esqueça de dizer por quê, pra gente também ficar com vontade de ir.)

167 comentários

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Não posso esquecer de São Paulo, a cidade para mim é como o Rio para o Riq, não consigo explicar, SP tem quase tudo de ruim que o Rio tem, mas estas mesmas coisas ruins que fazem com que eu queira "fugir" do Rio a muitos anos nem arranham minha simpatia por SP. Não é racional, eu sei, mas acontece.

Majô
MajôPermalinkResponder

Arnaldo, pelo que o Diogo escreve, a moeda está ótima para nós, 1/3 do euro, acho que entre $70 e $100,00 deve encontrar hotel legal, e de preferência em área legal tb [:p]

Regina Almeida

Majo tenho uma dica quentissima. E uma pensao que está a 10 min caminhando da Catedral de San Vito. Pode fazer todos os passeios daí a pé e no fim da tarda quando estiver cansada, toma o metro e sao 2 ou 3 estaçoes do centro. Os donos sao super simpaticos, o cafe da manha é legal (so nao presta a Q-suco que eles te dao...mas o resto é bem legal), lugar limpo, camas grandes, etc,etc...e demais pela excelente localizaçao. Estive em janeiro e pagamos 48 euros a diaria casal...o unico problema é que tenho que buscar o site...e te mando....

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Lendo outros comentários me lembrei de mais um lugar, dois participantes citaram um restaurante Tia Irene em Teresópolis (mas acho que deve ser o Dona Irene, não é?), almocei no Dona Irene em 2005 e foi uma das melhores refeições da minha vida, tudo absolutamente maravilhoso, o strogonoff, frango a Kiev, Podjarka (?), meu deus do céu, bom demais mesmo, merece com honra as 2 estrelas do guia 4 rodas.

Regina Almeida

Arnaldo, em Bangkok voce tem que comer no "Cabbage & Condons", (creio que está no lonely tambem) é um restaurante fantastico, a comida maravilhosa. Posso te recomendar algumas coisinhas...camarao cru com um molho hiperpicante DIVINO!!!! Tudo que fazem é legal...E como o Rodrigo com certeza te recomendou comer no food cort do centro comercial PARAGON...mas nao confunda com a area de restaurantes, busque o food court, compre tudo o que voce quiser "para levar", sente-se na area de mesas e disfrute de todos os sabores thais sem medo....E please: se voce vai sozinho ao Palacio Real, siga sempre em frente, nao escute ninguem pelo caminho...sempre falam que está fechado e te enrolam...Certo Rodrigo? O Rodrigo me avisou e caí direitinho no sorriso thai...E no DOME...vestimenta adequada senao nao entra. E em Singapore: nem sei por onde começar..mas nao deixe de visitar o Newton Food Court...onde voce pode provar todas as comidas locais. E nao deixe de pegar os caramelos que te dao as boasvindas no controle de passaporte...É o must!!!!!!!E quando voce vai?

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

REGINA, irei em outubro próximo. AS suas dicas já estão devidamente anotadas, mas gostaria que me explicasse, por favor, o que é "vestimenta adequada". Trata-se de roupa especial ou apenas vestido de calça e camisa e minha mulher de calça e blusa sem decote? Se for, um pano sobre os ombros vale? Rodrigo, o sabe-tudo de Ásia, me deu essa dica sim.

LEANDRO, é claro, vc. está certo, é o DONA IRENE sim, claro, confundi com o Tia alguma coisa de BH! O restaurante agora tem até página na Internet.

MAJÔ, eu comprei um pacote com hospedagem e aéreo, para Cape Town, Mala Mala e Johannesburg, em hotéis bons e achei interessantes os preços, mas não baratos, talvez por conta do dólar bom pra nós. de todo modo, o nível dos hotéis é pra lá de bom, cinco estrelas com louvor!

ERNESTO, não sei exatamente como irei ao Table Mountain, mas vou me informar na Recepção do hotel (vou ficar no Waterfront) e apenas falei em taxi porque acho que você mesmo me recomendou a não andar depois de escurecer.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Juliana, dá uma chegadinha lá no Idas e Vindas, que eu tenho dicas postadas sobre Santiago, que talvez possam te ajudar: http://idasevindas.wordpress.com/dicas-do-chile-do-atacama-aos-lagos-andinos

sylvia
sylviaPermalinkResponder

Arnaldo :
A regra asiatica para templos é : braços e pernas cobertas,
se vc esquecer eles emprestam , mas além de meio nojento
as fotos saem horriveis com uma " coisa por cima " da tua roupa
que não tem nada a ver com nada.
A melhor coisa é carregar sempre um casaco, que ajuda a prevenir resfriados ( aircon)
Quanto a Africa do Sul, a regra geral é só sair após as 17h
com táxi fornecido / recomendado pelo hotel.
Até os shoppings fecham as 17h em Joburg para que os funcionarios possam chegar em casa antes de anoitecer.
Aliás, tudo indica que esta regra será aplicada aqui no Brasil tb.

Gilberto
GilbertoPermalinkResponder

Ano passado fui pela 1ª vez à Europa, e tinha uma expectativa negativa com relação aos franceses, sempre citados como antipáticos. A boa surpresa foi descobrir exatamente o contrário: fui super bem recebido em todos os lugares. Acho que o uso das "palavras mágicas" funciona em qualquer lugar, e lá, falando em francês quase que só "bon jour", "merci" e "s'il vous plaît" deu tudo certo. O tempo estava fantástico, e ainda tinha o horário de verão, e, p/ ajudar, dei a sorte de ir aos museus certos nos dias certos (aqueles em que ficam abertos até mais tarde). Quero voltar.
Outra boa surpresa foi o restaurante Verdejante em Niterói (ô terra boa!) - é vegetariano, mas mesmo quem ama um churrasco (como eu) gosta.
Curiosamente me senti mal-atendido em diversos lugares em Florença e Roma. A má-vontade do pessoal dos museus era bem grande. Parecia aquele pessoal daqui que antes de dar o horário de ir embora já encerra o expediente, e que se danem os clientes...
Decepções, não lembro de muitas: A pousada em que ficamos em Noronha (inacreditavelmente mal-conservada), a pousada que ficamos em Itacaré (bem legal, no meio de uma "matinha", mas cheia de regras militares), o mar de parte do nordeste, que fora das áreas em que existem as piscinas de corais são cor de garapa e demooooooora p/ você conseguir chegar em um ponto com água pelo menos batendo na barriga.

Carla2
Carla2PermalinkResponder

Gente, chegar as 11 da noite p/ ler o blog é demais, e hj levei uns 20minutos p/ ler todos os posts (se bem que alguns totalmente dispensáveis...).
O íncrivel mesmo foi perceber que depois 15 horas no ar e 105 comentários, ninguém mais concordou com o Miguel sobre Paris. Miguel, tem meu total apoio - quando vi o título da enquete lembrei logo de Paris e pensei - nossa, vão me achar uma E.T. por não gostar de Paris. Eu fui no verão, andei muito a pé, amei o Louvre, mas não consegui ver a graça da cidade. Ok, bonita, mas qualquer capital européia é. E os franceses(pelo menos parisienses) são mesmo insuportáveis - quase saí no tapa com uma garçonete. Amsterdã foiuma decepção ao chegar, pois sempre ouvia que "todos "os holandeses falam inglês - cheguei na cidade de ônibus (vindo de Londres) e o primeiro cidadão que eu paro para pedir informação não falava inglês... fiquei super frustrada..rsrsrs.. Mas terminou aí, a cidade é linda e mesmo com o frio que congelou minha máquina fotográfica a viagem foi ótima!
Quanto à Cidade do México tô com o Riq e não abro - era para ser só 2 dias, com visita aos museus Frida Khalo e de Antropologia - fiquei 4 dias e com gostinho de quero mais - ótima surpresa!
Legal foi ler a descrição de Parati da Carolina - nunca tinha pensado na cidade dessa forma - eu adoro Parati!! Praia realmente só de barcos, para as ilhas, mas o casario com as lojinhas, bares e restaurantes charmosos, acho o máximo!!

Anny, vc tem dicas da Jamaica? estou pensando em ir p/lá nas próximas férias, mas vc é a segunda pessoa que diz que não é tão legal...

Daniela Siqueira

Arnaldo, concordo em gênero e número com a sua lista das surpresas positivas. Ah, o Yosemite! Ah, tudo!
Quanto à de decepções, o júri ainda está deliberando.

Uma surpresa na Espanha: Úbeda. Resolvemos ficar lá pra cortar caminho até Granada (estupenda, maravilhosa, do outro mundo, mas isso eu já imaginava), e nos surpreendemos com a cidade, à beira de olivais sem fim, uma vitrine do Renascimento espanhol, o cartão de visitas dos católicos - durante muito tempo, Úbeda foi a última cidade cristã na fronteira com a Andaluzia árabe. O cheiro de azeite no ar, e as vistas, são lindas. E perto dali, uma cidadezinha branca, no alto de um penhasco, com oliveiras a perder de vista: Zueros, com suas ruelinhas, vale uma tarde.

Marília Marconi

Grandes surpresas:
1) Canindé do São Francisco - não esperava muita coisa, achava que seria mais um passeiozinho de barco, mas, putz, é muuuuito lindo!! Estando em Aracaju, vale a pena programar uma esticadinha até lá!!!

2) Chapada Diamantina. O problema da falta de expectativa não era o lugar, mas eu: tirei férias no período a força, escolhi do lugar meio de chofre... E - acho que o principal problema - minha última viagem tinha sido para Fernando de Noronha. Então, achava que nunca ia ver lugar mais bonito, não valia a pena tentar nenhum outro lugar, queria voltar para lá, etc, etc. E, o pior, o pacote era com um grupo fechado!!! Já pensou, 6 dias com gente q eu nunca vi?!
Ledo engano: o lugar é simplesmente maravilhoso, o contato com a natureza transmite uma paz incrível!! Em destaque, o Poço Encantado, que merece o nome q tem, e a Cachoeira do Buracão, que foi o espetáculo natural mais bonito que já vi!!
E, a maior das surpresas: o grupo era muito legal!! O guia super divertido e informado e a gente se enturmou por demais!! A ponto de duas irmãs que lá estavam terem se tornado minhas amigas diletas, e meu porto seguro em Recife!!!!

Decepção: Porto Seguro - passei um carnaval lá e, além do clima de pegação irritante, choveu todos - eu disse todos - os dias

Salvador - achei o povo meio esnobe demais (xii, vou levar pedrada!!! smile ), esperava mais do litoral. Ah, também choveu à beça.
Mas tenho que dar um desconto, foi na volta da viagem da Chapada, eu tava meio deprê de ter que me separar do lugar e das pessoas... (Um momento meio Big Brother, sabem: você acaba de conhecer as pessoas e acha que elas são suas amigas de infância, como vai ser a vida sem elas?? Esquisito à beça!!! Acho que preciso dos psiquiatras que a Sylvia ia chamar!!!). Vou dar mais uma chance aos "que não nascem, estréiam" e sua cidade!!!!

Marília Marconi

Desculpem o comentário enooooooorme!! Me empolguei!!!

Carla2
Carla2PermalinkResponder

Gente, vcs também me lançaram ao mar?? Meu comentário anterior não subiu!!! ( e meu nome é Carla, não Carlos...rsrsrs)

Bom o resumo é que concordo com o Miguel, Paris foi uma decepção total - exceto o Louvre. Os parisienses são metidos (quase saí no tapa com uma garçonete) e o metro é feio e mal cheiroso. A cidade é bonita, ok, mas não tem nada a mais que as outras capitais européias. Nunca mais voltei, e sempre fico pensando se foi porque eu estava sozinha numa "cidade romântica" (é o que dizem de Paris, né? Prometi que ia dar uma chance a Paris, mas acompanhada - só que ainda não rolou!!

Concordo plenamente com o Riq sobre a Cidade do México - era para ser 2 dias e visitas somente aos museus da Frida Khalo e de Antropologia, acabei ficando 4 dias e com gostinho de quero mais!!

Anny, vc é a segunda pessoa que não fala bem da Jamaica, tô pensando em ir p/lá nas próximas férias, será que é furada?

Leandro, o que vc escreveu sobre SP eu digo do Rio - moro em SP, mas amo o Rio! Acho lindo maravilhoso, sou tiete mesmo - vamos trocar? rs
E o hotel Tropical Manaus, é mais legal que o Ariaú? O Ariaú está nos planos para o futuro... (ou estava...)

Jorge Bernardes

Galera, eu não sou troller não, mas estou com vontade de fazer uma pergunta desviando do tema e tô vendo que a tripulação tá entusiasmada por aqui.
Eu não tenho interesse nenhum em cruzeiros e vi aqui nos comentários que muita gente concorda comigo.
Tenho uma teoria que o cruzeiro só vale para aqueles lugares onde eu não conseguiria me hospedar melhor em terra.
Assim, na minha teoria, só vale o cruzeiro para quando eu for conhecer à Amazônia como se deve (não ficando em árvore ou só ficar em Manaus e Pres. Figueiredo como eu fiz) ou quando eu conseguir realizar um sonho antigo de conhecer a Antártida.
Tem alguém aqui que já fez alguma dessas duas viagens?
Arnaldo, Daniela Siq: Yosemite é mesmo o máximo. Marília, Chapada Diamantina é das poucas viagens em grupo que ouço que todo mundo gosta.

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Trocava sim, he he. Agora, as diferenças entre o Tropical e o Ariaú são enormes, para começar o Ariaú é um hotel de selva e o Tropical não, o Tropical, que fica na principal praia de rio da cidade (com vários edifícios de alto padrão), é enorme e tem tudo que se espera de um hotel urbano no quarto (ar, tv a cabo, cofre, telefone, frigobar e até desembaçador de vidro no baheiro) e grande área de lazer (minizoo, piscina de ondas, quadras e muito mais), já ao Ariaú não fui mas quase tudo que leio é negativo, o lugar é muito plastificado meio coisa para turista americano ver, e fica bem afastado da cidade. Se você deseja um contato 24 horas com a selva, certamente o Tropical não é das melhores opções, caso contrário vale muito à pena e dá para fazer os passeios clássicos (encontro das águas e tal), eu só evitaria os apartamentos standard, eram bem caídos quando eu fui (2002) e compensava pagar mais pelo superior que na época estava um brinco e melhor até que os luxo (hoje não sei). Mas se você deseja um hotel de selva mesmo, existem outros muito melhores (e mais autênticos) que o Ariaú, e tem também um meio-termo muito bom entre hotel urbano e de selva, o Tiwa Amazonas, que fica pertinho do Tropical só que numa área mais reservada e afastada da urbanização, que pode ser um achado para quem quer contato tanto com a floresta quanto com Manaus (tb não conheço mas vale a pena pesquisar).

Carla2
Carla2PermalinkResponder

Valeu Leandro! Eu quase fui para o Ariaú ano passado com um grupo de amigos estrangeiros - no fim não deu certo e fiquei chateadíssima! Mas deve ser o famoso "hámales que vem para bem" - agora vou ficar mais ligada e já anotei suas dicas!
Valeu mesmo!

Ah! e sexta-feira estou aportando na cidade maravilhosa para um fim de semana, que ninguém é de ferro...rsrsrss

Carla2
Carla2PermalinkResponder

"há males .... e não hámales que parece árabe!!! eek)

Ricardo Freire

Pípols, o que foi muito além das expectativas foi essa enquete! 115 comentários!

EduLuz, o quarto de 65 dólares do Art Hotel é beeeem menor e mais simples do que os de 100....

Ricardo Freire

Carolina e Rodrigo: eu pensei que estava citando essa frase dos trolls de um site americano, mas vocês mataram -- foi de ontem na Rosana Hermann mesmo smile

(Xô, Alzheimer!)

Ricardo Freire

Bom, além de ter ficado devendo a tabulação da enquete dos hotéis baratos, agora eu vou ficar devendo a tabulação dessa enquete aqui. Tem coisas muuuito boas!

Mas eu concordo com quem deu o prêmio ao sanduíche da Gol do Mascavo smile

(É tanto comentário que eu já não consigo mais nem achar!)

Claudio
ClaudioPermalinkResponder

Mais do que o esperado!!!!!!!!!
Show de Madonna e U2 (todos)- sonho realizado
Cirque de Soleil (todos)- sem comentarios, eh viciante...
Carnaval de Salvador-imbativel, desculpem Rio, Olinda e Recife
Mykonos e Santorini-as ilhas mais fantasticas q jah estive
Florianopolis- superou todas as expectativas
Porto da Barra em Salvador- o tratamento VIP dos barraqueiros
TE MATARE RAMIREZ- Buenos Aires- O melhor restaurante da minha vida
Chicago- Uma "New York" mais limpa com um lago belissimo margeando
Fort Lauderdale- conhecida como a Veneza americana, o lugar q escolhi pra morar

Menos do que o previsto:
Puerto Madero- sem personalidade nenhuma
Paraguai- conseguiu superar meus pesadelos
Animal Kingdon(Orlando)- o Zoo de San Diego eh mil vezes melhor
Sao Paulo, de dia- desculpem paulistanos, mas eh feia demais!!!!!!
Servico da GOL- parece Terminal de Onibus, uma rodoviaria
Carnaval de Olinda- sou pernambucano, mas nao acho graca...

Marco Antonio
Marco AntonioPermalinkResponder

Bem, já foram 115 comentários, mas como ainda falta o meu, aí vai:
Surpresas positivas: concordo em boa parte com a lista do Arnaldo: Yosemite, Las Vegas, Boston, El Calafate/ Glaciar Perito Moreno, Torres del Paine, Halstadt, Cesky Krumlov, Estocolmo, Toledo, pastel de Belém, fondue de gorgonzola na Suíça, melon com jamón na Espanha, lasagnete de camarão no Locanda de la Mimosa - Itaipava, cinema 4D na EuroDisney (em Orlando tem igual, mas o primeiro que eu vi foi EuroDisney), Napa Valley (passeio na vinícola Robert Mondavi)

Surpresas negativas: vôos Ibéria (prefiro pagar até U$S 150,00 a mais para viajar em outra cia. aérea), Zurique, Los Angeles (horrível), Oslo (feia, suja), Porto (uma Alfama tamanho gigante), passeios em vínicolas em Mendoza (creio que no RS deva ser bem melhor) e, para o Arnaldo querer me matar: Sevilha (visitei após Granada: ela "sumiu"), "Cirque du Soleil" (assisti dois espetáculos em Las Vegas. Para mim, fizeram da roda um ovo, cheio de "frufrus". Muito bonito, mas "a roda gira melhor")

Jurema
JuremaPermalinkResponder

Estou um dia atrasada no comentário, e será que alguém vai chegar aqui embaixo para ler? Espero que sim, porque eu li todos os anteriores!

Coisas que superaram minhas expectativas:
- São Petersburgo: cidade incrível, com atrações MARAVILHOSAS, como o Hermitage (um museu ultra-impressionante, e olha que conhecemos muitos museus, mas com aquele acervo e aquela arquitetura...), os palácios Tsarkoe Selo e principalmente o Peterhof, assisitir a um espetáculo do Ballet Marinskii (antigo Kirov) no próprio Teatro Marinskii (isso é que é sonho de infância!), perder-se em cirílico... Ficamos na casa da mãe de uma amiga russa, então também pudemos ver o "outro lado", do dia-a-dia da cidade, do povo que teve que se acostumar com uma vida completamente diferente nos últimos vinte anos... E voltar de um dia de turismo intenso e ter um borsch feito em casa nos esperando no fogão, não tem preço!
- Paris, Paris, Paris!
- Passear de carro pela Toscana, parando em várias cidadezinhas do caminho.
- Visitar a Veuve Clicquot em Reims, Champagne. E esperar que grandes comemorações da vida sejam regadas a Grand Dame! (Mas só as muito grande mesmo, porque o preço aqui no Brasil é muito ridículo.)
- Em Vila Nova de Gaia, após uma visita à caves Taylor, almoçar no restaurante Barão de Fladgate, nossa refeição mais memorável na Europa.

No Brasil, os Lençóis Maranhenses. Sim, tínhamos lido tudo o que o Riq escreveu, tínhamos visto várias fotos, sabíamos o que esperar. Mas estar lá supera todas as expectativas.

Ah, sim, e ter morado na Alemanha por três anos, aproveitando os fins de semana e os muitos feriados para viajar baratinho pela Europa, ganhando em €, não tem preço!

Jurema
JuremaPermalinkResponder

Eu sei que eu já escrevi bastante, mas faltaram as decepções:

- Cinque Terre: o lugar deve ser até bonito, mas quando fomos estava chovendo, uma parte do caminho que se fazia pé entre as "terre" estava fechado por conta das condições climáticas, e acabou sendo a parte mais decepcionante de uma linda viagem à Itália.

- São Luís: esperávamos uma cidade mais Parati, e achamos que ainda falta muito "toddynho" para isso. Um lugar com muito potencial, mas falta muito investimento em restauro. Quem sabe, daqui a alguns anos...

Carla2
Carla2PermalinkResponder

Jurema, realmente vc deu azar com Cinque Terre - eu fiz no verão, num dia ensolarado, e é realmente especial. Caminhar por aquele caminho estreito margeando a costa, entrando e saindo de cidadezinhas e com o mar (lindo!!) lá embaixo vale muito o passeio. Dê mais uma chance à Cinque Terre!! eek)

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Peço desculpa a todos a respeito do comentário de ontem, foi apenas uma brincadeira (reconheço, de péssimo gosto), porem era unica forma de fazer um pequeno teste onde eu pudesse tirar algumas conclusões.
Os comentários que são feitos neste blog são sempre de ótimo nível e as pessoas que escrevem são simpáticas e muito interessantes, a começar pelo signatário do blog.

Caroline®
Caroline®PermalinkResponder

Agora eu fiquei sem entender também.... O Carlos está sendo irônico de novo????? Ô, Marília, baianos esnobes??? Acho que você freqüentou os lugares errados na minha cidade.....

Caroline®
Caroline®PermalinkResponder

Só por curiosidade: que conclusões, Carlos???

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

JUREMA, sua menção a São Petersburgo me fez tirar lá do fundo do baú da minha caixola que essa é uma das cidades-sonho-de-consumo. Sem dúvidas pretendo ir a Moscou e a ela um dia, e se você puder me dar dicas na época, vai ser muito útil. Não tenho a menor idéia se dá pra ir à Rússia na categoria "forfait" (mas com pacote hotel-passagem-traslado) e se é seguro e possível passear se guia nem excursão. O único motivo que me fez ainda não ter ido é a exig~encia de visto. eu semrpe privilegio países que não exigem visto, exceto os USA, que os concede por cinco anos. E quanto à sua opinião sobre Sevilha, é natural, absolutamente normal alguém discordar de um depoimento ou de um gosto. Gostos são absolutamente pessoais e, além disso, há alguns outros fatores que influenciam na maneira como ´percebemos´ uma cidade. Até o estado de espírito influencia. mas eu notei também que algumas outras pessoas adoraram Sevilha. e eu diria, com toda franqueza e propriedade de quem a conhece bem, que a Andaluzia, é a melhor região turística do planeta, por concentrar uma absurda quantidade de atrações em tão pequeno espaço de dias (em sete dias se faz uma confortável viagem circular pela Andaluzia, saindo e terminando em Madri). Todavia, já concordo com você acerca do Porto. Achei uma cidade que classifico como "está vista", ou veja se puder, em um ou no máximo dois dias.

DANIELA, não conheço Úbeda, mas sem dúvidas na minha próxima viagem circular à Andaluzia, vou incluí-la (dá pra visitar em um dia ou tem que dormir?) e voltar a Ronda e dormir no Parador de Ronda.

MARCO ANTONIO, eu conheço alguns dos melhores e mais famosos parques nacionais norte-americanos, mas o Yosemite é absolutamente fantástico, deslumbrante e eu apenas "passei por ele". pretendo um dia dispensar uns trê dias a ele, explorando o melhor possível sua imensidão (direções norte-sul, leste-oeste) em vez de perder tempo com a Big Sur, que achei assim-assim...

Beto
BetoPermalinkResponder

Obrigado, Riq. Aprendi o que é um troll, que na minha ignorância imaginava fosse um jeito moderno de trolha. Mas que parece, parece. Pra não ficarem pês comigo, volto ao tema. Surpresa negativa: sabem que nunca tive uma? Posso gostar mais, ou menos. Viajar, pra mim, é que nem pizza. Até quando é ruim é boa.

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Beto, esse é o verdadeiro espírito do viajante que todos nós deveríamos ter: mesmo não gostando, gosta! Ah, concordo com a definição (a sua!) ou tradução não literal para "toller"...

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Arnaldo

Quando voce for para São Petesburgo, podemos conversar mais um pouco. Estive lá em 2004.

Abs,.

Ernesto

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Ernesto, obrigado. Quando eu pretender ir a Moscou e São Petersburgo (quero dizer, quando eu FOR, já que pretender, já pretendi!) vou postar um "recado" aqui e a gente se fala. valeu!

Majô
MajôPermalinkResponder

Regina,
super obrigada pela dica tão legal de hotel em Praga, vou passar para meu sobrinho e anoto pra mim também. Por sua descrição, é perfeito. Se vc achar o site, merci. Outra coisa, você trocou $ e usou moeda local ?

Arnaldo,
obrigada por sua resposta, mas acho que vc está tão entusiasmado com sua viagem para África que não reparou, eu pedi dicas de hotel em Praga hehehe

Gilberto,
concordo com você, achei os franceses muito mais simpáticos desta vez, sempre o merci, s´il vous plait e pardon são retribuidos, motoristas de taxi que usamos na ida e volta do aeroporto simpáticos e falantes e conhecem bem o Brasil, principalmente as praias, como adoram. Acham o povo mais alegre, principalmente as mulheres !, do que os/as franceses/as . Na rua também todos foram super gentis nas vêzes que nos aproximamos para pedir informações. Acho que sacaram o quanto o turi$mo é importante para eles. Cada vez gosto mais daquela cidade smile

Marco Antonio
Marco AntonioPermalinkResponder

Arnaldo, você algum bom parque nacional nas proximidades de Washington ou Nova Iorque que valha a pena a visita em relação a distância destas cidades?

Em relação a essas cidades, alguém tem alguma dica especial de lugar para visitar, comer, conhecer, tirada do fundo do báu, diferente do recomendando pelos guias formmers/ michellin?

Yosemite: até hoje me emociono ao lembrar do lugar. Vale ficar uns 10 dias, fazendo trekking (e olha que eu NÃO sou natureba e nem gosto de trekking). Mas o lugar é MARAVILHOSO. Será que Yellowstone é tão bonito? Alguém que conheça os dois pontos poderia me dizer?

Marco Antonio
Marco AntonioPermalinkResponder

Foram tantos os erros de digitação na mensagem anterior que nem vou corrigir. Desculpem-me. Primeira frase: Arnaldo, você *conhece* algum...

fabrício
fabrícioPermalinkResponder

é a primeira vez que escrevo aqui apesar de acompanhar o site por cerca de 1 ano.
a minha maioir surpresa positiva foi o litoral sul do Espírito Santo. Desde que fui a primeira vez voltei mais 6 vezes, sempre nos meses de janeiro ou fevereiro. Sempre fico 10 dias e dos 70 dias no total foram apenas 3 de chuva! 67 DIAS DE SOL, CALOR E CÉU INFINITAMENTE AZUL! conheço a teoria de clima do Ricardo ( e concordo com ela ), e por isso acho surpreendente tanto sol num mês de janeiro no litoral do sudeste ( não fui pra lá nos últimos 3 verões, mas disseram que com as loucuras do tempo, tem chovido um pouco mais e o calorr está ainda mais forte ).
bem..antes de mais nada tenho umas ressalvas a fazer: apesar do litoral lindíssimo, na época que vou as praias estão lotadas, o governo não se preocupa em realizar campanhas educativas, o que provoca uma sujeira com grandes proporções nas praias mais badaladas ( ja vi coisas que até Deus duvida no mar ). Enfim, se você não gosta de super lotação ( eu não gosto mas também não faço disso meu referencial principal ) fuja dessas praias nos meses de dez, jan e fevereiro, além dos feriados do ano todo quando os mineiros quadriplicam a população das cidades desse litoral.
VAMOS LÁ : pouco conhecia desse litoral até que minha vó mudou-se pra lá. Fui sem grandes expectativas pela primeira vez, mas fiquei extasiado com a beleza do mar ( conheça trÊs praias, que na verdade é uma praia e vc vai entender o que estou dizendo ), cor azul esmeralda e muito límpido em vários pontos, com o fundo do mar ( a maior biodiversidade marinha do atlântico sul !!!!! ), com a estrada do sol e seus mirantes, praias desertas, falésias, lagoas e mata ciliar bem conservada. Com o litoral em si recortado por pedras que atingim o mar e formam pequenas piscinas naturais no meio dessas pedras!!! Mas o mais incrívelo de tudo é que mesmo badalado, do lado de uma praia agitada sem pre tem um cantinho escondido e vazio. Caminhe muito nessas praias, vc irá descobrir surpresas agradabilíssimas!
Conheça também Vitória, seus parques, o convento da Penha e suas praias centrais cheia de gente bonita. Conheça vila velha e se puder de um pulo na serra ( 1 hora do litoral ) mas não deixe de visitar:

1. praia dos castelhanos - Anchietasabe os corais de porto de galinhas que ficam a 1 km da costa?? nesta praia eles ficam na costa!! acabou areia, começa o recifes..lindos e cheios de peixes! mas atenção...durante alguns meses do ano correntes maritimas mudam de direção deixando o mar marrom toddy o que impossibilita qualquer tipo de mergulho ou observação da fauna local.
2. três praias - guarapari..o único bar é simples, mas essas enseadas valem a pena
3.nova guarapari - enseada azul - praias bonitas, povo bonito.
4.Setiba - guarapari - esqueça a praia principal cheia de farofeiros...ande mais 5 min depois dos casarões e vc avistará praias e enseadas desertas e um mar límpido cheio de peixinhos coloridos.
5. praias do centro de guarapari
6.parque municipal do morro....depois da praia mais farofeira de guarapari, um parque cheio de animais silvestres, lagartos, tucanos!!!! e várias piscinas naturais para seu prazer! caminhe até a última piscina e se maravilhe com a belea do fundo do mar ( cavalos- marinhos, polvos, cardumes e vegetação aquática numa pequena piscina...quer mais ??? )

DIZEM QUE O LITORAL SUL DO ES É NOSSA COte d'AZUR....pelas praias pequenas, mar azul esmeralda. Ppois uma vez vi uma reportagem de um francês no ES dizendo que aqui realmente se parece com a riviera francesa, mas é ainda mais bonito!

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Marco, eu não conheço nenhum parque nacional do gênero em Washington DC e Nova York. Já o Yellowstone conheci (etava lá no 11 de setembro de 2001) e adorei, mas é um parque gigantesco e completamente diferente (em absolutamente tudo) do Yosemite, inclusive pela ausência de montanhas. mas é lindo e extremamente curioso, variado. E o Grand Teton National Park, por onde se passa ao vir de jackson Hole (Wyoming) é belíssimo. se quiser dicas, tenho muitas.

Jorge Bernardes

Marco Antonio,
Se vc quer dicas sobre Washington, visite o blog viajar e curtir que está linkado aqui no VNV.
A costa leste americana não é mesmo tão rica em parques nacionais estupendos como na costa oeste.... Não consigo me lembrar nada à altura dos parques mencionados pelo Arnaldo que só conheço o Yosemite.
Vc acabou de me dar uma idéia para um post sobre NY. Vou capturar umas fotos e coloco algo no ar.
Fabrício, seja bem-vindo. Começou inspiradão...

Bia
BiaPermalinkResponder

Com um dia de atraso, vou dar minha opinião:
AGRADÁVEIS SURPRESAS:
- Hotel Unique Garden. O site nem de longe fazia a gente ter uma mínima idéia do que encontraríamos por lá. E eu também não conhecia ninguém que tivesse ido pra lá pra me contar. Achei o máximo! Sem dúvida, o melhor hotel que já fui na minha vida.

- Viagem de Navio: Ao contrário da opinião da maioria aqui, eu não esperava nada pela viagem de navio e quando fui, há 2 anos, ADOREI!

SURPRESA DESAGRADÁVEL:
- A única que estou me lembrando agora é o Hotel Frontenac em Campos do Jordão. Quem ler isso vai achar que sou maluca porque as referências do hotel são as melhores possível, o restaurante é fantástico e tudo mais. Mas o que aconteceu é que fui na semana santa há 2 anos atrás. O pacote era uma fortuna, mas por tudo o que vi no site do hotel, valia cada centavo. Quando cheguei lá, fiquei super decepcionada. Meu quarto era tão pequeno que as malas ficavam no meio do caminho e meu marido, que mede 1,90 m tinha que andar abaixado dentro do quarto. Terrível! Foi a sensação contrária a do Unique garden, que também é uma fortuna mas vale cada Real pago.....

Lea
LeaPermalinkResponder

Desde já, sorry pelo comentário imenso...

Sylvia,
pode definitivamente colocar HK na sua lista. Mas você tem que saber que vai encontrar milhões de pessoas, um cenário de cidade grande, em três dias (foi o tempo que eu tbem fiquei por lá) não é fácil ver muito da China tradicional. Ainda assim, é imperdível. Confira no Tripling o post sobre o Pato de Pequim divino que eu comi lá:
http://tripling.blogspot.com/2007/01/peking-duck.html
Aliás, tô devendo atualizações URGENTES no meu blog sobre minha viagem da Ásia, mas um dia sai. Eu fiquei em Kowloon, no Intercontinental Grand Stanford, mas acho que ficaria em Hong Kong Island numa próxima visita. Cada um tem pontos positivos e negativos: em Kowloon vc tem a vista de HK Island que é o máximo, tem show de luzes todas as noites, e é lá ta´mbém que ficam as ruas muvucadas cheias de lojas tipo Nathan Road e as feirinhas. Mas HK é muito mais sexy, tem o Soho (sim, lá tbem tem um), os restaurantes da moda, shoppings fantásticos, o Victoria Peak (que tem o melhor footing com vista do mundo, na minha modesta opinião)... Mas quer uma dica quente? Bom mesmo é ficar perto do metrô. Dá pra ver tudo isso que eu falei e mais um pouco. Três dias inteiros dá sim. Menos é pouco. Pesquise bastante os hotéis: são bem caros. Posso te ajudar com isso se quiser. Me deixe um comentário no meu blog.

Arnaldo,
A Regina lembrou de uma dica MUITO importante: não ouça o que uns "pegadores de turistas" falam no caminho para os templos e palácios (que está fechado, que tem outro templo mais bonito...). É tudo ladainha. E NÂO DEIXE de fazer a massagem thai no tempo Wat Po: dentro do templo tem uma das escolas de massagens mais traidicionais da Tailândia, e a massagem é única (nada a ver com a tailandesa que conhecemos por aquim, tá... eek) ).
E realmente o Dome é bem sofisticado, precisa ir bem vestido.. mas só isso. Vale a pena ir pra ver as pessoas, a vista, e o Sirocco, o restaurante ao ar livre no 64o andar. Sobre antiguidades: como lá há muitas antiguidades, é fácil levar gato por lebre. Mas em River City as lojas e antiquários são bem sérios, isso é mais difícil de acontecer. Peça certificado de autenticidade e veja se a loja tem peças que saíram em catálogos. Ah, e a boa notícia é quem nem tudo é caríssimo, peças com algumas centenas de anos (e não milhares) saem por menos de 100 dólares.

Sobre São Petersburgo (para o Arnaldo e a Jurema):
Tudo o que a Jurema disse eu assino embaixo, a cidade é incrível com sua aura czarista, seus palácios transformados em museus, o Mariinski, as fontes do Peterhof, a imponência do Hermitage e do Pushkin (palácio de Catarina, tbém fora da cidade)... Arnaldo, eu fiz tudo sozinha na minha viagem, os hotéis russos estão acostumados a te ajudarem no pedido do visto (eles te dão um formulário, daí em diante é tranquilo - Não deixei o visto fazer vc desistir desta viagem!) E dá para fazer tudo sem guia mas é melhor com, até pelas explicações e por vc ganhar tempo. Mas não tem problema em ver tudo por conta própria, vc só precisaria ler no Lonely Planet qual é a melhor forma de chegar nos lugares mais afastados. E, continuando no tema da enquete, MOSCOU me supreendeu muito! Eu tinha certeza que ia me apaixonar por St Petersburgo, mas por Moscou não imaginava! A cidade está em ebulição, russas lindas pelas ruas vestindo a última moda, o moderno e o antigo lado a lado, a imensidão maravilhosa do Kremlin e da Praça Vermelha, o charme da Av. Tverskaya... VALE A PENA!

Bia,
Concordo com vc sobre o Frontenac, que decepção!!! Super caro, quartos minúsculos.... E ainda tive uma amiga que passou super mal com a comida!

Lea
LeaPermalinkResponder

Gente, preciso confessar algo pra vocês:
Eu ia fazer um cruzeiro em maio com o maridão, mas depois dos comentários todos, fiquei desestimulada... O Yosemite passou a ser minha primeira opção! Sevilha e Granada, segunda opção! e Cinqueterre, que eu tinha esquecido que estava na minha lista, terceira opção! Vai ser duro escolher...

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Lea

Cruzeiro depende com quem voce faz. Tem desde Barco "albergue" como o Isdland, até os mais sofisticados, passando pelos boutiques, como o Windstar....Visto para a Russia é bem sacal, mas não é pior do que o dos USA, apenas é uma grande prova de paciencia, ficar horas numa fila e pagar caro para ser atendido por um funcionário grossésimo e mal educado. Dá para ir por conta própira na Russia se voce tiver espírito de aventura. Fui de navio, naõ fizemos a excursão, e alem do "toque local", com metros, oniibus, e tempo à vontade, saiu por 20% do preço pedido no navio... O pais é lindo, mas voce Arnaldo que achou os gregos pouco educados, eles são lordes ao lado dos russos.... Mas, vale a Cidade de Sâo Petesburgo é unica e linda.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

E, claro os arredores com o palácio de verão do Tzar, são fabulosos.

Marília
MaríliaPermalinkResponder

ME SUPREENDEU : João Pessoa - PB (QUERO MORAR LÁ !)

ME DECEPCIONEI: Salvador - BA (falam tanto e ainda precisa muitoooooooo pra ser tudo isso , a Bahia é linda mas Salvador deixa muito a desejar...)

Lea
LeaPermalinkResponder

Ernesto, o que eu tinha em mente era um cruzeiro menor, mais estilo boutique, tipo uma pousada de charme em alto mar. A idéia era incluir algumas cidades do Mediterrâneo, tipo Itália, França e Grécia. Mas os preços... Além disso, me falaram que navios menores balançam BEM MAIS que os grandões... o q vc acha?

Jurema
JuremaPermalinkResponder

Bom, na minha opinião, não é nada fácil viajar independente por São Petersburgo. É imprescindível aprender pelo menos o alfabeto cirílico, pois nada nas placas é traduzido, seja na rua, nos ônibus ou no metrô. Encontrar gente que fale inglês para te ajudar também não é das tarefas mais fáceis.
Dentro da cidade, tudo bem. Dá para fazer os passeios básicos sozinho, com um bom guia-derivado-de-árvores (usamos o Eyewitness - aquele guia da Folha, não sei se saiu em português): Hermitage, Museu Russo, as igrejas (lindas, em vários estilos diferente), Petrogradskaya (a fortaleza de Pedro, o Grande), a Nevskiy Prospekt (avenida principal), o Teatro Marinskii e o ballet... Fizemos um passeio de barco pelo Rio Neva, mas a narração era apenas em russo, nada de inglês ou alemão ou espanhol...
Para ir aos belíssimos palácios fora da cidade, Tsarkoe Selo (ou Puschkin, ou palácio da Catarina) e Peterhof, optamos por contratar uma guia russa que falava inglês para nos levar. Foi caro, mas acho que valeu a pena. Primeiro, porque ela adquiriu ingressos no mercado negro para as datas que nós podíamos (de outra forma, seria difícil - apesar de que mercado negro vai contra todas as minhas convicções, em Roma como os romanos...). Depois, porque tivemos experiência emocionantes sobre trânsito maluco. Para fugir do congestionamento, ela dirigia a 100km/h, na auto-estrada, na contra-mão! E dizia que lá era assim mesmo... Ela também nos deu boas informações sobre como é a "vida real" por lá. Foi muito legal.
Não sei se essas impressões valem para Moscou, fomos apenas a São Petersburgo.

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Boas surpresas: Maceió (fui sem expectativas e gostei), Asunción (fui preparada para o pior e achei a cidade muito simpática), Buenos Aires (não sei porque, mas não tinha muita vontade de ir e no final me diverti pacas), Cuzco (linda!), Washington (achei que iria ser muito sem graça e na verdade é uma cidade muito bonita), leste do Canada (não tinha muita certeza do que encontrar e adorei a viagem), Chapada Diamantina (voltei meio esquisita de lá, no bom sentido). E Sevilha, fazendo coro: que cidade maravilhosa! Eu preciso voltar para lá!
Ah, e mais Disney: fui com 13 anos, achei que fosse odiar e no final foi uma viagem muito legal e marcante (primeira viagem sozinha, ao exterior, com amigas, primeiro vôo...)
Expectativas frustradas: Viena (não achei a cidade tão bonita e é pouco acolhedora). Poderia falar de Bruxelas e Granada, mas não vale porque eu estava de mau humor (acontece, fazer o quê...)

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar