Litoral norte paulista pros pais da Sylvia

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Os pais da Sylvia, que já têm oitenta anos mas continuam sacudidos (ou faceiros, como a gente diz lá no Rio Grande), querem descer de carro para o litoral paulista na segunda-feira passando a Páscoa.

A Sylvia pede dicas de hospedagem bacanas -- e dá como parâmetro o Pestana Angra. Ela ouviu falar da Villa Bebek e não quer que seus pais sofram com os mosquitos-borrachudos em Ilhabela.

Vamolá.

Sylvia, infelizmente o Litoral Norte de São Paulo não é assim nenhum Sul da Bahia em termos de hospedagem com estilo. As praias são lindas, os restaurantes não ficam nada a dever aos da capital, mas praticamente não existem hotéis ou pousadas na categoria é-um-destino-em-si, vale-a-viagem-e-nem-precisa-sair ou você-vai-gostar-mesmo-se-chover.

O hotel que mais se aproxima dessa categoria fica justamente em... Ilhabela. É a Maison Joly, que se estivesse na Costa Amalfitana continuaria um hotel elegantérrimo.

          joly400.jpg 

É para lá que o concierge do Fasano manda os gringos que querem ver praia em São Paulo. De segunda a quinta as tarifas são menos exorbitantes (o site só informa as tarifas de janeiro). Pergunta: teus pais se dão bem com Off? smile Mas o problema maior talvez sejam as escadas (que eu me lembre, o hotel não tem elevador).

Sem escadas, existe outra pousada bem elegante, a Canto da Praia, que está à beira d'água. O dono tem cachorros enormes e um piano de cauda na sala. Eu também vou bastante com a cara do Barulho d'Água, que para o meu gosto é a mais charmosa da ilha. Mas os chalés podem parecer rústicos demais pelo que cobram, e existe um córrego que passa dentro da propriedade -- o que potencializa a ação dos borrachudos. Da última vez que fui à ilha fiquei numa pousada simpaticíssima, com cara de pousada de serra, a Refúgio das Pedras; não fica na beira da praia, mas está próxima das melhores praias do sul da ilha.

refugiodaspedras450.jpg

Na costa sul de São Sebastião, Camburi e Camburizinho se firmaram há algum tempo como um pólo gastronômico, graças sobretudo ao sucesso do restaurante Manacá, do chef Edinho Engel, provavelmente o melhor restaurante praiano do Brasil. (O Edinho continua dono, mas desde o ano passado só pode ser encontrado no seu restaurante em Salvador, o Amado.) Pertinho do Manacá fica a Villa Bebek, o hotel mais comentado do litoral desde que inaugurou, há três verões.

             bebek300.jpg

Posso ser chato? Acho um bom hotel, mas não é essa Estrela d'Água toda, não. Fica um pouco longe da praia -- o que em Camburi é um problema, já que as ruas estão constantemente enlameadas, devido àquela mentalidade praia-do-rosa de que ruas enlameadas são ecologicamente corretas. (Uma pousada menos pretensiosa, de que eu gosto muito, é a Canto do Camburi.)

Eu não recomendaria Maresias para quem não surfa ou não quer azarar na areia e varar a noite dançando no Sirena. A praia é linda, mas a urbanização é caótica e não condiz com a fama do lugar. Ali fica um dos raros hoteizões pé-na-areia de São Sebastião, o Maresias Beach; a localização é boa, o gramado é lindo, mas o hotel não tem charme nenhum, coitado. Em Maresias eu gosto de uma pousada pequena, a Verano.

Para mim, o ponto mais bonito da costa de São Sebastião é a Barra do Saí. A praia é pequenininha e cercada de verde, sem construções devassadas para a areia. Para chegar à praia, é preciso caminhar por uma ruelinha (que também pode enlamear, mas é muito mais bonitinha do que qualquer caminho de Camburi). As pousadas são simpáticas, mas nenhuma é cinco estrelas.

         tiesahy300.jpg

A mais charmosinha é a Tiê Sahy, da foto aí de cima (onde eu não gosto do fato da piscina ser devassada para o restaurante). Já a Pousada da Foca tem um astral gostoso, e dá de fundos para a mata. Preciso revisitar a pousada mais antiga do pedaço, a Aldeia de Sahy, da qual eu não guardo boas impressões mas que, pelo que vejo no site, ganhou uma boa guaribada desde a vez em que eu me hospedei (praticamente na encarnação passada, devo confessar).

Das praias de São Sebastião, a que tem evoluído melhor nos últimos anos é Juqueí. Extensa e sem recorte, não é a mais bonita do litoral. Mas é a única dessas praias "públicas" (ou seja, que não são viraram loteamentos/condomínios) que cresce com organização e, sobretudo, calçamento. (Daqui a uns anos, vai ser uma praia bacaninha como qualquer uma das nossas lá no Rio Grande, só que com mar azul, morros recobertos de verde nos cantos e restaurantes padrão São Paulo.) Ainda não visitei o novo Beach Hotel, que tem uma localização excepcional, no canto da praia, e é dos mesmos donos do Beach de Maresias. Outra pousada relativamente recente e muito bem-estruturada é a Pousada Alcatrazes; recomendo (foto abaixo).

       alcatrazes300.jpg

Em Ubatuba o departamento hospedagem-com-estilo é ainda mais complicado. À diferença do Hugo, eu acho o Recanto das Toninhas muito fraquinho -- grande demais e insosso demais para fazer parte dos Roteiros de Charme. Existem pousadas simpáticas, mas elas têm estrutura mais simples, como a Ana Doce, no Lázaro, e a Casa Milá, na Almada. Existe uma pousada em Picinguaba -- já quase na fronteira com o Estado do Rio -- que me parece muito charmosa, mas que ainda não visitei, a Santa Martha das Pedras.

Finalmente, em Paraty (que em termos práticos está mais no litoral norte paulista do que no litoral fluminense...), o que eu tenho visto é a incrível acomodação das pousadas do centro histórico, que não renovam seus equipamentos -- sobretudo colchões.  Das pousadas de lá, a que mais me agrada é a pequena Urquijo (foto abaixo).

       urquijo300.jpg

Mas da próxima vez que for, quero testar as novas camas da Pousada do Sandi. Fora do centro histórico, o hotel mais confortável é o Santa Clara, 10 km ao norte da cidade, que recentemente (e, cá pra nós, estranhamente) foi incorporado à rede Mercure.

Para ir de São Paulo à região de São Sebastião há três caminhos possíveis. Chegando por Congonhas, pega-se a nova Imigrantes, que vai dar na Rio-Santos. Chegando por Cumbica, o caminho mais curto é sair da Ayrton Senna em Mogi das Cruzes e pegar a Mogi-Bertioga (mas a sinalização do anel viário de Mogi não é lá muito boa). O caminho mais longo, e mais fácil, é sair da Ayrton Senna na Rodovia dos Tamoios, que vai dar em Caraguatatuba, 30 km ao norte do centro de São Sebastião.

84 comentários

Bruno Vilaça
Bruno VilaçaPermalinkResponder

Riq, com esse post tão detalhado, praticamente supri minha lacuna de não conhecer o litoral entre Paraty e São Sebastião... [wink]

SandraM
SandraMPermalinkResponder

Caraca!!

Não sei como vc ainda consegue me impressionar!!
Já não tenho mais o q comentar, por isto fico quietinha,
rsrs
Bjs,

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Riq, eu adoro a Canto do Camburi. As donas são super simpáticas e como já falei do café da manhã na enquete, acho muito gosotoso.

Mas concordo com você que o Sahy é a praia mais gosotosa do litoral norte. Pequena, charmosa e despretensiosa. Desde a adolescência gosto de passar férias lá, e o ano passado passei uma deliciosa e ensolarada semana em março, com paz e tranquilidade em uma pequena casa alugada.

Valeu pelo guia completo do litoral norte!

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Entre Ubatuba, Ilha Bela ou litora sul de S. Sebastião, eu escolheria ir à Barra do Saí. Fui há pouco tempo no spa da Aldeia do Sahy (é ótimo!), mas não me hospedei lá. Fiquei com a impressão de que os chalés foram reformados e estão muito bons. Tem um ponto importante a seu favor também que é a proximidade da praia.

Jorge Bernardes

Ricardo,

À Urquijo em Parati, eu só voltaria se conseguisse garantir um quarto no último andar, mas aí não será possível fugir das escadas... A pousada é linda, super charmosa, bem cuidada. Entretanto, os outros quartos, os do piso intermediário, são absurdamente barulhentos. Mesmo todo mundo andando descalço ou com aqueles chinelos que eles entregam na recepção e são mandatórios, não dá para aguentar o barulho. Eu me incomodei muito e nem sei se eles podem resolver isso por conta da construção do casarão, do assoalho em madeira sem laje, etc.
No último piso, eu não tenho nenhuma restrição. Eu testei e gostei muito.
Você conhece o DPNY hotel em Ilhabela? www.dpny.com.br Eu estou louco para conhecer esse lugar. Desde que vi na Blue Travel, só penso em ficar lá quando for à Ilhabela.

Sylvia, eu tenho certeza de que seus pais adorariam Ilhabela. É impossível não gostar. Especialmente na época em que eles pretendem ir.

Ricardo Freire

Eu tenho curiosidade com o DPNY também, Jorge. Mas andaram chegando umas cartas esquisitas lá na Redação da V&T reclamando do atendimento. Mas está na minha lista, sim.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Uma decepção foi a Esquina da Mentira em Boiçucanga. Eles preometem chalés rústicos, que são rusticos demais, com um banheiro minusculo e quando falam em cesta de café da manhã no quarto, é uma cesta com produdos industrializados e muito fraquinhos. O gostoso é a localização, bem "pé na areia".
www.esquinadamentira.com.br

Torres
TorresPermalinkResponder

Ricardo :
Nós, os pais da Sylvia, estamos encantados e vibrando com as dicas que nos deste sobre o Litoral Norte Paulista!
Vamos imprimir e levar conosco. Foi, realmente, muita gentileza tua!
Tambem queremos agradecer a todos os demais que nos enviaram comentários e sugestões.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

RIC estou a mais de meia hora tentando recompor uma taquicardia
que me acompanha desde que abri o VnV hoje.
Não sei como expressar a emoção e o agradecimento por esta
atenção especial .
AMEI ESTE POST ! Já estou até pensando em acompanhá-los nesta aventura.
Estou com os olhos lacrimejando e sem palavras ...

Miguel
MiguelPermalinkResponder

Ricardo,

Só um complemento que vale a pena: o Manacá já tem rival em Camburi. É o Acqua (http://www.restauranteacqua.com.br), naquela ladeirona que segue pra Baleia. Não tem toda a produção selva do Manacá, mas a vista é linda e o cardápio faz frente sem dever nada. Da vez que comi nos dois na mesma viagem, fiquei mais feliz com o Acqua.
Agora o pioneirismo do Manacá é digno de nota mesmo. Instalar um restaurante deste naipe numa praia que nem estava no mapa ainda foi uma iniciativa e tanto.

Carla
CarlaPermalinkResponder

Pronto, agora vou ter que arrumar um tempo pra ver o litoral norte paulista tintim por tintim... wink

Rosa
RosaPermalinkResponder

Concordo com o Riq, o hotel Recanto das Toninhas é muito fraco, não vale o que cobra. Foi um dos piores café da manhá que conheci, fiquei tão chateada que registrei comentários na recepção do hotel e também no Roteiros do Charme. O Recanto não tem atributos para figurar no Roteiros. E olha que com a localização, frente à praia, poderia oferecer coisa melhor.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Pais da Silvia,
Estive no litoral norte paulista, em dezembro, amei... e eu nem tinha as dicas do Riq. Ubatuba, amei mais um pouquinho, as paisagens são lindas, de tirar o fôlego...

Hugo
HugoPermalinkResponder

Com relação ao Pestana Angra eu só tenho elogios. Para falar a verdade, nunca me senti tão importante como lá. Por algum tempo, duas noites para ser exato, até pensei que era rico.

É verdade que para mortais que não podem gastar uma pequena fortuna num passeio de lancha falta um pouco de diversão no Pestana, mas para umas duas ou três noites dá para aproveitar bastante.

Com relação ao Recanto das Toninhas, eu gostei porque achei a praia muito boa e não precisava sair de manhã, enfrentando trânsito, pagando flanelinha, e depois ter que voltar para o hotel com aquele pé cheio de areia dentro do carro. o café da manhã realmente não é dos melhores, e a feijoada que servem no sábado também não é lá aquelas coisas, mas a sauna, a piscina e o atendimento me agradaram bastante.

Além disso, eu consegui um desconto lá e ao invés de pagar os R$280,00 que estavam cobrando no site eu paguei R$160,00 por dia. Achei justo pelo que eles oferecem.

Por fim, em fevereiro estive em Ilhabela e me hospedei na pousada do capitão (que é do roteiro, of course) e que tem um café da manhã maravilhoso, mas ao melhor estilo freire´s separei um dia para conhecer o DNPY.

O hotel fica de frente para a praia e permiete que pessoas não hóspedes utilizem o bar.

O que vi foi o seguinte: a praia é boa, a estrutura de praia é ótima, o atendimento é péssimo, os produtos que servem são horríveis (paguei R$15,00 por uma caipirinha feita com caninha 51).

O hotel é bonitinho, mas não é tudo aquilo que dizem, e o que é pior, quem fica no bar na praia, mesmo não sendo hóspede, pode utilizar a piscina. Não tinha nenhum quarto vago por isso não pude vê-los, mas externamente não tinham nada de especial.

Sinceramente, não trocaria a pousada do capitão pela DNPY, mas voltaria para aproveitar o bar da praia, mas sem pedir nenhuma caipirinha.

Quanto aos borrachudos em Ilhabela, por mais que se tente sempre tem um que não se sente inibido pelos repelentes e te pica. Isso enche um pouco, mas se você não tem alergia vale a pena encarar.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Pois é Hugo, nós pagamos a diária de 320 reais, por isso esperamos mais do que o que nos foi oferecido. A localização é ótima, realmente a praia em frente é muito boa e a piscina do hotel depois da praia é o ponto forte, e já que conta com esses fatores positivos, com um pouco de qualificação e bons serviços, o hotel poderia ser show.

Majô
MajôPermalinkResponder

Sou carioca e adoro Barra do Sahy. A última vez que estive lá foi há 7 anos, mas sei por meus sobrinhos que continua um charme.

No centro histórico de Paraty, no mesmo padrão Sandy tem a Porto Imperial que visitei e achei de extremo bom gosto. http://www.pousadaportoimperial.com.br/pousada.asp

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Eu gosto da Canto da Praia em Ilha Bela.
Já a praia que eu gosto em São Sebastião é a Barra do Una mas concordo com o Ricardo ó litoral de SP bem que merecia ter essas hospedagens com estilo.

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Em Ilhabela já fiquei na Pousada do Capitão e no Itapemar, nenhum muito especial. Neste último, eles construíram um anexo na encosta do morro que me pareceu muito bonito, jardim japonês na frente, suítes com hidro e ótima vista.
O meu desejo mais urgente é ficar na Canto Bravo, em Bonete, mas não recomendo para teus pais, Sylvia, pois só dá para chegar por barco ou pela trilha (umas 4 horas de caminhada), além de ser bem rústica.
A Maison Joly, que o Ricardo comentou, é linda, com vistas incríveis do canal. Só fui jantar lá, mas deu para sentir o clima, que é super charmoso. Não tenho certeza, mas acho que agora eles só abrem o restaurante para hóspedes.
Ainda sobre Ilhabela, alguém já ficou numa chamada Splendor, perto da Cachoeira da Toca? Pelo site me parece fofa, com piscina natural e quartos simpáticos.

Jurema
JuremaPermalinkResponder

Em Ilhabela, eu gosto do Porto Pacuíba, na Praia do Viana. Os donos são super simpatícos, a pousada é bem família, com café da manhã caseiro e tudo.

Ricardo Freire

Miguel, o Acqua http://www.restauranteacqua.com.br é ótimo mesmo, e a vista valeria até se a comida não fosse tão boa smile

(Dica: quando derem um endereço www no comentário, não usem nenhuma pontuação -- parênteses, vírgula, ponto -- colado ao endereço, senão o sistema não cria link.)

Hugo, perfeita a sua observação "pestânica". E entendo os motivos pelos quais você gostou das Toninhas (praia na porta, sem precisar pegar carro nem enfrentar trânsito). Mas como eu gosto mesmo é das praias ao norte de Ubatuba, isso para mim seria mais um defeito smile E quanto ao DPNY, você simplesmente resumiu tudo o que eu intuía sem ter ido... he he

Emília! Eu também quero MUITO ir ao Canto Bravo na Ilhabela. Mas além da dificuldade que é conciliar a minha agenda com a de São Pedro, eu ainda tenho o agravante que é o de viajar com laptop. Mas claro que eu não ia indicar essa pros pais da Sylvia...

Sylvia e Pais da Sylvia, adorei que vocês gostaram do post-it smile

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Riq, já faz algumas semanas que estou tentando matar a sexta e reservar a Canto Bravo. Já tinha conseguido o final de semana e a suíte que eu queria (a maior, do segundo andar), mas como a minha vida e a do meu querido está mais que agitada, apareceu um compromisso e tive que desmarcar. Já tentei de novo, mas no final de semana que eu podia a suite já estava reservada e eu sou assim: quando cismo com alguma coisa...
Eu estive em Bonete em dezembro de 2005 e fiquei curiosa com a placa de 'pousada' naquele fim de mundo. Aproveitamos para visitar e desde então ela está na nossa lista de prioridades. Rústica, mas extremamente charmosa, de frente para aquela beleza que é Bonete, enfim...ótima para um final de semana de descanso total.

Diogo
DiogoPermalinkResponder

Riq, te mandei um e-mail pro ricardo@freires.com.br
Sera que recebeste?

Abracos.
OBS: para nos, aqui do RS, essas praias sao como a grecia, pq em termos de beleza litoranea, deixamos tudo para SC mesmo, heehehe...

Lea
LeaPermalinkResponder

Riq, Sylvia, Sr Torres e esposa,

Sou frequentadora assídua do litoral norte e assino embaixo (claro!) de todas as dicas do Riq. Mais algumas:

RESTAURANTES

Em Camburi, o Cantinetta http://www.cantinetta.com.br , no meio de Camburizinho, é o melhor lugar para um café charmoso (com livraria em frente), doces irresistíveis (AMO a barra de banana) saladas e outras gostosuras da rotisserie. A chef, aliás, é a mesma do Acqua.

Um restaurante muito tradicional em Camburi é o Tiê. Ambiente gostoso, sonzinho ambiente, para ir sem pressa e comer bons peixes e frutos do mar. Não perca a saladinha que vem acompanhando os pratos e, no couvert, as cenourinhas curtidas (se não vier, peça!)

Em Juqueí, o Chapéu de Sol (peixes e frutos do mar) vale para um almoço no fim da tarde na varanda, vendo o por do sol. O Badauê também é legal no almoço mas acontece mesmo no jantar, quando junta uma galera bacana em busca das robatas moderninhas.

Sobre as pousadas: eu gosto muito da Villa Bebek, e acho que os preços estão OK comparando com outras pousadas mais acanhadas e tão caras quanto, em Camburi e Juqueí. De bom tem o clima meio asiático (meeeeeio asiático), a piscina linda, o SPA e sala de ginástico super equipados e as ótimas massagens. De negativo, na minha opinião, o café da manhã meio bagunçado, ainda não estruturado para o aumento que houve no número de quartos, e, claro, a distância da praia, algo como 5 minutos de caminhada.

Outra opção nova em Camburi é a pousada Villa Camboa http://www.villacamboa.com.br . Esta fica em frente à praia, separada da areia por um "mato" que tem uma trilhazinha e até uma ponte. Alguns quartos têm vista, mas na maioria dos casos a vista é lateral. Há muitos quartos, mas você não vê tanta gente assim, os que ficam no térreo têm uma vegetação na frente que não deixa os quartos escancarados. A piscina é mais frequentada pela criançada. O atendimento (procure a Solange) é ótimo.

Já em Juqueí uma pousadinha que acho charmosa é a Terra http://www.pousadaterra.com.br . É pequena, mas os quartos são bem decorados e a piscina também é charmosa.

Beijos e boa viagem!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Lea, Jurema, Emilia, Marcio,Fernando, Jorge, Miguel, Rosa Hugo, Diogo:
Vcs são demais ! Obrigada.

Ricardo Freire

Lea, não é que eu não goste da Villa Bebek. Eu só acho que o pessoal "over-rateou" um pouquinho, sã? Todo mundo comprou o release de que era um "hotel de bangalôs" e, cá pra nós, n'é não, né? smile

Ah, também acho a Terra em Juqueí muito gracinha. (Eu não estou me reconhecendo. Quando eu comecei o Freire's eu tinha certeza de que eu jamais teria alguma coisa favorável a dizer sobre Juqueí, e hoje...)

Hm, simpatizei com essa Villa Camboa. No site deu um pouquinho de aflição a densidade da construção, mas a localização é bárbara. No dia que calçarem a rua principal, então... (Não adianta, eu tô com bode de Camburi!!!! ha ha)

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

Riq, seguindo (como sempre!) as dicas do VnV, reservei a Pousada Terra em Juqueí para passar este final de semana, para comemorar com o maridão e dois casais de amigos o meu aniver, domingo agora. Depois te conto se continua "muito gracinha", tá? hehehe

Maria Célia
Maria CéliaPermalinkResponder

A Pousada Terra continua sim uma gracinha! Excelente custo x benefício, um ambiente hiper agradável e charmoso, quartos bem limpos e decorados e atendimento excelente. A localização também é bem boa, a praia está a dois quarteirões e dá pra ir a pé ao shoppingzinho que tem lá perto, fora uns restaurantes bem legais. Pra não dizer que só falei das flores, o banheiro da Pousada é bem pequenininho e o box, minúsculo, mas não chega a ser um problema, já que a ducha é ótima.

Fomos em dois restaurantes, o Chapéu de Sol para jantar e o Bistrô no almoço.

No Chapéu de Sol pedimos pizza, que estava maravilhosa (preços salgados, no nível de uma pizzaria cara de SP, mas compensa). O único "porém" foi o atendimento: um garçom ultra mal-educado azedou a noite.

No Bistrô eles têm uma opção de "promoção do dia", que inclui saladinha, prato principal e sobremesa por R$ 28,10. Entramos lá atraídos pela promoção, mas o cardápio é tãããão apetitoso que ninguém pediu a promoção. Todos os pratos pareciam tão mais gostosos que o prato do dia! Mesmo gastando bem mais, todo mundo adorou, serviço e comida exclentes, super recomendado.

O Bistrô fica na rua do shoppingzinho. Neste shopping tem outros restaurantes, uma doceria e uma sorveteria divinas. A praia de Juqueí continua linda e incrivelmente limpa. Vale muito a viagem!

Carolina
CarolinaPermalinkResponder

tem uma pousada em Cambury, a Villa Cambury, que é um CHARME!!

Sobre a pousada do Capitão, alguém pode por favor me esclarecer pq aquela coisa mofada e sem charme é tão bem cotada??
nunca tive nem coragem de passar uma noite lá de tanto cheiro de mofo que aqueles quartos tem. Fora que é pequena... sei lá. Está além da minha compreensão.

Eu acho a DPNY bem bonitinha sim! não é um desbunde, mas uma ótima opção em Ilhabela (isso se alguém conseguir reservar! liguei esses dias - só pra Setembro).

Com relação aos borrachudos, só sofri com eles em Castelhanos, Jabaquara, até pq são lugares praticamente virgens e na Toca. Todas as praias "urbanas" são tratadas. Eu levo off só por precaução, mas nunca precisei usar.

Lea
LeaPermalinkResponder

COncordo com vc sobre a Villa Bebek, Riq! Mas pra quem at[e pouco tempo náo tinha op;óes realmente charmosas tipo vale-a-viagem-mesmo-em-dia-de-chuva, a Bebek veio a calhar.

Eu tbém sou a favor da pavimentaçao da rua principal em Camburi (ainda que eu simpatize mais com paralelepidos) mas querida dar uma boa notícia que eu tinha esquecido de dar: o primeiro passo já foi feito - trocaram aquela ponte mambembe entre Camburizinho e Camburi por uma senhoooora ponte!!! Passa até dois carros por vez! eek)

PS: como dá pra por smileys nos comentários?

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Carolina, finalmente encontro alguém que concorda comigo com relação à Pousada do Capitão...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Riq e todos os que contribuiram com estas dicas especiais:
o " casal -faceiro " acaba de chegar após 20 dias de férias
divididas entre sampa, campos do jordão, ilhabela, paraty
camburi e juquei.
A-do-ra-ram tudo, choveu muito pouco e deu tudo certo.
Vou me informar direitinho da hospedagem , do que acharam e
dou um feed.
Riq, eles amaram o Beach de Juquei !
Ah, e ainda tem uma pousada novissima com vista deslumbrante em Ilhabela , e um feed bem legal sobre
os mangues , alagamentos e ecologia.
Aguardem !

Ricardo Freire

Ueba!

Homenagem a todos os "pais da Sylvia" do mundo « O meu lugar

[...] se zangue por usar os seus pais como introdução ao vídeo abaixo, que está bombando no YouTube), ao buscar informações para uma viagem que o casal pretendia fazer, e fez, ao Litoral [...]

Danilo
DaniloPermalinkResponder

Ricardo, só pra registrar, esse último fim de semana fui para a Barra do Sahy e fiquei na Pousada da Foca graças a sua dica que encontrei aqui. Foi ótimo, além de ótima estrutura e atendimento gostamos muito da comida, foi excelente. Obrigado pela dica.
abs.

Leonardo
LeonardoPermalinkResponder

Caro Freire,
Achei o seu blog o melhor roteiro para o litoral norte de SP até o momento.
Não conheço nada do litoral norte e tenho uma dúvida. Vou ficar fora 5 noites. Você acha que dá para me hospedar em 1 praia e conhecer as outras em um passeio de 1 dia?(exceto Ilha Bela que eu já conheço).
Por exemplo, ficar em Juquei ou na Barra do Sahy e visitar Camburi e Maresias (ir e voltar no mesmo dia).
Parabéns pelo trabalho, Leonardo

Ricardo Freire

Leonardo,
é perfeitamente possível se hospedar em Juqueí ou no Saí e visitar as outras praias de São Sebastião. Tudo ali é pertinho. Dá pra pegar praia no Saí, almoçar no fim da tarde em Camburi e curtir a noite de Maresias, sem problema.

Daria até pra ir a Ilhabela, saindo cedo, no meio do feriado.

Pras praias de Ubatuba é que fica puxado (não é impossível, mas é chato).

andreia paulino marques

Querida, Boa Tarde primeiramente gostaria de parabenizála, pelas ótimas dicas que vc nos oferece, mas agora eu gostari de te apresentar o que há mais elegante,confortável,familiar,seguro se tratando de Pousada no litoral Sul. Estou falando da Pousada Vesuvio em Itanhaém. Venha nos conhecer. Aguardo contato e vc vai se supreender. Abraço e sucesso.

Dhario
DharioPermalinkResponder

Ola gostaria de Saber Se Alguem Conhece Algum Spa no Litoral Norte Entre Bertioga e Caragua Por Favor se Alguem Conhecer me Passe o Endereço
Obrigado

Sandra Hahn
Sandra HahnPermalinkResponder

Ricardo,
sempre que vamos ao Brasil, antes de decidir o que visitar, checamos seus posts a respeito das praias e dicas de viagens. Desde entao, nossas viagens tem sido incriveis. Obrigada pelo trabalho de publicar estas informacoes.
Desta vez decidimos ficar em SP mesmo e iremos para o hotel Aldeia de Sahy. Com uma crianca achamos ser mais facil ficar em hotel do que em pousada. Espero que a praia seja assim simpatica como os comentarios dos Internautas aqui.
Obrigada
Sandra

Rodrigo Dantas

Ricardo boa tarde, gostaria de saber se estarei escolhendo bem a praia do Perequê em Ilha Bela?
Conhece a www.pousadailhabela.com?

abração

Ricardo Freire

Perequê não é praia; é um bairrozinho à beira-mar no caminho entre a balsa e a Vila. A pousada parece bacaninha, sim (não visitei). A piscina é agradável e dá a sensação de estar no mar sem precisar ir à praia (bom para os dias em que rolar uma preguiçazinha).

Rodrigo Dantas

Agradeço. Aproveito para te perguntar: Acha mesmo que o "Roteiros de Charme" é referência para requinte?
Seja franco como sempre

Ricardo Freire

Hahaha. O elenco dos hotéis não é homogêneo, Rodrigo, e eles certamente não detêm o monopólio do charme no Brasil. Acho a seleção paulista irregular (o hotel das Toninhas em Ubatuba é um mistério como se agüenta até hoje por lá). Em Ilhabela o Solar Singitta é bastante elogiado, e este fim de semana encontrei alguém que falou bem da Pousada do Capitão (cujo estilo não me atrai muito não).

Ricardo
RicardoPermalinkResponder

Boa Tarde, alguem pode me dar alguma dica de hospedagem para passar o final de semana um lugar simples, confortavel e barato para casal?

Joao Sette
Joao SettePermalinkResponder

Olá Ricardo
Fui este mês de janeiro à Barra do Sahy, como você disse uma das praias mais agradáveis desse litoral. Fiquei no Aldeia do Sahy. Como você disse, merece uma nova visita: a pousada é deliciosa, tem uma variedade grande de tipos de chalés e quartos, uma piscina bem grande e outra aquecida e com hidromassagem (era para ser infantil mas os adultos parecem gostar muito!) café da manhã suntuoso. Além da piscina, vi algumas vantagens que me fizeram escolher ela: é de longe a mais perto da praia, um quarteirão por uma dessas ruelinhas que vc descreve, e tem sauna e quadra de squash. Como choveu bastante, essas atividades foram muito bem vindas. Fui visitar as outras pousadas que vc comentou, e sua descrição é perfeita, ambas são muito charmosas e agradáveis, embora a piscina da Tié seja realmente quase "dentro" do restaurante. Um abraço

Ricardo Freire

Valeu pelo fidibeque, João!

Joao Sette
Joao SettePermalinkResponder

ahh, esqueci...eu pessoalmente não sou muito ligado nisso, mas a pousada tb oferece, em um espaço ao lado, e cobrando separadamente (tb para as pessoas de fora) um spa para massagens e afins, bem legal.

Joao Sette
Joao SettePermalinkResponder

e já que estamos, uma vez fiquei, em Ilha Bela, na pousada Splendor, que vc não citou: de altíssimo nível (o preço também), com piscina de cachoeira no meio do terreno, um luxo. Recomendo também. Abraços

Gisele
GiselePermalinkResponder

Eu conheco a Pousada Verano em Maresias. Realmente é uma delicia e os donos muito simpáticos. Adorei ficar la. Uma piscina muito linda tb. http://www.pousadaverano.com.br/
Bem citada pelo amigo Freire.
Mas realmente o mar náo é pra peixes. Tomei vários tombos ao tentar me refrescar no mar, ai desisti rs.
Mas é muuuito lindo la e o povo que frequenta tb.

José Neto
José NetoPermalinkResponder

Em qual suite você ficou na Refúgio das Pedras?

Ricardo Freire

Não me lembro. Mas não era nenhuma suíte especial, não.

José Neto
José NetoPermalinkResponder

Outra dúvida... tenho 3 dias. O que é melhor? Ilhabela ou Camburi/Camburizinho?

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalinkResponder

Depende José: vc vai em que época? Final de semana ou dia de semana? Vai com crianças? Quer curtir a praia ou quer se deslocar de carro? Camburi/Camburizinho são duas praias lindas nessa época do ano, quentes e não chuvosas; mas se for em final de semana/feriado elas tendem a ser bem cheias de surfistas e pitboys, que eu particularmente acho chato. Mas a vantagem é se hospedar perto da praia e poder e correr pra areia bem cedo, sem utilizar carro. Ilhabela tem muitas praias lindas, mas dificilmente você escapará de usar carro pra comer e se deslocar pra outras praias.
No meio da semana nessa época os dois destinos são deliciosos. Não deixe de pensar também na Barra do Sahy com carinho: praia calminha, pequena e não tão badalada. Minha praia favorita no litoral norte.

Nati S.
Nati S.PermalinkResponder

Não conheço Ilhabela, acho que exatamente pelos fatores que eu acho que pesam negativamente: acesso (é mais longe de São Paulo e tem a balsa, ou seja, demanda mais tempo de viagem perdido desses seus 3 dias) e a dependência do carro. Em Camburi já passei inclusive um Reveillon (cheiúuuura!) e mesmo assim recomendo altamente a praia. É bonita e tem hotéis e pousadas que, se não são pé na areia (coisa difícil no litoral norte) ficam a uma distâcia completamente caminhável da praia.
Em abril um amigo que não conhecia nada do litoral de SP e passou exatamente pelo mesmo processo decisivo (Ilhabela x Camburi) passou 3 ou 4 dias em Camburi, em dias de semana... ele disse que a praia era dele!! Não tinha mais ninguém por lá, ele adorou!

Simone Lobo
Simone LoboPermalinkResponder

Olá José.
Na minha opinião, Ilhabela é melhor para curtir a dois e Camburi/Camburizinho paa ir com amigos. Digo isso porque em Camburi há muito mais agito do que em Ilhabela.
Vou muito para Ilhabela e simplesmente amo as praias, tem para todos os gostos e dá para aproveitar bastante em 3 dias.
Fiquei recentemente na Pousada Terra Madre e indico. As suites são novas, ar split, lençóis de "muitos" fios e hpa opções com uma hidro no quarto por 190,00 a diária. Não fica à beira mar, mas o local é lindo, a 5 minutos da rua principal (chegando do porto) e tem atendimento simpático e café da manhã delicioso.
Espero ter ajudado.
Abraços.

Érica França

José.
Eu não conheço Camburi, mas tenho a impressão, por conta de relatos de amigos, que é um lugar de curtição. Por outro lado, Ilhabela é um lugar onde você pode curtir a tranquilidade e a contemplação. Fiquei na pousada Lacosta, há dois anos, em frente à praia do Julião (não tem vista para o mar, mas basta atravessar a rua e andar uns 100 metros). Gostei muito da experiência e recomendo.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar