Próxima parada

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pode ir tirando o seu monoquíni da gaveta. Segundo o tablóide inglês Sun, um dos destinos mais quentes de 2007 é este aqui.  

24 comentários

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Casaquistão não está nos meu planos, mas você é o comandante, manda a gente vai. Mas usar aquele maiô do Borat, nem no Casaqui!

Emília
EmíliaPermalinkResponder

O Cazaquistão já está na minha lista faz tempo, mas apenas como uma extensão de uma viagem ao Uzbequistão e Quirguistão. Me parece que tem uma região de lagos linda próxima desses dois países e da antiga capital onde dá para fazer trekking. Mas concordo com o Arnaldo: monoquini fio-dental verde-limão...nem pensar!

Eduardo Luz
Eduardo LuzPermalinkResponder

Nem monoquini, nem utilizar a irmã daquele jeito. E cá pra nós, nem o Casaquistão ( com s ou com z).

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

É, pensando bem, NEM o Casaquistão, muito menos com aquela coisa ridícula verde!

Arthur
ArthurPermalinkResponder

O Borat vai ser o guia?

Flavia
FlaviaPermalinkResponder

Eu estou boiando...onde tá o monoquini verde limão? não é no link é? E eu quero saber como é essa burca embaixo...colada no corpo? porque se é colada no corpo, vai, digamos assim, "delinear" tudo, e aí acho que perde o espírito da coisa...
Alguém sabe se nesses países muçulmanos estrangeira tem que andar de burca?

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Flavia, burca mesmo não, mas é altamente recomendável usar um chador que cubra pelo menos os cabelos, e não expor os ombros tb. Minissaia nem pensar. Em países mais ocidentalizados, como Turquia, acho que o chador não é necessário.
O monoquini limão é o que o ator que interpreta o Borat usou na divulgação do filme.

Jeferson Jess
Jeferson JessPermalinkResponder

já vou deixar meu bigode crescer....

sylvia
sylviaPermalinkResponder

Para os curiosos e todos aqueles que não acreditam e coincidencias
(e eu sou uma) sugiro dar uma passada no
BLOG DA CARLA idasevindas.wordpress.com e
ler os comentarios em "Viajando no tempo".
Até o titulo do post é perfeito, aliás não poderia ser mais perfeito!

sylvia
sylviaPermalinkResponder

Flavia, que eu saiba,a obrigatoriedade de uso de burca para extrangeiros
é só na Arabia Saudita .

Diandra
DiandraPermalinkResponder

Se o lugar for tão divertido quanto o filme... com certeza vale a pena incluí-lo como hot spot!

Flavia Penido
Flavia PenidoPermalinkResponder

Vou ser massacrada pela mulherada aqui, (e pelo Ricardo, pois esse assunto não tem nada a ver) mas sabe que eu tenho curiosidade de usar uma burca só para ver como é? Viajar e se comportar como uma mulher do local (dentro de lo que cabe, evidentemente...).

Carla
CarlaPermalinkResponder

grin Flavia, você foi mais corajosa que eu e admitiu primeiro!!! Eu tenho a maior curiosidade... Imagina só, sair disfarçada usando uma burca, podendo observar tudo e todos como se fosse uma local!!! Nossa, isso dava até estudo de antropologia... wink

Ricardo Freire

Hm, vocês estão dizendo que a burka pode ser o equivalente fundamentalista e pré-cibernético aos nicks e avatares de bate-papos na internet?
smile

Renata
RenataPermalinkResponder

Meninas..eu tbm tenho essa curiosidade de passar um dia de burka para ver no que dá. Vamos combinar que quem sanar essa curiosidade primeiro deixa um relato aqui com as descobertas? E mudando total de assunto alguem conhece a região de Istria na Croácia? Alguma dica?

Flavia Penido
Flavia PenidoPermalinkResponder

" Hm, vocês estão dizendo que a burka pode ser o equivalente fundamentalista e pré-cibernético aos nicks e avatares de bate-papos na internet?" caramba, como vc consegue fazer essas co-relações? Uau!!! Adorei saber que não sou a única com essa curiosidade maluca...mas tem que ser uma burca beeem bonita...

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ai, ai... Êta raciocínio rápido, hein, "seu" Ricardo?!? Mas acho que é isso mesmo - o legal é ver e ouvir sem ser vista ou ouvida (ou até percebida!), mais ou menos como uma espiã... smile

Libanesa
LibanesaPermalinkResponder

Vale lembrar que o Casaquistão tem uma das coleções mais bonitas de mesquitas e santuários sufis do MUNDO. smile

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Meninas, para quem tem vontade de usar uma (confesso que nunca tinha pensado neste aspecto libertador da burca...), pode ter uma idéia lendo o livro 'O Livreiro de Cabul', de uma jornalista noruguesa chamada Asne Seierstad. Ela passa um tempo com uma família afegã e tem que usar a famosa peça...ainda não li o livro, mas me pareceu bem interessante.

Marcio - http://ajanelalaranja.blogspot.com/

Como pode? o Borat acabou promovendo o turismo no Casaquistão, isso sim é motivo de estudo.

SandraM
SandraMPermalinkResponder

Meninas, peço perdão, mas nesta viagem de burka vcs vão sem mim. Ainda q a vontade de ficar incógnita, de ver sem ser vista, seja grande, vcs já pararam para pensar o calor q fica lá dentro??
Com o calor senegalês q está fazendo em SP, pensar em vestir uma burka...nem q estivesse pelada por baixo.
rsrs
Bjs,

Ric, fui ao Templo Zulai e não, não me lembrei de vc.
rsrs

Carla
CarlaPermalinkResponder

Meninas, eu vou confessar uma coisa... Burca eu nunca vesti, não, mas já botei uma roupa comprida e um veuzinho de muçulmana quando visitei a mesquita de Foz do Iguaçu... A foto é impagável!!! Se algum dia eu beber além da conta, quem sabe eu posto no Idas e Vindas?!? wink

Flavia Penido
Flavia PenidoPermalinkResponder

Eu li o Livreiro de Cabul, e adorei (muito melhor que o Caçador de Pipas que todo mundo adora, mas odiei).

Sandraaa, e quem é que disse que vc tem que usar alguma coisa por baixo da burca hein? hehehe...

Olha, se usando a burca vc pode ir a esses países fundamentalistas sem passar desconforto (a não ser o calor), pode ser mesmo uma coisa interessante - ainda mais para nós, brasileiras, que não fazemos top less mas usamos os menores biquinis do mundo...

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar