Relatório de batalha II

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Tive uma reunião hoje de manhã com o Meyer Cohen, que é presidente da Paradiso FM e vive na ponte aérea. Por coincidência, ele também estava no Santos Dumont anteontem à noite. Só não nos encontramos porque ele ficou o tempo todo na sala de embarque e eu fui para o Teco-Teco, a lanchonete da sobreloja.

O Meyer veio no vôo da Varig das 19h40, que só chegou a Congonhas depois da uma da manhã. E me contou coisas interessantes, que dão alento aos que têm alguma simpatia pela Varig.

O que aconteceu com o vôo do Meyer: Congonhas fechou quando os passageiros estavam embarcando. Então ficou todo mundo dentro do avião, na pista, durante uma hora e meia. Diz o Meyer que lá dentro estava mais confortável do que na sala de embarque (olha que ele é grande). E que a tripulação fez as coisas certas na hora certa.

Primeiro, os comissários resolveram antecipar o serviço de bordo e servir em terra mesmo. Depois o comandante saiu da cabine e veio conversar com os passageiros. E quando a espera começou a passar dos limites, eles colocaram um atendente à disposição para fazer check-in nos vôos da manhã para quem quisesse desistir de esperar.

E vejam só. Meu amigo chegou em casa na mesma hora que eu, depois de quase 7 horas desde o check-in, mas ficou com mais lembranças positivas do que negativas. Pode?

36 comentários

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Não pode não Ric, a não ser que
- o avião estivesse vazio e ele confortável-na horizontal - em 4 poltronas
com 4 travesseiros dormindo;
- que estivesse frio, e a aeronave na sombra a muitas horas;
- que tivesse tomado várias cevas na sala de embarque;
- que o vizinho/ aeromoça/comandante fosse um expert em distração;
- todas as opções acima
Assim mesmo, sei não....

Jorge Bernardes

Como se fosse em Manaus.... a chuva despenca em SP novamente nesta tarde. Veja lá fora... Congonhas fecha novamente.....

Acho que vai ter muita gente hoje que vai ter que ficar contente com o serviço de bordo no chão...

Arthur
ArthurPermalinkResponder

E só no RJ que não chove... já tem mais de um mês. Conforme disse o Tutty Vasquez, daqui a pouco vai ter turismo de carioca a SP só pra ver chuva.

Rodrigo
RodrigoPermalinkResponder

Concorrência faz milagre! Tudo para recuperar a imagem.

Quem viaja na ponte aérea tem relatado os bons serviços da Varig.

lembre-se que a ponte é a galinha dos ovos de ouro da aviação nacional. Em nenhum outra rota paga-se tanto por tão pouco tempo de viagem e com tanta possibilidade de horários.

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Amigos tripulantes ! Preciso de ajuda... só para variar um pouquinho...

Acabei de reservar minha viagem desse ano aproveitando a famosa promoção da AA de 30 mil milhas pra vários cantos da America do Norte... fechei um RIO x NY x Honolulu X Miami X RIO em Setembro e preciso de dicas ! (usamos a dica de fazer a viagem com milhas que nunca faríamos pagando)

Lógico que do Hawaii eu já fiz um copy-paste do Arnaldo e já estou com tudo aqui no HD para começar a pesquisa... Meu marido surfa, e a idéia no Hawaii é fica mesmo na ilha principal de carro e curtir suas atrações atreladas a prática do esporte.

Para NY, chegamos em uma sexta-feira de manhã e saímos na terça-feira de manhã para o Hawaii. Já fomos a NY 1 vez e fizemos os passeios padrão (Central Park + Empire + Estátua + Wall Street + Boadway + Off-Boadway + Rockfeller). Faltou o MOMA que na época estava em obras e outros museus por pura falta de tempo. Que mais podemos fazer por lá ?? Onde ficar por +/- U$100 e que tenha uma localização quase tão boa qto o Pennsylvania e que não seja tão velho qto ele ???

Em Miami a parada na volta é estrategicamente de compras... 1 dia e meio, só para arrematar o que falta e voltar. Onde é melhor nos hospedarmos ? sinceramente não temos nenhuma vontade de fazer qq tipo de turismo em Miami. A idéia é consumista mesmo !!! Onde ficar ???

E aí, tripulação, quem se anima a me capitanear nessa empreitada ???

PS.: Riq... isso não isenta a sua responsabilidade em me ajudar, não... só te alivia um pouco, porque vc tem auxiliares que não te deixam na mão !

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Danielle

Se for só compras, perto do aeroporto tem ótimas opções, e voce economiza 1/2 dia do aluguel do carro, pois todos tem transfer gratuito para o aeroproto. Se estiver indo, pergunte aos motoristas das vans dos hoteis, que param junto as pardas designadas da locadosra, as melhores ofertas, e melhor do que telefonar.

JB
JBPermalinkResponder

Oi pessoal,

Estou meio sumido e a razão é que estava viajando. Aproveito o embalo para dizer que meu segundo blog está no ar e conta as peripécias da viagem à Colombia, Panamá, Guatemala e Honduras que acabei de fazer.
Para os interessados, o endereço é

http://jbtravel.wordpress.com

Comentários serão muito benvindos.

Um abraço.

P.S. Carla et al : Não me esqueci do nosso encontro, não! Acho que podemos marcar uma data e local, o que acham? Conversa sobre viagens não vai faltar...

Carmen
CarmenPermalinkResponder

¡Buenas noches!. Tengo que descansar de tanta lectura y cambio horario...

Diogo
DiogoPermalinkResponder

Ja dizia o jingle: "varig, varig varig"...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Gauchos querendo passar a Pascoa em sampa querem saber aonde
dormir , um apart transadinho, bem localizado ( isto quer dizer tb num lugar
que não seja morto no fim de semana)
Gracias !!

Majô
MajôPermalinkResponder

Riq,
Acho que passei pior que o presidente da Paradiso. Ano passado ficamos 2 horas embarcados na pista do CDG, em vôo da TAM, sem jantar, à base de água. A aeromoça alegava que não podia servir jantar pq a qualquer momento a torre podia autorizar a decolagem. Isso tudo por conta de uma tempestade que acabamos tendo que atravessar, ui haja nervos, e o jantar só foi servido à 1 e meia da manhã ! E o comandante não veio dar nenhuma satisfação....

Bruno Vilaça
Bruno VilaçaPermalinkResponder

Sou suspeito, mas tô botando fé nessa nova Varig... São vários os relatos como esses que já ouvi.

E tem um novo diretor de marketing (ex Vale e Ambev) que parece que tá botando pra quebrar... Tomara! Será muito bom para o mercado que esse duopólio Tam/Gol acabe logo.

Daniela Siqueira

Eu ainda recordo da minha emoção com o jantar - jantar!! com prato quente e tudo - da Pluna em uma viagem de três horas para o Uruguai...

Danielle:
Em Nova York, o Riq sugeriu o Hotel Washington Square (que eu achei lindo mas meio caro nas minhas datas - 220/235 USD). A minha irmã ficou no The Pod, o novo nome do antigo Pickwick Arms (http://www.pickwickarms.com/) , e achou a localização boa, os quartos minúsculos, os banheiros no corredor (em alguns casos) limpíssimos, o preço dos quartos menores bem bom - a partir de 100 USD, dependendo da época (e eles a conquistaram pondo tv de plasma e um crib para i-pod no quarto). Resolvi experimentar o Radio City Apartments, que alguém daqui sugeriu (sorry, não lembro mais quem, mas obrigadíssima!) pelos preços e tamanhos dos quartos (160 USD a diária). Depois te conto se deu certo...
Quanto a Miami, assino embaixo da sugestão do Ernesto.

Majô
MajôPermalinkResponder

Rodrigo,
E dizer que já pagamos quase 1000 pratas pela Ponte, era a passagem mais cara do mundo.

Bruno,
Torço também !

Luca
LucaPermalinkResponder

Só trinta mil milhas para todos eses vôos? Que negócio da China!

Ricardo Freire

Danielle, um hotel de 100 dólares em Manhattan e que você não vá me denunciar na Sunab depois é uma tarefa que está acima de meus superpoderes.

Se você achar alguma coisa legalzinha com banheiro no quarto por 150 (e lembre-se de que ainda tem taxa em cima, e o café não está incluído), pegue que é bom negócio.

Pra você ter a idéia da gravidade da coisa, o TripAdvisor nem responde quando você pede hotel até 100 dólares em Nova York em setembro. Quando existe pouca disponibilidade nessa faixa, normalmente eles aumentam o escopo até 200 dólares. Pois em setembro em Nova York eles alargam automaticamente para 300 dólares!

Não é mole não: um quarto privado com banheiro no albergue Jazz on the Park (rua 105, quase Harlem) , sai 150 dólares em setembro. Sem banheiro no quarto, tem por 70.
http://www.jazzhostels.com/jazzonthepark.html

O Hotel 31, na rua 31, com banheiro compartilhado, tá saindo 130 http://www.hotel31ny.com .

Achei no Venere esse Chelsea Star por 90 dólares http://www.starhotelny.com . Diz que tem banheiro no quarto. Mas as paredes são grafitadas por artistas e não parece que os quartos tenham algum espaço designado para bagagem smile

Vem cá, precisa comprar tanta coisa assim em Miami?

Beijos, Vovô Riq

Maryanne
MaryannePermalinkResponder

Fiquei no Pickwick Arms em NY em novembro passado; ainda nao tinha mudado de nome. Acho a localizacao excepcional pra NY, na 51st entre 2 e 3 avenidas, com metro ha 2 quarteiroes do hotel. O problema de la é que se reservar muito em cima da hora, acaba saindo muito caro pro que é. O primeiro quarto que nos deram (casal com banheiro) era uma caixa de fosforos ultra-moderna, porem ainda caixa de fosforos. Pedimos pra trocar e els trocaram na hora por um qto um pouco maior. Os banheiros sao muito pequenos, mas acho que compensa pela conforto. No mais, ta tudo super novo como a Daniela contou.
Vou procurar os restaurantes que fui, que eram dicas de nova iorquinos.

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Danielle, se for para fazer compras, e certamente vc irá ao Aventura Mall, o melhor é ficar o mais norte possível de Miami Beach, na altura do bairro Aventura. mas tudo depende de quanto você quer pagar e o pradrão dos hotéis. Ficar em downtown Miami é furada, porque é longe de tudo, perto apenas do Dadeland Mall (que por sua vez é perto da Best Buy e da Comp USA). Dá mais dicas que retorno com outras sugestões. Uma opção razoável 9dependendo da faixa de preço que pretende pagar) é o Four Points by Sheraton Miami Beach (4343 Collins Avenue), não tão ao norte, mas também próximo de South Miami Beach (bom pra tomar café da manhã e comer).

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Eu quero saber se tem alguem ai que já cansou de fazer compras em
viagem , que passa reto em shopping , que não tem mais paciencia pra
ficar achando lugar em mala, que sabe que quando chegar em casa
vai ser aquele horror de ficar procurando lugar pra guardar tudo.
Tem alguem ai que faria qualquer coisa pra viajar sem bagagem?
Me conta: tem negocio mais chato do que ficar tropeçando numa mala
que a gente não consegue esvaziar nunca??

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Tambem torço pelo fim do duopólio Tam/Gol, antes dele a aviação brasileira era uma tragédia, agora virou uma catástrofe, torço pela Varig ou por qualquer cia aérea que possa deixar a situação um pouco "menos pior". Ooutra coisa, o sucesso deste blog é tanto que está ficando difícl acompanhar, quando entrei hoje eram mais de 100 mensagens, nossa!

Ricardo Freire

Presente, Sylvia!

(Opa, presente não. Presente já não tem mais há muuuuitas viagens. E fazer uma encomenda é o primeiro passo para abalar amizades sólidas!)

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Ric, vc vai dar risada : sabe o que fazemos ANTES de viajar?
Compramos um presente para cada um ( pais e filhos ), assim
se rolar alguma coisa especial compro, mas nem penso no assunto
durante a viagem.
É claro que presente só em viajão , aqui na volta nem pensar.
Aliás, para que é mesmo que serve o free shop?

Carla
CarlaPermalinkResponder

Gente, eu até gosto de fazer umas comprinhas - mas o que costuma acontecer é que bato os olhos em algo, gosto e compro. Paciência pra shopping eu não tenho nem aqui... wink E também já me livrei da "obrigação" de trazer presentinhos há tempos... Agora só compro presentes pro meu sobrinho (tia-coruja de um sobrinho só, dá nisso!) e alguma outra coisa se achar que é "a cara" de uma determinada pessoa, mas mesmo assim tem que ser por acaso!

Danielle, vocês vão mesmo precisar gastar 1 dia e meio em compras? Tenho certeza que vocês não se arrependeriam de passar um diazinho em South Beach... Olha que Miami é muito mais do que souberam os brasileiros enlouquecidos pelas compras que passaram por lá nos anos 90... wink

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Estou 100% com a Carla. Perder tempo batendo perna? Não, como já disse o Riq há muito tempo no livro VnV, o tempo de viagem é precioso...
Só se bater o olho em algo e gostar (especialmente brincos e xales, echarpes e lenços, meus fetiches em viagem). Gosto também de trazer presentes em viagens grandes, mas só para uns 3 ou 4 muito íntimos, incluindo aí meu queridíssimo sobrinho e afilhado de 7 meses smile É bom ser tia, não Carla? Eu nem imaginava que iria me divertir tanto...

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Danielle,

Se alguém te disser um hotel em NY por +/- US$100, me avisa! Eu achei impossível encontrar e isso tem adiado minha ida pra lá...rs
Em Miami, como é pouco tempo, eu ficaria em Downtown, os hotéis são baratos e perto do comércio de rua que tb é barato.
Ou então, vá ao Sawgrass Mills que é gigantesco, lotado de pontas de estoque e eu fiz a festa lá nas comprinhas. Prepare-se para passar o dia todo por lá, ele é afastado.
O site dele é http://www.sawgrassmillsmall.com

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Ah, falaram do Aventura. Verdade, lá é legal mesmo. Mas eu ADORO um Outlet...por isso o Sawgrass.
Esqueça Downtown então, já que disseram tb que é furada. Eu fiquei lá uma vez, compensou por causa dos preços do hotel que estavam ótimos.
Mas realmente, tem lugares melhores pra ficar em Miami.
Ah, adorei o tal hotel grafitado que o Ric sugeriu. Entrei no site, achei tarifas por US$90 em agosto e outubro. O Penn andam dizendo que tá horrível, fuja dele mesmo.

Daniela Siqueira

Meu sonho de consumo ainda é viajar que nem dizem que o Ronaldo Fenômeno viaja: sem malas, que ele compra lá tudo que precisar.
Enquanto isso, ainda fico tendo que fazer milagres para caber as coisas na mala na volta (roupas usadas NÃO ocupam o mesmo lugar que ocupavam na vinda). Eu não costumo comprar nada não, mas não resisto às comidas diferentes: eu sempre trago dulce de leche e vinho quando posso, e temperos legais quando vejo.
Ah, mas viajar para os EUA é uma tentação: a gente aproveita para realizar sonhos de consumo em eletrônicos (assim foi com o laptop e lentes de câmera). A gente vê que está indo para os EUA quando começa a planejar visitas a outlets em vez de visitas a museus...

Carla
CarlaPermalinkResponder

Emília, a diversão tende só a aumentar... Meu sobrinho agora está com 4 anos - e sabe que até em loja de brinquedos eu fiz questão de entrar agora em Buenos Aires? Estou contando o tempo pra ir com ele à Disney! grin

Marília Marconi

Infelizmente, ainda não consegui me livrar da praga dos presentinhos (mas estou tentando: antes era pra família inteira, agora só pai-irmãos-namorado).
Minha tática é a seguinte: no último dia, quando só daria tempo de dar mais uma passeadinha na rua/praia antes de voltar, parto para um grande centro de compras (em geral, centros de artesanatos e quetais) e tento me livrar dessa terrível incumbência (ok, assumo, que eu mesmo me imponho. Ninguém cobra presente não). Resultado: um mau humor daqueles de espantar palhaço, só curado com uma enorme soneca no avião... smile

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Tenho uma mania que pode ajudar:
Levar roupas que não quero mais e deixar para a camareira.
Pijamas , roupas de baixo e meias é perfeito, use e jogue fora.
Camisetas, jeans, bermudas, que não quero mais guardo numa mala
e levo para a viagem deixando no local após usar.
"Deixe o que levou e traga novas"

Majô
MajôPermalinkResponder

Hahahaha Sylvia, boas idéias....

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Pessoal ! Super Obrigada pelas Dicas...
Vamos por partes:

Ernesto - Gostei da dica, mas não da ousadia em só reservar qdo chegar lá... Não posso perder tempo em não achar um hotel razoável e ter q ficar garimpando... vou seguir sua dica e tentar ficar em um hotel próximo ao aeroporto.

Daniela e Riq - Vou checar as dicas de hotéis em NY, mas sempre com banheiro no quarto... mas é que faz parte da cartilha básica para mim... e acho que estou realmente fora de preço com os U$100 que estipulei. Vou fazer como o Trip Advisor e subri automaticamente minha cota...

Maryanne - obrigada pelo hotel e fico esperando as dicas de restaurante !

Arnaldo - obrigada por começar a me situar em Miami. Mais dicas... regras básicas: banheiro no quarto e limpeza. Supérfulos: decoração, comida, localização turística. só vou ter 1 dia e meio, e não estou interessada em turismo, só em Compras. Já vou ter passado um bom tempo no HAwaii e tenho certeza que a única coisa que vai me motivar são as boas compras nesse dia. Faixa de preço... não sei... sempre trabalho com os U$100, mas ainda nem vi nada em Miami para saber se estou muito fora do padrão..

Mô Gribel - Adoro outlets também ! Não sei se vou conseguir escapar de sua dica !

Capitulo Compras... gente, eu confesso que ainda sou muito apegada a essas coisas... não a presentes, mas a pertences mesmo ! Não tem jeito, eu vivi e viajei com dólar a 3,20... não dá para fazer uma conexão com direito a pernoites em Miami e não comprar nada ! Desculpem iluminados que já conseguiram ultrapassar este estágio de viada, mas eu não consegui ainda...

Vamos continuar a montar essa viagem juntos !!

Jorge Bernardes

Danielle,

Em Hoboken e Jersey City tem hotéis por cerca de USD 115.00 e você estará a 15 minutos de Manhattan pelo Path Train. Eu não ficaria lá (Hoboken é bem legalzinha, mas NY fica mesmo é do outro lado do rio). Ainda assim, vejo que é perfeito para o que vc quer e prefiro ficar lá do que no Brooklyn onde apesar de estar entrando na moda como destino alternativo, nunca vi nenhum lugar digno de hospedagem barata por lá. No meu blog Gira Mundo tem dois posts sobre dicas de NY e tem alguma coisa sobre compras lá.

Arnaldo FATOS & FOTOS de Viagens

Danielle, se você vai ao Havaí, encontrará lá alguns excelentes shoppings e todas as lojas de rede (Best Buy, CompUSA, Staples, etc). Nos shoppings, encontrará todas as lojas norte-americanas que verá nos shoppings de Miami, além das de grife européias.

Aqui vai uma dica importante que costuma "pegar" alguns passageiros desavisados. Para viagens internacionais todo passageiro pode levar, gratuitamente, duas malas de 32 Kg cada. Nas internas (domésticas), 22 Kg. Isso significa que se vc. for comprar muito em Miami e esse NÃO for seu último destino antes de retornar ao Brasil, pagará pelo excesso. Em linahs gerais, você pode trazer mais UMA mala com até 32 Kg ao custo de 100 dólares.

Assim, se comprar no Havaí e de lá for para Miami, lembre-se de verificar o peso antes. Como? Bem, eu já comprei uma balança (dessas de banheiro) de 10 dólares pra pesar minha bagagem...

Não conheço bons outlets em Miami (só em Orlando). Sugiro ir ao Aventura Mall (primeiro) e, no extremo, o Dadeland Mall, se tiver tempo.

Consulte o endereço a seguir, com TODOS os shoppings de Miami (inclusive com endereços e posição no mapa, links de cada um, etc):

http://www.frommers.com/destinations/miami/17_indshop.html

Não deixe de ir de manhã ao News Cafe (800 Ocean Drive - Miami Beach) para tomar café da manhã.

Se estiver em NORTH Miami Beach, sugiro o restaurante Bice (esse mesmo que tem em São Paulo e em Manhattan, que o pessoal chama de "báice" mas os americanos chamam de "biche", em sotaque italiano). Fica na 18683 Collins Ave (Le Meridien) e rpecisa de reserva (305/503-6011)

Se estiver em SOUTH Miami Beach, sugiro ir à noite para a Collins Ave e escolher um restaurante de varanda, de sua preferência, de frente para a praia e o agito. Eu gosto do Café Milano, um italiano barato e simpático com toldos verdes.

Não tenho nenhuma recomendaçãod e hotel nessa faixa de preço (desculpe, mas só recomendo aquilo que conheço)...

Se precisar de mais dicas, estou aqui...

Ricardo Freire

Danielle, dica quentíssima da Sylvia para um dia de compras em Miami (ela não achou em que post estava o assunto, então colocou lá em cima mesmo -- pensando bem, quem diria que "Relatório de Batalha II" viraria uma discussão sobre roteiro nos Estados Unidos????)

Como não consigo encontrar o comentário, ai vai minha
sugestão para UM DIA DE COMPRAS EM MIAMI
A primeira coisa é alugar um carro no aeroporto e ir direto
para Fort Lauderdale
Cacife um Holiday Inn ou similar na beira da praia
Vá direto ao Saw Grass , estacione na porta do Target
Compre tudo que quiser, coloque no porta malas ( cuidado para
não dar muita banda com as compras ) e de carro vá andando
pelo estacionamento e parando perto das portas ( anote
os numeros e corredores para não se perder)
Assim vc ecomiza muito tempo e não precisa caminhar com
montes de sacolas.
Alugar um carro sai muito mais em conta do que andar de van
ou taxi, e dormir em FLauderdale é muito mais gostoso que
em Miami.
Se vc quer coisas para casa que não encontrar no super mercado
vá a um home depot, tem vários no caminho.
(Sylvia Lemos)

Danielle
DaniellePermalinkResponder

Gente ! Adorei, Adorei e adorei ! Vcs são demais !!!! Vou olhar com carinho todas as dicas e posto mais a frente com alguma coisa mais concreta !
Beijos em todos !
Obrigada !
Danielle

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar