A propósito: meu melhor cartão

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

cartaolavado450.jpg

Já tive muitos cartões de crédito. Hoje estou comedido. Só tenho quatro lol

Meu cartão mais útil é um Fidelidade TAM Mastercard, que era Credicard e agora virou Itaucard. Ele me dá 1,33 milha pelo equivalente a cada dólar gasto.

O cartão que me faz sentir mais poderoso é um American Express Gold. Eu tinha o verdinho, e ele me bastaria -- mas o fato é que, logo quando o Collor liberou o cartão de crédito internacional, os únicos cartões que davam esse benefício eram os douradinhos. Eu estava planejando uma viagem bem naquele momento, então pedi o apigreide.

O cartão que eu não consigo cancelar é um Diners. Nunca tentei. Acho um cartão simpático. Tem as salas vip. O pessoal do serviço de compras de ingresso é ótimo (os do American também). A data é boa. Precisar não precisa, mas eu gosto dele -- deixa, vai...

Mas anteontem descobri que o meu melhor cartão é mesmo o Personnalité Visa. Eu sei que ele andou furando com o André nos caixas automáticos em Nova York. Mas veja só a performance dele comigo: ele resistiu a uma sessão completa de lava-roupa no bolso de uma bermuda. Não quebrou e, pasmem, nem perdeu o campo magnético. Mesmo depois do molho, do enxágüe e da centrifugação, já usei o bichinho para débito, crédito e saque, sem problemas.

De duas, uma.

Ou a minha ficha de crédito ficou mais limpa, ou a minha lava-roupa não é assim nenhuma Brastemp.

53 comentários

Júlio Mercier

Alguém sabe me dizer se é possível vender as milhas acumuladas no cartão?

Ana Paula Barreto Lopasso

Adorei, ahahaha!!! Agora to com uma duvida aqui... ussando o HSBC Mastercard Premier a cada compra feita no exterior será corado apenas a taxa de conversao ou pode ser cobrado uma taxa extra pela utilização do serviço? Será que existe uma regra para isso??? Convenientemente, no site do banco eles simplesmente ignoram este "detalhe" e também nao dão nenhuma dica sobre qual taxa de cambio será utilizado nas conversões... Será que vou ter uma "surpresinha" qdo chegar a fatura???

Ricardo Freire

Ana Paula, a não ser que o lojista cobre uma taxa extra para venda com cartão (o que teoricamente é ilegal, mas acontece, sobretudo em lugares mais periféricos), a única taxa que você vai pagar pelas compras com cartão de crédito são os 2% de IOF.

Esse imposto é mais do que compensado pela taxa de câmbio usada pelos cartões de crédito, que é a P-tax, muito melhor do que a que a gente consegue aqui ao comprar dólar-moeda ou travelers. É praticamente a taxa do dólar comercial que a gente vê no noticiário -- no máximo uns dois centavinhos a mais.

Leia também este post:
http://viajenaviagem.wordpress.com/2007/01/22/enquete-da-semana-dinheiro/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar