Berlim pra Mira

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

A Mira vai fazer uma viagem rapidinha agora em maio, ficando três dias em Berlim e três dias em Amsterdã. Estive em Berlim no ano passado, então está tudo fresquinho ainda na memória do laptop. A Amsterdã, porém, eu não vou há séculos, então abri um post à parte imediatamente abaixo desse. Eu espero contribuições nos dois, mas no de Amsterdã estou mais necessitado smile

Mira, como três dias em Berlim é um tempo exíguo, eu tentaria me hospedar direto no ber-dom150.jpglado oriental, que é onde as coisas estão acontecendo. É na antiga parte comunista que estão os melhores museus, os monumentos restaurados, as novas construções e a vida noturna. A cidade é espalhada, e você vai andar bastante de metrô; hospedar-se no lado oriental faz você economizar algumas baldeações. O lugar ideal para você ficar é a Mitte, o enorme bairro "central" da cidade reunificada.

Se eu voltasse hoje a Berlim, eu tentaria me hospedar no Lux-Eleven, que fica na parte mais descolada da Mitte, mas estava um pouquinho fora do meu orçamento quando viajei pela V&T. Para ficar na rua mais movimentada do bairro, a Oranienburger Strasse, fique no Arcotel Velvet. Querendo um ambiente romântico, sem minimalices, o Honigmond Garden entrega. Na fronteira da Mitte com Prenzlauer Berg, o Prinzalbert é djizainezinho, econômico e recomendado tanto pela Traveler quanto pelo Lonely Planet.

[Colchetes: desta última vez eu fiquei no Ku'Damm 101, que é ótimo -- barato (consegui por 80 euros), bem-freqüentado, com um café da manhã sensacional (cobrado à parte),  cheio de coisinhas orgânicas e gostosas e diferentes servidas em copinhos e pratinhos. Mas a estação mais próxima não era conveniente, então eu tinha que pegar um ônibus, rodar meia Ku'Damm (a antiga avenida chique do lado ocidental) e então pegar o metrô na estação Zoo. Fecham colchetes.]

O passeio fundamental pela nova Berlim começa quando você emerge da estação Potsdamer Platz e dá de cara com o Sony Center – uma praça futurista delimitada por prédios disformes e coberta por um teto de vidro.

     ber-sonycenter181.jpg  ber-sonycenter180.jpg

Há 17 anos ali só havia a desolação do entorno do Muro de Berlim – cuja história você pode conhecer numa exposição montada em frente à praça, usando fragmentos do Muro como suporte.

Continue o passeio pela Eberstrasse. Em poucos minutos você vai avistar, à sua direita, um campo de lápides sem identificação, construídas num labirinto de vielas que afundam no terreno e parecem engolir seus visitantes: é o tocante Memorial das Vítimas do Holocausto.

ber-memorialholocausto450.jpg

Mais um pouco e você chega ao Portão de Brandemburgo. Ali fica a atração mais procurada da nova Berlim: a cúpula de vidro do Reichstag, o Parlamento Alemão, desenhada pelo inglês Norman Foster.

ber-parlamento450.jpg 

Lá em cima é lindo, mas eu não consegui subir. Como a subida é grátis, a fila sempre é enorme. Por mais bacana que seja, não recomendo ficar duas horas na fila de nada no primeiro dia de uma cidade. Deixe para o último -- ou para a próxima. (Sempre é bom ter uma desculpa para voltar. Eu preciso voltar a Berlim, não subi no Reichstag!!!)

De um lado do Portão você tem o parque Tiergarten e, no meio dele, a Siegessäule (diga: ziguessóile), a coluna da vitória onde se encontravam os anjos de Wim Wenders em Asas do Desejo. Mas não agora: a pé fica longe, e de metrô tem baldeação, então deixe para passar lá quando você for ao lado ocidental.

Do outro lado do Portão começa a majestosa avenida Unten den Linden, com sua coleção de palacetes. Pegue um velotáxi (um divertido táxi-bicicleta, que faz tours a 7,50 euros por pessoa) e percorra a avenida até a Museuminseln – ou Ilha dos Museus.

    ber-velotaxi400.jpg 

Visite ao menos o Museu Pergamon, um dos mais importantes museus de arqueologia do mundo. A novidade da ilha é o Bode Museum, que reabriu no ano passado. Os dois foram muito bem descritos pela Jurema aqui.

Depois você pode caminhar até a Alexanderplatz, para subir na Torre de TV, ou, querendo dar o fecho mais charmoso ao passeio, ir até o Gendarmenmarkt (foto abaixo), a mais bonita das praças de Berlim, para sentar num dos cafés da calçada ou traçar um schnitzel chique no Lutter und Wegner.

ber-gendarmenmarkt450.jpg 

(Na mesma praça também fica um bar decorado com painéis gigantes de fotos semipornôs de Helmut Newton, o Newton Bar.) Trouxe a carteira? Você estará nas imediações das ruas mais comerciais da Mitte, Französischer Strasse e Friedrichstrasse.

Mas a muvuca noturna fica do outro lado da Mitte. A rua da noite institucionalizada, com restaurantes e bares já absorvidos pelo circuito convencional, é a Oranienburger Strasse -- um endereço histórico na reocupação de Berlim Oriental, já que foi ali que artistas plásticos ocuparam ilegalmente um prédio caindo aos pedaços, o Tacheles, que continua até hoje meio decrépito, contrastando com o mauricismo da noite em redor.

A noite vai ficando menos óbvia, e mais interessante, na região da Rosa-Luxemburg-Platz, já na direção de Prenzlauer Berg. A Alte Schönhauser Strasse tem restaurantes bacaninhas, como o bem-freqüentadíssimo (e relativamente barato) vietnamita Monsieur Vuong (foto abaixo). Na mesma rua também tem um italiano interessante, o Cantamaggio. Caminhando por ali você vai descobrir outros lugares maneiríssimos.

    ber-vietnamita400.jpg

Um bairro que merece ser visitado de dia antes de você voltar à noite é Prenzlauer Berg, o primeiro a nordeste da Mitte. O bairro foi construído no início do século 19, com predinhos de cinco ou seis andares. À época da reunificação, os edifícios estavam em estado de penúria, e foram aos poucos restaurados e reocupados por casais jovens que queriam criar seus filhos num bairro tranqüilo e verde. Hoje Prenzlauer Berg é um lugar gostosíssimo de passear, com lojas, cafés e restaurantes transadinhos.

    ber-prenzlauer400.jpg 

Desça na estação Eberswalder Strasse. Se o tempo estiver bom, o biergarten da cervejaria Prater, no comecinho da Kastanienalee, estará aberto. A região mais bonitinha é o entorno da praça Kollwitzplatz. Dois bons restaurantes por ali: o tailandês Mao Thai e o italiano Paparazzi. Mas se quiser autêntica comida alemã, a currywurst (salsicha levemente temperada com curry) mais famosa da cidade é vendida no Konnopke's Imbiss que fica embaixo do trilho do trem na estação Eberswalder Strasse.

[Novos colchetes: um bom programa para antes desse passeio prenzlauer-berguiano é dar uma passada no austero Memorial do Muro (desça na estação Bernauer Strasse), onde um trecho dos dois muros (eram dois, com um espaço baldio no meio para praticar tiro-ao-alvo em fugitivos) foi preservado, com direito à instalação de um muro perpendicular de titânio (você vê tudo isso ao rés-do-chão e depois sobe a um mirante).

ber-memorialmuro450.jpg 

De lá são menos de 15 minutos a pé, pela Bernauer Strasse, que vira a já famosa Eberswalder Strasse. Fecham novos colchetes.]

Um outro roteiro bacana, que pode ser feito também a partir da região comercial da Mitte: desça na estação Kochstrasse para visitar o ótimo museu privado do Checkpoint Charlie.

    checkpointcharlie400.jpg 

De lá você pode ir a pé (ou tomar o metrô de novo até a próxima estação, Hallesches Tor) até o Museu Judaico, que tem uma ala que descreve a história, a cultura e os costumes dos judeus na Alemanha, e outra sobre o Holocausto e a diáspora judaica pós-guerra. Essa ala consegue ser extremamente emocionante, mesmo sem fazer uso de nenhuma imagem ou documentos da época dos campos de concentração.

    ber-museujudaico120.jpg ber-museujudaico270.jpg

Desça três estações depois, em Kottbusser Tor, e você estará no coração turco de Kreuzberg. Aproveite que a elegante matriz da rede Hasir abre 24 horas e experimente o mais autêntico döner kebap (o churrasquinho grego dos turcos) que pode existir -- porque o dono do restaurante, Mehmet Aygun, afirma ser o inventor do prato. Será?

E pensar que houve um tempo em que a maior atração de Berlim era a Igreja Memorial de Guilherme I, mantida de propósito no estado em que ficou depois dos bombardeios da 2a. Guerra. Hoje há tanta coisa para ver do lado oriental que você pode esquecer dela... Dá para encaixar a visita no mesmo passeio à Coluna da Vitória. Desça na estação Bellevue para a Siegessäule e na estação Zoo para a igreja; aproveite para seguir o conselho da Jurema e subir ao 6o. andar da KaDeWe (Kaufhaus Des Westens, ou Loja do Ocidente), o decano dos andares gastronômicos das grandes lojas de departamento do mundo, onde o comércio se confundia com a propaganda da fartura do capitalismo.

ber-ampelmannverm801.jpgber-ampelmannverde801.jpgNessa minha última viagem, não tive tempo de fuçar a cena chique de Charlottenburg, no antigo lado ocidental, nem o circuito alternativo-vanguardeiro de Friedrichshain (tido como o novo Prenzlauer Berg). Se você puder, fica aí a dica.

(Curiosidade: querendo ler o meu postal por escrito berlinense de 1998, clique aqui.)

Tem dicas de Berlim pra Mira? Deixe aí na caixa de comentários, bitte!

188 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Dani Velloso
Dani VellosoPermalink

Lala, já deu uma olhada no IBIS? Eu voltei de Berlin agora e fiquei no Ibis Berlin Potsdamer Platz, andei a pé pra todos os lugares e ainda tem o metrô na esquinda. Muito bom!

http://www.ibishotel.com/pt/home/index.shtml

Carlos
CarlosPermalink

bom dia!!
estou indo para Alemanha em janeiro...sabem me dizer se casacos para frio são mais baratos lá do que aqui? Sei que roupas termicar compensa comprar lá, até por que aqui no Brasil é raro de achar...mas e roupas tipo casaco? levo mais de 1 ou compro lá?
obrigado!!

Ávany
ÁvanyPermalink

Ricardo

Vou à Berlim com uma amiga em setembro e estava meio perdida sobre o que fazer por lá...agora!!! Sei bem o que vou aprontar por lá. Obrigada querido! Achei as dicas maravilhosas...te conto na volta.

Denise Mustafa
Denise MustafaPermalink

Riq, um adendo ao The Circus Hotel em Berlim: a partir de 1 de outubro eles estarão cobrando café da manhã, entre 7 e 9 euros! http://www.circus-berlin.de/162.html
Tentei achar aquele post em que estávamos falando dele mas não consegui, então coloco aqui!
É só pra caso vc indique pra alguém. Ainda bem que vou ficar lá em julho (tá decidido!).
Quando voltar eu falo se vale a pena ou não! smile

Lu
LuPermalink

Oi, Denise,
Acho que foi no post do Hoteis na Alemanha e Alsacia pra Lu. Eu tb já fechei o Circus c/café.
Boa viagem prá nós!!

joana
joanaPermalink

Lu e denise,
valeu apena ficar no circus?? vou pra berlin no dia 18 de março e estou pesquisando localizações legais...

beijo!
joana

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Todo mundo ama esse hotel, Joana. Pode ir. As duas já elogiaram bastante em outros posts.

Berlim por Paula* e Fred « Filigrana

[...] o roteiro traçado pelo Comandante, Ricardo Freire,  aqui, e é claro, viajei na viagem!!! (Não resisti)  Mas, dividindo a experiência, tentando [...]

Joao (DF)
Joao (DF)Permalink

Caro Ricardo
Gostaria da sua ajuda na escolha de alguns hoteis dentro das cidades abaixo que fazem parte do meu roteiro(45 dias/Maio 2010):Berlim :
Motel One Berlin-Mitte, Motel One Berlin-Urania,Max Beer
Apartments

Budapest
Bphome Apartments, Budapest Easy Flat, Town Hall Apartaments, Hotel Central Basilica, Hotel Erzsebet, Budapest Easy Flat

Viena
Ibis Mariahilf, Pension Dr. Geissler, Hotel Kummer, Hotel Pension Kaffeemühle e Hotel Alpha

Praga/Amsterdam/Bruxelas
O que vc pode sugerir até um preço de 95 euros com café.

Finalizando : Bruges/Cesky Krumlov

Qual seria a melhor região de cada cidade para ficar?

Obrigado e um grande abraço.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Desculpe, João. Esse tipo de pergunta me tiraria do ar uma manhã inteira, infelizmente não posso dedicar esse tempo a resolver uma viagem específica.

Em Berlim é melhor ficar em Mitte; tente ficar no hotel Circus.

Em Budapeste Pest é mais central, Buda é mais bonita; em Viena o quanto mais próximo do centro melhor.

Em Amsterdã tente o hotel Van Onna, que custa está na faixa que você quer e fica à beira de um canal.

Para Budapeste e Praga veja indicações aqui: https://www.viajenaviagem.com/2009/06/hoteis-bbb-em-praga-e-budapeste/

Se não me engano, o Ibis de Viena é bem recomendado pelos trips.

Para Budapeste e Praga, veja este post: https://www.viajenaviagem.com/2009/06/hoteis-bbb-em-praga-e-budapeste/

Leia também: https://www.viajenaviagem.com/2009/09/paula-e-fred-na-europa-central/

Tem indicação de hotel em Bruges em https://www.viajenaviagem.com/2009/08/um-pulinho-em-bruges/

Sugiro você pôr os nomes dos seus hotéis no TripAdvisor e ler as resenhas.

Leia todo o material que há sobre as cidades que você quer em https://www.viajenaviagem.com/europa/europa-a-z

Berlim tem uma página especial em https://www.viajenaviagem.com/europa/berlim-ricardo-freire

Desculpe não trazer os links dos hotéis, estou com uma conexão péssima e cada pesquisa é um sofrimento.

Joao
JoaoPermalink

Olá Ricardo

Imagina! Eu entendo plenamente a sua situação.Obrigado pela gentileza. Suas informações foram úteis. QQ coisa entro em contato.
Um grande abraço e boa sorte.

Lucia Helena Torres
Lucia Helena TorresPermalink

Olá,
Se puder ajudar, João:
Em Budapeste fiquei no Hotel da rede Mercure (em Buda) e foi muito fácil me deslocar pela cidade, estando muito próximo do Distrito do Castelo (Buda). Apesar de ser uma cidade, digamos, de uma escala para além de humana, as divisões dos "bairros" correspondem aos distritos, que são numerados no sentido horário; uma semelhança com os arrondissements parisienses; neste sentido apenas. Vantagens do Hotel: localização e preço (apesar de ser um 4 estrelas). Desvantagens: como é um hotel de rede, você pode se sentir hospedado em qualquer lugar do mundo.
Boa viagem,
Lucia H. Torres
RJ

Elsa
ElsaPermalink

Ricardo,

Dos museus abaixo, quais vc indicaria em ordem de importãncia (maior para a menor):
Altes Museum, Altes Nationalgalerie, Neues Meseum, Bode Meseum, Holocaust Memorial e Pergamon Museum .

Um grande abraço.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Na Ilha dos Museus, o mais bacana é o Pergamon. Os outros todos estão próximos. Eu não deixaria também de ir ao Museu do Holocausto, mas fica longe dali.

C
CPermalink

Oi Ricardo, sou muito sua fa, adoro suas dicas e sempre passo por aqui pra planejar minhas viagens...(desde a epoca do freire's praias). Estou indo pra Berlin semana que vem (3 noites).. como consegui os dias na ultima hora nao achei vaga no Circus, onde gostaria de ficar, estou na duvida entre essa sua dica de 2007 Lux11 ou o Casa Camper Berlin, ambos na mesma faixa de preco e no Mitte. Como nao achei nenhum comentario aqui sobre o casa camper, resolvi perguntar se voce ja ouviu algo? Ele ta bem a frente do Lux11 no ranking do tripadvisor....
Obrigada!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Casa Camper é novo, não vi ainda o de Berlim, mas deve ser o máximo. Ser der vá nele.

C
CPermalink

O Camper parece bacana mesmo e chegou a hora da decisao ja super em cima da hora. Os outros forte concorrentes sao:

1. Brilliant Apartments - http://brilliant-apartments.de/?lang=en - no 1 no trip advisor pra categoria, gosto de alugar apartamentos principalmente depois de uma experiencia fantastica em Viena (passo o link pra quem tiver interesse). O que me agradou neste foi a localizacao em Prenzlauer Berg, Norte de Mitte. Pela sua descricao um bairro gostoso, restaurado e tenho medo de que, caso nao fique por la, nao seja muita passagem pra outros lugares em tao poucos dias.

2. Adina Check Point Charlie ou HauptBanhof - nao tem o charme do Camper e nao faz meu estilo (meio business demais - urgh), mas esta numa alta posicao no ranking Trip Advisor e parece um interessante custo-beneficio.

O Camper fica (pouco) mais caro que os acima. O lance de comida sempre disponivel nao me atrai muito, por que nao quero comer no hotel e isso faz com que a diaria fique obvia e justamente mais alta, mas a localizacao dele tambem eh muito boa, bem ao lado do Lux11. Enfim, dificil de resistir smile

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Prenzlauer Berg é bacana, mas Mitte é mais bem localizada. Não ficaria no Checkpoint Charlie não, nem em Hauptbanhof.

marilene guimaraes
marilene guimaraesPermalink

ricardo
estou entre o marriot de berlin e outros em mitte, o que me sugeres? O circus nao tem vaga. grata mg

A Bóia
A BóiaPermalink

Alô, Marilene! Aqui quem responde é A Bóia! Dê uma olhadinha neste post, com relatos de leitores sobre hotéis em Berlim ! wink https://www.viajenaviagem.com/2011/05/hoteis-em-berlim-os-relatos-dos-leitores/

Ingrid Eixemberger
Ingrid EixembergerPermalink

Bom dia a todos!! Estou navegando nesse site faz 3 dias e não me canso, realmente as dicas são ótimas e e só tenho a agradecer por tanta dedicação, Ricardo - vc é o cara!! rs..
Então, já li bastante pra tentar achar as respostas para não fazer perguntas repetitivas, mas não aguentei. Vou ter que perguntar.
Vou com minha mãe, uma mocinha de 57 anos, com pique de de 30, para Alemanha e Austria- é o sonho dela pois os avós delas são de lá e alterar os países está fora de cogitação- em outubro/10 de 16 à 30 ou 17 à 31* duas semanas. Gostaria muito que me dessem as dicas- o Ricardo sempre alerta para imbutir as viagens menores no voo intercontinental como fazer isso?? Pensei em visitar Berlim, Munique-Alemanha e Linz e Viena- Austria.
Pensei em chegar em Berlim e voltar por Viena, mas fica muito caro.
Será q vale a pena alugar um carro?? Chegar me Munique que é no meio do caminho... e voltar por lá também?? Essas cidades são legais?? Alguma outra dica?? Estou vendo o voo pela TAM pois tenho 31.000 pontos do Platinum que podem ser transferidos, é a melhor opção?
Pessoal muito obrigada mesmo, o blog tem me ajudado muito.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Com 30.000 pontos apenas você não consegue tirar a passagem inteira, Ingrid.

Carro vale a pena se você gostar muito de dirigir e quiser/tiver tempo de fuçar cidadezinhas pequenas. Se for para se concentrar nas grandes, o trem é perfeito.

Orce com um agente de viagem Brasil-Munique-Brasil e também Brasil-Berlim//Viena-Brasil.

Ingrid Eixemberger
Ingrid EixembergerPermalink

Oi Ricardo! Acabei comprando as passagens pela Iberia. Custaram R$ 3.560,00 acho que consegui um preço bacana.
Saio de SP dia 17 de outubro chego em Munique 18.
Volto por Berlim dia 31 de outubro.
Optei por comprar cidades diferentes, assim não tenho que ficar indo e voltando para o mesmo lugar. O ideal era compra ida por um país e a volta por outro, mas os voos de Viena são bem mais caros que por Munique ou Berlim.
Obrigada pela dica sobre os pontos do CC, estava pesquisando e vou usar para ir pro Chile com acompanhante no ano que vem, sem gastar nada, pra lá os pontos vão e voltam pra duas pessoas perfeito!!
Bom voltando à esta viagem.. são duas semanas, chego por Munique, devo ficar umas 3 noites e seguir pra Austria gostaria por favor que desse sua opnião para Austria, cidades e transporte. Pelas contas terei 6 noites para a Austria inteira, porque Berlim pensei em 5 noites. Da Austria posso pegar um voo para Berlim para não perder tempo já que é a cidade de onde volto. São tantas coisas para ver, sei que 14 dias são corridos.. E penso que além das grandes cidades gostaria de ver uma mais tranquila, com castelos e tal.. Me ajuda aí.. rs
Obrigada!!

Marcelo
MarceloPermalink

Olá Ingrid,
Se você quer visitar uma cidade pequena com castelo, Landshut é perfeita! Fica a uns 70km de Munique, o acesso é facílimo pela A92, se você alugar um carro, ou mesmo de trem. No blog da minha esposa tem fotos, para você dar uma olhada.
Outra sugestao é seguir em frente pela A92, entrar na A3 e ir até Passau. Lá você entrega o carro, passa a noite e embarca pela manha em um cruzeiro pelo Danúbio até Linz, dura umas 3 horas, e em outubro só tem nos fins de semana. Já vai estar um pouquinho frio, mas vale a pena!
Dá uma olhada neste site: http://www.donauschiffahrt.de/

Ainda em torno de Munique, Regensburg e Nürnberg sao espetaculares.

Burghausen é outra cidadezinha maravilhosa, e tem o maior castelo (em comprimento) da Europa, com mais de 1000m!

Boa viagem!

Ingrid Eixemberger
Ingrid EixembergerPermalink

Nossa Marcelo!! Quem viagem gostosa!! O Blog da Ângela tbm está uma delícia de ler!! Agora com as suas dicas mais dúvidas surgiram dúvidas boas claro, do tipo qual lugar é mais lindo que outro!! Obrigada por responder!! Fiquei encantada com a idéia do Cruzeiro, e as fotos dos Alpes tbm. Uma ótima viagem pra vc e sua família!! Assim que eu resolver melhor o itinerário, mando pra vc dar uma olhada..
Ahh Ricardo, estou lendo tudo que vc indicou, quanto ao seguro, vou viajar só com o Visa Platinum mesmo e pedir a Carta para o cartão.

Ingrid Eixemberger
Ingrid EixembergerPermalink

Ahh outra coisa lí num outro post, não vou lembrar qual. Que o seguro de viagem é obrigatório. Porém o meu cartão e o da minha mãe tem um seguro embutido. Será realmente necessário comprar?! Essa é minha terceira viagem para Europa e nunca comprei, sempre confiando no seguro do Cartão, nunca falaram nada.. na Alemanha eles são mais rígidos? Obrigada.

Berlim: do oriente ao ocidente no ônibus da linha 100 « Cadernos de Viagem

[...] City Tour, dicas, Portão de Brandemburgo, Reischtag A dica eu peguei em um dos posts do Viaje na Viagem sobre Berlim: a linha de ônibus nº 100 é perfeita pra fazer um city tour pelos principais pontos [...]

ELEONORA
ELEONORAPermalink

Ola Ricardo,td bem?
Estou montando minha viagem para Alemanha seguindo suas preciosas dicas (como sempre).
Meu vôo do Brasil chegará por Frankfurt. Vc recomenda que eu siga direto para Berlim ou apenas no dia seguinte?? De trem ou avião? Levarei comigo minha filha de 6 anos.Obrigada!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Eu compraria a passagem de avião até Berlim.

De trem são 4 horas.

Eleonora
EleonoraPermalink

Ricardo, poderia me ajudar?
Como te disse acima,chego a Alemanha por Frankfurt e gostaria de conhecer Berlim e Praga.
Os vôos de Frankfurt para Praga, Praga Frankfurt são caríssimos.
O que vc sugere?
Pensei em Frank->Berlim (avião), Berlim->Praga (trem), Praga->Berlim (trem), Berlim->Frank(avião).
O detalhe é que os trechos de avião mais baratos sao pelo aeroporto de Frankfurt Hahn, que é distante.
Sugere algo?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O ideal é emitir as passagens inteiras com saída do Brasil. No seu caso ficaria Brasil-Praga-Brasil, com escala no lugar da Europa que oferecesse a melhor tarifa.

Vôos saindo de Frankfurt são caros. Frankfurt/Hahn fica a duas horas de Frankfurt.

De trem são 6 horas.

fernanda
fernandaPermalink

Olá Ricardo td bom? Será que vc pode me ajudar?
Estou indo viajar pela primeira vez para a europa com o meu marido só que estou em duvida em dois lugares para se hospedar que é
Hotel Circus e o Max beer apartments. Qual desses dois que vc indicaria ou teria alguma indicação melhor. Queria ficar perto dos pontos turisticos.
Espero que vc possa me ajudar.
Abs

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

O Circus (hotel) é hiper bem recomendado.

Leia a página de Berlim no Viaje na Viagem:

https://www.viajenaviagem.com/europa/berlim-ricardo-freire

Danielle
DaniellePermalink

Bom dia, Ricardo.
O bairro de Charlottenburg é prático? Achei no Booking um hotel super em conta na Bismarckstrasse, próximo ao Tiergarten e ao lado da Ópera de Berlim, mas pelo que vi você recomenda ficar em Mitte, certo?
Você acha que ficar nessa posição em que está o hotel que mencionei é muito ruim? Não dá para visitar as atrações a pé?
Obrigada.

Oscar
OscarPermalink

Danielle

Eu preferiria ficar em Mitte. Mas Berlin tem um bom sistema de transporte coletivo.. E se o hotel esta mais em conta e tem bons reviews não vejo por que não ficar..Tente antes de fechar descobrir a distância dele até o u ou S Bahn.
Ate porque a Bismarckstrasse é a rua que continua até a Siegessäule passa pelo Tiergarten, Portão de Brandemburgo e vai ate a AlexanderPlatz.. Boa parte das principais atrações de Berlin estão concentradas neste eixo!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Berlim se mudou toda para o lado oriental.

Leia mais:
https://www.viajenaviagem.com/europa/berlim-ricardo-freire

Lia
LiaPermalink

Oi Danielle, Charlottenburg é prático, na minha opinião, só é mais residencial. Todo o burburinho tá no eixo Mitte-KreuzBerg-Friedrichshain-Prenzlauer Berg. Perto da Bismarckstrasse tem o U2, que é a maior linha e que passa por vários pontos importantes, e o U7. Dependendo da altura, pq a rua é enorme, tem o SBahn tb. Além do mais os transportes públicos funcionam 24hs durante o fim de semana.

Danielle
DaniellePermalink

Muito obrigada, Oscar.
Há um U Bahn bem em frente ao hotel. Sua dica me deixa muito mais tranquila.
Abçs.

Oscar
OscarPermalink

Então está tranquilo!!!

Na verdade até dá para fazer a pé!!! Mas vc pode comprar o passe diario e usar o transporte público a vontade...
Estive em Berlin a última vez em Outubro do ano passado, caso queira dar uma olhadinha em nosso Post: ( http://mauoscar.com/2009/11/03/145-berlin/ )

Danielle
DaniellePermalink

Oscar, adorei o seu post. Está tudo muito detalhadinho e é uma bela aula de História, o que torna as atrações ainda mais interessantes. Amei as fotos também. Vou usar seu post como base para a minha viagem. Parabéns e muito obrigada mais uma vez.

Ricardo, muito obrigada pela dica também.

Abçs.

Carlos A. Ranzani
Carlos A. RanzaniPermalink

Não sei se a pergunta esta no lugar certo, mas....vamos lá...qual seria das grandes capitais da Europa, a mais acessivel, a que ainda é agradável de ser visitada em Janeiro....com o tradicional frio do inverno europeu?
Obrigado

Viaje na Viagem
Viaje na ViagemPermalink

Não chega a ser agradável porque é chuvoso, mas é menos frio em Lisboa, Barcelona e Andaluzia.

https://www.viajenaviagem.com/europa/lisboa-ricardo-freire

http://www.viajenavaigem.com/europa/barcelona-ricardo-freire

Carlos A. Ranzani
Carlos A. RanzaniPermalink

Comandante....muito obrigado pelas respostas, vou ler de novo, com outro olhar as suas 2 indicações. Esta viagem não estava nos meus planos inicias, mas neste final de semana fiquei sabendo atras da Aquela Passagem, daquela promoção da TAP para o final de ano ( voar com metade das milhas necessarias) .....e ai, pintou a coçeirinha de novas viagens...rs So outra duvida...rs, Berlim é mto fria e com poucas atrações nesta epoca?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Gelada. Sempre há o que fazer, mas deve-se ficar mais tempo e investir em acomodações confortáveis.

https://www.viajenaviagem.com/2007/09/enquete-da-semana-europa-no-inverno/

Danielle
DaniellePermalink

Ricardo, Oscar e demais.
Posso me aproveitar da gentileza de vocês? Seguindo o conselho de hospedagem no Mitte, achei o hotel "Winter's Hotel Gendarmenmarkt Berlin Stadtmitte", que fica na Charlottenstrasse. Vocês já ouviram falar dele? A localização é boa, com movimentação nas ruas à noite? Posso fechar este ou é melhor procurar um pouco mais?
Muito obrigada pela atenção.
Abçs.

Viaje na Viagem
Viaje na ViagemPermalink

Já está mais perto do fervo. A praça Gendamenmarkt é linda e tem movimento à noite, mas temo que onde o hotel está seja meio mortinho depois do expediente.

Tente mais pra cima, mais na região de Rosa-Luxemburg-Platz, Schönhauser Allee. Tente o hotel Circus, todo mundo ama.

Carol
CarolPermalink

Bom dia Ricardo,

Estou numa dúvida de hotel e por mais que eu pesquise ou leia, fico com mais dúvidas!

tenho 3 hoteis em vista, e não sei qual a melhor região para ficar! Alexande, Potsdamer ou Mitte.

- Ibis Berli Potsdamer platz,
- Ibis Mitte e
- NH Hoteles Mitte.

A diferença de preço dos ibis e este hn é de 400,00 reais!
Em termos de localização tem diferença, pois no google acusa uma distancia de 900 mts do ibis potsdamer e hn hoteles do potsdamer platz.

obrigada.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ibis Mitte é o melhor localizado. A propósito, não sabia da existência dele. O Ibis Potsdamer Platz é mal localizado. NH é um hotel bem superior ao Ibis, por isso a diferença.

Carol
CarolPermalink

Oi Ricardo!

Obrigada pela dica! Ajudou e mto viu! Principalmente sobre a primeira viagem a Alemanha!

O Hn é excelente mesmo, mas não gostei mto da localização. Vou fechar com o Ibis Mitte então ou ver pq parece que tem NH em Mitte tb!

Beijos.

Claudio Motta
Claudio MottaPermalink

Já fiquei no Ibis Mitte e ele é realmente muito bem localizado (bem perto da Alexander Platz). O hotel é bem bacana, com funcionários atenciosos e educados. Vai sem medo!

Abraços.

Walter
WalterPermalink

Carol:

Uma opção interessante com um custo beneficio muito bom é o Etap que fica bem perto da Potsdamer Platz, numa Rua tranquila e perto do metro. Tem quartos com banheiro privativo por cerca de 55 euros, pequenos, mas bem melhor que a maioria dos outros etaps. Já os hoteis NH são de categoria bem superior e podendo bancar valem a pena.

Carol
CarolPermalink

Oi Walter!

Obrigada pela atenção! Realmente é um ótimo hotel o NH! Eu estava querendo mesmo ficar em Mitte pelo que pesquisei e li neste site, portanto, acho que ficarei no Ibis de lá. parece que tem NH em Mitte tb, se não for tão absurdo posso até pensar sim. Estou programando há mto tempo e guardando um din din para isso... vou tentar aproveitar ao máximo, pois é a concretização de um sonho!

Beijos.

Carol
CarolPermalink

Gente!!! Só queria saber se agora em outubro, mas especificadamente dias 27 à 03 de novembro é mto frio?

Por acaso cacharel de lã e blazer simples dão conta do frio ou é necessário casacos mais reforçados?

Obrigada mais uma vez!!!

Marcelo
MarceloPermalink

Oi Carol,

Pode ser suficiente, ou nao. Depende do quanto você é "friorenta".

Se você nao quer carregar um casaco pesado no início da viagem, e sentir frio por aqui, compre um novo em Berlin.

Você encontra casacos bons até por uns 20 euros, em lojas como a Takko.

Outra opcao é a H&M, mas um pouquinho mais caros.

Essas lojas você encontra em todo o lugar na Alemanha.

Goretti Nunes
Goretti NunesPermalink

Ric,
acho que vou chama-lo como todo mundo , entao ja me sentindo amiga ...rs
descobrir seu site /blog, atraves de busca no Geoogle sobre Berlin e - morar em berlin, por uma temporada .
A IDEIA É AJUDAR MINHA FILHA DE 26 ANOS , dj, que se prepara para ganhar experiencias fora. escolheu berlin por varios motivos . 1. ja existem amigos la DJ, e ela acha que ficara menos sozinha. 2. é uma cidade que pareceu mais barato viver do que as outras europeias . e estamos fazendo para uma temporada de 3 meses e por isso gostariamos de dicas. Pode ajudar ?
ja escolhemos um bairro - Prenzlauer Berg ( foram indicações dos amigos dela la ) eu particularmente gostaria que ele estivesse num excelente bairro, seguro e tranquilo, com a independencia de se deslocar - onibus e metros ..bem perto . para o alugyuel do apartamento - eu gostaria que ela tivesse seu proprio espaço, minimo , mais limpo e organizado por ela e so dela isso é importante . pergunta i. como ver apatos. e saber preços para tres meses ? ...seria bom com fotos. ela devera ir em janeiro para Paris e ficara uns 25 dias , e depois para alemanha por duas semanas com amigos em outra regiao , so depois disso é que devera ir a Belim , eu achei que como ela quer ir antes pra europa , isso ultrapassara os tres meses do visto ne mesmo ? como proceder ? pra que ela tenha além desses meses janeiro e fevereiro , na euyropa , mais uns tres meses em Belim ? devo consultar a embaixada ??
sao muitas duvidas ...
agradeço as informações
abraços
Go

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Só com visto de permanência estendida. Brasileiros só têm direito a ficar 90 dias por semestre no Espaço Schengen. Não dá nem para sair do Espaço Schengen e voltar que não rola, só no semestre seguiinte. Acho que o jeito mais fácil é se inscrever num curso e conseguir visto de estudante. Informe-se no consulado alemão.

andrea
andreaPermalink

Pessoal e Ricardo

Da pra ir de Berlim a POstdam tipo um bate-e-volta no mesmo dia? Fico com receio de alugar um carro por la, principalmente se vamos ficar na capital, que é sempre complicado.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

São 20 ou 40 minutos de trem, dependendo da linha que você pega. Veja: https://www.viajenaviagem.com/europa/berlim-ricardo-freire .

Isabel O., Portugal
Isabel O., PortugalPermalink

Faz-se optimamente. Eu fiz e recomendo. Há palácios lindos para visitar.

Lia
LiaPermalink

Oi Andrea,
dá pra fazer em um dia sim. Potsdam é ao lado de berlim e sempre há trens e S-Bahn pra lá e a cidade não é tão grande assim.

andrea
andreaPermalink

Obrigada pela dica Ricardo. Estamos montando a nossa rota de viagem.

andrea
andreaPermalink

Ricardo, vale a pena Dresden saindo de Berlim e voltando no mesmo dia? Merece uma noite por la?

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Não fui a Dresden. São 2h de viagem. Não recomendo ficar apenas uma noite em lugar nenhum. Se é para ficar só uma noite, melhor só passar. Acho duas horas para ir e duas para voltar um pouco longo para bate-volta, precisa valer muito a pena.

https://www.viajenaviagem.com/2010/07/europa-quantos-dias-em-cada-lugar/

Oscar
OscarPermalink

Andrea

Acho que um Bate Volta pode ser um pouco puxado, mas visitar Dresden vale à pena sim.. No Blog você pode encontrar algumas dicas de o que ver e visitar na cidade => http://mauoscar.com/2009/11/03/dresden/

Outro Blog com dicas super bacanas de dresden que recomendo é o Joaninha bacana da Angie => http://joaninhabacana.blogspot.com/search/label/Alemanha%20-%20Dresden

Abraço

andrea
andreaPermalink

Valeu pela dica Oscar. Pelo que vi fica bem puxado mesmo.

Adoro Berlim « Por Todos os Lados

[...] Se você precisa de um roteiro para Berlim, clique aqui. [...]

tati azzi
tati azziPermalink

Ric! Será que vc vê esses comentários ainda? bem, não custa tentar. vou ficar no Pfefferbett Appartaments em berlim. fica na rua
Christinenstr. 18-19, Prenzleur Berg.

Vc acha que é uma boa localização?

Beijos e adoro seu blog e todos os comentários de quem passa por aqui!

A Bóia
A BóiaPermalink

Alô, Tati! Veja a recomendação do Comandante na página-guia de Berlim, seção "Onde ficar?"
https://www.viajenaviagem.com/europa/berlim-ricardo-freire/

tati azzi
tati azziPermalink

oi boia! eu sei que ele recomenda o mitte na altura do rosa luxembourg platz (viu como tô craque?) mas encontrei esses apartamentos (que tb é mitte, mas acredito que mais ao norte) e gostaria de saber se a redondeza é bacana! sei que é dificil responder a todos....

beijos!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Tati! O Ricardo Freire não tem TODA essa experiência de Berlim não. Essa pergunta de se essa quadra é bacana ou essa redondeza específica é mal-encarada não dá pra responder não, infelizmente!

Lia
LiaPermalink

Oi Tati,
A Christinenstr. é uma rua boa. É bem fronteira Prenzlauer Berg com Mitte e há bastante bares, restaurantes e lojinhas nas redondezas como na Kollwitzplatz, Schönhauser Allee, Schwerdter Str. Não tem perigo ficar por essas redondezas não.

DANIELA
DANIELAPermalink

Prezado Ricardo, vc saberia indicar algum autlet em Berlim.

É o fim da minha viagem e eu gostaria de comprar algumas coisainhas?

Obrigada pela atenção.

Daniela

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniela!

Vamos colocar sua pergunta no Perguntódromo. Vamos ver se aparece alguém para responder!

Rafael
RafaelPermalink

Oi, Daniela! Oi, Bóia!
Existe sim um outlet, numa cidadezinha chamada Wustermark, a meia hora de trem de Berlim. É o Designer Outlet (http://www.designer-outlet-berlin.de/index.php?sid=d4a8d43d0db715c6e560e6adbafec909&tid=&lang=en&langswitch=1). Com um bilhete ABC, vc chega lá saindo da S-Bahn Alexanderplatz e descendo na estação Elstal (rumo da antiga Berlim Ocidental). Eu fui quando estive lá em 2009 e valeu a pena. Na época, não existia transporte entre a estação e o outlet, mas acho que, agora, rola um ônibus (precisa checar no site). Fui andando mesmo por Wustermark, que é uma cidade minúscula, sem nada pra ver. Ou seja, é só o meio do caminho... rs

Juliana
JulianaPermalink

Tbm fui a este outlet em 2006, quando estive em Berlim para a Copa do Mundo. Fui de trem até a cidadezinha e depois a pé até o outlet - foram uns 40 minutos de caminhada em um sol escaldante. Tinha uma linha de ônibus que fazia o trajeto da estação de trem até o outlet, mas demorou para passar. Na volta, pegamos o ônibus até a estação.

Acabei entrando só no outlet da Adidas, que foi o motivo da minha visita, mas mais porque não tinha muito tempo - foi no dia do jogo do Brasil. Mas valeu muito - comprei bolsas da Adidas que no Brasil custam 150, 200 reais, por 15 euros, conjuntos esportivos por 20 euros, tênis por 40 euros.

tati azzi
tati azziPermalink

Lia, obrigada pela informação. Adoro o blog do Ricardo, pois mesmo que ele não consiga responder a todos, alguém sempre ajuda! rsrsrs

beijos gente!

Ana Lucia
Ana LuciaPermalink

Bom dia!!

Estou planejando uma viagem para Alemanha em julho/2011 e estou precisando de opinioes pois chego com marido e 2 filhos adolescentes em Munique, vamos alugar um carro e vamos depois para Austria e Praga, Berlin, e voltamos para o Brasil por Frankfurt. A nossa duvida é que como temos algumas cidades que vamos conhecer na Alemanha pelo caminho, qual das grandes cidades vale menos a pena: Munique, Frankfurt ou Berlin?Eu sei que é uma questao de gosto mas gostaria de ouvir as opinioes de quem ja conhece...
Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Ana Lucia! È consenso que Frankfurt é a menos interessante entre as grandes cidades alemãs.

Leia mais neste post:
https://www.viajenaviagem.com/2010/01/frankfurt-e-heidelberg-pra-marcie/

Consulte o excelente blog da Angela:
http://www.alemanhaporquenao.com/

clô
clôPermalink

Oi Ricardo ,
gostaria de saber se Potsdamer Platz, em Berlim , ë um lugar legal como Mitte,para ficar hospedada em outubro.
desde já agradeço e parabéns pelo blog. abraço, clô

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Clô! Aqui quem responde é A Bóia! Podendo ficar em Mitte, fique em Mitte - a localização é mais conveniente para se locomover pela cidade e mais interessante para sair à noite também!
https://www.viajenaviagem.com/europa/berlim-ricardo-freire/

Cristiane
CristianePermalink

ola. chegarei em frankfurt via tam. lah pelas 15hs. Queria ir direto para berlim. Qual eh a melhor maneira? tks! bjs

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Cristiane! A melhor maneira teria sido emitir a passagem até Berlim. O que você pensaria de um europeu que quer ir para Belo Horizonte mas compra a passagem só até São Paulo? É a mesma coisa.

Qualquer passagem aérea que você comprar agora vai ser desvinculada, o que significa que você vai precisar retirar sua bagagem e fazer novo check-in. Caso o primeiro vôo atrase e você perca o segundo, nenhuma das duas cias. vai se responsabilizar.

Essa falta de vínculo também prejudica a compra da passagem de trem. As passagens descontadas valem sempre para um trem específico; se você perder, vai ter que comprar uma nova.

Se continuar de avião, compre a passagem para um vôo com no mínimo 4 horas de intervalo da sua chegada. Se continuar de trem e quiser comprar passagem descontada, escolha um horário a partir de 3 horas depois do previsto para o seu avião.

Você também pode comprar uma passagem de trem na tarifa cheia e embarcar no primeiro trem que houver. Na Alemanha dá para sentar em qualquer assento que não esteja reservado. Compre em http://www.bahn.de/international . A viagem dura 4h30, sempre com pelo menos uma conexão. A passagem cheia custa 116 euros; há tarifas descontadas de 39, 49, 59, 69 e 79 euros, que podem ser encontradas de acordo com a antecedência da compra e valem para um horário específico.

Michele
MichelePermalink

Olá!!!! Estarei em Berlim no início e abril. Adoraria assistir a Filarmônica de Berlim...Será q devo comprar os ingressos já de uma vez pela internet ou posso comprar lá? E, qual seria o traje?
Obrigada!!!!Abs

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Michele! Depende do programa. Se você topar qualquer programação, dá para comprar quando chegar na cidade. Se quiser ver algo específico, com um grande solista ou um repertório especial, é bom garantir o ingresso com antecedência.
Vista-se como se fosse a um concerto na sua cidade. Não é um traje de gala, mas as pessoas tendem a se arrumar um bocadinho mais.

Lili Lattuca
Lili LattucaPermalink

Olá Ricardo. Estou no terceiro ano de Europa com filhas adolescentes, e em julho próximo as paradas são Amsterdam e Berlim, 7 dias e 5 dias respectivamente. Alguma sugestão específica para jovens, duas moçoilas, com 13 e 17 anos? São ótimas companhias: vale música, história, moda... Se tiver alguma dica fora do circuitão turístico, também vale. Abraços.