Caos aéreo: Daniela, direto do front

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Calma. Não é nada disso do que eu levei você a ficar pensando.

A Daniela Siqueira está longe de casa, mas deu um jeitinho de passar numa caixa de comentários aí de baixo para deixar esse recadinho, muito útil para quem vai fazer viagens internacionais nos próximos dias.

Crianças, pra quem ainda está preocupado com a crise: voamos ontem, segunda feira, pegando conexão e vôo internacional em Guarulhos e está tudo normal. Não tinha fila, atraso, nada (também, com a rezação que a minha sogra arrumou…).

O único problema (que não tem nada a ver com o apagão aéreo, ou pelo menos com os controladores): está dando uma fila enooooorme para entrar na parte de embarque internacional, única e exclusivamente por causa da chatura norte-americana de exigir o tal saquinho de líquidos de no máximo 100 ml. O povo ainda não está devidamente treinado para a revista (eles estão abrindo malas e checando tudo que aparece ligeiramente suspeito no raio X, além de confiscar pastas de dente das grandes), e o procedimento demooooora. Então, favor fazer check-in e seguir logo para o embarque (o vôo internacional atrasou um pouco porque tiveram que ir buscar passageiros presos nessa fila). Boa viagem no feriado!!

Obrigado, Daniela!

9 comentários

Lafa
LafaPermalinkResponder

Riq, sem tempo pra cá e pro meu, vim aqui e vi o xipaia ali.

Meu caro amigo-virtualmenente-real... sem palavras...

Mas, aumentou a importância àquilo que era só o medo de perder o HD.

Os xipaias estão quase extintos, uma pena. Hoje eles praticamente moram num bairro indígena, na cidade de Altamira/PA, às margens do xingu.

Não tenho força (ou tenho? ou temos?) pra evitar a extinção daqueles, mas, tenho-a para evitar o meu. Vou me esforçar.

Sinta-se abarçado.

Lafayette

Goitacá
GoitacáPermalinkResponder

Eu não entendi uma coisa, pq a fila é em toda a área internacional se o procedimento ocorre por exigência apenas dos EUA?

Chris
ChrisPermalinkResponder

Recebi hoje por email:

"A DIRETORIA DA AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL, no uso da competência que lhe foi outorgada pelo inciso V do art. 11 da Lei Nº 11.182, de 27 de setembro de 2005, e tendo em vista o disposto na Recomendação da OACI, conforme Doc. AS8/11-06/100 Confidencial, de 1º de dezembro de 2006, RESOLVE:

Art. 1ºA partir de 1º de abril de 2007, todos os passageiros de vôos internacionais, inclusive os passageiros alocados exclusivamente em suas etapas domésticas, ou que necessitem utilizar o salão de embarque destinado aos vôos internacionais, estarão sujeitos às seguintes restrições no que tange ao transporte de substâncias líquidas, incluindo gel, pasta, creme, aerosol e similares, por passageiros em suas respectivas bagagens de mão.

Daí a demora.....

Ricardo Freire

Goitacá, o procedimento foi estendido a todos os destinos internacionais, conforme o email esse que a Chris transcreveu.

Mas vôos domésticos que não façam parte de vôos internacionais estão livres da chateação.

Marcio Paraiba

Ricardo Graças as visitas diárias ao seu blog, resolvi criar uma conta no wordpress.com, por isso ficaria muita grato com um Link na sua lista meu endereço:
http://wikibr.wordpress.com, me escreva blogcampeao@gmail.com, desde
já agradeço.

Marcio Paraiba

Sylvia Lemos
Sylvia LemosPermalinkResponder

Um dica ,que sempre funcionou comigo:
!! " coisas que podem parecer suspeitas no raio x"
e que ( até hoje) evitou que abrissem minhas malas
são enroladas em papel de aluminio.
O melhor de todos sao os sacos de sucrilhos.

Joana
JoanaPermalinkResponder

Muito obrigada pelo relato, Daniela! Viajo no dia 14 e já estava desesperada!!! Agora me acalmei um pouco....

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Mais uma grande dica da Sylvia....

Marcio Ito
Marcio ItoPermalinkResponder

Ah, mas isso não tá só no embarque internacional, não!

Dia 04/03 ao embarcamos à Natal, demoramos 40 minutos pra passar pelo raio-x.

A fila já vinha lá de fora num caracol interminável... Não conseguimos identificar ao certo o motivo de tanto demora. Sei lá, de repente eles resolveram levar mais a sério a vistoria.

Ou então é aquilo que todos já sabem: Guarulhos está saturado, já não comporta mais a demanda.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar