Charada da sexta: sem pistas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

chsxt450.jpg

Desta vez, numa tentativa (provavelmente vã, mas, enfim...) de diminuir as chances do Alessandro, a charada vai sem dicas.

chsxt451.jpg

Só vou dizer que eu não conhecia este lugar, que acabou se revelando um dos ................. mais interessantes de .............................. .

chsext452.jpg

Alguém se habilita?

69 comentários

Alessandro
AlessandroPermalinkResponder

Mas nao é o Memorial do Imigrante em Sampa, Riq!? Ou estou ficando doido?

Ricardo Freire

Gente, o Alessandro pega a TV Cultura em Munique! E mais -- ele vê os programas antes de irem pro ar!

É o Memorial do Imigrante, sim, Alê. A Ellis Island paulistana.

(Eu sabia que esse negócio de não dar dica não ia adiantar nada...)

smile

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Tudom bem, eu vouperder pro Alessandro mesmo, mas....esse bonde me remete à minha infância, no Rio de Janeiro. Eu os usava para ir do Leblon (Av. Afrânio de Mello Franco, onde hoje é o estacionamento do Rio Design Leblon) à Praça do Jóquei, onde fazia o primário na Escola Cícero Penna.

Eram assim, abertos, bi direcionais (tinham cabine de condutores em ambos os lados, não precisavam "rodar" como os de São Francisco, ao fim da linha) e estribos por onde se subia e onde ficava o Motorneiro (cobrador).

Destes, no Rio de Janeiro, sobraram apenas os de Santa Tereza....

Que saudades do tempo em que a grande "arte" que fazíamos escondidos de nossos pais era pegarmos o "bonde andando" e viajarmos nos estribos!

JAMAIS me esquecerei dos anúncios (reclames!), colados no teto dos bondes, em seu interior, que íamos lendo enquanto deslizávamos pelos trilhos que rangiam em cada curva....dentre eles, o mais famoso, é um ícone dos primórdios:

"Veja, ilustre passageiro, que belo tipo faceiro tens ao seu lado. No entanto, acredite, QUASE morreu de bronquite! Salvou-o o RHUM CREOSOTADO!"

Alessandro
AlessandroPermalinkResponder

Hahaha, nao, foi sorte mesmo razz Já fui duas ou três vezes lá, é bem legal mesmo...tinha de lembrar, né? wink

Ricardo Freire

Terminando de desvendar a charada, que o Alessandro e o Ernesto (em outro post) mataram de cara:

Essas fotos são do Memorial do Imigrante, um museu muito bem-montado que funciona onde era uma hospedaria para imigrantes trazidos para as lavouras de café.
http://www.memorialdoimigrante.sp.gov.br/

Sim, totalmente Terra Nostra.

Para quem é descendente de imigrantes que chegaram por São Paulo, vale a pena consultar os arquivos de dados de famílias, que agora estão disponíveis em terminais públicos (se bem que o mesmo banco de dados pode ser pesquisado no site do memorial).

Quem levar as crianças no fim de semana pode andar de maria-fumaça em meio a monitores vestidos com roupas da época, dando as instruções de chegada nos idiomas dos imigrantes da época.

Como o Ernesto disse no outro post, fica a 5 minutos de caminhada da estação Bresser.

Liciana
LicianaPermalinkResponder

Ria, logo, logo vamos comemorar outro récorde - o do Alê nas charadas da sexta!

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Já fui até lá há algum tempo, num evento da ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária), que é quem mantém a linha da maria fumaçã em funcionamento. Nos fundos do museu eles mantém uma área grande cheia de vagões em restauração ou esperando por uma.
Adorei a visita, pena que não pude andar no bondinho...

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Fumaça, sem til...
E, puxa, dessa vez eu ia acertar!

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Semana que vem o Alessandro não brinca. Ele não dá nem chance.

Além de acertar de cara ele é sempre o primeiro tentar.

Não vale!!!

GiraMundo com Jorge Bernardes

Eu sou muito fraco com essas charadas...Parabéns Ernesto!!!! Empatar com o Alessandro é uma grande honra. Eu só me lembro de uma vez que ele não acertou a charada.

GiraMundo com Jorge Bernardes

Marcio, você e a Dani G que estão no mesmo fuso do Alessandro é que podem tentar!!!

Ricardo Freire

Emília e Arnaldo, o bondinho é fixo. Só dá pra andar na maria-fumaça, mesmo.

Majô
MajôPermalinkResponder

Além do Alessandro estar 5 horas na frente, ele mata todas. Isso é uma desmoralização, Riq, esquece charada, inverte e pede pro Alessandro criar. wink

Majô
MajôPermalinkResponder

Arnaldo,

Eu pegava o bonde na Bartolomeu Mitre para ir à Praça do Joquei pra minha aula de inglês com uma senhorinha inglesa, uma gracinha que morava numa vila na Rua das Acácias.
O maior barato para os homens era isso aí, pegar o bonde andando, e andar no estribo. Meu irmão e meu pai faziam isso.

Podemos fazer um movimento de volta aos bondes no Rio, ia ficar lindo e charmoso, concorda ?

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Quem gosta de passeios de bonde, além do Santa Teresa, no Rio, deve procurar o de Santos....

SandraM
SandraMPermalinkResponder

Alê, vc é insuportavelmente ótimo!

Ernesto, nem precisa gostar de bonde para ir a Santos. Não só por ter trabalhado 8 anos na cidade, mas por achar uma cidade encantadora, recomendo um passeio pela cidade.
O centro antigo tem imóveis lindos restaurados, a Bolsa do Café, o Orquidário, o Aquário Municipal q não fica muito a dever para o do Guarujá, não...
A orla super bem cuidada.
Eu gosto.
Bjs e boa sorte nesta sexta-feira 13.
Vi no jornal q haverá reunião de bruxas em Paranapiacaba...
Pode valer o passeio tb.
Bjs,

dandoumpitaco
dandoumpitacoPermalinkResponder

Riq, o bonde não é fixo não. Aos domingos, ele faz o traslado dos visitantes entre o Metrô Bresser e o Museu. Segundo os funcionários do Memorial, o bonde só não funciona em outros dias, pois eles estão localizados em uma área industrial, o que acarreta em um grande fluxo de caminhões na região. Por conta disso, o bonde trabalha apenas aos domingos.

Eu estive neste museu há duas semanas atrás. É uma verdadeira viagem no tempo passear por aquele museu. A Maria Fumaça, então, é uma atração à parte. O guia desse passeio nos remete ao passado quando aquela locomotiva funcionava pra valer. Até Revista Manchete, Crush e Gini ele vende nos carros!

Vale a pena a visita. Por simbólicos 4 reais você entra no museu e por mais 5 faz o passeio de trem. Se quiser iniciar o passeio, praticamente no metrô, vá no domingo, pois você terá a oportunidade de andar de bonde.

Abraços a todos.
Igor

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Puxa, Majô, era demais...mas acho que bonde hoje seria o caos.

Majô
MajôPermalinkResponder

Arnaldo,
Simples, baixa uma medida provisória e não deixa mais os carros circularem na Ataulfo de Paiva e Visconde de Pirajá wink claro que ia ser o caos wink mas deixar o carro em casa e andar de bonde ia ser uma dilicia.

Mas que podiam colocar jardineiras na praia, como já teve, isso podiam né ? Domingo pegar no Leblon e ir pra Ipanema ou vice-versa. Acho que isso é viável. smile

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Eu também adoro bondes, acho que porque meus pais pegavam aqui em São Paulo quando ainda existiam e sempre falavam dele com nostalgia.
Sandra, eu gosto muito de Santos, mas ainda não desci para curtir o centro, pegar o bonde, etc. como se deve. Na última vez eu só dei uma passada de carro pelo centro e está muito bacana. De novo, quem me ensinou a curtir a cidade foi meu pai, que às vezes descia a serra no domingo e nos levava para almoçar um peixinho, passear na orla e visitar o porto. Era básico, toda vez a gente entrava lá e tentava ver se algum navio deixava a gente dar uma olhada. É claro que não, mas uma vez demos sorte e tinha um navio da marinha aberto à visitação, muito divertido aos meus olhos de criança.
Saudades...

Majô
MajôPermalinkResponder

hahaha Arnaldo, essa do anúncio tá ótima !!! Lembrei como num flash back desses anúncios, eu tinha uns 8 anos. Mas você tem uma memória de elefante com um cérebro de 50 Giga, nossa até o texto do reclame vc lembra.

Riq, não conheço o Memoria do Imigrante, mas por sua descrição e o pitaco da Emília sobre os bondes, a próxima vez que for a Sampa quero visitar.

Dandoumpitaco,
Obrigada pela dica do passeio, vai pra minha lista também wink

SandraM
Eu já vi fotos da Bolsa do Café, eu não sei se foi numa exposição de fotos do Marc Ferrez, no Inst. Moreira Salles aqui no Rio, ou se foi num livro que meu irmão tem de fotos antigas de São Paulo. Achei belíssimo, tb vai pra minha lista um dia ir a Santos.

Emília,
Entrar em navio quando criança, não tem preço mesmo.
Meu pai me levava também bem pequena para assistir a um circo que montavam antes do Jardim de Alah, era o programa.
Outro, era sentar nos decks do Jardim de Alah com uma varinha para pescar, e ficar horas colocando minhocas e miolo de pão no anzol, e às vêzes pegar um peixinho. Saudades... tb

Majô
MajôPermalinkResponder

oops Memorial

Carol
CarolPermalinkResponder

Sandra, passei recentemente em Santos e pelo pouco tempo que fiquei admirei a beleza da cidade. Quando moça ia muito.. depois fiquei anos sem aparecer. E arrependi de nao tirar um dia para curtir Santos. Os predios restaurados, a orla muito arrumadinha, alguns bares lindos, lindos... se tiver mais dicas, conte, conte.

Emília
EmíliaPermalinkResponder

É, Majô, memórias, que bom que as temos smile
Acho que realmente é um programa bacana para se fazer quando vier a SP, mas eu sou suspeita pois sou uma saudosista nata, adoro ficar ouvindo estórias sobre os tempos 'd'antanho'.

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Para os que quiserem conhecer mais sobre os bonde de Santos e sua história:

http://www.unisantos.com.br/pos/revistapatrimonio/artigos.php?cod=48

E para quem quiser ver alguns anúncios raros (reclames) dos bondes do Rio:

http://www.novomilenio.inf.br/santos/bondei.htm

Para quem quiser conhecer os bondes do Rio e o Museu do Bonde:

http://www.cidadedorio.com.br/bairro.php?cidaId=1018

Divirtam-se, pois BONDE também é CULTURA!

Laís
LaísPermalinkResponder

Museu do Imigrante?

Eduardo D.
Eduardo D.PermalinkResponder

Preciso entrar no site mais cedo... Minha filha foi com a turma do colégio há duas semanas.

smile

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ai, ai... Pra ter alguma chance, talvez só proibindo o Alessandro de participar... wink

Ricardo Freire

Obrigado pelo pitaco, Igor! Ninguém me falou na hora que o bonde funcionava. Agora faz sentido ele estar ali...
smile

Deise
DeisePermalinkResponder

Ahhhhhhhhhhhhhh naooooo o Alessandro de novooooooooo????

Majô
MajôPermalinkResponder

Arnaldo,

Ótimo o novomilenio, não sei como você descobre essas sites dessas relíquias wink

Vou enviar pra você um e-mail com fotos de transportes do Rio Antigo, muito legal.

Falando em relíquias, e as crianças e adolescentes de hoje que desconhecem o telefone de discar.

Majô
MajôPermalinkResponder

oops esses

Marco
MarcoPermalinkResponder

Gente, só pode ser isso!
O Alessandro é o alter-ego do Riq. Só assim para ele acertar todas tão rápido!

smile

dandoumpitaco
dandoumpitacoPermalinkResponder

Gente, um off topic rápido:

Além de ser sexta-feira 13, hoje também é dia do beijo. Aproveitem a sexta para beijar moooito!

Link se uma matéria sobre o assunto:

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL21316-5598-7704,00.html

dandoumpitaco
dandoumpitacoPermalinkResponder

Ops... na verdade é o link DE uma matéria... smile

Igor

Claudio
ClaudioPermalinkResponder

Perai, Alessandro...Vamos combinar o seguinte, ok? Vc jah foi eleito o hors concours das charadas da sexta (tipo, Clovis Bornay dos desfiles de fanatasia...kkkkkk)...Deixa a gente, pelo menos, "googlar" um pouquinho, vai????

Jurema
JuremaPermalinkResponder

Já que o Alessandro é o Clóvis Bornay das charadas, além de ter a vantagem do fuso horário, uma sugestão para nosso Comandante para as próximas charadas: deixe a resposta do Alessandro bloqueada até mais alguém acertar, daí divulga a que horas o Alessandro já tinha acertado... Assim a gente se diverte lendo e dando pitacos errados, que são parte da diversão!
Nada contra você, aliás, herzliche Glückwunsch, Alessandro!

GiraMundo com Jorge Bernardes

Eu acho que deveria ter uma categoria de charadas PRO para o Alessandro e outra "café com leite" para tipos como eu... smile

Alessandro
AlessandroPermalinkResponder

Nossa...por essa eu nao esperava...Clovis Bornay das charadas...
razz

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

smile Alessandro, eu não deixaria...rs
Muda pra café-com-leite! smile

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Ou então, Riq, faz tipo:
1. Jardim de Infância - para amebas como eu.
2. Pré-Primário - para a Majô smile
3. Alfabetização - pro Arnaldo.
4. Ultra-master-plus MBA - pro Alessandro, claro! smile

Majô
MajôPermalinkResponder

Mô,
Adorei o pré-primário smile me sinto honrada, sai no lucro, até hoje só chutei

Ameba não Mô você é sabidíssima e espertíssima smile tudo no bom sentido, claro
smile

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Majô, tô bem na fita...rs
Ameba é um estágio superior ao de ... deixa pensar....de....fungo, talvez! smile
Eu não acerto uma!!! rs

Majô
MajôPermalinkResponder

Mas, quem acerta fora o Alessandro ? Só o Ernesto !
Vai todo mundo parar no psi com trauma wink

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Gente , é so por gostar das coisas de SP... Tem tanta coisa que eu não conheço, e os meus gostos e do Riq combinam...

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

A gente sabe, Ernesto. É só para encher vocês um pouco...smile

Leandro
LeandroPermalinkResponder

Riq, me rendo, não consigo mais ler todos os comentários com minha entradinha diária no seu blog, vou seguir lendo o "máximo possível", mas não deixa de ser merecidíssimo.

Dani G.
Dani G.PermalinkResponder

Levei falta nessa charada de ontem... culpa do tempo ! Afinal ha qtos meses não fazia 25 graus na Bélgica ? Passei o dia na rua de havaianas e mangas curtas. Um luxo. Meu sorvete até derreteu.

Alê, vai aproveitar o som mInino smile

JULIO CESAR CORRÊA

Tem alguma coisa a ver com Sta Teresa, aqui no Rio?
gd ab

Carla2
Carla2PermalinkResponder

Riq, acrescenta o Nível 0 - fungo - na sugestão da Mô Gribel para eu poder participar das charadas também!!! eek)

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar