Enquete da semana: comidas esquisitas

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

huitlacoche450.jpg

Estou terminando (um ano depois...) uma matéria sobre a expedição Bumba Meu México, que foi mais ou menos transmitida ao vivo no blog antigo. Se houver espaço, quero fazer uma página chamada Desafio a Montezuma, com tudo o que eu experimentei de diferente durante o périplo (como, por exemplo, essa pizza de huitlacoche, o fungo do milho que é tido como a trufa mexicana).

Mande ver aí do seu lado: qual foi a comida mais estranha que você já teve o prazer (ou desprazer) de experimentar durante uma viagem?

Se você for daqueles/daquelas que não comem nada esquisito, diga qual foi a coisa mais esquisita que você se lembre de ter escapado de comer...

201 comentários

Ricardo Freire

Mesmo atrasado, deix'eu meter a colher (ou o garfo): Sylvia, o que a gente chama de tatu no Rio Grande é o que chamam de lagarto em São Paulo. Será que a avó do Bruno é gaúcha ou eles comem tatu-tatu no Espírito Santo?

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Bem, antes de ser crime inafiançável eu como tatu, o bicho, num sítio de um tio meu no interor do Estado do Rio de Janeiro...

Ricardo Freire

Lembrei de uma iguaria que só tem em praia da Bahia (quer dizer, ano passado comi na Coroa do Avião, em Itamaracá -- não sei como foi parar lá):

Lambreta!!!!!

(Um vongolezão -- ou berbigãozão, para os catarinas, ou almeijoazona, para portugas -- cujo caldo, com bastante coentro, cura ressaca na hora.)

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Desculpa~e é uma desculpa com cara de sapeca , sabe?
É desculpa~e por ter terminado com o jogo de palavras de vcs
que estava ótimo!
Isso me fez lembrar de uma historia de verdade que aconteceu na
minha familia : durante a cerimonia religiosa de casamento a dama
de honra então com 3 anos , falou alto para uma madrinha que estava
gravida no altar : HAHA! ( com o dedinho minusculo apontado para a barriga da madrinha) EU SEI BEM O QUE VC ANDOU FAZENDO !!
Todos cairam na gargalhada e nem prestaram mais atenção na cerimonia.
Depois a mãe da menininha passou toda a festa dando explicações:
" `desculpa~e é que eu sempre digo para minha filha que mascar
chiclete faz a barriga crescer ..."

Marcio
MarcioPermalinkResponder

Canguru!!

- Em Sydnei! Carne dura, mas se bem temperada até que passa!!

- Testiculo de boi no Valadares na lapa em SP.

Diogo
DiogoPermalinkResponder

Pãtz, pra mim nada é estranho. Sou aventureiro, e as vezes até faço questão de comer coisas exóticas...

Mas nunca fui assim de cérebro de macaco, ou olho de cabra, por exemplo... nem tanto também. 8-)

Lena
LenaPermalinkResponder

E eu que ando com um desenhozinho do boi para saber o nome das carnes, nem imaginava que precisaria de uma versão diferente para outros estados smile Bom saber que lagarto é tatu no RS!!

Sylvia, lol

Carola
CarolaPermalinkResponder

Já comi carne de canguru, quando morei na Australia, concordo com o Ernesto, o cheiro é ruim e o gosto de sola de sapato, super escura.

Já a carne de jacaré eu recomendo, uma mistura de peixe e frango!!
A farofa de formiga tanajura (a do bumbum grande) tb vale a pena!!!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Pois é Lena, nem eu sabia disso .
O Riq-sabe-tudo é que deu essa luz.
Lagarto e tatu x brigadeiro e negrinho x pãozinho pequeno e casetinho.
Quando eu pedi pela primeira vez um negrinho numa padaria no Rio
todo mundo morreu de rir na minha cara!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Me lembrei de uma comida de-li-ciosa ! chamada Pastila.
É uma especia de pastel marroquino salgado e polvilhado com
canela. O detalhe é que o recheio mais gostoso é de carne de pomba .
( morri de pena de comer imaginado uma linda pomba branca e o
Picasso me olhando feio )

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Esse patilla eu comi também,Sylvia, e adorei. É curioso com pode ser gostoso carne com doce! Comi em Marrakech.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

especie de // imaginando uma

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Arnaldo:
Era só o que eu comia em Marrakech pois detestei o couscous.
Por falar nisso, lí uma vez que a cozinha marroquina é considerada
a segunda melhor do planeta.
Eu sempre me pergunto quem é que chega a essas conclusões
e baseado em que universo de pesquisa.
De qualquer forma é mesmo uma comida interessante, e agradavel aos
cinco sentidos ( tem uma sopas que fazem barulho ao sofrerem choque
termico ao contato dos ingredientes uns com os outros )

Lena
LenaPermalinkResponder

Sylvia,
o lol foi pelo desculpaê da mãe da menininha wink

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Lena: lol
Sabes que estou tendo a certeza de que temos que acionar o skype
e as cameras pois assim olhos nos olhos , vamos entender imediatamente
o que as mãos que escrevem não conseguem comunicar.
smile smile

Geraldo
GeraldoPermalinkResponder

Tenho que confessar que tbm já comi veado... e veado argentino! (da patagônia ) que aliás é bem comum por lá....
Aqui no México o que não falta é comida esquisita, de guzanos de maguei ( larva que nasce na planta que se utiliza para fazer a tequila) a caguamanta( sopa de víceras de tartaruga com pedaços de arraia), mas sem duvida o pior são os “ taquitos de cabeza” que é o desayuno preferido aqui na região! Isso mesmo eles comem tacos de cabeça de vaca logo pela manhã, com direito a uma bizarra mescla de bochechas, olhos e miolos!!!

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Sylvia, esse papo de "melhor cozinha do mundo" é puro marketing de Departamento de Turismo. Eu NÃO discuto o GOSTO PESSOAL (se umapessoa diz que ela acha tal comida apreferida, isso é natural, porque gosto não se discute), mas alguém afirmar que a comida marroquina é a melhor do mundo é menosprezar o paladar e a cultura culinária. Eu também achei o couscous muito sem graça e a comida marroquina assim assim. Para mim (meu gosto pessoal, claro), as melhores cozinhas domundo são a francesa, a belga, a italiana e a japonesa (por sua sofisticação, apuro, não tanto pelo sabor).

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Veado argentino pode! É até recomendável!

Rapha
RaphaPermalinkResponder

Definitivamente foram as almôndegas de rena em Lillehammer na Noruega. Aprovadas.

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Pô, almôndegas de rena é muito mais chic do que caviar...

Bruno Vilaça
Bruno VilaçaPermalinkResponder

Riq e Sylvia,
O tatu lá da minha terra não é o corte da vaca, não... É o bicho mesmo, que tem aquela casca/escudo... Dilícia... Claro, enquanto não era crime, bem disse o Arnaldo! wink

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Bruno, agora, comer tatu é crime inafiançável! E vai pra cadeia mesmo matar bicho silvestre. Eu conheço uma cidade no interior do Estado do Rio de Janeiro que a cadeia só tem UM cidadão preso, justamente um cara que foi pego com a boca na botija. Masa Secretária de Educação,que meteu a mão na grana oficial da merenda escolar está soltinha da silva...

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Geraldo o premio vai para vc !
Que café da manhã hem ?
Arnaldo, pois eu fico com a italiana que sempre é a salvação para
não morrer de fome ! Se não fossem os italianos eu só comeria pão
puro em viagens.
Mas tb adooro comida chinesa e vietnamita (dispenso a japonesa) .

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Syliva, eu disse pro Rodrigo que e vc está com fome procure um restaurante italiano em qualquer lugar do mundo!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Bah Bruno , tem uma bolsa de tatu de verdade aqui em casa.
Será que é o mesmo ? lol

Neide
NeidePermalinkResponder

Em Guam, numa barraquinha de venda de coco, eu bebi a agua do coco a seguir o rapaz partiu o danado e desprendeu aquela coisa mole e acrescentou shoyu e yasabi. Ui.. deu ate arrepio. Para mim shoyu e yasabi so combinam com sushi. Coisas dos japas...

Lena
LenaPermalinkResponder

Para manifestar a reação ao café da manhã do Geraldo, só se tivesse uma cartinha com a linguinha pra fora !Irch!

Agora almôndegas de rena é bem mais argentino do que a carne de veado, não? lol

Geraldo
GeraldoPermalinkResponder

Neide, no México a água do coco verde é um detalhe quase desprezível!, eles abrem o coco enchem de limão, sal e muita, muita pimenta!!

Geraldo
GeraldoPermalinkResponder

Lena, o detalhe é que aqui onde estou a temperatura media no verão é de 45º( dizem que este ano chegaremos aos 53º ) e esta iguaria é vendida em “higiênicos carrinhos ” espalhados pelas esquinas da cidade!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Uau ! 45º ? Onde é que vc está Geraldo ??

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ele disse no México, Sylvia, mas poderia ser Foz do Iguaçu... Lá faz um calorão assim também... wink

Geraldo
GeraldoPermalinkResponder

Sylvia, o nome da cidade é Hermosillo capital do estado de Sonora, norte do México a +-200 kms da fronteira com o Arizona!, já ouviu falar do deserto do Arizona? então...
O bom é que estamos a 80kms da praia que é show de bola!
http://www.sonoraturismo.gob.mx/playas-de-sonora.htm

Schnaider
SchnaiderPermalinkResponder

Balut nas Filipinas, escapei do ovo de pato cozido com feto dentro... ufa! Li numa revista depois que isso é umas das 50 coisas a se comer... essa eu passo, que venham as outas 49!!! grin

Carla (a q comenta menos !!! hehehe)

Na categoria carnes, as mais estranhas q comi foram de cobra (em Phoenix, Texas), de capivara e de jacaré (aki em Campinas msm) ... não tornaria nenhuma delas meu prato favorito, mas é comível... grin

Schnaider
SchnaiderPermalinkResponder

Ah Carla, a Sopa Paraguaia eh feita de farinha de milho... la em Foz comemos bastane, ADORO! Ainda no roll das comidas paraguayas, tem a Chipa, que diz a lenda que para terem aquele formato sao enroladas nas coxas (pernas) das paraguaias.... vai saber!!! :S

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Geraldo,deslumbrantes estas praias !
Agora já sabemos por onde andas nos finais de semana.
Qual delas tem pousadas transadas que vc recomenda para nós?
Lembro de ter visto umas fotos espetaculares desta região , creio
que na National Geografic .
E conta pra nós, faz todo esse calor na praia ?
E a agua do mar é quente ?

Carla
CarlaPermalinkResponder

Schnaider, é verdade, eu disse farinha de trigo mas depois me lembrei que era de milho! Uma delícia, né? Chipa eu provei em Corumbá, mas não sabia dessa lenda, não... wink

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Não como miúdos, visceras, seja lá o que for.
Não como nada esquisito, nada nojento, nenhum bicho que eu tenha dó (carneiro, coelho, frango só o peito e se eu não estiver vendo o bicho inteiro). Eu sou o porre para comer carne.
A pior coisa que comi - fui enganada - foi coelho.
Minha mãe fingia que o bife a milanesa não era fígado e eu não comia mesmo assim.
Acho que o pior aperto foi em um jantar na casa dos pais de uma amiga, em minha homenagem, assim que cheguei em SP. Era dobradinha.
Eu estava faminta e tive que fingir que estava me sentindo muito indisposta para dar apenas 2 garfadas no arroz, já que aquilo eu não como de jeito nenhum!

Geraldo
GeraldoPermalinkResponder

Sylvia, Infelizmente o quesito hospedagem é muito fraco! Com charme na praia NADA! Poderia recomendar dois hotéis nota 7,0, Plaza San Carlos e o Paradiso Resort que foi um Club Méd até uns anos atrás e é meu preferido.
Na praia a temperatura normalmente é mais baixa, mas no verão costuma passar dos 40º, tanto que quase ninguém vai entre o final junho e agosto!. Mas o mar é incrível, a transparência da água lembra Noronha, e é excelente para quem gosta de mergulhar.

Beto
BetoPermalinkResponder

É que vocês nunca comeram o café da manhã da Methodist International House, em Londres. Não tem cérebro, olho ou verme pior...
Por falar em olho, conheci uma garotinha linda, de uns 5, 6 anos, portuga, filha de um doido que adora comer e cozinhar (um dia boto a foto dela e dele no meu bloguito), que quando o peixe chega na mesa ela grita: "O olho é meu!!!"

Anelise
AnelisePermalinkResponder

Tenho ótimas memórias de 2 refeições exóticas:

-Restaurante de comida etíope em Washington Dc: Fui com um entusiasta que me convenceu a provar de um tudo. É realmente delicioso mas o aspecto é meio assustador. A comida vem toda servida numa espécie de pão com uma textura e muuuuuuito esquisita que lembra pele humana (blergh). O cheiro tb é bem forte. A carne vem fatiada bem pequenininha, temperada e pode ser crua, completamente ou half cooked.Tenho fotos se alguém tiver curiosidade de ver como é.
-Língua de Carneiro na casa da minha host family - Minha host family era iraniana. Eu passava mal de tanto comer, a culinária deles é fantástica e a língua de carneiro foi a carne mais macia que já provei.

A PIOR COMIDA
-A comida servida num Holiday Inn em Connecticut: Não consigo nem descrver. Juro que eu pensei que ia "devolver" na mesa, na frente de todo mundo.

Fabio Machado
Fabio MachadoPermalinkResponder

Arnaldo, desculpa só poder entrar agora...comi muito, em Curitiba os deliciosos TESTÍCULOS DE TOURO... iguaria do tradicional Bar Stuart, bem no centro da cidade. bem temperadinho, com um chopinho gelado...dá até água na boca, que saudade. Fica a dica pra quem visitar Curitiba, onde também se come o melhor escargot do Brasil, no restaurante Ile de France, também no centro.

Tati
TatiPermalinkResponder

O Carla, Phoenix é Arizona e nao Texas!!!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Geraldo, vamos esperar então que construam uma pousada charmosa
e pé-na-areia pra irmos até ai te visitar.
( vou fazer um cuso de mergulho antes )

Bruno Vilaça
Bruno VilaçaPermalinkResponder

Ahhhh Mô, não enfraquece... Dobradinha -- ou melhor: bucho -- é o que há! grin

Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens

Beleza, Fabio, depois que a Sylvia falou o nome certo,oficial,que eu tava todo-meio-assim de falar, adorei essatua dica de Curitiba: quando eu frvou comer culhões de boi e escargot na boa!

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Beto , já que vc tem saudades da MIH ai vai o link para o menu:
http://www.micentre.com/privatedining/MICDiningMenu.pdf

Carla
CarlaPermalinkResponder

grin Mô, até que enfim apareceu alguém mais fresca do que eu, ufa! Eu tava até assim meio deslocada nessa enquete... wink

Fabio Machado
Fabio MachadoPermalinkResponder

arnaldo...ta morrendo de vontade, né não?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar