Última parada: Arraial d'Ajuda

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Relembrando: cheguei ao Arraial pela areia -- 12 km, carregando mochila, vindo de Trancoso. Quando acabei de me instalar no quarto já estava escuro. Tomei um banho e fiquei uma hora relaxando na piscina. Dei uma dormidinha; era sexta-feira e seria a primeira vez nos últimos dez dias que eu me sentia saindo para "a noite".

Na saída, porém, o Wilson, que estava na recepção da pousada, me advertiu que alguns restaurantes e bares estariam fechados, devido à ultrabaixa temporada. Mesmo assim, o Arraial não me desapontou: havia gente na rua e nas lojas, e os lugares abertos pareciam animados. Meu restaurante favorito, o pan-asiático Godzilla, estava em recesso, mas peguei uma mesa no seu vizinho Boi nos Aires e comi um belo bife de chorizo ao-ponto-pra-mal. Se o Beco das Cores (uma galeria a céu aberto com oito ou dez botecos-restaurantes) estava fechado, seus concorrentes de sempre, o Girassol e o La Morocha, estavam lotados. Peguei um banquinho junto ao bar do La Morocha e acabei ficando dois gins-tônicas a mais do que o planejado, porque a música -- violão e percussão, com um repertório bem pra cima -- estava boa demais. Eram duas horas da manhã quando voltei para a pousada.

Deixei todas as janelas abertas para ver o nascer do sol no mar. Minha pousada, a Beijo do Vento, fica no alto da falésia sobre a praia do Mucugê.

 beijo193v.jpg beijo193h.jpg

Apesar de charmosíssima e com uma localização excepcional, a Beijo do Vento não é uma pousada luxuosa -- ou seja, aqui vista não custa os olhos da cara (fora do verão, as diárias começam em R$ 160).

    beijo400.jpg 

A equipe é afinada e o serviço, muito profissa. O café da manhã tem sotaque francês -- tipo assim, quiche lorraine e crêpes...

 beijo-cafe210.jpg beijo-cafe211.jpg

No fim do ano passado dois apartamentos ganharam hidros -- uma num megabanheiro com vista para o mar, outra num deck debruçado na falésia. Fiquei no apartamento com hidro no banheiro, mas aproveitei que o hóspede do quarto com hidro no deck só ia chegar à tarde e fui bisbilhotar.    

beijo-deck451.jpg

A R$ 260 na baixa (e R$ 360 no verão), trata-se sem dúvida do apartamento-com-jacuzzi-no-deck mais em conta do Brasil. O que, pra mim, resume o Arraial d'Ajuda: em nenhum outro ponto da costa brasileira charme e bom-gosto custam tão pouco.

 beijo-deck141.jpg  beijo-deck142.jpg beijo-deck140.jpg 

Desci à praia, e a maré estava baixíssima -- coisas da lua nova (e da lua cheia), quando a maré exagera tanto na vazante quanto na cheia.

mucuge450.jpg

O bom da maré baixa é que se represam piscinas naturais nas praias do Mucugê (a praia central da vila) e do Parracho (sua continuação, caminhando 10 minutos para a direita/sul). Algumas barracas alugam caiaques para passear nas piscinas.

parracho450.jpg

No finzinho do Mucugê fica a única barraca charmosa da região, a Plage Blanche. Mas nesta época os donos tocam um restaurante em St.-Tropez e só reabrem a barraca em outubro. Na baixa, o melhor lugar para pegar praia por ali é na Casa do Sol, que fica a uns 20 min. de caminhada, já quase na curva da praia da Pitinga. 

 parracho140.jpg parracho141.jpg pitinga140.jpg

Em termos de paisagem, nenhuma praia do Arraial supera a Pitinga. A chegada pela areia é linda: as falésias aparecem de repente, numa curva, sem avisar. O paredão continua pela praia do Taípe (onde está o Club Med) e só termina antes do Rio da Barra, já em Trancoso. Mas é na Pitinga que a falésia é mais bonita, porque está recoberta de verde. Pena que nenhuma das barracas tente reproduzir por ali as bossas do Arraial.

pitinga450.jpg

Na volta, a maré já tinha começado a encher; mais um pouquinho, e só ia sobrar areia fofa para caminhar.

parrachomucuge450.jpg

À noite, por indicação da Luciana, dona (junto com o Jean-Michel) da Beijo do Vento, fui jantar no restaurante da Pousada Coqueiros, que passou a abrir também para não-hóspedes. A Coqueiros, junto com a Erva Doce, está no topo das minhas recomendações para quem quer gastar pouco (diárias R$ 120 na baixa, que tal?); o restaurante foi uma ótima adição.

Esse filé recheado com brie, com molho de framboesa e batatas rústicas não estava nada mau grin

    steak-coqueiros400.jpg

Como eu já disse, era baixíssima temporada no Arraial. Mas ainda assim eu precisei sair às pressas do restaurante para não perder um monólogo (que se revelou divertidíssimo) no Girassol, "A Mulher Só". Dali ainda fui ao La Morocha e, a caminho da pousada, não resisti à muvuca do Jaé, um bar com música para dançar na rua do Mucugê que eu não me lembro de ter visto em outras passadas. Resultado: eram três da manhã quando entrei para baixo do mosquiteiro.

Mas o outro dia ainda era de trabalho pesado. Precisava fotografar a pracinha da igreja (o centro histórico do Arraial), visitar três hotéis novos e caminhar os últimos 3 km pela areia até a ponta do Apaga-Fogo, onde revisitaria o Eco Resort do Arraial e pegaria a balsa para Porto Seguro.

 pracaigreja140.jpg pracaigreja141.jpg pracaigreja142.jpg

Se eu não estivesse tão apressado, poderia ter ficado para a missa das 10h30...

 praca140h.jpg praca142h.jpg praca141h.jpg

Dos três hotéis que eu queria visitar, só gostei daquele que eu sabia de antemão que me agradaria: o Maitei. É o primeiro hotel de luxo do Arraial -- e fica na vila mesmo, no trecho final da rua do Mucugê, entre duas boas pousadas projetadas pelo mesmo arquiteto: a Paraíso do Morro (que serviu de locação para os primeiros capítulos da novela Paraíso Tropical) e a Baixu Village.

 maitei193h.jpg maitei193v.jpg

Em termos de conforto, equipamentos e qualidade de acabamento, o Maitei está num oooutro patamar. Os preços também são bem diferentes dos praticados no Arraial: agora na baixa os apartamentos estão a R$ 380. Indicado para quem tem grana mas acha Trancoso muito paradão. 

 maitei210.jpg maitei211.jpg

Era meio-dia e quinze quando eu finalmente consegui pôr o pé na areia. Eu tinha marcado uma visita à uma e meia no Eco Resort. E teria que caminhar 3 km (ou seriam 4?) pela areia. Passei pela Praia dos Pescadores, popular entre os nativos, e que estava muvucadíssima naquele domingo. Precisei atravessar três jogos de futebol consecutivos...

delegado-futebol450.jpg

Em meia hora de caminhada cheguei à barraca do Sting, já na praia do Araçaípe. Esse foi o primeiro bar de praia transadinho do Arraial, e continua até hoje o mais simpático. É freqüentado sobretudo por moradores do Arraial; você quase se sente num lugar não-turístico.

sting450.jpg

Eu não tinha tempo para um pit-stop, mas quando passei acabei encontrando o GPS, um figuraça que conheci em 99 ao me hospedar no Espelho pela primeira vez, e que sempre acabo encontrando em algum ponto do sul da Bahia (a última vez tinha sido em Caraíva, e graças a ele consegui chegar de carro à pousada da Ponta do Camarão). GPS acaba de voltar de uma temporada em Alto Paraíso de Goiás e trouxe pedras louquíssimas com as quais ele faz colares lindos. Se você passar pelo Arraial, procure por ele no Sting. A propósito, GPS aproveitou e me apresentou pro Sting, que me contou do povo que aparece no bar por causa da minha indicação no Freire's.

 sting141.jpg sting140.jpg sting143.jpg

Tomei uma cerveja e saí atrasadíssimo, na hora em que já deveria estar no Arraial d'Ajuda Eco Resort, e ainda a uns 20 minutos de caminhada.

aracaipe450.jpg

Cheguei, puf puf puf, e, para minha surpresa, o dono, Carlos Niquini, estava lá. Há uns três anos, quando me hospedei ali, ele tinha acabado de comprar o resort e estava começando a dar um banho de loja no lugar. Os primeiros resultados já eram promissores, e ele me disse que continuaria mexendo em tudo, aos pouquinhos. 

 arraialeco140.jpg arraialeco142.jpg arraialeco141.jpg

Promessa cumprida: o hotel está lindo. Fora do universo de resorts de altíssimo luxo, é o resort mais charmoso do Brasil, sem dúvida nenhuma. Dá uma olhada nesse quarto:

    arraialeco-quarto400.jpg

Pois esse é o novo quarto-padrão do hotel, chamado "superluxo". (São mais bonitos do que as suítes.) O resort ainda tem uma ala de apartamentos não-renovados (os que dão para o jardim), mas que só serão usados em convenções e eventos. Quem vier a lazer só vai se hospedar nesse lindão aí de cima.

Os orixás de Tati Moreno, que estavam no rio Buranhém (o hotel fica num pontal entre o mar e o rio) foram trazidos para o jardim, onde continuam impressionantes.

 arraialeco-orixa140.jpg arraialeco-orixa141.jpg arraialeco-orixa142.jpg

Mas o trabalho do Niquini não se resumiu a deixar o resort com cara de hotel-butique: ele implantou um conceito único entre os resorts brasileiros, que é o de estimular o hóspede a explorar a região. Apesar de vender planos com meia-pensão e pensão completa, o hotel dá ênfase nos planos só com café da manhã, para que o visitante curta as noites do Arraial. O hotel tem uma van que leva os hóspedes à praia da Pitinga, e um folhetinho no quarto recomenda o bar do Sting (foi assim que eu fiquei sabendo da barraca).

E justamente por incentivar o hóspede a sair por aí, o resort precisou elevar a qualidade do que oferece, para não perder na comparação. Tentei listar quantos resorts no Brasil me serviriam uma costeleta de cordeiro desse jeitinho aí (e ela estava tão gostosa quanto bonita), mas não consegui pensar em muitos, não.

 arraialeco-piscina210.jpg arraialeco-cordeiro210.jpg

Minha balsa saiu às 15 pras 4 -- eu tinha que estar às 4 no aeroporto. Gravei um videozinho durante a travessia, falando do meu medo de virar vítima de overbooking.

fim451.jpg

Fui um dos últimos a fazer check-in, mas meu lugar estava confirmado. Em vez de medo de overbooking (coisa que só aconteceu uma vez na minha vida), eu deveria ter medo é de perder celular (coisa que me acontece mais ou menos de seis em seis meses). Aos 48 do segundo tempo, deixei meu celular novinho em algum balcão do aeroporto de Porto Seguro.

Mas para quem poderia ter perdido todo o seu equipamento por causa de uma onda, fiquei no lucro, não fiquei?

No fim das contas, foi uma viagem sensacional. Em se tratando do sul da Bahia, como poderia não ser? Mais adiante eu faço um post-serviço para quem quiser repetir a aventura no todo ou em parte. Fui!

250 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Daniella
DaniellaPermalink

Olá Ricardo,
Comprei uma promoçao pra ficar na www.jardimdapraia.com.br , fica na rua do Campo. Vc já ouviu falar dela? E a localização é boa?
Aguardo resposta
Daniella

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Daniella! Quem responde é a Bóia.

O Ricardo Freire nunca visitou esta pousada. Segundo o site, fica na vila. A ordem certa das coisas é primeiro se informar, depois comprar. O inverso é inútil.

Flávia
FláviaPermalink

Boa noite, Ricardo e Bóia! Eu e meu marido iremos pra Arraial agora dia 20 de maio procurando descanso, mas em função dessa época ter um clima meio imprevisível e com risco de chuvas, estamos em dúvida se compensa ficarmos na pousada Aquarela(só café da manhã) ou no hotel Saint Tropez(meia pensão). Nossa dúvida se refere para o caso de chuva, pois não sabemos as atividades que são oferecidas em baixa temporada pelos próprios hotéis e nem qual a localização dos mesmos é mais favorecida em termos de proximidade de opções de alimentação e entretenimento light, caso não seja possível passar o dia curtindo a praia! Obrigada!!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flávia! Nossa indicação para Arraial é ficar na vila, para curtir a noite. Estando na praia do Araçaípe (caso da Aquarela) você poderá usar as kombis que fazem o trajeto a noite inteira (R$ 2,50). Na praia de Parracho e Pitinga (caso do St. Tropez) não há kombis, você precisará tomar táxi, R$ 20 em cada sentido. Não conte com noites animadas fora de temporada ficando no hotel.

Flávia
FláviaPermalink

Bóia, se não nos importamos com a ausência de animação noturna nos hotéis de Arraial, você acha que em termos de custos compensa mais o regime de café da manhã ou meia-pensão (café e jantar)? Obrigada mais uma vez!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Flávia! Repetindo: o bacana do Arraial d'Ajuda é aproveitar a vila à noite. Se você vai ficar no hotel todas as noites, não faz sentido ir ao Arraial. Caso queira ir à noite à vila, mesmo sem jantar, vai custar R$ 40 só de táxi. Mas se você quer comer todas as noites no hotel e ficar todas as noites no hotel, a decisão é sua, vá firme, só não peça pra gente assinar embaixo e dar parabéns grin

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/2012/12/praias-bahia-santo-andre-porto-seguro-arraial-ajuda-trancoso-espelho-caraiva-corumbau-cumuruxatiba-prado-abrolhos/

Renan
RenanPermalink

Olá Ricardo e Bóia.
Primeiramente queria dar os parabéns pelo maravilhoso SITE/BLOG de vcs...me ajuda DEMAIS!
Bom, eu e minha namorada vamos pra Porto Seguro dia 24/12/13 até dia 03/01/14, ou seja, natal e reveillon lá...quero muito ficar em arraial...gostaria de uma dica mais em conta porém boa para ficar lá neste período.
(OBS: Gol ta com passagens POA-PORTOSEGURO ida e volta nestas datas a R$460, foi quanto eu paguei.)
OBRIGADO POR TUDO QUE VOCÊS FAZEM POR NÓS VIAJANTES!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Renan! No réveillon os preços enlouquecem em qualquer lugar de praia.

Veja as dicas de pousadas do Ricardo Freire neste post -- e aguarde para breve a atualização do material de todo esse litoral. (Vai ser difícil você fechar algum pacote de fim de ano antes do segundo semestre).

https://www.viajenaviagem.com/2012/12/praias-bahia-santo-andre-porto-seguro-arraial-ajuda-trancoso-espelho-caraiva-corumbau-cumuruxatiba-prado-abrolhos/

Camila
CamilaPermalink

Boa noite, adorei as dicas, vocês sabem se julho é legal ir pro arraial da ajuda sera que o clima é legal?

Camila
CamilaPermalink

Vocês recomendariam algum lugar pra comprar pacote de passeios como por exemplo avitat as baleias Jubartes.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Camila! Sua pousada certamente saberá encaminhar você a quem estiver fazendo os passeios.

Camila
CamilaPermalink

*avistar.

Camila
CamilaPermalink

Você conhece a pousada ensrafa dos corais sabe se tem boa rstrutura e é segura?
valeu pelas dicas anteriores..

Paula
PaulaPermalink

Olá Boia.. vi as dicas de pousadas e tenho uma duvida..se ficar na vila ( tipo a pousada Erva doce) é facil chegar as praias? e se optar mais no alto ( Tipo pousada Manacá) é preciso carro pra chegar nas praias, ou dá pra ir a pé? Obgada

viagensinviagens.blogspot.com.br

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paula! Ficando na vila você precisa descer uma ladeira para chegar à praia. Na ida é fácil; a volta exige um certo esforcinho. Veja um relato de leitor que ficou na Manacá: https://www.viajenaviagem.com/2007/05/ultima-parada-arraial-dajuda/comment-page-3/#comment-211936

Camila
CamilaPermalink

Oi vc saberia me informar se o hotel baixu village é bom.
dede ja obrigado. E qual a melhor agencia para avistar as baleias.

Dayse
DaysePermalink

Ricardo e Boia, boa noite. Estou numa dúvida cruel, não conheço Arraial d Ajuda, qual o hotel/ pousada que dê pra ir à praia a pé e que esta praia tenha barraca de petiscos, bebidas, cadeiras ou espreguiçadeiras, guarda-sol, ou seja, infraestrutura sem precisar de carro. Irei em agosto. Muito obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Dayse! Na praia do Patacho, a Privillage e a Pousada Pitinga são assim. No Araçaípe, a pousada Sítio São Francisco está ao lado das melhores barracas.

Monique Fiori
Monique FioriPermalink

Olá Bóia e Comandante!
Acabo de retornar do Arraial e vim deixar minhas impressões!
Fomos nesta primeira semana de julho e o Arraial ainda estava bem vazio e tranquilo, com um leve movimento no Mucugê à noite. O pessoal dos restaurantes/barracas nos disseram que na segunda quinzena fica bem cheio.
Nos hospedamos na Pousada Cheiro Verde, ótima localização (na rua do Mucugê entre a praia e o agito), muito limpa e bonita, tudo branquinho com decoração em palha e flores locais. Café da manhã simples mas bem servido; atendimento cordial; quarto grande, banheiro enorme, porém não tem uma mesa de apoio com cadeira para comer alguma coisa, usar pc etc, você precisa sentar na cama mesmo. A televisão pega apenas 4 canais e o uso do wifi era bom e gratuito.
Como fomos com o intuito de descansar e aproveitar as praias por ali mesmo não alugamos carro e não sentimos falta alguma. Pegamos praia no Mucugê, Parracho e Pitinga, esta última sem dúvidas com o visual mais lindo de todas! A vista das falésias depois da curva é demais! Ficamos na barraca Flor e Sol, os donos são argentinos (muito comum lá) e o atendimento foi ótimo, recomendo! O inconveniente é que o pagamento era apenas em dinheiro, então vá preparado. Lembre-se, você está na Bahia, todos são bastante educados porém a cada cinco minutos passa um vendedor insistindo muito para que compre algo... Provamos e levamos apenas a cocada da Sra. Felicidade, uma delícia!
O tempo estava muito bom, pegamos 5 dias de muito sol e 2 dias de chuva, nestes aproveitamos para conhecer a Igrejinha do centro e almoçar no PF do Paulo Pescador, onde comemos um strogonoff de camarão delicioso!
Durante o dia almoçavámos na praia, a noite era sempre no Mucugê, onde você encontra as mais diversas opções, restaurante é o que não falta. Gostamos do Morocha (opções variadas, a mexicana era muito boa), Miloca (crepes e lanches ótimos) e em primeiro lugar disparado o Don Fabrizio, com massa e carne divinos! Vale deixar a sobremesa para depois e provar os deliciosos sorvetes da Flor de Latte, tem em dois pontos da rua. O final da noite era sempre no Morocha, onde rolam bandas ao vivo diariamente. O Beco das Cores estava fechado na maioria dos dias, não chegamos a comer em nenhum lugar de lá.
Enfim, adoramos Arraial e com certeza pretendemos voltar; no último dia fomos presenteados com uma maré bem baixa que formou lindas piscinas naturais à beira mar, um encanto só!
Abraços, Monique.

Gustavo
GustavoPermalink

Olá, Ricardo, olá Bóia!
Mt bacana as dicas e comentários de vcs! Parabéns pela página.
Seguinte: sou maravilhado por Arraial. Posso até considerar o paraíso em terra. Entre 2012 e agora, julho de 2013, retornei ao lugar 4x; agora será a quinta. Bom... vou ficar na Beijo do Vento; apesar de não ser uma pousada de extremo luxo, tenho ouvido e lido coisas mt boas sobre ela. Mas uma coisa que tá me pegando é o fato de nunca ter ído à Arraial na segunda quinzena de julho. Ando receioso em termos de temporada (se é mt cheio) e quanto ao tempo (sei que costuma chover um pouco na primeira quinzena, mas não vi nada a respeito da segunda). Se puderem me dar uma luz nessas duas questões...
Abraço,
Gustavo

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Gustavo! Julho é época de férias; vai ter mais gente por lá. Costumamos dizer que as chuvas em Arraial d'Ajuda são bem distribuídas ao longo do ano. Veja médias no Praiômetro (por Porto Seguro):
https://www.viajenaviagem.com/2012/10/praiometro-nordeste-caribe/

O Ricardo Freire esteve na Beijo do Vento há alguns anos e gostou muito.
https://www.viajenaviagem.com/2007/05/ultima-parada-arraial-dajuda/

Leia mais dicas sobre Arraial d'Ajuda e região:
https://www.viajenaviagem.com/2012/12/praias-bahia-santo-andre-porto-seguro-arraial-ajuda-trancoso-espelho-caraiva-corumbau-cumuruxatiba-prado-abrolhos/

Audrey
AudreyPermalink

olá!
Estou indo com a família (mãe e crianças 11 e 4 anos) para Arraial em outubro o que acham da Pousada Mar aberto? É simples mas perto da praia e da rua Mucugê. Também olhei a Fragata, mas está bem mais caro. O que acham?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Audrey! É uma pousada simpátia, econômica e bem-localizada. Os quartos são pequenos mas o ambiente é agradável.

Rogerio Ferreira
Rogerio FerreiraPermalink

Boa tarde para todos! Super legal o site de vocês! Pretendemos ir para Arraial em jan/2014(02 adultos e 02 crianças 09 e 06 anos.) O que voces acham a respeito do Hotel Mar Paraíso, na praia do Mucugê? Este hotel é uma boa pedida? Agradecido, aguardo retorno.
Rogério

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Rogerio! O Mar Paraíso é um hotel confortável e fica pé na areia na praia do Mucugê. É all-inclusive, o que pode ser bacana para quem vai com crianças, mas aí você vai deixar de aproveitar tanto o centrinho de Arraial, que é um charme.

Valéria Martins
Valéria MartinsPermalink

Olá, vou à Arraial em outubro comemorar o aniversário do meu marido..pretendo me hospedar na pousada Aquarela, algum comentário sobre ela? Acredito que nesta época a cidade não esteja tão vazia..ou to enganada? Abraços!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Valéria! A Pousada Aquarela é um pouquinho isolada; o melhor trecho da praia onde está fica a uns 10 ou 15 minutos de caminhada, na altura do bar do Sting. Fica distante da vila também, que é um dos baratos de Arraial d'Ajuda.

Veja resenhas de ex-hóspedes no Booking.

Andréa
AndréaPermalink

Olá! Já se passaram muuuitos anos da última vez que estive em Arraial. Estou indo com minhas filhas pequenas para Club Med Trancoso e gostaria de passar 3 dias em Arraial. Você poderia me dizer se compensa ficar no centro ou na praia? Temo a subida da volta... E poderia, também me indicar um bom hotel para hospedar com crianças?

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Andréa! Hospede-se no caminho da Balsa, que tem transporte fácil para o centro e ótima praia em frente. O melhor hotel para ir com crianças é o Arraial d'Ajuda Eco Resort:

https://www.viajenaviagem.com/2010/10/arraial-dajuda-eco-um-resort-pra-quem-nao-gosta-de-resort/

Andréa
AndréaPermalink

Obrigada pela pronta resposta!
Qual hotel você recomenda na estrada de Mucugê? Eu ficaria entre o centro e a praia, é isso?
Quero algo mais próximo da praia porém de fácil acesso aos restaurantes... e da noite de Arraial.
Obrigada Novamente,

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Andréa! Não é a estrada de Mucugê. É a estrada da Balsa. A praia de Mucugê é bastante muvucada. É mais fácil conseguir transporte da Balsa para o centro do que de Mucugê para a vila à noite. Você teria que chamar táxi.

Leia o post mais recente sobre o Arraial:
https://www.viajenaviagem.com/2012/12/praias-bahia-santo-andre-porto-seguro-arraial-ajuda-trancoso-espelho-caraiva-corumbau-cumuruxatiba-prado-abrolhos/

Paulo Melo
Paulo MeloPermalink

Olá Ricardo e Bóia!

Estou planejando ir com minha família (esposa e filho de quase 2 anos, portando de colo) passar uma semana em Arraial em Novembro. Meus planos é ficar na pousada Coqueiros. Acha que é uma escolha legal (localização etc.)? Tem alguma indicação melhor (custo-benefício)?

Obrigado e parabéns pelo site!

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Paulo! O Ricardo Freire sempre elogia esta pousada.

Veja o material mais recente sobre a região aqui no site:
https://www.viajenaviagem.com/2012/12/praias-bahia-santo-andre-porto-seguro-arraial-ajuda-trancoso-espelho-caraiva-corumbau-cumuruxatiba-prado-abrolhos/

Fabio
FabioPermalink

Fiquei hospedado na pousada estalagem d'ajuda entre 12/2/14 a 19/2/14. A pousada possui instalações novas, ambiente agradável e calmo, piscina agradável, torneira de água na entrada da pousada para lavar os pés (devido a areia de praia), bom café da manhã (tudo feito na própria pousada), funcionários atenciosos e prestativos. São dois donos e a pousada sempre tinha pelo menos um deles presente. Os donos foram muito atenciosos e prestativos tanto em relação as questões da pousada quanto a indicações de atividades turísticas (passeios, indicação de restaurantes, indicação de locação de carros, etc). A pousada fica em um local centralizado: próximo a rua mucugê (acho que uns 100metros) e próximo as praias (cerca de 10 minutos de caminhada). O quarto possui frigobar (novo), cama agradável, ventilador de teto silencioso, ar condicionado silencioso, TV de LCD, varal de chão para secar roupas. Agora os pontos que podem melhorar: sinal de wifi fraco nos quartos, a placa da pousada poderia ser mais destacada (cheguei a noite e achei que a placa merecia uma iluminação para ser mais chamativa), colocar máquina de cartão na pousada (um dos donos falou que o problema estava no sinal de celular que era ruim e as máquinas ficavam inoperantes por isso. Mas existem máquinas que usam a linha de telefone fixo para resolver isso. Em algumas praias mais distantes como Taipe e Espelho o problema de ausência de máquinas de cartão se repetia). No geral notei realmente que o sinal de telefonia celular na região é mais ou menos mesmo. No geral achei que foi uma boa opção de hospedagem tanto pelo preço quanto pelo serviço prestado e indico o estabelecimento.

Jaqueline Rodrigues
Jaqueline RodriguesPermalink

ola boa noite!

Estou planejando em viajar sozinha para arraial do dia 31/03 a 04/04, mais ainda estou com algumas dúvidas referente ao tempo e qual praia ficar estou entre muguge e apaga fogo. poderiam me ajudar com algumas dicas?

obrigada.

Chris Caixeta
Chris CaixetaPermalink

Olá! Iremos, eu e meu marido, para Arraial d'Ajuda em 31/07/14. Estou grávida e estarei de 7 meses. Estou procurando Pousadas e estou com dúvidas em qual ficar por causa do acesso à praia. Pesquisei as seguintes: Beijo do Vento, Enseada dos Corais e Atmosphera. Achei a Beijo do Vento a mais bonita, porém, é sobre a falésia. O que vcs me sugerem? Abçs!!!

Michelle Costa
Michelle CostaPermalink

Olá!
Estou querendo viajar agora em julho/2014 p/ Arraial c minha família (mãe,irmão e 2 filhas de 4 e 1 ano. Estamos em dúvida se ficamos em pousada ou se alugamos uma casa. O que sugerem? A pousada seria a Atlântida e a casa fica a 300mts da praia dos pescadores. E a propósito, o que acham dessa praia?Soube que ela quase não é frequentada, seria meio perigoso visto que seremos apenas 2 mulheres com 3 crianças? E ela fica longe (a pé) das outras praias?
Desde já agradeço e aguardo resposta.

A Bóia
A BóiaPermalink

Olá, Michelle! A praia dos Pescadores é ótima, tem um condomínio anexo (é onde você está pensando em alugar a casa) e é freqüentada por moradores e nativos. Você pode ir caminhando à praia do Araçaípe, que é colada, onde está o melhor bar do momento, o Coqueirão.

Viaje na Viagem
Viaje na ViagemPermalink

Ainda tem dúvidas?

Clique e leia nosso post mais atualizado sobre este destino:

Guia de Praias: Sul da Bahia