7 dias na Itália, chegando e saindo por Milão

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Esse foi o quebra-cabeça que mais me propuseram ultimamente. Por que sete dias, e não nove ou dez? Descobri: por causa da BRA, que entrou na rota agora e não oferece o vôo todos os dias (do Recife, por exemplo, é só uma vez por semana).

O complicômetro é essa chegada incontornável por Milão, que é a primeira cidade italiana que você não incluiria numa viagem de apenas sete dias.

Acho uma temeridade indicar a continuação dessa viagem por avião, porque somando-se o caos aéreo brasileiro ao histórico da BRA há uma possibilidade muito grande do passageiro perder o vôo de conexão e ter que pagar uma multa grande para remarcar (ou perder totalmente o investimento, se a passagem tiver sido comprada numa low-cost).

Eu resolveria essa viagem com o trem.

Aí vão dois itinerários. Um (quase) sereno e outro, apressado.

7 dias (quase) serenos

Os vôos da BRA chegam a Milão (horário previsto) às 8h50. Eu iria direto à Estação Central (clique aqui para ver as duas maneiras de fazer esse trajeto) e pegaria um trem para Veneza.

Por que Veneza? Porque, por mais que você enfrente problemas durante a viagem (atraso, desconforto, os primeiros problemas em se virar num outro idioma e entender outros costumes), quando você chegar a Veneza, não importa a hora em que você conseguir chegar, você vai se esquecer de tudo. No restinho de primeiro dia não há esforço nenhum a ser feito: basta sair na rua que você estará num lugar mágico (mas claro que isso não vale se você se hospedar em Mestre, fora de Veneza propriamente dita).

Compre pelo site da Trenitalia uma passagem a Veneza para as 12h55 (acho que esse você não perde). Você chega às 15h30 em Veneza; a passagem custa desde 26 euros. Você compra por cartão de crédito e recebe o recibo por e-mail (a passagem é "ticketless"); basta mostrar ao cobrador quando ele passar no trem. Caso o seu vôo atrase muuuito e você perca o trem, passe num guichê da estação para ver se é preciso pagar alguma multa (normalmente, 8 euros) para embarcar no trem seguinte.

Fique três noites (na verdade, pouco mais de dois dias) em Veneza.

No quarto dia, pegue o trem das 8h50 (em Mestre) para Roma; a chegada é às 13h08 e a passagem custa 51 euros. (A RyanAir voa por 30 euros, mas você precisa pegar o vôo em Treviso).

Fique três noites e aproveite o quarto dia até o último instante em Roma.

Pegue o trem das 18h05 para Milão; a chegada é às 22h10 e custa 60 euros. (A RyanAir voa por 30 euros, mas o vôo é de manhã cedo, e o destino é Bérgamo.) Existe um trem noturno, que sai às 23h e chega às 7h15 (a 62 euros dormindo em couchette). O problema é que o vôo da BRA sai às 10h50; eu não acho uma boa política chegar em cima da hora num vôo da BRA, não.

Durma a sétima noite num hotel próximo ao aeroporto. A Sylvia já pesquisou o link.

7 dias apressados

Siga a Veneza do jeito que eu descrevi acima, mas fique só duas noites (um dia e pouco).

No terceiro dia, pegue o trem das 7h23 para Florença (via Bolonha). Você vai chegar às 10h30; custa 32 euros. Não esqueça de reservar com antecedência dois horários à tarde para visitar a galeria Uffizi e o Davi na Accademia (só por telefone: 39-055-29-4883; escolha entre atendimento em inglês ou italiano).

Reserve duas noites em Florença. No dia seguinte você vai pegar o trem a Pisa (1h de viagem; um trem a cada meia hora), já com o horário para subir na Torre devidamente reservado. De lá você vai de trem a Poggibonsi (1h20), onde pega um ônibus (20 min.) a San Gimignano; depois volta a Poggibonsi e continua de trem a Florença (1h).

No quinto dia, saia no trem das 8h19 a Roma (chegada às 9h55; 33 euros). Fique duas noites na cidade, mas aproveite o terceiro dia até o finzinho. Pegue o trem das 18h05 a Milão e siga as instruções do itinerário (quase) sereno.

Agora -- se em vez de 7 você resolver ficar 14 dias, dá para praticamente seguir esse outro roteiro aqui.

136 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Riq, sempre falo pra todo mundo: sete noites na Itália é muito pouco! Além das atrações tooodas, o preço que pagamos pelo aéreo Brasil-Itália ainda é muito alto pra ficarmos tão pouquinho fora... Ainda assim, se estivesse indo pela primeira vez, e por tão pouco tempo, e mesmo sendo tão avessa a roteiros corridos, acho que faria o seu roteiro "apressado"... lol

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Eu também acho pouquíssimo, Mari... mas eu não invento os quebra-cabeças, eu só resolvo smile

Acho que 7 dias dão viagens maravilhosas de um lugar só (a "viagem-pizza" de que eu falo no VnV de papel). Paris, Londres, Barcelona, Lisboa, Berlim, Nova York, Rio, Salvador, Buenos Aires... djilícia.

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Também sou assim, Riq: uma semana tem que ser para um único destino, para aproveitar tudo e ter tempo pra se perder várias vezes por lá... wink

Sylvia
SylviaPermalink

Melhor impossivel Riq :!:

Mas, engrossando o coro : por favor pessoal : 14 dias tá ?
Sete dias não dá nem para curar o jet leg ( leva cinco dias para este
"milagre" acontecer ..), e com o jet leg no pé a produtividade é muito
pequena , não dá para absover quase nada e curtir então.. quando
começar a se "sentir em casa" vai estar na hora de voltar.

MARIA FLÁVIA
MARIA FLÁVIAPermalink

Ricardo, não entendí????
Ficar em Mestre é tão complicado assim????
è tão longe assim????
E o transporte´de Mestre prá Venicia?? è tão difícil assim???
Me dá uma luz????

Sylvia
SylviaPermalink

Maria Flavia :
Mestre é uma cidade industrial , feia pra dedéu , charme zero.
É um desperdicio de tempo e de neuronios ficar em Mestre.
Ter que sair da " bela-venezia " e ir dormir em Mestre destrói
o romantismo que é estar em Veneza .
Acredite , vale muito pagar mais e ficar em Veneza por inteiro.
Olha hospedagem em www.venere.com

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Maria Flávia, o que eu quis dizer é que, se você ficar em Mestre, não bastará sair na rua para se sentir em Veneza... você vai ter que pegar o trem à estação Santa Lúcia (10 min.) e então se afastar da estação Santa Lúcia para entrar no clima.

Concordo plenamente com a Sylvia -- vale a pena investir um pouquinho mais e ficar em Veneza de verdade.

Sylvia
SylviaPermalink

Riq , nada a ver com este assunto , mas tudo a ver com nós gauchos
sad sad

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Ha ha, tudo a ver com a nossa metade do Rio Grande lol
Eu já tinha esse pressentimento, mas esse ano eu não tô nem aí. Acho que é um revival de 1977 -- tu não era nascida ainda smile
Se não rebaixar tá de bom tamanho....

Sylvia
SylviaPermalink

Riq , assim é que é bom ...
Dar gargalhada depois do jogo com essa tua ótima obs de 77 lol

E a culpa já sabes de quem é né?
Do Diogo que não marcou uma conVnVenção para hoje a tarde ..

Karinissima
KarinissimaPermalink

O que eu faço é ficar em Montecatini, no meião da Toscana. De lá, escolho para onde quero ir: se passarei o dia em Florença, em Livorno, Lucca... Montecatini é uma gracinha e super mais barata do que ficar nas cidades mais turísticas.

beijo

Caio
CaioPermalink

RIQ e tripulação.........estou tão inseguro com um hotel que reservei em Londres com relação à localização. (Ibis London City, na City).
Vocês teriam outra indicação num lugar bom (adoro andar a pé), cheio de lojas, restaurantes etc??? Procuro algo até 120 libras a diária.
Obrigado

Bender
BenderPermalink

Milão é jóia de visitar, mas não vale a troca por Florença ou Roma.

Aliás, eu nem pararia em Pisa e a minha cidade favorita na Itália fica meio longe. Nápoles.

Bender
BenderPermalink

Cara, q droga ter dois sites. Simplesmente não consigo colocar o URL do Goitacá no meu nome quando falando de casa.

É http://www.goitaca.com

Rmx
RmxPermalink

Só prestem atenção porque o ônibus Poggibonsi-S. Giminiano é uma viagem curta mas não é tão frequente assim, eu mesmo esperei tipo 1h para poder pegar. O lado bom é que conheci uma velhinha romena, dois americanos e uma australiana, que também estavam na mesma espera e batemos altos papos. A Itália, até quando é ruim, é boa smile

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

É meio de hora em hora, sim, Rmx. O horário está aqui (tem que procurar, é um pdf cheio de tabelinhas; está na tabela Firenze-San Gimignano):
http://www.sitabus.it/sita-toscana/Firenze-Siena07.pdf

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Caio, você já tentou o Base2Stay? Pra julho tem diárias single de 87 libras. http://www.base2stay.com . Fica em Kensington.

O Myhotel Chelsea também tem tarifas de verão de 119 libras. (Mais uma taxa de 20....) http://www.myhotels.com .

Carla
CarlaPermalink

Caio, eu sou fã dos B&Bs da região de Bayswater - são tradicionais, relativamente em conta, bem servidos de transporte público e você pode ir a pé ao Kensington Gardens, Hyde Park, Oxford Street, Knightsbridge e vários outros lugares... A Queensway é uma rua comercial bem no meio do bairro com tudo o que você procura - restaurantes, pubs, lojinhas, casas de câmbio, um shopping com cinemas... O B&B em que eu costumava ficar mudou de nome, e provavelmente de dono, então acho melhor não recomendar, mas a localização, na Queensborough Terrace, na minha opinião, é impecável. Dá uma olhada nesse site aqui pra você ter uma idéia dos preços: http://www.hotels-london.co.uk

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Caio, concordo com a Carla: adoro a região de Bayswater, super bem servida em transporte público e legal para sair, de dia e de noite. Sempre fico por lá. Estou tentando lembrar o nome do hotelzinho que fiquei no ano passado, que era muito bacana, com um café da manhã ótimo, tipicamente inglês, mas não consigo... sad Depois que eu chegar em casa, confiro e daí coloco aqui, ok?

GiraMundo com Jorge Bernardes

Ricardo,

Estou meio ausente. Estou viajando, mas a trabalho....
Seguinte, estou planejando meu roteiro iniciacao com bebes pela Europa e escolhi passar alguns dias em Milao porque nem eu nem a Tati conhecemos (ja passamos por fora, ao redor, pelo aeroporto, mas nunca entramos) e somos apaixonados pela Italia.

Como eu nao sei o qto conseguiremos curtir, resolvi arriscar, pensando que no minimo, ja estarei na Italia, mas estou ficando desanimado ao ler estes posts. Sera que nao vou gostar nada de Milao?

Ah, escolhi tambem Viena (eu nao conheco) e Amsterdam (a Tati nao conhece) para gastar a maior parte do tempo que teremos. Serao 2 semanas que eu dividi entre as tres, sendo que o tempo maior sera em Amsterdam. Tentei escolher cidades nao muito grandes e planas ou quase planas para andar com o carrinho. Quer dar um pitaco? Alguem se habilita?

GiraMundo com Jorge Bernardes

Ai caramba, e' tanta dica pra sair de Milao que estou desanimando de passear la' .

Sylvia
SylviaPermalink

Estamos falando da nossa musa-mascote em viagem de estreia !
Olha Jorge, quer saber ? Acrescenta muito pouco alterar tua visão
do aeroporto , acho que fica bem assim ..
Aproveita Viena e Amsterdam, e se quiseres passar um dia, um dia
em Milão está pra lá de bom ..
Aproveitando o gancho : Achas que Brasilia é a cara do Brasil?
Tb acho que Milão não é .

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Hmmm... já eu acho que, se você estiver a fim de passear em Milão como quem passeia em São Paulo -- indo em busca de lojas fenomenais e restaurantes bacanas -- vale a pena, sim. (Atenção -- falo em teoria. Estive em Milão por dois dias em 1985, e meu budget era de 17 dólares, ou umas 3.400 liras, por dia.)

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Lindenberg, 7 dias em Veneza é um exagero.
Quanto aos trens: alguns partem da estação Santa Lucia, e necessariamente passam por Mestre. Outros se originam em Mestre (como o desse horário que eu pesquisei), então você precisa pegar um trem um pouco mais cedo em Santa Lucia e fazer a baldeação.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Jorge,
Eu acho Milão bacana, como o Riq falou, é um São Paulo um pouco mais charmoso, mas realmente, mais que 2 dias é demais.
Quer uma sugestão: já que você vai a Viena, que é maravilhosa e imperdível, passe uns dias em Salzburg, que fica a pouco mais de 2 horas de trem de Viena, é plana, não muito grande e encantadora.

Mari Campos
Mari CamposPermalink

Jorge, se vc for ficar bastante tempo em Viena, além de Salzburg, dá para dar uma esticadinha até Budapeste, que também é perto, menos de 3 horas de viagem, e é lindíssima.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Falanado em Veneza, alguém já assitiu um filme que eu só achei em locadoras chamado Tempesta? É muito legal: mostra uma Veneza molhada e mágica (chove torrencialmente, como na época da L' Aqua Alta) e conta a história de um perito em arte que se envolve na investigação do roubo de um famoso quadro da Galleria della Academia chamado Tempesta. Vale muito a pena para lembrar de Veneza.

Arnaldo (FATOS & FOTOS de Viagens

Jorge, pegando o bonde andando, como se dizia no meu tempo, a respeito de Milão, leia a matéria que fiz no meu blog sobre a cidade que acho uma das mais desinteressantes da Itália, veja fotos e dicas e tire suas conclusões. Dois dias são suficientes pra conhecer o que Milão tem de melhor, turisticamente falando:

http://interata.squarespace.com/jornal-de-viagem/2006/11/6/conhecendo-milo.html

Abraços a todos, de Nova York, encerrando minha viagem.

Majô
MajôPermalink

Jorge,

Não esqueça que nossos aeroportos vacinam os brasileiros que têm que ficar espertos pra sobreviver wink Quando chego na Itália, é como se entrasse no Brasil.
Peguem um shuttle até a cidade. smile

Célio
CélioPermalink

Paula Bicudo:
Tem muito tempo que vc. não passa por seu blog????
Te fiz uma perguntinha lá.....tem mais ou menos umas 2 semanas.....

GiraMundo com Jorge Bernardes

Galera, obrigadao!
Nao sei, essa e' uma viagem em que nao terei compromisso de cumprir nada. Nao sei o quanto conseguiremos ver com nossa pequena.... a agenda e' meio dela sabe, muito pequenininha.... rsrsrsrs Ela precisa muito comer e dormir....

Paula, Mari, nos ja estivemos em Budapeste e eu achei o maximo. Adoro Budapeste. Uma das capitais da Europa onde fomos melhor acolhidos e e' um lugar muito interessante. Ja estivemos tambem em Salzburg que e' pequena e linda! Eu so nao conheco mesmo e' Viena e minha mulher que ja conhece diz que eu vou adorar. Eu digo a ela o mesmo sobre Amsterdam.

GiraMundo com Jorge Bernardes

Arnaldo,

Comentei la e reitero aqui. O tiro saiu pela culatra. Ate quando o lugar nao te encanta fica tudo demais la no Fatos e Fotos. As fotos estao demais. E...... bem, meu "problema" com a Italia e' serio.... ja' est'a diagnosticado.... Eu estou convicto agora de que vou gostar!!!

Beto
BetoPermalink

Jorge, talvez tenha perdido alguma coisa aí do teu projeto de ir a Milão. Não sei se você tá com tempo, mas perto de Milão tem os lagos, que não conheço mas gostaria muito. Acho que deve ser muito bacana gastar aí uns dois ou três dias passeando pelas vilas do Lago de Como. Dê uma pesquisada. Estive em Milão por duas vezes em 83, sempre pra revalidar o visto para a França (naquela época era difícil conseguir um, com validade máxima de 3 meses, e em Milão era mole). A minha impressão é de que um dia cheio em Milão basta, pra ver o Duomo (espetacular) e a galeria, almoçar num bom restaurante e olhar as lojas.

Carla2
Carla2Permalink

Jorge, morei 3 meses em Milão, e acho que a Paula disse tudo: é São Paulo mais charmoso, porque tem aquela atmosfera européia. É uma cidade plana, fácil de se locomover (bem, nao tenho muita certeza quanto a locomoção com carrinho de bebê). As atrações são aquelas: o Duomo (lerê), a galeria Vittorio Emanuelle (é linda), o Teatro Scala (confesso que nunca entrei...) bons restaurantes, a Via Monte napoleone (a das grifes famosésimas, carésimas, fashionésimas - acho que não errei o nome). Tem ainda um castelo que não consigo lembrar o nome, e, finalmente, a "Última Ceia" de Leonardo Da Vinci em exposição na Igreja de Santa Maria delle Grazie. Uma parte muito boa de Milão é a noite, as "baladas", mas acho que desta vez está riscado do roteiro, certo? rs
Claro que tem muito mais, pequenos museus e galerias de arte, lojas e mais lojas para aplacar a sanha consumista de qualquer um, etc.

Dos lagos que o Beto sugeriu eu só conheci o de Como, fiz um bate e volta de trem, e um passeio de barco pelo lago. É bonito, mas não tenho muito que acrescentar,talvez fazer como o Beto sugeriu seja ótimo: toda a região de carro - só achoque éuma região bem grande, tem que planejar direitinho os dias.

Malu
MaluPermalink

Jorge, acho que vale muito conhecer Milão. Cidade rica, com um centro histórico (Duomo, Scala, Galeria, Castelo Sforzesco(?)...) muito interessante, ruas e lojas bacanérrimas que valem o passeio. Vale ir a Como (um dia e uma noite, partindo no dia seguinte) e andar pela cidade com carrinho de nenê não deve ter nenhum problema. Ir de carro até Chernobbio (à beira do lago de Como, 12km da cidade de Como) e conhecer Villa D´Este, clube, restaurante, hotel chiquérrimo, frequentado pela aristocracia européia, com um jardim maravilhoso que Napoleão mandou construir para sua Josefina. Esse roteiro eu fiz e adorei.

Edu
EduPermalink

Olá Riq e tripulação,
Eu aproveitei a promoção da BRA e vou passar 7 dias na Itália. Vou fazer o roteiro do Riq - Milão (uma tarde), Veneza (dois dias) e Roma (4 dias).
Achei incrível a coincidência, porque eu tinha planejado tudo do mesmo jeito e antes do post ser publicado.
Nao acho que vai ser correria, porque nao quero mesmo conhecer tudo de uma vez.
Valeu Riq.

Paula Bicudo
Paula BicudoPermalink

Celio, me desculpe.
Eu li, não tive tempo de responder na hora e acabei esquecendo. Acho que estou trabalhando muito, hahha.
Vou te responder aqui então. Se tiver alguma informação incorreta, a tripulação me corrige.

De Mestre até Venezia Santa Lucia você pode ir de trem e descer dentro de Veneza, e pegar o vasporetto na frente da estação ou ir de ônibus (acho que é mais barato) até a Piazza Roma (onde é o estacionamento de carros) e lá pertinho tem um "ponto" de vaporetto também.

O ticket pra turista de vaporetto você pode comprar em nas "estações principais" de vaporetto (Rialto, Piazza Roma e ferrovia) e pode escolher entre o de 24horas ou o de 72horas, não se esquecendo de validar o ticket assim que for usar pela primeira vez, nas maquinhas que ficam em qualquer parada de vaporetto.
Vale muito a pena comprar o ticket, porque em Veneza, quando a gente se cansa, normalmente está muito longe do hotel, e com o passe, é sío pegar o vaporetto. Cada passe individual do vaporetto, custava o ano passado 4 euros e acho que o ticket pra 24h era 12 euros, mais o menos.
Me desculpe novamente.

Sylvia
SylviaPermalink

O link para passes e transporte em Veneza :
http://europeforvisitors.com/venice/articles/venice-card.htm

GiraMundo com Jorge Bernardes

Beto, Malu, Carla 2, com nossa pequena nene, nao quero nem saber de guiar um carro. Vou ficar na cidade mesmo e me entupir de espresso....e se a cidade nao tem programa lere, acho que vai ser legal.
Olha eu ja dormi em Como (foi muito legal mesmo). Chernobbio eu tambem ja fui, fica no lago Maggiore quase na Suica e achei seiscentas vezes mais legal que Locarno que embora fique alguns kms pra frente ja respira ar suico....E como eu disse, eu so nunca entrei mesmo foi na cidade. Desta vez, vai.... Valeu!

Célio
CélioPermalink

Paula Bicudo,
Muito obrigado, vc. foi gentilíssima.........desculpe minha brincadeira... lendo seu blog consegui tirar muitas dúvidas em relação a Itália, entretanto, com sua resposta consegui colocar um ponto final em todas que ainda restavam......
Mais uma vez obrigado.........ahhhhhhhh, sabe o que é muito bom prá quem tá trabalhando muito???????....VIAJAR....É ÓTIMO.

Célio
CélioPermalink

Sylvia,
Mais uma vez obrigado.

Malu
MaluPermalink

Jorge, meus amigos que na época moravam em Chernobbio falaram que aquele lago era o de Como. O Villa D´Este tem uma piscina linda sobre o lago e pode-se ir de barco até Como. Não fomos pois o barco tinha acabado de sair e pegamos o ônibus na pracinha. Por Chernobbio também fomos conhecer Bellagio e Menagio que ficam na encosta, beirando o lago...lindíssimo passeio. Jantamos num restaurante famoso com uma vista deslumbrante do lago de Como que lembra uma vista aérea da Lagoa, no Rio. Fomos também a Lugano, na Suiça, e vimos um pôr-do-sol inesquecível após uma chuva de outono. De Lugano a Chernobbio acho que são 30 minutos de carro. Um detalhe que acho que irá ajudá-lo: da praça do Duomo em Milão até o Castelo dá para ir a pé, empurrando o carrinho pois é uma reta só e o Castelo tem uma área bem gostosa na entrada.

EUROPE CALLING
EUROPE CALLINGPermalink

Excelentes dicas sobre a Italia.
Se quiserem outras dicas sobre mais cidades na Europa visitem http://callingeurope.blogspot.com/
Um abraço e boas viagens
Europe Calling

Heloisa
HeloisaPermalink

Olà pessoal. Queria a opniao de alguem que jà voou com a BRA para Milao. Gostaria de saber como è o serviço, se ele oferecem tv individual como a KLM, enfim, se o serviço è bom, afinal sao muuuitas horas de viagem.
Obrigada desde jà.
Heloisa

Leandro
LeandroPermalink

Boa tarde, pessoal!

Estou indo para Itália e gostaria de saber qual o melhor roteiro para viajar na Itália pelas cidades de praxe saindo de Milão (Florença, Veneza, Roma, Pisa...). A idéia é ficar o mínimo possível em cada, de modo que, depois dando um pulo em Paris, Londres e Amserdã, tudo caiba em 19 dias... Gostaria de saber, também, se vale a pena comprar no Brasil passe de trem para essas viagens. Valeu!

Carlos Alencar
Carlos AlencarPermalink

Caro Ricardo,
Excelentes dicas.
No dia 23 de dezembro embarcaremos para Milão pela BRA (2 casais) tendo seu roteiro como meta. Vale a pena alugar um carro, já que somos quatro? Dá para dirigir bem neste período? O que é imperdível nesta época?
Sds.
Carlos

solange spector
solange spectorPermalink

Não é um comentário e sim uma pergunta. É complicado ir de mestre para Veneza? E voltar à noite?

Sylvia
SylviaPermalink

Não é dificil não Solange grin
Olha aqui :
http://europeforvisitors.com/venice/articles/venice_transportation.htm

Marcelo Cabrelon
Marcelo CabrelonPermalink

Pessoal... ficar em Mestre é muito melhor... muito mais barato... porém se você quizer curtir a noite até altas horas fica complicado mesmo.
Os trens e onibus não costumam passar da meia noite. Porém o transporte é muito fácil.
Abraço

maria eliza wilke
maria eliza wilkePermalink

Olá,
Estou preparando uma viagem a Itália por doze dias , a idéia é conhecer o norte, os lagos. passar por Trissino, cidade dos meus bisavós...Qual o roteiro que me sugerem?