Infraero informa

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

painel450.jpg

A foto foi enviada por um leitor do Kibe Loco, e publicada lá há três dias. Recebi hoje por email e não consegui não dividir com vocês...

27 comentários

João
JoãoPermalinkResponder

Hahah deve ser montagem, né possível..

Em outro assunto: Ricardo, vc acha q dá (vale a pena) pra ver os lençois maranhenses e ir pra Fortaleza em 4 dias? (isto é, 4 dias no maranhão, sem incluir os dias em Fortaleza). Valeu!

Ricardo Freire

4 dias nos Lençóis dá, sim, João. Tente dormir uma noite em Caburé (ou em Atins) e outra em Santo Amaro.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Já mandaram pra ministra ??

Mari Campos
Mari CamposPermalinkResponder

A montagem é ótima. Mas, apesar de tudo que vimos nos jornais, conheço várias pessoas que decolaram ontem e hj, inclusive para Brasília, com os vôos saindo bonitinho no horário. Ainda assim a idéia foi ótima... lol

João
JoãoPermalinkResponder

Ricardo, deixa eu te alugar só mais um pouquinho... =D Vc sugeriria pegar um ônibus pra Fortaleza de onde? De São Luis mesmo (é uma longa viagem, imagino)? Valeu!

Izabel
IzabelPermalinkResponder

O Dona M. deveria ser humorista smile

Thiago Parente

João, apesar de nunca ter feito a viagem, atravessa os lençois e o delta do parnaíba e pega o ônibus em parnaíba. A empresa que faz é a expresso guanabara e entra no ceará via Viçosa, uma cidade lindíssima de serra. Vão ser algo em torno de 8-10 horas de viagem. Se tiver onibus leito disponível tente pegar esse, pois ele para menos. Boa viagem.

Isis
IsisPermalinkResponder

Oi pessoal!

No dia 5 de julho vou pros EUA (Los Angeles) tomara que os vôos internacionais estejam "on time"... é a minha 1ª viajem ao exterior!
Queria dicas de lugares imperdíves!
Vou pra fazer um curso de 30 dias (volto em 29/07) mas terei sexta/sáb/dom livres.

"Aí eu vou pra Califórnia...viver a vida sobre as ondas....." rsrsrs

Beijocas

Carla
CarlaPermalinkResponder

Isis, não deixe de ir passar um fim de semana em San Francisco - vale muito a pena!

JB
JBPermalinkResponder

Isis,

San Francisco é mesmo imperdível.

Se vc gostar de natureza, Yosemite é a pedida.

Culturalmente, tente agendar uma passada no Getty Villa em Malibu - combinação perfeita de arquitetura e arte.

Ronaldo Moraes

Saiu no O Globo que a Ministra não anda mais de avião de carreira, só usa agora os jatos da FAB para não ter que enfrentar críticas de consumidores aborrecidos. Enquanto a Ministra faz piada a justiça também parece colaborar, vocês prestaram atenção no valor da condenação imposta a CVC na nota divulgada pela Mari no post acima.

Bender
BenderPermalinkResponder

Interessante que essa imagem não foi kibada, isto é, inserido o URL do kibe na imagem. O sujeito do site vive fazendo isso com o trabalho alheio, por isso que os blogs mais maduros não lincam ele. Nunca.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Carla

Voce que é professora de linguas: estou pensando em fazer um curso de ingles no exterior. Onde há boas escolas, para alguem quem já tem um bom domínio do inglês, mas não é fluente. 15 dias, são suficentes? Quais seriam bons lugares, em termos de aprendizado, lugar agadável, e custo/ beneficio? Alguma escola em particular para ser evitada?

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Pode parecer brincadeira , mas não é não Ernesto vou falar sério :
Hoje comentaram comigo que a melhor relação custo-beneficio do
momento para fazer uma imersão em ingles é em BsAs .
Deve ser mesmo pois com os ótimos apartamentos de sessenta metros
por trezentos dolares por semana nem em residencia estudantil fora
do mercosul . Só não lembrei de perguntar qual o tipo/nome de imersão
em ingles .Vou tentar descobrir smile

Claudio
ClaudioPermalinkResponder

Isis
Alugue um carro, dirija de Los Angeles a San Francisco pela BIG SUR...Uma das melhores viagens que jah fiz...Pare pra dormir em Santa Barbara, mas nao deixe de visitar Monterrey, Carmel, etc...

Daniela Siqueira

Isis:
A partir de Los Angeles, dá pra fazer várias viagens. Eu particularmente nem gostei de LA (e meu marido odiou), mas o Farmer's Market é muito legal: um tipo mercado central na frente, com um mall enorme atrás. E no mercado tem até uma comida por quilo brasileira (se bater saudade...).
Fora de LA: San Diego é fofa, e tem um dos melhores zoológicos do mundo. Santa Barbara é uma graça, toda estilo "hacienda": só prédios de até três andares, todos branquinhos, e uma área de praia super agradável. Subir para San Francisco pela Highway 01 é uma viagem: dá pra parar no Hearst Castle, mas o melhor mesmo é Carmel, uma fofurinha toda arborizada. Não deixe de visitar. Há vários hotéis chiquérrimos nessa região, chamada Big Sur. San Francisco é obrigatória. Ou você pode resolver ter uma experiência ímpar e esticar até o Parque Yosemite: Deus estava inspirado quando o fez. Las Vegas também não fica longe, cerca de 5 h de carro. (já que carro é essencial em LA: highways pra todo lado, o transporte público é semi-inexistente, e só os loosers andam, infelizmente. Foi por isso que meu marido odiou - ele adora transporte público civilizado). Mais perto, dizem que Santa Monica é imperdível, não conheci. De todo jeito, boa viagem!!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ernesto, eu dou sempre essa dica para os meus alunos que querem melhorar a fluência em pouco tempo, é uma ótima idéia!

Em primeiro lugar, acho importante você escolher uma cidade onde você vai conviver pouco com brasileiros, caso contrário o seu investimento acaba não tendo o retorno esperado... Tenho amigos e ex-alunos que já fizeram esse tipo de cursos na Inglaterra, principalmente na Eurocentres, que é uma escola de idiomas super conceituada - mas sempre lembro às pessoas que o inglês da globalização é basicamente americano, sem falar que o custo curso + hospedagem na Inglaterra sempre vai ser um pouco mais alto... Um lugar que faz muito sucesso hoje em dia para esse tipo de viagem é o Canadá - os cursos têm uma boa relação custo-benefício, o inglês que se fala lá é bem padrão, sem muitos regionalismos que marquem o seu sotaque para sempre. Sem contar que é um país lindíssimo, e que os canadenses são um povo pra lá de hospitaleiro, super gentil. Bom, eu tenho também uma amiga que foi fazer um curso assim na Nova Zelândia - se encantou e acabou ficando por lá... wink

Dependendo do seu nível de inglês, 15 dias são suficientes, sim. Mas procure aqueles cursos em que você vai estudar umas 4 ou 5 horas por dia no mínimo, para fazer render esse tempo. Se você quiser trocar idéias enquanto estiver escolhendo, pode me perguntar, Ok? Vou ter o maior prazer em ajudar!

Carla
CarlaPermalinkResponder

Sylvia, imersão em inglês em Buenos Aires deve ser o típico "barato que sai caro"... Eu não iria querer "aperfeiçoar" o meu inglês para deixá-lo com sotaque de argentino, não... wink Sem preconceitos, afinal, eu tenho loucura pra ir fazer um curso de espanhol na Argentina... Só acho que esses cursos têm que ser feitos em um país onde a língua é nativa - se não, nem vale a pena sair do Brasil pra estudar, né?

Carla
CarlaPermalinkResponder

Isis e Daniela, pelo que conheci de L.A., a única região que oferece transporte público legal é Westwood, onde fica a UCLA. Os ônibus e circulam ali foram desenvolvidos para atender aos alunos da universidade, e ligam Westwood a boa parte de Los Angeles. E, milagre dos milagres naquela cidade, é um bairro onde se pode andar bastante a pé. Foi lá que eu fiquei hospedada - na casa da minha prima, então não tenho dicas de hotéis... O bairro fica entre Santa Monica - que é uma gracinha, vale um bom passeio, a pé!, pela 3rd Street Promenade - e Beverly Hills.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

Carla

Obrigado pelas dicas!

Eu prefiro algo com sotaque americano ou Canadense, e estava pensando em San Francisco, ou San Diego, pois já conheço a parte inglesa do Canadá.

Se precisar de algo quando estiver em SP é so escrever em pvt.

Ernesto
ErnestoPermalinkResponder

A própósito, eu gostaria de alguns sites de escolas, que voce que é da área, repute como idôneas, pois há muita oferta, e eu confesso a minha total inexperiência no assunto.

Sylvia : Para aprender ingles em Buenos, eu fico por aqui. Concordo com a Carla, Buenos é otimo para quem procura espanhol, mas ingles.... Há também cursos baratos na Nova Zelandia, mas que pela diferenca de fuso e tempo de viagem só se justificam para viagens mais longas.

JB
JBPermalinkResponder

Ernesto,

Pois eu cravaria NZ sem susto. Não acredito que haja discriminação pelo sotaque do inglês. Alguns adotam o sotaque americano porque temos muito mais contato com ele (Hollywood e babas musicais). Outros (como eu) tiveram mais acesso a coisas britânicas e elegeram este tipo de sotaque. Particularmente acho o sotaque escoces o mais bonito da língua inglesa (ainda chego lá).

O de NZ tem seus encantos (falam "siven" e "tin" ao invés de "seven" e "ten" - tomei um susto quando falaram para os passageiros "stand off the "dick" quando fazia a travessia entre a ilha Norte e a Sul). Além do mais vc vai poder conhecer um dos lugares mais bonitos que já estive, com a vantagem de que o custo total (passagem+hospedagem) vai ficar quase no mesmo nível dos EUA ou Europa.

Rosa
RosaPermalinkResponder

Tenho uma colega que ficou três meses no Canadá fazendo intercâmbio.
Ela disse que foi a pior experiência da vida dela. Passou até fome. Não tinha contato com a família, até as refeições ela fazia no quarto que ocupou, tudo regrado, sem conversa. Ela voltou com trauma de canadenses.

Isis
IsisPermalinkResponder

Obrigada pelas dicas queridos!!!!

Carla, JB, Cláudio, Dani....vou pra São Francisco com certeza!!!
Logo na chegada vamos alugar um carro, pois a faculdade fica a uns 5km do hotel (RedRoof...é flat). Então, vamos sair numa quinta-feira de tarde e vamos para S.F....muitos amigos disseram que a estrada é linda! Vamos passar em Carmell e St. Bárbara. Voltamos no domingo...acho que 3 dias dá pra aproveitar né? Não sei se vou para Las Vegas...ainda estou analizando os prós e contras. Talvez de avião compense... sei lá.
Dani, uma amiga tb me falou do Framer´s Market.... agora com sua confirmação...vamos lógico!
San Diego acho que vai ficar para a próxima...pois o tempo lá vai ser curto!

Agradeço de coração pelas respostas... tô vendo que aqui todo mundo se ajuda...isso é muito legal!

Bjocas

Carla
CarlaPermalinkResponder

Ernesto, agora você me pegou... Quando algum aluno me pede indicações, eu normalmente digo para procurar as agências especializadas, tipo STB, World Study...

JB, não foi por causa de uma possível discriminação que eu sugeri o inglês americano, não, Ok? Não sei se deixei isso claro... É que eu acho que a pessoa, ao se "treinar" em inglês americano já se prepara para a maioria das situações a que será exposta - nem tanto pelo sotaque, mas principalmente pelo vocabulário e pelas estruturas sintáticas - e isso facilita a vida. Mas quem prefere outra variante do inglês tem mais é que se dedicar a ela, claro! Até porque, no fim das contas, a nossa variante de inglês é sempre o inglês brasileiro mesmo - por mais que a gente estude, se dedique e aperfeiçoe o sotaque, a brasilidade está sempre ali, na escolha de uma palavra, numa pronunciazinha diferente...

Carla
CarlaPermalinkResponder

Rosa, que experiência desagradável a dessa sua amiga! Mas, sabe, ela poderia ter pedido para trocar de família, os programas de intercâmbio oferecem essa possibilidade... Eu fiquei encantada com a gentileza dos canadenses quando estive lá. Tenho também duas amigas que são casadas com canadenses, uma em Halifax e a outra em Montréal, e estão muito satisfeitas com o país, as famílias dos maridos, os amigos... Enfim, o fato é que há pessoas de todo tipo em todo lugar, né?

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar