Meilin em Cuba

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

    cuba-meilin400.jpg

Vocês viram?

Se não viram, corram ver: a Meilin começou a blogar sua viagem a Cuba, no Pergaminho Eletrônico.

Bora lá, que tá lindão!

18 comentários

Mô Gribel
Mô GribelPermalinkResponder

Lindas as fotos!
Aproveitei e dei uma espiada lá e encontrei este post aqui:
http://pergaminhoeletronico.wordpress.com/2007/06/01/nao-alimente-os-trolls/
A-do-rei! É de um humor sensacional...

Majô
MajôPermalinkResponder

Meilin,

Arrasou !!!! Cuba é linda mesma como você tinha falado na conVNVenção. lol

Emília
EmíliaPermalinkResponder

Meilin, amei as fotos!!!
Vou ler o texto com mais calma, para apreciar melhor grin
Parabéns pelo blog, é mais conteúdo de primeira aparecendo por aí...
PS: Eu também nunca entendi aqueles versos inciais de Chan Chan...tradução só com os locais mesmo!

Flavia Kaiser
Flavia KaiserPermalinkResponder

Também adorei - e me inspirei smile

Claudio
ClaudioPermalinkResponder

Como disse o Riq, tah lindao mesmo!!!!!!
Parabens, serve de estimulo pra fazer o meu blog tb...

Arnaldo (FATOS & FOTOS de Viagens)

Meilin, já estive lá e deixei meu comentário, mas o compartilho aqui com os leitores do Riq. QUe matéria bacana! Suas fotos, ale'm de bem enquadradas, têm um olhar muito pessoal e interessante, que agrada porque é o olhar do viajante. Não se preocupa com a forma artística (ainda que bem feitas e enquadradas) mas com o conteúdo, a informação. Gostei muito também de ter publicado as fotos pequenas no corpo da matéria (uma novidade!) e que ao serem clicadas se abrem numa nova janela em tamanho bem maior. Ou seja, do título do blog, do banner, sub-título, textos e apresentação, não é apenas MAIS um entre tantos, é um novo que se destaca, soma-se aos tantos outros tão bons que já vemos por aqui. Parabéns!

Carmen
CarmenPermalinkResponder

Meilin, había dejado un comentario en tu blog, mais não sé que pasa que não aparece.

Jorge de Giramundo he dejado un comentario en su blog y não aparece.
Disculpen.
Ate logo.

Meilin
MeilinPermalinkResponder

Obrigadinha pelas visitas e pelos elogios. Vou a Rio das Ostras para o Festival de Jazz e Blues, e na volta continuo a contar as histórias da viagem. Beijins

Arthur
ArthurPermalinkResponder

Meilin, muito bom! Continue o mais rápido que puder. Ah, vai ter um festival de MPB na Ilha Grande a partir da semana que vem, tá sabendo?
(para mim, blog agora só em casa) sad

Rodrigo Purisch

Parabéns pelo post Meilin!

Aproveitando, o Arnaldo está com post novo sobre os EUA no Fatos e Fotos de Viagem.

O nível dos Blogs da comunidade está ficando muito alto!

Carol Owen
Carol OwenPermalinkResponder

Oi pessoal, sempre leio o blog, embora nao participe ativamente com frequencia, e sempre aproveito algo das suas impressoes nas minhas viagens. Obrigada!!! Estou aqui hoje pra perguntar se alguem ja esteve em Doha, Qatar e gostaria de saber as impressoes de vcs sobre esses lugar. Meu marido recebeu uma oferta de trabalho imperdivel por lah, mas estamos um pouco receosos por nao sabermos muito sobre o lugar.

Sylvia
SylviaPermalinkResponder

Carol:
Encontrei um lik que pode te ajudar :
http://www.qatarliving.com/

Netto
NettoPermalinkResponder

Pessoal, minha dúvida não tem nada com esse post mas ai vai..... estou pensando em ir passar uns dias no Rio, que bairro vcs indicam ? Q seja mais tranquilo ... Q praia ? melhor durantte a semana ou fds ? Valeu, obrigado... até onde vai o exagero ou realidade da violência do Rio...

Majô
MajôPermalinkResponder

Netto,

Há vários bairros, depende de orçamento. Pode ser Leblon, Ipanema, Copacabana, Flamengo.
Há no Leblon apart hoteis da rede Promenade, Claridge, Leblon Inn e um hotel novinho o Palladium. Nos fins de semana, dão desconto nas tarifas. O bairro é super tranqüilo, dá pra você fazer tudo a pé. Você pode ir andando até o calçadão do Leblon e seguir até Ipanema, um belo passeio na beira da praia.

Ricardo Freire

Netto, mesmo com toda a violência o Rio é a grande cidade brasileira onde as pessoas vivem menos enclausuradas. Fique em Ipanema ou no Leblon, que são bairros mais gostosos que Copacabana. Os flats indicados pela Majô são muito bons. Não se assuste com os preços -- no Rio, hotéis bons custam 300 reais, e hotéis ruins chegam a custar 200. Leia a Vejinha (encartada na Veja) e o caderno Rio Show (encartado n'O Globo de sexta-feira) e aproveite a programação cultural -- você vai acabar naturalmente visitando cantos diferentes da cidade.

Ah, sim: a "praia da moda" é o Coqueirão, em Ipanema, entre as ruas Maria Quitéria e Joana Angélica.

Netto
NettoPermalinkResponder

Valeu pessoal pelas dicas

Carol Owen
Carol OwenPermalinkResponder

Obrigada Sylvia! O link que voce indicou tem muitas informacoes uteis. smile

m@ri@n@
m@ri@n@PermalinkResponder

revela a pobreza q exist em cuba!
mas estao lindas na msma

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar