Sessão Coruja

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

O portal clicRBS (o mais importante do Rio Grande do Sul, e talvez de Santa Catarina também) publicou anteontem uma matéria sobre planejamento de viagem na internet.

No final da matéria os autores colaram uma lista extensa de links úteis -- entre eles, nada menos do que 9 blogs aqui da comunidade.

Só não vou explicitar quais porque eu acho que esse nosso cantinho da blogosfera inteiro foi homenageado, e os autores da matéria só não copiaram o blogroll inteiro para não caracterizar plágio... devem ter jogado no palitinho pra ver quais entravam :roll:

Parabéns pra nossa rede de viajandões!

111 comentários

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Ouço desde muito pequena crioulo da Ilha Brava e percebo bem (não falo...).
Quanto a cantores africanos, vi um documentário sobre um guineense que morreu muito cedo, pareceu-me genial, José CArlos Schwarz, podem consultar
http://www.didinho.org/MEMORAVEL%20JOSE%20CARLOS%20SCHWARZ.htm

Faz lembrar o nosso Zeca Afonso, talvez muitos conheçam, mas não faço ideia da sua "fama" no Brasil.
www.youtube.com/watch?v=hfKU5pA-CRI
Tito Paris & outros cantando Zeca Afonso
http://www.youtube.com/watch?v=IZ5Td56YHYM&mode=related&search=

Também gostam de literatura Africana? Comecei com Pepetela (Angola) e tenho tentado pesquisar autores em todos os PALOP, aceito (procuro ansiosamente) sugestões... Em Cabo Verde recomendo Germano de Almeida (autor do livro que deu origem ao filme "O testamento do Sr. Napumoceno)

Quanto a Cesária Évora, era música de fundo numa feira de Artesanato Oriental em Banguecoque (à moda de Portugal!!!!!!!!) no ano passado e ouvi pelo menos uma outra vez num restaurante. E viva a globalização!!!

Aliás ouvi mais música brasileira do que Tailandesa enquanto estive por lá e até cantei...

Estavam a cantar ao vivo e levantei-me para acompanhar. Quando olhei para a "pauta" era hilariante. Se não soubesse de cor não teria percebido uma única palavra. Estava escrito em "português da tailândia"... PAra que a cantora pudesse pronunciar soando a português do Brasil.
Aproveitei até para fazer umas correcções no sotaque... Foi um momento mágico. Num sítio lindo, fim de tarde maravilhoso e cantando Vinicius (entre outros), em Português, do outro lado do mundo. Como já disse algures, acho que o português é um fantástico passaporte de viagem.

Ricardo Freire

Gabriela: que delícia
lol
lol
lol

Isabel O., Portugal

Gabriela,
Senti-me completamente identificada com o que escreveu.
Dos momentos mais bonitos que tive no Rio de Janeiro, destaco os que foram passados a ouvir música e dançar no Centro Cultural Carioca. A música é uma coisa espantosa e a brasileira é mesmo a minha favorita (Desculpem eventuais leitores portugueses a traição à pátria).
Há uns meses vi por duas vezes o espectáculo "Tangos e Tragédias" com 2 brasileiros divertidissimos. A certa altura eles cantavam, em inglês, o que até tinha muita graça qdo se percebia o que era, uma canção que me fez viajar vinte anos, ou mais - "Não posso ficar nem mais um minuto com você..." Não é que cá, nos bares, todos os cantores terminavam a sua actuação com esse tema e o povinho cantava todo? Há anos que não a ouvia e aquilo deu-me um prazer dos diabos (nem sequer era dos meus temas de eleição). A música é magia.

Quanto a autores, TODA A GENTE tem que conhecer - MIA COUTO!!!!!
Autor moçambicano que eleva a língua portuguesa a uma poética nunca vista.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Isabel:

Agora é que foi mesmo "vasculhar" nas minhas memórias...

Essa música de que fala cantei-a noutro momento fantástico, de que já nem me recordava bem. Foi tão bom lembrar...
Não foi há 20 anos, mas quase quase... Convidaram-me para cantar numa festa de santos populares (por esta altura do ano) numa Messe de Oficiais perto do local da feira popular. Era ao vivo, no terraço de um prédio com uma vista de Lisboa simplesmente deslumbrante (lembro-me perfeitamente de ver o Panteao Nacional).
Tenho ideia de só termos cantado músicas brasileiras (num festejo dos santos populares...) e dessa lembro-me na perfeição!!! Até de a ensaiar vezes sem conta...

Cantar sobre Lisboa com sotaque do Brasil não é privilégio para todos os povos do mundo!!!!!!!

Por isso... Rio de Janeiro ou Lisboa... Hoje ou há 20 anos... Quem duvida que Deus é luso-brasileiro????

Meilin
MeilinPermalinkResponder

Ó, pá, impossível falar de música portuguesa e não morrer de saudades da Mísia. Além de ótima cantora, ela é linda também.

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

(já que este post foi assaltado por portuguesas...)
AH! Isabel... Quanto ao Mia Couto, confesso que não me "enche as medidas"... Já li dois e .... Mas estou na disposição de ler um terceiro porque está no top de todas as pessoas que eu tenho em boa consideração (deve mesmo ser problema meu...). Quer aconselhar-me um para eu "tirar teimas..."?
Já Pepetela tenho que me disciplinar para não ler todos de seguida. Obrigo-me a ler um só de vez em quando para não ficar viciada...

Isabel O., Portugal

Só agora li os comentários de cima. Fiquei presa inicilamente ao da Gabriela.
Fartei-me de rir...
Qto ao ámote do Ricardo Freire tenho a afirmar que devia ter ouvido isso a alguém do norte. Eles abrem mais as vogais que os do sul. Ouço essa declaração amiúde do meu maridinho e não me soa nada assim.
Não conheço o livro do Maério mas tenho uma história gira no Museu de arte Miderna de S. Paulo. Eu queria um café no final da refeição, por isso tinha que ter um talão (ticket?). Então pedi "pode dar-me o papelinho se faz favor?" (Têm que ler isto dito à pressa e em português sem sotaque - quem tem sotaque são vocês...). A senhora dizia "â?" e eu já um pouco impaciente porque associo "ã" a alunos mal-educados a quem eu respondo não se diz "ã", é "diga". Percebi que deveria ter dito pápéuzinho" sem a delicadeza do "Schfazfavoire".
Qto a não entender-vos não concordo muito na maioria dos casos, porque temos anos de "Globo" às costas. Qdo acabaram com o GNT por Cabo foi uma guerra (NINGUÉM que eu conheço vê Record... tirando os meus pais, às vezes).
Ainda assim, às vezes somos enganados. No Rio, nas lojas passavam a vida a dizer-me "Ói" e eu já estranhava, convencida que ói era olá. Afinal era o nosso "diga, Schfazfavoire".

Isabel O., Portugal

Gabriela,

a feira não é a popular (que entretanto fechou) devia ser a da Ladra (de objectos antigos e roubados).
Imagina que de Pepetela tenha lido "Os Predadores"... gostámos imenso cá em casa.
Não tenho o último de Mia Couto mas tenho uns seis ou sete- posso nomear"Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra" ou (de contos) "Estórias Abensonhadas" ou "Na berma de nenhuma estrada".
Para não tomar de assalto este espaço, e terminar, volto a recomendar para unir os 3 mundos - Brasil, Cabo-Verde e Portugal - "Longe de Manaus", do Francisco José Viegas. Espero que encontrem por aí. É um policial que se lê optimamente

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Isabel (e tripulação):

Hoje ninguém me arranca daqui...
Lembrei-me de repente de um música fantástica de um disco que é pouco conhecido aqui em Portugal.
O tema é mesmo este do "acento" é o "Samba do Acento".
O disco é do Manuel Paulo (sabe Isabel o pianista dos trovante, Ala dos Namorados e muitas vezes do Rui Veloso).
Cantam Dany Silva (Cabo Verde), Arnaldo Antunes (sou fã nº1), Vozes da Rádio (Portugal) e Carlos Guerreiro (acho que é dos Gaiteiros de Lisboa)
O disco é, em geral, uma celebração da língua portuguesa cantada em vários sotaques...

Podem espreitar em http://www.manuelpaulo.net/
(discografia - a solo - Assobio da Cobra). "Sambo do Acento" podem ouvir versão integral

Gabriela
GabrielaPermalinkResponder

Isabel:
Era da ladra, claro...
Obrigada pelas dicas dos livros. O Francisco José Viegas escreveu em tempos uma crónica sobre Trancoso que me inspirou muito na minha viagem.
Quanto ao Pepetela, esse não é o nosso preferido.
Experimente "A Gloriosa Família" é um romance histórico, aposto que vai gostar... Fala um bocadinho da escravatura deste lado do Atlântico...

Isabel O., Portugal

Vou experimentar (não sei se leu algures que sou professora de História)
Quanto ao Assobio... comprei para oferecer aos parentes brasileiros qdo lá fui (mas antes fiz uma cóipa...)
E agora é que vou - quatro turma esperam pela minha avaliação e as reuniões começam 2ª feira.
Beijinhos

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar