Mendoza e Santiago pro Thiago

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Pescado da caixa de comentários:

Estou precisando de ajuda pra montar um roteirinho básico para Santiago e Mendoza com foco nas vinícolas. Qualquer sugestão é muito bem vinda (hospedagem, melhores vinícolas para visitar, locação de carro e principalmente onde comer e beber bem). Desde já muitíssimo obrigado.

Vamos ajudar o Thiago?

115 comentários

Atenção: os comentários estão encerrados.

Carla
CarlaPermalink

Carla e Sandra,
sim, a visita na VOE precisa ser agendada. Eu estive lá como parte do passeio do trem do vinho, que na minha opinião foi ótimo, mas sei que o preço não é dos mais atrativos...
O passeio começa com o traslado até San Fernando, de onde se toma o trem até Sta Cruz (100km). Dentro do trem é servida uma bandeijinha com queijos, frutas secas e naturais e outros petiscos, você ganha um copo e eles começam a circular com um carrinho com uns 12 vinhos diferentes, das várias vinícolas do vale (a maioria tintos, já que esta é a especialidade do Colchagua). Você bebe o qto aguentar, sem limite algum imposto por eles... vi muita gente que se descontrolou e passou um pouco mal no trem!!!
Depois de 2h (+/-) de viagem no trem, pára-se em Sta Cruz onde é feita uma visita ao Museu de História da cidade. Um museu MARAVILHOSO, totalmente recomendável, que abrange desde fósseis até a história da fabricação do vinho, com direito a museu do automóvel e de armas.
De Sta Cruz, o grupo se divide para ir para as vinícolas e aí aconteceu minha sorte. Quando saímos, ninguém sabia que cada um iria para uma vinicola diferente e eu dei sorte de ir para a VOE. Então, se vc quiser ir conhecer alguma vinícola em específico através desse passeio, tem que conversar na hora de reservá-lo.
Almoçamos na VOE ao ar livre, depois ficamos cerca de 1h andando pela vinícula e conhecendo o processo deles e retornamos para Santiago de ônibus.
Conversando lá na VOE, eles disseram que se pode agendar uma visita que não seja pelo trem, mas acabei não pegando o contato mas dei uma googlada (mais link patrocinado da Sylvia!!! hehehe) e no site deles tem os contatos ( http://www.voe.cl/ ).
Deixa eu parar por aki antes de ir parar no poço!!! wink

Carla
CarlaPermalink

Duas outras sugestões de Sanitago que eu lembrei agora:
1) Se estiver de carro, vá até o Borde Río. Fica a uns 15-20min do centro, mas em uma regiào não servida pelo metro. À beira do rio Mapocho, que cruza toda a cidade de Santiago, esse complexo de restaurantes e bares é lindo na hora do pôr-do-sol e tem restaurantes muito bons. Não achei um link específico para o complexo, mas nesse aki tem a lista dos restaurantes ( http://www.santiagourmet.com/information.asp?mp=&View=yes&IDN=335 )
2) Patio Bellavista, no famoso bairro boêmio de mesmo nome. É uma vila com restaurantes, bares e lojinhas com artesanato típico. O lugar é lindinho ( http://www.patiobellavista.cl/newsite/index.html ) e foi o ponto perfeito de descanso da andada do dia. Partimos do La Moneda, andamos todo o centro histórico, atravessamos o parque florestal, atravessamos a ponte já próximo das 14h e paramos no pátio para almoçar. Foi ótimo e recomendo o restaurante El Antojo de Gaugin ( http://www.elantojodegauguin.cl/ ), com uma comida mix de árabe com mediterrânea bem gostosa e com preço honesto.
Acho que ;e isso! E boa viagem pra você Thiago, você vai adorar Santiago!

Carla
CarlaPermalink

É verdade, Ricardo, percebi isso agora neste post.... pode ser Carla SP!!! wink

E de onde veio esse I. ?!?!? Não consegui achar... nenhum dos meus sobrenomes começa com essa letra !!!! grin

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Era "I" de "inicial", Carla SP. Era só substituir pela primeira letra do seu sobrenome de verdade...

Carla
CarlaPermalink

Ah tah, oops!!! eekops:

Thiago Parente
Thiago ParentePermalink

Pessoal, estou sem palavras para agradecer a ajuda, dar uma olhada nesses links ja me deixou com vinho na boca para viajar, se pudesse iria amanha, mas sabe como é, caos aéreo.....deixa pra janeiro mesmo. Nesse meio termo vou ler isso tudo e pesquisar mais. Hoje a noite mesmo ja vou me deliciar de muitos desses sites acompanhado de uma boa taça de vinho. Muito obrigado mesmo pela ajuda!!

Danielle
DaniellePermalink

Carla, obrigada pela dica do Giramundo em NY. Essa eu já tinha garimpado antes e copiado no meu HD.

Estava querendo que o pessoal se animasse, como fizeram com o Thiago e seu maravilhoso passeio por Mendoza e Santiago, mas acho que não fui tão popular assim...

Quem sabe mais a frente ? De qq forma vou continuar sempre plugada aqui, porque dica de viagens como essas não tem em outro lugar !

Carla
CarlaPermalink

Danielle, não desanima, não, que o povo que tiver dicas vai te dar... Eu não me atrevo muito, porque já não vou a NY desde antes do 11 de setembro, devo estar desatualizadíssima... Pelo contrário, vou ficar de olho colecionando as dicas também!!! grin

Carla
CarlaPermalink

Carla SP, na minha próxima viagem ao Chile quero reservar uns dias para o Colchagua... Estou vendo que realmente vai valer a pena!

Jurema
JuremaPermalink

Riq, Sylvia, Rodrigo, obrigada pela força.

Porque consegui um preço bom em uma agência, acabei optando pelo Hardman, mesmo. Parece que João Pessoa ainda não acordou muio para o turismo, né?
Bom, quando voltar, em novembro, conto para vocês como foi...

Marilia Pierre
Marilia PierrePermalink

Thiago,

só sei que nada sei, mas independentes das más linguas, vale a pena visitar o mercado central de Santiago, vale a pena ser assediado agressivamente por atendentes dos restaurantes, vale a pena fugir pelos labirintos de peixes e escolher outros restaurantes além do don augusto, não me arrependi, foi engraçado, foi gostoso.

não deixe, não se esqueça, não se permita negligenciar o tradicional Café com Piernas, desde a versão comportada à versão wild wild world.

e ao visitar o Cerro São Cristovan, o mesmo do zôo, escolha o final da tarde e aproveite o crepúsculo vermelho nas encostas das cordilheiras, entenda a geografia da cidade apenas pelo preço de um passeio de funicular.

Danielle,

despreze esta informação se você não gosta de monumentos históricos, de programas de índio e de montanhas-russas, pois essa atração em NYC consegue concentrar tudo isso.
tudo começa com uma viagem demorada até o ponto final da linha amarela do metrô, atravessando todo o brooklin até Coney Island, onde se encontra o parque de diversões ASTROLAND, e, especificamente, um dos ícones mundiais (top 5) para os rollercoaster hunters: a CYCLONE!!!
o parque é meio freak show, com ulher barbada e engolidor de espadas, é pitoresco, eu achei bem legal (e o franz ferdinand cita-a na música "eleanor put your boots on").
mas antes de ir é bom checar a data de funcionamento do parque que costuma fechar no inverno: www.astroland.com

divirtam-se todos!

e, parafraseando riq freire, boas viagens!

sandra
sandraPermalink

Marília
Você sugere algum Café com Piernas específico? Dos comportados aos wild wild world?
Obg
Sandra

Marilia Pierre
Marilia PierrePermalink

Sandra,

não há específico, há saias mais curtas (rs).

mas nos calçadões do centro histórico que levam à Plaza das Armas (e ao monumento a Pablo Neruda, ao ótimo Museu Histórico Nacional e a basílica)
há inúmeros a escolher, pra tomar um café cortado na ida e na volta.

e as pernas mais selvagens costumam se esconder nas galerias que cortam e liam ruas e avenidas neste mesmo centro.

boa sorte e boa viagem

vanessa sampaio
vanessa sampaioPermalink

Carla, você saberia me dizer o preço aproximado desse passeio do trem do vinho? fiquei muito interessada em fazer-lo, vou pro chile em Janeiro próximo.
obrigada desde já!

Nilva Marília
Nilva MaríliaPermalink

Olá, gostei muito das opiniões de vcs e peguei uma "carona",pois também estou querendo ir à Santiago.
Só não sei se vou por agência ou monto a minha viagem.Depois de tantas dicas. acho que dá prá arriscar.

Luiz
LuizPermalink

Olá!

Vou pra BsAs e Santiago na próxima semana. Ainda estou em dúvida se devo visitar Mendoza. Ficarei cinco dias em cada cidade. Como pretendo tirar um dia pra conhecer Valparaiso e Vinã del Mar, sobram-me quatro dias pra santiago, será que compensa pegar um ônibus e ir a Mendoza, dormir uma noite e voltar a Santiago(já que a viagem é longa?!)?

Hugo
HugoPermalink

Luiz, porque você não vai para Santiago e fica uns dias, depois vai para Mendoza e dorme lá algumas noites e então pega um avião para BsAs??

Talvez assim fique melhor do que um bate e volta em Mendoza.

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Concordo com você, Hugo.

Luiz
LuizPermalink

Então, é que a passagem aérea ida-e-volta de buenos aires a santiago ficou bem mais barata que se comprasse tudo separado. chegarei a santiago dia 14 às 13h e volto pra BsAs dia 19 às 13h. Gostaria que sugerissem uma programação: mas quero conhecer santiago (talvez dois dias bastem) e um dia ir a valparaíso e viña del mar. sobraram dois dias... talvez não dê pra ir a mendoza mesmo. o que devo fazer?
abraços

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Luiz, mais em cima na caixa de comentários você encontra roteiros para o Vale do Maipo e do Colchagua. Talvez você se inspire.

Adriane Lima
Adriane LimaPermalink

Oi Luiz!

Eu já estive em Santiago no frio (era maio...) e chovia muito. com o tempo ruim, não há muito o que fazer em Vina del Mar e Valparaiso... dos dois dias que passei em Vina, um choveu o dia todo, as ruas ficaram alagadas, foi bem chato. Vale dar uma olhada na previsão do tempo, pra ver se você não pega chuvas! Mesmo assim, as cidades são legais.

Santiago é muito legal, você acha atividades para mais de 2 dias lá. Tem passeios de um dia para o Valle Nevado, para as vinícolas próximas, dentro da cidade...

Se você gosta de vinhos, vale passar em Mendoza, sim... a cidade é bonita mas não tem nada que seja imperdível. Os vinhedos é que valem a visita, além da oportunidade de fazer alguns esportes radicais - se curtir, é claro!

Dizem que a travessia de ônibus de Santiago pra Mendoza é muito bonita - mas fique de olho nas tempestades de neve nesta época do ano, que podem fechar as estradas por horas.

De Mendoza pra Buenos Aires você encontra ônibus por preços bem legais, para viajar de noite. São ônibus-leito e têm até serviço de bordo! Excelentes! Eu usei os serviços da Le Chevalier, e gostei muito.

Boa viagem!

Luiz
LuizPermalink

muito obrigado pela ajuda, pessoal!

como as passagens aéreas de ida e volta (BsAs-Santiago) já estão compradas, acho que resolverei lá mesmo: um dia pro litoral, outro pra algum passeio e o restante pra própria capital, a não ser que encontre outro programa imperdível! Acho que distribuí mal os dias... numa próxima viagem eu conheço Mendoza!

Ewerton
EwertonPermalink

Gostaria de informações e dicas de como ir de Santiago para Mendoza. Qual a forma com melhor custoxbeneficio? O que fazer/visitar? Aonde ficar em Mendoza? etc... - Todas as dicas possiveis.
Estou indo para Santiago, Lima e Cuzco, volto para Santiago de onde parte meu voo de volta para o Brasil. Tenho alguns dias em Santiago e queria conhecer Mendoza.
Quem puder me ajudar, por favor me mande um e-mail.
ewertonvieira@hotmail.com

Leia Beigler
Leia BeiglerPermalink

Comprei passagem para Buenos Aires que ja conheço.Meu objetivo é pegar onibus em Buenos Aires e fazer uma viagem de 8 horas ate santiago so pra apreciar a paisagem.Alguem sabe se essa viagem é a que passa por Mendonça e eu terei que ir a Mendonça?Por favor,me ajudem.De que rodoviaria sai?meu e-mail
labeiger45@hotamail.com

Vou aproveitar algumas dicas que andei lendo por aqui.Obrigada

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Leia, Buenos Aires está a 1.600 km de Santiago. Só daria para fazer em oito horas se fosse de trem-bala...

De ônibus, de Buenos Aires a Santiago, são 22 horas. De Buenos Aires a Mendoza, 12 a 14 horas. De Mendoza a Santiago, 6h30 a 8 horas.

O trajeto Buenos Aires-Mendoza não tem muita paisagem a ser admirada; é melhor fazer à noite. A viagem panorâmica mesmo é entre Mendoza e Santiago.

A rodoviária de Buenos Aires fica no bairro do Retiro, no finzinho do Centro, pra lá da praça San Martín.

Procure mais acima as dicas do Ernesto sobre transporte entre Mendoza e Santiago.

Alberto
AlbertoPermalink

Estive ba esmana passad em Santiago. Quem quiser ir num bom Shoppimg, vá no Parque arauco. Tem umas boas lojas e encontra-se algo de eletrônicos com preços bem melhores que aqui. No Mercado Central vale a pena ir e almoçar. Tem um restaurante bem badalado, acho que é o Donde Augusto. Mas por fora do mercado tem outros bem mais em conta e talvez com melhor qualidade. Se puder fiquem no bairro da providência. Tem um hotel chamado Eurotel, muito bom e que não é tão caro.

Alvany
AlvanyPermalink

Estou planejando uma visita a Santiago e gostaria de encontrar uma excursão, alugar um carro ou mesmo pegar um ônibus até Buenos Aires. Vc que já foi poderia me dar dicas: qual é o melhor caminho a fazer.. santiago - Buenos Aires ou o inverso. Quero conhecer as vinícolas no Chile. Os ônibus são caros? é o mesmo preço dos vôos?

Obrigada,

Alvany

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Alvany, eu nunca fui; mas se você ler com atenção os comentários anteriores vai esclarecer todas as suas dúvidas.

Há mais sobre vinícolas chilenas neste comentário aqui:
http://viajenaviagem.wordpress.com/2007/03/05/que-emirates-que-nada/#comment-2791

adriana
adrianaPermalink

Sandra,

Agora que você já voltou do Chile, o que achou? Poderia me dar as principais dicas, pois vou passar 5 dias em Santiago e arredores?

Bjs,

Adriana

Andrea Battoni
Andrea BattoniPermalink

Adriana,
Imperdível em santiago no Momento é o restaurante Como Água para Chocolate"no Bairro de Bellavista. Veja no site dos Destemperados, fui na dica deles e adorei!
Se você estiver bem acompanhada e gostar de vinhos, a visita às vinícolas Concha y Toro e, principalmente a Santa Rita, valem a pena.
A Concha y Toro é mais turística, já a Santa Rita é super interessante. Tem um restaurante ótimo na antiga casa-sede da fazenda, com um cardápio de primeira e, ainda, direito a visitar um Museu particular de arte pré-colombiana de fazer inveja a muitas de nossas capitais!

Boa viagem!

Andrea

tanea
taneaPermalink

Estou indo para Santiago e Mendonza, de 20 a 27 de janeiro. Gostaria de ter mais informações sobre o trem do vinho.
Alguém sabe como posso encontrar?

obrigada
tanea

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Tanea, o trem do vinho funciona no vale do Colchagua, perto de Santiago.

O site é este:
http://trendelvinochile.cl/1/

Existe um "trem do vinho" previsto para Mendoza, mas só em 2008.

tanea
taneaPermalink

Ricardo,

Muito obrigada pela dica.

sandra
sandraPermalink

Minha viagem foi mesmo muito boa e, logo que voltei, escrevi um email para um casal de amigos que foi para lá no fim de agosto e que transcrevo abaixo!
Sandra

Adoramos Santiago. É limpa, fácil de andar e o povo é simpático, apesar de falar bem mais rápido do que os argentinos!
Antes de viajarmos, como de costume, pesquisei que só e levei boas dicas, testamos várias e foi uma viagem massa.

Nosso hotel - Diego de Velazques - era no bairro da providência, que é muito bem localizado, e andávamos muito a pé, inclusive à noite. O metrô de Santiago é muito bom e tb usamos muito.

Na providência mesmo, há alguns lugares que concentram bares e restaurantes. Um deste lugares é a Rua Suécia. Esta rua, segundo recomendações de vários amigos e desconhecidos, é uma roubada, com restaurantes pega turistas e coisas do gênero. Enfim, não andamos por lá.

Na providência, tem um dos restaurantes + famosos da cidade, o Aqui esta Coco. Não é dos mais baratos, pelo contrário, mas tb não é caro como os caros de SP, entendem? Um jantar para duas pessoas, com um bom vinho, entrada, prato principal e sobremesa fica em torno de 150 reais p/ o casal. O detalhe é que precisa fazer reserva, mas vcs conseguem isto fácil no lobby do hotel.

Ainda no bairro da providência, há um restaurante italiano pequenino que é ótimo, fica próximo à estação de metrô Manoel Montt. O nome é OLIO SANTO, a comida é ótima e é legal pq é descontraído, meio com clima de bar... o único porém é o cheiro de cigarro.

Quase ao lado dele, tem o LIGURIA (há mais de um LIGURIA, mas o melhor é este, da calle providência). A gente foi lá 2x, é um bar/restaurante grandão, muito legal, animado, com comida boa, pessoal só a partir dos 30 anos. A gente gostou tanto que foi 2 vezes.
Na primeira, numa quinta, tinha um som ótimo e num dos salões, as pessoas dançavam, agora, todo o bar, que é enorme, era fumantes liberado em todos os ambientes. O som era realmente muito bom... the clash, stones, beatles, etc., meio que só os clássicos. No segundo dia que fomos, num sábado, não tinha este salão vago para dançar, que estava ocupado por mesas e cadeiras, como os demais.

Perto deles, tem a rua manoel montt, que concentra outro tanto de bares/restaurantes, e que não são como os da rua suécia.

Saindo da Providência, vale à pena conhecer o centro. O palácio do governo é a Casa da Moneda. No subsolo dela, há um Centro Cultural. Estava com uma exposição de arte contemporânea e nós gostamos, mas, enfim, arte contemporânea tem umas coisas meio indigestas... Mas só pelo lugar em si, já vale. Tinha tb uma mostra sobre o artesanato chileno. Ali perto, tem o Cerro Santa Lúcia, que é uma montanha, com uns jardins, que fica no centro da cidade e de onde se tem uma bela vista de Santiago e dos Andes. Subimos a pé mesmo, mas é tranquilo.

Em Santiago, todos recomendam uma visita ao Mercado Central. De fato, uma visita para conhecer os diversos tipos de frutos do mar que eles têm vale à pena, o problema é que mal vc pisa no mercado, os garçons lhe cercam e já sabem que a pessoa é brasileira. Na verdade, o mercado é bem pequeno e 70% dele é restaurante e destes tantos, 50% é de um único, o Donde Augusto. Nós acabamos entrando num chamado El Galeon, que era menor mas tão turistão quanto. Foi o lugar mais caro (disparado) que comemos lá, e, nem de longe, pode acreditar, o melhor. Em suma, eu acho que uma visita ao mercado é válida sim e uma paradinha para tomar um pisco sour (que é uma delícia) tb é uma boa, mas não recomendaria a ninguém, almoçar por lá.

Outro bairro interessante de Santiago é o da BellaVista, que tb é conhecido como o bairro boêmio. Nele, há 2 ruas com bares e restaurantes, a Pio Nono e a Constituicion. Vários bem legais. Entre os restaurantes, o Como àgua pra Chocolate e o Azul Profundo são “top”. A gente foi neste último e a-d-o-r-a-m-o-s! O preço é mais ou menos como o Aqui esta Coco.

Entre estas duas ruas, existe uma grande galeria ao ao livre, como se fosse uma praça que se abre a partir de dois portões e, lá dentro, bares, restaurantes e lojinhas, como se fosse uma pequena vila, ou melhor, praça mesmo. O nome é Patio Bellavista.

Na Bellavista, tb fica a La Cashcona, que é uma das casas de Neruda e que abriga um museu. Depois dela, subindo a rua, está o Cerro San Cristobal, que é bem mais alto do que o Sta Lúcia. A subida é num trenzinho, parecido com o da Lapa. Há uma parada antes de chegar ao topo, mas não parem nesta e sigam até a última, no topo mesmo. Nós subimos já no fim do dia, estava o céu limpo o sol se pondo nos andes foi deslumbrante, ainda mais pq tínhamos um vinho na mochila! A descida pode ser no próprio trenzinho ou de teleférico. Este último já desce no bairro da providência e era bem perto do nosso hotel, mas nós acabamos optando pela descida de trenzinho mesmo, pois queríamos jantar pela Bellavista. Neste dia, fomos para o “Off the Record”, um misto de bar/restaurante (mais ou menos como o Liguria, que, aliás, é melhor). Mas foi bem legal, tinha jazz ao vivo.

Um dos pontos altos da nossa viagem, não posso deixar de comentar, foi a ida pro Valle do Colchagua, que é um dos vales produtores de vinho do Chile. Fica a 170kms de Santiago e a estrada é ótima, 95% é numa autopista duplicada, um retão só.
A cidade base do vale é Santa Cruz, e na praça central fica o escritório do pessoal da “Ruta del Vino”, que é mais ou menos uma associação das vinícolas da região.

Na verdade, desde aqui do Recife, nós escolhemos e já reservamos, tudo pelo site deles, mas a antecedência para reservas é de apenas 24hs.

Nós decidimos passar 2 dias e pernoitamos numa pousada lá, a Parador de La Vina, que é linda, parecia um casa de boneca, no meio do parreral...

Um sucesso (e bem mais barata do que o Hotel Santa Cruz, que fica na praça central). Se vcs decidirem ir, e eu recomendo o valle com entusiasmo, nem que seja só por um dia, a estrada é boa e se o motorista da volta não beber, é tranquilo. O idela é pernoitar! Sugiro que façam a visita a Viña Clos Apalta (é fabulosa) e almocem no restaurante da Viña Manent, que é bem perto. As visitaa têm que ser reservadas. O site da associação é http://www.rutadelvino.cl/ e o fone é (56-72) 823 199).

Como eu disse, nós passamos 2 dias e no segundo, após uma noite maravilhosa na Parador de La Vina ( Consultas y Reservas : elparadordelavina@santacruzchile.cl Teléfono: (56-72)825788 - Celular Contacto 8-1980608), com direito a queijos e vinhos no terraço, fizemos o tour na Viña Montes e seguimos a tivemos um almoço menu no restaurante da Viña Casa Silva, de onde já seguimos de volta para Santiago.

Nós escolhemos fazer o tour na Clos Apalta e Montes porque elas produzem dois dos melhores vinhos chilenos. E almoçamos na Manent e Silva porque têm restaurantes muito bons, conforme minhas pesquisas e como conferimos ao vivo!

Sei que há tb um “trem del vino”, que faz uns tours, só não sei se vai desde Santiago ou não, mas no telefone do escritório da Ruta del Vino, eles informam tudo, inclusive se há tours de 1 dia (ou mais) em carros deles próprios, partindo e voltando a Santiago. Pode se que tenha, mas não tenho ceretza. De qualquer forma, alugar um carro foi muito bom e tranquilo e, para dirigir, basta a habilitação brasileira mesmo.

tanea romao
tanea romaoPermalink

Quero muito conhecer a região do Colchagua. Alguém pode me infomar qual o melhor meio para fazer isso a partir de Santiago? Só tenho 1 dia livre.
Entrei no site do trem do vinho e achei o passeio bem legal + conversei com várias pessoas que visitaram o Chile e ninguém tinha feito esse passeio ou ouvido falar.
Será que o trem do vinho é um daqueles programas para turistão?
Gostaria de saber a melhor forma para visitar o vale.

obrigada

Selena
SelenaPermalink

Pretendo fazer uma viagem para a Argentina e Chile. Vou a Mendoza e quero sair de lá de trem para atravessar os Andes e chegar em Santiago no Chile. Alguém pode me dar alguma informação?
Já li bastante coisa aqui e fiquei encantada com toas as informações prestadas!
Abraço
Selena

Roderic
RodericPermalink

Passamo 3 dias em Santiago no final de ano agora. Acho que o melhor para conhecer a cidade e locais próximos ( Vina del mar, ValParaíso, casas de Pablo Neruda e vinícolas nos arredores) é fechar um preço com um taxista. No hotel que estávamos as tarifas eram salgadas, acho q devem pagar comissão. Consegui um táxi com preços bem em conta, o motorista é cortês e não têm pressa em ir embora dos lugares. Seu nome é Marcelo Opazo, número de celular 0922374 ou pode ser chamado pelo número 226 2116

roberto
robertoPermalink

Eduardo Luiz, tudo bom!

vou pra MDZ EM MAIO e me responda

gostaria de saber como conseguiu fazer 3 bodegas por dia!!!!?????
foi de taxi, carro ou de onibus . contratou alguma excursão
quero tentar repetir sua proeza.
me passa como vc fez e sequencia de bodegas e como conseguiu incluir os almoços
obrigado

leandro
leandroPermalink

Estou preparando minhas férias para agosto e estou pensando passar em Mendoza e depois ir até Santiago. Vi um comentário que em 2008 teria um trem que faria esse percurso, alguém sabe alguma coisa a respeito? Tenho preocupação em relação ao clima pois, em agosto ainda é inverno, existe perigo da estrada fechar por causa da neve?

Leticia Mazie
Leticia MaziePermalink

Achei voces todos por acaso.Sao dicas super interessantes.Irei a Portillo em julho/2008 com filho(6 anos) e meu marido.Alguma dica importante? Que roupas levar? É legal? So conheço Bariloche e Buenos Aires.Corremos grande risco da estrada fecha? Aguardo ... Obrigada!

leticia
leticiaPermalink

galera, em julho vou pra Córdoba depois pra Mendoza e Santiago. Estou querendo saber tempo de viagem de um local para o outro, meios de transporte (se é melhor alugar carro, ir de trem ou de ônibus), dicas de locais baratos para hospedagem e bares e botecos legais. Ah! E temperatura em julho... isso é importante. Abraços e obrigada. Leticia.

De tudo um poucão! » Blog Archive » Café-bar da Sandra

[...] Mendoza e Santiago pro Thiago « Viaje na Viagem [...]

Andros Rodrigues
Andros RodriguesPermalink

Estou indo para Mendonza, semana que vem e gostaria de algumas dicas de onde ficar na cidade, o que vale apena conhecer na cidade !!!
As melhores vinicolas ( imperdiveis ) e restaurantes.
Vou ficar 3 dias completos na cidade !!!

Obrigado.

Loana
LoanaPermalink

Oi Ricardo e tripulação!
Estou com um plano de agora em março: RIO-SANTIAGO-MENDOZA-PUNTA DEL ESTE
Pensei em chegar a Santiago, ficar 3 noites e depois ir para Mendoza por 2 noites. Retornando a Santiago, pegando um vôo para Punta Del Este.
As datas da viagem são 13 de março ate 22 de março.
Você acha que esta data é boa para conhecer Punta Del Este?
Obrigada!!!

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Punta del Este funciona entre o Natal e o Carnaval. Fora desta época vale só para quem tem casa por lá ou quer jogar no cassino.

Além do quê, o Uruguai está completamente fora da sua rota. E dois dias em Mendoza é muito pouco.

Se eu fosse você, voltava por Santiago ou Buenos Aires.

Clarice
ClaricePermalink

Oi Ricardo,

eu e meu marido estamos programando uma viagem para setembro, 7 noites e pensamos em Santiago, Chile e Buenos Aires. Será que teremos tempo suficiente? Quantos dias vc acha que devemos ficar em cada uma dessas cidades? Sugere retirar alguma e incluir outra?
Obrigada!

Clarice
ClaricePermalink

Corrigindo o coment acima: Santiago - Mendoza - Buenos Aires

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

É muita coisa pra uma semana, Clarice. Você teria que escolher Buenos Aires ou Santiago para ficar 3 noites e passar duas noites nas outras duas.

Acabei de passar por Santiago e Mendoza e ainda vou postar mais sobre esses lugares. Sugiro você aguardar para decidir.

https://www.viajenaviagem.com/category/buenos-aires
https://www.viajenaviagem.com/category/mendoza
https://www.viajenaviagem.com/category/santiago

Carlos Machado
Carlos MachadoPermalink

Aos que aqui postaram dicas para o Thiago, peço que me enviem dicas para um reteiro em Mendoza (com foco nos vinhos). Desde logo agradeço. Abraço fraterno,
Carlos Machado
winemaker@globo.com

MARIA RITA
MARIA RITAPermalink

Ricardo e quem mais puder me ajudar
Julho é um mês bom para fazer Santiago- Mendonza? Qual é a melhor maneira de fazer o trajeto (em julho) ?
Qual das duas cidades é melhor visitar antes?
Agradeço as respostas de vocês
Rita

Ricardo Freire
Ricardo FreirePermalink

Como eu jah disse, Maria Rita, a estrada pode ficar interditada por causa da neve por horas ou dias. Se voce quiser arriscar, eh uma epoca linda.

fabio borges
fabio borgesPermalink

oi ricardo , gostaria de sugestões em mendoza , estou indo em setembro, restaurantes , vinicolas ....
um abraço

Katia Maciel
Katia MacielPermalink

Estou indo a Santiago em janeiro com meu marido e 2 filhas adolescentes. Pretendo ir a Vina Del Mar e lá ficar por uma noite, como também pretendo ir ao Vale do Colchagua.
Qual a melhor forma de ir a estes lugares, principalmente o Vale do Colchegua, no trem, de carro ou através de alguma agência? Como fica mais econômico, até porque somos 4 pessoas.